Página 1 dos resultados de 2937 itens digitais encontrados em 0.078 segundos

Estrutura da comunidade fitoplanctônica em sistema de áreas alagáveis, na planície de inundação do rio Jucupiranguinha, Vale do Ribeira de Iguape - SP; Structure of a phytoplanktonic community in the floodplain of the river Jacupiranguinha in the region of Vale do Ribeira de Iguape in the State of Sao Paulo

Costa, Adriana Barbosa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76%
Esta pesquisa teve o objetivo principal de caracterizar a estrutura da comunidade fitoplanctônica, no espaço e no tempo e relacioná-la às variações climatológicas e hidrológicas, em sistema de áreas alagáveis, da planície de inundação do rio Jacupiranguinha. As coletas foram realizadas durante quatro épocas do ano, em 3 dias alternados e 11 estações de amostragem (estações 1 e 2, no rio Jacupiranguinha; estação 3, no córrego Serrana e estações 4 a 11, no sistema de áreas alagáveis). Esta pesquisa contemplou a análise de variáveis climatológicas (precipitação e radiação solar fotossinteticamente ativa, por exemplo) e hidrológicas como, formas de carbono, sólidos em suspensão, nutrientes, biovolume, freqüência específica, dominância e diversidade específicas da comunidade fitoplanctônica.O sistema de áreas alagáveis estudado foi regulado pelo regime hidrológico anual do rio Jacupiranguinha. Em período chuvoso, os pulsos de inundação foram responsáveis por intensas modificações nestes ambientes. A entrada de sedimento e o aumento dos níveis hidrométricos estão entre os distúrbios ocasionados pela entrada de água lateral. A comunidade fitoplanctônica respondeu a estas variações com suas estratégias de sobrevivência. Uma das características importantes observadas neste estudo foi que nas estações próximas ao rio...

Comunidade bacteriana endofítica em microplantas de abacaxizeiro: estrutura, diversidade e sua influência na morfofisiologia após antibioticoterapia; Bacterial endophyte community in pineapple microplants: structure, diversity and its influence on morphophysiology after antibiotic therapy

Tarazi, Monita Fiori de Abreu
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
75.98%
O cultivo in vitro de plantas possibilita o controle de fatores ambientais e nutricionais, facilitando o estudo da interação planta-bactéria e a interpretação de eventuais alterações morfofisiológicas nas microplantas, decorrentes dessa interação. Entretanto, a presença de bactérias endofíticas na micropropagação é quase sempre caracterizada como contaminação microbiana prejudicial, sendo prontamente eliminada com o uso de quimioterápicos. Essa abordagem desconsidera os efeitos benéficos que bactérias endofíticas podem trazer ao desenvolvimento vegetal, aniquilando a possibilidade de se explorar esse potencial no ambiente in vitro. Em geral, devido a sua baixa culturabilidade, as comunidades bacterianas endofíticas requerem o uso de técnicas independentes de cultivo para seu estudo. Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo principal comprovar a presença de uma comunidade bacteriana endofítica em microplantas de abacaxizeiro (Ananas comosus (L.) Merrill) cv. IAC Gomo-de-mel consideradas axênicas e os efeitos dessa comunidade na morfofisiologia vegetal após antibioticoterapia. Para tanto, técnicas de PCR-DGGE, PCR-ARISA, clonagem, sequenciamento, análises estruturais e ultraestruturais foram utilizadas. Os resultados evidenciaram que existe uma comunidade bacteriana endofítica composta por membros de Alfa...

Avaliação das alterações na estrutura da comunidade bentônica relacionadas à visitação pública na piscina natural do Parque Estadual da Ilha Anchieta - Ubatuba, SP; Evalution of changes in the "Natural Pool" of Anchieta Island State Park benthic community as a consequence of public visitation

Spelta, Leticia Maria Pia Bonandi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
75.92%
A recente explosão de visitação em áreas naturais está causando o desgaste justamente dos valores que tornaram tais áreas atrativas. As mudanças na estrutura da comunidade são problemas graves, principalmente onde há falta de conhecimento prévio, como os costões rochosos. O levantamento fisionômico visa possibilitar o aumento da velocidade e abrangência na aquisição de dados, importante em estudos de avaliação de impacto. O objetivo deste trabalho foi realizar uma avaliação das alterações na estrutura da comunidade bentônica relacionadas à visitação pública. O estudo foi realizado na Piscina Natural do Parque Estadual da Ilha Anchieta, um importante destino turístico do litoral norte paulista que apresenta grande visitação durante o mês de janeiro. Amostragens foram realizadas na Piscina Natural e em duas áreas de referência, em dezembro de 2008 e no final de janeiro de 2009, seguindo o modelo BACI (befor-after-control-impact). Os dados foram analisados através de Índices de Similaridade e dendogramas. Foram encontrados 24 povoamentos. No médio-litoral o maior recobrimento foi de Banco de Chtamallus (>35%) e no infra-litoral foi de Tapete de Jania e Amphiroa (>45%). Para os dados qualitativos, a similaridade entre as áreas foi alta (>0...

Estrutura da comunidade de mamíferos de médio e grande porte em uma paisagem fragmentada com matriz de eucalipto, Capão Bonito e Buri, SP; Medium to large-sized mammal community structure in a fragmented landscape with eucalyptus matrix, Capão Bonito and Buri, SP

Lima, Elson Fernandes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
85.95%
A conversão do uso do solo é uma das principais ameaçadas à fauna, pois a paisagem torna-se fragmentada e as áreas ocupadas por vegetação nativa são reduzidas, podendo alterar a estrutura das comunidades animais. Neste estudo, a comunidade de mamíferos de médio e grande porte (> 1 kg) foi avaliada em uma paisagem fragmentada com matriz de eucalipto, no sul do Estado de São Paulo, municípios de Buri e Capão Bonito (23°52'47" S; 48°23'24" O), através de três métodos distintos instalados conjuntamente (parcelas de areia, camera-trap e scent stations - nesta última foram utilizadas iscas atrativas específicas para carnívoros e onívoros, Canine Call® e Pro's Choice®). Os objetivos desta dissertação foram: i) avaliar a estrutura dessa comunidade em função da estrutura da paisagem; ii) comparar métodos de amostragem utilizados, discutindo sua aplicação. O levantamento das espécies foi realizado em cinco campanhas de cinco dias cada, entre 2010-2012, com unidades amostrais instaladas na matriz, nos corredores e nos fragmentos florestais, sendo que os elementos da paisagem foram avaliados em buffers de 250, 500, 1000 e 2000 m. Foram registradas 20 espécies de mamíferos de médio e grande porte, sendo a maioria (n=18) encontrada nos ambientes ocupados por vegetação nativa. Embora em menor número...

Estrutura da comunidade de Gastropoda e Bivalvia (Mollusca) associados às algas pardas do gênero Sargassum C. Agardh, 1820 (Sargassaceae) do canal de São Sebastião, Litoral Norte do Estado de São Paulo; Community structure of Gastropoda and Bivalvia (Mollusca) associated with brown algae of the genus Sargassum C. Agardh, 1820(Sargassaceae) of the São Sebastião Channel, the North Coast of São Paulo

Marjorie Cattaneo Fernandes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
75.95%
As macroalgas associadas aos costões rochosos formam ambientes heterogêneos, que estão presentes em grandes áreas no ambiente marinho. São bem distribuídas na região entremarés e correspondem a um habitat favorável devido a sua complexidade estrutural, que está diretamente relacionada à diversidade de organismos associados a elas. Essa relação está provavelmente ligada à disponibilidade de refúgios e à capacidade de reter alimento. As macroalgas marinhas e sua fauna associada formam uma comunidade denominada fital. Os invertebrados são os principais animais associados às comunidades de fital, sendo a malacofauna bastante representativa neste sistema. No período de um ano realizaram-se quatro coletas de algas pardas Sargassum spp. em doze costões rochosos na região do Canal de São Sebastião, sendo seis na ilha de São Sebastião, e seis no continente, nos municípios de São Sebastião (5 costões) e Caraguatatuba (1 costão). Foram padronizados os números de frondes e a profundidade utilizada. O principal objetivo foi analisar a estrutura da comunidade de moluscos quanto à composição, a abundância e a riqueza de espécies, verificando se esses parâmetros diferiram entre ilha e continente. Foram registrados 15849 indivíduos...

Estrutura de comunidade e distribuição vertical de peixes criptobênticos no sul do Brasil

Soares, Andrea Dalben
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 59 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
85.84%
Dissertaçao (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, Florianópolis, 2010; Peixes criptobênticos são espécies pequenas (<15cm) comuns em habitats marinho rasos. Possuem habito ou coloração críptica e passam a maior parte do tempo apoiados sobre o fundo. Devido a essas características os integrantes desse grupo são subestimados em trabalhos realizados com Censo Visual, metodologia comumente utilizada para a comunidade de peixes em geral. Por esse motivo a utilização de métodos que incluem a coleta dos indivíduos (ictiocidas ou anestésicos) é recomendada e freqüentemente utilizada. No entanto, além de exigirem autorizações governamentais, métodos que incluem coleta normalmente consomem mais tempo para amostrar uma mesma área quando comparados a métodos visuais. Em meio a essas metodologias existe também o censo visual com interferência, onde não somente se conta os indivíduos expostos, mas também se faz uma busca ativa em meio aos elementos do habitat (tocas, algas, cascalho). Durante o presente trabalho foram investigadas as diferenças entre estrutura de comunidade de peixes criptobenticos entre profundidades em quatro localidades no litoral de Santa Catarina (Farol...

Estrutura de comunidades de aves em remanescentes de Floresta Estacional Decidual na região do Vale do Rio Paranã - GO e TO; Ecologia de comunidades de aves do Vale do Rio Paranã - GO e TO

Martins, Flávia de Campos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
85.91%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2007.; A comunidade biológica pode ser definida como um conjunto de espécies que ocorrem em um mesmo lugar, conectados uns aos outros por suas relações de alimentação e outras interações. Uma das hipóteses mais utilizadas para explicar padrões na estruturação das comunidades é a competição interespecífica. Assim, as comunidades estruturadas por interações competitivas devem apresentar algum limite de similaridade no uso de recursos que possa garantir a coexistência das espécies. Os objetivos gerais do trabalho são estudar e analisar a comunidade de aves no vale do Rio Paranã, GO e TO, com ênfase na floresta estacional decidual e testar a hipótese da similaridade limitante (MacArthur e Levins, 1967), que prediz que entre as espécies em uma comunidade deve haver um limite máximo na similaridade morfológica, ou seja, na utilização dos recursos. Foram amostradas com redes de neblina três áreas de cerrado (sentido restrito) e uma de floresta estacional decidual. Capturaram-se 734 indivíduos de 102 espécies, como resultado de um esforço amostral de 4879.5 horas-rede. As espécies mais abundantes na floresta estacional decidual de São Domingos...

Flores para flores: Um estudo de caso - descrição de um projecto de intervenção e reflexão sobre o sentimento de comunidade em uma comunidade rural brasileira

Oliveira, Maria Corrêa Fontes Chagas de
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
85.83%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Comunitária; Este trabalho aborda as actividades e os resultados de um programa de intervenção em uma comunidade rural brasileira. Com a proposta metodológica de investigação acção participativa no trabalho descrevemos a localização, a implantação e o projecto para o desenvolvimento sustentável da comunidade rural do Assentamento Gameleira, localizado na região central do Brasil. Foi realizada uma trajectória de construção de relações baseadas no diálogo, com o intuito de promover a participação e a confiança. Após o levantamento das necessidades das famílias participantes, agentes internos e externos foram instrumentalizados por meio de oficinas e cursos com temáticas relacionadas ao desenvolvimento sustentável. Durante este percurso técnico-prático da intervenção foi possível avaliar a forma como o sentimento de comunidade se manifestava e reflectir sobre a maneira como melhor poderia ser aproveitado para o desenvolvimento dos trabalhos em campo. A estrutura deste trabalho conta com uma breve abordagem em torno do conceito de SC e as investigações nesta área. Como base para o estudo de caso adoptamos os elementos propostos por McMillan e Chavis e o índice por eles desenvolvido. Foram aplicados 35 inquéritos e realizadas 4 entrevistas...

Composição florística e estrutura da comunidade vegetal em diferentes fitofisionomias do Pantanal de Poconé, Mato Grosso

Morais,Rodrigo Ferreira de; Silva,Edna Cavalcante Saraiva da; Metelo,Mariana Regina Lema; Morais,Fernando Ferreira de
Fonte: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
85.87%
Esta pesquisa teve como objetivo analisar a composição e estrutura de comunidade vegetal de quatro fitofisionomias no Pantanal de Poconé, estado de Mato Grosso, partindo do pressuposto de que cada grupo de amostras constitui um tipo de comunidade e haverá um grupo correspondente de espécies que caracterizam a comunidade em particular. Foram implantadas cinco parcelas de 50 × 50 m e subdivididas em subparcelas de 10 ×10 m. Foram considerados na amostragem os indivíduos com CAP (circunferência a altura do peito) > 10 cm. A similaridade florística e estrutural entre as quatro fitofisionomias foram avaliadas pelo método de agrupamento por médias não ponderadas - UPGMA, com uso do coeficiente de Jaccard e Bray-Curtis. Foi utilizada a DCA para ordenação das parcelas e TWINSPAN para análise de espécies indicadoras para as fitofisionomias. Nas quatro fitofisionomias foram amostradas 55 espécies pertencentes a 30 famílias. A UPMGA indicou diferenças florística e estrutural entre cambarazal, floresta semidecidual e cerrado sensu stricto e campo de murundu e similaridade entre as formações semideciduais. A DCA ordenou as fitofisionomias de acordo com o gradiente de inundação e a TWINSPAN indicou a existência de espécies indicadoras para as fitofisionomia.

Estrutura da comunidade meiofaunística de substrato inconsolidade de dois recifes tropicais, com e sem proteção ambiental em Tamandaré (Pernambuco-Brasil)

Cavalcante Leite dos Santos, Érika; Roberto Botelho de Souza, José (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.92%
O objetivo deste trabalho foi conhecer a estrutura de comunidade da meiofauna de substrato inconsolidado em ambiente recifal, suas interações com fatores ambientais e relacionála com a proteção ambiental e a influência do recife sobre a mesma. Foram feitas coletas nos meses de abril e setembro de 2008, dentro e fora de uma área de proteção ambiental. As duas áreas são compostas por areia grossa, com baixo teor de matéria orgânica. Foram encontrados 15 táxons da meiofauna, 56 gêneros de Nematoda e 18 gêneros de Polychaeta. A meiofauna apresentou diversidade foi maior na área protegida e na área mais afastada do recife, sendo estes resultados significativos. Os Nematoda não apresentaram diferença significativa de diversidade entre as áreas, tanto em relação a proteção quanto em relação ao afastatamento do recife. Os Polychaeta também não apresentou diferença significativa na diversidade entre as áreas comparadas, apesar da riqueza ser significativamente maior na área mais afastada do recife. As diferenças encontradas em relação aos parâmetros sedimentológicos e em relação aos parâmetros de estrutura biológica foram pequenas, indicando que algum fator foi subestimado teria influencia maior que os parâmetros aferidos. Ainda assim a influencia do recife sobre a comunidade foi claramente constatada...

Efeito de variáveis ambientais sobre a estrutura de comunidade dos Crustacea Decapoda na plataforma continental sul do Rio Grande do Sul (Brasil)

Souza, José Afonso Feijó de
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.11%
A compreensão quantitativa dos fatores que definem a distribuição dos organismos é essencial para uma previsão de pesca e uma gestão eficiente dos estoques. O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos potenciais das principais variáveis abióticas nos crustáceos decápodos epibentônicos na plataforma ao sul do Brasil. Foi possível testar estatisticamente (MDS, ANOSIM e SIMPER), pela primeira vez, o efeito da temperatura, salinidade, massas d água, profundidade, sedimentos, sazonalidade e interanualidade na estrutura de comunidade de crustáceos decapodos epibentônicos da plataforma continental (8-200 m) sul do Rio Grande do Sul. Totalizaram-se 298 estações de coleta em 9 cruzeiros (NOc."Atlântico Sul": Projeto Crustáceos Decápodos da Costa Rio-grandina; 1982-1984). Em cada estação tomaram-se os dados de temperatura, salinidade e profundidade, efetuando-se um arrasto com rede camaroneira de portas (malha: 13 mm) para a coleta biológica. Realizou-se análises multivariadas basedas nas 21 espécies mais frequentes. O peneídeo Artemesia longinaris (abundância: 90,8%) foi dominante, seguido por Pleoticus muelleri (4,6%), Portunus spinicarpus (1,4%) e Parapenaeus americanus (0,8%). A temperatura de fundo...

Efeito de Variáveis Ambientais Sobre a Estrutura de Comunidade dos Crustacea Decapoda Na Plataforma Continental Sul do Rio Grande do Sul (Brasil)

Souza, José Afonso Feijó de; Schwamborn, Ralf (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
116.11%
A compreensão quantitativa dos fatores que definem a distribuição dos organismos é essencial para uma previsão de pesca e uma gestão eficiente dos estoques. O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos potenciais das principais variáveis abióticas nos crustáceos decápodos epibentônicos na plataforma ao sul do Brasil. Foi possível testar estatisticamente (MDS, ANOSIM e SIMPER), pela primeira vez, o efeito da temperatura, salinidade, massas d’água, profundidade, sedimentos, sazonalidade e interanualidade na estrutura de comunidade de crustáceos decapodos epibentônicos da plataforma continental (8-200 m) sul do Rio Grande do Sul. Totalizaram-se 298 estações de coleta em 9 cruzeiros (NOc."Atlântico Sul": Projeto Crustáceos Decápodos da Costa Rio-grandina; 1982-1984). Em cada estação tomaram-se os dados de temperatura, salinidade e profundidade, efetuando-se um arrasto com rede camaroneira de portas (malha: 13 mm) para a coleta biológica. Realizou-se análises multivariadas basedas nas 21 espécies mais frequentes. O peneídeo Artemesia longinaris (abundância: 90,8%) foi dominante, seguido por Pleoticus muelleri (4,6%), Portunus spinicarpus (1,4%) e Parapenaeus americanus (0,8%). A temperatura de fundo, no período de primavera e verão...

Estrutura da comunidade fitoplanctônica e hidrologia do ecossistema recifal de Porto de Galinhas (Pernambuco-Brasil)

Machado, Raquel Correia de Assis; Feitosa, Fernando Antônio do Nascimento (Orientador); Koening, Maria Luise (Coorientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
75.95%
A praia de Porto de Galinhas, situada no litoral sul de Pernambuco, Brasil, cerca de 50 km de Recife, possui recifes de arenito do tipo franja e é alvo de intensa atividade turística. Com o intuito de avaliar a estrutura da comunidade fitoplanctônica e sua dinâmica associada com as variáveis ambientais no ecossistema recifal de Porto de Galinhas, amostras de água foram coletadas em quatro meses dos períodos chuvoso (maio, junho, julho e agosto de 2010) e de estiagem (outubro, novembro e dezembro de 2010 e janeiro de 2011), na superfície, em quatro pontos fixos, na preamar e baixa-mar, em marés de sizígia diurna. A pluviosidade seguiu a curva dos 15 anos anteriores, porém o mês de junho apresentou pluviosidade acima da média devido a um intenso Distúrbio Ondulatório de Leste (DOL). A transparência variou entre 0,63 e 6,5m, a temperatura variou entre 25 e 29ºC, a salinidade de 27 a 38, a taxa de saturação do oxigênio dissolvido de 87,80 a 135,28%, o nitrito foi <0.5μmol.L-1, o nitrato variou entre 0.1 e 5μmol.L-1, o N-amoniacal foi <0,97μmol.L-1, o fosfato foi <0.39μmol.L-1 e o silicato foi <39,2μmol.L-1; a clorofila a variou entre 0,42 e 5,66mg.m-3 e o índice trófico TRIX entre 0,98 e 3,46. A pluviosidade foi o principal fator condicionante nas variações ambientais. De acordo com a análise de componentes principais (ACP)...

Estrutura de comunidade, reprodução e dinâmica populacional de morcegos (Mammalia, Chiroptera) na reserva natural do Salto Morato, Guaraqueçaba, Paraná

Oliveira, Nathalia Yurika Kaku de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
85.88%
Resumo: Os morcegos constituem a segunda maior riqueza dentro do grupo dos mamíferos. Associado a este sucesso estão características como a capacidade de vôo, diversidade de hábitos alimentares, variedade de estratégias reprodutivas e diferentes formas de exploração do espaço. O objetivo deste trabalho foi estudar a estrutura da comunidade de morcegos da Reserva Natural do Salto Morato, situada no município de Guaraqueçaba, Estado do Paraná. As condições reprodutivas dos indivíduos capturados foram descritas, visto que o comportamento reprodutivo é um dos norteadores das atividades dos morcegos. As populações mais abundantes e com dados de recapturas tiveram mais características analisadas, observando-se se permaneciam na área de estudos. As capturas de morcegos foram feitas com dez redes de 6 x 2,6 m, armadas durante toda a noite, três noites por mês, no período de dezembro de 2007 a maio de 2009. Foram feitas incursões em abrigos diurnos em agosto de 2008. Os dados de marcação e recaptura de sete espécies foram analisados através do modelo Cormarck-Jolly-Seber (CJS) implantado pelo programa Mark, versão 5.1. Foram capturados 1038 indivíduos, correspondendo a 23 espécies, sendo 19 da família Phyllostomidae...

COMUNIDADE DE ALGAS EPIFÍTICAS (COM ÊNFASE EM DIATOMÁCEAS) EM 23 VEREDAS DO ESTADO DE GOIÁS SOB DIFERENTES IMPACTOS AMBIENTAIS; Epiphytic algae community (with emphasis on diatoms) of Palm swamps of Goias State

OLIVEIRA, Bárbara Dunck
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ecologia e Evolução; Ciências Biológicas - Biologia Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ecologia e Evolução; Ciências Biológicas - Biologia
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.06%
(Epiphytic algae community of (with emphasis on diatoms) of Palm swamps of Goias State). The present study is the first to evaluating epiphytic algae community structure of in the subsystem Palm swamps in the Cerrado. The general hypotheses of this study were: impacted Palm swamps are under greater influence of allochthonous material, causing changes in limnological characteristics, as the record of increased nutrient levels and turbidity; the structure of ephiphytic algae community is influenced by environmental characteristics, and impacted Palm swamps have diatom as dominant group of epiphyton due to the adaptive cytomorphological characteristics. The overall objective was to analyze the spatial variation of limnological (physical, chemical and biological) and climatological characteristics of 23 Palm swamps in the Goias State under different environmental impacts and to evaluate epiphytic algae community structure of in relation to environmental characteristics of Palm swamps. This dissertation was structured in a general introduction and two chapters in the form of articles: (Article 1) Spatial variation of limnological and climatic characteristics of Palm swamps under different environmental impacts in the Goias State; (Article 2) Relationship between the structure epiphytic algal community (with emphasis on diatoms) and Palm swamps under different environmental impacts in the Goias State. Sampling was conducted in August and September 2008...

A influência da presença de nectários extraflorais na estrutura da comunidade de formigas arbóreas do cerrado; The influence of extrafloral nectaries in the structure of the cerrado arboreal ant community

Camarota, Flávio de Carvalho
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
85.88%
Os nectários extraflorais (NEF´s) têm uma grande importância nas interações entre formigas e plantas, estando presentes em um grande número de famílias vegetais, principalmente nos trópicos. Pouco se sabe, porém, sobre a influência deste recurso na estruturação das comunidades das formigas que dele se utilizam, exceto por alguns estudos em florestas tropicais úmidas. O objetivo deste trabalho foi o de avaliar e testar a importância de recursos de néctar na estrutura da comunidade de formigas em um bioma único e ainda pouco estudado, o cerrado brasileiro. Para isso, foram realizados um experimento natural e uma manipulação experimental no campo, realizados na Estação Ecológica do Panga, em Uberlândia, Minas Gerais. O experimento natural buscou avaliar as diferenças na comunidade de formigas e a influência da temporalidade na oferta deste recurso em espécies de árvores com ou sem a presença de NEF´s e em dois períodos do ano, um quando a maioria dos NEF´s estavam inativos (entre junho e julho de 2010) e outro quando os NEF´s estavam no auge da atividade (entre outubro e novembro de 2010). Para isto, foram amostradas seis espécies diferentes de árvores comuns no cerrado, Caryocar brasiliense, Qualea grandiflora e Stryphnodendron polyphyllum que possuem NEF´s e Sclerolobium aureum...

Phylogenetic, taxonomical and functional diversity and the structure of anurans communities in coastal plains of São Paulo state, southeastern Brazil = : Diversidade filogenética, taxonômica e funcional e a estrutura de comunidades de anuros nas planícies costeiras do estado de São Paulo, sudeste do Brasil; Diversidade filogenética, taxonômica e funcional e a estrutura de comunidades de anuros nas planícies costeiras do estado de São Paulo, sudeste do Brasil

Thiago Augusto Pires
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
75.95%
Em termos gerais, comunidades biológicas podem ser estruturadas por elementos que ocorrem em escalas espaciais diversas, que incluem fatores bióticos (e.g., competição e predação); fatores abióticos (e.g., heterogeneidade ambiental), históricos (e.g., eventos de extinção e colonização; e dinâmicas neutras (e.g., dispersões e extinções locais e aleatórias). Uma das formas mais interessantes de se estudar a estrutura de comunidades é a partir da investigação de como diferentes processos e mecanismos influenciam diferentes escalas ou componentes da biodiversidade. Por exemplo, o componente da diversidadebeta, uma medida de dissimilaridade entre comunidades, primariamente avaliada através da presença e ausência das espécies em cada comunidade. Outra forma utilizada por ecólogos para compreender a estrutura de comunidades é avaliar a estrutura filogenética das comunidades. Através da avaliação dessas propriedades e quais possíveis fatores a influenciam, se torna possível compreender as regras de montagem e manutenção de comunidades. Nesse contexto, nossos objetivos gerais nessa dissertação foram: estimar a diversidade beta de anuros das planícies costeiras paulistas em seus diferentes componentes: funcional...

Perfil florístico e estrutura da comunidade arbórea de uma floresta de vale no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, Mato Grosso, Brasil

Pinto, José Roberto Rodrigues; Oliveira Filho, Ary Teixeira de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
75.94%
(Floristic profile and arboreal community structure of a valley-forest in the Chapada dos Guimarães National Park, Mato Grosso, Brazil). The purpose of the present study was to describe the floristic composition and the structure of the arboreal community of a valley-forest in Véu de Noiva waterfalls, Chapada dos Guimarães National Park, Mato Grosso, Brazil. The floristic and phytosociological analyses aimed at assessing, respectively: (a) the influence of the main Brazilian phytogeographic provinces on the floristic composition of the valley-forest studied, and (b) the role of the most important tree species in terms of abundance, ecological group, and stature at maturity. Every tree with stalk circumference at breast height (CBH) ³ 15 cm found within 36 quadrats of 30 x 10 m was sampled. 172 species of trees belonging to 133 genera and 61 families were registered. The floristic profile showed strong links with both the Amazonian and Atlantic (sensu lato) forests, reinforcing the transitional nature of that community. The most important tree species, in terms of value of importance, were also important in other surveys carried out in the region. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT; (Perfil florístico e estrutura da comunidade arbórea de uma floresta de vale no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães...

Estrutura de comunidade microbiana em áreas de pastagem com diferentes níveis de degradação durante período de chuva e seca.

SILVA, P. R. da; SOUZA, F. de; COURA, A. C. M.; FURTADO, A. L. dos S.; DEL'DUCA, A.; RODRIGUES, C. A. G.; CESAR, D.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA,25., 2011, Foz do Iguaçu. Anais... Foz do Iguaçu: SBM, 2011. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA,25., 2011, Foz do Iguaçu. Anais... Foz do Iguaçu: SBM, 2011.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.92%
No Brasil, estima-se que mais de 50% das pastagens apresentam algum grau de degradação. Estratégias que visem conservar, gerenciar e aumentar a produtividade das pastagens brasileiras tornam-se cada vez mais necessárias. Na tomada de decisão destas estratégias, micro-organismos devem ser considerados por causa de seu importante papel nos solos. Neste estudo, avaliamos a estrutura de comunidade microbiana em áreas de pastagem com diferentes níveis de degradação no estado de São Paulo, em um período de seca e em um de chuva. Amostras de superfície (0-5 cm) foram coletadas em cinco pontos na Fazenda Ferrante (nível de degradação 100%), Rio Preto (nível de degradação 75%), Terra Boa (nível de degradação 50%), e Santa Filomena (nível de degradação 25%). A caracterização da comunidade bacteriana foi realizada através da técnica de hibridização in situ fluorescente (FISH) com sondas para os domínios Bacteria e Archaea; e para os grupos Acidobactérias, Actinobactérias, Bacteroidales, Bacillales, Cytophaga-Flavobacter, Proteobactérias (sub-grupos: alfa, beta, gama, epsílon). Diferenças significativas foram encontradas entre e dentre as áreas analisadas nos dois períodos. No período seco, foram encontradas muitas bactérias em divisão com tamanho maior...

Contribution of environmental variables to anuran community structure in the Caatinga Domain of Brazil; Contribuição de variáveis ambientais à estrutura de comunidade de anuros no Domínio da Caatinga of Brazil

Xavier, Ariane Lima; Napoli, Marcelo F.
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiróz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiróz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2011 ENG
Relevância na Pesquisa
75.94%
To ascertain the influence of environmental variables on the structure of anuran communities, we conducted tests to determine which variables best explain the spatial distribution patterns of different communities of anurans in a rocky, montane environment characterized mainly by open habitats and gallery forests. The study area is the Sete Passagens State Park in the State of Bahia, Brazil, an area included in the Chapada Diamantina Region and in the Caatinga Morphoclimatic Domain. We sampled 20 plots (60 × 25 m) during two rainy seasons, and measured 13 environmental variables. The environmental matrix was reduced to four synthetic axes through the principal component analysi, and the anuran community matrix was reduced to a synthetic axis through the non-metric multidimensional scaling method. We tested the association between environmental axes (independent variables) and community composition (dependent variable) using a multiple regression analysis. The single axis significantly associated with the species of anurans found in any given plot is Principal Component 1, in which the major contributors to variation are factors involving vegetation structure, listed in descending order, as follow: percentage of leaf litter, density of trees...