Página 1 dos resultados de 350 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Multiple emulsions containing amazon oil: açaí oil (Euterpe oleracea)

FERRARI, Márcio; ROCHA-FILHO, Pedro Alves da
Fonte: Sociedade Brasileira de Farmacognosia Publicador: Sociedade Brasileira de Farmacognosia
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
66.97%
The aim of this work was to formulate O/W/O multiple emulsions containing açaí oil as a model system and to evaluate their physical stability and in vivo Sun Protection Factor (SPF). Multiple emulsions are complex dispersion systems, known also as, "emulsions of emulsions". These emulsion systems, have significant potential in the cosmetic industry. Euterpe oleracea Mart., Arecaceae, popularly known in Brazil as "açaí", is an economically important plant. Açaí oil has been used as antioxidant and as anti-inflammatory activities. The multiple emulsions were prepared using a two-step procedure. The investigated formulations were characterized and their stability over time was evaluated by preliminary and accelerated stability. O/W/O multiple emulsions containing the same concentration of sunscreens with and without açaí oil were evaluated by the International Sun Protection Factor Test Method. The samples containing 70% (w/w) of primary emulsion, 5% (w/w) PEG-30-dipolyhydroxystearate, 10% (w/w) of açaí oil and 5% (w/w) of sucrose polybehenate have been found to be stable. The rheological measurements revealed that the samples exhibited non-Newtonian pseudoplastic flow behavior and thixotropy. To conclude, no statistical difference could be observed on the in vivo SPF to both multiple systems with or without açaí oil.; UNIC; Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Mato Grosso (FAPEMAT)

Efeitos de uma atmosfera enriquecida com CO2 sobre a fotossíntese, o crescimento e o metabolismo de carboidratos do açaí (Euterpe oleracea Mart.); Effects of a CO2-enriched atmosphere on the photosynthesis, growth, and carbohydrate metabolism of açaí (Euterpe oleracea Mart.)

Mortari, Leila Cristina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
67.3%
Dentre a gama de estudos existentes acerca das respostas de plantas ao incremento de CO2 atmosférico associado às mudanças climáticas, são poucas as investigações que contemplam espécies amazônicas frente à relevância desse ecossistema, e se desconhecem estudos desse aspecto com palmeiras. O açaí (Euterpe oleracea Mart., Arecaceae) é uma espécie típica de planícies da Floresta Amazônica sujeitas ao regime anual de inundação e, além de ser extremamente tolerante à anóxia, apresenta elevado valor comercial e um potencial para a produção de energia a partir de biomassa, gerando uma exploração economicamente sustentável. Este trabalho buscou caracterizar o crescimento inicial de plântulas de açaí quanto à fotossíntese, crescimento e metabolismo de carboidratos e investigar as respostas desses parâmetros ao incremento de CO2 atmosférico (de 380ppm - ambiente para 760ppm - elevado) em duas escalas temporais: ao longo do desenvolvimento das plântulas (entre 105 e 195 dias após a germinação, período de desenvolvimento da segunda folha) e ao longo de 24 horas (aos 175 dias após a germinação). Foram analisadas medidas de altura, área foliar, acúmulo e alocação de biomassa, curvas de resposta da fotossíntese à luz...

Híbridos interespecíficos de palmiteiro (Euterpe oleracea x Euterpe edulis)

Bovi,Marilene Leão Alves; Godoy Júnior,Gentil; Sáes,Luís Alberto
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1987 PT
Relevância na Pesquisa
67.11%
Compararam-se o desenvolvimento vegetativo e a produção de híbridos de palmiteiro (Euterpe oleracea x E. edulis) com seus genitores, em duas condições diferentes de cultivo, na região de Ubatuba, SP. Em ambas as situações, os híbridos apresentaram vigor e precocidade aliados à capacidade de regeneração, mostrando-se superiores à população parental em crescimento vegetativo e produção de palmito. Embora o material ainda não seja homogêneo, os híbridos interespecíficos revelaram grande potencialidade para serem usados no cultivo racional do palmiteiro.

Avaliação da estabilidade oxidativa do óleo bruto de açaí (Euterpe oleracea) na presença de compostos fenólicos puros ou de extratos vegetais amazônicos

Silva,Jonas Joaquim Mangabeira da; Rogez,Hervé
Fonte: Sociedade Brasileira de Química Publicador: Sociedade Brasileira de Química
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
67.04%
A final 241 µM of ascorbyl palmitate and 555 µM of the following antioxidants separately: BHA, myricetin and quercetin standards, and extracts of Byrsonima crassifolia, Inga edulis or Euterpe oleracea, were added to crude açai oil and submitted to the oxidation process at 60 ºC for 11 days. Among the antioxidants used, only the myricetin standard showed the ability to defer the oxidation process until the third day of treatment. B. crassifolia, I. edulis and E. oleracea extracts showed no preventive capacity against the oxidation process, despite their high concentration phenolic compounds and antioxidant activities.

Efeitos da deficiência de água em plantas de Euterpe oleracea (açaí)

CALBO,MARIA ELISA RIBEIRO; MORAES,JOSÉ ANTÔNIO P.V. DE
Fonte: Sociedade Botânica de São Paulo Publicador: Sociedade Botânica de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2000 PT
Relevância na Pesquisa
66.97%
A resistência de plantas jovens de açaí (Euterpe oleracea Mart.) à deficiência de água foi determinada em plantas de quatro meses de idade cultivadas em sacos plásticos perfurados contendo 7 kg de terra. O experimento foi conduzido em casa de vegetação e a irrigação foi suspensa até as plantas atingirem fotossíntese zero, quando, então, foram reidratadas. Durante este período foram feitas medidas diárias da fotossíntese líquida, condutância estomática e transpiração. Pequenas reduções na condutância estomática, transpiração e fotossíntese foram observadas a partir do décimo dia e se acentuaram com o tempo. A taxa de fotossíntese reduziu-se à metade da fotossíntese máxima quando o potencial de água atingiu -1,9 MPa. O estresse hídrico atingiu nível suficientemente severo para induzir uma fotossíntese nula após 61 dias sem irrigação, com um potencial de água médio foliar de -2,5 MPa. A recuperação da fotossíntese, condutância estomática e transpiração iniciaram-se um dia após a irrigação, atingindo valores semelhantes ao do controle após 14 dias de reidratação. A análise das curvas de pressão e volume mostrou que a deficiência de água diminuiu o potencial osmótico, resultando em um ajustamento osmótico de 0...

Anti-inflammatory and antinociceptive activities of Euterpe oleracea Mart., Arecaceae, oil

Favacho,Hugo A. S.; Oliveira,Bianca R.; Santos,Kelem C.; Medeiros,Benedito J. L.; Sousa,Pergentino J. C.; Perazzo,Fabio F.; Carvalho,José Carlos T.
Fonte: Sociedade Brasileira de Farmacognosia Publicador: Sociedade Brasileira de Farmacognosia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 EN
Relevância na Pesquisa
66.97%
The oil of the fruits of Euterpe oleracea Mart., Arecaceae (OEO), was evaluated in models of inflammation and hyperalgesia in vivo to study its effects on these conditions. The experimental models contained the writhing test in mice, rat paw edema, granuloma test in rats, vascular permeability in rats, cell migration to the peritoneal cavity in rats and ear erythema induced by croton oil in mice. Doses of 500, 1000 and 1500 mg/kg of OEO were administered orally. The observed number of writhes was inhibited by 33.67, 45.88 and 55.58%, respectively. OEO produced a dose-dependent effect, with linear correlation coefficient R=0.99 (y=0.0219x+23.133), and the median effective dose found was 1226.8 mg/kg. The oral administration of 1226.8 mg/kg of OEO inhibited carrageenan-induced edema by 29.18% (p<0.05) when compared to the control group. The daily administration of OEO for six days inhibited the formation of granulomatous tissue by 36.66% (p<0.01). In ear erythema induced by croton oil, OEO presented a significant inhibition (37.9%). In the vascular permeability test, treatment with OEO decreased the response to histamine, inhibiting vascular permeability by 54.16%. In carrageenan-induced peritonitis, OEO reduced the number of neutrophils migrating compared to the control group by 80.14%. These results suggested that OEO has anti-inflammatory and antinociceptive activities...

Multiple emulsions containing amazon oil: açaí oil (Euterpe oleracea)

Ferrari,Márcio; Rocha-Filho,Pedro Alves da
Fonte: Sociedade Brasileira de Farmacognosia Publicador: Sociedade Brasileira de Farmacognosia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 EN
Relevância na Pesquisa
66.97%
The aim of this work was to formulate O/W/O multiple emulsions containing açaí oil as a model system and to evaluate their physical stability and in vivo Sun Protection Factor (SPF). Multiple emulsions are complex dispersion systems, known also as, "emulsions of emulsions". These emulsion systems, have significant potential in the cosmetic industry. Euterpe oleracea Mart., Arecaceae, popularly known in Brazil as "açaí", is an economically important plant. Açaí oil has been used as antioxidant and as anti-inflammatory activities. The multiple emulsions were prepared using a two-step procedure. The investigated formulations were characterized and their stability over time was evaluated by preliminary and accelerated stability. O/W/O multiple emulsions containing the same concentration of sunscreens with and without açaí oil were evaluated by the International Sun Protection Factor Test Method. The samples containing 70% (w/w) of primary emulsion, 5% (w/w) PEG-30-dipolyhydroxystearate, 10% (w/w) of açaí oil and 5% (w/w) of sucrose polybehenate have been found to be stable. The rheological measurements revealed that the samples exhibited non-Newtonian pseudoplastic flow behavior and thixotropy. To conclude, no statistical difference could be observed on the in vivo SPF to both multiple systems with or without açaí oil.

Consequências fisiológicas da dessecação em sementes de açaí (Euterpe oleracea Mart.).

NASCIMENTO, W. M. O. do; NOVEMBRE, A. D. da L. C.; CICERO, S. M.
Fonte: Revista Brasileira de Sementes, Brasília, DF, v. 29, n. 2, p. 38-43, 2007. Publicador: Revista Brasileira de Sementes, Brasília, DF, v. 29, n. 2, p. 38-43, 2007.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.97%
O presente trabalho foi realizado com o objetivo de verificar os efeitos imediatos da desidratação sobre a qualidade fisiológica de sementes de açaí. Anteriormente à secagem das sementes da cultivar BRS Pará foi determinado o teor de água das mesmas e selecionado o lote daquelas que apresentavam o maior teor de água, que foi de 43,4%. As sementes foram submetidas à secagem, em equipamento com circulação forçada de ar (30±2ºC), até atingirem o teor de água de 37,4%, 30,3% 26,1%, 21,0%, 15,% e 11,9%, constituindo os demais tratamentos. O efeito da secagem sobre a qualidade das sementes foi avaliado por meio das determinações de germinação, tempo médio de germinação, velocidade de emergência, comprimento e massa da matéria seca de plântulas. A secagem até 37,4% de água não produz efeitos fisiológicos prejudiciais imediatos sobre as sementes de açaí, contudo, abaixo de 30,3% há redução progressiva da germinação e do vigor das sementes e ao atingirem 15,1% de teor de água, o desempenho fisiológico é anulado.; 2007; Título em inglês: Physiological consequences of desiccation in Euterpe oleracea Mart. seeds. Disponível também on-line.

Prospecção de insetos associados ao açaizeiro (Euterpe oleracea Mart.) em viveiro e proposições de controle.

SOUZA, L. A. de; LEMOS, W. de P.
Fonte: Revista de Ciências Agrárias, Belém, n. 42, p. 231-241, jul./dez. 2004. Publicador: Revista de Ciências Agrárias, Belém, n. 42, p. 231-241, jul./dez. 2004.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.97%
Durante um ano, vinte e cinco acessos de açaizeiro (Euterpe oleracea Mart.), pertencentes ao banco de germoplasma da Embrapa Amazônia Oriental, foram avaliados em viveiro para se identificar os organismos-praga associados a essa palmácea. As pragas detectadas foram classificadas em três categorias: insetos-praga principais, insetos-praga secundários e outros organismos-praga, de acordo com a importância (potencialidade de causar danos) e freqüência ao longo dos meses amostrados. Os principais insetos-praga do açaizeiro, em viveiros, foram: o pulgão-preto-do-coqueiro [Cerataphis lataniae Boisuval (Hemiptera: Aphididae)]; a mosca-branca [Aleurodicus cocois (Curtis) (Hemiptera: Aleyrodidae)] e as saúvas [Atta spp. (Hymenoptera: Formicidae)]. Os insetos-praga secundários associados ao açaizeiro foram: a cochonilha vírgula [Metilococcus bechii (Newman) (Hemiptera: Diaspididae)]; a mosca-branca [Aleurothrixus floccosus (Mask.) (Hemiptera: Aleyrodidae)] e o gafanhoto [Eutropidacris cristata L. (Orthoptera: Acrididae)]. Além desses insetos, caracóis e lesmas também podem ser considerados organismos com potencialidade de se tornarem pragas do açaizeiro por raspar o limbo dos folíolos mais jovens, danificando-os. Proposições de controle...

Produção de mudas orgânicas de açaizeiro selecionado Euterpe oleracea Mart.

MENEZES, R. de O.; OLIVEIRA, M. do S. P. de.
Fonte: In: SEMINÁRIO CIENTÍFICO DA UFRA, 7.; SEMINÁRIO [DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA] DA EMBRAPA AMAZÔNIA ORIENTAL, 13.; SEMINÁRIO DE PESQUISA DA UFRA, 1., 2009, Belém, PA. Pesquisa e desenvolvimento tecnológico na formação do jovem cientista: anais. Belém, PA: UFRA: Embrapa Amazônia Oriental, 2009. Publicador: In: SEMINÁRIO CIENTÍFICO DA UFRA, 7.; SEMINÁRIO [DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA] DA EMBRAPA AMAZÔNIA ORIENTAL, 13.; SEMINÁRIO DE PESQUISA DA UFRA, 1., 2009, Belém, PA. Pesquisa e desenvolvimento tecnológico na formação do jovem cientista: anais. Belém, PA: UFRA: Embrapa Amazônia Oriental, 2009.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
67.05%
O açaizeiro Euterpe oleraceae Mart. é uma espécie da região Amazônica, muito apreciada pela população local, tanto pela qualidade do palmito que produz, quanto pelos frutos, com os quais são produzidas bebidas típicas. Este trabalho teve como objetivo, avaliar a produção de mudas de açaizeiro selecionado em substrato orgânico. O experimento foi conduzido no viveiro da unidade experimental da Embrapa Amazônia oriental do município de Belém. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com seis tratamentos e três repetições; e parcela 20 mudas. Foi utilizada apenas uma semente pré germinada por recipiente. Segundo a análise de variância das médias finais das alturas das plantas, observou-se que ocorreu diferença estatística altamente significativa ao nível de 5% de probabilidade entre os tratamentos. O maior desenvolvimento das mudas ocorreu no substrato com esterco de gado. O desenvolvimento de mudas orgânicas de açaizeiro selecionado Euterpe oleracea depende do substrato utilizado, sendo esse fator limitante para sua produção.; 2009

Influência de diferentes substratos orgânicos na produção de mudas de açaizeiro (Euterpe oleracea).

MENEZES, R. de O.; OLIVEIRA, M. do S. P. de.
Fonte: In: SEMINÁRIO CIENTÍFICO DA UFRA, 7.; SEMINÁRIO [DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA] DA EMBRAPA AMAZÔNIA ORIENTAL, 13.; SEMINÁRIO DE PESQUISA DA UFRA, 1., 2009, Belém, PA. Pesquisa e desenvolvimento tecnológico na formação do jovem cientista: anais. Belém, PA: UFRA: Embrapa Amazônia Oriental, 2009. Publicador: In: SEMINÁRIO CIENTÍFICO DA UFRA, 7.; SEMINÁRIO [DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA] DA EMBRAPA AMAZÔNIA ORIENTAL, 13.; SEMINÁRIO DE PESQUISA DA UFRA, 1., 2009, Belém, PA. Pesquisa e desenvolvimento tecnológico na formação do jovem cientista: anais. Belém, PA: UFRA: Embrapa Amazônia Oriental, 2009.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.97%
O açaizeiro (Euterpe oleracea Mart.) é uma fruteira típica de clima tropi-cal. A polpa arroxeada e de alto va-lor calórico, proveniente do epicarpo e mesocarpo do fruto, faz parte da dieta da população paraense. Este trabalho teve por objetivo avaliar a influência de diferentes substratos orgânicos na produção de mudas de açaizeiro. O experimento foi conduzido no viveiro da unidade experimental da Embrapa Amazônia Oriental do município de Belém. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com seis tratamentos, três repetições e parcela de 20 mudas. Os tratamen-tosnão diferiram significativamente ao nível de 5% de probabilidade (.01 =< p < .05) entre si para a so-brevivência. Ainda sim, ocorreu maior sobrevivência no Tratamento 1 (Terriço + serragem + esterco cur-tido de gado). As mudas apresenta-ram maior crescimento e melhor desempenho no substrato com es-terco de gado em todos os caracte-res avaliados.; 2009

Estudo da viabilidade econ?mica para a utiliza??o da semente da euterpe oleracea mart. (a?a?) como recurso energ?tico

LUCZYNSKI, Miroslawa
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR; POR
Relevância na Pesquisa
67.05%
Este trabalho tem como objetivo o estudo da viabilidade econ?mica para a utiliza??o da semente da Euterpe oleracea Mart. (a?a?) como recurso energ?tico na cidade de Bel?m-PA. Para isso foi feito um levantamento de campo dos pontos de venda e bairros de maior produ??o de a?a?, realizando em seguida os ensaios das propriedades termogravim?tricas das sementes: Teor de umidade, teor de vol?teis, teor de cinzas, teor de carbono fixo e o poder calor?fico superior. O levantamento dos pontos possibilitou a cria??o de um banco de dados, utilizando o software Microsoft Acess, o qual fornece relat?rios com a identifica??o do nome do propriet?rio, assim como n?mero de sacas que ele processa por dia, peso da saca e o potencial energ?tico de cada produtor. Foi utilizado ainda o Microsoft ARC VIEW, de f?cil intera??o com o Acess e que possibilitou a cria??o de um mapa atualizado dos pontos de venda para a cidade de Bel?m-PA. De posse desses dados passou-se para o estudo das rotas de transportes, atrav?s do Sistema de Informa??o Geogr?fica (SIG) GOOGLE EARTH. Foram determinadas rotas, atrav?s do m?todo do Centr?ide, ou seja, o ponto de maior concentra??o da vari?vel de estudo, neste caso, a semente de a?a?, para o transporte da biomassa at? seu destino final que ? a UFPA...

Avalia??o do efeito protetor da Euterpe oleracea (a?a?) na resposta eletrofisiol?gica da retina de ratos expostos ao metilmerc?rio

COSTA, Al?dia Brasil
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
67.49%
O metilmerc?rio (MeHg) ? a forma mais t?xica do merc?rio. A exposi??o ao MeHg gera estresse oxidativo, podendo afetar a retina, pois esta possui alta vulnerabilidade em fun??o do seu elevado conte?do de ?cidos graxos poliinsaturados e consumo de oxig?nio. Nesse contexto, a administra??o de antioxidantes ex?genos obtidos pela dieta, como os presentes na Euterpe oleracea (a?a?), poderia ser uma forma de prevenir esse desequil?brio e suas consequ?ncias. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar o poss?vel efeito protetor da Euterpe oleracea nas altera??es eletrofisiol?gicas causadas pelo MeHg na retina. Para tal, foi realizada gavagem com MeHgCl (5 mg/Kg) ou solu??o salina (NaCl 0,9%) durante 7 dias e pr?-tratamento com ra??o enriquecida com polpa de a?a? (10%) por 28 dias. Foram utilizados ratos Wistar divididos em 4 grupos: Grupo MeHg (recebeu ra??o padr?o e MeHgCl); MeHg+A?a? (ra??o enriquecida com a?a? e MeHgCl); A?a? (ra??o enriquecida com a?a? e NaCl); Ve?culo (ra??o padr?o e NaCl). Um dia ap?s a ?ltima gavagem os animais foram submetidos ao eletrorretinograma de campo total (ffERG) para obten??o da resposta escot?pica (de bastonetes, mista 1 e mista 2) e fot?pica (de cones e de flicker em 12; 18; 24 e 30Hz). No dia seguinte ao ffERG foi aplicado o teste campo aberto para avaliar a atividade locomotora dos animais. Posteriormente...

Avalia??o da estabilidade oxidativa do ?leo bruto de a?a? (Euterpe oleracea) na presen?a de compostos fen?licos puros ou de extratos vegetais amaz?nicos

SILVA, Jonas Joaquim Mangabeira da; ROGEZ, Herv?
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
67.04%
ABSTRACT: A final 241 ?M of ascorbyl palmitate and 555 ?M of the following antioxidants separately: BHA, myricetin and quercetin standards, and extracts of Byrsonima crassifolia, Inga edulis or Euterpe oleracea, were added to crude a?ai oil and submitted to the oxidation process at 60 ?C for 11 days. Among the antioxidants used, only the myricetin standard showed the ability to defer the oxidation process until the third day of treatment. B. crassifolia, I. edulis and E. oleracea extracts showed no preventive capacity against the oxidation process, despite their high concentration phenolic compounds and antioxidant activities.

Caracteriza??o fitoqu?mica e avalia??o da atividade anti-inflamat?ria e antinociceptiva do ?leo fixo de Euterpe oleracea Mart.

FAVACHO, Hugo Alexandre Silva
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
67.3%
Euterpe oleracea Mart. ? uma t?pica palmeira da Amaz?nia, que cresce espontaneamente nos estados do Par? e Amap?, apreciada por sua atrativa beleza e valor nutricional. O fruto de Euterpe oleracea, comumente conhecido como a?a?, tem demonstrado exibir significante capacidade anti-oxidante in vitro, o que pode ter benef?cios ? sa?de. Estudos qu?micos revelaram a presen?a de ?cidos graxos, antocianinas e esteroides. O objetivo deste trabalho foi caracterizar fitoquim?camente o ?leo fixo dos frutos desta esp?cie (OEO) e avaliar em modelos inflamat?rios e hiperalg?sicos in vivo, o poss?vel envolvimento dos compostos nas respostas inflamat?ria e analg?sica. Para tanto, os modelos experimentais usados foram: teste de contor??o induzida por ?cido ac?tico, edema de pata de rato, teste do granuloma em ratos, permeabilidade vascular em ratos, migra??o leucocit?ria em ratos e eritema de orelha induzida por ?leo de cr?ton em camundongos. Doses orais de 500, 1000 e 1500 mg/kg de OEO inibiu o n?mero de contor??es em 33,67%, 45,88% e 55,58, respectivamente. O OEO produziu efeito dose-dependente, e a dose m?dia efetiva encontrada foi de 1226,8mg/kg. Com a administra??o oral da dose de 1226,8 mg/kg, o OEO inibiu o processo inflamat?rio em 29,18% quando comparado ao grupo controle. A administra??o di?ria de OEO por 6 dias inibiu a forma??o do tecido granulomatoso em 36...

Anti-inflammatory and antinociceptive activities of Euterpe oleracea Mart., Arecaceae, oil

FAVACHO, Hugo Alexandre Silva; OLIVEIRA, Bianca R.; SANTOS, Kelem Costa dos; MEDEIROS, Benedito J?nior Lima de; SOUSA, Pergentino Jos? da Cunha; PERAZZO, Fabio Ferreira; CARVALHO, Jos? Carlos Tavares
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
66.97%
The oil of the fruits of Euterpe oleracea Mart., Arecaceae (OEO), was evaluated in models of inflammation and hyperalgesia in vivo to study its effects on these conditions. The experimental models contained the writhing test in mice, rat paw edema, granuloma test in rats, vascular permeability in rats, cell migration to the peritoneal cavity in rats and ear erythema induced by croton oil in mice. Doses of 500, 1000 and 1500 mg/kg of OEO were administered orally. The observed number of writhes was inhibited by 33.67, 45.88 and 55.58%, respectively. OEO produced a dose-dependent effect, with linear correlation coefficient R=0.99 (y=0.0219x+23.133), and the median effective dose found was 1226.8 mg/kg. The oral administration of 1226.8 mg/kg of OEO inhibited carrageenan-induced edema by 29.18% (p<0.05) when compared to the control group. The daily administration of OEO for six days inhibited the formation of granulomatous tissue by 36.66% (p<0.01). In ear erythema induced by croton oil, OEO presented a significant inhibition (37.9%). In the vascular permeability test, treatment with OEO decreased the response to histamine, inhibiting vascular permeability by 54.16%. In carrageenan-induced peritonitis, OEO reduced the number of neutrophils migrating compared to the control group by 80.14%. These results suggested that OEO has anti-inflammatory and antinociceptive activities...

Fungos conidiais em Euterpe oleracea Mart. (a?aizeiro) na Ilha do Combu, Par?-Brasil

CASTRO, Carla Corr?a de; HERN?NDEZ GUTI?RREZ, Antonio
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
67.21%
O trabalho teve como objetivo investigar a ocorr?ncia de fungos conidiais (hyphomycetes) associados ? decomposi??o de material vegetal morto de Euterpe oleracea Mart. (a?aizeiro) na ?rea de Prote??o Ambiental da ilha do Combu, munic?pio de Bel?m, Par?. Entre agosto de 2008 e abril de 2009, foram coletadas partes em decomposi??o de palmeiras de E. oleracea e mantidas em c?mara-?mida durante sete dias. As estruturas reprodutivas dos fungos foram retiradas e montadas em l?minas semipermanentes para o estudo morfol?gico em microscopia ?ptica. O presente trabalho cont?m descri??es, coment?rios, distribui??o geogr?fica e ilustra??es dos novos registros para o Brasil. Como resultados deste estudo foram identificados 45 t?xons de hifomicetos. Todos s?o novos registros para a ?rea de estudo, destes 11 representam novos registro para o Brasil e 12 para a Amaz?nia brasileira.; ABSTRACT: The objective of this study was look for conidial fungi (hyphomycetes) associated with decomposing, dead vegetative material of Euterpe oleracea Mart. collected on Combu Island (Bel?m, Par?), an environmentally protected area. From August 2008 to April 2009, decomposing parts of E. oleracea were collected and kept in a moist chamber for seven days. Somatic and reproductive fungal structures were extracted from the substrate and mounted on semi-permanent slides for morphological study using optical microscopy. This paper includes descriptions...

Development of O/W emulsions containing Euterpe oleracea extract and evaluation of photoprotective efficacy

Daher,Cláudia Cecilio; Fontes,Ipojucan Silva; Rodrigues,Rayllan de Oliveira; Damasceno,Gabriel Azevedo de Brito; Soares,Daiane dos Santos; Aragão,Cícero Flávio Soares; Gomes,Ana Paula Barreto; Ferrari,Márcio
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Ciências Farmacêuticas Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 EN
Relevância na Pesquisa
67.12%
Euterpe oleracea Mart. is a palm tree popularly known as açai, which is primarily found in northern Brazil. The açai's fruits contain anthocyanins, a class of polyphenols to which antioxidant properties have been attributed. The aim of this work was to develop O/W sunscreens emulsions containing açai glycolic extract (AGE) and to evaluate both their physical stability and photoprotective efficacy. Emulsions containing AGE and sunscreens were formulated using different types and concentrations of polymeric surfactant (acrylates/C 10-30 alkyl acrylate crosspolymer and sodium polyacrylate). The influence of two rheology modifiers (polyacrylamide (and) C13-14/isoparaffin (and) Laureth-7 and Carbomer) on the stability was also investigated. Physical stability was evaluated by preliminary and accelerated studies. Emulsions with 1.0% sodium polyacrylate were stable and exhibited non-newtonian pseudoplastic behavior and thixotropy. Photoprotective efficacy was evaluated by in vivo Sun Protection Factor (SPF) and determination of Protection Factor of UVA (PF-UVA). When AGE was added to the sunscreen emulsion, no significant increase in the in vivo SPF value was observed. The emulsion containing AGE showed PF-UVA = 14.97, 1.69 of the SPF/PF-UVA ratio and a critical wavelength value of 378 nm...

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO AÇAÍ (Euterpe oleracea, Mart.) COMERCIALIZADO NA CIDADE DE MACAPÁ - AP; QUALITY EVALUATION OF Euterpe oleracea, Mart. COMMERCIALIZED IN THE CITY OF MACAPÁ – AP (BRAZIL)

SOUSA, CONSUELO L.; Universidade Federal do Pará; MELO, GILMA MARIA CUNHA; ALMEIDA, SONIA CINTRA SOUZA
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2009 POR
Relevância na Pesquisa
67.12%
Avaliou-se a qualidade microbiológica e microscópica de amostras de açaí, obtidas de julho a setembro de 1998 em batedeiras financiadas pelo Governo do Estado na cidade de Macapá - AP. Os resultados encontrados evidenciaram que 77,8% e 100% das amostras apresentaram coliformes fecais e bolores e leveduras, respectivamente, em níveis superiores aos estabelecidos na legislação vigente. Concluiu-se que as amostras de açaí comercializadas na cidade de Macapá apresentaram, sob o ponto de vista sanitário, condições higiênico-sanitárias insatisfatórias.; In the period of July through September 1998, it was evaluated the microbiological and microscopic quality of samples of Euterpe oleracea Mart., obtained from local merchants sponsored by the State Government, in the city of Macapá, Brazil. The results showed that 77.8% and 100% of the samples presented fecal coliforms, and moulds and yeast, respectively, in levels above the limits established by Federal Legislation. It was concluded that the fruit samples commercialized in the city of Macapá presented, under the sanitary point of view, unsatisfactory hygienic-sanitary conditions.

Dinámica poblacional de la palma Euterpe oleracea (Arecaceae) en bosques inundables del Chocó, Pacífico colombiano

Arango,Diego A; Duque,Álvaro J; Muñoz,Edinson
Fonte: Revista de Biología Tropical Publicador: Revista de Biología Tropical
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 ES
Relevância na Pesquisa
67.04%
La palma Euterpe oleracea es una especie dominante y promisoria en el plano inundable del río Atrato, región del Chocó, Colombia. Nosotros evaluamos la dinámica poblacional de esta especie a través de las tasas de crecimiento, la mortalidad y los patrones de reclutamiento para un período de dos años y medio. La dinámica de las tasas fue comparada entre bosques de palma mixto y puro. Estos tipos de vegetación fueron asociados con diferentes regimenes de inundación. Árboles y palmas fueron cortados en una porción de cada tipo de bosque, el resto no fue alterado. Nosotros utilizamos proyecciones matriciales para determinar las tendencias de las poblaciones. Las cortas incrementaron las probabilidades de transición de individuos pequeños pero disminuyeron las de individuos grandes, como es típico de las especies heliófitas. Las cortas también incrementaron las tasas de mortalidad en casi todas las categorías de tamaño pero no afectaron las tasas de reclutamiento. Bajo condiciones naturales, las poblaciones de E. oleracea están en equilibrio en los bosques puro y mixto. Las cortas aumentaron el crecimiento poblacional en ambos tipos de bosque, lo que sugiere el rol desempeñado por procesos denso-dependientes sobre el tamaño poblacional de esta especie.