Página 1 dos resultados de 349 itens digitais encontrados em 0.045 segundos

Minha vida, duas línguas : um estudo sobre as experiências de surdos com a escrita acadêmica no Programa de Pós-Graduação em Educação/UFRGS

Pokorski, Juliana de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.84%
Este trabalho discute as marcas identitárias de surdos traduzidas em suas teses e dissertações, produzidas no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Busca evidenciar a forma que essa diferença é sinalizada na escrita do surdo pesquisador, além de tentar descrever as marcas atribuídas a essa experiência. Utilizou-se da metodologia de análise documental, realizando a leitura de seis dissertações de mestrado e uma tese de doutorado produzidas por surdos no período de 1998 a 2010 (quase a totalidade da produção surda do PPGEDU/UFRGS). Elencou-se, a partir das recorrências encontradas, três eixos analíticos: a escrita e a leitura de uma segunda língua (em português); o papel do intérprete; e a diferença cultural do surdo. O estudo está situado no campo dos Estudos Culturais em Educação e dos Estudos Surdos e a análise teve por base, principalmente, o pensamento de Quadros e Karnopp (2004) sobre a Língua de Sinais Brasileira, e os conceitos de cultura e identidade surda abordados por Perlin (1998) e Skliar (1998). Registrou-se, então, que muito além de um espaço de estudo, o PPGEDU/UFRGS se constituiu em um local de produções acadêmicas com propósitos investigativos e políticos dos surdos pelo seu povo. Tais produções...

O papel das ferramentas digitais no desenvolvimento das competências de escrita

Ribeiro, Aristides João Faria
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
45.81%
Dissertação de mestrado em Ensino de Português no 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário e de Espanhol nos Ensinos Básico e Secundário; O presente relatório de estágio é o terminar de uma viagem alucinante. Desde as planificações ao culminar das aulas assistidas tudo foi bastante trabalhoso e, por vezes, algo doloroso. No entanto, agora que chega o momento final, sinto-me bastante orgulhoso com todo o trabalho realizado. Este centrou-se no desenvolvimento das competências de escrita, mais especificamente o processo de escrita, através do uso de ferramentas digitais. Todos os trabalhos e resultados foram desenvolvidos ao longo do período de lecionação por alunos do Ensino Secundário nas disciplinas Português e Espanhol. Numa primeira parte, revelou-se o local e o tipo de grupo onde o projeto foi colocado em prática bem como os objetivos inicialmente traçados para o desenvolvimento desta intervenção. Numa segunda parte, a mais extensa de todo o relatório, demonstraram-se primeiramente os resultados obtidos antes da intervenção. Estes resultados basearam-se em textos recolhidos aos alunos e, no caso de espanhol, numa recolha de dados. Posteriormente, revelou-se passo a passo todo o desenvolvimento da intervenção...

Educação bilingue em Moçambique : um estudo de caso, na Província de Gaza, centrado nas práticas pedagógicas do ensino básico

Joaquim, José Amilton
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
45.84%
Dissertação de mestrado em Ciências de Educação (área de especialização em Desenvolvimento Curricular); Em contextos como o de Moçambique que apresenta uma diversidade linguística, o uso de mais de uma língua no ensino é quase que obrigatório, mormente quando a língua oficial, Portuguesa, é falada por uma minoria da população. Face a essa realidade, urge a necessidade de formalizar a Educação Bilingue (EB) nas escolas moçambicanas. A sua implementação visa, dentre vários objetivos, melhorar a qualidade de ensino, reduzir o desperdício escolar e tornar a educação mais inclusiva, uma vez que muitos alunos, principalmente, nas zonas rurais como é o caso do distrito de Bilene na Província de Gaza, local onde realizamos o estudo, não falam a língua Portuguesa. A modalidade de Educação Bilingue em Moçambique, que usa língua oficial Portuguesa e uma língua nacional local, é de transição e manutenção. Nas primeiras classes (1ª, 2ª e 3ª) usa-se a língua local como meio de instrução e o Português é apenas uma disciplina, lecionada ao nível de competências da oralidade e a partir da 4ª classe, o Português passa a ser a língua de instrução e o Changana apenas uma disciplina. A língua Portuguesa é ministrada somente ao nível da oralidade até a 2ª classe...

O Município Pedagógico e a Escrita do Local. Centenário da Reforma Republicana da Administração Local

Magalhães, Justino
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
95.97%
Este texto procura fazer o ponto de situação relativamente ao projecto Atlas- Repertório dos Municípios na Educação e na Cultura em Portugal (1820-1986), introduz, ainda que de forma sumária, a escrita do local como uma das prerrogativas deste projecto e, por fim, contém um apontamento, também necessariamente breve, sobre o Centenário da Reforma Republicana da Administração Local, que consta do Decreto de 7 de Agosto de 1913. Nesse sentido, retoma-se aqui o objectivo principal do Atlas-Repertório, que é inventariar e reconstituir a oferta educativa e cultural de iniciativa municipal. Na sequência, articula-se o Encontro Nacional Municipalismo em Portugal: dinâmicas locais e oferta educativa e cultural (séculos XVIII-XX). Centenário da Reforma Republicana da Administração local com o projecto Atlas-Repertório, aprofunda-se o debate teórico, abrindo à interdisciplinaridade, e intenta-se reinterpretar o olhar historiográfico sobre o País, tomando o Atlas-Repertório como escrita do local.

Como um Texto - Configurações da Escrita do Município Colonial

Magalhães, Justino
Fonte: Editora UFPR Publicador: Editora UFPR
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
45.88%
A história da administração concelhia é constituída por um elemento externo, dependente do poder central, e por uma internalidade. A fundação do município, como a modernização e o sentido evolutivo da administração e da vida concelhias foram ordenados e ficaram registados pela escrita. O município é constituído por um conjunto de órgãos e oficiais, cuja administração e ordem assentam na escrita. A formalização, a profissionalização, a especialização da escrita concelhia dão sentido ao municipalismo. A escrita foi estruturante da economia, do governo e da administração colonial. O município colonial foi um local e uma instância de representação, organização e ideação. Neste texto, incidir-se-á sobre a escrita municipal, destacando a função do escrivão e caracterizando as dimensões de adequação e configuração, legitimação, expansão, formalização, profissionalização da escrita municipal. Argumentar-se-á que a (re)significação da escrita municipal, particularmente a colonial, foi modelada pela noção de texto, portanto, como um texto.

O Município Pedagógico e a Escrita do Local. Centenário da Reforma Republicana da Administração Local

Magalhães, Justino
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
95.97%
Este texto procura fazer o ponto de situação relativamente ao projecto Atlas-Repertório dos Municípios na Educação e na Cultura em Portugal (1820-1986). Introduz, ainda que de forma sumária, a escrita do local como uma das prerrogativas deste projecto e, por fim, contém um apontamento, também necessariamente breve, sobre o Centenário da Reforma Republicana da Administração Local, que consta do Decreto de 7 de Agosto de 1913. Nesse sentido, retoma-se aqui o objectivo principal do Atlas-Repertório, que é inventariar e reconstituir a oferta educativa e cultural de iniciativa municipal. Na sequência, articula-se o Encontro Nacional Municipalismo em Portugal: dinâmicas locais e oferta educativa e cultural (séculos XVIII-XX). Centenário da Reforma Republicana da Administração local com o projecto Atlas-Repertório, aprofunda-se o debate teórico, abrindo à interdisciplinaridade, e intenta-se reinterpretar o olhar historiográfico sobre o País, tomando o Atlas-Repertório como escrita do local.

Estratégias para a Promoção e Melhoria da Competência Escrita em Língua Portuguesa e Espanhol Língua Estrangeira, por Alunos Portugueses

Jerónimo, Maria Luiza do Vale
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
45.87%
Este trabalho pretende refletir sobre o ensino da escrita e apresentar estratégias que visem a sua promoção e melhoria. É composto por dois capítulos; no primeiro fala-se da pertinência do ensino da escrita no contexto atual, faz-se uma viagem pelas metodologias de ensino das línguas e pelos programas de ensino da língua portuguesa e da língua espanhola. Apresentam-se também algumas das dificuldades sentidas pelos alunos na expressão escrita e fala-se do papel dos pais, da escola, dos professores e dos próprios alunos para as colmatar. No segundo capítulo, dá-se a conhecer a Escola Básica D. Fernando II, local onde foi realizado o trabalho de campo, faz-se a caracterização da turma que acolheu a prática de ensino supervisionada, apresentam-se as atividades realizadas com os alunos e faz-se uma reflexão sobre os resultados obtidos.

A invasão no estádio Couto Pereira em 2009: considerações sobre os discursos da imprensa escrita e da torcida organizada

Santos,Natasha; Capraro,André Mendes; Lise,Riqueldi Straub
Fonte: Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte Publicador: Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
45.81%
Na última rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, de 2009, o Coritiba F. C. empatou com o Fluminense F. C. e foi rebaixado para a série B. A torcida da equipe local invadiu o campo, deixando torcedores e policiais feridos, em uma batalha que durou pouco mais de meia hora. O objetivo da presente pesquisa é tratar das justificativas dadas ao ocorrido no dia 6 de dezembro, com base nos discursos da imprensa escrita e da torcida Império Alviverde, representada pela figura do seu presidente, Luiz Fernando Corrêa. Intenta-se, assim, responder ao seguinte questionamento: quais as divergências entre as explicações dadas pela imprensa escrita e pela torcida, a fim de justificar o ocorrido? Com o intuito de solucionar a questão, parte-se da utilização da análise do discurso.

Escrita do gênero relatório de estágio supervisionado na formação inicial do professor brasileiro

Silva,Wagner Rodrigues
Fonte: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
45.78%
Neste artigo, a escrita de professores em formação nas licenciaturas em Geografia, História e Matemática é apresentada como objeto de investigação na Linguística Aplicada (LA). A descrição do gênero relatório de estágio supervisionado, produzido pelos professores em formação inicial mencionados, é o principal objetivo desta pesquisa. A metodologia de investigação científica é informada pela abordagem transdisciplinar da LA. Alguns estudos da Linguística Sistêmico-Funcional (LSF) e do Letramento do Professor são os principais referenciais utilizados. Os resultados da pesquisa revelam uma não sistematização do trabalho pedagógico com a escrita dos relatórios nas licenciaturas focalizadas, o que pode resultar em restrições para o fortalecimento do letramento crítico, idealizado para o futuro professor no local de trabalho. Alguns encaminhamentos teórico-metodológicos são realizados, mais diretamente, para os estudos sobre gêneros desenvolvidos na LSF.

O sentido dos diálogos entre as mulheres e o mar nas cantigas de amigo galego-portuguesas do século XIII

Mendes, Ana Luiza
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
65.82%
Resumo: As cantigas de amigo galego-portuguesas nos rementem ao universo da dicotomia entre a oralidade e a escrita. Na verdade, para a sociedade medieval não havia contradição entre essas duas formas de expressão. De fato, a oralidade era bem mais praticada, sobretudo por seu caráter didático, mas, sem, contudo, se desfazer totalmente da escrita, veículo pelo qual nos foram legadas essas produções. Justamente essa escrita, o galego e o português, suscitam algumas indagações sobre o desenvolvimento de um precoce sentimento de "nacionalidade" ou pertencimento a uma determinada região, visto o fato de as preferirem ao latim. De toda forma, a utilização dessas línguas romances têm um caráter sintomático no desenvolvimento cultural e político da Península Ibérica, setores que também podem ser analisados através dessas produções, tal como o papel da mulher nessas sociedades. Da mesma forma que a escolha da língua para as produções, as cantigas de amigos suscitam indagações e sobre o eu-lírico nelas representadas. Este diz respeito à voz feminina que nos transmite situações do seu mundo e do local onde elas viveriam, como o movimento do sair e regressar das balsas, barcas e navios dos seus amores que neles vão embora ou regressam. A relação entre as mulheres e o ambiente e atividades marítimas...

Escrevivendo: escrita de remanescentes quilombolas no domínio escolar e na vida cotidiana : uma abordagem dialógica

Mendonça, Lívia de Carvalho
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
45.97%
Pesquisa-se sobre a escrita de estudantes remanescentes de quilombos situados em uma Comunidade da cidade de Feira de Santana-BA. A escrita, como fenômeno sócio-histórico, é observada em contexto escolar e extraescolares que compõem a vida cotidiana dos estudantes. A problemática central ao se estudar a escrita em uma comunidade remanescente de quilombos advém do fato de se reconhecer uma espécie de silenciamento dos seus discursos, considerando-se a hipótese de que suas vozes são pouco ouvidas ao longo da história. Apresenta-se como objetivo geral analisar relações dialógicas e vozes sociais nas práticas de escrita de estudantes remanescentes de quilombos, dentro e fora do espaço escolar, observando se uma escola, que está situada em contexto cultural de remanescente de quilombos, leva em conta, nas atividades de escrita que propõe em sala de aula, as práticas culturais de seus alunos, constitutivas da sua vida diária. Este estudo é fruto de uma pesquisa interpretativa de base etnográfica na qual se apresenta o ponto de vista metodológico que subsidia este trabalho, considerando-se uma possível complementaridade entre a epistemologia dialógica dos estudos bakhtinianos.Escolheu-se, no universo dos sujeitos...

Uma ação reflexiva sobre o processo de (re)escrita de textos: a prática pedagógica da professora Maria

Gusmão, Maria Aparecida Pacheco
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.89%
T he reflexive action on the process of texts (re)writing, central topic of this study, is still a challenge within the elementary school. What made this issue a special theme of study was the fact that the chosen focus is based on a lived experiences with (re) writing activities where the uniqueness of the professional practice would be transformed into a place of knowledge production, offering theoretical and a practical support to a teacher, in order to understand the interactive nature of language as a space for recovery of the individual (as a historical, social, and cultural being). The empirical field research, structured in the light of assumptions of qualitative research into the action research format, was a public school in Bahia, in a third grade classroom. The instruments of data collection were open questionnaire, semistructured interviews, observations with video recording, documentary analysis of texts produced by students, and reflective sessions. The objectives that supported the research study were: 1) Investigate, in the pedagogical action of teacher Maria, activities on the writing process, 2) Interact with the teacher, in the form of action inquiry to: a) reflect on the procedures for theoretical and methodological development of reflective practice on the process of the (re) writing of the text...

O ensino-aprendizagem da leitura e da escrita na Educação Infantil de 4 a 5 Anos: Conceitos e práticas das professoras

Nogueira, Rosemeire Messa de Souza
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
65.94%
Este estudo refere-se a uma tese de doutorado que tem como objetivo analisar os conceitos de ensinoaprendizagem da leitura e da escrita de professores de Educação Infantil de quatro a cinco anos e as práticas geradas por esses conceitos. Os sujeitos participantes da investigação foram oito professoras e duas coordenadoras que trabalham em Centros de Educação Infantil e pré-escolas de escolas, da Rede Municipal de Ensino de Dourados-MS. Trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo, fundamentada na perspectiva histórico-cultural, a qual considera os sujeitos como seres concretos dentro de uma realidade social, e possibilita apresentar um estudo teórico sobre a temática, mostrar os conceitos de ensino-aprendizagem da leitura e da escrita a partir da análise das falas, coletadas por meio de entrevistas semi-estruturadas que propiciaram um diálogo com as professoras. Para melhor compreender as falas, procuramos obter um conhecimento sobre o contexto, por isso, fizemos a leitura de documentos e estudo bibliográfico que nos auxiliou a analisar a Proposta Pedagógica da Rede Municipal de Ensino de Dourados-MS para a Educação Infantil e os Projetos Pedagógicos das unidades educacionais onde as professoras entrevistadas trabalham. Para compreender esse contexto necessitamos...

Escrit(ur)a de si e alteridade do professor Terena no espaço papel-tela

Gargioni, Ana Alice dos Passos
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
45.83%
Esta pesquisa tem por objetivo problematizar como a produção das identidades de professores indígenas Terena com formação em nível superior, da região de Miranda, em Mato Grosso do Sul, se manifesta no processo de escrita de si, confrontando-se com a constituição identitária do outro branco. Buscamos examinar o processo identitário instaurado a partir de questionários respondidos por professores da etnia Terena e textos retirados do blog Terena Digital (http://terenadigital.blogspot.com.br), sustentado também por professores Terena com ensino superior, de modo a identificar as múltiplas vozes, as formações discursivas, as marcas de subjetividade que compõem a memória discursiva e identificar os efeitos de sentido produzidos do/no dizer dos sujeitos. Os recortes/enunciados foram organizados obedecendo ao critério numérico de categorização dos sujeitos (S1, S2, S3, S4, S5 e S6) e foram problematizados com fulcro no método arqueogenealógico de Foucault (2007b), por acreditarmos na onipresença do poder, no discurso como local de manifestação das relações de poder-saber, assim como pelas demais teorias de perspectiva discursiva, culturalista e psicanalítica de análise, segundo Pêcheux (1988), Foucault (2007a)...

Municipalismo em Portugal: dinâmicas locais e oferta educativa (séculos XVIII-XX)

Magalhães, Justino; Instituto de Educação, Universidade de Lisboa
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2014 POR
Relevância na Pesquisa
55.68%
O Encontro Nacional “Municipalismo em Portugal: dinâmicas locais e oferta educativa e cultural (séculos XVIII-XX). Centenário da Reforma Republicana da Administração local”, realizado em 20 de Dezembro de 2013, foi assumido por membros da equipa do projecto Atlas-Repertório. Este Encontro destinou-se a proporcionar ao conjunto de investigadores, que está directamente envolvido no trabalho de campo, oportunidade para apresentar publicamente resultados da própria investigação. O Encontro incluiu a Conferência de Abertura e duas Mesas-Redondas. São esses textos que agora se publicam sob a forma de Dossier temático da Revista Interacções.

O município pedagógico e a escrita do local. Centenário da reforma republicana da administração local

Magalhães, Justino; Instituto de Educação, Universidade de Lisboa
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2014 POR
Relevância na Pesquisa
105.97%
Este texto procura fazer o ponto de situação relativamente ao projecto Atlas-Repertório dos Municípios na Educação e na Cultura em Portugal (1820-1986), introduz, ainda que de forma sumária, a escrita do local como uma das prerrogativas deste projecto e, por fim, contém um apontamento, também necessariamente breve, sobre o Centenário da Reforma Republicana da Administração Local, que consta do Decreto de 7 de Agosto de 1913. Nesse sentido, retoma-se aqui o objectivo principal do Atlas-Repertório, que é inventariar e reconstituir a oferta educativa e cultural de iniciativa municipal. Na sequência, articula-se o Encontro Nacional Municipalismo em Portugal: dinâmicas locais e oferta educativa e cultural (séculos XVIII-XX). Centenário da Reforma Republicana da Administração local com o projecto Atlas-Repertório, aprofunda-se o debate teórico, abrindo à interdisciplinaridade, e intenta-se reinterpretar o olhar historiográfico sobre o País, tomando o Atlas-Repertório como escrita do local.

Inspeção escolar e escrita pedagógica: o inquérito de 1875

Magalhães, Justino; Instituto de Educação, Universidade de Lisboa; Adão, Áurea; UIDEF do Instituto de Educação, Universidade de Lisboa
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2015 POR
Relevância na Pesquisa
55.82%
No decurso de Oitocentos, a escrita pedagógica esteve na base da instituição educativa moderna e até ao terceiro quartel do século XIX foi fundamentalmente um produto da inspeção escolar. Então ganhou amplitude e propriedade. A Educação passou a ser tomada como instituição e os planos de reforma tornaram-se objeto de amplos debates constitucionais. Também a escrita didática evoluiu no sentido da normalização, revestindo-se de técnica, especificidade e exclusividade. Os autores retomam a longa duração da escrita da inspeção escolar, distinguindo três ciclos: as Consultas, usuais nas primeiras décadas de Oitocentos; as Inspeções Extraordinárias, realizadas sob o signo conhecer para decidir; uma inspeção regular, devidamente formalizada, como sucedeu com o Inquérito de 1875. O estudo demonstra o significado histórico-pedagógico desta inspeção, como fonte para a história nacional e para a história municipal e local.

O ensino-aprendizagem da língua portuguesa a partir do estudo do local e das práticas interdisciplinares com as ciências da natureza; The teaching and learning of Portuguese based on hte study of the place and interdisciplinary practice with the nature sciences

Maria Aparecida Pereira Montagner
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
55.98%
O ensino de Língua Portuguesa modificou-se muito nos últimos anos, fundamentado em novas teorias sobre leitura e escrita, gêneros textuais, dialogia, discurso entre outros. Entretanto, ainda permanecem em sala de aula práticas cristalizadas como as que separam as aulas de língua portuguesa em aulas de leitura, escrita e análise linguística, poucas vezes se preocupando com a oralidade. Também ainda é comum o ensino da língua centrar-se na exploração dos gêneros literários ou os supostamente mais elaborados, apoiando-se nos chamados gêneros escolarizados, ou seja, aqueles que só circulam na escola, considerados mais adequados ao ensino da disciplina, como observado em muitos livros didáticos. A possibilidade de produzir sentidos por gêneros textuais de outras disciplinas ainda é pouco comum, a fragmentação do ensino se realiza em práticas escolares consolidadas, e o cotidiano de nossos alunos é ignorado no ensino aprendizagem. Da suposição de que a abordagem interdisciplinar pode favorecer a aprendizagem da leitura e escrita, principalmente, se aproveitar as condições do local onde vivem nossos alunos é que surgiu a proposta dessa pesquisa, buscando romper com a fragmentação tanto no interior da própria disciplina...

Escrita como fórum dialógico-argumentativo de constituição do conhecimento

Santa-Clara,Angela Oliveira; Leitão,Selma
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
45.84%
Em grande parte da literatura a escrita é vista como recurso de explicitação de idéias/conhecimento. Pouco, entretanto, se diz sobre seu papel na constituição destas. Contrapondo-se a essa tendência, propõe-se aqui que a escrita, entendida como processo de construção de sentido, possui importante potencial de constituição do conhecimento. Este potencial de construção depende essencialmente de negociações entre o autor e 'vozes' sociais com que dialoga ao escrever. A análise do processo de produção textual de universitários sugere que este se desenvolve no tempo, alternando momentos de estabilidade e variabilidade. Estes últimos se materializam no subprocesso de Revisão Local que, sugerimos, caracteriza-se por negociações dialógico-argumentativas. Propomos ser precisamente nessa argumentatividade inerente à escrita que reside seu potencial epistêmico (constitutivo do conhecimento).

COMO UM TEXTO – CONFIGURAÇÕES DA ESCRITA DO MUNICÍPIO COLONIAL

Magalhães, Justino; UFPR
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
45.89%
A história da administração concelhia é constituída por um elemento externo, dependente do poder central, e por uma internalidade. A fundação do município, como a modernização e o sentido evolutivo da administração e da vida concelhias foram ordenados e ficaram registados pela escrita. O município é constituído por um conjunto de órgãos e oficiais, cuja administração e ordem assentam na escrita. A formalização, a profissionalização, a especialização da escrita concelhia dão sentido ao municipalismo. A escrita foi estruturante da economia, do governo e da administração colonial. O município colonial foi um local e uma instância de representação, organização e ideação. Neste texto, incidir-se-á sobre a escrita municipal, destacando a função do escrivão e caracterizando as dimensões de adequação e configuração, legitimação, expansão, formalização, profissionalização da escrita municipal. Argumentar-se-á que a (re)significação da escrita municipal, particularmente a colonial, foi modelada pela noção de texto, portanto, como um texto.