Página 1 dos resultados de 72 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Isolamento e caracterização estrutural e funcional da Ts15, uma nova neurotoxina da peçonha do escorpião Tityus serrulatus; Isolation and structural and functional characterization of Ts15, a new neurotoxin from the venom of the scorpion Tityus serrulatus

Cologna, Camila Takeno
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/07/2010 PT
Relevância na Pesquisa
26.1%
Os escorpiões são um dos grupos de animais mais antigos da Terra. Eles são artrópodes e pertecem a classe Arachinida e Ordem Scorpionida. A família Buthidae compreende as espécies responsáveis pelos acidentes graves em humanos, incluindo a espécie Tityus serrulatus, o maior responsável por esses acidentes no Brasil. A peçonha do T. serrulatus contém diversas neurotoxinas que agem especificamente em canais para sódio, potássio e cálcio da membrana plasmática de células excitáveis, causando massiva liberação de neurotransmissores.As toxinas escorpiônicas podem ser usadas como ferramentas nos estudos de estrutura e função desses canais iônicos sensíveis a voltagem e também no estudo de liberação e captação de neurotransmissores. As toxinas escôrpionicas específicas para canais para sódio sensíveis a voltagem são as principais responsáveis pelos efeitos do envenenamento por estes artrópodes e podem ser classificadas em duas classes: toxinas e . As -toxinas retardam a inativação desses canais induzindo assim um prolongamento na fase de repolarização do potencial de ação. As - toxinas alteram a dependência de voltagem de ativação dos canais para sódio para potenciais mais negativos provocando potenciais de ação espontâneos e repetitivos. As toxinas específicas para canais para potássio (KTx) são geralmente peptídeos pequenos e de caráter básico...

Corte e aspectos da biologia reprodutiva do escorpião brasileiro Tityus bahiensis (Scorpiones: Buthidae); Courtship and reproductive biology of the Brazilian scorpion Tityus bahiensis (Scorpiones: Buthidae)

Jorge, Sabrina Outeda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
26.1%
Os escorpiões são únicos dentre os artrópodes terrestres em muitos aspectos da biologia reprodutiva. A corte em escorpiões envolve sequências complexas de comportamentos ritualizados; é dividida em três fases: iniciação, dança e transferência de espermatozoides. Cerca de 50 espécies de escorpiões dentre as 1600 atualmente reconhecidas tiveram a corte descrita. Do mesmo modo, são poucos os estudos com tamanho de prole e investimento reprodutivo em escorpiões. Até o momento, a descrição da corte em Tityus bahiensis foi realizada com base em poucas observações incompletas. Os objetivos deste trabalho foram: estudar a corte em T. bahiensis para reconhecer os repertórios comportamentais e padrões de comportamento para espécie, através de um etograma e de um fluxograma; investigar prováveis funções das categorias comportamentais; abordar aspectos da época reprodutiva; e estudar o tamanho de prole, tempo de gestação e investimento reprodutivo. Dezenove cortes, de 202 pareamentos realizados, foram utilizadas para elaboração do etograma e do fluxograma. As sequências de comportamentos foram analisadas com o programa JWacher sup TM/sup e compiladas através de um script em Perl. Para o estudo do tamanho de prole...

Avaliação da atividade antiviral de peçonhas de serpentes e escorpião contra os vírus da dengue e da febre amarela; Evaluation of antiviral activity of snake and scorpion venoms against dengue and yellow fever virus

Müller, Vanessa Danielle Menjon
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
26.1%
A dengue é a mais importante arbovirose no mundo; aproximadamente 50 milhões de infecções ocorrem anualmente acarretando 500.000 casos de dengue hemorrágica e 22.000 mortes. A febre amarela é uma doença hemorrágica viral com elevada mortalidade que é transmitida por mosquitos. Vacinas eficazes contra a febre amarela já estão disponíveis há quase 70 anos e são responsáveis por uma redução significativa de ocorrências da doença no mundo, no entanto, cerca de 200.000 casos de febre amarela ainda ocorrem anualmente, principalmente na África. Dessa forma, o desenvolvimento de fármacos antivirais contra essas viroses é uma prioridade de saúde pública. Os produtos naturais sejam de origem vegetal ou animal, possuem uma extensa diversidade química, sendo uma fonte inesgotável de compostos com promissoras atividades biológicas. No Brasil, é grande a incidência de animais venenosos ou peçonhentos, tais como serpentes, sapos e escorpiões. Os venenos desses animais são fontes de diversas substâncias químicas que ainda não possuem a sua atividade biológica e farmacológica completamente estudada. Neste trabalho avaliamos a potencial ação antiviral de peçonhas de serpentes (Crotalus durissus terrificus, Bothrops jararacussu...

Isolamento e caracterização estrutural e funcional de uma nova toxina da peçonha do escorpião Tityus serrulatus; Isolation and structural and functional characterization of a novel toxin from Tityus serrulatus scorpion venom

Lima, Priscila Carmanhan
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.26%
Envenenamentos por animais peçonhentos são frequentes e quase 35% dos acidentes são ocasionados por escorpiões, especialmente por Tityus serrulatus. A peçonha do escorpião amarelo Tityus serrulatus tem despertado o interesse médico e científico por ser uma mistura complexa de mucopolissacarídeos, inibidores de proteases, histamina, neurotoxinas, entre outros componentes. As neurotoxinas são as principais responsáveis pelos sintomas do envenenamento, por possuírem alta afinidade e seletividade para canais iônicos sensíveis à voltagem. Além de induzirem a liberação de neurotransmissores, as neurotoxinas também são capazes de estimular a liberação de citocinas, principalmente nos casos de envenenamento de maior gravidade. Os objetivos deste trabalho focaram o isolamento e a caracterização de uma nova toxina, denominada Ts19 fragmento I (Ts19 frag I) presente nas frações VII e VIII obtidas por cromatografia da peçonha de Tityus serrulatus em CM-celulose-52. Entre os componentes preponderantes destas frações estão a Ts4, um peptídeo não tóxico que induz reações alérgicas, e a Ts3-KS, que interage com canais para sódio e foi capaz de induzir a liberação de IL-6. As frações VII e VIII foram aplicadas em coluna de fase reversa C18 (4...

A peçonha do escorpião Tityus serrulatus é reconhecida por receptores de reconhecimento padrão e induz ativação celular e inflamação; Tityus serrulatus scorpion venom is recognized by pattern recognition receptors and induces cell activation and inflammation

Zoccal, Karina Furlani
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.26%
O escorpião Tityus serrulatus é considerado uma das espécies mais perigosas para os seres humanos no Brasil, e sua peçonha induz resposta inflamatória local e sistêmica. Neste projeto, tivemos como objetivo estudar a produção de mediadores inflamatórios, as vias de ativação celular e os receptores da imunidade inata responsáveis pelo reconhecimento da peçonha do escorpião T. serrulatus (TsV), bem como de suas toxinas. Nós demonstramos que TsV, e suas toxinas Ts1 e Ts6 induzem a produção de NO, IL-6 e TNF-? por células J774.1, as quais podem ser potencializadas pela presença de LPS. No entanto, Ts2 apresenta atividade anti-inflamatória por induzir produção de IL-10 e inibe a liberação de NO, IL-6 e TNF-?, induzida pelo LPS. Mostramos ainda que Ts2 ou Ts6 isoladas do TsV, além das citocinas, induzem a produção dos mediadores lipídicos (LTB4 e PGE2), e estes contribuem para o recrutamento de leucócitos para a cavidade peritoneal. Em conjunto, os nossos dados demonstraram que Ts2 e Ts6 induzem inflamação por mecanismos dependentes da produção de citocinas e mediadores lipídicos, e que Ts2 pode desempenhar papel regulador da resposta. No entanto, os mecanismos responsáveis pelo reconhecimento da peçonha e indução da liberação de mediadores inflamatórios por células de mamíferos...

Construção da biblioteca de cDNA da glândula de peçonha do escorpião Opisthacanthus cayaporum e clonagem de genes que codificam para componentes da peçonha

Silva, Édelyn Cristina Nunes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.26%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2008.; A peçonha de escorpiões é uma complexa mistura de peptídeos que modulam canais iônicos, antimicrobianos, potencializadores de bradicinina, hemolíticos, e com outras atividades biológicas, sendo importante alvo de estudos para o desenvolvimento de novos fármacos. Os estudos de caracterização proteômica, principalmente com escorpiões da família Buthidae, têm descrito várias toxinas, contudo há pouco conhecimento sobre os processos celulares da glândula de peçonha. A metodologia de busca por ESTs tem sido utilizada em vários trabalhos porque é um método rápido e confiável para a detecção dos genes expressos na glândula, que sintetizam produtos conhecidos ou não. O presente trabalho é o primeiro estudo de caracterização dos transcritos da glândula de peçonha do escorpião brasileiro Opisthacanthus cayaporum (Ischnuridae), por meio da construção de uma biblioteca de cDNA. Foram analisadas 130 ESTs, resultando em 67 seqüências de nucleotídeos distintas com alta qualidade, sendo formadas por em média 535 pares de bases (variando entre 139 e 902 nucleotídeos). Das 130 ESTs...

Análise proteômica parcial da peçonha do escorpião colombiano Centruroides margaritatus (Gervais, 1841)

Vargas, Jimmy Alexander Guerrero
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.35%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2008.; A peçonha de escorpiões é uma mistura complexa de peptídeos que exercem sua atividade modulando canis iônicos de membranas biológicas. O presente projeto teve como objetivo central realizar a análise proteômica da peçonha do escorpião colombiano Centruroides margaritatus. Tal espécie é capaz de produzir acidentes moderados e graves em humanos, no entanto existe pouca informação disponível relacionada aos componentes desta peçonha. A peçonha foi obtida por estimulação elétrica aplicando-se 5 impulsos de 50 V em cada escorpião, liofilizada e armazenada a -20oC. Diferenças significativas na produção de peçonha entre machos e fêmeas e também entre fêmeas grávidas e não-grávidas foram observadas. A peçonha bruta foi submetida a fracionamento por RP-HPLC usando coluna C8 (4.6 x 250 mm) e 43 frações foram eluídas, coletadas e secadas a vácuo. Todas essas frações foram analisadas por MALDI-TOF/MS e detectou-se 91 componentes com massas moleculares distintas. A peçonha de C. margaritatus apresenta 54% de suas toxinas no intervalo de massas moleculares de 2,5 a 6...

Caracterização química e atividade biológica de peptídeos presentes na peçonha do escorpião brasileiro Opisthacanthus cayaporum

Camargos, Thalita Soares
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.26%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2009.; A peçonha de escorpiões é conhecida por ser uma complexa mistura de moléculas capazes de exercer as mais diversas funções. As mais estudadas são as que atuam em canais iônicos, especialmente nos canais seletivos aos íons Na+ e K+, os responsáveis pela transmissão da informação nervosa. Além dessas moléculas, existe uma família de peptídeos sem pontes dissulfeto, chamados de NDBP (Non Dissulfide Brigded Peptides), que podem agir como formadores de poros em membranas, como antimicrobianos e citolíticos, e/ou potencializadores de bradicinina. O presente trabalho demonstra a riqueza de moléculas presentes na peçonha do escorpião brasileiro Opisthacanthus cayaporum. A caracterização de uma molécula bloqueadora de canal para K+, membro da família das κ-KTx, sistematicamente chamada de κ-KTx2.5, mostrou que esta molécula forma α-hélices em ambiente hidrofílico e é capaz de bloquear canais de K+ dos subtipos hKV1.1 e 1.4. As sequências parciais de uma molécula da família das Escorpinas e de um NDBP também são descritas no presente trabalho. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; Scorpions venom is a rich source of molecules with variable functions. The most studied are those that act on ion channels...

Toxicidade da peçonha de Tityus serrulatus procedente do Distrito Federal por meio da avaliação da DL50, efeitos da peçonha e edema pulmonar induzido

Oliveira, Fagner Neves
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
26.26%
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2011; O escorpião Tityus serrulatus, espécie endêmica do Brasil, é responsável pelos acidentes mais graves frequentemente registrados no país, particularmente na região Sudeste. A principal causa de morte por este agravo é o edema pulmonar agudo (EPA). A incidência desta espécie no DF tem aumentado, porém, não existem registros de escorpionismo grave nesta região. Diante disso, os objetivos do presente trabalho foram avaliar a toxicidade da peçonha de T. serrulatus do DF (TS-DF), por meio da avaliação da DL50 e das alterações induzidas pela peçonha em camundongos; avaliar a capacidade de indução de EPA em ratos por meio da relação entre a massa úmida do pulmão e a massa corpórea de ratos tratados e não tratados com peçonha; avaliar a permeabilidade vascular pulmonar (PVP), utilizando o protocolo de azul de Evans (AE); realizar análises histológicas do pulmão e do coração dos animais experimentados; e determinar as dosagens séricas de CK e CK-MB, além da contagem total de leucócitos no lavado bronco-aveolar (LBA) dos ratos. Todos esses ensaios foram também conduzidos com a peçonha de T. serrulatus de MG (TS-MG) para fins de comparação. A peçonha de TS-DF apresentou-se duas vezes menos tóxica a camundongos (51...

Acidente por Rhopalurus agamemnon (Koch, 1839) (Scorpiones, Buthidae); Accident caused by Rhopalurus agamemnon (Koch, 1839) (Scorpiones, Buthidae)

Brandão, Reuber Albuquerque; Françoso, Renata Dias
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
26.26%
Acidentes escorpiônicos constituem um sério problema de saúde pública no Brasil. Rhopalurus agamemnon é um grande escorpião do bioma Cerrado, muito abundante em diversas localidades do Brasil Central. A espécie utiliza ambientes campestres e savânicos, sendo comum no interior de cupinzeiros. Entretanto, desaparece de locais onde o cerrado é removido. Os acidentes relatados apresentam sintomas de envenenamentos moderados, mas são baseados em identificações discutíveis. Aqui apresentamos o relato de um acidente seguramente causado por esta espécie. Concluímos que os poucos relatos disponíveis não permitem avaliar a gravidade dos acidentes e o eventual risco deste escorpião para a saúde pública. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; Accidents caused by scorpions are a serious public health problem in Brazil. Rhopalurus agamemnon is a large scorpion found in the Cerrado (savanna) biome, and it is very abundant in many localities in central Brazil. The species inhabits open savanna environments, and is common inside termite mounds. However, it disappears from places where the native vegetation has been removed. The accidents reported present moderate symptoms of envenoming...

Indentificação e caracterização biológica de peptídeos isolados da peçonha do escorpião comlombiano Tityus pachyurus, que atuam nos canais para Na+

Vargas, Jimmy Alexander Guerrero
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2012.; Tityus pachyurus é uma das espécies causadoras de escorpionismo grave na Colômbia e pouco se conhece sobre as toxinas que constituem sua peçonha. O presente projeto teve como objetivo principal identificar novas toxinas moduladoras de canais para Na+ na peçonha de T. pachyurus. Pela construção da biblioteca de cDNA da glândula peçonhenta de um escorpião T. pachyurus se identificarem 5 novas toxinas putativas da família dos peptídeos com atividade em canais para Na+ e por similaridade na estrutura primária dos peptídeos maduros, 3 foram classificados como alfa-NaScTxs - Tpa4, Tpa5 e Tpa6 - e dois como beta- NaScTxs - Tpa7 e Tpa8 -, sendo que a toxina Tpa8 é o primeiro registro de uma beta toxina anti-inseto excitatória na peçonha de escorpiões do Novo Mundo. Essas NaScTxs foram usadas na construção de uma árvore filogenética incluindo NaScTxs do escorpião T. obscurus e de outras identificadas em escorpiões do gênero Tityus e depositadas nos bancos de dados públicos de proteínas. A análise filogenética coincide com a distribuição geográfica dos escorpiões do gênero Tityus divididos nas espécies que ocorrem ao norte do rio Amazonas e naquelas que habitam ao sul do rio Amazonas. A peçonha bruta de T. pachyurus...

Isolamento e caracterização de peptídeos biologicamente ativos presentes na peçonha do escorpião Tityus fasciolatus

Zanotta, Lanuse Caixeta
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.26%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia Celular, Pós-Graduação em Biologia Molecular, 2006.; Em algumas regioes do mundo, inclusive no Brasil, o numero de acidentes com escorpioes e bastante significativo. Devido a necessidade, entao, de se produzir antidotos ou anti-soros eficazes para combater os prejuizos causados a saude humana em decorrencia desses acidentes, estudos envolvendo a caracterizacao quimica e farmacologica da peconha desses animais foram intensificados. A peconha dos escorpioes e composta por varios tipos de moleculas, principalmente polipeptideos geralmente toxicos para um grande numero de organismos como mamiferos, insetos e crustaceos. Muito se tem estudado sobre as diferentes propriedades fisiologicas e farmacologicas dessas moleculas e atualmente ja sao conhecidas a atuacao em canais ionicos, atividade antimicrobiana, antimalaria, fosfolipasica e inseticida. Esse trabalho tem como objetivo principal o isolamento e a caracterizacao de peptideos biologicamente ativos presentes na peconha do escorpiao Tityus fasciolatus, especie endemica do cerrado. Os animais foram coletados na regiao do Distrito Federal e a peconha foi obtida por meio de estimulacao eletrica moderada proximo a glandula produtora de peconha do especime e...

Caracterização de novos peptídeos bloqueadores de canais para K+ isolados da peçonha do escorpião Tityus sp.

Morales Duque, Harry
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.35%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Molecular, 2013.; As peçonhas escorpiônicas têm sido alvo de pesquisas por possuírem componentes com diversas atividades biológicas, as quais são responsáveis pelas alterações fisiológicas observadas no escorpionismo. Dentre esses componentes, estão as toxinas que agem em canais para potássio (KTxs), as quais têm sido caracterizadas e divididas em subfamílias segundo a sua estrutura primária. O objetivo desta pesquisa foi procurar novas KTxs na peçonha do escorpião colombiano Tityus sp. utilizando duas estratégias: a transcritômica e a proteômica. Uma biblioteca de cDNA foi construída, a partir da glândula de peçonha do escorpião e da sua peçonha foram isoladas e caracterizadas KTxs por cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC), espectrometria de massa do tipo MALDI-TOF/TOF e tipo ESI. Os peptídeos isolados foram testados por meio da técnica eletrofisiológica de patch clamp (whole cell). A partir da biblioteca de cDNA, foram caracterizadas cinco sequências precursoras que codificam prováveis KTx: três delas são pertencentes à subfamília α-KTx15...

Identificação e caracterização de peptídeos moduladores de canais para sódio presentes na peçonha do escorpião tityus sp. pertencente ao grupo forcipula

Arenas Belalcázar, Claudia Jimena
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Biologia, 2013.; As peçonhas dos escorpiões se caracterizam por apresentarem componentes farmacologicamente ativos; entre eles, as toxinas que agem em canais para sódio (NaScTxs), que são as responsáveis dos mais fortes efeitos neurotoxicos observados durante o envenenamento causado pela picada de escorpião. O presente projeto tem como objetivo principal identificar toxinas moduladoras de canais para sódio na peçonha do escorpião Tityus sp. identificando e caracterizando-as por meio de técnicas como Cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) e espectrometria de massa tipo MALDI-TOF/TOF. As sequencias parciais de aminoácidos dos peptídeos purificados foram determinadas por espectrometria de massa (MS/MS) para posteriormente ser testados por meio da técnica electrofisiológica de Patch clamp em canais de sódio expressos em células dissociadas de gânglios da raiz dorsal de ratos (DRG). A peçonha bruta do escorpião Tityus sp. resultou em 54 frações cromatográficas. Três sequencias parciais que correspondem a três NaScTxs foram obtidas, com massas moleculares de 7342 Da, 6971Da, 7970Da. Duas delas ao serem testadas nas células DRG reduziram as correntes de sódio classificando-as como βNaScTxs. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; The venom of scorpions are characterized by presenting pharmacologically active components...

Identificação e caracterização de peptídeos bioativos presentes na peçonha do escorpião Colombiano Centruroides margaritatus (Gervais, 1841)

Dueñas Cuellar, Rosa Amalia
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Departamento de Biología Celular Programa de Pós-graduação em Biología Molecular, 2014.; Algumas toxinas isoladas da peçonha de escorpiões têm a capacidade de se ligar especificamente à superfície de células malignas, bactérias ou células excitáveis. Estes componentes, em alguns casos, têm se revelado capazes de inibir a progressão do câncer e da proliferação bacteriana, ou então de modificar a conformação de canais iônicos dependentes de voltagem presentes nas células excitáveis. Câncer, infecções microbianas e problemas neurológicos são objetos de preocupação em todo mundo, estimulando muitos cientistas a identificar e caracterizar novos agentes terapêuticos derivados de venenos e peçonhas animais. O objetivo do presente estudo foi realizar o isolamento e a caracterização preliminar de componentes citotóxicos, citolíticos e neurotóxicos presentes na peçonha do escorpião colombiano Centruroides margaritatus. Indivíduos adultos da espécie C. margaritatus foram coletados na Colômbia, na região do Vale do Patia. A peçonha, obtida por estimulação elétrica, foi liofilizada e armazenada a -20 °C, tendo sido, em seguida, fracionada por RP-HPLC em coluna C8. Linhagens de fibroblastos murinos normais (NIH3T3) e de células cancerosas MCF-7 (humana) e B16F10 (murina) foram utilizadas para avaliar os efeitos citotóxicos das diferentes frações cromatográficas empregando-se teste colorimétrico (MTT). Tais frações também foram avaliadas quanto à sua capacidade em inibir a proliferação de bactérias patogênicas. As frações biologicamente ativas foram analisadas por espectrometria de massa do tipo MALDI-TOF e algumas frações...

Acidente por Tityus serrulatus e suas implicações epidemiológicas no Rio Grande do Sul

Torres,João Batista; Marques,Maria da Graça Boucinha; Martini,Rodrigo Klafke; Borges,Cássio Vinícius Aguiar
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2002 PT
Relevância na Pesquisa
26.26%
Relata-se o primeiro caso de acidente por escorpião Tityus serrulatus ocorrido em Março de 2001, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Um paciente masculino de 21 anos, ao manipular produtos hortifrutigranjeiros provenientes de outros estados do Brasil, foi picado na mão por um escorpião Tityus serrulatus com repercussões locais e sistêmicas, necessitando usar soro anti-escorpiônico. O caso foi considerado relevante em termos epidemiológicos, no sul do Brasil.

Acidentes por escorpião em uma área do Nordeste de Amaralina, Salvador, Bahia, Brasil

Amorim,Andréa Monteiro de; Carvalho,Fernando Martins; Lira-da-Silva,Rejâne Maria; Brazil,Tania Kobler
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.42%
Um estudo epidemiológico mediu a prevalência de pessoas que referiram acidentes por escorpião em uma amostra populacional do Areal, bairro Nordeste de Amaralina, Salvador, Bahia. Examinou-se uma amostra aleatória sistemática de 1367 indivíduos, correspondendo a 44,4% da população da área. Oitenta e dois indivíduos referiram haver sido picados por escorpião desde que residiam no Areal, resultando numa prevalência de 6% (IC 95% 4,7 - 7,3). A prevalência de pessoas picadas por escorpião aumentou nos grupos com maior tempo de residência no domicílio e com maior idade atual. Chamou atenção que 92,7% dos acidentes aconteceram dentro do domicílio. A incidência estimada para o período mais recente (janeiro a julho de 2000) foi de 1,15 casos/1.000 habitantes por mês. Este coeficiente compara-se ao mais elevado já referido na literatura especializada para uma área epidêmica para acidentes escorpiônicos.

Caracterização parcial de duas toxinas isoladas da peçonha do escorpião Tityus mattogrossensis (Borelli, 1901)

Oliveira, Natiela Beatriz de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ciências Fisiológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2012.; O escorpião da espécie Tityus mattagrassensis Borelli (1901). pertence à família Buthidae, e é endêmico do cerrado brasileiro, sendo encontrado em todo o Centro Oeste, Bahia e Norte de Minas Gerais. As espécies da família Buthidae são as principais responsáveis pelos acidentes ocorridos com humanos. Os acidentes com T mattogrossensis são considerados de pequena gravidade devido ao baixo grau de reação ã picada e de poucos casos registrados. A peçonha de escorpiões é uma mistura complexa de moléculas bioativas, porém, os componentes mais importantes são os peptideos neurotóxicos, que agem em canais iónicos de Na*, K* e Ca2'. As toxinas de escorpiões que agem em canais para Na' voltagem dependentes são divididas em duas famílias: as a-toxinas de escorpiões (a-NaScTx) que agem no sitio 3 do domínio IV do canal para sódio e com isso deixam a inativaçâo do canal mais lenta ou causam o bloqueio da inativaçâo; e as B-toxinas escorpiônicas (B-NaScTx) que se ligam ao sítio 4 do domínio II do canal e alteram o potencial para a ativação dos canais para Na*. Até o momento...

Acidente por Tityus serrulatus e suas implicações epidemiológicas no Rio Grande do Sul; An accident involving Tityus serrulatus and its epidemiological implications in Brazil

Torres, João Batista; Marques, Maria da Graça Boucinha; Martini, Rodrigo Klafke; Borges, Cássio Vinícius Aguiar
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/.pdf
Publicado em 01/10/2002 POR
Relevância na Pesquisa
26.26%
This is a case report of the first accident involving a scorpion Tityus serrulatus in the city of Porto Alegre, Brazil, that occurred in March, 2001. A 21-year-old male patient, while handling vegetables proceeding from other Brazilian states, was bitten by a scorpion Tityus serrulatus, developing local and systemic reactions, requiring an anti-scorpion antidote. The authors highlight the epidemiological importance of this case in the South of Brazil.; Relata-se o primeiro caso de acidente por escorpião Tityus serrulatus ocorrido em Março de 2001, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Um paciente masculino de 21 anos, ao manipular produtos hortifrutigranjeiros provenientes de outros estados do Brasil, foi picado na mão por um escorpião Tityus serrulatus com repercussões locais e sistêmicas, necessitando usar soro anti-escorpiônico. O caso foi considerado relevante em termos epidemiológicos, no sul do Brasil.

Acidente por Tityus serrulatus e suas implicações epidemiológicas no Rio Grande do Sul

Torres,João Batista; Marques,Maria da Graça Boucinha; Martini,Rodrigo Klafke; Borges,Cássio Vinícius Aguiar
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2002 PT
Relevância na Pesquisa
26.26%
Relata-se o primeiro caso de acidente por escorpião Tityus serrulatus ocorrido em Março de 2001, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Um paciente masculino de 21 anos, ao manipular produtos hortifrutigranjeiros provenientes de outros estados do Brasil, foi picado na mão por um escorpião Tityus serrulatus com repercussões locais e sistêmicas, necessitando usar soro anti-escorpiônico. O caso foi considerado relevante em termos epidemiológicos, no sul do Brasil.