Página 1 dos resultados de 4493 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

GLUT-1: um alvo terapêutico para os tumores primários do fígado?

Brito, Ana Filipa Marques de
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
O cancro caracteriza-se por uma divisão celular descontrolada, constituindo o tumor não apenas um conjunto de células em proliferação, mas um tecido complexo composto por tipos celulares distintos que interagem entre si. Os tumores primários do fígado são lesões tumorais que têm origem neste órgão, e de entre eles, o carcinoma hepatocelular é o mais frequente, representando cerca de 80% das neoplasias primárias deste órgão. O segundo tumor primitivo do fígado mais comum é o colangiocarcinoma, constituindo cerca de 10% destes tumores. Estes tipos de tumores têm mau prognóstico e poucas alternativas terapêuticas. Nas últimas décadas a incidência dos tumores primários do fígado e a mortalidade decorrente dos mesmos tem aumentado consideravelmente, tornando imperativa a busca de novas formas de tratamento assim como de métodos de diagnóstico mais sensíveis e específicos para estes tipos de tumores. Alguns estudos têm salientado o papel do transportador de glicose 1 na tumorigénese do carcinoma hepatocelular, indicando-o como um possível alvo terapêutico. Apesar de existirem evidências da expressão acrescida deste transportador no colangiocarcinoma, nada se sabe acerca do seu potencial papel tumorigénico neste tumor. Assim...

Experimental induction of steatosis in different tissues after the ingestion of a carbohydrate-rich diet: effect on the liver, on the heart and on indicators of oxidation; Esteatose experimental em diferentes tecidos induzida pela ingestão de dieta rica em carboidratos: efeito sobre o fígado, coração e indicadores do estresse oxidativo

HAUBERT, Nadia Juliana Beraldo Goulart Borges; PADOVAN, Gilberto João; ZUCOLOTO, Sérgio; VANNUCCHI, Hélio; MARCHINI, Julio Sergio
Fonte: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED Publicador: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
37.05%
CONTEXT: The western dietary pattern is characterized by a high calorie intake with a high proportion of simple sugars. This diet is associated with comorbidities such as hepatic fat deposition and is possibly related to non-alcoholic fatty liver disease. OBJECTIVE: To evaluate the capacity of a hyperglucidic diet to induce steatosis in adult male Wistar rats. After the administration of a carbohydrate-rich diet, we also evaluated the presence of hepatic and cardiac steatosis and the levels of intrinsic antioxidants in the liver. METHODS: Forty-six eutrophic adult male Wistar rats were used and 10 of them were chosen, at random, to serve as controls, while the remaining ones formed the experimental group. Control animals received the standard ration offered by the animal house and the experimental group received the hyperglucidic diet. The diets were offered for 21 days and, at the end of this period, tissue samples were collected for analysis of indicators of oxidative stress (malondialdehyde, and reduced glutathione) and of vitamin E. The animals were then sacrificed by decapitation and their viscera were removed for analysis of liver and heart fat. RESULTS: The hyperglucidic diet used induced hepatic fat deposition, with lipid vacuoles being detected in 83% of the livers analyzed by histology. No lipid vacuoles were observed in the heart. Malondialdehyde and reduced glutathione levels remained unchanged when the animals were submitted to the hyperglucidic diet...

Determinação dos valores do tamanho do fígado de crianças normais, entre 0 e 7 anos de idade, por ultra-sonografia; Sonographic determination of liver size in normal newborns, infants, and children under 7 years of age

Rocha, Silvia Maria Sucena da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
INTRODUÇÃO: A biometria hepática por ultra-som é freqüentemente solicitada na investigação diagnóstica de crianças, no entanto, há múltiplos métodos descritos, nenhum com aceitação consensual e carência de valores normais de referência. OBJETIVOS: Determinar o tamanho do fígado de crianças normais, entre 0 e 7 anos de idade, por ultra-sonografia e correlacionar os valores obtidos com as variáveis: idade, sexo, estatura, peso corporal e índice de massa corpórea (IMC). MÉTODOS: Entre 2003 e 2005 foram examinadas 584 crianças saudáveis, com idades entre 0 e 7 anos, aplicando-se método ultra-sonográfico padronizado. A hepatometria foi efetuada em planos de corte longitudinais, estabelecidos por linhas de orientação externas, associadas a reparos anatômicos extra e intra-hepáticos. Foram medidos: a) o diâmetro crânio-caudal do lobo hepático esquerdo, na linha médio-esternal (CCLME) e b) o diâmetro crânio-caudal da superfície posterior do lobo hepático direito, na linha hemiclavicular (CCPLHC). As crianças foram subdivididas em 11 grupos por faixa etária. Para o estudo de correlação foi utilizado o coeficiente de correlação de Pearson. O teste t de Student não-pareado foi aplicado na comparação das medidas entre os sexos e o teste de Bonferroni...

O processo ensino-aprendizagem para o candidato ao transplante de fígado; The teaching-learning process for liver transplant candidates

Mendes, Karina Dal Sasso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
O transplante de fígado é considerado o tratamento de eleição para o paciente com doença hepática progressiva, irreversível e terminal, o qual não encontra outro tipo de tratamento. O ensino é uma importante estratégia para o preparo dos candidatos ao transplante de fígado e constitui-se como papel relevante do enfermeiro. Para a condução da presente investigação adotou-se os pressupostos de Gagné e Ohler. O objetivo geral delimitado foi analisar o conhecimento de candidatos ao transplante de fígado, antes e depois da implementação de uma intervenção educativa. A investigação foi conduzida em duas fases. Na primeira fase realizou-se um estudo descritivo para identificar as características sócio-demográficas, clínicas e as necessidades de informação dos candidatos. Na segunda fase procedeu-se um estudo piloto, para analisar o conhecimento dos candidatos antes e depois da aplicação da intervenção educativa, e avaliar a satisfação destes com as informações recebidas. Frente a uma casuística de 55 candidatos na primeira fase, observou-se uma predominância do sexo masculino, com idade média de 50,25 anos, média de 8,49 anos de estudo, 70,91% dos sujeitos estavam afastados de atividades laborais e a renda predominante foi de dois a seis salários mínimos. A maioria dos candidatos era CHILD B...

Anatomia das vias sanguíneas e biliares e histologia do fígado de Avestruz (Struthio camelus, Linnaeus, 1758); Anatomy and histology of the blood-vessels and biliar duct system of ostrich liver (Struthio camelus Linnaeus, 1758)

Saviani, Gisele
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Hoje a criação de avestruz ((Struthio camelus, Linnaeus 1758)) é uma atividade de grande potencial, porém não existem padrões definidos sobre a histologia do seu fígado, que é um órgão de grande importância no metabolismo, o conhecimento de sua histologia e anatomia pode contribuir para a detecção de doenças e deficiências nutricionais que influenciam no crescimento e desenvolvimento do animal. Os objetivos desta pesquisa são: Estudar a anatomia e histologia do fígado e a ramificação de sua artéria hepática, veia porta hepática e ducto biliar. Para a realização da parte macroscópica foram utilizados quinze avestruzes com idades entre 12 e 18 meses (com peso médio em torno de 80 a 100 kg), provenientes do abatedouro Don Pig, situado próximo à cidade de Botucatu no estado de São Paulo. Os animais foram abatidos com pistola pneumática e posteriormente submetidos a sangria. Foram injetadas com látex a artéria hepática, o ducto biliar e a veia porta. O fígado dos avestruzes apresentam dois lobos (direito e esquerdo). No caso o direito é maior que o esquerdo e ambos são subdivididos em dorsal, intermédio e ventral. Além disso, amostras do fígado foram processadas para a observação em microscopia de luz e microscopia eletrônica de transmissão (MET). A hematoxilina e eosina (H.E)...

Análise proteômica em fígado de ratos submetidos à exposição crônica ao flúor; Proteomic analysis of liver in rats chronically exposed to fluoride

Pereira, Heloisa Aparecida Barbosa da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
O recente desenvolvimento de técnicas proteômicas tem permitido a análise do perfil proteico completo dos sistemas biológicos, permitindo um melhor entendimento da fisiologia normal do organismo, bem como dos mecanismos de doenças, descoberta de biomarcadores para detecção precoce de doenças, identificação de novas terapias e descobertas de fármacos. No presente trabalho, a análise proteômica foi usada para auxiliar no entendimento dos mecanismos moleculares envolvidos na intoxicação induzida pelo fluoretono fígado de ratos e definir biomarcadores potenciais de toxicidade. Três grupos de ratos Wistar machos recém-desmamados (21 dias de vida) foram tratados ad libitum com água de beber contendo 0 (controle), 5 ou 50 mg/L de fluoreto, por 60 dias (n=6/grupo). Os animais foram eutanasiados e o fígado e o soro foram coletados. O fígado foi dividido em lobos, sendo que o esquerdo foi destinado à dosagem de fluoreto (eletrodo íon-sensível, após difusão facilitada por hexametildisiloxano), o direito à análise histológica (hematoxilina e eosina) e o mediano, à análise proteômica (eletroforese bidimensional associada a LC-MS/MS). Os dados foram analisados por ANOVA e teste de Tukey (p<0,05). Foi possível detectar uma dose-resposta em relação à ingestão para os níveis de fluoreto presentes no soro e no fígado houve diferença significativa entre os grupos que receberam 5 e 50 mg/L de fluoreto. A análise morfométrica histológica não revelou alterações nas estruturas celulares e exame o morfológico indicou inclusões lipídicas nos grupos 5 mg/L e 50 mg/L de fluoreto...

O diabetes altera a expressão do RNAm do GLUT2 em fígado e rim: participação dos fatores transcricionais Hepatic Nuclear Factor - (HNF-) 1a, 3b e 4a.; The diabetes alters the mRNA expression of GLUT2 in liver and kidney: involvement of transcription factors Hepatic Nuclear Factor-(HNF)-1a, 3b, and 4a.

Silva, Aline David
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
A homeostasia glicêmica requer uma estreita regulação quantitativa e temporal do fluxo de glicose em diferentes órgãos. O fluxo de glicose no fígado e no rim depende de um transportador específico, o GLUT2. Neste estudo demonstramos que em rim, o GLUT2 está aumentado no diabetes e que os fatores transcricionais HNF-1a, HNF-3b e HNF-4a são importantes reguladores do GLUT2, uma vez que apresentaram aumento de expressão e da atividade de ligação no promotor do SLC2A2 (gene do GLUT2). Esses efeitos foram revertidos pelo tratamento com insulina durante 6 dias. No fígado, o diabetes induziu aumento da expressão do GLUT2, HNF-1a, 3b e 4a, assim como aumento na atividade de ligação destes fatores transcricionais no promotor do SLC2A2. Estes resultados evidenciam os HNF- 1a, 3b e 4a como reguladores da expressão do GLUT2 também em fígado de animais diabéticos. No fígado, a insulina reverteu estas alterações aos 4 e 6 dias de tratamento. Os fatores transcricionais SREBP-1c e C/EBP-b não foram alterados em fígado e rim de ratos diabéticos...

As necessidades de informação de receptores de transplante de fígado; Information needs of liver transplant recipients

Ziviani, Luciana da Costa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.1%
O transplante de fígado é considerado um dos procedimentos mais complexos da medicina moderna. O ensino do paciente é relevante no contexto da saúde e pode contribuir para o sucesso do tratamento. Dentre as atividades do enfermeiro, ressalta-se o papel de educador. No período pós-operatório de transplante de fígado, este profissional deve implementar intervenções educativas direcionadas para o preparo do paciente no enfrentamento das mudanças no estilo de vida, decorrentes de procedimento cirúrgico complexo. Para tal, o primeiro passo consiste no conhecimento das necessidades de informação indicadas pelos receptores de transplante de fígado. O objetivo geral do estudo foi avaliar as necessidades de informação de receptores de transplante de fígado em atendimento ambulatorial em hospital público. A amostra foi composta por 92 receptores de transplante de fígado atendidos em ambulatório de hospital público do interior do Estado de São Paulo. A coleta de dados ocorreu no período de fevereiro a junho de 2014, por meio da aplicação de instrumento adaptado. Os principais resultados da pesquisa indicaram que a maioria dos receptores de transplante de fígado era do sexo masculino (77...

Cuidado de enfermagem ao receptor de transplante de fígado no período pós-operatório: revisão integrativa; Nursing care for the liver transplant recipient in the postoperative period: an integrative review

Molina, Fabiana Murad Rossin
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.08%
A realização de transplante de fígado é a única opção, na ausência de alternativas clínicas e cirúrgicas, quando o paciente é acometido por hepatopatia aguda ou crônica. A assistência de enfermagem ao receptor de transplante de fígado é complexa e relevante, em todas as fases do processo. Assim, o objetivo do estudo foi analisar as evidências disponíveis na literatura sobre o cuidado de enfermagem ao receptor de transplante de fígado no período pós-operatório. A revisão integrativa foi o método de revisão selecionado para a condução do estudo. A busca dos estudos primários foi realizada nas bases de dados PubMed, CINAHL e LILACS, sendo a amostra composta de 12 estudos primários. Os estudos primários foram agrupados em duas categorias: A) alterações fisiológicas de receptores de transplante de fígado no período pós-operatório (n=7) e B) experiências relatadas e alterações emocionais de receptores de transplante de fígado no período pós- operatório (n=5). O conhecimento aprofundado e pautado em evidências recentes das alterações fisiológicas nos diferentes sistemas do organismo humano e das experiências relatadas e alterações emocionais de receptores de transplante de fígado possibilitam ao enfermeiro a elaboração do planejamento da assistência de enfermagem fundamentado nas reais necessidades do paciente e da família. Além desses aspectos...

Elastografia hepática em pacientes com carcinoma hepatocelular em triagem para transplante de fígado; Liver elastography in patients with hepatocellular carcinoma in screening for liver transplantation

Nacif, Lucas Souto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
INTRODUÇÃO: A cirrose é a oitava causa de mortalidade no mundo, e sua progressão e estadiamento são de extrema importância nos pacientes com doença terminal do fígado. A presença de cirrose é reconhecida como risco aumentado de carcinoma hepatocelular (CHC) e o seu aparecimento está diretamente relacionado ao grau de fibrose do fígado. Na última década, notou-se o desenvolvimento e aperfeiçoamento dos métodos de predição do grau de fibrose e cirrose, através de métodos não-invasivos, com o objetivo de substituir a biópsia hepática. A população em lista de espera para transplante de fígado apresenta graus diferentes de fibrose hepática, que pode não estar diretamente relacionada ao MELD. Além disso, esses pacientes apresentam CHC no momento da triagem para transplante de fígado. Não existe avaliação desta população por elastografia. OBJETIVO: O objetivo deste trabalho foi avaliar os pacientes em triagem para transplante de fígado, com e sem carcinoma hepatocelular, pela elastografia hepática com Fibroscan® e ARFI. MÉTODO: Foram estudados 103 pacientes adultos do ambulatório de triagem da Disciplina de Transplante de Órgãos do Aparelho Digestivo HC/FMUSP, no período de outubro de 2012 à dezembro de 2013. A amostragem foi por conveniência e foram avaliados dados clínicos...

Correlação do citomegalovírus e do Herpesvírus Humano 8 nas infecções bacterianas em pacientes submetidos a transplante de fígado; Correlation of cytomegalovirus and Human Herpesvirus 8 in bacterial infections in patients undergoing liver transplantation

Arlete Milan
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
O transplante de fígado tornou-se a terapia mais eficaz para o tratamento dos pacientes com doença hepática terminal, sendo que o sucesso pode ser limitado por complicações infecciosas no primeiro ano pós-transplante. O citomegalovírus é o tipo de infecção viral mais comum e está relacionado com a morbidade e mortalidade. A infecção bacteriana é uma séria complicação em pacientes transplantados de fígado. O Herpesvírus humano 8 tem uma distribuição global heterogênea, poucos estudos existem em pacientes submetidos à transplante de fígado. Nosso objetivo foi correlacionar a infecção do citomegalovírus e do Herpesvírus Humano 8 com a ocorrência de infecções bacterianas nos pacientes submetidos à transplante de fígado. Foram incluídos pacientes monitorados por seis meses para a detecção da infecção do citomegalovírus e do Herpesvírus Humano 8. As amostras foram realizadas no momento da cirurgia e semanalmente até o segundo mês, quinzenalmente no terceiro mês e mensalmente do quarto ao sexto mês. A infecção por citomegalovírus foi definida por antigenemia positiva (> três células) ou dois testes positivos de Nested-Reação em Cadeia de Polimerase com intervalo de 30 dias associada a sintomas clínicos. A metodologia para o diagnóstico de infecção bacteriana foi por meio de cultura de urina e de sangue através de testes bioquímicos e automatizado BacT / ALERT® 3 D - VITEK® (bioMérieux...

Avaliação da cinética viral do Herpesvirus Humano 6 e Citomegalovirus por PCR em tempo real e das complicações clínicas relacionadas ocorridas após o transplante de fígado; Evaluation of viral kinetics of Human Herpesvirus 6 and Cytomegalovirus by real time PCR and related clinical complications occuring after liver transplantation

Ana Carolina Guardia da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Introdução: As infecções oportunistas constituem um dos principais problemas para os transplantados de fígado. O Citomegalovírus (CMV) e o Herpesvirus humano 6 (HHV- 6) são patógenos oportunistas freqüentes nesses pacientes, e o HHV-6 tem sido associado a várias desordens tais como a encefalite. A PCR em tempo real (RT-PCR) é o padrão ouro de diagnóstico para os herpesvirus, pois tem melhor precisão, maior rendimento e menos risco de contaminação em comparação com outros testes convencionais. Objetivo: Este estudo teve como objetivo avaliar a cinética viral do HHV-6 e CMV por RT-PCR nos pacientes submetidos ao transplante hepático correlacionando-a com a presença de encefalite e complicações clínicas ocorridas no período pós-transplante. Método: Foram analisadas prospectivamente pela RT- PCR a carga viral do CMV e HHV-6 de 30 pacientes transplantados de fígado. A monitorização dos pacientes foi realizada prospectivamente desde o pré-transplante (imediatamente antes do ato cirúrgico - dia zero) com amostras do doador e receptor, e no pós-transplante: 2ª, 3ª, 4ª, 6ª, 8ª, 10ª e 12ª semanas, somando 270 amostras de soro. O protocolo foi seguido de acordo com os requerimentos para pesquisas e foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisada da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (CEP nº 430/2003). Os achados clínicos foram obtidos através dos prontuários. Para a detecção e quantificação do DNA dos vírus CMV e HHV-6 foram usados os Kits comerciais "CMV Real-TM Quant" e "HHV-6 Real-TM Quant". Os testes de Nested-PCR e antigenemia foram realizados rotineiramente para o vírus CMV...

Estudo morfológico do efeito de nanopartículas magnéticas à base de magnetita em fígado de camundongos Swiss

Parca, Renata Miranda
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2006.; Fluidos magnéticos (FMs) são suspensões coloidais estáveis contendo nanopartículas magnéticas (NPMs), com diâmetro usualmente variando entre 5 e 15 nm, recobertas por uma camada estabilizante de natureza orgânica ou inorgânica e dispersas em líquidos carreadores. As partículas magnéticas mais frequentemente usadas são ferritas cubicas, incluindo magnetita (Fe3O4) e magnetita (Fe2O3). Nos últimos anos, os FMs têm sido considerados materiais promissores visando a novas aplicações na área biomédica. Com a finalidade de compreender melhor os efeitos in vivo dos FMs, o presente estudo reporta testes de biocompatibilidade em fígado de camundongos com uma amostra de FM Ã base de NPMs de magnetita recobertas com ácido meso-2,3- dimercaptosuccínico (DMSA). Os testes foram realizados entre um e cento e vinte dias após a injeção de 100 μl de amostra contendo 4,3 x 1016 partículas/cm3. Para as análises de biocompatibilidade, foram realizados estudos em microscopia de luz e microscopia eletrônica de transmissão. Os resultados de microscopia de luz revelam que a partícula...

Variações do sistema arterial hepático e sua aplicabilidade na bipartição do fígado: estudo anatômico em cadáveres

BERTEVELLO,Pedro Luiz; CHAIB,Eleazar
Fonte: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE ; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD ; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD ; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED Publicador: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE ; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD ; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD ; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Racional - Com a escassez de doadores de órgãos e com o aumento da demanda para o transplante de fígado, faz-se necessário aplicação de técnicas cirúrgicas avançadas para viabilização e melhor aproveitamento dos fígados disponíveis, como a chamada técnica da bipartição do fígado, onde de um doador se consegue fazer dois transplantes hepáticos, geralmente um adulto e uma criança. Objetivos - Estudar detalhadamente a distribuição arterial em sua porção extra e intra-hepática e suas implicações na secção regrada do fígado em dois segmentos anatomicamente equivalentes (lobo esquerdo e lobo direito). Material e Métodos - Estudo de 60 fígados provenientes de cadáver fresco, examinando a artéria hepática e suas ramificações, bem como suas variações anatômicas. A secção hepática foi realizada em duas metades: lobo direito e esquerdo. Resultados - O peso total do fígado foi de 1536 ± 361,8 g, do lobo direito 890,3 ± 230,9 g e do esquerdo 649,3 ± 172,6 g. Em 1 (1,6%) caso, o tronco hepático comum, era proveniente da artéria mesentérica superior, e em outro (1,6%), a artéria hepática esquerda era proveniente da aorta abdominal. A artéria hepática direita era proveniente do tronco celíaco em 44 (73...

Avaliação lectino-histoquímica de fígado e rim de ovinos com fotossensibilização causada por Brachiaria decumbens

Costa,Samay Z.R.; Nespoli,Pedro B.; Bezerra Júnior,Pedro S.; Nogueira,Vivian A.; Driemeier,David; Boabaid,Fabiana M.; Peixoto,Paulo V.; Armién,Aníbal M.; França,Ticiana N.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Embora sejam as forrageiras mais importantes para a pecuária de corte (bovinocultura de corte) no Brasil, em certas épocas ou condições, Brachiaria spp. podem ser tóxicas e causar surtos de fotossensibilização hepatógena que determinam significativas perdas econômicas. Animais que se alimentam em pastos de Brachiaria spp. comumente apresentam macrófagos espumosos isolados ou agrupados, além de cristais no interior de ductos biliares. Saponinas esteroidais têm sido identificadas nestes cristais e são responsabilizadas por lesar o fígado levando ao acúmulo de filoeritrina. Por vezes, imagens negativas desses cristais podem estar presentes no citoplasma de macrófagos espumosos. A patogênese de formação e o tipo de material armazenado nas células espumosas ainda são desconhecidos. A técnica de lectino-histoquímica visa auxiliar na detecção desses macrófagos e, consequentemente, no diagnóstico, além de identificar quais os resíduos de açúcares específicos que estão presentes no citoplasma das células espumosas. Assim, este trabalho teve por objetivo identificar quais lectinas são mais indicadas na detecção de saponinas esteroidais no fígado e rim de ovinos com fotossensibilização causada por Brachiaria decumbens. Fragmentos de fígado e rim de quinze ovinos...

O doador marginal: experiência de um centro de transplante de fígado

Fonseca-Neto,Olival Cirilo Lucena da; Miranda,Luiz Eduardo Correia; Sabat,Bernardo David; Amorim,Américo Gusmão; Adeodato,Luiz; Melo,Paulo Sérgio Vieira de; Lopes,Helry Cândido; Lacerda,Cláudio Moura; Pereira,Leila Maria Moreira Beltrão
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
RACIONAL: Desde que o uso de enxertos marginais é solução aceita para escassez de órgãos para transplante, ele tornou-se muito comum em todo mundo e a literatura vem mostrando efetividade desses enxertos no transplante de fígado. OBJETIVO: Apresentar a experiência do Serviço de Transplante Hepático do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, em transplante de fígado com o uso de doadores marginais. MÉTODOS: Estudo retrospectivo em 137 transplantes ortotópicos de fígado, usando enxertos marginais entre 1999 e 2006, com acompanhamento mínimo de 180 dias. Os receptores foram classificados de acordo com a função inicial do enxerto no pós-operatório como normal (FN) e disfunção primária (DP). RESULTADOS: Não foi observada diferença estatisticamente significante entre os grupos FN e DP com os seguintes parâmetros dos doadores: idade, sódio sérico, tempo de protrombina, esteatose hepática, transaminases sérica, pressão sanguínea, drogas vasoativas, índice de massa corpórea, parada cardíaca antes da doação de órgão, doador em assistolia e tempo de isquemia quente. Análise da curva de sobrevida (Kaplan-Meier) de pacientes e de enxertos de fígado de pacientes que receberam fígado de doadores ideais versus doadores marginais não mostrou diferença com significância estatística. CONCLUSÃO: Pode ser recomendado o uso de enxertos marginais para transplantes hepáticos...

Preditores de injúria renal aguda em pacientes submetidos ao transplante ortotópico de fígado convencional sem desvio venovenoso

Fonseca-Neto,Olival Cirilo L. da; Miranda,Luís Eduardo C.; Melo,Paulo S. Vieira de; Sabat,Bernardo D.; Amorim,Américo G.; Lacerda,Cláudio M.
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
RADICAL: Injúria renal aguda é uma das complicações mais comuns do transplante ortotópico de fígado. A ausência de critério universal para sua definição nestas condições dificulta as comparações entre os estudos. A técnica convencional para o transplante consiste na excisão total da veia cava inferior retro-hepática durante a hepatectomia nativa. Controvérsias sobre o efeito da técnica convencional sem desvio venovenoso na função renal continuam. OBJETIVO: Estimar a incidência e os fatores de risco de injúria renal aguda entre os receptores de transplante ortotópico de fígado convencional sem desvio venovenoso. MÉTODOS: Foram avaliados 375 pacientes submetidos a transplante ortotópico de fígado. Foram analisadas as variáveis pré, intra e pós-operatórias em 153 pacientes submetidos a transplante ortotópico de fígado convencional sem desvio venovenoso. O critério para a injúria renal aguda foi valor da creatinina sérica > 1,5 mg/dl ou débito urinário < 500 ml/24h dentro dos primeiros três dias pós-transplante. Foi realizada análise univariada e multivariada por regressão logística. RESULTADOS: Todos os transplantes foram realizados com enxerto de doador falecido. Sessenta pacientes (39,2%) apresentaram injúria renal aguda. Idade...

Síndrome hepatopulmonar em cirróticos inscritos em lista de transplante de fígado

Gonçalves de Macêdo, Liana; de Fátima Pessoa Militão de Albuquerque, Maria (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.05%
A síndrome hepatopulmonar (SHP) é considerada complicação freqüente em pacientes com doença hepática avançada(1), havendo descrições variadas de sua ocorrência, desde 4%(2) até 32%, em cirróticos candidatos ao transplante (Tx) de fígado(3-8). Seu diagnóstico se baseia na presença de três critérios: dilatações vasculares intrapulmonares (DVIP), anormalidades na oxigenação e doença hepática(9), em geral cirrótica. É questionado se a presença de hipertensão portal (HP), ainda que na ausência de cirrose, pode desencadear a síndrome(1). As teorias sobre a sua etiologia permanecem especulativas, apesar de estudos experimentais sugerirem a associação de alguns fatores, como o aumento na produção de substâncias vasodilatadoras(10,11), a falha na auto-regulação dos mecanismos de vasoconstricção e vasodilatação pulmonar(12), o papel da translocação bacteriana e endotoxemia(13), além de possível remodelamento estrutural da microvasculatura pulmonar(14,15), aliado a uma provável predisposição genética(1). Devemos salientar a importância do seu diagnóstico nos candidatos ao transplante (Tx) de fígado, já que sua presença interfere negativamente no prognóstico dos pacientes(16), que passam a ter prioridade pelo enxerto(17...

TRANSPLANTE DE FÍGADO. RELATO DO PRIMEIRO CASO REALIZADO NO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO; LIVER TRANSPLANTATION. CASE REPORT OF THE FIRST PATIENT SUBMITTED TO THIS PROCEDURE AT THE HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO - USP

França, Alex V.C.; Martinelli, Ana L.C.; Sankanrankutty, Ajith K.; Rizzo, Cláudia C.; Silva Junior, Orlando Castro
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2001 POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
O transplante de fígado constitui o principal tratamento para os pacientes portadores de doença hepática crônica ou aguda, em situações em que outras opções terapêuticas clínicas e/ou cirúrgicas não tenham sido eficazes no controle da doença. Dentre as doenças do fígado, o carcinoma hepatocelular, quando de pequeno tamanho, constitui uma das indicações para a realização do transplante. Relatamos o caso do primeiro paciente submetido ao transplante de fígado no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão - USP. Ele era portador de cirrose hepática pelo vírus da hepatite C, associada à presença de carcinoma hepatocelular; enquanto em lista de espera pelo transplante, foi submetido à embolização arterial e alcoolização tumoral com o intuito de ser impedida a progressão da neoplasia. O transplante de fígado foi realizado sem intercorrências cirúrgicas, utilizando-se a técnica de piggyback com anastomose biliar colédoco-colédoco com permanência de dreno de Kher. O esquema imunossupressor utilizado foi o duplo, associando-se ciclosporina A e prednisona. No nono dia de pós-operatório, ocorreu episódio de rejeição celular, tratado com sucesso com metilprednisolona (1.0 g/dia, IV durante três dias). O paciente recebeu alta hospitalar no 13 o dia de pósoperatório. O caso evidencia a importância do diagnóstico precoce e a indicação do transplante de fígado em portadores de carcinoma hepatocelular...

Determinant factors in an expressive increasing of liver transplant in a single center; Fatores determinantes no expressivo aumento de transplantes de fígado em um único centro

Andraus, Wellington; Farias, Alberto Queiroz
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 06/09/2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.14%
INTRODUÇÃO: O Hospital das Clinicas da Universidade de São Paulo é o maior hospital do Brasil. Seu programa de transplante foi o pioneiro neste país e realizou seu primeiro transplante de fígado em 1968. A lista de espera para transplante de fígado tem cerca de 700 pacientes, e ultrapassou mil há alguns anos. Apesar deste fato, nosso numero de transplantes de fígado não era muito elevado (cerca de 50/ano) e tínhamos, como esperado, alta mortalidade na lista de espera. Este ano aumentamos significativamente o numero de transplantes de fígado, atingindo 3 vezes a média dos últimos anos. OBJETIVO: Nosso objetivo é explicitar os fatores determinantes neste aumento expressivo do numero de transplantes de fígado em um único centro no Brasil. MÉTODOS: Analisamos o numero de transplantes de fígado no mesmo período do ano (de janeiro a setembro) em 2008 e 2009 no Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Foram avaliadas as razões deste aumento de transplantes de fígado em 2009 neste centro. RESULTADOS: Comparando o período de janeiro a setembro de 2008 com o mesmo período de 2009, o número de transplantes de fígado aumentou em 200% (35 para 105). A imprensa, o sistema de saúde pública...