Página 1 dos resultados de 40431 itens digitais encontrados em 0.016 segundos

O projeto Nova Luz e a renovação urbana na região da Luz: o espaço urbano como condição e produto da acumulação e como espaço de reprodução da vida; Project New Light and renewal in the region of Luz: the urban space as a condition and product accumulation and as an space of reproduction of life

Pereira, Aglaé Vaz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.54%
Essa pesquisa tem como objetivo fundamental analisar o processo de produção e reprodução social do espaço urbano e como se processa o desenvolvimento da contradição entre apropriação/dominação do espaço urbano na metrópole São Paulo, em especial na Região da Luz, área central da cidade. Entender esse processo implica considerar, em sua diversidade, a realidade sócio-econômica, política e cultural vivenciada pelos habitantes, comerciantes e usuários da Região da Luz, que também traduz a dinâmica da sociedade capitalista contemporânea. No desenvolver da pesquisa foi necessário estabelecer uma mediação e esta se deu com a realização de vínculos de amizade com habitantes, usuários e comerciantes da área. A análise mostrou que na base do processo de produção e reprodução do espaço na metrópole São Paulo está a reprodução contraditória do espaço urbano. Enquanto Estado e iniciativa privada, de modo interligado e ou independente disputam o uso do espaço, transformando-o em instrumento de dominação, as pessoas de modo geral tendem a se apropriar do espaço para a sua reprodução da vida. Nesses momentos é possível a emergência das insurgências contra o concebido; o estabelecido pelas ações que normatizam o espaço. Dimensão relevante como ponto de partida para a compreensão dessa produção espacial foi a reflexão sobre o conceito de espaço elaborado ao longo da história e sua possibilidade de apropriação e de uso...

Curvas no espaço de Minkowski; Curves in the Minkowski space

Sacramento, Andrea de Jesus
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.54%
Nesta tese, investigamos a geometria de curvas no 3-espaço e no 4-espaço de Minkowski usando a teoria de singularidades, mais especificamente, a teoria de contato. Para isto, estudamos as famílias de funções altura e de funções distância ao quadrado sobre as curvas. Os conjuntos discriminantes e conjuntos de bifurcação destas famílias são ferramentas essenciais para o desenvolvimento deste trabalho. Para curvas no 3-espaço de Minkowski, estudamos seus conjuntos focais e conjunto de bifurcação da família de funções distância ao quadrado sobre estas curvas para investigar o que acontece próximo de pontos tipo luz. Estudamos também os conjuntos focais e conjuntos de bifurcação esféricos de curvas nos espaços de Sitter do 3-espaço e do 4-espaço de Minkowski. Definimos imagens normal Darboux pseudo-esféricas de curvas sobre uma superfície tipo tempo no 3-espaço de Minkowski e estudamos as singularidades e propriedades geométricas destas imagens normal Darboux. Além disso, investigamos a relação da imagem normal Darboux de Sitter (hiperbólica) de uma curva tipo espaço em S21 com a superfície tipo luz ao longo desta curva tipo espaço. Definimos as superfícies horoesférica e dual hiperbólica de curvas tipo espaço no espaço de Sitter S31 e estudamos estas superfícies usando técnicas da teoria de singularidades. Damos uma relação entre estas superfícies do ponto de vista de dualidades Legendrianas. Finalmente...

Tempos e espaços vividos : a produtividade das configurações espaço-temporais a partir do cotidiano de um laboratório de pesquisa; Time and space lived: the productivity of space-time configurations from the routine of a research laboratory

Susin, Loredana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.56%
Nesta Tese de Doutorado, procuro conhecer e entender o funcionamento das configurações espaço-temporais exercidas em um laboratório de pesquisa em bioquímica, visando mostrar seus possíveis efeitos nos processos que constituem as subjetividades. O entendimento de tempo e espaço como categorias socialmente construídas levou-me a buscar compreender os processos sócio-históricos relacionados à sua construção. Inicialmente, apresento o olhar histórico que empreendi com a finalidade de mostrar a emergência das categorias tempo e espaço, entendidas como noções constitutivas de modos de pensar o mundo e a si mesmo. Com esse olhar, busco compreender as implicações dessas categorias na vida das pessoas em diferentes épocas. Para tanto, revisito alguns momentos históricos, desde a Antigüidade até a contemporaneidade, mostrando as compreensões, as necessidades e as estratégias relacionadas ao tempo e ao espaço, marcando continuidades e descontinuidades nesses períodos. A partir dessas reflexões, procuro tornar visíveis o caráter construído dessas noções e o funcionamento das configurações espaço-temporais, assim como chamar a atenção para possíveis efeitos na vida das pessoas. No segundo momento, trago as discussões e as análises do percurso investigativo desta Tese...

Representações sociais atribuídas ao (sub)espaço geográfico escola

Pinto, Kinsey Santos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.55%
O presente trabalho apresenta a compreensão do espaço escolar como um subespaço que faz parte do todo – uma possibilidade de leitura do Espaço Geográfico –. O tema para esta pesquisa é o Espaço Escolar. A partir de uma metalinguagem da Geografia parece ser possível entendermos a escola como um recorte espacial, aqui traduzido como um (Sub)espaço Geográfico Escola. Construído esse conceito, identificamos as categorias e os conceitos operacionais que contribuem para a análise interna do (Sub)espaço Geográfico Escola, levando, à reflexão e à compreensão da instituição escola. Como objeto desta proposta de pesquisa temos as Representações Sociais que são atribuídas ao (Sub)espaço Geográfico Escola – relações estabelecidas entre os Sujeitos escolares e espaço escolar. Enquanto problema de pesquisa procuramos compreender como é representado esse recorte espacial pelos Sujeitos escolares na e sobre a escola. Quais são as possíveis relações estabelecidas temporariamente na escola a partir dessa representação. Durante esta caminhada de constantes idas e vindas pela Geografia buscaremos nossos objetivos, não simplesmente mirando uma determinada etapa do estudo, mas no produto aberto do esforço da recursividade desta pesquisa. Enquanto objetivo geral levamos nossa reflexão à compreensão das relações de identidade que os Sujeitos constroem temporariamente com o (Sub)espaço Geográfico Escola com o apoio da ciência geográfica. A metodologia está alicerçada em entrevistas em profundidade com os Sujeitos escolares...

Potencialidades e utilização do espaço recreio: um estudo desenvolvido em escolas do 1.º ciclo do ensino básico

Cruz, Indira Martins de Lima e
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
Dissertação apresentada para a obtenção do grau de Mestre em Educação - Área de Especialização em Didática das Ciências; Esta investigação teve como objetivo averiguar as caraterísticas do espaço recreio de algumas escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Decorrente dos vários aspetos observados procurou verificar-se se os mesmos se poderiam inserir num dos quatro tipos definidos por Frost & Klein (1979), e que são os seguintes: Espaço Recreio Tradicional, Espaço Recreio Designer, Espaço Recreio Aventura e Espaço Recreio Criativo. Simultaneamente, alguns professores de cada uma das escolas visitadas e o respetivo coordenador foram inquiridos de modo a saber-se a periodicidade de utilização do espaço recreio em atividades formais de aprendizagem, o tipo de atividades desenvolvidas e ainda quais as áreas curriculares mais mobilizadas nessas mesmas atividades. O modelo de investigação é de caráter qualitativo / interpretativo, tendo-se recorrido aos seguintes instrumentos de recolha de dados: uma grelha de observação para registo da observação efetuada nas várias escolas e um questionário aplicado aos professores e coordenadores de cada escola para conhecimento dos aspetos já referidos. O estudo envolveu uma amostra de 15 escolas situadas na área de Lisboa...

A natureza e especificidade do espaço mental através do Rorschach. Um espaço potencial? – Análise de um protocolo de uma paciente limite

Oneto, Marta Miriam
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
Neste artigo, mostramos a possibilidade de ler, através do Rorschach, o conceito de espaço mental/potencial. A partir dos trabalhos de Winnicott (1971/1975, 1988, 1990), Grotstein (1978) e Ogden (1985; 1992) sobre o desenvolvimento e características do espaço mental constituímos três tipos de espaço mental que se podem formar num sujeito: espaço mental unidimensional ou universo do ponto, espaço mental bidimensional ou universo da linha e espaço mental tridimensional, universo do plano ou espaço potencial. Estudamos este conceito na estrutura de personalidade limite. Apresentamos uma grelha de procedimentos Rorschach que criámos para ler o conceito de espaço mental e aplicamo-la na análise de um protocolo de uma paciente limite. A análise do protocolo de Rorschach evidencia a existência de um espaço mental bidimensional, com a presença de elementos mais característicos de um espaço mental unidimensional. ABSTRACT In this article, we show the possibility to red, through the Rorschach, the concept of mental space/potential space. Based on works of Winnicott (1971/1975, 1988, 1990), Grotstein (1978), and Ogden (1985; 1992) about development and characteristics of the mental space we constitute three types of mental space that if can form in a subject: one-dimensional mental space or universe of the point...

Pensar o espaço. O território e seu movimento

Haumont, Bernard Francisco I
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.54%
Pensar o espaço implica perceber as características e as problemáticas que surgem quando se fala dele. Implica estudar que definições e conceções lhe foram dadas para ter uma base solida de reflexão. Desde modo, é necessário rever as conceções políticas, etológicas, geográficas e sociológicas do espaço para entender o tipo de territórios que elas sugerem. É necessário também perceber como um território é percecionado e se deixa percecionar pelo um agente constituindo o espaço vivido desse agente. O território nasce pelas relações e ações que os vários agentes têm enquanto as determina. Essas ações e relações estão ligadas ao corpo da terra e as técnicas presentes num determinado território no qual um agente se insere, em função do capital cultural e económico desse agente. Existe um espaço social (Bourdieu, 1979) e um imaginário espacial que determina e é determinado por um ambiente territorial. É esse imaginário e esse ambiente que determina as ações, os desejos e as criações dos agentes e que atualizam o agente. É desta forma que se tem de falar do devir, de um constante “tornarse” tanto para o agente que para o território. Não se pode pensar o território humano sem as interações que os agentes têm entre eles é com o território. Interações que são...

Conceção do espaço na imagem arquitetónica

Alves, Maria Celsa Rebelo Gil
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
O espaço da imagem publicitária em geral está impregnado de contextualizações culturais, nesta investigação que tem como objetivo compreender e descortinar sentidos e significados existentes na representação do espaço da imagem publicitária da revista da área de arquitetura Domus - Contemporary Architecture Interiors Design Art, do período de Junho de 2007 a Junho de 2008. Foram construídas conceptualizações espaciais a partir dos estudos dos antropólogos Edward T. Hall e Marc Augé, esta visão particular do espaço nesta investigação foi conseguida a partir da criação de um modelo de organização e interpretação espacial o “arquiespaço” e corresponde a uma construção de sentido elaborada sob duas vertentes a significante e a de significado. Propusemo-nos compreender os padrões de comportamento que determinam as relações espaciais. A comunicação subjacente a cada imagem estática depende, fortemente, do modo como contextualizamos os produtos e a relação entre estes e os atores. Assim sendo, referimo-nos a ela como a linguagem do comportamento. A linguagem não-verbal é suportada por uma multiplicidade de comportamentos que, com este estudo, procuraremos entender e articular com dimensão espacial. As dimensões significantes do espaço são determinantes para posteriormente se aplicarem às conceptualizações inerentes à dimensão significado...

Densidade do espaço urbano e identidade local: estudos comparativos das antigas judiarias da Covilhã, Castelo Branco, Guarda e Trancoso

Zacarias, Cecília dos Santos
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
As conclusões a que se chegou com o presente estudo científico, são esclarecedoras quanto às questões inicialmente colocadas sobre a densidade do espaço urbano da zona antiga e, de um modo particular sobre o espaço da antiga Judiaria. A aplicação e desenvolvimento do método permitiu, igualmente, clarificar as questões sobre a identidade física do espaço urbano. A metodologia aplicada, foi determinante para demonstrar que as antigas Judiarias, não são espaços urbanos isolados e descontextualizados da estrutura que abrange a zona antiga da cidade, nomeadamente no interior das muralhas medievais, ou seja, o espaço da antiga Judiaria a esta escala não possui uma estrutura urbana própria, ou de influência da cultura judaica, pelo contrário, faz parte integrante de um todo que é a zona antiga da cidade. Mediante os factos expostos, constata-se que, ao espaço das antigas Judiarias, estão geralmente, associados dois protótipos. Um protótipo corresponde ao espaço urbano interior do antigo bairro judaico, enquanto que um outro é visível nos limites do bairro e que corresponde ao espaço público urbano, na envolvente da antiga Judiaria, comum a esta e à restante zona antiga da cidade. No entanto, verifica-se igualmente...

A natureza e especificidade do espaço mental através do Rorschach. Um espaço potencial? – Análise de um protocolo de uma paciente limite

Oneto, Marta Miriam; Marques, Maria Emília; ISPA-IU; Pinheiro, Catarina Bray; Hospital Fernando Fonseca
Fonte: ISPA - Instituto Universitário Publicador: ISPA - Instituto Universitário
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
Neste artigo, mostramos a possibilidade de ler, através do Rorschach, o conceito de espaço mental/potencial. A partir dos trabalhos de Winnicott (1971/1975, 1988, 1990), Grotstein (1978) e Ogden (1985; 1992) sobre o desenvolvimento e características do espaço mental constituímos três tipos de espaço mental que se podem formar num sujeito: espaço mental unidimensional ou universo do ponto, espaço mental bidimensional ou universo da linha e espaço mental tridimensional, universo do plano ou espaço potencial. Estudamos este conceito na estrutura de personalidade limite. Apresentamos uma grelha de procedimentos Rorschach que criámos para ler o conceito de espaço mental e aplicamo-la na análise de um protocolo de uma paciente limite. A análise do protocolo de Rorschach evidencia a existência de um espaço mental bidimensional (linha), com a presença de elementos mais característicos de um espaço mental unidimensional (ponto).

As esquadrias na inter-relação entre os cheios e vazios na composição do espaço construído.; The relationshipbetween entrance ways and architectural composition in the built environment.

Guerra, José David Pacheco
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Dinâmicas do Espaço Habitado; Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Dinâmicas do Espaço Habitado; Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.34%
This work is based on the assumption that in order to understand and apprehend the architectural space it is necessary to exam in detail each part that constitutes the totality of architecture. Therefore, the aim of this work is to understand the incremental process of interrelationships between the architectural elements existent in the so-called masses and nonexistent masses. Among these elements, windows and doors can be highlighted, being generally known as entrance ways. Data were gathered from a literature review that allowed a better understanding on the use of entrance ways in the composition of architectural spaces, over time. Following that, it was analyzed the use of composition of selected, residential buildings in Maceió. Data analyses suggest that windows and doors are considered, in large scale, architectural elements that control the flow of individuals, air and natural light, being highlighted from others constructive elements, given its spread use all over the buildings, which in turn considerably affects space in relation to its dimensions, functioning and other sensitive and compositive aspects. In general terms, entrance ways appear not to have evolved significanlty over time considering them as an architectural element...

A função social do espaço penitenciário; The social role of the penitenciary space

Lima, Suzann Flávia Cordeiro de
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Dinâmicas do Espaço Habitado; Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Dinâmicas do Espaço Habitado; Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.48%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; O presente trabalho apresenta um panorama das questões que permeiam o sistema penitenciário, no que consiste em fatores determinantes para o planejamento do espaço arquitetônico. A análise se apresenta sobre os atores que influenciam o arquiteto no ato de projetar o espaço penitenciário. Faz-se um apanhado geral sobre as políticas públicas voltadas à questão penitenciária, relacionando-se os poderes executivo e judiciário, quanto às contradições existentes entre os mesmos, com o intuito de compreender como se processa a escolha da configuração do partido arquitetônico predominante nos espaços penitenciários. O objetivo principal do trabalho é compreender qual a função social do espaço penitenciário do ponto de vista dos diversos atores interessados no sistema, para que se possa identificar se esse espaço cumpre a sua função e, caso não a cumpra, quais os equívocos apresentados quanto ao significado desse espaço, para que se possa diagnosticar quais aspectos necessitam ser mudados e quais os que devem permanecer inalterados. A partir do pressuposto de que o objetivo da pena de reclusão é a ressocialização do indivíduo, a relevância do trabalho consiste em analisar o espaço penitenciário do ponto de vista da recuperação...

O processo de compressão expansão do tempo espaço no pólo xérico de fruticultura irrigada Petrolina Juazeiro

de Lacerda Barros, Maêlda; José de Sá, Alcindo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.53%
Este trabalho tem como objetivo analisar o processo de compressão-expansão do tempo-espaço no pólo xérico de fruticultura irrigada Petrolina-Juazeiro. A compressão do tempo-espaço é um conceito correspondente aos processos que vêm modificando consideravelmente as qualidades objetivas do espaço e do tempo e se configura, na atualidade, como um fenômeno de grande importância para a análise geográfica. No entanto, faz-se necessário, antes de tudo, estabelecer quais preocupações teóricas compreendem o conceito definido como compressão do tempo-espaço e estabelecer, também, sob o ponto de vista desse conceito, quais contradições são engendradas por essa nova dinâmica de reprodução da dimensão espacial; dinâmica essa que pode ser interpretada através da consideração do princípio materialista dialético de que o espaço é o objetivo do incessante desenvolvimento do capitalismo. Sendo assim, é necessário apreender quais fatores derivam atualmente dessa condição e compõem o quadro conceitual definido como compressão do tempo-espaço e precisar qual é a base que estrutura a existência desse conceito. Dessa forma, se entendermos que o espaço geográfico se define para além das coordenadas - porque se configura como um produto de relações - a questão realmente séria é que o espaço é mais do que distância...

De perto e de dentro : diálogos entre o indivíduo-encarcerado e o espaço arquitetônico penitenciário

Flávia Cordeiro de Lima, Suzann; Rogério de Lemos Meira, Luciano (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.53%
Desenvolvendo atividades o homem espacializa suas intenções dando-lhes forma física e criando lugares significativos. Assim é que as formas sociais, através das espacializações, relacionam-se com as formas físicas, criando lugares, os quais, por sua vez, influenciam as espacializações. Se estas espacializações criam lugares, são também por eles influenciadas, pois as formas físicas expressas pela arquitetura e as formas sociais expressas pelos eventos, interagem. A abordagem histórica-cultural de Vygotsky corrobora com a idéia de um sujeito que produz sentidos enquanto atravessado por ambientes interativos, responsivos e participativos, num processo permanentemente dinâmico de relação sujeito-ambiente. Nos cenários interacionais onde a vida se desenrola, construir em arquitetura deve significar, igualmente, buscar uma compreensão das relações entre fatores como o dimensionamento dos ambientes e a possibilidade de regulação da privacidade, ou ainda a relação entre a organização de tarefas cotidianas e a ordenação dos elementos arquitetônicos que as viabilizam. Assim, cada componente arquitetônico desempenha um papel singular em sua articulação com outros elementos e com a vida das pessoas para quem a arquitetura se oferece como linguagem e instrumento e...

A produção do espaço intra-urbano de aparecida de Goiânia e a dinâmica metropolitana de Goiânia: de 1960 aos anos 2000

SANTOS, Lucas Maia dos
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.56%
Aparecida of Goiania is a city that develops a relationship inextricable with Goiania. The goal of this research was precisely understand the role of this relationship in the process of structuring the space intra-urban of Aparecida. The central question that guided our analysis was: how was formed Aparecida of Goiania? The seminal this question should be added others: a) what the processes, actors and the stages of the production process of intra-urban area of Aparecida of Goiania? c) what are the implications on its way space resulting from their duties or their relationship with Metropolitan Region of Goiania - RMG as a whole and especially in Goiania? What is the nature of the value of intra-urban area of Aparecida de Goiania? To meet these problems, established himself as objectives of the study: examine the production of the RMG in general and of Aparecida of Goiania in particular; to divide into periods and to map the occupation of Aparecida of Goiania; to analyse the social agents and producers processes of this area; to analyse the functions that Aparecida of Goiania currently plays in RMG; and to analyse how this space is valued by all of society and more specifically for journalistic production in Goiania. It took place...

Produções do espaço-tempo no cotidiano escolar : um estudo das marcas e territorios na educação infantil

Analucia de Morais Vieira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/2000 PT
Relevância na Pesquisa
36.57%
Este trabalho de pesquisa teve como objeto de estudo o espaço-tempo escolar e como objetivo: Percorrer as marcas do espaço-tempo que se inscrevem no cotidiano escolar, bem como focalizar como nós professoras e nossos/as alunos/as constituímos os territórios escolares a partir da organização do espaço-tempo. Tentando encaminhar e compreender nossos objetivos, realizamos uma pesquisa de tipo etnográfico numa escola pública situada num município de porte médio de Minas Gerais, por nós denominada de Escola Paraíso. Informada por Mayumi Souza Lima, Milton Santos, Michel Foucault, Maria Malta Campos, Antônio Viñao Frago e Augustín Escolano, entre outros, por imagens de arte e pela literatura e pautados pela memória e opções da professorapesquisadora, que não abdica de sua dupla condição ao realizar esse trabalho, focalizamos duas salas de aula e a escola, através de registros de diários de campo, discurso das professoras, fotos, plantas baixas e planos de aula. A partir desse lugar e no entrelaçamento dos diferentes discursos e inscrições, foi possível detectar as produções do espaço-tempo no cotidiano escolar, tecidas pelas marcas e territórios. Tais produções expõem as marcas (e nossas marcas) inscritas no espaço-tempo escolar...

Conceção do espaço na imagem arquitetónica

Alves, Maria Celsa Rebelo Gil
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.53%
O espaço da imagem publicitária em geral está impregnado de contextualizações culturais, nesta investigação que tem como objetivo compreender e descortinar sentidos e significados existentes na representação do espaço da imagem publicitária da revista da área de arquitetura Domus - Contemporary Architecture Interiors Design Art, do período de Junho de 2007 a Junho de 2008. Foram construídas conceptualizações espaciais a partir dos estudos dos antropólogos Edward T. Hall e Marc Augé, esta visão particular do espaço nesta investigação foi conseguida a partir da criação de um modelo de organização e interpretação espacial o “arquiespaço” e corresponde a uma construção de sentido elaborada sob duas vertentes a significante e a de significado. Propusemo-nos compreender os padrões de comportamento que determinam as relações espaciais. A comunicação subjacente a cada imagem estática depende, fortemente, do modo como contextualizamos os produtos e a relação entre estes e os atores. Assim sendo, referimo-nos a ela como a linguagem do comportamento. A linguagem não-verbal é suportada por uma multiplicidade de comportamentos que, com este estudo, procuraremos entender e articular com dimensão espacial. As dimensões significantes do espaço são determinantes para posteriormente se aplicarem às conceptualizações inerentes à dimensão significado...

Em busca do espaço perdido? : um estudo do estatuto da noção de espaço em Émile Benveniste

Barboza, Gabriela
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.58%
Esta dissertação se dedica a empreender um estudo sobre a noção de espaço nas obras Problemas de Linguística Geral I e II, de Émile Benveniste. Devido à constatação de uma lacuna no que diz respeito aos estudos de espaço no âmbito enunciativo brasileiro, e pelo fato de Benveniste ser considerado o responsável pelos estudos das noções de pessoa-tempo-espaço, urge abordar a noção que, conforme Fiorin (2008), fora pouco estudada pelo semanticista sírio. Dito de outro modo, há uma falta observada no que tange ao tratamento do espaço, cujo espaço pretende-se preencher, em alguma medida, com esta investigação. Nesse sentido, o objetivo geral deste trabalho é o de encontrar o espaço do espaço na teoria enunciativa de Émile Benveniste. Não obstante, há ainda outros cinco objetivos, de caráter mais específico, e que, na medida em que os capítulos são desenvolvidos, são atendidos. São eles: 1) mostrar e descrever como o espaço comparece nos estudos linguísticos brasileiros, principalmente nos estudos gramaticais e nos estudos específicos de Linguística da Enunciação, com a observação da teoria linguística que sustenta sua reflexão; 2) verificar em que medida a falta de estudos sobre a noção-categoria de espaço é tributária da suposta falta de estudos desenvolvidos na obra de quem é considerado o responsável por delinear as noções de pessoa-tempo-espaço...

A apropriação do espaço escolar: um estudo de caso em uma pré-escola de Balneário Camboriú, Santa Catarina

Martins, Rudnei Joaquim
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.54%
Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Universidade do Extremo Sul Catarinense para a obtenção do título de Mestre em Ciências Ambientais.; A Psicologia Ambiental busca entender a relação do ser humano com o espaço em que vive. Para configurar se o espaço foi apropriado, podem-se observar elementos que confirmam o processo de apropriação do espaço: a identificação, o sentimento de pertença, a personificação, a cultivação e o sentimento de defesa. Quando se trata do espaço escolar, a apropriação do mesmo possui efeitos psicológicos e pedagógicos. O objeto desta a pesquisa é o processo de apropriação do espaço escolar na pré-escola Núcleo de Educação Infantil (NEI) “Meu Primeiro Passo”, pois as espacialidades deste estabelecimento de ensino poderiam não estar contribuindo para o pleno desenvolvimento das crianças. Para este estudo, têm-se como objetivo geral compreender o processo de apropriação do espaço escolar na pré-escola por crianças de 4 a 6 anos, identificando os modos e os sinais que comprovam a apropriação do espaço pelas crianças, e a percepção de duas educadoras têm em relação às espacialidades do NEI. O método escolhido foi o estudo de caso...

O ordenamento e gestão do espaço marítimo português: a articulação com o regime terrestre e o contexto europeu

Casimiro, Daniela Filipa Marques Antunes Tomás
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.54%
Tese de mestrado em Ecologia e Gestão Ambiental, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2015; O mar desempenha um papel muito importante para a civilização humana, sendo utilizado para diversos fins, tais como meio de transporte, fonte de alimento e de recursos naturais vivos e não vivos, lazer, turismo, entre outras atividades e usos. A exploração, aumento do conhecimento e desenvolvimento de novos meios de aproveitamento dos recursos marítimos difundiu o interesse no oceano enquanto vetor de desenvolvimento estratégico económico, social e ambiental. A crescente procura do espaço marítimo para o desenvolvimento de diversas atividades e usos e o aparecimento da política da União Europeia para o “Crescimento Azul” impulsionaram a criação de instrumentos legais que acomodassem a nova visão do mar, de modo a garantir um espaço marítimo saudável, eficaz e sustentável. Consequentemente, vários países iniciaram o processo de desenvolvimento de instrumentos legais que incorporassem as diretrizes europeias, incluindo as políticas para o ordenamento do espaço marítimo, indicado na estratégia para o crescimento azul como uma das vertentes essenciais em matéria de política marítima integrada. Portugal tem sido um país líder no processo de ordenamento do espaço marítimo...