Página 1 dos resultados de 2916 itens digitais encontrados em 0.075 segundos

Epidemiologia da infecção hospitalar e mortalidade intra-hospitalar de uma unidade de terapia intensiva neonatal em hospital de referência regional de São Paulo; Nosocomial infections epidemiology and in-hospital mortality in a neonatal intensive care unit of a regional reference hospital. São Paulo, Brazil

Pinheiro, Monica de Souza Bomfim
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
85.85%
As taxas de infecção hospitalar (IH) entre centros neonatais variam consideravelmente, sugerindo que fatores de risco possam ser modificados pela qualidade da assistência, as características do recém-nascido (RN) e o controle das infecções. O objetivo deste estudo foi analisar a epidemiologia da infecção e da mortalidade hospitalar na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal do Hospital Geral de Itapecerica da Serra SECONCI SP OSS de 1º de janeiro de 2002 a 31 de dezembro de 2003. O estudo foi desenvolvido em modelo de coorte e a análise dos dados referentes às IH precoces e tardias foi retrospectiva, mas eles foram coletados prospectivamente, seguindo os métodos do NNIS (National Nosocomial Infection Surveillance System). Os RN foram classificados pelo Neonatal Therapeutic Intervention Scoring System (NTISS) para avaliar sua gravidade, dentro das primeiras 24 horas após a admissão. Foram incluídos no estudo 486 RN: 426 de origem interna (87,7%) e 60 de origem externa (12,3%). A incidência acumulada de IH foi de 30,6% e a densidade de 25,1 por 1.000 pacientes-dia (7,9 para infecção precoce e 17,2 para a tardia). A sepse foi o tipo de infecção mais freqüente (54,0%) seguida pela pneumonia (20,0%). Dos agentes microbianos isolados...

Estudo de coorte prospectivo das características do absenteísmo na administração pública: atestação médico-odontológica na saúde do servidor; Prospective cohort study of the characteristics of absenteeism public administration: medical-dental certification of the server health

Capelari, Marcos Maurício
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
85.85%
O absenteísmo médico-odontológico é relatado como sendo responsável pela perda de dias e horas de trabalho, refletindo-se em prejuízos econômicos nos setores público e privado, não obstante a sua essência nos remeta a uma reflexão muito mais profunda, no que diz respeito à Saúde e aos seus agravos, enquanto fatores causais desta condição, muitas vezes impostos ao trabalhador pelo próprio ambiente de trabalho. O presente estudo teve por objetivo avaliar as características e o perfil do Absenteísmo na Administração Pública, o envolvimento e a atestação médico - odontológica relacionados ao afastamento do servidor do seu trabalho, além da relação entre Patologias Médicas e odontológicas, sob uma óptica baseada em evidências de uma pesquisa pautada na Incidência. Além disto, como objetivo secundário, foi conduzida uma atualização da revista da literatura com fulcro nos aspectos legais, éticos, normativos e científicos, no que tange às atestações de estados de saúde. A partir de um estudo preliminar do tipo exploratório retrospectivo, transversal, descritivo e analítico, realizado anteriormente com o propósito de se estabelecer a relação entre absenteísmo e doenças, tanto de origem médica...

Qual a importância da detecção de lesões iniciais de cárie em crianças pré-escolares? Evidências de um estudo de coorte com 2 anos de acompanhamento; What is the importance of detecting initial caries lesions in preschool children? Evidences from a cohort study with 2 years of follow-up

Guedes, Renata Saraiva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
85.86%
Os objetivos desse estudo de coorte realizado em crianças pré-escolares foram: (1) avaliar a validade preditiva e de constructo utilizando um critério de avaliação de atividade de lesões de cárie associado ao Sistema Internacional de Detecção e Avaliação de Cárie (ICDAS, do inglês International Caries Detection and Assessment System); (2) avaliar o risco de superfícies hígidas, com lesões iniciais de cárie (escores 1 e 2 do ICDAS) e lesões moderadas (escores 3 e 4) progredirem para lesões cavitadas em dentina (escores 5 e 6 do ICDAS) em dentes decíduos; (3) avaliar a influência da presença de lesões iniciais no risco de desenvolvimento de lesões de cárie; (4) avaliar se o impacto da cárie dentária na qualidade de vida de crianças se altera com o incremento de novas lesões ao longo do tempo; e (5) avaliar o impacto da cárie dentária em diferentes estágios de severidade na piora da qualidade de vida relacionada à saúde bucal em crianças. Um exame inicial foi realizado por 15 examinadores durante o Dia Nacional de Vacinação em junho de 2010, na cidade de Santa Maria (RS). Nesse dia, 639 crianças de um a cinco anos de idade foram examinadas utilizando o ICDAS para detecção das lesões de cárie e um critério adicional para avaliação da atividade das lesões de cárie. Outras variáveis demográficas e socioeconômicas relacionadas a cada criança foram coletadas com os pais das crianças. Um questionário para avaliar o impacto das condições bucais na qualidade de vida das crianças (ECOHIS...

Qualidade de vida e eventos adversos após a radioterapia em mulheres com câncer ginecológico : um estudo de coorte prospectivo; Quality of life and adverse events after radiotherapy in gynecologic cancer survivors : a cohort study

Ana Francisca Vaz
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
85.87%
Objetivos: Investigar a frequência de eventos adversos antes e após a radioterapia, a proporção de mulheres sexualmente ativas, avaliar a qualidade de vida (QV) e identificar seus preditores em uma coorte de mulheres com câncer ginecológico. Métodos: Estudo de coorte prospectivo com 107 mulheres com câncer ginecológico (colo do útero ou endométrio), idade (21 a 75) anos, tratadas com radioterapia, 89 (teleterapia e braquiterapia) 10 (braquiterapia) 8 (teleterapia) no Hospital da Mulher Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti CAISM/UNICAMP. A QV foi avaliada através do questionário da Organização Mundial da Saúde - (WHOQOL-breve), antes da radioterapia (T0), 4 meses (T1), 1ano (T2) e 3 anos (T3) após o tratamento. Os eventos adversos após a radioterapia foram graduados de acordo com a escala Common Terminology Criteria Adverse Event (CTCAE) v 3.0. Os escores de QV foram avaliados através do teste de Wilcoxon pareado e os seus preditores identificados por meio de regressão linear. Utilizou-se o teste de McNemar para avaliar as diferenças entre as frequências de sintomas sexuais e da menopausa, e da proporção de mulheres sexualmente ativas após a radioterapia em relação à avaliação inicial. Resultados: A mediana da idade das participantes antes da radioterapia foi 60 anos. O domínio meio ambiente e a saúde geral eram os mais comprometidos antes da radioterapia. Dor (49...

Obesidade: principal fator de risco para hipertensão arterial sistêmica em adolescentes brasileiros participantes de um estudo de coorte

Moreira,Naiara Ferraz; Muraro,Ana Paula; Brito,Flávia dos Santos Barbosa; Gonçalves-Silva,Regina Maria Veras; Sichieri,Rosely; Ferreira,Márcia Gonçalves
Fonte: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Publicador: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
85.9%
OBJETIVO: Identificar a prevalência e os fatores associados à hipertensão arterial sistêmica (HAS) em adolescentes de uma coorte. SUJEITOS E MÉTODOS: Estudo transversal com 1.716 adolescentes, de 10 a 16 anos, participantes de um estudo de coorte. Os dados sociodemográficos, econômicos e de estilo de vida foram obtidos por meio de entrevista e os dados referentes ao nascimento e à infância foram obtidos na linha de base. Foram considerados hipertensos os adolescentes que apresentaram pressão arterial sistólica e/ou diastólica acima do percentil 95, segundo a classificação preconizada pelo Second Task Force High Blood Pressure in Children and Adolescents. O estado nutricional foi diagnosticado pelo índice de massa corporal (IMC), segundo o escore z. O perímetro da cintura foi medido ao nível da cintura natural. A associação da HAS com as variáveis explicativas foi estimada por regressão logística. RESULTADOS: Os entrevistados correspondem a 71,4% dos avaliados na linha de base, sendo 50,7% do sexo masculino. A prevalência global de HAS foi de 11,7%. Na análise ajustada para idade, sexo e cor de pele, a hipertensão arterial associou-se à obesidade [OR = 2,27; IC (95%) = 1,64-3,14], mas não ao perímetro da cintura...

Preditores do crescimento linear no primeiro ano de vida em uma coorte prospectiva de crianças a termo com peso adequado

Queiroz,Valterlinda A. de O.; Assis,Ana Marlúcia O.; Pinheiro,Sandra Maria C.; Ribeiro Junior,Hugo da C.
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
95.92%
OBJETIVO: Investigar covariáveis que possam interferir na variação da média do índice comprimento/idade em escore Z no primeiro ano de vida de crianças nascidas a termo com peso adequado. MÉTODOS: Trata-se de um estudo de coorte prospectivo, envolvendo pares de mães e crianças recrutadas nas maternidades públicas de dois municípios do estado da Bahia, entre março de 2005 e outubro de 2006. Neste estudo, apresentam-se os resultados para o crescimento linear de 489 crianças acompanhadas durante os primeiros 12 meses de vida. O modelo de efeitos mistos foi utilizado para explorar a influência de covariáveis na média do índice comprimento/idade em escore Z no primeiro ano de vida. RESULTADOS: Na análise múltipla de efeito misto, observou-se que ausência de coabitação materna com companheiro (β = 0,2347; p = 0,004) e maior tempo de aleitamento materno exclusivo (β = 0,0031; p < 0,001) contribuíram positivamente, enquanto a altura materna menor do que 150 cm (β = -0,4393; p < 0,001), peso ao nascer entre 2.500-2.999 g (β = -0,8084; p < 0,001) e a anemia na criança (β = -0,0875; p < 0,001) contribuíram de forma negativa na variação das estimativas do índice comprimento/idade em escore Z. CONCLUSÕES: Assim...

Mudança de atitudes dos estudantes durante o curso de medicina: um estudo de coorte

Miranda,Silvana Maria de; Pires,Maria Marlene de Souza; Nassar,Silvia Modesto; Silva,Carlos Alberto Justo da
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
95.8%
INTRODUÇÃO: Devido ao possível potencial preditivo das atitudes apresentadas pelos estudantes durante o curso de graduação em Medicina, o diagnóstico e o acompanhamento de aspectos atitudinais necessários ao exercício profissional poderiam propiciar mudanças no processo de formação da identidade profissional para efetivação de uma prática médica renovada. MÉTODO: Estudo de coorte, descritivo e quantitativo, por meio da aplicação, em dois momentos, de uma escala de atitudes (tipo Likert com alpha de Cronbach = 0,87), em que se analisam cinco aspectos (ambiência, conhecimento, crença, ética e social) segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina. Os sujeitos foram 202 estudantes de Medicina (52,85% mulheres e 47,15% homens), da primeira à oitava fase, com média de idade de 21,45 anos (Q inf: 21 e Q sup: 22,50); 91,50% provenientes da escola particular; 97,52% solteiros; de família de bom padrão de escolaridade e econômico; 91,54% da Região Sul, sendo 48,77% do próprio Estado; 86,63% não exerciam atividades extracurriculares; e 86,07% tinham como meta ingressar na residência médica após a graduação. RESULTADO: Identificados dois grupos, com provável homogeneidade de comportamento...

Seguranca alimentar, renda e Programa Bolsa Familia: estudo de coorte em municipios do interior da Paraiba, Brasil, 2005-2011

Cabral,Caroline Sousa; Lopes,Amanda Goncalves; Lopes,Johnnatas Mikael; Vianna,Rodrigo Pinheiro de Toledo
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
95.79%
Este trabalho tem por objetivo avaliar o impacto do Programa Bolsa Família na superação da Insegurança Alimentar. Realizou-se um estudo de coorte em 2005 e 2011, em amostra de famílias residentes em São José dos Ramos e Nova Floresta, Paraíba, Brasil. Em 2005 foram avaliados 609 domicílios e em 2011 foram encontradas e entrevistadas 406 famílias. Houve aumento da segurança alimentar/insegurança alimentar leve e melhoria nos indicadores socioeconômicos. Percebeu-se uma relação significativa entre a elevação da renda e a melhoria dos níveis de Insegurança Alimentar. O programa impacta positivamente no aumento da renda, propiciando melhorias dos níveis de segurança alimentar/insegurança alimentar leve. Percebeu-se que outras variáveis socioeconômicas podem estar contribuindo na melhoria deste perfil. Diante disso, no combate à insegurança alimentar e nutricional, são necessárias outras políticas e programas que ajam nos demais determinantes.

Avaliação do impacto de centros de lactação sobre padrões de amamentação, morbidade e situação nutricional: um estudo de coorte

Barros,Fernando C.; Semer,Tereza C.; Tonioli Filho,Santo; Victora,Cesar G.
Fonte: Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
85.84%
JUSTIFICATIVA: A OMS financiou a criação de centros de lactação em Guarujá, São Paulo, e solicitou uma avaliação de seu impacto sobre os padrões de amamentação, morbidade e situação nutricional infantis. OBJETIVOS: medir a prevalência de amamentação, a morbidade e a situação nutricional de um grupo de crianças, em que algumas haviam freqüentado centros de lactação e outras não. DELINEAMENTO: estudo de coorte desde o nascimento até os 6 meses de idade. RESULTADOS: Das 605 crianças recrutadas no período perinatal, 54% foram subseqüentemente levadas para consultar em centros de lactação. Este grupo foi amamentado exclusivamente em maior proporção do que aquele das crianças que não freqüentaram tais centros, aos 4 meses (43% e 18%, respectivamente) e aos 6 meses de idade (15% vs. 6%). Estas diferenças se mantiveram após o ajuste para variáveis de confundimento. Além disso, as crianças que freqüentaram os centros de lactação apresentaram menos diarréia nas duas semanas prévias ao estudo do que aquelas que não os freqüentaram (10% e 17%, respectivamente) e seu peso para a idade era mais apropriado - (médias de escorre z de 0.26 e 0.02, respectivamente). CONCLUSÕES: este não é um estudo aleatorizado...

Lesões nos jogadores de futebol profissional do Marília Atlético Clube: estudo de coorte histórico do campeonato brasileiro de 2003 a 2005

Palacio,Evandro Pereira; Candeloro,Bruno Moreira; Lopes,Aline de Almeida
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
95.83%
INTRODUÇÃO E OBJETIVOS: Vários autores têm investigado a incidência de lesões no futebol, poucos têm-se preocupado com o tempo de afastamento dos atletas ou com os prejuízos financeiros oriundos de tal situação. O objetivo deste estudo foi confrontar, através de um estudo de coorte histórico, o tempo total de afastamento de atletas lesionados com as variáveis: idade, posição dos jogadores e tipo de lesão. MÉTODOS: Foram analisados os jogadores de futebol profissional do Marília Atlético Clube que atuaram no Campeonato Brasileiro de Futebol - Série B, de 2003 a 2005. As informações foram coletadas através do acesso direto aos prontuários médicos e protocolo de coleta de dados, com um período de seguimento de 24 meses, sendo, posteriormente, realizada a análise estatística. RESULTADOS: A idade dos jogadores variou de 18 a 35 anos (24,5 ± 4,4); os jogadores mais freqüentemente lesionados foram: atacantes (36,8%), zagueiros (26,6%), meias (20%), laterais (10%) e goleiros (6,6%); as lesões mais comuns foram: musculares (46,8%), ligamentares (26,6%), ósseas (16,6%) e meniscais (10%); o tempo de afastamento nos atacantes variou de 10 a 240 dias (28 ± 78,3), nos zagueiros de 20 a 120 dias (26,5 ± 33,9), nos meias de 10 a 180 dias (18...

Aleitamento materno exclusivo : um estudo de intervenção randomizado na Zona da Mata Meridional de PernambucoAleitamento materno, Iniciativa Hospital Amigo da Criança, estudo de intervenção randomizado.

Bechara Coutinho, Sonia; Israel Cabral de Lira, Pedro (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.71%
Objetivos a) Avaliar as práticas da amamentação, em duas maternidades da cidade dos Palmares, Pernambuco, e comparar o perfil do aleitamento materno com os dados basais do estudo de coorte realizado na área, em 1998; b) Avaliar um programa de incentivo e apoio à amamentação, visando melhorar a prática do aleitamento materno exclusivo em quatro cidades da Zona da Mata Meridional de Pernambuco. Métodos a) Foram treinadas 90% das auxiliares de enfermagem e parteiras das duas instituições (A e B), no Curso de Manejo do Aleitamento Materno do UNICEF. Foram recrutadas e entrevistadas 350 mães, nas primeiras 48 horas e 10 dias após o parto, para avaliar as práticas da amamentação nas maternidades e o cumprimento do 4o ao 10o passo da Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC). Uma sub-amostra de 175 mães recebeu sete visitas domiciliares, para avaliar a prática do aleitamento, durante os seis primeiros meses de vida. b) Intervenção de base comunitária, randomizada, controlada para intervenção em aleitamento materno, através de visitas domiciliares. As 350 mães recrutadas foram divididas em: grupo controle (175), com cuidados convencionais de saúde e grupo de intervenção (175), que recebeu 10 visitas de mulheres da comunidade...

Sobrevida de portadores da coinfecção HIV/TB em Goiás: um estudo de coorte; Survival of patients with coinfection of HIV / TB in Goias: a cohort study

Souza, Christiane Moreira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Enfermagem (FEN); Faculdade de Enfermagem - FEN (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Enfermagem (FEN); Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
85.86%
The HIV/TB coinfection represents a challenge for public health, since this association has impacted both the epidemiology, natural history and clinical course of both diseases. The aim of this study was to analyze the survival of individuals coinfected with HIV and with Mtb in Goiás. This is a retrospective epidemiological cohort study (2003-2011) individuals with HIV infection who developed tuberculosis during the study period. Linkage was performed between the medical records of patients followed up at a referral hospital with database SINAN- TB and SIM Goiás. The cumulative probability of survival was calculated by Kaplan-Meier. Among coinfected patients, the mean age was 35.2 years; the majority were male (74.1%); with less than eight years of education (45.6%); unmarried (67.4%); black or brown (78.5%) and in the interior of Goiás (70.7%). The incidence of coinfection HIV/TB was 7.1%. Yet, coinfected showed 61.5% of the LT- counting CD4 <350 cells/mm3; underwent 83.0 % AFB and 42.2 % PPD. The extrapulmonary forms and mixed accounted for 76.7% of cases. Scheme I was mostly used to treat TB (86.3 %) and 67.4 % of coinfected initiated the use of ART. Death occurred in 36.7% of coinfected. Univariate analysis identified that have counts of the first LT - CD4 < 350 cells/mm3 was associated with the development of TB (OR: 2.93); death was double among patients with co-infection (OR: 2.07) and that males are more affected by TB (OR: 1.79). The analysis of cumulative survival identified that 4.0% of coinfected with TB while the diagnosis of HIV; the development of TB was higher for males (p < 0.001); individuals with count values LT - CD4 + ≤ 00 ce s/ mm3 had a higher probability of having TB (p < 0.001) and did not initiate ART within 24 months after the diagnosis of tuberculosis has contributed significantly to the increase in the rate of deaths (p < 0.001). It is necessary to develop joint policies aimed at reducing the clinical and epidemiological impact of a disease on the other...

Traumatismo dental em incisivos e necessidade de tratamento numa coorte de nascimentos aos 12 anos de idade

LIMA, F??bio Garcia
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Odontologia; Programa de P??s-Gradua????o em Odontologia; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Odontologia; Programa de P??s-Gradua????o em Odontologia; UFPel; BR
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
95.9%
Muitos estudos epidemiol??gicos t??m investigado o traumatismo dental em crian??as e seus fatores causais. G??nero, overjet e cobertura labial inadequada t??m sido classicamente associados, ao passo que atividade f??sica, obesidade e condi????es socioecon??micas ainda s??o quest??es controversas. No entanto, s??o raros os trabalhos que levem em considera????o dados longitudinais prospectivos. Este estudo de coorte de nascimentos prospectiva investigou uma amostra de 359 crian??as em quatro momentos diferentes: ao nascimento, aos quatro, aos seis e aos 12 anos de idade, e objetivou estudar a rela????o entre as exposi????es ao longo do ciclo vital com o traumatismo dos incisivos permanentes aos 12 anos de idade. Estas crian??as foram examinadas quanto ao traumatismo dental (??ndice de O Brien), situa????o oclusal e quanto ao sobrepeso (??ndice da OMS), e entrevistadas, bem como seus respons??veis, para obten????o dos dados referentes a g??nero e atividade f??sica. No acompanhamento dos 12 anos, 18 crian??as n??o foram encontradas (5,01%) e em quatro n??o foi poss??vel executar o exame (1,11%).Traumatismo dental foi detectado em 55 crian??as (16,3% [IC95%=12,4-20,3]), com 67 incisivos acometidos, predominantemente com fratura de esmalte...

Estudo de Coorte

Pellanda, Lucia
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.89%
Vídeo aula narrado sobre Estudo de Coorte

Estudo de Coorte - Exemplificação

Stein, Airton
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.9%
Exemplo e demonstração das vantagens e desvantagens do Estudo de Coorte.

Estudo de campo para avaliação da efetividade de vacinação e de uso de coleiras impregnadas com inseticidas para o controle da leishmaniose visceral canina; Field study to evaluate the effectiveness of vaccination and insecticides impregnated collars to control canine visceral leishmaniasis

Lopes, Estela Gallucci
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
95.85%
As leishmanioses e particularmente a leishmaniose visceral (LV) são doenças transmitidas por vetores artrópodes candidatas a experimentar uma grande expansão territorial em virtude de problemas relacionados ao aquecimento global. Este evento climático deverá causar grande impacto sobre a distribuição geográfica do artrópode transmissor no Brasil e no mundo. Com efeito, nos últimos 20 anos a situação epidemiológica da LV no Brasil vem se modificando de um padrão esporádico prevalente eminentemente em áreas rurais para uma condição de epidemias peri-urbanas que pode afetar todos os estratos sociais da população, tornando-se uma séria ameaça à saúde pública. As leishmanioses são consideradas até o momento doenças não preveníveis e seu padrão epidemiológico vêm se alterando de forma flagrante, o que demanda urgência para o desenvolvimento de novas ferramentas de controle e tratamento. Dentre as diversas questões levantadas sobre as demandas em pesquisa relacionadas ao controle desta enfermidade, destaca-se a importância de avanços em estudos de epidemiologia quantitativa e modelagem matemática que permitam prever efeitos de vacinações de populações empregando-se imunógenos com eficácia e/ou cobertura vacinal menor que 100%...

Advantages of a cohort study on cardiac arrest conducted by nurses; Ventajas del estudio de cohorte llevado a cabo por enfermeros en paro cardiorrespiratorio; Vantagens do estudo de coorte realizado por enfermeiros em parada cardiorrespiratória

Campanharo, Cássia Regina Vancini; Vancini, Rodrigo Luiz; Lopes, Maria Carolina Barbosa Teixeira; Okuno, Meiry Fernanda Pinto; Batista, Ruth Ester Assayag; Atallah, Álvaro Nagib; Góis, Aécio Flávio Teixeira de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2015 ENG; POR
Relevância na Pesquisa
85.87%
OBJETIVOIdentificar fatores associados à sobrevida após parada cardiorrespiratória.MÉTODORelato de experiência sobre a realização de estudo de coorte em um hospital universitário, cuja amostra consecutiva foi composta por 285 pacientes. Os dados foram coletados durante um ano por enfermeiras treinadas. A estratégia de treinamento foi a aula expositiva dialogada. O monitoramento da coleta foi realizado pelos enfermeiros por ligações telefônicas, visitas ao pronto-socorro e busca nos prontuários. O estado neurológico dos sobreviventes foi avaliado na alta, após seis meses e um ano.RESULTADOSDos 285 pacientes, 16 sobreviveram à alta e 13 permaneceram vivos após um ano, sendo possível identificar fatores associados à sobrevivência. Não houve perdas no seguimento.CONCLUSÃOEstudos de coorte auxiliam na identificação dos riscos e desfechos de doenças. Na parada cardiorrespiratória podem subsidiar políticas públicas, incentivar pesquisas futuras e programas de treinamento em ressuscitação cardiopulmonar, melhorando o prognóstico dos pacientes.; OBJETIVOIdentificar los factores asociados con la supervivencia luego de paro cardiorrespiratorio.MÉTODORelato de experiencia acerca de la realización de estudio de cohorte en un hospital universitario...

Estudo de Bambuí sobre saúde e envelhecimento: metodologia e resultados preliminares de coorte de estudo de idosos no Brasil; The Bambuí health and ageing study (BHAS): methodological approach and preliminary results of a population-based cohort study of the elderly in Brazil

Costa, Maria Fernanda F Lima e; Uchoa, Elizabeth; Guerra, Henrique L; Firmo, Josélia OA; Vidigal, Pedro G; Barreto, Sandhi M
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2000 ENG
Relevância na Pesquisa
95.99%
OBJETIVO: Um estudo de coorte está sendo desenvolvido para identificar fatores preditores de eventos adversos à saúde em idosos. São apresentados a metodologia do estudo e os resultados descritivos preliminares. MÉTODOS: A população estudada é constituída por todos os residentes na cidade de Bambuí, Minas Gerais, com 60 ou mais anos de idade (n=1.742). Destes, 92,2% foram entrevistados e 85,9% foram submetidos a exames hematológicos e bioquímicos, sorologia para Trypanosoma cruzi , medidas antropométricas e de pressão arterial e eletrocardiograma. Alíquotas de soro, plasma e DNA foram estocadas para futuras investigações. A entrevista da linha de base do estudo incluiu: características sociodemográficas, percepção da saúde e morbidade auto-referida, uso de medicamentos, acesso a serviços de saúde e a planos de saúde, atividades físicas, uso de fumo e de álcool, hábitos alimentares, história reprodutiva, função física, eventos da vida, recursos sociais e saúde mental. Os participantes estão sendo acompanhados anualmente. RESULTADOS: As seguintes características predominaram entre os participantes: mulheres (60%), casados (48,9%) ou viúvos (35,4%), residentes em domicílios com até 2 pessoas (73,8%)...

Seguranca alimentar, renda e Programa Bolsa Familia: estudo de coorte em municipios do interior da Paraiba, Brasil, 2005-2011

Cabral,Caroline Sousa; Lopes,Amanda Goncalves; Lopes,Johnnatas Mikael; Vianna,Rodrigo Pinheiro de Toledo
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
95.79%
Este trabalho tem por objetivo avaliar o impacto do Programa Bolsa Família na superação da Insegurança Alimentar. Realizou-se um estudo de coorte em 2005 e 2011, em amostra de famílias residentes em São José dos Ramos e Nova Floresta, Paraíba, Brasil. Em 2005 foram avaliados 609 domicílios e em 2011 foram encontradas e entrevistadas 406 famílias. Houve aumento da segurança alimentar/insegurança alimentar leve e melhoria nos indicadores socioeconômicos. Percebeu-se uma relação significativa entre a elevação da renda e a melhoria dos níveis de Insegurança Alimentar. O programa impacta positivamente no aumento da renda, propiciando melhorias dos níveis de segurança alimentar/insegurança alimentar leve. Percebeu-se que outras variáveis socioeconômicas podem estar contribuindo na melhoria deste perfil. Diante disso, no combate à insegurança alimentar e nutricional, são necessárias outras políticas e programas que ajam nos demais determinantes.

Avaliação do impacto de centros de lactação sobre padrões de amamentação, morbidade e situação nutricional: um estudo de coorte

Barros,Fernando C.; Semer,Tereza C.; Tonioli Filho,Santo; Victora,Cesar G.
Fonte: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
85.84%
JUSTIFICATIVA: A OMS financiou a criação de centros de lactação em Guarujá, São Paulo, e solicitou uma avaliação de seu impacto sobre os padrões de amamentação, morbidade e situação nutricional infantis. OBJETIVOS: medir a prevalência de amamentação, a morbidade e a situação nutricional de um grupo de crianças, em que algumas haviam freqüentado centros de lactação e outras não. DELINEAMENTO: estudo de coorte desde o nascimento até os 6 meses de idade. RESULTADOS: Das 605 crianças recrutadas no período perinatal, 54% foram subseqüentemente levadas para consultar em centros de lactação. Este grupo foi amamentado exclusivamente em maior proporção do que aquele das crianças que não freqüentaram tais centros, aos 4 meses (43% e 18%, respectivamente) e aos 6 meses de idade (15% vs. 6%). Estas diferenças se mantiveram após o ajuste para variáveis de confundimento. Além disso, as crianças que freqüentaram os centros de lactação apresentaram menos diarréia nas duas semanas prévias ao estudo do que aquelas que não os freqüentaram (10% e 17%, respectivamente) e seu peso para a idade era mais apropriado - (médias de escorre z de 0.26 e 0.02, respectivamente). CONCLUSÕES: este não é um estudo aleatorizado...