Página 1 dos resultados de 14 itens digitais encontrados em 0.097 segundos

Avaliação de riscos em postos de trabalho de soldadura

Lavoura, Susana Sofia Martins Simões
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
35.99%
Com o constante desenvolver da sociedade, a soldadura tem sido largamente utilizada em muitas áreas industriais. Nos últimos anos têm sido desenvolvidos novos métodos, novas aplicações e novos sistemas. O contínuo desenvolvimento da soldadura faz dela um processo fundamental nas indústrias. Além disso, contribui para a melhoria da qualidade de vida das populações, simplifica e acelera vários processos industriais e torna possível o desenvolvimento de novas indústrias, que aumentam a oferta de bens. A soldadura consiste num processo que tem, por objetivo a união de duas ou mais peças, assegurando ao mesmo tempo a continuidade das propriedades físicas, químicas e metalúrgicas da peça a soldar. Em termos genéricos, a avaliação de riscos consiste, na análise estruturada de todos os aspetos inerentes ao trabalho, concretizada através da identificação dos fatores de risco, estimação e valoração dos riscos e identificação dos trabalhadores a eles expostos, definindo em cada caso as medidas de prevenção ou proteção adequadas. Os soldadores são um grupo profissional que se encontra, no seu dia-a-dia, exposto a vários riscos: riscos mecânicos (esmagamento, corte e projeção de partículas), riscos associados a agentes físicos (iluminação...

Conhecimentos, atitudes e praticas frente a exposição ocupacional ao HIV entre estudantes, docentes e funcionarios do curso de odontologia da Universidade de Uberaba

Mario Alfredo Silveira Miranzi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
35.79%
Os riscos ocupacionais em odontologia são comumente associados com agentes físicos, químicos e biológicos. A presença de vírus na corrente circulatória, em especial o vírus da hepatite B (HVB), vírus da hepatite C (HCV) e vírus da imunodeficiência humana (HIV), atribuem um risco de exposição ocupacional entre os prestadores de serviços em saúde bucal. O objetivo deste estudo foi avaliar o conhecimento, atitude, comportamento e prática em relação ao risco de exposição ocupacional ao HIV entre estudantes, professores e funcionários e utilização das medidas universais de biossegurança no Curso de Odontologia da Universidade de Uberaba. Questionários específicos (Questionário 1 foi aplicado em estudantes e professores e Questionário 2 para funcionários) foram aplicados na população. Os resultados, com relação a conhecimento sobre medidas universais de biossegurança (Rp2/1 = 5,09, Rp3/2 = 1,83 e Rp4/3 = 1,20), atitudes e comportamento frente o risco ocupacional, incluindo a prática clínica odontológica, revelaram que, 250(64,01%) dos estudantes já realizaram procedimentos clínicos, 346(73%) conhecem as medidas universais de biossegurança e 212(44,0%) sabem como proceder em casos de exposição a fluidos orgânicos. Os resultados demonstraram deficiência em conhecimento principalmente nos primeiros períodos de clínica. Os estudantes também tendem a superestimar os riscos de transmissão do HIV. O conhecimento foi significativamente maior no grupo mais próximo da formatura com relação às precauções universais (P> 0...

Determinação da concentração de partículas totais e respiráveis em suspensão no ambiente de trabalho : ensaio de comparação entre laboratórios

Barbosa, Fernando; Matos, Luísa; Santos, Paula
Fonte: Laboratório Nacional de Energia e Geologia Publicador: Laboratório Nacional de Energia e Geologia
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /02/2009 POR
Relevância na Pesquisa
55.7%
Dada a lacuna nos ensaios promovidos pela RELACRE - Associação de Laboratórios Acreditados de Portugal, no domínio do ar ambiente de trabalho, durante o mes de Julho de 2008 as entidades A. Ramalhão -Consultoria, Gestão e Serviços Lda, Cinfu - Centro Profissional da Indústria de Fundição e INETI - Instituto Nacional de Engenharia Tecnologia e Inovação, I.P. executaram um ensaio de comparação entre laboratórios nesse domínio intitulado "Determinação de partículas totais e respiráveis em suspensão no ambiente de trabalho". Este ensaio teve como objectivo a determinação da concentração de partículas respiráveis e totais pelos laboratórios participantes, de modo a contribuir para a melhoria do desempenho e da qualidade, com vista ao cumprimento de alguns requisitos exigidos a metodologias de amostragem acreditadas. Para o efeito, cada participante efectuou a amostragem baseando-se em metodologias NIOSH - National Institute for Occupational Safety and Health e determinou a concentração de poeiras respiráveis e totais na perspectiva da avaliação da exposição profissional a agentes químicos utilizando os valores limite estabelecidos na Norma Portuguesa 1796 (2007). O presente artigo apresenta a metodologia utilizada na colheita da amostra...

Estudo comparativo de exames audiométricos de metalúrgicos expostos a ruído e ruído associado a produtos químicos

Botelho,Carla Tomaz; Paz,Anna Paulla Maia Lopes; Gonçalves,André Martins; Frota,Silvana
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
55.94%
A exposição a produtos químicos ototóxicos na presença ou não do ruído pode provocar danos irreversíveis na audição dos trabalhadores em um período significativamente menor de exposição. OBJETIVO: Realizar um estudo comparativo, através de exames audiométricos, em trabalhadores expostos somente a ruído e ruído associado a produtos químicos. MÉTODOS: 155 metalúrgicos (18 - 50 anos) expostos a ruído (grupo I) e a ruído e produtos químicos (grupo II) por um período que varia de 3 a 20 anos. RESULTADOS: diferença significativa na proporção de perda auditiva ocupacional da orelha direita entre os grupos I (3,6%) e II (15,5%). Proporção de perda auditiva ocupacional no profissional significativamente maior no grupo II (18,3%) em relação ao grupo I (6%). Com respeito ao tempo médio de exposição aos agentes agressores, o grupo I esteve exposto por tempo significativamente maior. Estudo retrospectivo. DISCUSSÃO: O fato de ter havido maior comprometimento da orelha direita no grupo II é controverso e merece ser pesquisado futuramente, pois alguns estudos revelam que a orelha esquerda seria mais suscetível à lesão por ruído. CONCLUSÃO: O grupo II apresentou proporcionalmente maior prevalência de perda auditiva quando comparado ao grupo I...

Prevalência de anemia em trabalhadores expostos ocupacionalmente ao chumbo

Minozzo,Renato; Wagner,Sandrine C.; Santos,Carolina H.; Deimling,Luiz I.; Mello,Renato S.
Fonte: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular Publicador: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
45.64%
O chumbo é um dos elementos mais abundantes da natureza. Atualmente o chumbo é muito utilizado na manufatura de baterias, latão e bronze, radiadores, soldas, cabos, tintas, corantes, cerâmicas, munição, entre outros. A intoxicação do chumbo é chamada de saturnismo e está na maioria das vezes relacionada à atividade profissional. O chumbo pode causar alterações neurológicas, hematológicas, renais, cardíacas e reprodutivas. O objetivo deste trabalho foi comparar os níveis sanguíneos de 53 trabalhadores expostos ocupacionalmente ao chumbo, com grupo controle não exposto a agentes químicos ou físicos, avaliando dosagem de chumbo sérico, contagem de eritrócitos, hematócrito, dosagem de hemoglobina e idade. Com relação ao chumbo sérico, dentre o grupo exposto ocupacionalmente ao metal, 20,8% dos trabalhadores apresentavam valores até 40 µg/dL, 35,8% obtiveram resultados entre 40 µg/dL e 60 µg/dL, e 43,4% apresentaram valores de chumbo sérico acima de 60 µg/dL. Já no grupo controle, todas as amostras apresentaram valores abaixo de 40 µg/dL de chumbo sérico. Com relação à hemoglobina, 7,5% dos trabalhadores do grupo controle e 34,0% dos expostos apresentaram valores abaixo de 13 g/dL, com diferença estatisticamente significativa. Os resultados indicam que níveis elevados de chumbo estão relacionados com valores de hemoglobina abaixo dos índices de referência.

Aspectos a considerar para a avaliação de riscos no caso da aplicação do óleo descofrante

Martinho, Paulo Jorge Lourenço
Fonte: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa Publicador: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
75.87%
Mestrado em Higiene e Segurança no Trabalho.; Existem 10 anexos em CDROM (conforme o índice do trabalho) que podem ser disponibilizados a pedido. Dado o peso dos ficheiros e as empresas envolvidas no estudo não foram incluídos neste depósito, mas estão disponíveis individualmente e a pedido.; A construcão civil é um local de trabalho perigoso por natureza, onde as quedas em altura são a primeira causa de acidentes de trabalho. Mas não são apenas as quedas em altura que potenciam acidentes. Também o manuseamento de substâncias químicas, cada vez mais utilizadas neste ramo de actividade, originam situações de exposição profissional que podem culminar em acidentes de trabalho e muitas das vezes, em doenças profissionais, que nem sempre são levadas em consideração aquando da elaboração da análise de riscos. Um exemplo disso mesmo é a aplicação do óleo descofrante durante o processo de execução de cofragens. Com a realização deste estudo pretendeu-se, ainda que de uma forma sumária, estudar mais em detalhe as substâncias que constituem este tipo de óleo, bem como as patologias profissionais associadas a cada uma delas através de recolha bibliográfica. Por outro lado, efectuou-se uma análise da actividade de execução de cofragens onde a tarefa da aplicação de óleo descofrante se inclui...

Agentes Químicos em Ambiente Hospitalar - Exposição Profissional a Sevoflurano

Cruz Nogueira, Ana
Fonte: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP Publicador: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 05/11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
85.96%

Exposição profissional a sevoflurano em ambiente hospitalar

Nogueira, Ana; Pais, Aida; Oliveira, Anabela; Pinhal, Hermínia
Fonte: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP Publicador: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /02/2014 POR
Relevância na Pesquisa
55.84%

Boletim Epidemiológico Observações: Vol. 3 (2014), Número Especial 4, Saúde Ambiental

Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Fonte: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP Publicador: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Tipo: Anotação
Publicado em /12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
65.64%
Ficha técnica: Diretor: Fernando de Almeida; Editores: Carlos Matias Dias, Elvira Silvestre; Conselho Editorial Científico: Carlos Matias Dias, Manuela Cano, Jorge Machado, Manuela Caniça, Peter Jordan, Sílvia Viegas, Cláudia Niza; Revisão científica: Manuela Cano, Saúde Ambiental; Maria Antónia Calhau, Alimentação e Nutrição; Carlos Matias Dias, Epidemiologia; Cristina Furtado, Doenças Infeciosas; Peter Jordan, Genética Humana; Periodicidade: trimestral.; Número Especial dedicado à Saúde Ambiental do Boletim Epidemiológico Observações. Observações é uma publicação científica trimestral do INSA, IP, que visa contribuir para o conhecimento da saúde da população, os fatores que a influenciam, a decisão e a intervenção em Saúde Pública, assim como a avaliação do seu impacte na população portuguesa. Através do acesso público e gratuito a resultados científicos gerados por atividades de observação em saúde, monitorização e vigilância epidemiológica, é dada especial atenção à disseminação rápida de informação relevante para a resposta a temas de relevo para a saúde da população portuguesa, tendo como principal alvo todos os profissionais, investigadores e decisores intervenientes na área da Saúde Pública em Portugal.

Estudo do potencial genotóxico do formaldeído em contexto profissional: Projeto GenFA

Costa, Solange; Costa, Carla; Coelho, Patrícia; Silva, Susana; Aguiar, Lívia; Porto, Beatriz; Teixeira, João Paulo
Fonte: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP Publicador: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
75.71%
Projeto GenFA, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FTC) (ref: SFRH/BD/46929/2008 e PTDC/SAU-ESA/102367/2008) e pelo Programa Operacional Potencial Humano do Quadro de Referência Estratégico Nacional para Portugal 2007-2013 (tipo 4.1).

Avaliação de dano genético em agricultores: agricultura biológica e tradicional

Costa, Carla; Silva, Susana; Costa, Solange; Teixeira, João Paulo
Fonte: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP Publicador: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, IP
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
65.65%
Trabalho financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia através da bolsa de Doutoramento SFRH/BD/37190/2007 de C. Costa

Avaliação de compostos halogenados em água e ar de piscinas

Maia, Raquel Viana de Azevedo
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
55.71%
A procura de piscinas para a prática de atividades desportivas, recreativas e/ou terapêuticas tem sofrido um aumento gradual ao longo do tempo. No entanto, nas piscinas existem vários perigos associados à sua utilização. Relativamente aos perigos químicos, a utilização de desinfetantes à base de cloro, bromo ou compostos derivados vai, por um lado, inativar microrganismos patogénicos mas, por outro, dar origem a subprodutos ao reagir com compostos orgânicos presentes na água. Os trihalometanos são um exemplo de subprodutos que se podem formar e, entre os compostos principais, estão o clorofórmio (TCM), bromodiclorometano (BDCM), clorodibromometano (CDBM) e bromofórmio (TBM). Este trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de uma metodologia analítica para a determinação de trihalometanos em água e ar de piscinas e a sua aplicação a um conjunto de amostras. Para a análise dos compostos, foi utilizada a microextração em fase sólida no espaço de cabeça (HS-SPME) com posterior quantificação dos compostos por cromatografia gasosa com detetor de captura eletrónica (GC-ECD). Foi realizada uma otimização das condições de extração dos compostos em estudo em amostras de água, através da realização de dois planeamentos experimentais. As condições ótimas são assim obtidas para uma temperatura de extração de 45ºC...

Avaliação de compostos halogenados em água e ar de piscinas

Maia, Raquel Viana de Azevedo
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
55.71%
A procura de piscinas para a prática de atividades desportivas, recreativas e/ou terapêuticas tem sofrido um aumento gradual ao longo do tempo. No entanto, nas piscinas existem vários perigos associados à sua utilização. Relativamente aos perigos químicos, a utilização de desinfetantes à base de cloro, bromo ou compostos derivados vai, por um lado, inativar microrganismos patogénicos mas, por outro, dar origem a subprodutos ao reagir com compostos orgânicos presentes na água. Os trihalometanos são um exemplo de subprodutos que se podem formar e, entre os compostos principais, estão o clorofórmio (TCM), bromodiclorometano (BDCM), clorodibromometano (CDBM) e bromofórmio (TBM). Este trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de uma metodologia analítica para a determinação de trihalometanos em água e ar de piscinas e a sua aplicação a um conjunto de amostras. Para a análise dos compostos, foi utilizada a microextração em fase sólida no espaço de cabeça (HS-SPME) com posterior quantificação dos compostos por cromatografia gasosa com detetor de captura eletrónica (GC-ECD). Foi realizada uma otimização das condições de extração dos compostos em estudo em amostras de água, através da realização de dois planeamentos experimentais. As condições ótimas são assim obtidas para uma temperatura de extração de 45ºC...

Aposentadoria especial – exigências e reconhecimento

Damin, Sabrina dos Santos
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
25.9%
Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de Bacharel no Curso de Ciências Contábeis da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; A aposentadoria especial é uma espécie de aposentadoria por tempo de contribuição, porém, sua contagem é feita com redução de 15 (quinze), 20 (vinte) ou 25 (vinte e cinco) anos, concedido aos segurados que comprovarem trabalho com exposição a agentes nocivos prejudiciais a saúde e a integridade física, os agentes nocivos citados podem ser físicos, químicos e biológicos. O trabalho com exposição a agentes nocivos dá ao segurado direito ao recebimento do adicional de insalubridade em grau mínimo, médio e máximo(10%, 20% e 40% respectivamente) sobre o salário mínimo nacional vigente. Para comprovação do tempo trabalhado perante o INSS é necessário que o segurado apresente o PPP – Perfil Profissiográfico Previdenciário que é emitido pelo empregador com base nos Laudos Técnicos da empresa, sendo eles o LTCAT, PPRA e o PCMSO, onde evidenciam todas as características do ambiente de trabalho e os agentes prejudiciais a saúde e a integridade física presentes no mesmo. Se os agentes nocivos expressados no PPP estiverem de acordo com a legislação do benefício da aposentadoria especial a Previdência Social irá conceder o benefício. Caso a Previdência Social considere que os agentes nocivos não caracterizam aposentadoria especial...