Página 1 dos resultados de 305 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Composição e posições ocupacionais para uma outra sociologia dos cientistas sociais; Occupational composition and position for another sociology of social scientists

Eugenio Carlos Ferreira Braga
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.34%
Este texto apresenta e expoe os resultados de um survey com egressos de Ciências Sociais e Economia dos ultimos trinta e cinco anos de tradicionais instituicoes do estado de Sao Paulo. O foco da analise reside nos cientistas sociais, desenvolvida a partir de questões teoricas de uma sociologia dos cientistas sociais, que se difere de outras perspectivas e abordagens anteriores. O survey forneceu dados empiricos para: a) elaborar uma descrição do mercado de trabalho pela situacao e pelas trajetorias ocupacionais, b) caracterizar o perfil social do grupo de egressos, c) definir uma estrategia de pesquisa (com o suporte de uma tradicao de pesquisa em estratificacao social) que conseguisse captar da profissao seus segmentos mais valorizados, de maior posicao social ou de status e prestigio, e d) integrar os objetivos anteriores em uma analise da composicao social das posicoes ocupacionais projetadas por meio deste criterio social. Deste modo, foi possivel esbocar as participações relativas das areas do mercado de trabalho na absorcao dos cientistas sociais, apreender estes segmentos em um continuo valorativo segundo avaliacoes dos proprios membros da profissao e analisar a composicao social destes segmentos (por cor e raca, sexo e origem social)...

Política econômica, dinâmica setorial e a questão ocupacional no Brasil; Economy policy, sectorial dynamic and the occupation discussion in Brazil

Leandro Horie
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/07/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.49%
Esta dissertação teve como objetivo principal analisar a estratificação social no Brasil, baseado no universo dos ocupados, nos anos de 1981, 1995, 2004 e 2009. A hipótese central é que a interação entre as questões macroeconômicas e seus impactos setoriais vão gerar dinâmicas econômicas distintas e que, por sua vez, irão gerar postos de trabalho com determinado perfil ocupacional, impactando diretamente na estratificação social do país. Para isso, a partir da metodologia de Quadros (2008), estruturou-se a dissertação da seguinte forma: i) uma análise sobre os determinantes do modelo econômico atual, que foi consequência das grandes transformações ocorridas na economia brasileira a partir do início da década de 1980 e que são responsáveis pelo cenário atual, onde o crescimento do setor de serviços e do comércio ocorreu (e ainda ocorre) paralelamente a uma "reespecialização produtiva" da indústria de transformação; ii) abordagem sobre as especificidades do mercado de trabalho brasileiro, fruto da formação do capitalismo brasileiro e onde excedente de mão de obra e vulnerabilidade da inserção ocupacional permanecem presentes, mesmo com períodos de crescimento econômico e movimentos de uma retomada de sua estruturação; iii) e por fim...

Sociedade e elites no concelho de Évora. Permanência e mudança (1890-1930)

Bernardo, Maria Ana
Fonte: Fundação Calouste Gulbenkian / Fundação para a Ciência e a Tecnologia Publicador: Fundação Calouste Gulbenkian / Fundação para a Ciência e a Tecnologia
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
46.45%
A presente investigação tem como âmbito de estudo o perfil de estratificação social do concelho de Évora e a composição e acção pública da sua elite municipal, entre 1890 e 1930. Analisa-se o perfil de estratificação social do concelho de Évora, captando os seus traços de persistência e de mudança, e perscruta-se a actuação da elite municipal eborense, atendendo ao seu papel no processo de modernização da sociedade local. Incidimos sobretudo na vertente material do processo de estratificação, embora recorramos também a outro tipo de indicadores de desigualdade como sejam os relativos ao status ou relacionados com os mecanismos de acesso ao poder. Pretende-se, a partir do caso de Évora, contribuir para um melhor conhecimento da História social e política do Portugal contemporâneo, em grande medida ainda por fazer, e que terá de passar por levantamentos assentes em fontes primárias e por uma cuidada atenção às especificidades locais e regionais.

Sociedades e Elites no Concelho de Évora - Permanência e Mudança (1890-1930)

Bernardo, Maria Ana Rodrigues
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
46.48%
A presente investigação tem como âmbito de estudo o perfil de estratificação social do concelho de Évora e a composição e acção pública da sua elite municipal, entre 1890 e 1930. Analisa-se o perfil de estratificação social do concelho de Évora, captando os seus traços de persistência e de mudança, e perscruta-se a actuação da elite municipal eborense, atendendo ao seu papel no processo de modernização da sociedade local. Incidimos sobretudo na vertente material do processo de estratificação, embora recorramos também a outro tipo de indicadores de desigualdade como sejam os relativos ao status ou relacionados com os mecanismos de acesso ao poder. Pretende-se, a partir do caso de Évora, contribuir para um melhor conhecimento da História social e política do Portugal contemporâneo, em grande medida ainda por fazer, e que terá de passar por levantamentos assentes em fontes primárias e por uma cuidada atenção às especificidades locais e regionais. ABSTRACT - The aim of this research is to study the stratification of society in the district (concelho) of Évora and the composition and public action of its municipal elite from 1890 to 1930. Our examination of the social stratification profile of the district focuses on aspects of change and permanence...

Factores de diferenciação social em Alcântara no início do século XX: A análise de uma lista de declarações profissionais

Vidal, Frédéric
Fonte: CIES-ISCTE / CELTA Publicador: CIES-ISCTE / CELTA
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 POR
Relevância na Pesquisa
56.3%
Será que é possível reconstituir formas de estratificação social com base em registos paroquiais e civis? Utilizando dados de um estudo sobre os habitantes do bairro de Alcântara em Lisboa no início do século XX, este artigo propõe discutir a hipótese da centralidade do papel do estatuto ocupacional na elaboração de factores de distinção entre indivíduos ou grupos de indivíduos. O exame e a contextualização dos modos de declaração das profissões permitem a reformulação da hipótese, destacando o interesse da análise das interacções entre factores de distinção social (estatuto ocupacional e percurso residencial, por exemplo).; Is it possible to reconstitute forms of social stratification by means of registers of birth and baptism? Using data from a study of the inhabitants of the Alcântara neighbourhood in Lisbon at the turn of the 20th century, this article proposes to argue that occupational status plays a dominant role in the development of factors of distinction between individuals or groups of individuals. However, a close examination of the way occupational status is self-designated leads to a reformulation of the hypothesis in which greater emphasis must be placed on the interaction between social factors of distinctions (occupational status and residential mobility...

A mobilidade social revisitada

Grácio, Sérgio
Fonte: CIES-ISCTE / CELTA Publicador: CIES-ISCTE / CELTA
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/1997 POR
Relevância na Pesquisa
56.33%
Neste artigo pretende-se demonstrar até que ponto a legitimidade científica de um objecto como a mobilidade social, e a forma de a conceber, estiveram sempre imbricados, de modo por vezes surpreendente, na discussão sobre as classes sociais e a estratificação social. Seguidamente, analisa-se o debate sobre a mobilidade, nomeadamente aquele que se desenvolve em torno da distinção entre uma mobilidade estrutural e uma "verdadeira" mobilidade, e o seu contributo para um progresso muito significativo no estudo deste conceito. Desta forma foi possível obter resultados empíricos acerca dos fenómenos de mobilidade social em larga medida inesperados, e muito relevantes para caracterizar determinados aspectos da mudança cultural e social nas nossas sociedades.; It is our purpose to show how scientific legitimity of an object as social mobility, and the way to conceive it, were always strictly connected, in a sometimes surprising way, with the discussion about social classes and social stratification. Afterwards it is showed how the debate about mobility, namely the one around the distinction between a structural mobility and a «true» mobility, leaded to significant methodological advances in its study. Such advances allowed to obtain empirical results about social mobility processes which were largely unexpected and extremely relevant to characterize some aspects of cultural and social change in our societies.; Nous nous proposons de montrer comment la légitimité scientifique d"un object comme la mobilité sociale...

Poder, dominação e estratificação: construindo uma síntese conceptual

Scott, John
Fonte: CIES-ISCTE / CELTA Publicador: CIES-ISCTE / CELTA
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /09/2007 ENG
Relevância na Pesquisa
46.57%
Este artigo discute a necessidade de uma síntese conceptual e de uma clarificação de conceitos no estudo da estratificação e da dominação. As ideias de MaxWeber são consideradas como a base para o desenvolvimento de conceitos elementares de poder e da sua articulação com estruturas mais alargadas de dominação e estratificação. Defende que as elites são formadas através de estruturas de dominaçãoedevem ser investigadas em relação a padrões de estratificação social. Aestratificação social é ela própria analisada como integrando situações de classe e de status—enquanto determinantes causais das oportunidades de vida — e classes sociais. A pesquisa sobre elites deve investigar o contexto social e o recrutamento de elites provenientes de diferentes classes sociais e situações de classe. Conclui-se queuma investigação mais ampla sobre o poder deve tambémrelacionar-se com a oposição de grupos dominados e a possibilidade de mudança social através da circulação das elites.; This paper argues for the need for a conceptual synthesis and clarification of concepts in the study of stratification and domination. MaxWeber’s ideas are taken as the foundation for developing elementary concepts of power and their articulation into larger structures of domination and stratification. It is argued that elites are formed in and through structures of domination and that they can most usefully be investigated in relation to patterns of social stratification. Social stratification itself is analysed as involving class and status situations—as causal determinants of life chances—and social classes. Elite research must investigate the social background and recruitment of elites from different social classes and class situations. It is concluded that a wider investigation of power must also be concerned with the counteraction of dominated groups and the possibility of social change through a circulation of elites.; Cet article porte sur la nécessité d’une synthèse conceptuelle et d’une clarification de concepts dans l’étude de la stratification et de la domination. Les idées de Max Weber sont considérées comme la base du développement de concepts élémentaires de pouvoir et de leur articulation avec des structures plus élargies de domination et de stratification. Il soutient que les élites sont formées à travers des structures de domination et qu’elles doivent être étudiées par rapport à des standards de stratification sociale. La stratification sociale est elle-même analysée en ce qu’elle intègre des situations de classe et de statut — en tant que déterminantes causales des opportunitésdevie—et des classes sociales. La recherche sur les élites doit étudier le contexte social et le recrutement d’élites provenant de différentes classes sociales et situations de classe. Il conclut qu’une recherche plus vaste sur le pouvoir doit aussi aborder l’opposition des groupes dominés et la possibilité de changement social grâce à la circulation des élites.; Este artículo discute la necesidad de una síntesis conceptual y de un esclarecimiento de conceptos en el estudio de la estratificación y de la dominación. Las ideas de MaxWeber son consideradas como la base para lo desarrollo de conceptos elementales de poder y de su articulación con estructuras más amplias de dominación y estratificación. Defiende que las elites son formadas a través de estructuras de dominación y deben ser investigadas en relación a parámetros de estratificación social. La estratificación social es analisada como integrando situaciones de clase y de status—como determinantes casuales de las oportunidades de vida—y clases sociales. La búsqueda sobre elites debe investigar el contexto social y el reclutamiento de elites provenientes de diferentes clases sociales y situaciones de clase. Se concluye que una investigación más amplia sobre el poder debe también relacionarse con la oposición de grupos dominados y la posibilidad de cambio social a través de la circulación de las elites.

Classes Sociais e Estratificação Social: Algumas notas sobre o desenvolvimento da publicação científica portuguesa num domínio específico da sociologia

Roldão, Cristina
Fonte: CIES - ISCTE Publicador: CIES - ISCTE
Tipo: Trabalho em Andamento
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.38%
O presente trabalho tem por objectivo “mapear” o campo da publicação científica portuguesa, no âmbito da sociologia das classes e da estratificação social, a partir da análise exploratória de revistas científicas. Esta análise segue duas vertentes distintas. A primeira centra-se na caracterização das estratégias metodológicas que têm vindo a ser seguidas ao longo do tempo. A segunda remete, ainda que com pouca profundidade, para uma análise do campo da publicação deste domínio da sociologia, enquanto espaço construído, partilhado/disputado por diferentes intervenientes (investigadores, revistas e respectivos centros de investigação).; The objective of this paper is to “map” the field of Portuguese scientific publishing in relation to the sociology of classes and social stratification, on the basis of an exploratory analysis of scientific journals. This analysis reflects two distinct aspects. The first focuses on a characterisation of the methodological strategies that have been followed over time. The second concerns, albeit in limited depth, an analysis of the field of publishing in this sociological area, as a space constructed, shared and disputed by different participants (researchers, journals and the respective research centres).

Temas e conceitos nas teorias da estratificação social

Almeida, João Ferreira de
Fonte: Imprensa de Ciências Sociais Publicador: Imprensa de Ciências Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1984 POR
Relevância na Pesquisa
66.33%
A estratificação social é um antigo conceito também adotado pela sociologia. Foram sendo construídas diversas teorias para dar conta, no essencial, dos modos como as sociedades internamente se diferenciam, como se criam e reproduzem desigualdades entre os cidadãos que os distinguem e os separam entre si. Os fundadores da sociologia, em particular Marx e Weber, lançaram os fundamentos, eles próprios já diferenciados, dessas teorias que procuram analisar as estruturas sociais e contribuir para explicar valores e comportamentos dos cidadãos. Pretende-se aqui dar algumas indicações sobre as variadas propostas que têm vindo a ser formuladas neste campo, focando temas principais e mostrando as respetivas implicações epistemológicas, bem como os instrumentos utilizáveis na pesquisa empírica.

Critérios de estratificação social

Silva,Graciette Borges da
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/1981 PT
Relevância na Pesquisa
66.4%
É discutido o problema dos múltiplos critérios de estratificação social, existentes na literatura sociológica, e proposto um modelo de estratificação intimamente vinculado à sociedade de classes.

Educação e estratificação social no acesso à universidade pública

Borges,José Leopoldino das Graças; Carnielli,Beatrice Laura
Fonte: Fundação Carlos Chagas Publicador: Fundação Carlos Chagas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
56.48%
Este artigo analisa a nova forma de acesso à Universidade de Brasília, o Programa de Avaliação Seriada - PAS -, propondo-se a verificar se ele tem contribuído para minimizar a reprodução da estratificação social no ensino superior. O estudo baseia-se em informações colhidas mediante questionário em uma amostra de alunos ingressantes, via vestibular e via PAS, nos cursos considerados de maior prestígio social: Direito, Engenharia Civil e Medicina. Os dados foram analisados e comparados por meio de estatística descritiva. Os resultados permitiram constatar que a estratificação social no Brasil se reflete no acesso ao curso superior. O PAS, forma inovadora de selecionar candidatos para esse nível de ensino, mantém a estratificação social no acesso aos cursos universitários de maior prestígio social, constituindo uma nova via de ingresso, de forma rápida, ao ensino superior, para candidatos oriundos dos estratos socioeconômicos mais elevados.

Estado e desigualdade de renda no Brasil: fluxos de rendimentos e estratificação social

Medeiros,Marcelo; Souza,Pedro Herculano G. Ferreira de
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
56.27%
Este estudo avalia o quanto o conjunto dos pagamentos e arrecadações tributárias diretas do Estado afeta diretamente a desigualdade de renda no Brasil. Para isso, realiza-se, a partir de dados da POF 2008-2009, uma decomposição de fatores que medem as contribuições para a desigualdade de tributos diretos, salários dos setores público e privado, previdência e assistência social e outras fontes de rendimento. O conjunto de pagamentos do Estado piora a desigualdade social, mas nem todas as ações do Estado são concentradoras. Esses pagamentos favorecem, particularmente, servidores públicos ativos e inativos. Tributos diretos e assistência social são progressivos, mas têm efeito limitado. O saldo final dos fluxos monetários diretos entre pessoas e Estado é regressivo e contribui para cerca de um terço da desigualdade de rendimentos familiares per capita disponíveis.

Mérito, Reprodução Social e Estratificação Social: apontamentos e contribuições para os estudos organizacionais

Helal,Diogo Henrique
Fonte: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia Publicador: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.32%
O artigo apresenta uma reflexão teórica sobre mérito, reprodução social e estratificação social, destacando algumas correntes teóricas sobre estratificação social, o modo como elas destacam (ou não) o mérito e esforço individual, e por fim apresentando contribuições para o debate e os estudos organizacionais. Em detalhe, são apresentadas as noções iniciais sobre estratificação social, destacando a prevalência de estudos e abordagens funcionalistas sobre o tema. A seguir, trata da leitura funcionalista da abordagem weberiana acerca da estratificação social, feita por Parsons e seguidores, que influenciou a teoria sociológica da modernização, e a própria elaboração de sua hipótese meritocrática, central nos estudos clássicos sobre estratificação social. Tal hipótese é questionada, tomando por base estudos de inspiração marxista, que veem, na estratificação social, um fenômeno de reprodução social. Adiante, são apresentados algumas considerações sobre diferentes maneiras de se mensurar a estratificação social...

Educação e estratificação social no acesso à universidade pública; Education and social stratification: regarding state university access

Borges, José Leopoldino das Graças; Carnielli, Beatrice Laura
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.51%
Este artigo analisa a nova forma de acesso à Universidade de Brasília, o Programa de Avaliação Seriada – PAS –, propondo-se a verificar se ele tem contribuído para minimizar a reprodução da estratificação social no ensino superior. O estudo baseia-se em informações colhidas mediante questionário em uma amostra de alunos ingressantes, via vestibular e via PAS, nos cursos considerados de maior prestígio social: Direito, Engenharia Civil e Medicina. Os dados foram analisados e comparados por meio de estatística descritiva. Os resultados permitiram constatar que a estratificação social no Brasil se reflete no acesso ao curso superior. O PAS, forma inovadora de selecionar candidatos para esse nível de ensino, mantém a estratificação social no acesso aos cursos universitários de maior prestígio social, constituindo uma nova via de ingresso, de forma rápida, ao ensino superior, para candidatos oriundos dos estratos socioeconômicos mais elevados.; The study analyses whether a new form of admittance to the University of Brasilia, the Serial Evaluation Program – SEP –, has helped minimize the reproduction of social stratification in higher education. The research was grounded in information obtained by questionnaires administered to samples of students who entered the university through the traditional examination method and by the SEP...

As teorias de estratificação da sociedade e o estudo dos ricos; Texto para Discussão (TD) 998: As teorias de estratificação da sociedade e o estudo dos ricos; Society's stratification theories and the study of the rich

Medeiros, Marcelo
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
56.49%
Montar um esquema de estratificação envolve uma série de decisões metodológicas. O objetivo deste texto é analisar, no que diz respeito à partição da sociedade em classes sociais, quais decisões são tomadas por diferentes correntes teóricas e quais os esquemas de estratificação daí resultantes. Isso é feito a partir de um mapeamento do debate recente sobre estratificação social com foco nas teorias de classe e na discussão dos estudos precursores desse debate. As contribuições de tal debate para a divisão da população brasileira em ricos e não ricos são sumarizadas na forma de uma orientação de caráter geral: a de que a estratificação da sociedade brasileira entre ricos e não-ricos pode ser feita a partir de informações de um terceiro grupo, o dos pobres, e que esses grupos podem ser definidos em termos de um eixo comum – seu nível de riqueza. Isso significa que, na prática, a estratificação pode ser feita por meio de uma noção de riqueza relativa, que dependa totalmente da intensidade da pobreza em uma sociedade.; 26 p.

Critérios de estratificação social; The criteria for social stratification

Silva, Graciette Borges da
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/1981 POR
Relevância na Pesquisa
66.47%
É discutido o problema dos múltiplos critérios de estratificação social, existentes na literatura sociológica, e proposto um modelo de estratificação intimamente vinculado à sociedade de classes.; The problem of the multiple criteria for the social stratification in sociological literature, is discussed. A model of stratification intimately linked to the society of classes is proposed.

O Mito da Grande Classe Média. Capitalismo e Estrutura Social

Santos, Roberto Santana
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Política Social da UFES Publicador: Programa de Pós-Graduação em Política Social da UFES
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
56.01%
Resenha do livro "O mito da grande média. Capitalismo e estrutra social" de Marcio Pochmann, São Paulo: Boitempo, 2014.

Os "camponeses" e o "imperador": Reflexões etnográficas sobre orizicultura intensiva e estratificação social no Sudeste da China rural

Santos,Gonçalo Duro dos
Fonte: Centro em Rede de Investigação em Antropologia - CRIA Publicador: Centro em Rede de Investigação em Antropologia - CRIA
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.53%
Este artigo revisita o tema da distinção social nas sociedades humanas, a partir de material etnográfico recentemente colectado numa aldeia de linhagem situada na região de cultivo intensivo de arroz irrigado do Sudeste da China subtropical. O artigo sugere que as metáforas imperiais de estratificação social usadas pelos "camponeses" desta aldeia para se posicionarem no mundo são parte integrante de um esquema prático de estratificação social, cuja popularidade pode ser parcialmente explicada pelo facto de este esquema se encontrar profundamente enredado num modo de vida agrário imemorial assente na prática de orizicultura intensiva. Sugere-se ainda que este esquema cultural de estratificação social com ressonâncias orizícolas não é apenas um "modelo ideológico de", mas é também um " modelo ideológico para" a distinção social, que está por isso sujeito ao poder transformativo da história.

Factores de diferenciação social em Alcântara no início do século XX: A análise de uma lista de declarações profissionais

Vidal,Frédéric
Fonte: Editora Mundos Sociais Publicador: Editora Mundos Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2004 PT
Relevância na Pesquisa
56.24%
Será que é possível reconstituir formas de estratificação social com base em registos paroquiais e civis? Utilizando dados de um estudo sobre os habitantes do bairro de Alcântara em Lisboa no início do século XX, este artigo propõe discutir a hipótese da centralidade do papel do estatuto ocupacional na elaboração de factores de distinção entre indivíduos ou grupos de indivíduos. O exame e a contextualização dos modos de declaração das profissões permitem a reformulação da hipótese, destacando o interesse da análise das interacções entre factores de distinção social (estatuto ocupacional e percurso residencial, por exemplo).

Critérios de estratificação social

Silva,Graciette Borges da
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/1981 PT
Relevância na Pesquisa
66.4%
É discutido o problema dos múltiplos critérios de estratificação social, existentes na literatura sociológica, e proposto um modelo de estratificação intimamente vinculado à sociedade de classes.