Página 1 dos resultados de 8125 itens digitais encontrados em 0.081 segundos

Sonangol : o petróleo e a estratégia de desenvolvimento económico em Angola

Rodrigues, Rui Duarte Abano
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
95.88%
Dissertação de Mestrado em Gestão/MBA apresentada à Universidade Aberta; Este trabalho de investigação tem como objetivo, analisar a dependência petrolífera de Angola e as implicações que tal facto pode ter para o seu desenvolvimento económico, bem como estudar a estratégia que tem vindo a ser adotada pelo país, por intermédio da Sonangol, com vista ao desenvolvimento económico e social, perspetivando qual o modelo de desenvolvimento expectável para o país, nesta vertente. A metodologia utilizada foi sobretudo a análise documental, consubstanciada na análise de diversos relatórios económicos e financeiros publicados por diversas agências internacionais, bem como na análise de diversos artigos especializados nestas matérias. Foram ainda realizadas várias entrevistas a altos responsáveis pela tomada de decisão e política de desenvolvimento relacionadas com esta temática, no país. O setor petrolifero representa atualmente 57% do PIB angolano, 80% das receitas, e 97% das exportações. Angola produz hoje cerca de 1.7 milhões de barris de petróleo por dia, sendo o número 2 em África, no que concerne à produção de petróleo.1 Não admira, por isso, que o setor petrolífero continue a ser uma das áreas que mais tem impulsionado o crescimento económico em Angola. De acordo com o Orçamento de Estado dos últimos cinco anos...

Análise das relações entre estratégia de produção, práticas e desempenho operacional; Analysis of the relationship between manufacturing strategy, practices and operational performance

Silva, Eliciane Maria da; Santos, Fernando César Almada; Castro, Mário de
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
95.66%
Este trabalho teve o objetivo de verificar quais são as melhores práticas de produção para o setor moveleiro no Brasil, mediante a análise das relações entre as práticas de produção implantadas e prioridades competitivas e, também, entre indicadores de desempenho. A revisão teórica centrou em definir o pressuposto para o estudo das melhores práticas e realizar uma sistematização da literatura. Posteriormente, foi desenvolvida a pesquisa prática mediante uma survey em 99 empresas. Para a análise dos dados, foi empregada a técnica de modelagem de equações estruturais com o método de estimação dos mínimos quadrados ponderados. Os resultados revelaram que as práticas nas áreas de desenvolvimento de novos produtos, recursos humanos e planejamento e controle de produção estavam alinhadas à estratégia de produção e contribuíram para a melhoria de indicadores de desempenho operacional, sendo assim consideradas melhores práticas para o contexto estudado. Foram feitas discussões e sugestões para pesquisas futuras.

A discussão entre os economistas na década de 1970 sobre a estratégia de desenvolvimento econômico II PND: motivações, custos e resultados. ; The quarrel enters the economists in the decade of 1970 on the strategy of economic development II PND: motivation, costs and results.

Boarati, Vanessa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/02/2004 PT
Relevância na Pesquisa
95.8%
O foco deste trabalho consiste na avaliação do debate entre os economistas sobre a implementação do II PND, identificado como o principal tema de discussão durante a década de 70. A implementação desta audaciosa estratégia desenvolvimentista, em um ambiente de grave instabilidade econômica, gerou naquele momento um amplo debate entre os economistas. Os resultados desta pesquisa demonstraram que esta controvérsia, no entanto, diferentemente do que comumente se afirma, não estava centrada em uma discussão de ajuste estrutural versus conjuntural, pelo contrário. Para os defensores da estratégia, o plano encontrava-se inserido no “modelo brasileiro de desenvolvimento” e seria adotado independentemente da crise do petróleo. De outro lado, para os economistas críticos, existem dois conjuntos bem definidos de avaliações. Há os que avaliam a crise da economia brasileira como a fase descendente do ciclo econômico e, assim, o II PND seria incapaz de reverter a crise. Para o segundo grupo, embora concordem com os diagnósticos dos problemas econômicos brasileiros feitos no II PND, havia fortes criticas às metas propostas, à implementação efetiva e aos seus reais objetivos políticos de legitimação do regime autoritário.; The aim of this dissertation is to evaluate the economic debate about of II PND...

Património cultural e estratégia de desenvolvimento turístico da cidade de Guimarães

Remoaldo, Paula Cristina Almeida; Ribeiro, J. Cadima
Fonte: Município de Arcos de Valdevez Publicador: Município de Arcos de Valdevez
Tipo: Aula
Publicado em /12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
95.71%
O turismo é actualmente uma das actividades que mais contribui para a sobrevivência de numerosos territórios, na Europa e noutras paragens. A actividade tira partido económico dos recursos existentes e constitui-se num importante factor desincentivador do processo de despovoamento a que muitos estariam votados. O turismo constitui, também, uma forma de preservar o património cultural, ainda que nem sempre deste se faça conveniente aproveitamento, em razão da falta de aposta na diversificação dos produtos e na actuação concertada dos agentes envolvidos. A cidade de Guimarães tem-se assumido como um território com elevada carga simbólica, constituindo um bom exemplo de conservação do património urbano português estando indissociavelmente ligada à ideia de "berço da nacionalidade". Tem tentado justificar a designação de Património da Humanidade, que lhe foi atribuída pela U.N.E.S.C.O. em 2001, incrementando a oferta de infra-estruturas e implementando um programa de animação turística crescentemente diversificado. O presente texto propõe-se fazer uma breve análise da estratégia de desenvolvimento turístico seguida nesta cidade, seus roteiros e imagem turística, perfil dos visitantes e dinâmica cultural.

Integrative landscape management. New parameters for the implementation of common agriculture policy. A case study in southern Portugal; Gestão integrativa da paisagem. Novos parâmetros para a implementação da política agrícola comum. Um estudo de caso no sul de Portugal

Oliveira, Maria do Rosário Gaspar de
Fonte: Universidade de évora Publicador: Universidade de évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
95.74%
Uma das características da sociedade no início do século XXI é a velocidade de mudança que cruza todos os seus domínios e geografias. A paisagem pode ser vista como um retrato dinâmico dessas mudanças. Assim, a investigação sobre a paisagem pode dar importantes contribuições para a compreensão não só dos processos de mudança e do factores que a determinam, mas também do modo como as pessoas e a sociedade em geral se relacionam com a paisagem no que diz respeito ao seu passado, presente e futuro. A combinação destas abordagens poderá trazer novos contributos para qualificar o processo de tomada de decisão que tem que ser considerado a diferentes níveis, no sentido da gestão responsável e sustentável da paisagem. No entanto, a paisagem é actualmente um conceito complexo como resultado das diferentes componentes e disciplinas nas quais o seu significado está embebido. Portanto, seja qual for o contexto e o propósito no qual tal conceito possa ser utilizado, é necessário definir a base conceptual que enquadra a investigação. Esta tese pretende compreender as transformações da paisagem de uma área rural periférica no Sul de Portugal, considerada como Estudo de Caso — o concelho de Mértola, onde a Política Agrícola Comum (PAC) desempenhou um importante papel nas transformações que ali ocorreram nos últimos 20 anos. Essas mudanças foram estudadas em termos espaciais e em termos da percepção que dela têm os seus diversos utilizadores. A escolha da escala local para esta investigação foi considerada a forma mais adequada para abordar a complexidade que a paisagem pressupõe...

Experiências de Empreendedorismo como contributo para a revitalização dos Territórios de Baixa Densidade

Baltazar, Maria da Saudade; Santos, Marcos Olímpio
Fonte: APDR / Associação Portuguesa de Desenvolvimento Regional Publicador: APDR / Associação Portuguesa de Desenvolvimento Regional
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
95.67%
Os desequilíbrios espaciais que podem ser observados numa unidade geográfica possibilitam diversas classificações, uma das quais acolhe na sua nomenclatura os territórios de baixa densidade. Nestes territórios justifica-se uma intervenção com atributos específicos, pelo que o presente trabalho enquadra-se nas abordagens centradas em tais territórios. O Alentejo é um desses territórios de baixa densidade, e carateriza-se pela aversão ao risco e por um reduzido espírito empreendedor, panorama que diversas entidades têm procurado modificar nos últimos anos. Assim, no que se prende com a criação de empresas, o incentivo e apoios (ao abrigo de políticas públicas e protagonizados por diversas entidades de base local e regional) que têm sido concentrados na promoção do empreendedorismo, foram reforçados no Alentejo Central com a implementação do projeto WINNET 8. Com este trabalho, pretende-se identificar experiências de empreendedorismo que contribuem para a revitalização da base económica do Alentejo, e verificar a respetiva articulação com as estratégias de desenvolvimento já implementadas e previstas na estratégia 2020 por atores regionais e locais. A metodologia adotada assenta em pesquisa bibliográfica e recolha de informação junto dos empreendedores e atores regionais e locais que implementam as estratégias de desenvolvimento definidas para o Alentejo. A estrutura do trabalho inclui os seguintes pontos: i) enquadramento teórico-conceptual sobre os territórios de baixa densidade; ii) estratégias de desenvolvimento no Alentejo; iii) casos de empreendedorismo; iv) reflexões finais.

Os Parques Industriais face à actual crise: o caso de Vendas Novas

Figueira, José; Santos, Marcos; Baltazar, Maria da Saudade
Fonte: APDR / Associação Portuguesa de Desenvolvimento Regional Publicador: APDR / Associação Portuguesa de Desenvolvimento Regional
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
95.62%
A crise que se repercute sobre todo o mundo desde 2007, tem afetado em Portugal a dinâmica dos parques industriais. Face a essa realidade os autores efetuam uma reflexão sobre as consequências da crise para o Parque Industrial de Vendas Novas (PIVN) e analisam as medidas implementadas localmente para minimizar os efeitos dessa crise, no âmbito de tomadas de decisões da Sociedade Parque Industrial de Vendas Novas - SPIVN e do Municipio no quadro das suas competências e responsabilidades. Aborda-se também o futuro a médio longo / prazo da Sociedade do Parque Industrial de Vendas Novas, tendo em consideração a efetivação da infraestruturação dos restantes 15ha, da requalificação paisagística no âmbito de projeto candidato ao QREN/Subvenção Global atribuída aos Municípios pelo PorAlentejo/CIMAC – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central; a consequente alteração do Plano de Pormenor do PIVN bem como os impactos do Programa das Redes Urbanas para a Competitividade e Inovação (RUCI) /”Projeto Corredor Azul” em particular o projeto transversal “PROMOINVEST”, liderado pelo Municipio de Vendas Novas, que visa a “promoção e atração de investimentos” dos “territórios (10 municípios) envolvidos no referido “Programa/Projeto”. Reflexão esta enquadrada pelos desafios que se vão colocar a Portugal e à região no que respeita ao crescimento económico com vista à criação de emprego e à atração de investimentos...

Avaliação do alargamento do Geoparque Arouca ao território Montemuro e Gralheira: um estudo sobre património geológico e proposta de um plano de desenvolvimento territorial

Rocha, Daniela Maria Teixeira da
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
85.91%
Tese de Doutoramento em Ciências da Terra e da Vida; O Território Montemuro e Gralheira (TMG) abrange uma superfície com uma área aproximada de 1.690 km2, situando-se na zona de transição litoral-interior e integrando sete concelhos do norte-centro de Portugal continental: Arouca, Castelo de Paiva, Castro Daire, Cinfães, S. Pedro do Sul, Sever do Vouga e Vale de Cambra. Situado em posição central no TMG, encontra-se classificado desde 2009 o Geoparque Arouca, membro da Rede Global de Geoparques sob os auspícios da UNESCO, coincidindo com os limites administrativos do concelho de Arouca. Desde então o Geoparque Arouca tem-se imposto como um reconhecido bom exemplo na prática de ações de geoconservação, educação para o desenvolvimento sustentável e geoturismo, que se assumem como pilares fundamentais deste conceito de desenvolvimento territorial. Por esta via, os impactos gerados no desenvolvimento de Arouca suscitaram uma atenção e interesse crescentes por parte dos municípios circunvizinhos membros ADRIMAG, em aderir a esta estratégia de desenvolvimento territorial. Esta vontade, diversas vezes expressa, esteve na origem da seleção da temática de estudo desta tese. O TMG encontra-se certificado desde 2013 pela Carta Europeia de Turismo Sustentável (CETS)...

Estratégia de desenvolvimento e as três frentes de expansão no Brasil: um desenho conceitual

Bielschowsky,Ricardo
Fonte: Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas Publicador: Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
105.8%
O artigo pretende ajudar a organizar, conceitualmente, o debate brasileiro sobre desenvolvimento, em sua dimensão econômica. Desenha uma estratégia de desenvolvimento para o Brasil com base na ideia de existência de três frentes de expansão, movidas pela demanda - três "motores do investimento": consumo de massa, recursos naturais e infraestrutura. Enfatiza a relevância de se acionarem dois "turbinadores" desses motores do desenvolvimento (inovação tecnológica e reativação de encadeamentos produtivos tradicionais). Argumenta, também, que a fórmula corresponde a um padrão viável de expansão econômica a longo prazo - tal como, no passado, deu-se com o processo de industrialização.

Competição política e apropriação das rendas : a variação na estratégia de desenvolvimento dos recursos naturais no caso da Bolívia

Augusto Prudente Lima, Marcelo; de Almeida Medeiros, Marcelo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.85%
Este trabalho visa entender porque varia a estratégia de desenvolvimento do setor de recursos naturais política fiscal e regime de propriedade , bem como qual o resultado que essa variação opera na vida política-econômica dos países. Trata-se de um estudo de caso único cujo objetivo é testar as novas teorias acerca conhecidas como teoria condicional da maldição dos recursos. Para tanto selecionou-se o caso da Bolívia, que se adéqua aos requisitos esboçados nesse aporte teórico: variação na estratégia ao longo do tempo e dependência econômica dos recursos naturais. Nessa nova fronteira de pesquisa os trabalhos contestam o determinismo presente na teoria da maldição dos recursos sugerem que o pressuposto de que as rendas correm como um maná dos deuses para os cofres dos Estados não pode ser generalizado no caso empírico, onde o grau de apropriação de rendas pelos governos varia. Sobressai-se a teoria de Luong e Weinthal que aponta múltiplas estratégias com distintos resultados sobre a apropriação das receitas pelos governos, além de informar que estas variam no tempo e no espaço. A partir dessa teoria que procederemos à análise do caso. Têm-se a hipótese de que a competição política...

Regionalização como estratégia de desenvolvimento: política de desenvolvimento local de Pernambuco

Jucá Maciel, Suely; de Almeida Medeiros, Marcelo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.69%
O estudo tem por objetivo analisar, em uma perspectiva comparada, a contribuição que o modelo de planejamento regional proposto pelo Programa Governo nos Municípios aporta ao desenvolvimento local/regional de Pernambuco. A política regional européia, com destaque para a italiana, fornece o referencial teórico e conceitual necessário à pesquisa. Reconhece-se a influência dos modelos de planejamentos regionais europeus nos modelos nacionais, propostos pelo Governo Federal e pelos governos estaduais. Adota-se, como metodologia, o estudo e a adequação do modelo de avaliação regional utilizado por Robert Putnam no estudo das 20 regiões italianas, com base nas evidências independentes e na análise multifacetada. Deste modo, a partir dos elementos selecionados por Putnam, identificam-se os elementos de comprovação do desempenho regional de Pernambuco. Comparam-se de forma simultânea, as 12 Regiões de Desenvolvimento adotadas pelo planejamento estadual, a partir de 1999. Os resultados da análise destes elementos sinalizam para uma tendência à redução das disparidades regionais e a interiorização do desenvolvimento. Entre os aspectos identificados pelo estudo destaca-se a evidência de uma trajetória significativa de planejamento regional em Pernambuco...

A economia solidária como uma estratégia de desenvolvimento territorial: alguns aspectos teóricos

Vasconcelos, Teodulo Augusto Campelo de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
95.76%
Este trabalho procura apontar teoricamente como a Economia Solidária tendo como termo de mediação o Capital Social pode se constituir numa potente estratégia de desenvolvimento territorial. A Economia Solidária envolve um conjunto de atividades econômicas e sociais que recuperam o sentido da solidariedade, da dádiva e do cooperativismo, procurando re-inserir o econômico no conjunto de outras práticas sociais. Políticas públicas voltadas para a Economia Solidária podem se constituir em importantes instrumentos do desenvolvimento territorial se conseguirem estimular a geração de um conjunto de normas e valores, tendentes a criar laços de confiança que propiciem ou facilitem a consecução de objetivos comuns, criem identidades e que mesmo respeitando as estruturas de poder que são definidoras dos territórios e seus limites, reconheçam a alteridade, para lhes permitir o estabelecimento de novas relações horizontais, capazes de produzirem mudanças na capacidade das pessoas para promoverem seu desenvolvimento integral e melhorar suas condições de vida. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; This work aims to theoretically highlight how the Solidarity Economics having as a mediation term the Social Capital can constitute in a powerful strategy of territorial development. The Solidarity Economy is based on a set of economic and social activities which recovers the solidarity sense...

Avaliação de desempenho: Estratégia de gestão

Melo, Rosa Cândida de Carvalho Pereira de; Silva, Maria Júlia Paes
Fonte: UICISA:E Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: UICISA:E Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Outros
Publicado em 21/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
85.88%
Introdução A Avaliação de Desempenho é uma das mais poderosas estratégias de Gestão de Recursos Humanos. O seu objetivo principal não é, como tantas vezes se pensa, julgar as pessoas ou dar opiniões sobre elas, mas melhorar o desenvolvimento do individuo e da organização, ajudando a atingirem níveis de desempenho mais elevados. Para que esta estratégia de gestão seja eficiente as pessoas têm que sentir que fazem parte da organização, sendo essencial que haja uma excelente comunicação (Druker, 2009; Chiavenato, 2009). Objetivo Este estudo teve como objetivos identificar o nível de competências relacionais de ajuda em uma unidade de cuidados e conhecer a perceção dos enfermeiros sobre a importância da avaliação de desempenho como estratégia de gestão facilitadora do desenvolvimento de competências relacionais de ajuda nos enfermeiros. Metodologia - Estudo realizado em duas fases: Na 1ª fase foi realizado um estudo descritivo e transversal, numa amostra de 690 enfermeiros que exerciam funções em 56 unidades de saúde, tendo-se utilizado o Inventário de Competências relacionais (ICRA). Na 2ª fase foi realizado um estudo de caso realizado na unidade de saúde identificada com maior nível de competências relacionais de ajuda. Foram utilizadas abordagens quantitativas e qualitativas. Os dados qualitativos foram analisados recorrendo à técnica de análise de conteúdo pela metodologia de Bardin (2004) e os dados quantitativos recorrendo ao SPSS. Resultados - No estudo de caso os valores obtidos nas dimensões do ICRA foram superiores aos valores médios obtidos na 1ª fase do estudo. Quanto à avaliação de desempenho como estratégia de gestão facilitadora do desenvolvimento de competências relacionais de ajuda nos enfermeiros emergiram as seguintes categorias: a avaliação ser continua...

Avaliação de desempenho: Estratégia de gestão

Melo, Rosa Cândida de Carvalho Pereira de
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 21/07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
85.88%
Introdução A Avaliação de Desempenho é uma das mais poderosas estratégias de Gestão de Recursos Humanos. O seu objetivo principal não é, como tantas vezes se pensa, julgar as pessoas ou dar opiniões sobre elas, mas melhorar o desenvolvimento do individuo e da organização, ajudando a atingirem níveis de desempenho mais elevados. Para que esta estratégia de gestão seja eficiente as pessoas têm que sentir que fazem parte da organização, sendo essencial que haja uma excelente comunicação (Druker, 2009; Chiavenato, 2009). Objetivo Este estudo teve como objetivos identificar o nível de competências relacionais de ajuda em uma unidade de cuidados e conhecer a perceção dos enfermeiros sobre a importância da avaliação de desempenho como estratégia de gestão facilitadora do desenvolvimento de competências relacionais de ajuda nos enfermeiros. Metodologia - Estudo realizado em duas fases: Na 1ª fase foi realizado um estudo descritivo e transversal, numa amostra de 690 enfermeiros que exerciam funções em 56 unidades de saúde, tendo-se utilizado o Inventário de Competências relacionais (ICRA). Na 2ª fase foi realizado um estudo de caso realizado na unidade de saúde identificada com maior nível de competências relacionais de ajuda. Foram utilizadas abordagens quantitativas e qualitativas. Os dados qualitativos foram analisados recorrendo à técnica de análise de conteúdo pela metodologia de Bardin (2004) e os dados quantitativos recorrendo ao SPSS. Resultados - No estudo de caso os valores obtidos nas dimensões do ICRA foram superiores aos valores médios obtidos na 1ª fase do estudo. Quanto à avaliação de desempenho como estratégia de gestão facilitadora do desenvolvimento de competências relacionais de ajuda nos enfermeiros emergiram as seguintes categorias: a avaliação ser continua...

Modelo que integra processo de desenvolvimento de produto e planejamento inicial de spin-offs acadêmicos; An integrated model for product development process and initial strategic planning of academic spin-offs

GOMES, Leonardo Augusto de Vasconcelos; SALERNO, Mario Sergio
Fonte: Universidade Federal de São Carlos Publicador: Universidade Federal de São Carlos
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
95.81%
O tema tratado neste artigo, processo de desenvolvimento dos primeiros produtos de um spin-off acadêmico, é pouco explorado pela literatura da área, que apresenta abordagens mais orientadas para grandes empresas já consolidadas. O processo de desenvolvimento de produtos no contexto de spin-offs apresenta algumas particularidades: natureza não linear e recursiva, porém sequencial; relação estreita com a estratégia do negócio em formação, sendo que o desenvolvimento de produtos afeta e é afetado por essa estratégia. A partir de revisão da literatura e de estudos de caso, é proposto um modelo específico para spin-offs que integra o processo de desenvolvimento de produto e o planejamento inicial. Como elo de integração entre os dois processos, é sugerido o emprego do método technology roadmapping, com o intuito de também permitir a visualização da evolução da estratégia do negócio. Espera-se que o modelo proposto sirva de referência e auxilie pesquisadores/empreendedores, incubadoras e investidores durante o nascimento desse tipo de empreendimento; The paper discusses the development process of academic spin offs' initial products. This topic has been rarely approached in the literature, which focuses mainly on large and consolidated companies. Spin offs' product development process presents some specificities such as nonlinear and recursive nature...

A estratégia de desenvolvimento do 2o. governo Vargas (1951-54)

Roeper, Sandro Joel Roecker
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 122 f.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
85.89%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Economia.; No presente trabalho é reconstruída a estratégia de desenvolvimento econômico do 2º governo de Getúlio Vargas no Brasil (1951-1954), sob a ótica da EPSM. Para EPSM o desenvolvimento econômico ocorre no sistema-mundo e, portanto, o desenvolvimento de um país ou região deve ser visto em suas interconexões com o sistema-mundo do qual faz parte. Para ver essas interconexões, partimos de uma teoria de funcionamento do sistema-mundo (capítulo 1), em que verificamos como se formam e mantém a divisão internacional do trabalho (estrutura do sistema) através de forças não só econômicas como políticas, que, em grande parte, determina as possibilidades de desenvolvimento econômico em uma determinada região. Em seguida (capitulo 2), é feito um mapa geral da conjuntura do período em questão que é de formação das instituições da hegemonia norte americana na economia-mundo. A estratégia americana para a América latina, na verdade para o terceiro mundo em geral, era a manutenção de portas abertas para investimentos e comércio internacional, possibilitando dessa forma o acesso de empresas americanas a recursos estratégicos para a reconstrução dos centros da economia-mundo da Europa e do Japão utilizando para isso o seu poder militar justificado por uma lógica de combate à URSS...

Estratégia de marketing como instrumento de competitividade na pequena empresa

Sousa, Tereza Cristina Santana de
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
85.85%
Mestrado em Gestão de Empresas; Este trabalho teve por objetivo apresentar propostas de melhoria para o desenvolvimento de estratégia de marketing na pequena empresa, considerando suas particularidades de gestão, de forma a contribuir para obtenção de vantagem competitiva. A revisão bibliográfica versa sobre o desenvolvimento de estratégia de marketing, embasado nos elementos que a compõem - seleção de mercados, definição de posicionamento competitivo e formação do mix de marketing -, o processo para obtenção de vantagem competitiva e as particularidades da pequena empresa. Foram pesquisadas quatro empresas do setor de confecção do vestuário, localizadas em Araguaína-TO, sendo uma empresa micro e três de pequeno porte. Verificou-se que nas indústrias pesquisadas os proprietários-dirigentes têm um entendimento vago e incompleto sobre vantagem competitiva, sendo esta mais focada no preço e no produto. A preocupação dos dirigentes está mais direcionada às atividades produtivas que mercadológicas. Os mercados são definidos em conseqüência do produto, seu nível de qualidade e preço e, o posicionamento competitivo em razão do nível de qualidade do produto e do preço ofertado. As estratégias de promoção e distribuição nem sempre são coerentes com a natureza do produto...

¿Hacia un nuevo modelo de desarrollo? Desde la teoría de la regulación. Argentina 2003- 2010; Towards a New Development Model? From a Regulatory Perspective. Argentina 2003-2010; Rumo a um novo modelo de desenvolvimento? Desde a teoria da regulação. Argentina 2003-2010

de Angelis, Ignacio; Calvento, Mariana; Roark, Mariano Eduardo
Fonte: Instituto de Investigaciones Económicas de la UNAM Publicador: Instituto de Investigaciones Económicas de la UNAM
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:ar-repo/semantics/artículo; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
85.85%
El presente artículo propone un análisis del modelo de desarrollo argentino pos convertibilidad dentro del actual proceso de transformación del capitalismo y superación de la fase neoliberal como estrategia de desarrollo. Presentamos la teoría de la regulación como el marco teórico sobre el cual se sostiene nuestro estudio y conceptualización del modelo de desarrollo. A partir de allí avanzamos en la caracterización de los principales elementos de la estrategia de desarrollo que derivaron en la crisis del 2001, abriendo espacio para la reconversión de las estructuras sociales y económicas que contienen al capitalismo en Argentina. En este contexto, abordamos el análisis de la configuración del modelo de desarrollo para el periodo 2003-2010 con el objetivo de determinar el alcance transformador en relación al ciclo neoliberal.; This article proposes an analysis of the post-convertibility development model within the current process of the transformation of capitalism and overcoming the neoliberal phase as a development strategy. We present the theory of regulation as the theoretical framework on which our study and conceptualization of the development model rests. From there, we advance in defining the key elements of the development strategy that led to the 2001 crisis...

Os Condicionantes políticos de uma nova estratégia de desenvolvimento econômico da Rússia

Pomeranz, Lenina
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
105.88%
O artigo apresenta os pontos políticos que condicionaram a estratégia de desenvolvimento da economia russa durante e depois da crise financeira global. Assim uma primeira estratégia de desenvolvimento econômico da Rússia capitalista foi formulada quando se estabeleceu, em diagnóstico sobre a economia, que o processo de transformação sistêmica a que foi submetido o país tinha sido completado com as reformas empreendidas entre 1990 e 2003. Estas foram realizadas em duas etapas: a primeira, entre 1990 e 1998, envolveu a destruição dos fundamentos do sistema anterior; a segunda, entre 1999 e 2003, envolveu a criação dos institutos necessários ao funcionamento e à regulação dos mecanismos de mercado. Estas duas permitiram o início de uma nova etapa de desenvolvimento, qualitativamente nova, baseada em um novo sistema econômico-social no país. Em outros termos, a elaboração de uma estratégia de desenvolvimento econômico deixou de ser formulada centralmente, com base no planejamento diretivo centralizado socialista, para focar-se em uma programação do desenvolvimento da Rússia capitalista. Mas, levando em conta as especificidades da economia herdada: i) o país detinha uma estrutura industrial desenvolvida, ainda que bastante debilitada; definiu-se...

Estratégia de desenvolvimento e as três frentes de expansão no Brasil: um desenho conceitual

Bielschowsky, Ricardo
Fonte: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações Publicador: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
105.8%
O artigo pretende ajudar a organizar, conceitualmente, o debate brasileiro sobre desenvolvimento, em sua dimensão econômica. Desenha uma estratégia de desenvolvimento para o Brasil com base na ideia de existência de três frentes de expansão, movidas pela demanda - três “motores do investimento”: consumo de massa, recursos naturais e infraestrutura. Enfatiza a relevância de se acionarem dois “turbinadores” desses motores do desenvolvimento (inovação tecnológica e reativação de encadeamentos produtivos tradicionais). Argumenta, também, que a fórmula corresponde a um padrão viável de expansão econômica a longo prazo – tal como, no passado, deu-se com o processo de industrialização.AbstractThe article aims at helping to provide a conceptual framework for the Brazilian debate on economic development strategies. It designs a strategy on the basis of the idea of the existence of three demandled “growth fronts,” or three “engines of investment”: mass consumption, natural resources and infrastructure. The article stresses the relevance of putting into action two “turbo-chargers” of these three engines of investment; namely technological innovation and the recuperation of traditional productive chains. Finally...