Página 1 dos resultados de 1879 itens digitais encontrados em 0.064 segundos

Uso de álcool e espiritualidade entre estudantes de enfermagem; Alcohol use and spirituality among nursing students; Uso de alcohol y espiritualidad entre estudiantes de enfermería

PILLON, Sandra Cristina; SANTOS, Manoel Antônio dos; GONÇALVES, Angélica Martins de Souza; ARAÚJO, Keila Maria de
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
136.06%
O objetivo deste estudo transversal foi investigar o uso de álcool e níveis de espiritualidade entre estudantes de Enfermagem. Aplicou-se o Teste de Identificação do Uso do Álcool e a Escala de Espiritualidade. Participaram 191 (80,2%) estudantes do curso de Enfermagem de uma cidade do interior de Minas Gerais, sendo 75,4% do sexo feminino, idade média 25 anos, 149 (78%) de religião católica. Quanto ao uso de álcool por sexo, 117 (75%) mulheres faziam uso de bebida alcoólica e 33 (56,9%) bebiam em nível problemático (p?0,05), contra 25 homens (43,1%). Foi encontrada uma pontuação baixa dos níveis de espiritualidade na amostra: em média, mulheres apresentaram escore menor em comparação aos homens (12,7 vs 13,5). Na comparação entre níveis de espiritualidade e beber problemático, observou-se que estudantes com uso de baixo risco apresentaram menores níveis de espiritualidade. Concluiu-se que a espiritualidade pode não funcionar como fator protetor para uso do álcool, sugerindo que esse comportamento pode estar sob o controle de outras variáveis.; The purpose of this cross-sectional study was to investigate alcohol use and the levels of spirituality among nursing students. The tests used were the Alcohol Use Disorders Identification Test and the Spirituality Scale. Participants were 191 (80.2%) nursing undergraduates from a city in the state of Minas Gerais...

Conocimientos de estudiantes de enfermería sobre alcohol y drogas; Conhecimentos de estudantes de enfermagem sobre álcool e drogas; Nursing students’ knowledge about alcohol and drugs

VARGAS VILELA, Miriam; VENTURA, Carla Aparecida Arena; SILVA, Edilaine Cristina da
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
126.05%
Los objetivos de la presente investigación fueron verificar el conocimiento de los estudiantes de enfermería sobre el uso de alcohol y otras drogas, en especial lo relacionado a drogadicción, tolerancia, abstinencia e intoxicación; conocer las razones que los estudiantes atribuyen a la drogadicción y al inicio del uso de alcohol y otras drogas; y, el interés personal hacia el problema del consumo de drogas. Se utilizó un diseño exploratorio y descriptivo; la muestra estuvo compuesta por 44 estudiantes; se usó un cuestionario semiestructurado, construido por los investigadores con base en los objetivos propuestos, conteniendo preguntas abiertas y preguntas cerradas, totalizando 24 preguntas. Fueron seguidos los procedimientos éticos y los datos fueron sometidos a un análisis estadístico descriptivo. Se evidenció que el conocimiento de los estudiantes es todavía limitado, la comprensión, sobre las razones de los pacientes el uso y la dependencia, se mostraron incompletas, también se constató que el interés por la temática está presente.; O objetivo da presente pesquisa foi verificar o conhecimento de estudantes de enfermagem sobre o uso de álcool e outras drogas, em especial a drogodependência, tolerância, abstinência e intoxicação; as razões que os estudantes atribuem à drogodependência e ao início do uso de álcool e outras drogas e o interesse pessoal na problemática do consumo de drogas. Utilizou-se um desenho descritivo-exploratório; amostra composta por 44 estudantes; um questionário semiestruturado...

Morte e morrer: sentimentos e condutas de estudantes de enfermagem; Death and dying: feelings and behaviors of nursing students; Muerte y morir: sentimientos y conductas de estudiantes de enfermería

VARGAS, Divane de
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
136.07%
OBJETIVO: Identificar as condutas e os sentimentos de estudantes de enfermagem frente a uma situação hipotética, envolvendo a morte e o morrer. MÉTODOS: Estudo exploratório qualitativo com dados coletados por meio de um questionário autoaplicável em amostra de 51 estudantes de enfermagem de uma faculdade privada do Norte do Estado de São Paulo e submetidos à análise temática de conteúdo. RESULTADOS: Esses estudantes de enfermagem não estão preparados para lidar com situações que envolvem a morte e o morrer e tendem a negar a situação, apresentando condutas inadequadas frente ao paciente com morte iminente. Os sentimentos que mais emergiram nesses sujeitos frente à morte foram a perda e o medo. CONCLUSÃO: Há necessidade de que maior atenção seja dada à temática durante a formação dos enfermeiros com vistas a prepará-los para o enfrentamento das situações que envolvem a morte e o morrer no cotidiano das práticas curriculares.; OBJECTIVE: Identify behaviors and feelings of nursing students in an hypothetical situation, involving death and dying. METHODS: Exploratory and qualitative study with data collected through a self-administered questionnaire in a sample of 51 nursing students at a private school in the north area of Sao Paulo state; it was conducted a thematic analysis of content. RESULTS: The student nurses were not prepared to deal with situations that involve death and dying; the students tend to deny the situation...

Eficácia da auriculoterapia na redução de ansiedade em estudantes de enfermagem; Auriculotherapy effectiveness in the reduction of anxiety in nursing students; Eficacia de la auriculoterapia en la reducción de ansiedad en estudiantes de enfermeira

Prado, Juliana Miyuki do; Kurebayashi, Leonice Fumiko Sato; Silva, Maria Júlia Paes da
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
126.05%
Este Ensaio Clínico Randomizado simples-cego verificou níveis de ansiedade dos estudantes de Enfermagem de nível médio da Escola de Enfermagem São Joaquim, do Hospital Beneficência Portuguesa, e a eficácia da auriculoterapia na redução desses níveis. Foi aplicado o Inventário de Ansiedade Traço-Estado no início, após 8 e 12 sessões e no follow-up (quinze dias). A amostra foi composta por 71 indivíduos divididos em três grupos: Controle sem intervenção (25), Auriculoterapia (24), e Placebo (22). Resultados: Na análise de variância (ANOVA) houve diferença estatisticamente significativa pelo Post Hoc entre os grupos controle/auriculoterapia na segunda (p=0.000), terceira (p=0.012) e quarta avaliações (p=0.005); e entre grupos placebo/controle, somente na 2ª avaliação (p=0.003). A auriculoterapia com os pontos Shenmen e Tronco Cerebral foi mais eficaz para a diminuição dos níveis de ansiedade em estudantes de Enfermagem (20,97%), em comparação com os pontos sham (13,74%), porém, estudos com amostragem mais representativa se fazem necessários.

Reflexões de estudantes de enfermagem sobre morte e o morrer

Brêtas,José Roberto da Silva; Oliveira,José Rodrigo de; Yamaguti,Lie
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
126.05%
Trata-se da apresentação da primeira fase de uma pesquisa sobre as representações de estudantes de enfermagem sobre a morte e o morrer. A mesma tem caráter exploratório e foi realizada junto a estudantes do primeiro ano do curso de graduação em Enfermagem da Universidade Federal de São Paulo. Teve por objetivos conhecer as impressões dos estudantes acerca do assunto "morte e o morrer" e subsidiar a segunda fase da pesquisa. Foi realizada por meio de uma dinâmica com uma questão norteadora, junto ao programa da disciplina curricular Psicologia Aplicada à Saúde. Para interpretação dos dados foi utilizado o método da Análise de Conteúdo, obtendo as seguintes categorias: medo da morte; conceitos; atitude diante da morte e o morrer; crença enquanto elemento interveniente.

Uso de álcool e espiritualidade entre estudantes de enfermagem

Pillon,Sandra Cristina; Santos,Manoel Antônio dos; Gonçalves,Angélica Martins de Souza; Araújo,Keila Maria de
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
126.06%
O objetivo deste estudo transversal foi investigar o uso de álcool e níveis de espiritualidade entre estudantes de Enfermagem. Aplicou-se o Teste de Identificação do Uso do Álcool e a Escala de Espiritualidade. Participaram 191 (80,2%) estudantes do curso de Enfermagem de uma cidade do interior de Minas Gerais, sendo 75,4% do sexo feminino, idade média 25 anos, 149 (78%) de religião católica. Quanto ao uso de álcool por sexo, 117 (75%) mulheres faziam uso de bebida alcoólica e 33 (56,9%) bebiam em nível problemático (p?0,05), contra 25 homens (43,1%). Foi encontrada uma pontuação baixa dos níveis de espiritualidade na amostra: em média, mulheres apresentaram escore menor em comparação aos homens (12,7 vs 13,5). Na comparação entre níveis de espiritualidade e beber problemático, observou-se que estudantes com uso de baixo risco apresentaram menores níveis de espiritualidade. Concluiu-se que a espiritualidade pode não funcionar como fator protetor para uso do álcool, sugerindo que esse comportamento pode estar sob o controle de outras variáveis.

Cuidar de dependentes de substancias psicoativas: percepcoes dos estudantes de enfermagem

Rocha,Fernanda Mota; Vargas,Divane de; Oliveira,Marcia Aparecida Ferreira de; Bittencourt,Marina Nolli
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
126.07%
Estudo exploratório de abordagem qualitativa cujo objetivo foi conhecer as percepções de estudantes de enfermagem frente ao cuidado do dependente químico. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com 17 estudantes de enfermagem de uma universidade pública da cidade de São Paulo, que desenvolveram estágio em serviços especializados no uso de álcool e drogas, no período de 2007 e 2009.Utilizou-se a técnica de análise de conteúdo e a avaliação das falas permitiu evidenciar que o cuidar do dependente químico foi considerado interessante, porém difícil e desgastante. Como pontos positivos, os estudantes apontaram a discussão sobre a teoria e a vivência, o que possibilitou a transformação das concepções vinculadas a um modelo moral para outras, pautadas em modelos técnicos, científicos e éticos. Concluiu-se que essa estratégia de ensino pode contribuir para a mudança das percepções dos enfermeiros frente a esses pacientes.

Morte e morrer: sentimentos e condutas de estudantes de enfermagem

Vargas,Divane de
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
126.07%
OBJETIVO: Identificar as condutas e os sentimentos de estudantes de enfermagem frente a uma situação hipotética, envolvendo a morte e o morrer. MÉTODOS: Estudo exploratório qualitativo com dados coletados por meio de um questionário autoaplicável em amostra de 51 estudantes de enfermagem de uma faculdade privada do Norte do Estado de São Paulo e submetidos à análise temática de conteúdo. RESULTADOS: Esses estudantes de enfermagem não estão preparados para lidar com situações que envolvem a morte e o morrer e tendem a negar a situação, apresentando condutas inadequadas frente ao paciente com morte iminente. Os sentimentos que mais emergiram nesses sujeitos frente à morte foram a perda e o medo. CONCLUSÃO: Há necessidade de que maior atenção seja dada à temática durante a formação dos enfermeiros com vistas a prepará-los para o enfrentamento das situações que envolvem a morte e o morrer no cotidiano das práticas curriculares.

Atitudes de estudantes de enfermagem frente questões relacionadas ao álcool, alcoolismo e alcoolista

Vargas,Divane de
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
126.06%
OBJETIVO: Examinar as atitudes de uma amostra de estudantes de enfermagem frente ao álcool, alcoolismo e alcoolista. MÉTODOS: Estudo exploratório realizado com 144 estudantes do último ano de graduação em enfermagem de duas escolas do setor privado da cidade de Ribeirão Preto - SP. Para a coleta de dados, utilizou-se a Escala de atitudes frente álcool, alcoolismo e alcoolista. RESULTADOS: as atitudes frente ao alcoolista foram mais negativas do que aquelas que vêm sendo reportadas na literatura. A maioria dos participantes considerou o alcoolista culpado por seus problemas de saúde e preferiu não trabalhar com esse tipo de paciente. CONCLUSÃO: As atitudes dos estudantes frente às questões relacionadas ao álcool e alcoolismo tendem à ambivalência e à negatividade, o que pode ser atribuído à falta de preparo recebida durante a graduação. Apesar das recomendações feitas pelos especialistas no País pouco tem sido investido na formação do enfermeiro em álcool e outras drogas sobretudo nas escolas privadas.

Consumo de bebidas alcóolicas entre estudantes de enfermagem

Pires,Cláudia Geovana da Silva; Mussi,Fernanda Carneiro; Souza,Raisa Correia de; Silva,Diorlene Oliveira da; Santos,Carlos Antonio de Souza Teles
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
126.09%
Objetivo Comparar o consumo de bebida alcóolica entre estudantes de Enfermagem ingressantes e concluintes do curso.Métodos Estudo transversal, com 154 estudantes de enfermagem. O instrumento de pesquisa foi um questionário com dados sociodemográficos e da vida acadêmica, e o Alcohol Use Disorders Identification Test (AUDIT). Na análise dos dados, empregaram-se estatísticas descritivas, teste Qui-quadrado de Pearson, exato de Fischer e de tendência linear. Adotou-se significância estatística de 5%.Resultados Predominaram mulheres, na faixa etária de 20 a 24 anos, solteiros, da raça negra e classe socioeconômica C. Consumiam bebida alcoólica 57,1% da amostra. Constatou-se maior frequência de consumo e de doses de bebida alcoólica para estudantes concluintes e maior proporção destes nas Zonas AUDIT II, III e IV. Não houve diferença estatisticamente significante na análise entre zonas e ano em curso.Conclusão Estudantes concluintes apresentaram maior consumo prejudicial de bebidas alcoólicas.

Competências relacionais: que necessidades dos estudantes de enfermagem

Lopes, Rosa Cristina Correia; Azeredo, Zaida de Aguiar
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Outros
Publicado em 22/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
126.19%
Introdução: As competências relacionais e a relação interpessoal são consideradas como o pilar do cuidado em enfermagem e reconhecidas como a competência diferenciadora de um cuidado de enfermagem de excelência. Objetivos: Pretende-se identificar as necessidades manifestadas pelos estudantes de enfermagem na área das competências relacionais. Metodologia: Desenvolveu-se um estudo qualitativo com características exploratório-descritivas, com amostra aleatória de 62 estudantes do 2º ano do Curso de Licenciatura em Enfermagem (escola da região centro de Portugal). Considerou-se como critério de seleção a inexistência de realização de Ensino Clínico. Recolha de dados através da Ficha de Avaliação de Necessidades Relacionais e realizada análise de conteúdo dos dados. Resultados: Os estudantes consideram competências essenciais para a qualidade do Cuidar em Enfermagem, competência profissional (maior valorização do saber fazer, muito à custa da sobrevalorização das técnicas e procedimentos, em detrimento da subcategoria saber, especialmente do conhecimento científico) e competência pessoal e social. Para ser um bom enfermeiro consideram essencial a competência comunicacional, autoestima e assertividade. Conclusões: Os resultados emergentes permitem concluir que...

Competências relacionais: que necessidades dos estudantes de enfermagem

Lopes, Rosa Cristina Correia; Azeredo, Zaida de Aguiar
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 22/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
126.19%
Introdução: As competências relacionais e a relação interpessoal são consideradas como o pilar do cuidado em enfermagem e reconhecidas como a competência diferenciadora de um cuidado de enfermagem de excelência. Objetivos: Pretende-se identificar as necessidades manifestadas pelos estudantes de enfermagem na área das competências relacionais. Metodologia: Desenvolveu-se um estudo qualitativo com características exploratório-descritivas, com amostra aleatória de 62 estudantes do 2º ano do Curso de Licenciatura em Enfermagem (escola da região centro de Portugal). Considerou-se como critério de seleção a inexistência de realização de Ensino Clínico. Recolha de dados através da Ficha de Avaliação de Necessidades Relacionais e realizada análise de conteúdo dos dados. Resultados: Os estudantes consideram competências essenciais para a qualidade do Cuidar em Enfermagem, competência profissional (maior valorização do saber fazer, muito à custa da sobrevalorização das técnicas e procedimentos, em detrimento da subcategoria saber, especialmente do conhecimento científico) e competência pessoal e social. Para ser um bom enfermeiro consideram essencial a competência comunicacional, autoestima e assertividade. Conclusões: Os resultados emergentes permitem concluir que...

Construção e validação de instrumento para Avaliação de Estresse em Estudantes de Enfermagem (AEEE); Construction and validation of an instrument for the assessment of stress among nursing students; Construcción y validación de instrumento para evaluación de estrés en estudiantes de enfermería

COSTA, Ana Lucia Siqueira; POLAK, Catarina
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
126.07%
O estresse tem sido evidenciado de maneira significativa entre os estudantes de Enfermagem. Este artigo descreve uma pesquisa quantitativa, de desenvolvimento metodológico que teve como objetivo construir e validar um instrumento para avaliar os fatores de estresse em estudantes de enfermagem. A construção dos itens baseou-se no modelo de Pasquali e o referencial teórico de estresse foi o de Lazarus e Folkman. O instrumento ficou composto por 30 itens, agrupados em seis domínios: Realização das atividades práticas; Comunicação profissional; Gerenciamento do tempo; Ambiente; Formação profissional; Atividade teórica. A análise fatorial confirmou o modelo conceitual e os domínios propostos. A consistência interna dos domínios estimada pelo alfa de Cronbach variou de 0,71 a 0,87. Foram criados 4 pontos de corte para os escores de cada domínio. O instrumento poderá ser utilizado para avaliar a intensidade dos fatores de estresse entre os estudantes de enfermagem.; Stress is increasingly evident among nursing students. This article reports a quantitative methodological development research that aimed to construct and validate an instrument to assess the stress factors among nursing students. The construction of the instrument followed the Pasquali's model and the stress theoretical framework of Lazarus and Folkman. The instrument was composed of 30 items grouped into six domains: Performance of practical activities; Professional communication; Time management; Environment; Professional education; and Theoretical activities. The factor analysis confirmed that the conceptual model was acceptable and adjusted. The internal consistency of the domains estimated by Cronbach's alpha ranged from 0.71 to 0.87. Four cutoff points have been established for each domain. The instrument can be used to evaluate the intensity of the most frequent stress factors among these students.; El estrés ha sido evidenciado de manera significativa entre los estudiantes de Enfermería. Este artículo describe una investigación cuantitativa...

Consumo de drogas lícitas en estudiantes de enfermería de una universidad privada en Bogotá, Colombia; Consumo de drogas lícitas entre estudantes de enfermagem de uma universidade privada em Bogotá, Colômbia; Licit drugs consumption among nursing students at a private university in Bogotá, Colombia

LÓPEZ-MALDONADO, Marta Cecília; LUIS, Margarita Antonia Villar; GHERARDI-DONATO, Edilaine Cristina da Silva
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
126.08%
Se realizó un estudio de corte transversal con el fin de establecer el consumo de sustancias psicoactivas licitas en una muestra de 237 estudiantes de la carrera de enfermería de una Universidad privada de la ciudad de Bogotá, Colombia y relacionarla con las variables independientes del estudio: edad, sexo, estado civil, semestre, número de hijos, trabajo, convivencia. Se construyo un cuestionario para obtener información básica sobre: edad, género, estado civil, número de hijos, trabajo y convivencia. Se utilizó el cuestionario de Tolerancia de Fagerström que utiliza una escala de puntuación leve, media y alta, para evaluar la gravedad de la dependencia a la nicotina y el AUDIT versión para autoaplicación con una escala de puntuación que representa un grado bajo, medio y alto de dependencia del alcohol. Se garantizó la confidencialidad mediante el autodiligenciamiento de encuesta anónima. Se realizó un análisis de frecuencia y porcentaje simples. Como relevante en esta población se encontró que el consumo de tabaco es de 24% y el de alcohol de 82%. El nivel de dependencia encontrado para tabaco fue 5 (8,5%) estudiantes con dependencia leve, 42 (72%) con dependencia media y 12 (20%) con alta dependencia. Al relacionar consumo de tabaco y consumo de alcohol se encontró que el 98% de los estudiantes que fumaban consumían alcohol. Se encontró que es más alto el porcentaje de estudiantes que nunca beben en el grupo de no fumadores (23%) que en el de fumadores (1.72%).; Estudo de coorte transversal que objetivou estabelecer o consumo de substâncias psicoativas lícitas...

Experiencias y significados sobre el fenómeno de las drogas en estudiantes de enfermería; Experiências e significados sobre o fenômeno das drogas entre estudantes de enfermagem; Experiences and meanings of the drugs phenomenon in nursing students

MEZA-BENAVIDES, María de los Ángeles; FUREGATO, Antonia Regina Ferreira
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
136%
Este estudio procuró identificar los significados y experiencias de estudiantes de enfermería sobre el fenómeno de las drogas. La recolección de la información se hizo mediante entrevista semi-estructurada. El análisis se realizó mediante 5 categorías temáticas. De los 40 sujetos de la muestra, con edad entre 19 y 24 años, 28 fueron mujeres, 3 nunca recibieron informaciones sobre drogas, y la mayoría había tenido experiencias con consumidores o habían consumido. Este problema, en Costa Rica, está asociado a la estigmatización y al tráfico. Reconocen que la responsabilidad es de todos, mientras identifiquen contradicción del Estado consintiendo la publicidad de las empresas tabacaleras y su complicidad con fábricas de licores. Reconocen la importancia de la prevención y consideran que la forma de abordar el problema no es adecuada. Les gustaría que el tema se incorporara en sus estudios enseñando estrategias de cómo actuar y relacionarse con las personas que consumen drogas.; Este estudo procurou identificar significados e experiências de estudantes de enfermagem sobre o fenômeno das drogas. Utilizou-se entrevista semiestruturada para a coleta dos dados. A análise considerou cinco categorias temáticas. Dos 40 sujeitos da amostra...

Nursing students' perception regarding predicting factors of drugs use; Percepción de las estudiantes de enfermería sobre los predictores del uso de drogas; Percepção de estudantes de enfermagem sobre os preditores do uso de drogas

ABARCA, Alfonsyna Montoya de; PILLON, Sandra Cristina
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
136%
The study on the perception of 264 (33.2%) nursing students from the Professionalization and Regular groups regarding predicting factors of drugs consumption shows these students consume alcohol and tobacco and view alcohol as a leading factor in the consumption of drugs. The Professionalization group consumes tranquilizers and stimulants at a higher rate than the Regular group. The Professionalization students argue that they have to deal with an excessive personal load: career, job, family and stress. According to them, these factors motivate the consumption of tranquilizers and stimulants. The Professionalization group views the family and religion as protective factors; friends and school, on the other hand, are considered risk factors. Both groups consider drug users as amoral and addicts. The present study provides indicators that can support real actions aimed at improving the education of nursing personnel.; Al estudiar la percepción de 264 (33.2%) estudiantes de enfermería del grupo de Profesionalización y del grupo Regular sobre los factores que predicen el consumo de drogas entre estudiantes, se evidencia que éstos consumen alcohol y tabaco y perciben el alcohol como una propensión al consumo de drogas; el grupo de Profesionalización consume...

Uso de álcool e espiritualidade entre estudantes de enfermagem; Uso de alcohol y espiritualidad entre estudiantes de enfermería; Alcohol use and spirituality among nursing students

Pillon, Sandra Cristina; Santos, Manoel Antônio dos; Gonçalves, Angélica Martins de Souza; Araújo, Keila Maria de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/03/2011 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
126.06%
O objetivo deste estudo transversal foi investigar o uso de álcool e níveis de espiritualidade entre estudantes de Enfermagem. Aplicou-se o Teste de Identificação do Uso do Álcool e a Escala de Espiritualidade. Participaram 191 (80,2%) estudantes do curso de Enfermagem de uma cidade do interior de Minas Gerais, sendo 75,4% do sexo feminino, idade média 25 anos, 149 (78%) de religião católica. Quanto ao uso de álcool por sexo, 117 (75%) mulheres faziam uso de bebida alcoólica e 33 (56,9%) bebiam em nível problemático (p?0,05), contra 25 homens (43,1%). Foi encontrada uma pontuação baixa dos níveis de espiritualidade na amostra: em média, mulheres apresentaram escore menor em comparação aos homens (12,7 vs 13,5). Na comparação entre níveis de espiritualidade e beber problemático, observou-se que estudantes com uso de baixo risco apresentaram menores níveis de espiritualidade. Concluiu-se que a espiritualidade pode não funcionar como fator protetor para uso do álcool, sugerindo que esse comportamento pode estar sob o controle de outras variáveis.; El objetivo de este estudio transversal fue investigar el uso de alcohol y niveles de espiritualidad entre estudiantes de Enfermería. Fueron aplicados el Test de Identificación del Uso de Alcohol y la Escala de Espiritualidad. Participaron 191 (80...

Reflexões de estudantes de enfermagem sobre morte e o morrer; Reflexiones de los estudiantes de enfermería sobre la muerte y el morir; Nursing Students' reflections on death and dying

Brêtas, José Roberto da Silva; Oliveira, José Rodrigo de; Yamaguti, Lie
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2006 POR
Relevância na Pesquisa
126.06%
Trata-se da apresentação da primeira fase de uma pesquisa sobre as representações de estudantes de enfermagem sobre a morte e o morrer. A mesma tem caráter exploratório e foi realizada junto a estudantes do primeiro ano do curso de graduação em Enfermagem da Universidade Federal de São Paulo. Teve por objetivos conhecer as impressões dos estudantes acerca do assunto "morte e o morrer" e subsidiar a segunda fase da pesquisa. Foi realizada por meio de uma dinâmica com uma questão norteadora, junto ao programa da disciplina curricular Psicologia Aplicada à Saúde. Para interpretação dos dados foi utilizado o método da Análise de Conteúdo, obtendo as seguintes categorias: medo da morte; conceitos; atitude diante da morte e o morrer; crença enquanto elemento interveniente.; Se trata de la presentación de la primera fase de una investigación sobre las representaciones de estudiantes de enfermería respecto a la muerte y al morir. La misma tiene carácter exploratorio y fue realizada con estudiantes del primer año del pregrado en Enfermería de la Universidad Federal de São Paulo. Tuvo por objetivos conocer las impresiones de los estudiantes acerca del asunto "muerte y morir" y subsidiar la segunda fase de la investigación. Fue realizada por medio de una dinámica con una pregunta orientadora...

Competências relacionais: necessidades sentidas pelos estudantes de enfermagem; Habilidades relacionales: necesidades sentidas por los estudiantes de enfermería; Relational skills: needs experienced by nursing students

Lopes, Rosa Cristina Correia; Azeredo, Zaida de Aguiar Sá; Rodrigues, Rogério Manuel Clemente
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2012 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
126.12%
OBJETIVO: identificar as necessidades manifestadas pelos estudantes de enfermagem na área das competências relacionais. MÉTODO: estudo, qualitativo com características exploratório-descritivas, a amostra aleatória incluiu 62 estudantes do 2º ano do Curso de Licenciatura em Enfermagem (Escola da Região Centro de Portugal). Considerou-se como critério de selecção a inexistência de realização de Ensino Clínico. Coleta de dados realizada por meio da Ficha de Avaliação de Necessidades Relacionais com análise de conteúdo dos dados. RESULTADOS: indicaram que nesta fase da formação, os estudantes detêm um conceito de cuidar em Enfermagem centrado na execução de tarefas e técnicas de enfermagem em vez de na cientificidade do saber em Enfermagem e, que globalmente estão cientes que um maior desenvolvimento pessoal, um melhor conhecimento de si será determinante para o bem-estar pessoal e social e ser um bom profissional. CONCLUSÃO: as evidências permitirão aprimorar o programa de intervenção a desenvolver com estes estudantes.; OBJETIVO: identificar las necesidades manifestadas por los estudiantes de enfermería en el área de las habilidades relacionales. MÉTODO: estudio, cualitativo con características exploratorio-descriptivas...

Competências relacionais dos estudantes de enfermagem: Follow-up de programa de intervenção

Lopes,Rosa Cristina Correia; Azeredo,Zaida de Aguiar Sá; Rodrigues,Rogério Manuel Clemente
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra - Unidade de Investigação em Ciências da Saúde - Enfermagem Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra - Unidade de Investigação em Ciências da Saúde - Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
126.12%
O desenvolvimento de competências pessoais e sociais torna-se facilitador ou mesmo imprescindível para que o enfermeiro demonstre competências relacionais e de ajuda na sua actividade diária. Este estudo, de natureza quasi-experimental, objetivou avaliar a validade do programa de desenvolvimento de competências sociais designado Cuidar-se para Saber Cuidar e as suas implicações no desenvolvimento de competências relacionais de ajuda e de comunicação interpessoal nos estudantes de enfermagem, num follow-up de seis meses. A amostra aleatória totalizou 104 estudantes do 2º ano, 3º semestre do Curso de Licenciatura em Enfermagem, constituindo o grupo de controlo (42 estudantes) e o grupo experimental (62 estudantes). Recolha de dados através de: Questionário Sociodemográfico; Escala de Alexitimia de Toronto; Escala de Assertividade de Rathus; Inventário Clínico de Autoconceito; Inventário de Competências Relacionais e de Ajuda; e Escala de Avaliação da Comunicação Interpessoal. Os resultados evidenciam que o impacto do Programa se fez notar no autoconceito, na assertividade, na alexitimia, nas competências relacionais de ajuda e na comunicação interpessoal. Concluiu-se que o Programa possui validade, consistência e utilidade no desenvolvimento e na aprendizagem de competências pessoais...