Página 1 dos resultados de 988 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Cultivo orgânico de melão: aplicação de esterco e de biofertilizantes e substâncias húmicas via fertirrigação.; Organic melon crop: manure and biofertilizers and humic substances applied through fertigation.

Duenhas, Luiza Helena
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
O presente trabalho teve por objetivo estudar a resposta da cultura de melão conduzida em sistema orgânico a diferentes doses de substâncias húmicas extraídas de leonardita e esterco. Os tratamentos foram quatro doses de substâncias húmicas (0, 5, 10 e 20 mg.L-1 de solo) e esterco em combinação com dois biofertilizantes mais dois tratamentos adicionais utilizando fertilizantes convencionais com e sem esterco. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com doze tratamentos e três repetições. Em função dos resultados obtidos, nas condições do experimento (solo com baixa CTC e baixo teor de matéria orgânica), pode-se concluir que: (i) a melhor resposta da cultura de melão (produtividade total e comercial, número de frutos comerciais e comprimento do fruto), conduzido em sistema orgânico de produção, na região de Petrolina-PE, é obtida com a adição de esterco; (ii) a produtividade total e comercial, o número total e comercial de frutos e a massa média de frutos de melão aumentaram com as doses de substâncias húmicas combinadas ao biofertilizante Agrobom; e (iii) não houve efeito da adição de esterco e das doses de substâncias húmicas, em combinação com caldas biofertilizantes aplicadas via fertirrigação na firmeza...

Produção de biogás em reator anaeróbio de alta taxa alimentado com a fração líquida de esterco bovino peneirado; Biogas production in anaerobic high-rate reactor fed with the liquid fraction of cattle manure

Vidal, Adriano Gasparini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
O objetivo desse trabalho foi o de avaliar o desempenho de um reator anaeróbio híbrido de alta taxa (AHHR), contendo biomassa imobilizada em leito ordenado, alimentado com a fração líquida de esterco bovino, na produção de biogás. No estudo, foi utilizado um reator anaeróbio de fluxo ascendente de 12,4 L de volume total (9,2 L de volume útil) com leito ordenado composto por hastes de espuma de poliuretano (PU). O leito ordenado utilizado possuía 32 hastes de espuma de 1,25 cm2 de seção com 50,0 cm de comprimento, posicionadas verticalmente no interior do reator. A alimentação do reator e a recirculação foram realizadas por meio de bombas dosadoras de diafragma. O reator operou na faixa mesofílica de temperatura (de 20 a 40 °C) sem a utilização de mecanismos de controle de temperatura. Foram testadas 7 condições operacionais diferentes, variando o tempo de detenção hidráulica (TDH), carga orgânica volumétrica (COV) aplicada e a utilização de recirculação interna. Para cada fase operacional, foram avaliadas a remoção de matéria orgânica e a produção de biogás. O sistema apresentou elevada remoção de matéria orgânica operando com TDH de 3 e 1d, respectivamente, com valores médios de remoção de DQO de 79 % e 71 %. O biogás produzido pelo reator apresentou concentração de metano de 57...

Uso de esterco associado à adubação mineral na produção de mudas de mamoeiro (Carica papaya L.)

Canesin, Regina Célia Faria Simão; Corrêa, Luiz de Souza
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 481-486
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
Na composição do substrato para produção de mudas de mamoeiro, recomenda-se o uso de adubação orgânica, que traz como vantagens a melhoria das características físicas, químicas e biológicas do solo, criando um ambiente favorável ao desenvolvimento inicial das mudas, bem como boa resposta do mamoeiro. Os materiais orgânicos desempenham ainda um importante papel na nutrição das plantas como fornecedores de nutrientes. Contudo, observa-se que existe uma grande variação nas recomendações e quase sempre a adubação orgânica está associada à adubação mineral. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi o de verificar os efeitos do uso de esterco de curral associado ou não à adubação mineral no substrato sobre a formação de mudas de mamoeiro. O Experimento foi conduzido na FEP/UNESP/Câmpus de Ilha Solteira-SP. O delineamento utilizado foi em blocos, em esquema de parcelas subdivididas, sendo parcelas as cultivares e subparcelas os substratos. Cada parcela com 5 repetições e 10 plantas úteis por subparcela. Para a comparação das médias, utilizou-se o teste de Tukey. Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que: a) Na formação das mudas de mamoeiro, o esterco de curral pode ser utilizado sem a necessidade de adubação mineral com o superfosfato simples e o cloreto de potássio; b) O esterco de curral foi capaz de fornecer às mudas de mamoeiro os nutrientes N...

Adubação mineral, esterco de curral e lodo de esgoto no desenvolvimento inicial do cafeeiro

Mobricci, Cassiano Augusto de Nadai
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: viii, 64 f. : gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.02%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Agronomia (Agricultura) - FCA; O lodo de esgoto (LE) é um resíduo do tratamento das águas servidas, sejam domésticas, industriais ou agroindustriais, contendo níveis de matéria orgânica, macro e micronutrientes fundamentais para a fertilidade do solo. O presente trabalho teve como objetivo estudar o comportamento de plantas de café, comparando a utilização de lodo de esgoto, esterco de curral curtido (EC) e adubação mineral, avaliando-se o desenvolvimento das plantas, alterações na fertilidade do solo e o estado nutricional das plantas, bem como o acúmulo de metais pesados que pudessem atingir concentrações fitotóxicas para o solo e às plantas manejadas com as diferentes doses de lodo de esgoto. O experimento foi instalado em vasos de 20 litros preenchidos com LATOSSOLO VERMELHO. Foi utilizado o cultivar de café Tupi, linhagem IAC 1669-33 como planta indicadora. Constituiu de nove tratamentos e oito repetições, totalizando 72 plantas. Foram avaliados a cada dois meses os parâmetros de altura das plantas e diâmetro da copa. Depois de 12 meses foi avaliada a composição química das folhas fisiologicamente maduras, visando determinar N...

Esterco de bovino e calcário para formação de mudas de guanandi

Artur, Adriana Guirado
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ix, 49 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Ciência do Solo) - FCAV; A qualidade do substrato é fator decisivo na formação de mudas de espécies florestais. Assim, foram avaliados, em casa de vegetação, os efeitos de doses de esterco de bovino e de calcário na formação de mudas de guanandi (Calophyllum brasiliense Cambèss.). Foram avaliadas quatro doses de cada fator, combinadas em esquema fatorial 4x4. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso com quatro repetições. O substrato foi formado pela mistura, em volume, de oito partes de subsolo e duas partes de areia, com o acréscimo de doses de esterco correspondentes a 0, 2, 4 e 6 partes que, em massa, foram equivalentes a 0; 101; 175 e 229 kg m-3. As doses de calcário foram calculadas para elevar a porcentagem de saturação por bases a 20, 35, 50 e 65%. Foram avaliados, aos 120 dias, altura, diâmetro do colo, número de folhas, área foliar, matéria seca das partes aérea e radicular das mudas e concentração de macronutrientes nas folhas. Pode-se concluir que em substrato constituído de subsolo+areia, adubado com fósforo, não é necessário aplicar calcário, e que o uso do esterco de bovino na composição do substrato em doses maiores ou iguais a 100 kg m-3 resulta em menor crescimento das mudas de guanandi.; The substrate quality is a decisive factor to produce seedlings of forest plants. The effects of cattle manure and lime rates in substrate were evaluated in order to produce guanandi (Calophyllum brasiliense Cambèss.) seedlings in greenhouse conditions. Four rates of each factor were evaluated...

Uso de meio a base de esterco suíno no cultivo de Ankistrodesmus gracilis (Chlorophyta) em laboratório

Fioresi, Tatiana Betioli
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: v, 55 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Microbiologia Agropecuária - FCAV; Um dos fatores importantes na criacao de larvas de peixes e o uso de alimento natural, tal como o fitoplancton, o qual pode ser cultivado em instalacoes especiais, a baixo custo com alto valor nutricional e elevada taxa de crescimento. Muitos fatores afetam o cultivo de algas como luz, nutrientes, temperatura e pH, sendo esses fatores complexos e dificeis de serem analisados separadamente, principalmente, as interacoes entre incidencia de luz e limitacao de nutrientes. Entretanto, a restricao a luz e mais impactante do que a limitacao de nutrientes, desde que a luz afeta diretamente a utilizacao dos compostos disponiveis no meio de cultura. Estudos tem sido enfatizados focalizando o cultivo de algas para a producao de alimento, utilizando-se meios alternativos como forma de baratear o custo de producao. O objetivo do presente trabalho foi avaliar e comparar o efeito do esterco suino no desenvolvimento de Ankistrodesmus gracilis, cultivada em laboratorio em dois meios: com esterco gin natura e esterco biodigerido. O experimento foi realizado no periodo de 22 dias nos volumes, de 2L e 250L, analisando a biologia...

Créditos de nitrogênio, alterações nos atributos químicos do solo e nos componentes de produção da cultura do milho em função da aplicação de esterco bovino

Silva, Marcio Silveira da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ix, 47 p. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.46%
Pós-graduação em Agronomia (Produção Vegetal) - FCAV; Os adubos orgânicos se constituem como uma importante forma de reciclagem de nutrientes, em especial o nitrogênio. No entanto, estimar a quantidade de N que é fornecida durante o ciclo da cultura é uma tarefa complexa. Nesse sentido, foram conduzidos simultaneamente dois experimentos em um Latossolo Vermelho eutroférrico muito argiloso, no município de Jaboticabal-SP, durante o ano agrícola 2011/2012 com o objetivo de se avaliar os créditos de nitrogênio para a cultura do milho, as alterações nos componentes de produção e as alterações nos atributos químicos do solo em função da aplicação de esterco bovino. Ambos os experimentos foram conduzidos em blocos casualizados com quatro repetições. Os tratamentos no primeiro experimento foram constituídos por doses de N, sendo elas: 0; 60; 90; 120; 180 e 240 kg ha-1, de N utilizando-se como fonte a ureia. Este experimento foi conduzido para de determinar a curva de resposta da cultura ao nitrogênio e, por meio desta calcular os créditos de nitrogênio provenientes da adubação com esterco. Já no segundo experimento, os tratamentos foram constituídos por sete doses de esterco bovino, 0; 5; 10; 15; 30; 45 e 60 Mg ha-1. Foram avaliados os componentes de produtividade do milho...

Eliminação de Escherichia coli Shigatoxigênica não-O157 em compostagem de esterco bovino

Gonçalves, Vanessa Parpinelli
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xiv, 56 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Microbiologia Agropecuária - FCAV; Escherichia coli é a bactéria mais comum entre os patógenos entéricos causadores de doenças intestinais. As diferentes classes de E. coli causadoras de diarréia são reconhecidas através dos fatores de virulência que elas apresentam. As E. coli produtoras de Shiga toxina (STEC), especialmente o sorotipo O157:H7 tem sido associado a diversas doenças no ser humano. Além do sorotipo O157:H7, vários outros sorogrupos não-O157 também estão associados a infecções em humanos. Estas bactérias podem ser recuperadas de muitos animais, mas o gado bovino é reconhecido como o seu mais importante reservatório natural. Para análise da sobrevivência de cepas STEC não-O157 em sistemas de compostagem, inicialmente foram coletadas fezes de três vacas saudáveis que apresentaram E. coli portando o gene stx2, característico de cepas STEC. Foram montados dois sistemas de compostagem: o primeiro foi realizado em vala de 60cmd, no qual E. coli apresentando o gene stx2 foi eliminada após 8, 25 e 30 dias nas temperaturas de 40, 42 e 38°C, respectivamente; o segundo sistema foi realizado sobre o solo em um monte em forma de pirâmide com 1md...

Produção de forragem em pastagem natural com o uso de esterco líquido de suínos

Durigon,R.; Ceretta,C. A.; Basso,C. J.; Barcellos,L. A. R.; Pavinato,P. S.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.52%
A produção de matéria seca por pastagem natural normalmente é baixa em virtude da limitação de nutrientes disponíveis no solo, a qual pode ser corrigida com o uso de esterco líquido de suínos. Visando avaliar a eficiência e a freqüência de utilização de esterco líquido de suínos na produção de matéria seca e acúmulo de nutrientes em pastagem natural, foi realizado um experimento de novembro de 1995 a novembro de 1999, no município de Paraíso do Sul (RS), em condomínio de suinocultores. Os tratamentos consistiram na aplicação de doses de 0, 20 e 40 m³ ha-1 de esterco líquido de suínos, aplicadas em intervalos de 45 a 60 dias. Antes das aplicações do esterco, foram feitas coletas para determinação da produção de matéria seca da pastagem natural. Posteriormente, toda a área foi roçada, a forragem retirada e o esterco aplicado. A aplicação de 20 m³ ha-1 em intervalos de 45 a 60 dias mostrou-se mais eficiente para o suprimento de nutrientes às plantas da pastagem natural, enquanto a quantidade de fósforo absorvido pelas plantas na pastagem natural foi muito baixa em relação à quantidade aplicada por meio do esterco. Deve-se dar especial atenção às quantidades de potássio e magnésio presentes no esterco líquido de suínos...

Uso de esterco associado à adubação mineral na produção de mudas de mamoeiro (Carica papaya L.)

Canesin,Regina Célia Faria Simão; Corrêa,Luiz de Souza
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
Na composição do substrato para produção de mudas de mamoeiro, recomenda-se o uso de adubação orgânica, que traz como vantagens a melhoria das características físicas, químicas e biológicas do solo, criando um ambiente favorável ao desenvolvimento inicial das mudas, bem como boa resposta do mamoeiro. Os materiais orgânicos desempenham ainda um importante papel na nutrição das plantas como fornecedores de nutrientes. Contudo, observa-se que existe uma grande variação nas recomendações e quase sempre a adubação orgânica está associada à adubação mineral. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi o de verificar os efeitos do uso de esterco de curral associado ou não à adubação mineral no substrato sobre a formação de mudas de mamoeiro. O Experimento foi conduzido na FEP/UNESP/Câmpus de Ilha Solteira-SP. O delineamento utilizado foi em blocos, em esquema de parcelas subdivididas, sendo parcelas as cultivares e subparcelas os substratos. Cada parcela com 5 repetições e 10 plantas úteis por subparcela. Para a comparação das médias, utilizou-se o teste de Tukey. Com base nos resultados obtidos, pode-se concluir que: a) Na formação das mudas de mamoeiro, o esterco de curral pode ser utilizado sem a necessidade de adubação mineral com o superfosfato simples e o cloreto de potássio; b) O esterco de curral foi capaz de fornecer às mudas de mamoeiro os nutrientes N...

Mineralização de esterco de ovinos e sua influência na produção de alface

Figueiredo,Cícero Célio de; Ramos,Maria Lucrécia G; McManus,Concepta M; Menezes,Adriana M de
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.5%
Diversos resíduos orgânicos são utilizados na agricultura sem o adequado conhecimento da sua dinâmica de mineralização. Avaliou-se a mineralização de esterco de ovinos e sua influência na produção de alface. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso com três repetições. Foram utilizadas 25 t ha-1 como dose de esterco para cada um dos seguintes tratamentos: 1) esterco de ovinos que se alimentaram de feno de mandioca (PAM); 2) esterco de ovinos que se alimentaram de subproduto de ervilha (ERV); 3) esterco de ovinos que se alimentaram de feno de capim coast-cross (FCC); 4) esterco de ovinos que se alimentaram de subproduto de saccharina (SAC) e 5) solo sem aplicação de esterco (testemunha). Foi determinada semanalmente a respiração basal do solo, utilizada como indicador de mineralização da matéria orgânica. A massa fresca de alface foi avaliada como medida de produção. Os tratamentos ERV, FCC e SAC apresentaram ganhos de massa fresca na ordem de 68, 65 e 62% em relação à testemunha e de 43, 39 e 33% em relação ao PAM, respectivamente. A produção menor promovida pelo PAM, em relação às demais, pode ser explicada pela forma de mineralização da matéria orgânica que apresentou elevada respiração microbiana cinco dias após o transplantio...

ATIVIDADE MICROBIANA DO SOLO COM A APLICAÇÃO DE ESTERCO BOVINO E EFLUENTE DE BIODIGESTOR

Alta,Celso; Frios,Marcos Rubens
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1992 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
No período de novembro de 1983 a fevereiro de 1984, em Santa Maria. RS, em solo da Unidade de Mapeamento São Pedro (Podzólico Vermelho-amarelo), foi conduzido um experimento de incubação com o objetivo de avaliar o efeito de doses crescentes (9, 18 e 27t/ha), em peso seco de esterco bovino in natura e efluente de biodigestor sobre a atividade microbiana do solo. A atividade microbiana, avaliada através da liberação de CO2 foi proporcional às doses de resíduo orgânico utilizadas. A quantidade de CO2 evoluída em 70 dias de incubação foi, em média, 29% maior nos tratamentos com esterco em relação ao efluente, embora os resíduos tenham apresentado a mesma relação C/N. Aproximadamente 14 e 21% do carbono orgânico do efluente e esterco, respectivamente, volatilizou como C-CO2 independente das doses de resíduos utilizadas.

Características químicas de solo submetido ao tratamento com esterco líquido de suínos e cultivado com gramíneas forrageiras

Queiroz,Flávia Martins de; Matos,Antônio Teixeira de; Pereira,Odilon Gomes; Oliveira,Rubens Alves de
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
Avaliou-se, neste trabalho, o efeito da aplicação intensiva de esterco líquido de suínos (ELS), pelo método do escoamento superficial, nas características químicas de um solo Podzólico Vermelho-Amarelo cultivado com quatro espécies forrageiras: quicuio da Amazônia (Brachiaria humidicola (Rendle) Schweick), braquiária (Brachiaria decumbens Stapf), coastcross (Cynodon dactylon (L.) Pers.) e tifton 85 (Cynodon spp.). O ELS foi aplicado em parcelas de 4m² e com 5% de declividade, durante 4 meses, na taxa média equivalente a 800kg ha-1d-1 de demanda bioquímica de oxigênio (DBO5). Para caracterização química, amostras de solo foram coletadas à profundidade de 0-0,20m, antes de iniciar o experimento e após o término dele. A aplicação de ELS proporcionou acúmulo de P, K, Na e Zn no solo, enquanto as concentrações de Mg e Cu diminuíram e a de Ca se manteve inalterada. Houve aumento na acidez, na soma de bases, na CTC e redução na saturação por bases. Devido ao acúmulo de nutrientes, recomenda-se monitoramento das características químicas do solo, ao longo de seu perfil e das águas subterrâneas para que se avaliem riscos de contaminação ambiental.

Maturação e qualidade dos frutos de goiabeira ?Paluma? submetida à adubação com N, P, K, substância húmica e esterco.

TRINDADE, D. C. G. de; LIMA, M. A. C. de; BASSOI, L. H.; SILVA, D. J.; AZEVEDO, S. S. N.; SANTOS, P. de S.; PAES, P. de C.
Fonte: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMI-ÁRIDO, 1., 2006, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semi-Árido, 2006. p. 93-100. Publicador: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMI-ÁRIDO, 1., 2006, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semi-Árido, 2006. p. 93-100.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.28%
Avaliou-se, ao longo dos estádios de maturação, a qualidade dos frutos de goiabeira ?Paluma? submetida à adubação com N, P, K, substância húmica e esterco de caprino. Os tratamentos consistiram de: 1. Aplicação de fertilizantes e substância húmica: 200 g N + 30 g P2O5 + 250 g K2O por planta; 200 g N + 30 g P2O5 + 250 g K2O por planta + aplicação de esterco (20 L por planta); 200 g N + 30 g P2O5 + 250 g K2O por planta + 30 L ha-1 de substância húmica; e 200 g N + 30 g P2O5 + 250 g K2O por planta + esterco (20 L por planta) + substância húmica (30 L ha-1); 2. Estádios de maturação do fruto: 2 (verde-claro), 3 (verde-amarelo), 4 (mate) e 5 (amarelo). O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, em fatorial 4 x 4, com quatro repetições. O estádio 3 apresentou melhores condições para colheita, principalmente em relação ao teor de ácido ascórbico, firmeza e acúmulo de massa. Entre as variáveis analisadas, apenas a cor da casca e a firmeza se mostraram como indicadores adequados do estádio de maturação em goiabas ?Paluma?. As doses de N, P e K aplicadas, bem como a da substância húmica e a adubação orgânica, não influenciaram a qualidade do fruto.; 2006

Utilização do esterco líquido do suínos na adubação do milho.

KONZEN, E.A.; PEREIRA FILHO, I.A.; BAHIA FILHO, A.F. de C.; PEREIRA, F.A.
Fonte: In: SEMINÁRIO MINEIRO SOBRE MANEJO E UTILIZAÇÃO DE DEJETOS DE SUÍNOS, 1., 1995, Ponte Nova. Anais... Viçosa, MG: EPAMIG, 1995. p. 88-110. Publicador: In: SEMINÁRIO MINEIRO SOBRE MANEJO E UTILIZAÇÃO DE DEJETOS DE SUÍNOS, 1., 1995, Ponte Nova. Anais... Viçosa, MG: EPAMIG, 1995. p. 88-110.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.28%
Produção e caracterização do esterco de suínos; Armazenamento do esterco; Utilização do esterco líquido de suínos na adubação do milho.; 1995

Avaliação de esterco líquido de suínos e da adubação nitrogenada em cobertura na cultura do milho.

KONZEN, E.A.; SANTOS, H.L.dos; PEREIRA FILHO, I.A.; MOTTA, E.O.da; BAHIA FILHO, A.F.C.
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 17., 1988, Piracicaba. Resumos. Piracicaba: ESALQ, 1988. p. 144. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 17., 1988, Piracicaba. Resumos. Piracicaba: ESALQ, 1988. p. 144.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.46%
Com o objetivo de verificar o efeito da adubacao nitrogenada de cobertura na producao de milho quando se utiliza esterco liquido de suinos,foram conduzidos nos anos agricolas de 1985/87 no municipio de Patos de Minas, MG, em colaboracao com a Agroceres e EPAMIG estes experimentos. Os tratamentos utilizados foram: 45 m3/ha, 90m3/ha e 135m3/ha de esterco liquido de suinos, associados a 0, 30, 60 e 90 kg/ha de nitrogenio em cobertura, aos 40 dias apos a germinacao, utilizando-se para tal o hibrido simples AG 401. Foi utilizado o delineamento de blocos ao acaso em esquema de parcelas subdivididas com quatro repeticoes,sendo niveis de esterco na parcela e niveis de N na subparcelas. Os resultados do primeiro ano mostraram que os niveis de 90 m3/ha e 135 m3/ha de esterco liquido proporcionaram um incremento de producao na ordem de 7 e 12%, respectivamente, em relacao a 45 m3/ha. Nao houve diferenca significativa para producao de graos entre os niveis de 90 e 135m3/ha,. No segundo ano, a diferenca entre o nivel de 45 m3/ha ( 7.150kg/ha) e 135 m3/ha (8.200 kg/ha) foi de 15%, fato este devido ao efeito residual do esterco liquido acumulado de um ano para o outro. A media geral de produtividade do primeiro ano (6.100 kg/ha) para o segundo (7.750 kg/ha) aumentou em 1.650 kg/ha o que corresponde a 27%. Nao foi observado efeito da cobertura em nenhum dos anos...

Efeito do esterco de caprino na produtividade do inhame da costa (Dioscorea cayennensis) em barragem subterrânea.

MELO, R. F. de; ANJOS, J. B. dos; PEREIRA, L. A.; BRITO, L. T. de L.; COELHO, L. C.
Fonte: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE CAPTAÇÃO E MANEJO DE ÁGUA DE CHUVA, 8., 2012, Campina Grande. Aproveitamento da água de chuva em diferentes setores e escalas: desafio da gestão integrada. Campina Grande: ABCMAC: INSA: UEPB: UFCG: IRPAA; Petrolina: Embrapa Semiárido, 2012. Publicador: In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE CAPTAÇÃO E MANEJO DE ÁGUA DE CHUVA, 8., 2012, Campina Grande. Aproveitamento da água de chuva em diferentes setores e escalas: desafio da gestão integrada. Campina Grande: ABCMAC: INSA: UEPB: UFCG: IRPAA; Petrolina: Embrapa Semiárido, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.28%
Objetivando avaliar o efeito do uso de adubo orgânico na produtividade do inhame da Costa (Dioscorea cayennensis) cultivado em área de barragem subterrânea foram aplicados doses de 0,0; 0,5; 1,0; 2,0 e 3,0 litros (L) de esterco de caprino, na cova de plantio. O ensaio foi conduzido no campo experimental da Embrapa Semiárido, Petrolina-PE no período chuvoso, com o plantio realizado em janeiro de 2011 e a colheita foi realizado aos 7 meses após o plantio. As análises químicas do solo foram realizadas antes do plantio em três profundidades. Conforme resultados obtidos, foi possível constatar o efeito do esterco na produtividade da cultura, com aumentos de 118% com a aplicação de 3L de esterco por cova. De modo geral o uso de adubo orgânico em barragens subterrâneas pode contribuir significativamente para aumentar a produção de inhame e reduzir os riscos de perda da safra.; 2012

Teores de macronutrientes em folhas de berinjela em função de doses de esterco bovino e termofosfato magnesiano.

CARDOSO, M. O.; PEREIRA, W. E.; OLIVEIRA, A. P. de; SOUZA, A. P. de.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 46., 2006, Goiânia. [Anais... ]. Horticultura Brasileira, v. 24, n. 1, p. 3138-3141, jul. 2006. Supl. CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE OLERICULTURA, 46., 2006, Goiânia. [Anais... ]. Horticultura Brasileira, v. 24, n. 1, p. 3138-3141, jul. 2006. Supl. CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.02%
A fertilização é fundamental no cultivo da berinjela, entretanto, na produção orgânica os fertilizantes minerais solúveis sofrem restrições, ao contrário dos adubos orgânicos e dos adubos de baixa solubilidade, bem como a urina de vaca. Devido à necessidade de estudos com essas fontes, a berinjela foi cultivada com doses de esterco bovino e de termofosfato magnesiano, associadas à urina de vaca, procedendo-se a avaliação dos teores de macronutrientes na folha.; 2006

Acarofauna predadora (Acari: Gamasida) de Musca domestica L. (Diptera: Muscidae), em esterco de aves poedeiras, em granja da região de Pirassununga, SP : importancia no controle biologico, manejo integrado e foresia

Tatyana Sacchi Carmona Rodrigueiro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
O esterco de aves poedeiras constitui um ambiente heterogêneo e suas propriedades fisico-químicas estão em constantes alterações favorecendo o desenvolvimento da comunidade de artrópodes pela grande oferta de recursos. No presente trabalho pretendeuse estudar a influência da diversidade da comunidade da acarofauna de esterco de aves poedeiras e a relação do processo de forésia no controle de Musca domestica L. Foram realizadas 24 coletas no período de 12 meses em granja do município de Santa Cruz da Conceição, SP, em galpão de postura do tipo "narrow house" e, as amostras da acarofauna foram extraídas do esterco através do funil de Berlese- Tullgren, conservadas em 100 ml de álcool a 70% e examinadas em microscópio estereoscópico. A quantificação da abundância de indivíduos de cada espécie presentes na amostra foi estimada volumetricamente. Foram identificadas 9 espécies: Holocelaeno sp., Macrocheles muscaedomesticae, Parasitus sp., Sejus sp., Trichouropoda sp., Uroobovella sp.l e sp.2, Uroseius sp.,e uma espécie da Família Diplogyniidae. As freqüências das espécies foram influenciadas pelas estações, local do cone, consistência e estágio de desenvolvimento ou sexo. Apenas fêmeas adultas de Macrocheles muscaedomesticae e deutoninfas de Uroseius sp. eram foréticas em Musca domestica e apresentaram diferenças quanto a sazonalidade e local de fixação no corpo das moscas. Palavras-chave: Acari...

Cultivo de Ankistrodesmus gracilis (Chlorophyta) em laboratório à base de esterco suíno; .

Fioresi, Tatiana Betioli; Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, PG em Microbiologia, Centro de Aqüicultura, Universidade Estadual Paulista-UNESP, CEP 14884-900, Jaboticabal, SP, Brasil; Tavares, Lúcia Helena Sipaúba; Faculdade de Ciências
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2008v21n1p7O objetivo do presente trabalho foi testar a influência do meio à base de esterco suíno “in natura” e biodigerido, sobre o desenvolvimento, crescimento, comprimento total, peso seco e valor nutricional da microalga Ankistro desmus gracilis. O pico de crescimento para A. gracilis foi maior no meio biodigerido (6,2 x 107 células. mL-1) no volume de 2L. Alta porcentagem de lipídio foi observada no meio “in natura”, e, elevados teores de proteína no meio biodigerido em 2L. O biovolume, teor de cinzas e comprimento total foram diferentes (p < 0,05) entre os meios, o mesmo não ocorrendo para peso seco e fibra bruta (p > 0,05). O requerimento de luz foi diferente entre os meios, com menor intensidade para o esterco biodigerido (13,5μE.cm-2.s-1), indicando menor custo benefício. O meio a base de esterco suíno, mostrou bons resultados para o crescimento de A. gracilis, com qualidade de água adequada para cultivo, podendo ser utilizado para cultura em larga escala.; Ankistrodesmus gracilis (Chlorophyta) fertilized in swine manure in the laboratory. The objective of the present work was to investigate the infl uence of swine manure media on the growth, total length, dry weight...