Página 1 dos resultados de 1088 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Cidade cantada: experiência estética e educação.; Sung City: aesthetics experience and education.

Andrade, Julia Pinheiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/11/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.5%
O presente trabalho desenvolve uma reflexão sobre algumas figuras recentes da modernidade cultural brasileira, de modo a evidenciar o sentido formativo que a experiência estética pode assumir no campo da educação. Especificamente, discute a forma da canção brasileira em duas de suas expressões mais singulares: o tropicalismo de Tom Zé e o rap agressivo do Racionais MC's. De modos diversos, ambos os cancionistas elaboram uma experiência da cidade de São Paulo explorando a canção como forma narrativa. A pesquisa constela imagens da cidade em momentos críticos de seu desenvolvimento e, ao mesmo tempo, reflete sobre as diferentes experiências estéticas como experiências de formação. Para tanto, o referencial teórico articula uma intersecção entre três campos de reflexão: sociologia da cultura, filosofia da educação e teoria estética. Considerando reflexões de Walter Benjamin, Theodor Adorno, Jean Baudrillard, Edgar Morin, dentre outros, o trabalho discute a canção em sua relação com a cultura de consumo. A partir da semiótica da canção de Luiz Tatit e do conceito de escuta de Roland Barthes, dentre outras referências, procede-se uma interpretação analítica dos projetos estéticos e das composições de Tom Zé e do Racionais MC's. Considerando-se...

A experiência estética em organizações criativas : uma investigação fenomenológica do impacto da percepção visual sobre a criatividade

Csillag, Paula
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Relevância na Pesquisa
66.39%
O presente trabalho trata da criatividade nas organizações. A partir de um modelo explicativo, introduz a variável da percepção visual e da experiência estética dela advinda para compreender seus impactos na criatividade organizacional. Uma investigação fenomenológica de campo observou a prática para ilustrar tal modelo e enriquecê-lo.

Pesquisa educacional com base nas artes: pensando a educação dos professores como experiência estética

Telles, João A.
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 509-530
POR
Relevância na Pesquisa
66.33%
Neste artigo, o autor descreve dois estudos, realizados com professores, nos quais objetos de arte são usados como dispositivos deflagradores de reflexão compartilhada. Teoricamente fundamentado em uma nova modalidade de investigação qualitativa no campo da Educação - a Pesquisa Educacional com Base nas Artes (PEBA) -, ele discute particularidades do funcionamento e do papel dessa modalidade de pesquisa no desenvolvimento profissional docente, as diferentes naturezas dos dois objetos de arte utilizados (a fotografia e o espetáculo teatral) e aponta para duas principais vertentes dessa modalidade de pesquisa - a vertente de produção de significados, pela qual o educador de professores e os participantes da pesquisa compartilham e constroem significados ao entrarem em contato com um objeto de arte previamente pronto e confeccionado por um artista profissional; e a vertente representacional, pela qual os professores e educadores participantes constroem, individualmente ou de forma compartilhada, um determinado objeto de arte que reflita e expresse suas representações do mundo da docência. Por fim, o artigo sugere que a PEBA, além de estabelecer contextos reflexivos nos quais alunos e professores têm oportunidades de desvelar a experiência estética...

A experiência estética no ensino das artes visuais : relatório de estágio

Dias, Lisete Silva Sampaio
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 03/05/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.57%
O presente trabalho, elaborado no âmbito do Mestrado em Ensino de Artes Visuais no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário, procura aprofundar as potencialidades da experiência estética na pedagogia em geral e especialmente na dinâmica do ensino e aprendizagem das artes visuais. Este texto apresenta na primeira parte uma parte teórica de abordagem conceitual, onde são explorados os principais aspectos da dimensão afetiva e cognitiva da experiência estética. A segunda parte desenvolve uma proposta didática, de exposição de estratégias de ensino/aprendizagem, aplicadas no campo de ação da disciplina de Educação Visual. Este trabalho foi implementado na Escola Secundária D. Maria II, em Braga, na turma com a qual realizámos o nosso estágio pedagógico. Tendo como base o conceito de fruição estética nas suas dimensões afetiva e cognitiva, este estudo faz ainda uma reflexão sobre o papel da arte no contexto do seu ensino, tendo em conta a diversidade cultural que é o contexto escolar. Pretendemos mostrar o papel da atitude estética como elemento fundamental e estruturante num projeto de aprendizagem pela arte. A descrição da prática pedagógica confirma os benefícios que se obtêm quando se proporciona um ensino dinâmico e cativante...

Flash Aesthesis: uma neurofilosofia da experiência estética

Bispo,Ronaldo
Fonte: Universidade Estadual Paulista, Departamento de Filosofia Publicador: Universidade Estadual Paulista, Departamento de Filosofia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2004 PT
Relevância na Pesquisa
66.46%
O texto a seguir apresenta em diálogo ou aplica a uma certa concepção de experiência estética um amplo conjunto de evidências experimentais retirado da investigação de outros fenômenos mentais, em particular a experiência subjetiva de emoções e sentimentos. Provém de António Damásio a viga mestra, o esqueleto, a base, a estrutura de toda a minha argumentação. Minha principal hipótese é a de que certos objetos e situações ativam hiper-espaços dispositivos cerebrais associados à ocorrência de fenômenos como sensação de beleza, prazer e alegria. Proponho que a emergência de uma experiência estética deve ser compreendida como resultado de uma percepção sensível que aciona uma rotina somático-cognitiva, função do disparo de um padrão de padrões neurais dispositivos.

A concepção Kantiana da experiência estética: novidades, tensões e equilíbrios

Santos,Leonel Ribeiro dos
Fonte: Universidade Estadual Paulista, Departamento de Filosofia Publicador: Universidade Estadual Paulista, Departamento de Filosofia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.39%
Neste ensaio proponho-me identificar alguns aspectos peculiares da problematização kantiana da experiência estética, assinalando as suas tensões e os equilíbrios que a sustentam e mostrar que a sua fecundidade especulativa não se esgota no aproveitamento que a geração póskantiana (do Classicismo, Romantismo e Idealismo) fez de alguns dos seus elementos, mas continua a revelar-se na redescoberta que, nas últimas décadas, dela vem sendo feita e cujo alcance se tem provado na capacidade que oferece para revitalizar os debates actuais acerca dos problemas estéticos. Tento mostrar, nomeadamente, que a meditação kantiana representa um singular momento de equilíbrio instável entre dois regimes de pensamento estético: um, que gira em torno da categoria do gosto (Geschmack), entendido como um senso comum estético que invoca uma preocupação social e comunitária, o outro, que gira em torno da categoria do génio (Genie) e do pressuposto do carácter absoluto da individualidade e subjectividade criadora; um, que reabilita a sensibilidade humana (Sinnlichkeit) e as qualidades sensíveis dos objectos enquanto contempladas e apreciadas pelo sujeito, o outro, centrado na categoria do sentimento íntimo (Gefühl), entendido como algo inalienável e como o irredutivelmente subjectivo da vivência individual.

A natureza e o lugar habitado como âmbitos da experiência estética: novos entendimentos da relação ser humano - ambiente

Marin,Andréia Aparecida; Kasper,Kátia Maria
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.48%
A percepção que o ser humano tem da natureza e do espaço habitado é marcada pela imaginação, pela afetividade, pela memória e pela sensibilidade estética. O significado da experiência estética está presente tanto nas construções do lugar habitado quanto na contemplação dos ambientes preservados. No presente ensaio, propomos um caminho reflexivo que evidencia essa necessidade estética do humano, focando-a nas categorias natureza e espaços do cotidiano como âmbitos de vivência. Tecemos considerações sobre os possíveis significados da teoria estética para a educação ambiental. Para tanto, partimos do resgate de referenciais teóricos da fenomenologia e do campo da filosofia estética, que incluem Merleau-Ponty, Bachelard, Dufrenne e Quintás.

O limiar da experiência estética: contribuições para pensar um percurso de subjetivação

Pereira,Marcos Villela
Fonte: UNICAMP - Faculdade de Educação Publicador: UNICAMP - Faculdade de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.6%
Este trabalho coloca em análise algumas concepções sobre arte, obra de arte, atitude estética e experiência estética com o intuito de propor o exercício da racionalidade estética como uma ampliação da capacidade dos sujeitos para orientar sua percepção e compreensão ante as infinitas possibilidades da existência. A razão estética habilita o sujeito para que se concebam mundos não apenas a partir de e/ou sobre esquemas referenciais, mas a partir de e sobre a experiência da presentificação do que existe, do ser-aí, da história efeitual e da desrealização dos limites estabelecidos pelas formas tradicionais de racionalidade. Postulo a ideia da experiência estética como uma oportunidade de ampliação, de desvelamento e de expansão da subjetividade na medida em que representa uma abertura para a coleção de exemplos que são a arte e a vida. A atitude estética é uma atitude desinteressada, é uma abertura, uma disponibilidade não tanto para a coisa ou o acontecimento "em si", naquilo que ele tem de consistência, mas para os efeitos que ele pode produzir.

Pesquisa educacional com base nas artes: pensando a educação dos professores como experiência estética

Telles,João A.
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.33%
Neste artigo, o autor descreve dois estudos, realizados com professores, nos quais objetos de arte são usados como dispositivos deflagradores de reflexão compartilhada. Teoricamente fundamentado em uma nova modalidade de investigação qualitativa no campo da Educação - a Pesquisa Educacional com Base nas Artes (PEBA) -, ele discute particularidades do funcionamento e do papel dessa modalidade de pesquisa no desenvolvimento profissional docente, as diferentes naturezas dos dois objetos de arte utilizados (a fotografia e o espetáculo teatral) e aponta para duas principais vertentes dessa modalidade de pesquisa - a vertente de produção de significados, pela qual o educador de professores e os participantes da pesquisa compartilham e constroem significados ao entrarem em contato com um objeto de arte previamente pronto e confeccionado por um artista profissional; e a vertente representacional, pela qual os professores e educadores participantes constroem, individualmente ou de forma compartilhada, um determinado objeto de arte que reflita e expresse suas representações do mundo da docência. Por fim, o artigo sugere que a PEBA, além de estabelecer contextos reflexivos nos quais alunos e professores têm oportunidades de desvelar a experiência estética...

O Relacionamento Comprador-Vendedor no Varejo como Experiência Estética

Lucia Catão Zenaide, Martha; Carvalho Benício de Mello, Sérgio (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.43%
Neste estudo percorremos um caminho novo compreendendo um relacionamento interorganizacional entre comprador e vendedor por meio da experiência estética, enfatizando o papel dos cinco sentidos na criação de conhecimento e da compreensão dos fenômenos interpessoais. Assim, exploramos um estudo de caso ilustrativo e fazemos uma revisão da literatura subjacente, partindo da concepção de que nós construímos o mundo e a sociedade em que vivemos ao mesmo tempo em que somos construídos por eles. Ponderamos que as competências centrais de uma organização baseiam-se na sua rede de relações da construção criativa de relacionamentos verdadeiramente gratificantes. O que leva tempo, pois a identificação se desenvolve ao longo da história compartilhada, fruto de experiências passadas. Estas seriam relações prazerosas em que os parceiros criam uma atmosfera positiva, sentindo-se conectados com o outro a ponto de formarem laços profundos e autênticos uma amizade. Nesta compreensão valorizamos a subjetividade dos indivíduos que é o que eles possuem de mais original, suas auras . Já que a experiência estética é um meio de transmitir e de compartilhar formas particulares de sentir o conhecimento inefável (que não pode ser expresso em palavras). Portanto...

Fotografia e experiência estética: a superação doefêmero no fotojornalismo contemporâneo

Elyzabeth de Araujo Farache, Ana; do Carmo de Siqueira Nino, Maria (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.52%
A presente dissertação faz uma reflexão sobre a relação entre fotografia jornalística e experiência estética, partindo da análise de uma das imagens produzidas em 2004 durante o massacre em uma escola de Beslan, na Rússia, e distribuída mundialmente pela agência Reuters. Apoiada na minha própria experiência e na repercussão causada pela imagem em tantas outras pessoas, destaco que, em determinadas circunstâncias, a fotografia jornalística produz um sentido que extrapola os limites mais imediatos do racional. Assim, foram investigados e configurados elementos presentes na imagem fotográfica passíveis de estimular o espectador a uma experiência estética. Uma experiência que suplanta a rotineira e que é capaz de nos tirar do entorpecimento no qual nos encontramos, tão frequentemente, diante da proliferação e banalização midiática da imagem, verificável no contemporâneo. Nesse caminho, detive-me em conceitos como os de tragédia e catarse, nos estudos da estética, memória e imaginação, e, ainda, na reflexão sobre a perplexidade humana diante da morte. Persegui, então, nas diversas imagens selecionadas, as associações de elementos que intensificam a produção de um sentido que reverbera, mais intensamente...

A experiência estética na educação da infância: uma crítica no contexto da indústria cultural

OLIVEIRA, Keyla Andrea Santiago
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Educação; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Educação; Ciências Humanas
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.66%
O presente trabalho se insere na linha de Cultura e Processos Educacionais do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Goiás. Ele foi financiado pelo CNPq e visa a investigar a experiência estética na educação da infância e apresentar uma crítica desta no contexto da indústria cultural. Tomando como aporte teórico a Teoria Crítica, as questões que nortearam a pesquisa foram: Qual o papel da arte e da estética na educação da infância? Que elementos poderiam ser trabalhados na educação escolar com vistas à experiência estética na educação infantil? O que a indústria cultural representa no campo da arte e como ela se infiltra nos planejamentos destinados à educação infantil? Em que sentidos a educação da infância pode avançar com relação à questão de gênero e de construção de uma linguagem estética? A criança pequena é capaz de participar de uma proposta de construção de uma leitura mais rica de imagens e de experiências estéticas? Como a beleza gótica pode favorecer reformulações qualitativas no desenvolvimento de um trabalho com a arte responsável, comprometido ou coerente com uma concepção de estética livre das amarras da indústria cultural para a infância?Os capítulos desta tese constituem ensaios que guiaram a investigação realçando um pensar mais dinâmico...

A importância da hipermídia como experiência estética na produção do conhecimento; The importance of hypermedia as aesthetic experience in the production of knowledge

Bariani, Bruna Barbieri
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.39%
A hipermídia se coloca à frente de imensuráveis possibilidades de aprendizagem e conhecimento ao propiciar o encontro entre a razão e o sensível. Avaliando o desvelar da verdade através da vivência estética, presente no fundamento do jogo, este trabalho analisa a rica possibilidade de produção de conhecimento presente na hipermídia. Linguagem esta que advém da confluência de modernas tecnologias, arte, jogo e o vivenciar subjetivo de uma intensa experiência estética.; Hypermedia is placed ahead of immeasurable learning opportunities and knowledge to foster the encounter between reason and sensitive. Analyzing the unveiling of the truth through aesthetic experience, present at the foundation of the game, this paper analyzes the rich possibility of producing knowledge in hypermedia. This language that comes from the confluence of modern technology, art, game and subjective experience of an intense aesthetic experience.

Pesquisa educacional com base nas artes: pensando a educação dos professores como experiência estética; Arts-based educational research: thinking teacher education as an aesthetic experience

Telles, João A.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2006 POR
Relevância na Pesquisa
66.33%
Neste artigo, o autor descreve dois estudos, realizados com professores, nos quais objetos de arte são usados como dispositivos deflagradores de reflexão compartilhada. Teoricamente fundamentado em uma nova modalidade de investigação qualitativa no campo da Educação - a Pesquisa Educacional com Base nas Artes (PEBA) -, ele discute particularidades do funcionamento e do papel dessa modalidade de pesquisa no desenvolvimento profissional docente, as diferentes naturezas dos dois objetos de arte utilizados (a fotografia e o espetáculo teatral) e aponta para duas principais vertentes dessa modalidade de pesquisa - a vertente de produção de significados, pela qual o educador de professores e os participantes da pesquisa compartilham e constroem significados ao entrarem em contato com um objeto de arte previamente pronto e confeccionado por um artista profissional; e a vertente representacional, pela qual os professores e educadores participantes constroem, individualmente ou de forma compartilhada, um determinado objeto de arte que reflita e expresse suas representações do mundo da docência. Por fim, o artigo sugere que a PEBA, além de estabelecer contextos reflexivos nos quais alunos e professores têm oportunidades de desvelar a experiência estética...

Experiência estética e espaço potencial em net artes; Aesthetic experience and potential space in net art

Faccion, Debora
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.33%
A observação de eventos de net artes pode suscitar reflexões acerca dos processos de subjetivação, experiência estética e criatividade em ambientes virtuais na internet. Sob a hipótese de que a presença dos sujeitos nos ambientes virtuais transforma o paradigma estético, faz-se necessária a discussão teórica da forma como isso acontece e quais as suas consequências. Através da observação de dois eventos de net artes do artista Mark Amerika, pretende-se refletir sobre as possíveis consequências do uso dos dispositivos de comunicação que transportam os sujeitos para ambientes virtuais e as transformações das capacidades dos indivíduos em constante modulação.; The observation of net arts events can produce reflections concerning subjectivity processes, aesthetics experiences and creativity in virtual spaces of the internet. Considering the hypothesis that subjects present in virtual spaces can transform an aesthetic paradigm, it is necessary to theoretically discuss how this can happen and its consequences. Observing two net arts events from artist Mar Mark Amerika, this paper reflects on possible consequences of using a communication dispositive that transport subjects to virtual spaces, considering how subjects in constant modulation may have their capacities transformed.

The technique as the horizon, the aesthetic experience and hypermedia; Técnica como el horizonte, la experiencia y la estética Hipermedia; A técnica como horizonte, a experiência estética e a hipermídia

Bairon, Sérgio
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo não avaliado pelos pares; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 10/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.55%
The present paper analyzes the relationship between the conceptual dimension of technique as horizon and the communicative dimension of the aesthetic experience in its hypermediatic expressivity. This analysis is based in hermeneutic-phenomenological principles, and proposes a particular view of the technical dimension of hypermedia, as a new form of manifestation of understanding. The technique as horizon is understood as the possibility of reaching the level of analytic reflection by means of hypermedia language. The privilege the question have to question, to search, to estrangement, and to the multiplicity of answers, is some of the traits of this new form of understanding.; Este trabajo analiza la relación entre el tamaño del horizonte técnico y conceptual y la dimensión comunicativa de la experiencia estética en su expresividad hipermedia. El análisis se basa en los principios de la hermenéutica fenomenológica y propone una lectura particular de la dimensión técnica de hipermedia como una nueva manifestación de la comprensión. La técnica se entiende como el horizonte como la posibilidad de alcanzar el nivel de la reflexión analítica sobre la parte del lenguaje hipermedia. El privilegio de la cuestión a la pregunta...

La experiencia estética del movimiento: Relatos de mujeres formadas en la danza en la ciudad de Neuquén

Schnaidler,Rolando
Fonte: La aljaba Publicador: La aljaba
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 ES
Relevância na Pesquisa
66.57%
El objeto de esta presentación es la de bucear en los elementos que constituyen la experiencia estética de los movimientos, más específicamente, referidos a la dimensión de los movimientos en el lenguaje de la danza en mujeres neuquinas. De manera particular se pretende analizar las motivaciones que derivan en la aventura de entrenar y trabajar para la definición de movimientos inscriptos claramente en la dimensión estética, conocer los aspectos esenciales de esta experiencia, los modos en que son nombradas y constituidas esas actividades, es decir, como es que determinadas formas de la danza se instalan en el seno de la sociedad neuquina, conforman grupos de adeptos y participantes activos, y son mujeres, las personas que se constituyen en referentes de nuevas formas de expresión con el cuerpo, pero también conocer como, mediante la utilización de un lenguaje no verbal, las mujeres neuquinas comunican la experiencia social de género. La modalidad de indagación está circunscripta a la entrevista abierta y en profundidad de dos representantes directas de la danza moderna en la ciudad de Neuquén, y la observación de clases de danza en las fases de escuela y de composición de puestas para la presentación profesional. Estas indagaciones permitirán saber más acerca de la concepción de cuerpo...

LOS SABERES DEL ARTE LA EXPERIENCIA ESTÉTICA EN NIETZSCHE

Gama,Luis Eduardo
Fonte: Ideas y Valores Publicador: Ideas y Valores
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 ES
Relevância na Pesquisa
66.5%
La reflexión sobre el arte atraviesa de comienzo a fin la obra filosófica de Nietzsche. Desde la temprana postulación de una "metafísica de artista" hasta las consideraciones tardías que ven en el arte la forma privilegiada de la Voluntad de Poder, Nietzsche hace depender su intento por superar la metafísica occidental en una particular concepción ontológica del hecho artístico. Este esteticismo ontológico, de enorme influencia en muchas corrientes filosóficas actuales, ha sido objeto de numerosos comentarios y críticas. Menos interés ha suscitado en cambio el análisis de las consecuencias que esta larga meditación nietzscheana sobre el arte pueda tener al interior de la esfera estética misma: ¿qué es lo específico del arte frente a otras esferas de la acción humana? ¿En qué consiste propiamente la experiencia estética? ¿Qué resulta para el individuo y para la cultura del encuentro con el fenómeno del arte? El presente artículo constituye un primer intento de responder estas cuestiones. Su base de análisis se concentra en El nacimiento de la tragedia, y en menor medida en la fisiología del arte del Crepúsculo de los ídolos. La tesis central que se defiende es que la experiencia estética para Nietzsche es esencialmente una experiencia de conocimiento...

Contribuições para entender a experiência estética

Pereira,Marcos Villela
Fonte: Centro de Estudos e Intervenção em Educação e Formação (CeiEF); Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Publicador: Centro de Estudos e Intervenção em Educação e Formação (CeiEF); Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.6%
Este trabalho coloca em análise algumas concepções sobre arte, obra de arte, atitude estética e experiência estética com o intuito de propor o exercício da racionalidade estética como uma ampliação da capacidade dos sujeitos para orientar sua percepção e compreensão ante as infinitas possibilidades da existência. A razão estética habilita o sujeito para que se concebam mundos não apenas a partir de e/ou sobre esquemas referenciais, mas, a partir de e sobre a experiência da presentificação do que existe, do ser-aí, da história efeitual e da desrealização dos limites estabelecidos pelas formas tradicionais de racionalidade. Postulo a idéia da experiência estética como uma oportunidade de ampliação, de desvelamento e de expansão da subjetividade na medida que representa uma abertura para a coleção de exemplos que são a arte e a vida. A atitude estética é uma atitude desinteressada, é uma abertura, uma disponibilidade não tanto para a coisa ou o acontecimento "em si", naquilo que ele tem de consistência, mas para os efeitos que ele pode produzir.

Experiência estética do nadador. Um estudo a partir da perspectiva de atletas de natação de alto rendimento

Fernandes,Rita; Lacerda,Teresa
Fonte: Faculdade de Desporto da Universidade do Porto Publicador: Faculdade de Desporto da Universidade do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.5%
O presente estudo inscreve-se na estética do desporto, domínio que tem procurado contribuir para o entendimento dos aspectos relacionados com a sensibilidade e as emoções, sempre presentes e inseparáveis do desporto, num contexto de permanente crescimento e desenvolvimento deste fenómeno que integra a dinâmica cultural da contemporaneidade. O trabalho focalizou-se na caracterização da experiência estética do nadador de alto rendimento, cumprindo o propósito fundamental de produzir informação que se constituísse num contributo significativo para a compreensão dessa experiência. Fez-se uso da metodologia qualitativa por meio da aplicação de uma entrevista semi-estruturada a 10 nadadores de elite (7 pertencentes à equipa olímpica de Portugal, Pequim 2008), tendo sido as narrativas discursivas submetidas a análise de conteúdo, da qual resultou um quadro categorial. A análise da informação recolhida permitiu mapear os elementos que intervêm de modo significativo na experiência estética dos nadadores, designadamente: o corpo, a técnica, o sentir a água, a díade vitória-derrota e o contexto ambiental.