Página 1 dos resultados de 3233 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

A utilização da publicidade em aula de Espanhol como Língua Estrangeira

Espinha, Ângela
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
A presença constante da publicidade na vida quotidiana dos jovens, a juntar à sua crescente relevância cultural e ideológica faz com que necessite de ser alvo de um olhar crítico e reflexivo. A estratégia para evitar o seu efeito avassalador parece passar por investir na chamada “alfabetização audiovisual” (Sedeño, 2002: 138; Cabero Almenara, 1998: 12), já que é desconstruindo algumas técnicas e estratégias e descodificando as regras usadas na codificação das suas mensagens que se poderá contrariar o seu efeito manipulador. A tomada de consciência desta realidade foi uma das razões que motivou a escolha deste tema monográfico. Como educadora, decidi assumir um papel ativo no sentido de contribuir para a promoção do espírito crítico nos meus alunos. Tendo em conta que este relatório se insere no âmbito da prática pedagógica supervisionada, começa com a caracterização do contexto socioeconómico e educativo em que esta decorreu, seguida de uma reflexão crítica sobre o trabalho desenvolvido que inclui uma breve caracterização e análise das atividades concretizadas. No entanto, o foco central deste relatório vai, naturalmente, para o desenvolvimento da componente monográfica, que constitui a sua segunda parte. Com a temática escolhida pretende-se explorar as potencialidades da utilização da publicidade em aula de Espanhol/LE. Para tal...

O que eu falo não se escreve. E o que eu escrevo alguém fala? A variabilidade no uso do objeto anafórico na produção oral e escrita de aprendizes brasileiros de espanhol; What I say cannot be written: but does anyone say what I write? the variation in use of the anaphoric direct object for oral and written productions by Brazilians learners of Spanish

Yokota, Rosa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.14%
O presente trabalho tem como objetivo contribuir para o estudo das especificidades da aquisição / aprendizagem da língua espanhola por falantes adultos do português brasileiro. Nele, apresentamos um estudo que busca observar, compreender e explicar o uso do objeto direto anafórico na produção oral e escrita de aprendizes brasileiros universitários de espanhol como língua estrangeira. Buscamos embasamento teórico sobre a aquisição de línguas não-nativas, sobre o lugar da língua materna na aquisição de línguas estrangeiras e sobre o objeto direto no português brasileiro e no espanhol. As amostras de produção oral e escrita utilizadas foram coletadas durante aulas de espanhol como língua estrangeira de um curso livre ministrado dentro da Universidade de São Paulo. Elas revelaram que, assim como na língua materna e na língua alvo, há grande variabilidade na produção não-nativa em espanhol no que se refere à omissão, ao preenchimento e às formas de preenchimento do objeto direto anafórico. Mesmo assim, foi possível identificar tendências nessa produção que apontam para a possibilidade de reestruturação da gramática não-nativa, mostram a importância da instrução no caso do espanhol como língua estrangeira e revelam que características próprias da produção oral e escrita em espanhol como língua estrangeira se relacionam não só com a competência lingüística...

Conseqüências sintáticas e semânticas das relações de possessão em espanhol e na produção não nativa de brasileiros; Syntactical and semantical consequences of possessive relations in Spanish and in non-native production of Brazilians

Alvarez, Maria Alicia Gancedo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.1%
Este estudo consiste na comparação de três amostras lingüísticas: o espanhol não-nativo de estudantes brasileiros adultos, o espanhol nativo de informantes montevideanos (considerada como língua meta), e o português do Brasil (língua materna). Todos os informantes receberam uma situação teste em forma de história em quadrinhos, sem texto escrito, de modo que o conteúdo semântico fosse o mesmo e também fossem evitadas as influências léxicas. A situação teste, solicita em espanhol, o uso de estruturas com clíticos dativos, que expressam relações de possessão. Sua realização e a realização de outras estruturas constituem as variáveis lingüísticas a partir das quais, são examinadas e comparadas as diferentes projeções sintáticas. As referências teóricas e o modelo de análise propostos por Fernández e Anula (1995), compatíveis com algumas das teorias de maior poder explicativo na área da lingüística e da aquisição de línguas, contribuíram significativamente pela atenção dedicada aos fenômenos da língua espanhola. Os resultados do nosso estudo mostram estruturas idiossincrásicas no espanhol nãonativo, que respondem a padrões sintáticos regulares, em sua maioria habilitados pelo sistema da língua materna. A análise estatística quantifica as variáveis e mostra distâncias entre o espanhol não-nativo e a língua meta...

O subjuntivo em espanhol/LE: contribuição ao seu ensino a alunos de cursos livres em nível avançado; El modo subjuntivo en español/LE a niveles avanzados: contribución a su enseñanza en aprendices adultos de cursos libres

Graña-Fernández, Carlos Emilio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
Este trabalho apresenta a descrição do emprego do modo subjuntivo no português do Brasil e no espanhol, um primeiro panorama contrastivo e uma ênfase no emprego desse modo tanto nas orações independentes quanto nas subordinadas. Além dos estudos gramaticais e teóricos sobre este tema nos dois idiomas, foram analisados também dados lingüísticos autênticos, extraídos de um Corpus bilíngüe espanhol-português. O Corpus foi compilado para esta pesquisa, segundo os parâmetros estabelecidos pela Lingüística. Devido às diferenças existentes entre as duas línguas, o uso do modo subjuntivo representa um item difícil para os aprendizes brasileiros adultos de espanhol como língua estrangeira, especialmente no que diz respeito ao seu emprego nas orações subordinadas,. Como no espanhol há maior ocorrência do subjuntivo nesse tipo de oração, existem interferências na produção lingüística dos aprendizes brasileiros em contextos similares dessa língua. Tal fato foi avaliado por meio da análise gramatical das ocorrências contidas no nosso Corpus. Não há trabalhos contrastivos espanhol-português sobre este tema como um todo e tal comparação poderá contribuir para a elaboração de materiais didáticos e de metodologias de ensino desse modo verbal...

O modo indicativo do espanhol: estratégias de aprendizagem, crenças e ensino a/por brasileiros; Indicative Mode of the Spanish language learning strategies, beliefs and the teaching to/by Brazilians.

Reis, Marta Aparecida Oliveira Balbino dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
Nesta pesquisa tratamos de questões relacionadas ao ensino e à aprendizagem dos paradigmas verbais do espanhol a/por brasileiros. Tomamos como ponto de partida a hipótese de que, para obter resultados satisfatórios no ensino dos verbos do espanhol, em especial do modo indicativo, a aprendizes brasileiros, é necessário utilizar uma metodologia que obedeça a parâmetros didático-pedagógicos específicos sobre os sistemas verbais dos dois idiomas e que atenda às peculiaridades do nosso alunado. Tivemos por objetivos neste estudo: i) apresentar questões de ordem teórica sobre ensino de línguas próximas e ensino de gramática; ii) descrever e analisar os sistemas verbais do português do Brasil e do espanhol com ênfase no modo indicativo e identificar as convergências e divergências entre as duas línguas, em nível morfológico; iii) refletir sobre as consequências dessas convergências e divergências no processo de ensino e aprendizagem; iv) realizar uma pesquisa in loco com alunos e professores de um curso de licenciatura em Letras/Língua Espanhola; v) realizar um estudo sobre estratégias de aprendizagem e crenças sobre ensino e aprendizagem do sistema verbal da língua espanhola a/por brasileiros. O referencial teórico utilizado para o alcance desses objetivos conformou-se...

Limites precisos ou fronteiras que desaparecem? as construções impessoais e passivas com o clítico SE/SE no português brasileiro e no espanhol; Precise limits or disappearing borders? impersonal SE/SE and passive SE/SE constructions in Brazilian Portuguese and Spanish

Araújo Júnior, Benivaldo José de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Este trabalho tem como objetivo realizar um estudo constrastivo das construções impessoais e passivas com o clítico SE/SE no espanhol e no português brasileiro. A hipótese central deste estudo é que as passivas com SE/SE passaram a ser interpretadas como impessoais nas duas línguas, porém com diferentes implicações: no espanhol, o clítico SE se mantém; no português brasileiro, esse clítico se apaga em alguns casos e, em outros, sinaliza um sujeito humano genérico na construção. A partir dessa hipótese e utilizando como referencial teórico a Gramática Cognitiva (LANGACKER, 1991; KEMMER, 1993, 1994; MALDONADO, 2006, 2012), são examinados os critérios sintáticos e semânticos que possibilitam reconhecer as passivas e impessoais, considerando sua coexistência com outras construções com clíticos, especialmente as reflexivas e as médias. Igualmente, são avaliados alguns fenômenos relacionados às passivas e impessoais nas duas línguas, tais como a perda da concordância verbal, a supressão do clítico em construções finitas e sua inserção em construções infinitivas. O trabalho se divide em três partes. O primeiro capítulo trata da fundamentação teórica e discute conceitos importantes na análise...

O cinema como mediador na (re)construção de crenças de professores de espanhol-língua estrangeira em formação inicial; Cinema as a mediator in the (re)construction of beliefs of preservice teachers of Spanish as a foreign language

Souza, Fábio Marques de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.14%
A cultura de aprender e ensinar uma língua estrangeira baseia-se em teorias implícitas que são compostas por fatores como crenças, motivações, memórias, intuições e imagens, dentre outros. Dessa forma, as concepções dos agentes envolvidos na operação global do ensino de línguas exercem profunda influência em todo o processo, já que cada indivíduo, permeado por seu contexto sócio-histórico-discursivo tem suas crenças que embasam as atitudes que norteiam seu comportamento em face do complexo processo de ensino-aprendizagem de línguas. Diante do exposto, esta tese tem como escopo analisar as crenças de professores de espanhol-língua estrangeira (E-LE) em formação inicial, no que diz respeito ao processo de aquisição/aprendizagem da língua estrangeira e ao tratamento unidade e diversidade linguística experimentada pelo espanhol no contexto do ensino desta língua para brasileiros; todas essas reflexões mediadas pelo cinema. Guiamo-nos pela pergunta de pesquisa: se e como se transformam, com a mediação do cinema, as crenças de professores de espanhol em formação inicial acerca do processo de aquisição/aprendizagem da língua estrangeira e do tratamento da unidade e diversidade linguística no ensino de espanhol-língua estrangeira para brasileiros? Trata-se de uma pesquisa qualitativa de cunho etnográfico que se iniciou com a compreensão panorâmica do nosso contexto e...

O objeto pronominal acusativo de 3a pessoa nas variedades de espanhol de Madri e Montevidéu comparado ao português brasileiro: clíticos como manifestação visível e objetos nulos como manifestação não visível da concordância de objeto; The 3rd person accusative pronominal object in the Spanish varieties of Madrid and Montevideo compared to Brazilian Portuguese: clitics as a visible manifestation and null objects as a non visible manifestation of the object agreement

Simões, Adriana Martins
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.19%
Esta pesquisa teve por objetivo investigar a realização do objeto pronominal acusativo de 3ª pessoa nas variedades de espanhol de Madri e Montevidéu, comparar as tendências encontradas com o português brasileiro e tecer uma interpretação teórica para essas construções, tendo em vista os desenvolvimentos minimalistas (CHOMSKY, 1999, 2000, 2001, 2004). Analisamos entrevistas orais das variedades de espanhol de Madri (CESTERO MANCERA et al., 2012) e Montevidéu (ELIZAINCÍN, s/d), pertencentes ao PRESEEA. Como referencial teórico, aliamos, portanto, a concepção biológica de língua e gramática (CHOMSKY, 1981, 1986, 1999) a aspectos sociolinguísticos (LABOV, 2008; WEINREICH; LABOV; HERZOG, 2009). O espanhol seria uma língua na qual os antecedentes [+específicos] deveriam ser retomados por um clítico, enquanto os objetos nulos se restringiriam a antecedentes [-específicos; -definidos] (CAMPOS, 1986a, b; FERNÁNDEZ SORIANO, 1999). Conforme Groppi (1997), a variedade de espanhol de Montevidéu seguiria essa mesma tendência. Considerando-se esses estudos, partimos da hipótese de que nas variedades de espanhol investigadas os objetos nulos estariam restringidos a antecedentes [-determinados; -específicos]. Contudo, os resultados encontrados contrariaram parcialmente nossa hipótese...

Um olhar sobre os fraseologismos (locuções) em um dicionário bilíngüe escolar espanhol-português / português-espanhol

Noimann, Aline
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.14%
Tratando-se de um trabalho de cunho metalexicográfico, o objetivo desta dissertação é apresentar algumas reflexões acerca da qualidade das informações relativas aos fraseologismos (locuções) registradas em um dicionário bilíngüe, português-espanhol/ espanhol- português, a fim de diagnosticar a eficácia desse dicionário em levar o aprendiz de espanhol como língua estrangeira para a compreensão do significado desse tipo de unidade lexical. Para tanto, foram consideradas três perspectivas de observação para a análise da obra: a) a adoção ou não de critérios norteadores para a inclusão de fraseologismos no dicionário; b) a verificação da coerência interna da obra em relação às formas de apresentação estabelecidas pelos autores do dicionário; e c) a freqüência de certos tipos de locuções, classificadas nos termos de Casares (1950). Os resultados indicam que no dicionário analisado não há uniformidade na aplicação dos critérios adotados para a redação dos verbetes que contêm fraseologismos (locuções), assim como não há uma coerência interna na própria obra, ou seja, os autores não seguem sistematicamente as formas de apresentação que estabelecem no início da obra para a confecção dos verbetes. Além disso...

Variação e designação léxica em dicionários de aprendizes brasileiros de espanhol

Gonzalez, Agnesse Radmann
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
A análise de dois dicionários de aprendizes de espanhol utilizados pelo público brasileiro revelou que alguns parâmetros, como o perfil de usuário e a função que a obra deverá desempenhar, não estão bem estabelecidos. As conseqüências são uma série de problemas, como a falta de informações necessárias para um estudante brasileiro de espanhol. Uma das dificuldades dos estudantes de espanhol está relacionada à variação léxica. As diferentes designações que podem nomear um referente, como as diferentes significações de um mesmo significante, podem estar ligadas à diatopia da língua espanhola. No entanto, os dicionários analisados não retratam essa diversidade lingüística como ela aparece nas produções dos falantes de espanhol. Essa falta de informações pode induzir o estudante ao erro. Constatou-se que é necessário, e possível, incluir, em um dicionário de aprendizes, informações que possibilitem ao estudante entender como ocorre a escolha léxica em língua espanhola.; El análisis de dos diccionarios de aprendices de español que el público brasileño utiliza mostró que algunos de los parámetros, como el perfil de usuario y la función que la obra no están bien establecidos. La consecuencia de esto es una serie de problemas...

Análise discursiva de dicionários bilíngues Português-Espanhol

Mello, Adriano Caseri de Souza
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 115 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
Pós-graduação em Estudos Linguísticos - IBILCE; Esta dissertação apresenta uma análise discursiva de três dicionários bilíngues português-espanhol, por meio da perspectiva teórica da Análise de Discurso de linha francesa articulada à linha discursiva desenvolvida no Brasil. O objetivo deste trabalho é compreender o discurso dos três dicionários por meio das análises das imagens construídas pelos autores dos textos introdutórios nos prefácios e na escrita dos verbetes sobre a língua, a língua portuguesa, a língua espanhola, a relação Portugal e Espanha, a imagens sobre seus próprios dicionários e as imagens que constroem de seus leitores. O corpus é formado pelo Dicionário de Português-Espanhol ( ALMOYNA, s/d), pelo Diccionario Portgués-Espanol ( CAVERO, 1966) e pelo Dicionário Português-Espanhol (GARCIA, 1958). Nosso recorte consiste em analisar os prefácios dos três dicionários, algumas marcas de outros textos introdutórios e uma série formada pelos primeiros 50 verbetes da letra M de cada dicionário. Analisamos os prefácios e a série de verbetes de nosso material e constatamos que os três dicionários apresentam um discurso heterogêneo sobre os sentidos de Língua, mesclando imagens da Línguística Histórica...

Tintim por tintim : um material didático de português para falantes de espanhol com foco nas expressões idiomáticas

Vaz, Cristhiane Miranda
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.14%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, 2013.; No cenário pós-moderno em que vivemos, percebemos mudanças geopolíticas e culturais importantes (RAJAGOPALAN, 2003). Assim, ficam evidentes as demandas e necessidades comunicativas dos novos aprendizes de língua estrangeira. Byram (2002, p. 7) afirma que os aprendizes de uma língua estrangeira precisam se expressar de maneira social e culturalmente adequada, a fim de que se evitem constrangimentos e ruídos na comunicação. Desta forma, destacamos que aprender e também ensinar línguas para a interculturalidade significa negociar espaços, sentidos e identidades. Esta pesquisa qualitativa pretende colaborar com os estudos de ensino e aprendizagem de português para falantes de espanhol e tem como objetivo futuro subsidiar a produção de um material didático, com base na Abordagem Intercultural e voltado para as dificuldades apresentadas pelos nativos de espanhol aprendendo português em contexto de imersão ou não. A escolha do tipo de pesquisa é justificada por trabalhar com dados que obtivemos a partir das reflexões feitas pela professora-pesquisadora...

Para uma pedagogia do oral no ensino do Português e do Espanhol no Ensino Básico e Secundário

Martins, Sónia Monteiro Ferreira
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
Relatório de estágio apresentado para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ensino de Português e de Línguas Clássicas no 3º ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário ou de Língua Estrangeira (Espanhol) nos Ensinos Básico e Secundário; O presente relatório apresenta-se como o resultado de uma contínua e sistemática autorreflexão da minha prática de ensino supervisionada, ao longo do ano letivo de 2011-2012, na Escola Secundária com Terceiro Ciclo Jorge Peixinho de Montijo, que contemplou o ciclo da observação de aulas e o ciclo da planificação e execução de aulas. Por outro lado, incide também sobre a minha participação em reuniões, em atividades da escola e em ações de formação promovidas pela mesma. Sendo o tema deste relatório Para uma pedagogia do oral no ensino do português e do espanhol no ensino básico e secundário, trabalhei com os alunos todas as competências relacionando-as umas com as outras, mas numa das unidades didáticas, em cada uma das disciplinas, a oralidade esteve mais evidente no meu trabalho com os discentes. A minha prática pedagógica desenvolveu-se, relativamente à disciplina de português, na turma B do 7º ano de escolaridade e...

O espanhol como disciplina escolar no Paraná (1942-1990)

Picanço,Deise Cristina de Lima
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
Análise do processo de consolidação do espanhol como disciplina escolar, no Paraná, entre 1942 - quando o idioma apareceu pela primeira vez no currículo oficial da escola secundária brasileira - e 1990 - quando o idioma se consolidou como componente curricular após passar por períodos distintos com relação à sua presença nos programas escolares das décadas de 1960, 1970 e 1980. Tendo como referenciais as recentes investigações no campo da história das disciplinas e as atuais discussões realizadas no interior da História Cultural sobre como aproximar-se da escola como lugar de cultura, esta investigação estabelece como seus eixos os aspectos legal, teórico e escolar. Para explicar o primeiro, baseia-se principalmente na análise das reformas curriculares, usando fontes orais e escritas. As fontes orais são resultantes do trabalho realizado com o depoimento de professoras e pessoas envolvidas com o ensino de espanhol no período, com o propósito de reconstituir tendências e experiências comuns, num contexto ideológico e sociocultural específico. Como fontes escritas, foram usados os textos de leis, decretos, resoluções e portarias (federais e estaduais), programas curriculares, artigos de jornais, revistas académicas...

O papel da literatura na formação de professores de espanhol

Morales, Lívia Fernanda
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.14%
Resumo: Partindo do papel da literatura na formação de professores como a problemática dessa pesquisa, discorreremos sobre a formação de professores de língua espanhola da Universidade Federal do Paraná, entendendo a formação inicial no seu sentido continuo e subjetivo. A literatura como uma experiência do sujeito que lê com as vozes das culturas estrangeiras, tem espaço ambíguo no ensino de espanhol hoje, já que, pelas concepções normativas/formalistas de língua presentes na formação acadêmica, a literatura parece ser o lugar de manutenção de um tipo especifico de concepções estabilizadas de cultura. Partindo das noções bakhtianianas de sujeito, língua e gêneros do discurso, construímos nosso objeto de pesquisa tentando intercalar o que se tem dito no espaço acadêmico, a visão dos professores em formação e os discursos mais amplos sobre o espanhol. Para tal, realizamos entrevistas coletivas com os estudantes do curso de Letras nas quais perguntamos suas opiniões e visões sobre sua própria formação. Na ultima parte, relacionamos o dito pelos alunos com diferentes vozes sociais que surgem em documentos oficiais dos governos Espanhol e Brasileiro, assim como em manifestações publicas de associações de professores de espanhol. Tais ditos e entre essas vozes se inter-relacionam conformando um tecido de dizeres. Esse emaranhado de vozes se intensifica a partir da aprovação da lei 11.161/2005...

Me Siento Colgado, Aún, En La Barriga De La Lengua Materna : O Contato-Confronto Com A Identidade Linguística Do Espanhol Por Parte De Futuros Professores; "Me siento colgado, aún, en la barriga de la lengua materna": el contacto-confrontación con la identidad lingüística del español por parte de futuros profesores

SILVA, Cleidimar Aparecida Mendonça e
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Letras e Linguistica; Linguistica, Letras e Artes Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Letras e Linguistica; Linguistica, Letras e Artes
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.21%
Esta tesis discute los resultados de una investigación-acción, longitudinal e interventora, llevada a cabo en una Institución de Enseñanza Superior en Goiás, con la participación de un grupo de Letras/ Español, y sus respectivas profesoras. A lo largo de los tres últimos años de la carrera, acompañamos el proceso de formación universitaria de los futuros profesores de Español como Lengua Extranjera (E/LE) para detectar las variables interventoras en la caracterización de su producción lingüística en la lengua meta. En ese período, echamos mano de diversos instrumentos de recogida de datos con los alumnos-participantes, tales como: cuestionarios (cualitativo y cuantitativo), narrativas autobiográficas, entrevistas grupal e individual, autoevaluación, reseña crítica, diario de campo y sesiones reflexivas. En cuanto a las profesoras-participantes, las entrevistamos al final de cada semestre lectivo con el propósito de aclarar las opiniones e informaciones de los estudiantes. En esa perspectiva, detectamos como problemática de investigación, la producción lingüística de los licenciandos reveladora de estadios interlingüísticos, al final de la carrera de Letras. Sin embargo, optamos por tratar ese objeto a partir del análisis de los factores que intervinieron...

(Auto) representações de professores de espanhol em Goiás: construindo identidades profissionais; (Auto) representaciones de profesores de Español en Goiás: construyendo identidades profesionales

Oliveira, Érica da Silva
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL); Faculdade de Letras - FL (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Letras e Linguística (FL); Faculdade de Letras - FL (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.21%
En este estudio, analizamos las (auto)representaciones de seis profesoras de Español sobre sus identidades profesionales. En esta investigación representar significa conceptualizar, producir sentidos y reflexionar acerca del sentido que tiene ser profesor y estar en sala de clase de Español como lengua extranjera (E/LE). En la Lingüística Aplicada, para Celani y Magalhães (2002) y Magalhães (2004), representaciones son valores y creencias construidas en contextos socio-históricos y culturales, son visiones o maneras de ver y entender el mundo; su carácter es social, pero también es individual, dinámico, contextual y paradójico. Para los Estudios Culturales, la representación es una forma de atribución de sentidos y en la relación social se somete a relaciones asimétricas de poder (FOUCAULT, [1979]/1984, 1995; TADEU DA SILVA, [1999]2010). Por lo tanto, la identidad es representacional (TADEU DA SILVA, [2000]/2007). De ese modo, es relevante identificar como estas profesoras de E/LE representan su profesión por medio del lenguaje (MAGALHÃES, 2004), es decir, como la definen, cuáles son sus representaciones sobre qué es ser profesor de E/LE, cómo caracterizan su formación inicial y continuada y de qué modo estas representaciones funcionan y qué sentidos producen para/en la práctica docente. En esta investigación...

Com a pulga atrás da orelha: dicionário espanhol–português de expressões idiomáticas zoônimas

Miranda, Ana Karla Pereira de
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
As expressões idiomáticas são lexias complexas que estão intimamente ligadas às tradições culturais de um determinado povo. Além disso, elas fazem parte do acervo do léxico, não são uma combinatória discursiva qualquer (BIDERMAN, 2005) e são reconhecidas pela pesquisa linguística. Apesar da importância dessas unidades lexicais, confirmada por sua frequente ocorrência na linguagem oral e escrita, no Brasil observa-se ainda uma escassez de obras, principalmente fraseográficas, resultantes de estudos científicos acerca dessas unidades. Dessa forma, é necessária a elaboração de obras fraseográficas monolíngues e bilíngues. Por isso, a proposta desta pesquisa é elaborar um dicionário espanhol-português de expressões idiomáticas (EIs) que contenham em sua estrutura nomes de animais, neste trabalho denominadas EIs zoônimas. A justificativa da seleção desse objeto de estudo se deve às seguintes características: i) as EIs são frequentes em diferentes gêneros orais e escritos, ii) essas unidades são importantes para o ensino de línguas, seja ela materna ou estrangeira, iii) elas traduzem a cultura de um povo, e iv) são elementos que geram dificuldade na tradução. Dentre as diversas áreas temáticas englobadas pelas EIs...

O lugar da Hispanoamérica no processo de ensinoaprendizagem de Espanhol como Língua Estrangeira no Ensino Secundário Português

Cruz, Mário Rui Domingues Ferreira da
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
Tendo em conta um enfoque comunicativo experiencial (Fernández- Corbacho, 2014) e uma pedagogia crítica emancipatória (Jiménez Raya, Lamb & Vieira, 2007), enriquecida por enfoques multissensoriais (Arslan, 2009), é nossa intenção, com este projeto, contribuir para a implementação de práticas que espelhem as variedades linguísticas e culturais da Hispanoamérica (Liceras, 1995; Beave, 2000) na aula de espanhol como língua estrangeira no ensino secundário português. Neste estudo, através duma perspetiva metodológica de índole qualitativa, pretendemos, como ponto de partida, analisar: a) as representações de alunos portugueses sobre o lugar da Hispanoamérica no processo de ensino-aprendizagem de espanhol como língua estrangeira (Altmann & Vences, 2004; Pérez, 2003), através de inquéritos por questionário; e, ainda, b) as abordagens das variedades linguísticas e culturais do espanhol, que surgem nos manuais utilizados no ensino secundário português. Por outro lado, através de um estudo de caso (Benson, Chik, Gao, Huang & Wang, 2009), procurámos evidenciar uma mostra de possíveis boas práticas didático-pedagógicas e materiais, com vista a um trabalho sistemático e próativo com as variedades linguísticas e culturais do espanhol...

LINGUÍSTICA CONTRASTIVA: ESTUDO BIBLIOMÉTRICO NO CONTRASTE DE PB E ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA NO BRASIL, DE 1988 A 2010; CONTRASTIVE LINGUISTICS: A BIBLIOMETRIC STUDY ON THE CONSTRAST OF BRAZILIAN PORTUGUESE AND SPANISH AS A FOREIGN LANGUAGE IN BRASIL, FROM 1988 TO 2010

Sousa Silva, Ana Patrícia; Universidade Federal de Santa Catarina Mestranda em Linguística – PPGL/UFSC
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Lingüística da UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Lingüística da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por pares"; ; Formato: application/pdf
Publicado em 14/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-8420.2011v12nespp1Este trabalho tem por objetivo geral mapear as pesquisas realizadas em Linguística Contrastiva no Brasil que enfatizam o contraste entre o PB e o espanhol, no período de 1988 a 2010. Na realização deste mapeamento, tem-se como objetivos específicos: (i) categorizar as pesquisas nos modelos de análise da Linguística Contrastiva; (ii) identificar as instituições brasileiras onde se desenvolvem essas pesquisas e (iii) enquadrar as pesquisas conforme a abor dagem linguística empregada. Os dados foram obtidos no Banco de Teses da CAPES em novembro de 2011. O critério de busca (sem delimitação de data) usou os seguintes termos combinados: Linguística Contrastiva espanhol; Análise Contrastiva espanhol; Análise de erros espanhol; Interlíngua espanhol; Transfe rência espanhol Interfe rência espanhol e Fossilização espanhol. Encontraram-se 111 referências, e sua maior concentração está nas regiões Sul e Sudeste, que apresentam 27 e 64 pesquisas, respectivamente. No concernente à abordagem empregada nesses estudos, privilegiaram-se os aspectos morfos sintáticos, apresentando-se como tema recorrente o sistema pronominal das duas línguas. Conclui-se que, nas universidades brasileiras...