Página 1 dos resultados de 69 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Comportamento e comunicação acústica em cobaias e em preás; Behavior and acoustic communication in domestic (Cavia porcellus) and in wild (C. aperea) cavies

Monticelli, Patrícia Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
16.66%
Este é um estudo comparativo do comportamento e da comunicação acústica de cobaias – Cavia porcellus - e de preás – C. aperea - duas espécies muito próximas, uma com uma história recente de domesticação (há 6.000 anos nos Andes) e a outra selvagem. Inclui três etapas: (1) a elaboração de um etograma e a comparação entre cobaias e preás quanto à freqüência e duração dos comportamentos exibidos em contextos sociais particulares (encontros entre fêmeas, entre machos e entre macho e fêmea); (2) a categorização e análise sonográfica comparativa da estrutura dos sinais sonoros; e (3) a comparação entre espécies quanto ao uso dos chamados através de um estudo do comportamento do emissor e de um receptor, no momento anterior e subseqüente à emissão. Encontramos diferenças entre as espécies nas três etapas. (1) Cobaias exibiram mais comportamentos de contatos e sexuais; preás exibiram mais comportamentos de exploração. (2) Das emissões registradas, uma não foi exibida por cobaias. Analisamos 4 delas estatisticamente e todas revelaram diferenças estruturais entre espécies. (3) Houve diferença no uso do sinal de alerta e no nível de resposta eliciado por alguns sinais. Os resultados são discutidos principalmente como efeitos da domesticação. A seleção de animais maiores pode ter alterado a morfologia do trato vocal das cobaias...

Corte e aspectos da biologia reprodutiva do escorpião brasileiro Tityus bahiensis (Scorpiones: Buthidae); Courtship and reproductive biology of the Brazilian scorpion Tityus bahiensis (Scorpiones: Buthidae)

Jorge, Sabrina Outeda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
17.29%
Os escorpiões são únicos dentre os artrópodes terrestres em muitos aspectos da biologia reprodutiva. A corte em escorpiões envolve sequências complexas de comportamentos ritualizados; é dividida em três fases: iniciação, dança e transferência de espermatozoides. Cerca de 50 espécies de escorpiões dentre as 1600 atualmente reconhecidas tiveram a corte descrita. Do mesmo modo, são poucos os estudos com tamanho de prole e investimento reprodutivo em escorpiões. Até o momento, a descrição da corte em Tityus bahiensis foi realizada com base em poucas observações incompletas. Os objetivos deste trabalho foram: estudar a corte em T. bahiensis para reconhecer os repertórios comportamentais e padrões de comportamento para espécie, através de um etograma e de um fluxograma; investigar prováveis funções das categorias comportamentais; abordar aspectos da época reprodutiva; e estudar o tamanho de prole, tempo de gestação e investimento reprodutivo. Dezenove cortes, de 202 pareamentos realizados, foram utilizadas para elaboração do etograma e do fluxograma. As sequências de comportamentos foram analisadas com o programa JWacher sup TM/sup e compiladas através de um script em Perl. Para o estudo do tamanho de prole...

Comunicação não-verbal e depressão: uso de indicadores não-verbais para avaliação de gravidade, melhora clínica e prognóstico; Nonverbal communication and depression: the use of non-verbal indicators for assessment of severity, clinical improvement and prognosis

Fiquer, Juliana Teixeira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
17.29%
Depressão é um transtorno de humor de alta prevalência e repercussões negativas para o indivíduo do ponto de vista físico, psicológico e social. Entre os múltiplos aspectos da doença ainda pouco investigados está o comportamento expressivo não-verbal que pode indicar emoções, pensamentos e intenções automáticos que ocasionam problemas interpessoais e piora da depressão. O objetivo desta tese foi investigar o papel da comunicação não-verbal como parâmetro para avaliar características diagnósticas, prognósticas e de melhora clínica da depressão. Para tanto, foram usadas técnicas etológicas para observação de: 1) indicadores não-verbais de pacientes deprimidos (em associação com medidas clínicas e neuropsicológicas); e 2) fatores comportamentais de envolvimento não-verbal de pacientes e do entrevistador. A tese foi dividida em duas partes. Na Parte I apresentam-se estudos que enfocam o comportamento de pacientes deprimidos (n=40) submetidos a três diferentes condições de tratamento com Estimulação Elétrica Transcraniana de Corrente Contínua (ETCC). Pacientes foram avaliados no pré (T0) e pós-tratamento (T1) por meio de escalas para mensuração de sintomas depressivos (medidas clínicas); bateria de testes neuropsicológicos; e entrevistas filmadas. A análise das filmagens foi feita com catálogo de registro de frequência de comportamentos nãoverbais de pacientes (etograma)...

Correlação dos parâmetros endócrinos e comportamentais em cadelas abandonadas em programa de ressocialização; Correlation of endocrine and behavioral parameters in abandoned dogs during ressocialization program

Lesnau, Giuliano Gustavo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.66%
O mecanismo do estresse já é conhecido e apresenta dois momentos: o estresse agudo que libera fatores termogênicos e inflamatórios mediados por Interleucina 6 (IL6) e o crônico que busca a supressão da reação inflamatória e é mediado pela presença de cortisol. Quando cães abandonados são alojados em abrigos, também passam por um momento de adaptação, entretanto não existe até o momento um programa de ressocialização destes cães instituído em nível governamental, visando o bem estar junto a seus novos donos. A intervenção da ressocialização neste momento, a correlação do comportamento de cães com parâmetros fisiológicos e endócrinos relativos ao estresse ainda não foram descritas, o que suscita a hipótese de que a mesma possa amenizar os impactos traumáticos do abandono. Foram utilizadas 27 cadelas divididas em 3 grupos: com donos, abandonadas não treinadas e abandonadas treinadas. As cadelas abandonadas e treinadas foram depois adotadas. O adestramento durou 15 min/dia por 21 dias. A avaliação comportamental (etograma e etoteste) foi realizada a cada 7 dias e a avaliação dos parâmetros fisiológicos (frequência cardíaca, frequência respiratória, taxa de oxigenação sanguínea, pulsação) bem como a coleta de saliva...

Deslocamento ao longo da noite e outros aspectos da biologia do opilião Serracutisoma pseudovarium no Parque Estadual Intervales, São Paulo, Brasil; Displacement throughout the night and other aspects of the biology of the harvestman Serracutisoma pseudovarium in the Intervales State Park, São Paulo, Brazil

Ramin, Alessandra Zola
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.66%
Uma população do opilião Serracutisoma pseudovarium utiliza a Pousada Esquilo do Parque Estadual Intervales (PEI), São Paulo, Brasil, como abrigo. Os animais se escondem em frestas na edificação e saem à noite para forragear, principalmente pelas paredes da construção. Essa situação constituiu uma oportunidade única de se realizar um estudo detalhado de forrageio e uso do espaço por opiliões, sendo este o primeiro objetivo deste trabalho. Além deste local, também foram acompanhados mensalmente, ao longo de 15 meses, outros quatro locais do PEI: Pousada Onça-Pintada, Castelinho, Toca dos Meninos e Gruta Detrás. Em cada um destes locais (com exceção do Castelinho), os animais foram marcados individualmente e foram realizadas medidas corpóreas. Desta forma, foi possível efetuar também um estudo populacional, que constituiu o segundo objetivo deste trabalho. Para analisar o forrageio em detalhes, um croquis da edificação foi elaborado, no qual os animais foram anotados de hora em hora, ao longo de uma noite, em cada um dos meses de coleta. Além do posicionamento do animal, também foram registrados sua marca e o comportamento exibido no momento da observação. Assim, o terceiro objetivo foi realizar um estudo comportamental através de um etograma com dados obtidos em campo...

Comportamento predatório de operárias de Ectatomma opaciventre (Hymenoptera, Formicidae) sobre a mosca Hermetia illucens (Diptera, Stratiomyidae)

Moleiro, Hugo Ribeiro
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 30 f.
POR
Relevância na Pesquisa
17.29%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Ectatomma opaciventre é uma espécie de formiga tipicamente predadora tanto de pequenos artrópodes vivos quanto de restos de outros animais. Utiliza principalmente mecanismos de recrutamento pouco elaborados para forragear, por tratar-se de uma subfamília evolutivamente basal (Ectatomminae). Durante a predação de presas vivas costuma ferroá-las na parte anterior do corpo a fim de imobilizá-las. Dentre suas presas estão algumas espécies de moscas, no entanto, não se conhecia quais os atos comportamentais empregados pelas operárias de E. opaciventre durante a predação dessas espécies. Neste trabalho foi elaborado um etograma relacionado à predação de larvas e adultos da mosca Hermetia illucens por operárias de Ectatomma opaciventre em laboratório. Foram coletados três ninhos de Ectatomma opaciventre de onde adultos e imaturos foram retirados e transferidos para o laboratório e abrigados em ninhos artificiais, sob temperatura e umidade controlados e regime natural de luz. Para cada um dos ninhos coletados foram oferecidos larvas de último instar e adultos vivos da espécie de mosca Hermetia illucens a uma distância de 30 cm da entrada do ninho. O comportamento de predação foi filmado e analisado. Em seguida foi elaborado um etograma contendo todos os atos comportamentais utilizados pelas formigas. Comportamentos que possuíam funções semelhantes dentro do contexto de predação foram agrupados em uma mesma categoria comportamental. Obteve-se um total de oito categorias comportamentais...

Déficit da interação social em crianças e adolescentes autistas : uma aproximação etológica = Social interaction deficit in children and adolescents with autism: an ethological approach; Social interaction deficit in children and adolescents with autism : an ethological approach

Luiz Fernando Longuim Pegoraro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
17.95%
O diagnóstico de crianças com transtornos do espectro autista (TEA) baseia-se na observação e em informações sobre padrões comportamentais e sintomas descritos pelos cuidadores. A etologia é uma área da biologia que pode contribuir significativamente para o desenvolvimento de métodos mais válidos e precisos de mensuração do comportamento de crianças com TEA. Esta pesquisa teve por objetivo desenvolver um etograma novo, detalhado, válido e útil com uma amostra expressiva de crianças e adolescentes com TEA e verificar se este instrumento é capaz de identificar e discriminar os TEA de outro transtorno do desenvolvimento que normalmente é diagnosticado na infância, a deficiência intelectual (DI). Todas as crianças e adolescentes com TEA e DI incluídos neste estudo eram pacientes dos Ambulatórios de Psiquiatria da Criança e do Adolescente do Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas. A amostra foi composta por 69 crianças e adolescentes diagnosticados com TEA entre as idades de três e 18 anos e 77 crianças e adolescentes diagnosticados com DI entre as idades de quatro e 16 anos. O diagnóstico de TEA foi confirmado pela versão brasileira da Childhood Autism Rating Scale (CARS -BR). Todos os participantes com DI apresentaram um QI abaixo de 70...

Etograma de camundongos em biotério: quais são as principais atividades destes animais dentro da gaiola?

Chumbinho, Lucianne Cardoso; Silva, Luiz Cesar C. Pereira da; Pizzini, Caroline Corrêa; Batista, Wanderson Silva; Oliveira, Fabio Souza de; Oliveira, Gabriel Melo de
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência em Animais de Laboratório Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência em Animais de Laboratório
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.29%
O comportamento de camundongos em biotérios é uma importante área da ciência de animais de laboratório. Apesar da literatura descrever inúmeros modelos de estudo comportamentais com diversas abordagens (depressão, ansiedade, agressividade e outros), estes modelos caracterizam-se por induzir o fenótipo comportamental desejado. Em nosso trabalho, buscamos determinar o padrão de comportamento sadio de camundongos desde o seu desmame até a idade adulta. Baseamos nossa metodologia na observação de agrupamentos, mantendo suas interações, sem induzir ou interferir na dinâmica social. Estruturamos um etograma através das atividades prevalentes como: exploração do ambiente, busca por alimento, auto-higienização, contato físico e repouso. Quantificamos a incidência destas atividades demonstradas por cada individuo em seu agrupamento durante o período de 60 minutos. Nossos resultados demonstram maior incidência de repouso em camundongos jovens. No entanto, na idade adulta, a exploração do ambiente e a busca por alimento são atividades mais prevalentes. Outro ponto importante foi a mudança do perfil de atividade entre as idades, cada agrupamento apresenta uma incidência de atividades diferente, sendo peculiar a cada dinâmica do agrupamento. Desta maneira...

Estimulação multissensorial e motora na comunicação da demência

Pinheiro, Teresa Maria Osório Dias dos Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
17.29%
Introdução: A demência trata-se de um problema mundial de saúde pública, com níveis elevados de institucionalização. A estimulação multissensorial (EMS) e a estimulação motora (EM) são possíveis de ser implementadas em contexto institucional e domiciliário, e têm demonstrado resultados promissores na promoção da comunicação das pessoas com demência (Baker et al., 2003; Cruz et al., 2011b; J. Van Weert, Van Dulmen, Spreeuwenberg, Ribbe, & Bensing, 2005b). No entanto, poucos estudos existem sobre o impacto destas intervenções quando implementadas por pessoas sem formação especializada nas rotinas de cuidados de pessoas com demência. Objetivo: Avaliar o impacto de um programa educativo de EMS e EM na comunicação verbal e não-verbal de pessoas idosas institucionalizadas com demência. Metodologia: Estudo quasi-experimental do tipo pré-pós intervenção. A colheita de dados iniciou-se pela recolha de informação sociodemográfica dos residentes e cuidadores formais (CF). Caracterizou-se o estado cognitivo dos residentes através da Avaliação Breve do Estado Mental (Guerreiro, Silva, Botelho, Leitão, Castro- Caldas & Garcia, 1994) e determinou-se o estadio da demência recorrendo à Escala de Deterioração Global (Leitão & Monteiro...

Observações preliminares em Puma concolor do Jardim Zoológico de Lisboa com vista à implementação de um programa de enriquecimento ambiental.

Crespo, António Pedro; Ferreira, José; Tibério, L.; Pereira, A.
Fonte: Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
27.29%
O comportamento animal dá-nos informações importantes acerca da capacidade de adaptação dos animais em cativeiro, sendo um importante indicador de bem-estar, muito útil para a monitorização e avaliação do tipo de Enriquecimento Ambiental a adotar para cada espécie. O presente trabalho teve como objetivo a elaboração dum etograma e testar a influência de determinados itens de EA no comportamento de Pumas, com vista à implementação de um programa de EA, mediante observações preliminares na espécie Puma concolor (Linnaeus, 1771), residente no Zoo de Lisboa. As observações preliminares incidiram num macho e numa fêmea, realizando-se observações ad libitum várias horas por dia, durante dois meses. Identificaram-se e distinguiram-se as características individuais dos animais e foram efetuados registos e a descrição dos comportamentos observados que se agruparam por categorias para efeitos de análise posterior dos dados obtidos. Após prospeção foram selecionados e testados dez itens de Enriquecimento Ambiental (duas horas/dia/item). Os comportamentos observados foram classificados e agrupados em ativos e passivos. Dos itens de enriquecimento testados selecionaram-se os três para os quais os animais mostraram maior interesse: dois alimentares e um olfativo. Os comportamentos observados foram os habituais para esta espécie quando sob cuidados humanos e os animais em estudo apresentaram maior atividade logo de manhã e ao fim do dia. Animal behavior gives us important information about the adaptability of animals in captivity...

The ethogram of Parablennius sanguinolentus parvicornis (Valenciennes in Cuvier & Valenciennes, 1836) (Pisces: Blenniidae) from the Azores

Santos, Ricardo S.; Barreiros, João P.
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1993 ENG
Relevância na Pesquisa
17.62%
No presente artigo concentramo-nos no etograma qualitativo de Parablennius sanguinolenrus parvicomis. O etograma inclui a descrição de cerca de quarenta padrões de comportamento ilustrados por desenhos baseados cm registos vídeo e fotografias. Os aspectos mais distinctivos do etograma, em contraste com outras espécies intertidais, são: i) a capacidade dos indivíduos para nadarem distâncias superiores a 1 metro sem contacto com o rundo. ii) a formação, pelo macho parental, de uma clareira em frente e à volta da entrada do ninho. iii) a incidência de padrões de comportamento com elevação do corpo em relação ao fundo (altamente conspícuo na natação sinal, mas também presente em muitas das actividades em que a natação é utilizada como modo de locomoção).; ABSTRACT: This paper describes the ethogram of Parablennius sanguinolentus parvicomis. The ethogram includes the description of around forty patterns of behaviour illustrated by drawings mostly prepared from video recordings and photographs. The most distinctive features of the ethogram, by contrast with other common intertidal species, are: i) the capacity of the individuals to swim distances over 1 metre al one go, ii) the formation of a clearing in front of or around the nest entrance by the parental male...

Contribuição para o estudo do comportamento do cágado - mediterrânico mauremys leprosa, schweigger, 1812 Testudines: Emydidae

Araújo, Ana Paula Rito Valente
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //1996 POR
Relevância na Pesquisa
17.29%
Dissertação de mestrado em Etologia; O Cágado Mauremys leprosa, está incluído na família Emydidae, que engloba a maior parte das espécies actuais de tartarugas de água doce. Na Europa, esta espécie existe na Península Ibérica e no Sul de França onde aparentemente não está ameaçada. Este trabalho insere-se num programa mais amplo do estudo da biologia do Cágado visando contribuir para o seu programa de conservação em Portugal. Neste quadro, desenvolveu-se o estudo do comportamento desta espécie cujos objectivos foram: a elaboração do etograma; o estudo dos seus ritmos de actividade, a análise de alguns comportamentos e a distribuição espacial. O estudo decorreu de Janeiro a Julho de 1995 e foi efectuado na Herdade do Ludo, na população desta espécie que habita a Ribeira de S. Lourenço. Apresenta-se um esboço do etograma da espécie, onde se apresentam a des¬crição de comportamentos comparando com as informações existentes para outras espécies de tartarugas, especialmente as de água doce e que serviram de base ao estudo dos ritmos de actividade. O estudo da actividade, efectuado através da contabilização do número de indivíduos visivelmente activos, foi relacionado com as temperaturas do ar e da água. Confirmou-se que a actividade desta espécie varia considerável mente com a época do ano...

Contribuição para o conhecimento do Etograma de uma população insular de «Lacerta lepida» (Daudin, 1802) (Sauria, Lacertidae)

Vicente, Luís A.
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1987 POR
Relevância na Pesquisa
27.29%
Na ilha da Berlenga (costa ocidental portuguesa) existe uma das únicas populações insulares conhecidas de Lacerta lepida (Sauria, Lacertidae). O autor analisa os primeiros dados qualitativos do seu etograma.

Etograma da maria-preta, Molothrus bonariensis (Gmelin) (Aves, Emberizidae, Icterinae)

Porto,Gabriele R.; Piratelli,Augusto
Fonte: Sociedade Brasileira de Zoologia Publicador: Sociedade Brasileira de Zoologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
27.29%
O objetivo deste trabalho foi estudar padrões comportamentais de Molothrus bonariensis (Gmelin, 1789) em condições naturais, traçando seu etograma. As coletas de dados foram efetuadas em Seropédica, no Estado do Rio de Janeiro, através de observações naturalísticas contínuas e animal-focal, utilizando-se binóculos 10 x 50 principalmente pela manhã até às 07:00h e à tarde após as 16:00h. Foram detectadas 25 condutas, agrupadas em sete categorias comportamentais: locomoção (n = 7), manutenção (n = 5), social não-agonístico (n = 5), alimentação (n = 2), social-agonístico (n = 2), vigilância (n = 2) e sonora (n = 2).

Descrição do comportamento de superfície do boto cinza, Sotalia guianensis, na Praia de Pipa - RN

Nascimento,Lídio França do; Medeiros,Priscila Izabel A. P.; Yamamoto,Maria Emilia
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.82%
O estudo do comportamento animal é uma área de pesquisa consolidada, que cresceu e se diversificou em vários países e que deu origem a disciplinas e abordagens de investigação, como a Etologia, a Ecologia Comportamental, a Neuroecologia, a Psicologia e a Psicologia evolucionista. No estudo do comportamento animal, o etograma é a base para estudos comportamentais de espécies pouco conhecidas, como também para comparar comportamentos de populações distintas de uma mesma espécie. Tradicionalmente, um etograma descreve de forma detalhada eventos comportamentais realizados por indivíduos de uma espécie. O presente estudo apresenta um etograma dos eventos comportamentais realizados na superfície por uma espécie de golfinho costeiro, boto cinza, na praia de Pipa - RN.

Estudo de corte e cópula de Spodoptera eridania (WALKER) (Lepidoptera: Noctuidae) por meio de etograma comportamental.

VIDOTTO, F. L.; KUSS-ROGGIA, R. C. R.; ZAZYCKI, L. C. F.; SOSA-GÓMEZ, D. R.; BENTO, J. M. S.
Fonte: In: ENCONTRO BRASILEIRO DE ECOLOGIA QUÍMICA, 7., 2011, Niterói. Programação. Livro de resumos. Niterói: Universidade Federal Fluminense, 2011. Publicador: In: ENCONTRO BRASILEIRO DE ECOLOGIA QUÍMICA, 7., 2011, Niterói. Programação. Livro de resumos. Niterói: Universidade Federal Fluminense, 2011.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 84.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.62%
A lagarta-das-vagens da soja Spodoptera eridania, é uma espécie desfolhadora que tem ocorrido em maiores densidades populacionais em vários cultivos nos últimos anos. Conhecer o comportamento reprodutivo desta espécie visando subsidiar estudos de feromônios pode auxiliar no manejo desta espécie em campo. Este trabalho teve por objetivo construir um etograma do comportamento de corte e cópula de S. eridania, e caracterizar o repertório comportamental relacionado ao acasalamento. Também foram observados e registrados os comportamentos de chamamento e corte de fêmeas e machos, e a exposição da glândula de feromônio pelas fêmeas, e montado um etograma para a caracterização das sequências destas atividades. As avaliações foram realizadas durante o horário de maior atividade sexual dos insetos, utilizando-se machos e fêmeas em idade reprodutiva. Primeiramente, 10 casais, formados por adultos virgens foram colocados em gaiolas de acasalamento de PVC cristal de 10 cm de diâmetro e de altura, com a base fechada por placa de Petri e a parte de cima coberta com tule. Os adultos foram alimentados com solução de mel a 10%. Estes casais foram filmados com câmera digital manual com luz infravermelha para não interferir no comportamento dos insetos. Após a análise das filmagens...

Estudo da distribuição temporal dos comportamentos em preguiças Bradypus variegatus, Wetzel, 1982

Daniela Lucio Jorge Rocha, Fatima; José Eduardo das Dores Peres da Costa, Carlos (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
17.29%
Os ritmos biológicos estão presentes em todos os organismos vivos. O seu controle endógeno é feito por marcapassos, também chamados de osciladores. Os ritmos endógenos estão harmonizados, exogenamente, com inúmeras variáveis ambientais e geofísicas. A principal e mais expressiva delas é o ciclo dia/noite, claro/escuro (CE). O período endógeno de uma variável biológica é determinado através da manutenção do organismo em condições constantes de iluminação e temperatura, caracterizando o ritmo em livre curso. Para a preguiça Bradypus variegatus, até hoje, só se conhecem os dados sobre o comportamento rítmico da pressão arterial, freqüência cardíaca, ciclo sono/vigília e comportamento. Este último mostra-se inconclusivo, com relação aos padrões de comportamentos de atividade e de repouso em CE, que caracterizam a alocação do seu nicho temporal. Este trabalho teve como objetivos identificar padrões comportamentais em preguiças B. variegatus, mantidas em cativeiro e submetidas a ciclos CE e claro constante (CC), mediante observação contínua para cada fase do ciclo, determinar como eles podem ser manifestados em condições de iluminação constantes, visando identificar os ritmos biológicos endógenos e definir o seu nicho temporal. Foram utilizadas sete preguiças machos. Destas...

Ecologia e comportamento de formigas tecelãs (Camponotus) no cerrado brasileiro

Santos, Jean Carlos
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
27.29%
A forma de construção de ninhos em insetos eussociais revela importantes passos de sua história evolutiva. Os ninhos de formigas tecelãs são construídos a partir da seda que é produzida pelas suas próprias larvas. Esta forma de construção de ninhos é um dos mais notáveis exemplos de cooperação social em animais. O comportamento de construção de ninhos nas tecelãs restringe-se a três gêneros, Oecophylla, Polyrhachis e Camponotus (Karavaievia), das regiões Paleotropicais e Australianas e dois da região Neotropical, Dendromyrmex e Camponotus (Myrmobrachys). O comportamento e a estrutura dos ninhos das tecelãs C. senex e C. formiciformis é pouco conhecido. Estas espécies têm sido por nós estudadas na região dos cerrados do Triângulo Mineiro, na Univ. Fed. de Uberlândia, e os resultados revelam que C. senex e C. formiciformis constroem seus ninhos em árvores de copa densa, com muitos ramos e folhas, geralmente, nas partes externas das copas. Os ninhos são ovóides, apresentam várias galerias construídas ao redor de galhos e folhas, são poligínicos e têm entre 30.000 e 60.000 indivíduos. A reprodução começa com o início da estação chuvosa, setembro a outubro. São diurnas e alimenta-se de pequenos artrópodes e secreções animais e vegetais. C. senex possui mecanismos defensivos proximais como lançamento de jatos de ácido fórmico...

Estudio de traducción y validez del Sistema de Codificación Etológica para Entrevistas ECSI (Ethological Coding System for Interviews)

Paas-Oliveros,Lya K.; Villanueva Valle,Javier; González-Arredondo,Susana I.; Fresán,Ana; Arango de Montis,Iván; Brüne,Martin; Muñoz Delgado,Jairo
Fonte: Instituto Mexicano de Psiquiatría Ramón de la Fuente Publicador: Instituto Mexicano de Psiquiatría Ramón de la Fuente
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2015 ES
Relevância na Pesquisa
27.62%
Antecedentes El diagnóstico psicoterapéutico se fundamenta en exploraciones verbales y/o pruebas psicológicas. En contraste, a menudo se descuida la relevancia de la comunicación no-verbal. El objetivo del presente artículo es aportar una herramienta para medir y evaluar conductas no-verbales en entrevistas clínicas, basado en el Ethological Coding System for Interviews (ECSI), desarrollado por Troisi (1999), el cual se tradujo y validó en español. Un etograma es un catálogo de conductas o patrones conductuales, operacionalizados y agrupados en categorías, como afiliación, evasión, asertividad, relajación, entre otras. Método Estudio 1. El etograma ECSI fue traducido al español. Tres observadores "ciegos" registraron las frecuencias de los patrones conductuales del paciente. Los registros se realizaron en intervalos de 15 segundos durante los primeros y últimos 10 minutos de la entrevista clínica. Se obtuvo una validez interobservador de r=0.989, p<0.001. Estudio 2. Con base en el primer estudio se consideró pertinente agregar patrones conductuales, así como reacomodar y redefinir las categorías propuestas. Los tres observadores realizaron el mismo procedimiento que en el estudio 1 con una segunda videograbación. Además de las frecuencias de las conductas observadas...

Etograma del aprendizaje social de una comunidad de monos araña libres en el sitio arqueológico de Calakmul: Implicaciones antropológicas

Ojeda Martínez,Rosa Icela
Fonte: Escuela Nacional de Antropología e Historia Publicador: Escuela Nacional de Antropología e Historia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 ES
Relevância na Pesquisa
37.62%
El aprendizaje social es un fenómeno cognitivo complejo, relacionado con las formas de aprender y transmitir conocimiento. Para la antropología éste es un tema de investigación relevante, pues el entendimiento de los procesos sociocognitivos que emplean los primates no humanos y otros animales, nos puede ayudar a comprender cómo se originaron y evolucionaron esas capacidades complejas en nuestra especie, cómo actuaron y qué papel tomaron en los procesos de hominización y orígenes de la cultura. El presente estudio se enfoca en particular en las formas de aprendizaje socialmente mediado involucradas en la vida y el comportamiento de un grupo de monos araña libres en la Reserva de la Biosfera de Calakmul, en el estado de Campeche, México. Se obtuvo como resultado un etograma específico de las conductas relacionadas con el aprendizaje social y una discusión sobre la importancia del uso de métodos cualitativos en la primatología.