Página 1 dos resultados de 260 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Menopausa: principais sinais e sintomas à avaliação vestibular computadorizada; Menopause: signs and symptoms and computadorized vestibular avaliation

BORGES, Fernanda Nascimento; CAMPOS, Carlos Alberto Herrerias de; ALDRIGHI, José Mendes; SILVA, Elis Nogueira; TOMAZ, Andreza
Fonte: São Paulo Publicador: São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.78%
Objetivo: Identificar os principais sintomas e sinais ao exame vestibular computadorizado em pacientes na menopausa. Método: Foram examinadas 24 pacientes com idades entre 46 a 66 anos. Analisaram-se os dados relativos à sintomatologia e achados ao exame vestibular computadorizado com vectonistagmografia realizado no ambulatório de otoneurologia da Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, em 2004 e 2005. Resultados: Entre as pacientes, 54,1 por cento faziam reposição hormonal. Em relação aos sintomas relatados, observamos cefaléia (58,4 por cento), hipersensibilidade a sons intensos (58,4 por cento), tontura (54,2 por cento), zumbido (50 por cento), hipoacusia (50 por cento), ansiedade (50 por cento), distúrbio neurovegetativo (41,7 por cento), vertigem (37,5 por cento) e depressão (37,5 por cento). Ao exame vestibular encontramos alterações do nistagmo de posicionamento (12,5 por cento), e prova calórica (54,2 por cento). Na conclusão do exame tivemos prevalência de síndrome vestibular periférica irritativa (54,2 por cento). Conclusão: Por meio dos resultados desta pesquisa concluiu-se que pacientes no período da menopausa apresentam elevada prevalência de sintoma otoneurológicos e alterações à vectonistagmografia computadorizada...

Distribuição de lei de potência gradualmente truncada aplicada na educação: vestibular da Academia da Força Aérea

Schinaider, Sidney Jorge
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xii, 66 f. : il., gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.59%
Pós-graduação em Física - IGCE; Educação e aprendizado são assuntos de grande importância para a sociedade em vista do desenvolvimento tecnológico e do progresso social. No presente trabalho analisamos a distribuição estatística das notas dos candidatos ao vestibular (Exame de Admissão) da Academia da Força Aérea, situada em Pirassununga, Estado de São Paulo Brasil, onde se formam os Oficiais da Aeronáutica (Força Aérea Brasileira), entre os anos de 1999 a 2004, em busca de algumas características que indiquem o processo de aprendizagem em cada disciplina do vestibular. O exame de admissão consta de 4 disciplinas: Física, Matemática, Inglês e Português, todos com questões objetivas. Os candidatos melhor classificados são selecionados de acordo com o número de vagas determinado pelo Comando da Aeronáutica. Notou-se, claramente, que, nas disciplinas Física, Matemática e Inglês, as notas obedecem a uma distribuição do tipo Lei de Potência Gradualmente Truncada, como também foi observado anteriormente nas disciplinas, em conjunto, de Ciências Exatas e Biológicas. Na disciplina Português as notas obedecem a uma distribuição normal, resultado que se explica, considerando-se a dependência dos assuntos dados na área de Física...

A distribuição de lei de potência gradualmente truncada na educação: exame de vestibular da UNESP

Chavarette, Fábio Roberto
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: x, 60 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.55%
Pós-graduação em Física - IGCE; Nesse trabalho analisamos a distribuição estatística das notas dos candidatos do vestibular da UNESP (Universidade Estadual Paulista) nos anos de 1998, 1999 e 2000, levando em conta o fato do aluno ter cursado o ensino médio no período diurno ou noturno, ter cursado em escola publica ou privada e possuir renda familiar até 10 salários mínimos ou superior a 10 salários mínimos. O vestibular é dividido em três áreas: Ciências Exatas, Ciências Biológicas e Ciências Humanas. Para cada área o candidato realiza três avaliações: conhecimentos específicos, conhecimentos gerais e língua portuguesa. O enfoque desse estudo é a avaliação de conhecimentos específicos das três áreas. Comparamos as distribuições das notas dos alunos que cursaram o ensino médio no período diurno e noturno, em escola publica e privada e com renda até 10 salários mínimos e superior a 10 salários mínimos, observamos a presença da distribuição de lei de potência gradualmente truncada e da distribuição normal como observado em vários sistemas naturais complexos. Finalmente discutimos e justificamos os resultados obtidos dessas distribuições.; We studied the statistical distribution of studentþs performance...

Análise dialógica das redações mais bem avaliadas do vestibular de meio de ano de Vunesp 2010

Cassettari, Marcel Innocenti
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 152 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.46%
Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; A pesquisa tem como objetivo caracterizar e demonstrar a ocorrência da autoria nas Redações de Vestibular, por meio da análise do corpus, consistente das noventa e quatro melhores redações produzidas no Vestibular de meio de ano da Vunesp 2010. A autoria é demonstrada por meio da forma arquitetônica, guardando indissolúvel relação com a capacidade de relacionar outras vozes. A análise das relações dialógicas constitui objeto secundário do trabalho, assim como a caracterização da Redação de Vestibular como um gênero do discurso secundário, sofrendo coerções e recomendações da esfera escolar e dos vestibulares. São utilizados conceitos extraídos da obra do Círculo de Bakhtin, em especial o de gênero do discurso, dialogismo, enunciado, ideologia, signo e autoria. Não obstante, por tratar-se de uma proposta de vestibular e de redações efetivamente produzidas em um contexto de avaliação, conceitos de alguns autores vinculados ao ensino de redação também são utilizados. Estabelecidas as relações necessárias e as características do gênero Redação de Vestibular, buscou-se descrever e analisar as relações dialógicas existentes entre as redações...

Efeito retroativo do vestibular da Universidade Federal do Parana no ensino da lingua inglesa em nivel medio no Parana : uma investigação em escolas publicas, particulares e cursos pre-vestibulares; The washback effect of the Federal University entrance examination of Parana on the teaching of the English language in secondary schools of Parana: an investigation of public and private schools as well as cramming courses

Miriam Sester Retorta
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.72%
Este trabalho visa investigar se a prova de língua inglesa do vestibular da Universidade Federal do Paraná causa efeitos retroativos no ensino dessa língua, em escolas públicas e privadas de nível médio e cursos pré-vestibulares, e, em caso positivo, determinar quais são esses efeitos. Para atingir tais objetivos, foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa interpretativista de cunho etnográfico, na qual puderam ser ouvidas diversas vozes da comunidade escolar: escolas públicas (urbanas e rurais) e particulares, bem como cursos pré-vestibulares (particulares e gratuitos). Na busca de multiperspectivas sobre o fenômeno, procurou-se escolher os cenários que levassem em conta a grande desigualdade social do país, e incluíssem, como participantes, a maioria dos stakeholders (pessoas ligadas ao fenômeno direta ou indiretamente) para, ao final, triangularem-se os dados coletados. Além de entrevistas dos participantes, aulas de professores também foram observadas. Os resultados deste estudo mostram que o efeito retroativo da prova de inglês do vestibular da UFPR não ocorre nas escolas públicas. O que direciona o ensino desses cenários são os livros didáticos que cada escola adota. No entanto, pudemos perceber a existência do efeito retroativo nos outros cenários - escolas particulares e cursos pré-vestibulares -...

A carta argumentativa e uma dissertação modificada? : um estudo sobre estrategias mobilizadas na argumentação da carta no Vestibular da Unicamp; Is argumentative letter a modified dissertation? : a study about argumentative strategies in the letter in Unicamp Vestibular

Daniela Campos de la Nuez
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.48%
Este trabalho analisa alguns recursos e estratégias que caracterizam a argumentação na carta argumentativa no Vestibular da Unicamp, diferenciando-a, assim, da argumentação desenvolvida na dissertação. Para isso, primeiramente, é apresentada uma exposição geral do contexto e da organização do Vestibular da Unicamp e, mais especificamente, da Prova de Redação, a partir do material produzido pela Comissão Organizadora do Vestibular da Unicamp (COMVEST). O objetivo é entender quais são os objetivos e expectativas que permeiam a produção da carta argumentativa. Em segundo lugar, é feita uma análise das propostas de carta argumentativa de 1987 a 2007, visando alguns elementos mobilizados na produção da carta. O objetivo dessa analise é mostrar a influência da organização das propostas na produção da carta argumentativa, mais precisamente, na argumentação. Pode-se verificar que as propostas incitam a mobilização de algumas estratégias e recursos na argumentação desenvolvida na carta, diferenciando-a da argumentação desenvolvida na dissertação. Pode-se verificar, ainda, que algumas mudanças ocorridas na organização da Prova de Redação no ano de 2004, especificamente em relação à organização da Coletânea de Textos...

Concurso vestibular

Sato, Silvana Rodrigues de Souza
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 158 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.62%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Florianópolis, 2011; A partir deste estudo propomo-nos analisar o concurso vestibular como dispositivo meritocrático de ingresso na Universidade Federal de Santa Catarina. A base empírica é constituída por uma amostra de universitários das primeiras fases de todos os seus cursos, aprovados no vestibular do ano de 2010. Para alcançar esse objetivo, buscamos compreender diferentes exames para acessar os níveis escolares, principalmente, os referentes ao ensino superior, compomos o atual perfil socioeconômico dos ingressantes da universidade federal catarinense e estudamos o modo como a aprovação ou reprovação no vestibular é explicada e sentida, a partir do entendimento dos candidatos aprovados no concurso do ano de 2010. Além disso, realizamos um levantamento das pesquisas sobre a temática e empreendemos estudos sobre as diferentes denominações atribuídas aos exames, juntamente com a análise de orientações oficiais que regulamentaram e/ou estão em vigor na legislação brasileira. Aprofundamos estudos em algumas teorias sociológicas contemporâneas de Michel Foucault...

Sinais e sintomas associados a alterações otoneurológicas diagnoticadas ao exame vestibular computadorizado em pacientes com esclerose múltipla

Tomaz,Andreza; Borges,Fernanda Nascimento; Ganança,Cristina Freitas; Campos,Carlos Alberto Herrerias de; Tilbery,Charles Peter
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.75%
OBJETIVO: Descrever os principais sintomas e sinais ao exame vestibular computadorizado em pacientes com diagnóstico de esclerose múltipla. MÉTODO:Foram examinados 30 pacientes com diagnóstico de esclerose múltipla. Analisaram-se os dados relativos à sintomatologia e achados ao exame vestibular computadorizado realizado no ambulatório de otoneurologia da Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, em 2003. RESULTADOS: Em relação aos sintomas relatados, observamos desequilíbrio (60%), formigamento de extremidades (43,3%), vertigem (40%), cefaléia e ansiedade (36,7%), zumbido (30%), depressão (26,7%). Ao exame vestibular encontramos alterações do nistagmo de posicionamento (6,7%), nistagmo espontâneo de olhos fechados (30%), nistagmo semi-espontâneo (13,3%), rastreio pendular (3,3%) e prova calórica (63,3%). Na conclusão do exame tivemos prevalência de síndrome vestibular periférica irritativa (60%) e síndrome central (13,4%). CONCLUÇÃO: Concluimos que a realização do exame otoneurológico torna-se imprescindível nos pacientes com esclerose múltipla devido a elevada prevalência de alterações à vectonistagmografia computadorizada e elevada prevalência de sintomas otoneurológicos.

Reabilitação vestibular personalizada: levantamento de prontuários dos pacientes atendidos no ambulatório de otoneurologia da I.S.C.M.S.P.

Nishino,Lucia Kazuko; Ganança,Cristina de Freitas; Manso,Andrea; Campos,Carlos Alberto Herrerias de; Korn,Gustavo P.
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.44%
O OBJETIVO: o objetivo deste trabalho foi verificar a eficácia da reabilitação vestibular personalizada (RVP) em diferentes quadros otoneurológicos. FORMA DE ESTUDO: clínico retrospectivo. MATERIAL E MÉTODO: Foi realizado um estudo retrospectivo que constou de uma descrição do programa de reabilitação vestibular de 37 pacientes, com idade entre 21 a 87 anos, vinte e seis do sexo feminino, onze do sexo masculino, com quadros otoneurológicos variados, atendidos no Ambulatório de Otoneurologia do Departamento de Otorrinolaringologia da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, no período de 2002 a 2003. Estes foram submetidos à avaliação otoneurológica e depois de realizado o diagnóstico pelo otorrinolaringologista, encaminhados para a reabilitação vestibular, realizada semanalmente no ambulatório, e em casa diariamente. Cada paciente seguiu programas específicos de exercícios, considerando-se os achados ao exame vestibular, o quadro clínico e, principalmente, os sintomas apresentados. Os exercícios foram baseados em diferentes protocolos descritos na literatura. Foi realizada uma análise individual da evolução clínica e em conjunto, a fim de verificar a eficácia da RVP em diferentes quadros clínicos. CONCLUSÃO: Pudemos concluir que o programa de RVP mostrou-se um recurso terapêutico efetivo na diminuição e extinção dos sintomas e conseqüente melhora na qualidade de vida de pacientes portadores de diferentes quadros clínicos.

Caracterização clínica de idosos com disfunção vestibular crônica

Gazzola,Juliana Maria; Ganança,Fernando Freitas; Aratani,Mayra Cristina; Perracini,Monica Rodrigues; Ganança,Maurício Malavasi
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.48%
A tontura de origem vestibular é comum entre idosos. OBJETIVO: Caracterizar idosos com disfunção vestibular crônica em relação aos dados sociodemográficos, clínico-funcionais e otoneurológicos. MATERIAL E MÉTODO: Estudo de casos que incluiu 120 idosos com disfunção vestibular crônica. Foram realizadas análises descritivas simples. RESULTADOS: A 5,77±amostra apresentou maioria feminina (68,3%), com média etária de 73,40 1,84±anos. O número médio de doenças associadas ao quadro vestibular foi de 3,83 e o número médio de medicamentos foi de 3,86±2,27. O exame vestibular evidenciou vestibulopatia periférica deficitária unilateral (29,8%) e as hipóteses diagnósticas prevalentes foram labirintopatia metabólica (40,0%) e vertigem posicional paroxística benigna (36,7%). Para 52 (43,3%) pacientes, a tontura começou há mais de 5 anos. Em relação à queda, 64 idosos (53,3%) apresentaram pelo menos uma queda no último ano e 35 (29,2%) referiram quedas recorrentes. CONCLUSÕES: A amostra foi representada por maioria feminina e média etária elevada, com doenças associadas ao quadro vestibular e polifarmacoterapia. As vestibulopatias e a topografia mais freqüentes foram, respectivamente, labirintopatia metabólica e vascular e síndrome periférica deficitária unilateral. A tontura é uma condição crônica e a associação de vestibulopatias é comum. A ocorrência de quedas é prevalente na população de idosos com disfunção vestibular crônica.

Avaliação seriada versus exame vestibular: semelhanças e diferenças entre Coortes no Curso de Medicina da Universidade de Brasília

Sobral,Dejano T.; Oliveira,Paulo Gonçalves de
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.53%
O propósito deste estudo retrospectivo foi avaliar o impacto do processo de avaliação seriada, em comparação com exame vestibular, em termos de efeitos no perfil de atributos e de progresso acadêmico de alunos da Universidade de Brasília. Os sujeitos foram 415 alunos (57,8% masculinos) registrados no Curso de Medicina após aprovação para ingresso mediante avaliação seriada, ou exame vestibular no primeiro ou segundo semestre, ao longo de seis anos (1999-2004). Foram comparados, entre os grupos de ingresso, os indicadores demográficos, de atitudes em face do aprendizado e de rendimento cognitivo no curso. Os resultados mostraram proporções significantemente maiores de alunos naturais do Distrito Federal e da faixa etária mais jovem no grupo da avaliação seriada. O índice de rendimento acadêmico manteve-se significativamente mais elevado nesse grupo desde o segundo ao nono período do curso. Análises estatísticas indicam que tal efeito reflete, além da forma e do ano de ingresso, outras diferenças nas características dos alunos, tais como sexo, idade e valoração do aprendizado. Os achados sugerem que a avaliação seriada privilegiou a aptidão acadêmica quanto ao rendimento cognitivo e alterou tendências na composição demográfica do alunado com efeitos no próprio rendimento estudantil.

Ansiedade dos estudantes diante da expectativa do exame vestibular

Soares,Adriana Benevides; Martins,Janaína Siqueira Rodrigues
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.44%
O presente estudo investigou a ansiedade dos jovens estudantes de escolas particulares de um estado do Brasil em relação ao exame vestibular. A amostra foi composta por 124 estudantes do ensino médio participantes do vestibular seriado PISM (Processo de Ingresso Seletivo Misto), sendo 66 do gênero feminino e 58 do gênero masculino, 69 alunos do 1º ano do ensino médio e 55 do 3º ano. Os estudantes responderam a um questionário sócio-demográfico e ao Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE) na suas próprias salas de aula. Foi observada uma diferença significativa quanto ao gênero (p=0,036) sendo que foi encontrado um maior nível de ansiedade-estado nas mulheres do 1º ano comparativamente aos rapazes do 1ºano (p=0,004). O mesmo resultado foi encontrado com relação à ansiedade-traço: moças do 1º ano são mais ansiosas do que rapazes do 1º ano (p=0,000).

Relação entre o desempenho no vestibular e o desempenho durante o curso de graduação

Silva,Maelin da; Padoin,Maristela Jorge
Fonte: Fundação CESGRANRIO Publicador: Fundação CESGRANRIO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.62%
Para ingressar no ensino superior público ou privado o candidato precisa realizar um exame de ingresso, o chamado exame vestibular. A formação básica, a qual tem a função de desenvolver o educando, dando subsídios para exercer a cidadania e também para progredir no trabalho e em estudos posteriores, tem um papel muito importante para a aprovação no vestibular. Aberto aos concluintes do ensino médio e aprovados no vestibular, o ensino superior deve ser acessível a todas as pessoas no decorrer da vida. O nosso objetivo com o presente trabalho foi o de verificar se os primeiros e os últimos colocados no vestibular para o curso de ciências biológicas mantêm esses resultados durante o curso, e quais os fatores que contribuem para a continuidade ou não desse desempenho. Para coleta de dados foram aplicados questionários direcionados aos cinco primeiros e cinco últimos classificados no vestibular para o curso de ciências biológicas nas duas modalidades licenciatura e bacharelado; também foram analisados os históricos acadêmicos dos indivíduos, a fim de determinar o desempenho nas disciplinas. Para estudo dos resultados foi utilizada uma análise quantiqualitativa. Concluímos que, de maneira geral, os primeiros colocados mantêm um desempenho relativamente melhor que os últimos...

Reabilitação vestibular em idosos com tontura

Zanardini,Francisco Halilla; Zeigelboim,Bianca Simone; Jurkiewicz,Ari Leon; Marques,Jair Mendes; Martins-Bassetto,Jackeline
Fonte: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda. Publicador: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.5%
TEMA: o envelhecimento populacional é um processo natural, manifesta-se por um declínio das funções de diversos órgãos. A reabilitação vestibular (RV) é um processo terapêutico que visa promover a redução significativa dos sintomas labirínticos. OBJETIVO: verificar os benefícios dos exercícios de RV por meio da avaliação pré e pós-aplicação do questionário Dizziness Handicap Inventory (DHI) - adaptação brasileira. MÉTODO: participaram deste estudo oito idosos com queixa de tontura, na faixa etária de 63 a 82 anos, três do sexo masculino e cinco do sexo feminino. Realizaram-se os seguintes procedimentos: anamnese, inspeção otológica, avaliação vestibular por meio da vectoeletronistagmografia (VENG), aplicação do questionário DHI e dos exercícios de RV de Cawthorne (1944) e Cooksey (1946). RESULTADOS: com relação as queixas auditivas e vestibulares, observou-se a incidência do zumbido, da hipoacusia, da vertigem postural e do desequilíbrio; na avaliação da função vestibular, constataram-se alterações em todos os idosos; as alterações foram na sua maioria na prova calórica com predomínio da hiporreflexia uni e bilateral; constataram-se, no exame vestibular, três casos de síndrome vestibular periférica deficitária unilateral...

Avaliação vestibular no tremor essencial

Zeigelboim,Bianca Simone; Mittelmann,Cláudia
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.55%
TEMA: o tremor essencial é familial em cerca de 50% dos casos, com uma herança autossômica, possui início insidioso e é lentamente progressivo. PROCEDIMENTOS: avaliou-se no Setor de Otoneurologia de um Hospital Particular em fevereiro de 2007, uma paciente do sexo feminino, branca, 59 anos, casada, artista plástica, com história de tremor na cabeça desde os dois anos de idade (sic). A paciente relata queixa de tontura há vários meses de origem súbita sem acompanhamento de náusea e/ou queda. Nega perda de força muscular e formigamento em membros superiores e inferiores, rebaixamento da acuidade auditiva e zumbido. A paciente relata que um de seus filhos possuiu tremor nas mãos há dois anos e avós maternos e paternos com Parkinson. Realizaram-se os seguintes procedimentos: anamnese, inspeção otológica e avaliação vestibular por meio da vectoeletronistagmografia. RESULTADOS: observaram-se os seguintes achados ao exame vestibular: nistagmo de posicionamento com características centrais, nistagmo espontâneo presente com os olhos abertos, nistagmo semi-espontâneo do tipo múltiplo e hiper-reflexia em valor absoluto à prova calórica 20ºC (OD e OE). CONCLUSÃO: o exame vestibular mostrou-se sensível e importante para captar alterações em provas que sugerissem envolvimento do sistema nervoso central.

Reabilitação vestibular no tratamento da tontura e do zumbido

Zeigelboim,Bianca Simone; Rosa,Marine Raquel Diniz da; Klagenberg,Karlin Fabianne; Jurkiewicz,Ari Leon
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.67%
OBJETIVO: Verificar a efetividade dos exercícios de reabilitação vestibular na melhora do zumbido e da tontura por meio de avaliação pré e pós-aplicação do questionário Dizziness Handicap Inventory (DHI) e Tinnitus Handicap Inventory (THI), ambos adaptados à população brasileira. MÉTODOS: Avaliaram-se seis pacientes (dois do sexo masculino e quatro do sexo feminino), na faixa etária de 43 a 70 anos. Os pacientes foram submetidos aos seguintes procedimentos: anamnese, inspeção otológica, avaliação vestibular por meio da vectoeletronistagmografia e aplicação dos questionários pré e pós-reabilitação vestibular, utilizando-se o protocolo de Cawthorne e Cooksey. RESULTADOS: a) com relação às queixas mais referidas, observou-se desequilíbrio à marcha (83,3%), dor de cabeça (66,6%) e depressão (66,6%); b) no exame vestibular todos os pacientes apresentaram alteração na prova calórica, sendo a maior freqüência das síndromes vestibulares periféricas irritativas (83,3%); c) constataram-se no exame vestibular dois casos de síndrome vestibular periférica irritativa, dois casos de síndrome vestibular periférica irritativa unilateral; um caso de síndrome vestibular periférica irritativa bilateral e um caso de síndrome vestibular periférica deficitária unilateral; d) na aplicação do DHI...

Correlação entre resultado do exame vestibular e queixas psicológicas autorrelatadas de pacientes com sintomas vestibulares

Gurgel,Léia Gonçalves; Dourado,Michelle Ramos; Moreira,Taís de Campos; Serafini,Adriana Jung; Menegotto,Isabela Hoffmeister; Reppold,Caroline Tozzi; Soldera,Cristina Loureiro Chaves
Fonte: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial Publicador: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervicofacial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.76%
Fatores cognitivos e emocionais podem afetar o equilíbrio, portanto, condições psiquiátricas são comuns em pacientes otoneurológicos. O tratamento dado ao sujeito vertiginoso pode ser mais influenciado pelo sofrimento e comportamento da doença do que pela gravidade da patologia orgânica. OBJETIVO: Este estudo teve como objetivo verificar a associação entre os resultados do exame vestibular e queixa psicológica autorrelatada, em indivíduos atendidos no ano de 2009, no serviço de audiologia de um hospital em Porto Alegre. MATERIAL E MÉTODO: Foi realizado um estudo retrospectivo, descritivo-exploratório, consultando-se a base de dados dos softwares VecWin® e VecWin® 2 da marca Neurograff®. Foram investigados os resultados do exame vestibular, as queixas referentes aos sintomas psicológicos relatados espontaneamente e idade, sexo e queixa de vertigem e/ou tontura. O trabalho foi realizado em três etapas: agrupamento, exclusão/inclusão e quantificação. CONCLUSÃO: A faixa etária da amostra, o sexo e a presença ou ausência de vertigem e/ou tontura não foram variáveis de influência sobre o resultado do exame vestibular. Houve associação significativa entre a presença de queixa psicológica autorrelatada e o resultado normal do exame vestibular. Assim...

Do tipo textual ao gênero de texto: a redação no vestibular

Pistori,Maria Helena Cruz
Fonte: LAEL/PUC-SP (Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) Publicador: LAEL/PUC-SP (Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.44%
Os atuais documentos oficiais elaborados pelo Ministério da Educação no Brasil têm preconizado o ensino da produção textual por meio do gênero -discursivo ou textual. Seguindo essa linha, o exame vestibular de ingresso a uma das maiores universidades paulistas de 2011 também solicitou dos candidatos a elaboração de três textos, de diferentes gêneros. Com o objetivo de verificar que horizontes teórico-metodológicos fundamentaram a elaboração daquele exame, analisamos os textos do (1) Manual do Candidato, da (2) Prova de redação e da (3) Expectativa da banca. Nosso parâmetro teórico é o conceito de gênero discursivo conforme desenvolvido pelos membros do Círculo de Bakhtin desde 1920. Observamos, então, como essa nova proposta visa avaliar as características que a Universidade espera encontrar em cada um de seus alunos; como utiliza o arsenal teórico nos textos analisados e como garante a avaliação da capacidade argumentativa dos candidatos. Finalmente, sugerimos a possibilidade de trabalho com o gênero "dissertação escolar".

O vestibular e a escolha profissional

Maria Inez Masaro Alves
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/05/1993 PT
Relevância na Pesquisa
56.51%
Este estudo, de caráter descritivo, é específico da área de Orientação Educacional com o objetivo de detectar as justificativas, para a escolha profissional do jovem, na opção para o exame vestibular. Procede a análise do concurso vestibular enquanto momento da escolha e suas implicações futuras, partindo da revisão crítica das teorias disponíveis sobre escolha profissional, discutindo teoricamente o trabalho como exercício da profissão escolhida, caracterizando o jovem sujeito da escolha. A análise é feita com os dados de uma extensa pesquisa empírica com alunos dos terceiros anos dos cursos colegiais das escolas públicas e particulares e dos cursos pré-vestibulares da cidade de Campinas com um total de 4033 (quatro mil e trinta e três) sujeitos. As conclusões tiradas mostram que vários são os fatores apontados como determinan¬tes da escolha, distinguindo-se como relevantes o gosto pessoal, a identificação do indivíduo com a profissão escolhida; a qualidade da faculdade que oferece cursos com maior credibilidade no mercado; a proximidade da faculdade em relação à residência do estudante e as perspectivas favoráveis da profissão dentro do mercado de trabalho.; This descriptive study, specific to the area of education orientation...

O ensino superior como projeto profissional para "ser alguém"

D'Avila, Geruza Tavares
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.51%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.; Esta pesquisa tem como objetivo identificar quais as repercussões no projeto profissional de estudantes a partir de seu ingresso, em 2005, no Cursinho Pré-Vestibular Popular da Universidade Federal de Santa Catarina. Considerando a abordagem qualitativa, a entrevista semi-estruturada foi o instrumento para a coleta de dados. Os sujeitos foram sete alunos do Cursinho, sendo quatro mulheres e três homens, com idades entre 18 e 22 anos. Os achados da pesquisa, tratados com base na técnica de análise de conteúdo, permitiram identificar três grandes temas: o ensino superior; o projeto; e as repercussões do Cursinho para a vida dos sujeitos. Desses temas, emergiram sete categorias de análise, a saber: (a) as razões para o ingresso no ensino superior e (b) o acesso a esse ensino; (c) o futuro; (d) o projeto profissional; (e) a visão dos alunos; (f) a importância de terem sido "escolhidos"; e (g) as contribuições para a sua vida e seu futuro. Optar pelo ingresso no ensino superior é uma forma de incluir-se no mercado de trabalho, mediante a profissionalização, numa tentativa de ascensão no tecido social. Essa tentativa é decorrente do medo de permanecer à margem de algumas áreas da sociedade. O caminho de acesso à universidade brasileira...