Página 1 dos resultados de 382 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Imputação de dados pluviométricos e sua aplicação na modelagem de eventos extremos de seca agrícola; Imputation of rainfall data and its application in modeling extreme events of agricultural drought

Ferrari, Gláucia Tatiana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.82%
Este trabalho relata o procedimento utilizado na obtenção de um banco de dados contínuo de precipitação diária de estações meteorológicas localizadas no Estado do Paraná. O banco de dados é composto por 484 séries históricas com dados entre janeiro de 1975 a dezembro de 2009. Para preencher os dados faltantes do banco de dados foram testados três métodos de imputação: o vizinho mais próximo, distância inversa ponderada e regressão linear. A raiz do erro quadrático médio (REQM) foi utilizada para comparar os métodos e o método da distância inversa ponderada proporcionou o melhor resultado. Após a imputação, os dados passaram por um processo de controle de qualidade que teve como objetivo identificar possíveis erros como precipitação idêntica em sete dias consecutivos (não aplicados a dados de precipitação zero) e valores de precipitação que diferem significativamente dos valores em estações meteorológicas vizinhas. Neste processo foram substituídos 1,21% valores de precipitação. Com o banco de dados contínuo, o interesse foi utilizar a teoria de valores extremos para modelar o período seco (número máximo de dias consecutivos com precipitação abaixo de 7mm para o período entre janeiro e fevereiro) crítico para a fase de enchimento de grãos da soja nas cinco principais mesorregiões (Centro Ocidental...

Avaliação do desempenho do modelo BRAMS para a Península Antártica; Performance evaluation of BRAMS model for the Antarctic Peninsula

Martins, Tatiane Reis
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/07/2012 PT
Relevância na Pesquisa
26.96%
A Península Antártica (PA) é uma das regiões no planeta que apresentam as mais adversas condições do tempo devido à constante passagem de ciclones. O conhecimento das condições meteorológicas futuras é fundamental para o desenvolvimento de atividades operacionais e de pesquisa na região. Nos últimos anos a implantação e melhoramento dos modelos numéricos, que tem como foco a previsão do tempo na Antártica, têm sido alvo de diversos estudos pela comunidade acadêmica. O objetivo principal deste trabalho foi avaliar o desempenho do modelo BRAMS na simulação de parâmetros meteorológicos durante a passagem de ciclones na Península Antártica. Diversas simulações, que envolveram diferentes configurações estruturais e físicas do modelo foram realizadas para dois casos de passagem de ciclones na PA, um que ocorreu em fevereiro e outro em julho de 2009. A avaliação do desempenho do modelo BRAMS foi feita através de duas análises, uma qualitativa, analisado o comportamento de cada variável simulada pelo modelo em comparação com os dados de estações meteorológicas, e a outra uma análise de sensibilidade baseada em índices estatísticos. O desempenho do modelo BRAMS se mostrou altamente dependente das condições iniciais adotadas. A pressão ao nível médio do mar foi a variável melhor representada...

Aplicação de dois métodos no controle de qualidade em dados coletados por estações meteorológicas automáticas de superfície

Pezzi, Luciano Ponzi
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.82%
No início dos anos 90, o Brasil e a Grã-Bretanha, juntos, deram um passo, no sentido de produzir estudos microclimáticos dentro da área que compreende a floresta Amazônica, visando quantificar e verificar o impacto do desmatamento dessa floresta sobre o clima. Para isso escolheu-se três regiões para a instalação de estações meteorológicas automáticas de superfície (Estados do Amazonas, Pará e Rondônia). Cada região recebeu uma estação em uma área florestada e outra em área desmatada. Esse projeto binacional foi chamado de "ESTUDO ANGLO-BRASILEIRO DE OBSERVAÇÃO DO CLIMA DA AMAZONIA, (ABRACOS - Anglo-Braz11ian Amazonian Climate Observation Study)". Esse trabalho apresenta a aplicação de dois métodos de controle de qualidade para os dados coletados pelas estações meteorológicas automáticas de superfície. Um desses métodos leva em consideração o comportamento estatístico das variáveis coletadas, e o outro método o comportamento físico e climatológico das mesmas. Por último se faz o uso desses dados com e sem erros no cálculo da evapotranspiração, no sentido de se ver o impacto de uma informação errônea no cálculo de um parametro. O método estatístico demonstrou ter um bom potencial na detecção de erros pequenos (com tamanhos variando de 5 a 20%).(Continua). Esse método apresentou rendimentos na obtenção de erros que oscilam entre 43% e 80% para a radiação solar global. Quando se testou os valores da temperatura do ar e temperatura do bulbo úmido...

Tendências climáticas das variáveis meteorológicas originais, estimadas e das derivadas do balanço hídrico seriado do Rio Grande do Sul; Climate trends of meteorological variables original, estimated and derived of water balance of the Rio Grande do Sul state, Brazil²

Cordeiro, Ana Paula Assumpção
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.69%
Foram analisadas as tendências climáticas, estacionais e anuais, das variáveis originais, estimadas e das derivadas do balanço hídrico seriado do Estado do Rio Grande do Sul, utilizando dados mensais de 14 estações meteorológicas do período de 1950-2009. Nos últimos sessenta anos, tendências climáticas observadas em escala global e regional e outras até então não estudadas, foram constatadas no Rio Grande do Sul. A precipitação pluvial apresentou forte tendência de aumento. Das temperaturas, a temperatura mínima do ar foi, destacadamente, a que apresentou maior aumento e maior consistência espacial. A insolação e suas variáveis derivadas (radiação solar global e saldo de radiação) apresentaram forte tendência de redução. A evapotranspiração de referência apresentou a mesma tendência. A evapotranspiração real apresentou tendências fracas, de aumento no ano e nas estações mais quentes; e de redução nas estações do ano mais frias. O déficit hídrico e o índice hídrico apresentaram tendência de redução e de aumento, respectivamente, especialmente na primavera, em que a maior disponibilidade hídrica é muito importante. O excesso hídrico apresentou tendência de aumento. As tendências temporais significativas e a coerência espacial das tendências das variáveis originais estão de acordo com outros trabalhos para o sudeste da América do Sul...

Integridade dos dados meteorológicos obtidos por duas estações meteorológicas automatizadas

Oliveira, Paulo José Desiderio de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vi, 44 p. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
67.05%
Pós-graduação em Agronomia (Ciência do Solo) - FCAV; The estimation of reference evapotranspiration (ETo) is used both for planning and for irrigation management. Meteorological data of dubious quality, obtained from automatic weather stations to estimate ETo, can lead to improper irrigation management. The purpose of this study was to evaluate the integrity of data from two automatic weather stations to estimate ETo. The meteorological data were evaluated for the following variables: solar radiation, air temperature, air humidity, wind speed and rainfall. The stations are installed in FCAV / UNESP, Jaboticabal, SP. Techniques that verify the integrity of weather data for estimating ETo, and according to this criteria, the data relative humidity and wind speed of the two stations were applied were not acceptable. The analysis leads to the conclusion that, in the studied stations, we recommend doubling the sensors for air temperature and relative humidity, wind speed and precipitation; A estimativa da evapotranspiração de referência (ETo) é utilizada tanto para o planejamento quanto para o manejo da irrigação. Dados meteorológicos de qualidade duvidosa, obtidos em estações meteorológicas automáticas para estimativa da ETo...

Estimativa de precipitação em regiões tropicais utilizando imagens do satelite GOES 12; Rainfall estimation in tropical regions using GOES-12 satellite imagery

Ana Maria Heuminski Avila
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.35%
Das variáveis que compõem o balanço hídrico, a precipitação é, certamente, o fator natural determinante da produção agrícola no país. A deficiência hídrica afeta praticamente todos os aspectos relacionados ao desenvolvimento e produtividade das culturas agrícolas. Por outro lado, o excesso de precipitação também pode influenciar negativamente na quantidade e na qualidade dos grãos a serem colhidos. Uma das maiores dificuldades para os tomadores de decisões é o acompanhamento das condições de tempo ocorridas, pois a rede de estações de superfície é deficiente e mal distribuída e nem sempre os dados são disponibilizados. Deve-se considerar ainda que a grande variabilidade espacial e temporal da precipitação impede que o pluviômetro represente adequadamente as chuvas incidentes em uma determinada área. A estimativa de precipitação a partir de imagens obtidas por satélites ou radares, em função da excelente cobertura espacial e temporal, pode apresentar-se como a única forma de obtenção de dados pluviométricos representativos de uma determinada área. O presente trabalho teve como objetivo propor um método de estimativa de precipitação para fins agrícolas, por meio de imagens do satélite meteorológico GOES-12...

As ciências atmosféricas e o meio ambiente nas escolas : implementação de um projecto

Pereira, Susana Cardoso
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.59%
O presente trabalho propõe-se em divulgar a implementação de um projecto de índole científico educacional, na área das ciências atmosféricas, entre alunos do ensino secundário. O objectivo do projecto é o de motivar o estudo das ciências atmosféricas e aumentar a literacia científica entre os alunos do Ensino Secundário, criando uma rede de Estações Meteorológicas Automáticas (EMAS), instaladas nas escolas. Os dados reproduzidos pelas EMAS serão armazenados numa base de dados, disponível via Web, com acesso nas escolas pelos alunos e professores, a ser utilizada para fomentar a experimentação do estudo do estado do tempo e clima, através da elaboração de projectos pedagógicos inseridos na disciplina de Projecto Área Escola. Paralelamente foi realizada a implementação operacional de um modelo de previsão regional BRAMS/RAMS para três domínios diferentes: Atlântico Norte, Portugal Continental e Lisboa e Vale do Tejo, com resolução de 50 km, 12.5 km e 3.125 km, respectivamente. No final do projecto, os dados amostrados poderam ser usados para a validação do modelo operacional, entre outros. Elaborou-se uma série de conteúdos cientificos, abrangendo áreas das ciências da Terra e do Espaço. Por último...

10 anos de estações automáticas:perspectivas para a caracterização do clima em Portugal

Mendes, Manuel Maria Theriaga
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.59%
Tese de mestrado, Ciências Geofísicas (Meteorologia), 2008, Faculdade de Ciências, Universidade de Lisboa; O acompanhamento do clima assenta no estudo de séries climatológicas. Numa série climatológica pretende-se que as condições de exposição dos sensores e as metodologias de aquisição dos dados meteorológicos se mantenham homogéneas. Seguindo a tendência global, Portugal instalou uma rede de estações meteorológicas automáticas, com novos sensores, com os objectivos de assegurar a vigilância meteorológica eo acompanhamento do clima. Nos anos mais recentes, a rede EMA em Portugal estabilizou e tornou-se importante fazer um estudo que garantisse o futuro do acompanhamento do clima e a sua continuidade. Assim, recorrendo aos locais em que estão instalados o sistema clássico e automático, elaborou-se um estudo de caracterização dos pares de registos de todas as grandezas meteorológicas comuns aos dois sistemas. Pretendeu avaliar-se se os dois sistemas têm características idênticas e se a substituição de registos clássicos por automáticos tem um impacto significativo no acompanhamento do clima, em particular nos apuramentos mensais e nos seus índices. Das conclusões regista-se que os principais problemas se encontram no funcionamento de cada um dos sistemas independentemente...

Desenvolvimento de uma aplicação SIG no apoio à gestão da rega: o caso de estudo do Alentejo (Portugal)

Mendes, Pedro Godinho
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
26.96%
Trabalho de projecto de mestrado em Sistemas de Informação Geográfica, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2013; Para elaborar estudos sobre os impactos das alterações climáticas nas necessidades hídricas das culturas é necessário usar cenários de alterações climáticas produzidos por modelos climáticos regionais, que estão distribuídos no espaço e tem uma longa série de dados (e.g. 30 anos) relativamente a diversas variáveis climáticas. É também necessário ter em conta dados meteorológicos observados obtidos em redes de estações meteorológicas, para caracterizar o cenário de base e corrigir os dados dos modelos climáticos. Assim, tem-se que controlar grandes quantidades de dados espacialmente distribuídos sendo necessário a criação de um SIG para gestão dos mesmos. Com este objectivo, foi desenvolvida uma aplicação SIG, usando o software ArcGIS, contendo dados georreferenciados relativamente aos solos, culturas e clima (dados climáticos observados de estações meteorológicas e cenários de alterações climáticas). Os modelos climáticos regionais considerados foram: HadRM3P (cenários A2 e B2) com uma resolução espacial de 50km, HIRHAMh (cenário A2) com uma resolução espacial de 25km e HIRHAMhh (cenário A2) com uma resolução espacial de 12km. Os dados dos modelos climáticos são relativos ao período de 2071-2100 e foram obtidos através do projecto PRUDENCE. Foi considerada a rede de estações meteorológicas SAGRA situadas no região do Alentejo...

Variabilidade espacial e temporal de dados termopluviométricos diários da rede de estações agrometeorológicas do Instituto Agronômico (IAC)

Camargo,Marcelo Bento Paes de; Brunini,Orivaldo; Pedro Junior,Mário José; Bardin,Ludmila
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.62%
Programas de análise de consistência de dados são utilizados, normalmente, por redes de estações agrometeorológicas para controle de qualidade, para identificar dados com problemas e fornecer estimativas consistentes, com base em dados de outras estações próximas. Os sistemas modernos de controle de qualidade de rede de estações meteorológicas requerem porém maior conhecimento da variabilidade espacial e temporal dos dados meteorológicos diários regionais, para serem utilizados nos sistemas matemáticos de interpolação de dados necessários a fim de identificar dados suspeitos ou na estimativa de dados perdidos. O objetivo deste trabalho foi quantificar a variabilidade espacial e temporal de dados diários de temperatura do ar máxima, média e mínima e de precipitação pluvial no Estado de São Paulo, para servir de subsídio ao desenvolvimento de sistema de controle de qualidade e de limites de intervalos de confiança. Foram utilizados dados de 19 estações agrometeorológicas do IAC, em um período total de 20 anos (1981/2000), sendo Campinas considerada a estação central. Análises de regressão mensais foram realizadas com base nos dados diários da estação central e cada uma das demais estações, considerando as respectivas distâncias lineares...

Determinação da equação intensidade-duração-frequência para três estações meteorológicas do Estado de Mato Grosso

Garcia,Samantha S.; Amorim,Ricardo S. S.; Couto,Eduardo G.; Stopa,Werico H.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.69%
Objetivou-se, com este trabalho, determinar a equação intensidade-duração-frequência para três estações meteorológicas pertencentes à rede hidrometeorológica do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), no Estado de Mato Grosso (Cáceres, Cuiabá e Rondonópolis) utilizando-se as metodologias de análise de pluviogramas, desagregação de chuvas de 24 h e de Bell e comparar as estimativas da intensidade de precipitação aplicando-se as equações obtidas através dessas metodologias. Dados pluviográficos e pluviométricos foram utilizados para obtenção da equação de chuvas intensas. As séries históricas de intensidades máximas médias de precipitação, correspondentes às diversas durações, foram submetidas à análise estatística a fim de identificar o modelo probabilístico que apresentasse melhor ajuste aos dados, sendo esta identificação realizada utilizando-se o teste de aderência de Kolmogorov-Smirnov a nível de significância de 5%. O método da Desagregação não só apresentou melhor desempenho global (ERM = 27%) em comparação ao de Bell (ERM = 31%), como possui melhor desempenho em estações com séries mais longas mostrando-se, assim, mais sensível ao tamanho da série em relação ao método de Bell.

Efeito das variáveis meteorológicas na evapotranspiração de referência do Submédio do Vale São Francisco.

SILVA, T. G. F. da; MORAIS, J. E. F. de; DINIZ, W. J. da S.; SANTOS, J. E. O.; SOUZA, L. S. B. de; MOURA, M. S. B. de
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 17.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA DOS PAÍSES DO MERCOSUL E ASSOCIADOS, 1.; ENCONTRO SUL AMERICANO DE APLICAÇÕES DO SISTEMA EUMETCast PARA O MONITORAMENTO METEOROLÓGICO E AMBIENTAL, 4.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA OPERACIONAL, 2., 2012, Gramado. Anais... Gramado: UFRGS, 2012. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 17.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA DOS PAÍSES DO MERCOSUL E ASSOCIADOS, 1.; ENCONTRO SUL AMERICANO DE APLICAÇÕES DO SISTEMA EUMETCast PARA O MONITORAMENTO METEOROLÓGICO E AMBIENTAL, 4.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA OPERACIONAL, 2., 2012, Gramado. Anais... Gramado: UFRGS, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.51%
A evapotranspiração de referência (ETo) é um dos parâmetros mais importantes no ciclo hidrológico e sua estimativa fundamental no manejo adequado de irrigação. O objetivo do trabalho foi identificar por meio de uma análise de trilha os efeitos diretos e indiretos das variáveis meteorológicas (variáveis explicativas) sobre a ETo (variável resposta). Os dados utilizados foram coletados de cinco estações meteorológicas automáticas situadas no Vale do Submédio São Francisco. A ETo foi calculada pelo método de Penman Monteith. O saldo de radiação e a velocidade do vento foram as variáveis explicativas que apresentaram efeito direto, sendo a primeira de maior magnitude. O maior efeito da radiação solar global ocorreu de forma indireta, via radiação solar. A precipitação apresentou através do seu efeito direto, e efeito indireto via o saldo de radiação e velocidade do vento, uma relação inversa com a ETo.; 2012

Altitude e temperatura: estudo do gradiente térmico no Rio Grande do Sul.

FRITZSONS, E.; WREGE, M. S.; MANTOVANI, L. E.
Fonte: Revista Brasileira de Climatologia, Curitiba, ano 11, v. 16, p. 108-119, jan./jul. 2015. Publicador: Revista Brasileira de Climatologia, Curitiba, ano 11, v. 16, p. 108-119, jan./jul. 2015.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27%
A relação da altitude com a temperatura assume especial importância para as regiões tropicais e subtropicais, pois diferenças de algumas centenas de metros de altitude podem significar mudanças sensíveis no ambiente, na adaptação da biota e sucesso do cultivo agrícola. A temperatura do ar sofre alterações com a altitude, latitude e longitude, em geral, nesta ordem de importância. Em função do relevo e do posicionamento geográfico, cada local apresenta um gradiente térmico vertical médio específico. Neste trabalho, o estado do Rio Grande do Sul foi dividido em grupos climáticos homogêneos, pela análise de agrupamento, e foram compostas análises de correlação entre a temperatura média das quatro estações do ano e média anual, com as respectivas altitudes das estações meteorológicas dos grupos. Foram utilizadas 36 estações meteorológicas. A correlação da altitude com a temperatura média anual do verão foi mais forte comparada à temperatura média do inverno. Para os coeficientes de correlação mais elevados, foram obtidas retas de regressão linear simples e os respectivos coeficientes de determinação das retas. O gradiente térmico médio obtido para o conjunto de todas as estações meteorológicas foi de...

Modelagem da produção mensal de indivíduos de Araucaria angustifolia e Pinustaeda com inclusão de váriáveis meteorológicas

Zamin, Naiara Teodoro
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.39%
Resumo: O objetivo desse trabalho foi analisar e modelar, em um periodo de seis anos, o crescimento juvenil mensal e anual em diametro e altura de Araucaria angustifolia (Bert.) O. Kuntze e Pinus taeda L. e correlaciona-los com fatores climaticos. Para tanto, foram selecionadas aleatoriamente 30 arvores de P. taeda e 30 de A. angustifolia, as quais se localizam em plantios nos municipios de Curitiba e Campina Grande do Sul, respectivamente. No inicio de cada mes, no periodo de junho de 2006 a agosto de 2012, foram medidas as variaveis diametro e altura. Foram ajustados modelos biologicos para a producao mensal dos seis anos vegetativos e tambem para a producao anual. Uma analise de agrupamentos foi realizada para determinar a presenca de grupos com padrao de crescimento semelhantes ao longo do ano. As variaveis climaticas foram obtidas de duas estacoes meteorologicas do SIMEPAR proximas aos plantios monitorados. Para determinar o efeito das variaveis climaticas sobre o crescimento foi feita uma matriz de correlacao. Posteriormente, fez-se a Analise de Componentes Principais (ACP) para determinar as variaveis climaticas a serem inclusas no ajuste do modelo de producao de Chapman- Richards. Os resultados indicaram que as curvas de producao mensal de ambas as especies e variaveis apresentaram forma sigmoidal...

Análise da influência das variáveis meteorológicas no crescimento em diâmetro e altura de quatro espécies florestais

Bamberg, Rogério
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 56f. : il. algumas color., mapas, tabs., grafs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
26.89%
Orientador : Prof. Dr. Nelson Yoshihiro Nakajima; Co-orientadores : Prof. Dr. Braulio Otomar Caron e Prof. Dr. Roberto Tuyoshi Hosokawa; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba, 17/07/2014; Inclui referências; Área de concentração : Manejo florestal; Resumo: O crescimento e a produção florestal estão ligados a fatores genéticos e as condições de sítio, dentre estas, as condições climáticas são os fatores que apresentam maior variação. Variáveis meteorológicas como temperatura, radiação solar, umidade relativa e precipitação são fatores limitantes do crescimento. Deste modo o presente trabalho teve como objetivo avaliar o crescimento em altura, Diâmetro a Altura do Peito (DAP) e Diâmetro a Altura do Colo (DC) e suas relações com as variáveis meteorológicas, bem como demonstrar o ajuste da função hipsométrica proposta por Näslund, pelo método do ponto de inflexão, para as espécies Acacia mearnsii, Mimosa scabrella, Eucalyptus grandis e Ateleia glazioveana. A área experimental localiza-se no município de Frederico Westphalen – RS, onde foram implantadas as quatro espécies estudadas...

Metodologia para localização de estações meteorológicas: comparação entre abordagens exata e heurística

Santos, Roberto Oliveira
Fonte: Curitiba Publicador: Curitiba
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.96%
This paper presents a method for planning the deployment of a network’s infrastructure for meteorological monitoring that uses the results of the numerical weather prediction MBAR as parameter for evaluating the quality of candidate solutions. The problem is addressed with the use of models for discrete location problems: the Set Covering Location Problem and Maximal Covering Location Problem. The problem of planning the structure is divided into two phases. In the first phase, we seek to determine the minimum required a mountand location of weather stations required to meet all demand. In the second step, we seek to determine the order of installation of weather stations, maximizing the coverage area for each new installation. The proposed method is detailed, presenting the steps involved, the input and output information of each step and the changes necessary to evaluate other algorithms. A set of three scenarios was designed using the political boundaries of the State of Paraná, highways, urban areas and altimetry information. The first scenario evaluates the ability of the approaches used to solve the Set Covering Location Problem. In the second scenario, we evaluated the ability of the approaches used to solve the Maximal Covering Location Problem and the third scenario proposes the Maximum Coverage Location Problem considering the previous existence of a monitoring network. For the solution of these problems it was compared exact and heuristic approaches. The exact approach used the method Branch & Bound for solving the problem via Mixed Integer Linear Programming. The heuristic approach used the evolutionary strategy Differential Evolution. The proposed method is distinguished by flexibility for substitution of the methods used...

Microclimatologia do Município de Sintra com base em estações meteorológicas

Domingos, Sónia Isabel Sequeira
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
46.96%
Tese de mestrado em Ciências Geofísicas (Meteorologia), apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2008; No âmbito do Plano Estratégico para o Concelho de Sintra face às alterações climáticas, celebrado entre a Câmara Municipal de Sintra e a Fundação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FFCUL) conhecido como projecto SIAM Sintra -, foi desenvolvido este trabalho com vista a caracterizar e obter representações quantitativas dos microclimas da região de Sintra. Esta espacialização é necessária a várias actividades das equipas sectoriais do SIAM Sintra. Foram utilizados dados de precipitação, temperatura média, amplitude térmica, humidade relativa, velocidade do vento média e insolação, fornecidos através de estações meteorológicas do Instituto de Meteorologia, I.P. Portugal (IM) e do Instituto Nacional da Água(INAG). Obtiveram-se modelos regressivos da precipitação e temperatura médias mensais delongo prazo, em função apenas de variáveis orográficas, designadamente distância à costa e altitude. De seguida obteve-se a espacialização usando modelos digitais do terreno. De forma auxiliar também se usaram modelos espaciais, mais simples, para cartografar a magnitude do vento á superfície...

Comparação da temperatura do ar obtida por estação meteorológica convencional e automática

Strassburger,André Samuel; Menezes,Antônio José Elias Amorim de; Perleberg,Tângela Denise; Eicholz,Eberson Diedrich; Mendez,Marta Elena Gonzalez; Schöffel,Edgar Ricardo
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
26.89%
Este trabalho teve como objetivos comparar os dados da temperatura do ar (temperatura média e extrema), obtidos em uma Estação Meteorológica Convencional com os de uma Estação Meteorológica Automática, e avaliar as estimativas da temperatura média diária do ar por diferentes métodos. As estações meteorológicas estavam localizadas na Estação Agroclimatológica de Pelotas, Capão do Leão (31º52' S, 52º21' W e 13,2 m), Rio Grande do Sul, Brasil. A série de cada elemento foi obtida simultaneamente na Estação Automática e na Estação Convencional durante o período de 22/12/2005 a 21/12/2006. Existe alta equivalência para as medidas das temperaturas extremas e das estimativas das temperaturas médias entre as Estações Meteorológicas Convencional e Automática, independente do método utilizado para o cálculo da temperatura média do ar. O termohigrógrafo mede, com alta precisão, as temperaturas extremas do ar. Verificam-se pequenas diferenças nos horários de ocorrência das temperaturas mínimas e máximas entre as Estações Meteorológicas Convencional e Automática. A análise dos dados indica que a substituição da Estação Meteorológica Convencional pela Estação Meteorológicas Automática, na região Sul do Rio Grande do Sul...

ANÁLISE COMPARATIVA DE MEDIÇÕES DE VARIÁVEIS METEOROLÓGICAS REALIZADAS POR ESTAÇÕES METEOROLÓGICAS CONVENCIONAL E AUTOMÁTICA INSTALADAS NO PARQUE ESTADUAL DAS FONTES DO IPIRANGA - SÃO PAULO –SP; ANÁLISE COMPARATIVA DE MEDIÇÕES DE VARIÁVEIS METEOROLÓGICAS REALIZADAS POR ESTAÇÕES METEOROLÓGICAS CONVENCIONAL E AUTOMÁTICA INSTALADAS NO PARQUE ESTADUAL DAS FONTES DO IPIRANGA - SÃO PAULO –SP

Luiz Funari, Frederico; José Pereira Filho, Augusto
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 19/01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
47.01%
For benchmarking purposes , daily average data of the meteorological variableswere used: air temperature (°C), maximum temperature (°C), minimumtemperature (°C), relative humidity (%), atmospheric pressure (hPa), rain(mm) and soil temperatures(surface , 5 cm, 10 cm, 20 cm, 30 cm and 40cm),extracted from sensors installed in conventional and automatic weatherstations in Parque Estadual das Fontes do Ipiranga (PEFI), São Paulo-SP. Thestudy was performed from 1-10-2007 to 31-1-2009,in a 489 days period. For this comparison, the following statistics parameters were used: statistics :determination coefficient (R²). The results showed that there was a goodcorrelation between the average values obtained by the conventional andautomatic stations.; Para a realização dessa avaliação comparativa, foram utilizados dados médiosdiários das seguintes variáveis meteorológicas: temperatura do ar (°C),temperatura máxima (°C) , temperatura mínima (°C), umidade relativa do ar(%), pressão atmosférica (hPa), chuva (mm) e temperaturas do solo (superfície,5 cm,10 cm, 20 cm, 30 cm e 40 cm) (°C), extraídos de sensores instalados emestação meteorológica convencional e automática no Parque Estadual dasFontes do Ipiranga (PEFI)...

ALTITUDE E TEMPERATURA: ESTUDO DO GRADIENTE TÉRMICO NO RIO GRANDE DO SUL

Fritzsons, Elenice; Embrapa Florestas; Wrege, Marcos Silveira; Embrapa Florestas; Mantovani, Luiz Eduardo; UFPR
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/08/2015 POR
Relevância na Pesquisa
27%
A relação da altitude com a temperatura é especialmente importante para as regiões tropicais e subtropicais, onde uma diferença de algumas centenas de metros de altitude pode provocar mudanças sensíveis no ambiente, da biota e consequente sucesso na introdução de espécies agrícolas. A temperatura do ar sofre alterações com a altitude, latitude e longitude, nesta ordem de importância e, em função do relevo, cada local pode apresentar um gradiente térmico específico. Neste trabalho, o estado do Rio Grande do Sul foi dividido em grupos climáticos homogêneos, por meio de análise de agrupamento, e se estabeleceram análises de correlação entre a temperatura média das quatro estações do ano e da média anual, com as respectivas altitudes das estações meteorológicas presentes nos grupos. A correlação da altitude com a variação da temperatura média anual do verão, considerando dados de uma rede formada por 34 estações meteorológicas, foi mais forte comparada à variação da temperatura média do inverno. Para os coeficientes de correlação mais elevados, foram obtidas retas de regressão linear simples e os respectivos coeficientes de determinação das retas. O gradiente térmico médio obtido para o conjunto de todas as estações meteorológicas equivale a uma redução de aproximadamente 0...