Página 1 dos resultados de 67573 itens digitais encontrados em 0.032 segundos

O receptor de aerobactina IutA, uma proteína isolada em coluna de agarose, não é essencial para a infecção por Escherichia coli uropatogênica; The ferric aerobactin receptor IutA, a protein isolated on agarose column, is not essential for uropathogenic Escherichia coli infection; El receptor de aerobactina IutA, una proteína aislada en columna de agarosa, no es esencial para la infección por Escherichia coli uropatógena

Landgraf, Taise Natali; Berlese, Alan; Fernandes, Fabrício Freitas; Milanezi, Mariani Lima; Martinez, Roberto; Panunto-Castelo, Ademilson
Fonte: UNIV SAO PAULO, ESCOLA DE ENFERMAGEM DE RIBEIRAO PRETO; RIBEIRAO PRETO Publicador: UNIV SAO PAULO, ESCOLA DE ENFERMAGEM DE RIBEIRAO PRETO; RIBEIRAO PRETO
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR; ENG; SPA
Relevância na Pesquisa
36.35%
Apenas alguns relatos na literatura demonstram que lectinas são importantes nos processos de colonização e infecção por Escherichia coli. A falta de compreensão clara dos mecanismos envolvendo lectinas, no processo de colonização por E. coli, motivou a realização deste estudo para se identificar a presença de outras lectinas não descritas em E. coli. Neste trabalho, isolou-se uma proteína de 75kDa de E. coli em coluna de Sepharose, correspondente ao receptor de aerobactina férrica (IutA). A associação de IutA com virulência de cepas de E. coli é controversa, principalmente em E. coli uropatogênica (UPEC), o que levou a se avaliar a presença do gene iutA em UPECs isoladas de pacientes com infecção urinária. O gene estava presente em 38% dos isolados, sugerindo fraca associação com virulência. Devido à existência de redundância nos sistemas de captura de ferro, sugere-se, aqui, que IutA possa ser vantajosa, mas não essencial para UPEC.; Although many proteins have been described involved in Escherichia coli colonization and infection, only few reports have shown lectins as important components in these processes. Because the mechanisms underlying E. coli colonization process involving lectins are not fully understood...

Determinação de grupos filogenéticos e pesquisa de genes de virulência em isolados de Escherichia coli obtidos de amostras de queijo Minas; Determination of phylogenetic groups and search of virulence genes in isolated Escherichia coli from Minas cheese samples

Pedro, Suzete Contrera de Moura
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.32%
Introdução. A pesquisa de Escherichia coli em alimentos é relevante para a Saúde Pública porque indica a contaminação fecal e a qualidade do produto oferecido ao consumidor. A determinação do grupo filogenético e de fatores de virulência de E. coli permite identificar a existência de cepas patogênicas que poderiam causar doença. Objetivos: Determinar o grupo filogenético e fatores de virulência de isolados de E. coli pertencentes aos patotipos ETEC, EIEC, EPEC, STEC e EAEC usando métodos moleculares, obtidos de amostras de queijo Minas, discutir a presença dos patotipos nas amostras e o significado para Saúde Pública. Métodos. 250 isolados de Escherichia coli provenientes de 10 amostras de queijo Minas foram utilizados para a realização do estudo. O DNA genômico foi extraído e neste foi realizado a reação de PCR multiplex. Resultados. Os resultados demonstraram que dos 250 isolados, 93,2% foi classificado como grupo filogenético A, 3,2% como B1, 2,8% como B2 e 0,8% como D. Dos 250 isolados estudados, em 96,8% (242) foram encontrados fatores de virulência, sendo 91,6% de marcadores para ETEC, 0,4% para EPEC e 4,8% para EAEC. Conclusões. Houve predominância de fatores de virulência do patotipo ETEC e do grupo filogenético A. A presença de fatores de virulência indica que as amostras de queijo estavam contaminadas e poderiam causar doença...

Desenvolvimento e padronização de testes imunocromatográficos para diagnóstico de Escherichia coli produtora da toxina de Shiga (STEC) e Escherichia coli enterotoxigênica (ETEC).; Development and standardization of immunochromatographic test for Shiga toxin-producing Escherichia coli (STEC) and enterotoxigenic Escherichia coli (ETEC) diagnosis.

Rocha, Letícia Barboza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.34%
Escherichia enterotoxigênica e Escherichia coli produtora da toxina de Shiga (STEC) são globalmente envolvidas em doenças diarreicas e produzem a toxina termolábil e a toxina de Shiga (Stx1 e Stx2), as quais são prejudiciais ao homem. O diagnóstico é uma importante ferramenta para o correto tratamento e controle de surtos. Assim, testes imunocromatográficos (ICs) para ETEC e STEC baseados na detecção das toxinas foram desenvolvidos e padronizados utilizando anticorpos policlonais conjugados ao ouro coloidal (PAbs) e seus correspondentes anticorpos monoclonais (MAbs) anti-LT (IgG2b, 4,9 x 10-11 M), anti-Stx1 (IgG1, 2,5 x 10-10 M) e anti-Stx2 (IgG1, 6,1 x 10-10 M). Os três testes ICs detectaram até 15,6 ng/mL de LT, 15,6 ng/mL de Stx1 e 62,5 ng/mL de Stx2 e não apresentaram reatividade cruzada com os isolados não produtores da respectiva toxina alvo. Estes resultados demonstram a viabilidade e aplicabilidade dos testes ICs como ferramentas no diagnóstico de E. coli diarreiogênicas.; Shiga toxin-producing Escherichia coli (STEC) and enterotoxigenic Escherichia coli (ETEC) are worldwide involved in diarrheal diseases and produce the heat-labile (LT) and the Shiga (Stx1 and Stx2) toxins, which, cause injuries to man. The diagnosis is an important tool for the correct treatment and control of outbreaks. Thus...

Avaliação de tratamento Homeopático em suínos infectados por Escherichia coli; Evaluation of homeopathic treatment in swine infected by Escherichia coli

Coelho, Cidéli de Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.35%
Escherichia coli é o agente etiológico mais importante das diarréias neonatais em suínos, sendo a Enterotoxigênica (ETEC) a mais comumente isolada. Foram descritos cinco tipos principais de fímbrias: F4 (K88), F5 (K99), F6 (987P), F18 e F41 e enterotoxinas termolábeis (LT), termoestáveis (ST), e a toxina shiga-like ou verotoxina (Stx2) em isolados de origem suína envolvidas no processo de diarréia. A exigência do consumidor em busca de carnes sem resíduos químicos e a proibição do uso de antibióticos e quimioterápicos na produção de suínos, bem como o custo de tratamentos alopáticos, tem levado a suinocultura a procurar alternativas. O presente estudo foi desenvolvido em granjas de suínos no Estado de São Paulo e Mato Grosso, Brasil. Foram avaliados 157 leitões, e realizados 243 coletas de fezes. Coletas de fezes de 3 e 8 leitões com diarréia foram realizadas em cada granja, visando a pesquisa da presença de Escherichia coli para a preparação do medicamento Bioterápico. Concomitantemente uma anamnese detalhada foi feita para a escolha do medicamento homeopático ideal para cada granja (China off 30 CH, Phosphorus 30 CH e Pulsatilla 30 CH respectivamente). Formados 4 grupos de 12 leitões e suas respectivas mães (primíparas)...

Imunodetecção de antígenos de Escherichia coli em infecção experimental em aves; Imunodetection of Escherichia coli antigens in experimental infection in broiler flocks

Pereira, Gabriele Bin Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.32%
A colibacilose é uma enfermidade importante na avicultura por causar prejuízos econômicos e danos à carcaça. Escherichia coli é um micro-organismo oportunista e a complexidade da infecção se deve a diversidade de sorotipos, variados fatores de virulência e baixa capacidade de estimular a imunidade cruzada. Assim, a compreensão dos mecanismos de virulência que ocorrem no hospedeiro, pode resultar no desenvolvimento de métodos diagnósticos e profiláticos. Neste estudo, 85 pintinhos foram divididos em quatro grupos, sendo três infectados com diferentes sorogrupos de Escherichia coli (O2, O78, O119) e um vacinado com Poulvac® E.coli (Pfizer®). As lesões sugestivas de colibacilose foram avaliadas e qualificadas aos 35 dias de idade, e em seguida realizada a colheita de sangue para a obtenção do soro. Foram obtidas proteínas in vitro dos sorogrupos de E. coli utilizados na infecção experimental e da vacina (mutante de Escherichia coli O78). Estas foram separadas por eletroforese unidimensional em gel de acrilamida utilizando dodecil sulfato de sódio (SDS) e foram submetidas a reação de western blot com a mistura de soros de cada grupo estudado e também com o pool de soros de aves livres de patógenos específicos (SPF)...

Influência de moléculas autoindutoras produzidas por Escherichia coli na formação de biofilme por Listeria monocytogenes; Influence of autoinducers produced by Escherichia coli on biofilm formation by Listeria monocytogenes.

Grandi, Aline Zago de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.34%
Listeria monocytogenes é um micro-organismo Gram-positivo que está comumente associado a doenças de origem alimentar. Possui a capacidade de sobreviver a condições adversas e de formar biofilme em diferentes superfícies abióticas, tornando-se um problema constante para a indústria de alimentos, pois pode comprometer a sanitização e aumentar o risco de contaminação pós-processamento. A formação de biofilme pode ser regulada por um mecanismo denominado quorum sensing, no qual ocorre intensa comunicação célula-célula, mediada por moléculas químicas, chamadas de autoindutoras. Pouco se sabe sobre a ocorrência de interação entre bactérias Gram- positivas e negativas na formação de biofilmes, sendo mais frequentes estudos entre bactérias do mesmo grupo. A fim de avaliar a ocorrência de interação entre Escherichia coli e L. monocytogenes (Lm), desenvolveu-se esta pesquisa com os seguintes objetivos: i) verificar a capacidade de Lm sorotipo 1/2a selvagem e sua mutante isogênica (ΔprfA ΔsigB) formar biofilme em presença de Escherichia coli, avaliando-se a importância dos reguladores de virulência, prfA e sigB, no processo; e ii) verificar a produção e interferência de moléculas autoindutoras de E. coli E2348/69 na formação de biofilme por Lm. Os ensaios de formação de biofilme foram realizados utilizando-se lâminas de aço-inoxidável AISI 304 #4 imersas em caldo infusão de cérebro e coração (BHI) e em meio pré-condicionado (MPC) por E. coli...

Utilização da inteligência artificial (redes neurais artificiais) para a classificação da resistência a antimicrobianos e do comportamento bioquímico de amostras de Escherichia coli isoladas de frangos de corte

Salle, Felipe de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.39%
O estudo foi feito através de um banco de registros de amostras de Escherichia coli, isoladas de frangos de corte. Na presente tese foram utilizadas 246 amostras do patógeno citado acima, com todas as características utilizadas em recentes trabalhos acadêmicos. Para a classificação das amostras utilizou-se a inteligência artificial, onde traçou-se uma interrelação entre as variáveis usadas: origem (lesões cutâneas, quadros respiratórios, cama), motilidade das amostras, lesões causadas (aerossaculite, pericardite, peritonite, periepatite, celulite), IP, genes (cvaC, iss, iutA, falA, Kpsll, papC, tsh), 14 anitimicrobianos (Amicacina, Amoxacilina e Ácido clavulânico, Ampicilina, Cefalexina, Cefuroxina, Ceftiofur, Ciprofloxacina, Clindamicina, Cotrimoxazol, Enrofloxacina, Gentamicina, Norfloxacina, Ofloxacina, Tetraciclina) e os bioquímicos variáveis (Adonitol, Ornitina, Arginina, Dulcitol, Salicina, Sacarose, Rafinose). No total foram feitas durante a tese em torno de 140 redes neurais, das quais foram utilizadas somente as que melhor apresentaram uma classificação correta e dentre estas as que continham um número menor de variáveis envolvidas. Durante o trabalho foram anexados 5 artigos científicos. Os artigos foram intitulados da seguinte maneira: Resistência antimicrobiana de amostras de Escherichia coli oriundas de camas de aviários...

Utilização de redes neurais artificiais para a classificação da resistência a antimicrobianos e sua relação com a presença de 38 genes associados a virulência isolados de amostras de Escherichia coli provenientes de frangos de corte

Rocha, Daniela Tonini da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.35%
A Escherichia coli patogênica aviária (APEC), pertence à família Enterobacteriacea, é responsável por vários processos patológicos nas aves, atuando como agente primário ou secundário na aerossaculite, pericardite, perihepatite, peritonite, salpingite, onfalite, celulite, entre outros. O presente estudo aborda a resistência a antimicrobianos de amostras de E. coli (APEC) de uma forma inovadora, utilizando como ferramenta as redes neurais artificiais, metodologia inserida na linha de pesquisa do CDPA (Centro de Diagnóstico e Pesquisa em Patologia Aviária). A utilização de inteligência artificial, especificamente, as redes neurais artificiais (RNAs), está sendo crescentemente empregada como ferramenta para a análise de dados não lineares e multivariados, característica comum em fenômenos biológicos. O objetivo do presente trabalho foi demonstrar que é possível predizer o uso de antimicrobianos, utilizando trinta e oito genes responsáveis por distintos fatores de virulência, oriundos das amostras de Escherichia coli isoladas de frango de corte, através das redes neurais artificiais (RNAs). Além disso, verificou-se a relação entre o índice de patogenicidade (IP) e a resistência aos quatorze antimicrobianos que fazem parte do banco de dados usado para o desenvolvimento deste estudo. Neste trabalho foram utilizados os dados disponíveis referentes a 256 amostras de E. coli isoladas de camas de aviários...

Identificação de novos antigenos flagelares de Escherichia coli de origem humana; Identification of new Escherichia coli flagellar antigen from human origin

Monique Ribeiro Tiba
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.32%
Escherichia coli tem sido isolada, com certa freqüência, apresentando antígenos flagelares (H) que não são reconhecidos por nenhum dos anti-soros disponibilizado pelo mais importante centro de referência de E. coli, The International Escherichia and Klebsiella Centre (WHO) do Statens Serum Institut, Copenhague, Dinamarca. Atualmente são reconhecidos 53 antígenos "H" e, nos últimos 29 anos, nenhuma modificação ocorreu na lista dos antígenos flagelares associados à Escherichia coli. Isto posto, os objetivos deste trabalho foram identificar os antígenos flagelares das cepas de E. coli que expressam H não tipável (HNT) e que apresentam fatores de virulência associados à diferentes enteropatias. Esta identificação foi realizada inicialmente, pela reação em cadeia da polimerase (PCR) do gene fliC, responsável pela proteína flagelina, das 53 amostras padrões para os antígenos H e das 20 amostras HNT (H não-tipável). Em seguida, os amplicons foram digeridos por enzimas de restrição e daquelas amostras que apresentaram perfis de restrições distintos daqueles observados para as amostras padrões de antígeno H, foram produzidos soros em coelhos. Foram realizados testes de titulação frente aos 53 antígenos padrões...

Detecção de genes sob seleção positiva em linhagens de Escherichia coli patogênicas para aves (APEC) e para humanos; Detection of genes under positive selection in Avian Pathogenic Escherichia coli (APEC) and humans pathogenic strains

Thaís Cabrera Galvão Rojas
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.36%
A bactéria Escherichia coli coloniza o trato intestinal de aves e humanos, de maneira comensal sem causar processos infecciosos. No entanto alguns clones adquiriram fatores de virulência específicos, permitindo o desenvolvimento de diferentes doenças como infecção do trato urinário, diarréia e meningite em humanos e colibacilose em aves. As linhagens que causam doença em aves são tipicamente denominadas APEC (Avian Pathogenic Escherichia coli). Neste trabalho foram sequenciados e anotados os genomas de quatro linhagens APECs (SCI-07, SEPT362, S17 e O8)que, juntamente com mais nove genomas referentes a linhagens de Escherichia coli patogênicas para aves e patogênicas para humanos foram utilizados para a busca de genes sob seleção positiva. Os genes homólogos foram agrupados,e posteriormente submetidos ao alinhamento de códons e das sequencias protéicas correspondentes. Uma árvore filogenética foi gerada para cada grupo de proteínas homólogas. Testes estatísticos determinaram qual entre os modelos de seleção neutra ou seleção positiva melhor explicou os dados existentes (alinhamentos de códons e árvores filogenéticas). Essas análises detectaram duzentas e cinquenta e quatro grupos de genes homólogos com evidência de seleção positiva. Para cada grupo foi realizado um teste de recombinação para verificar se o aumento na variação das sequencias não era devido à conversão gênica...

Evaluation of the Susceptibility profiles, genetic similarity and presence of qnr gene in Escherichia coli resistant to ciprofloxacin isolated in Brazilian hospitals

Pereira,Andrea S.; Andrade,Soraya S.; Monteiro,Jussimara; Sader,Helio S.; Pignatari,Antonio C.C.; Gales,Ana C.
Fonte: Brazilian Society of Infectious Diseases Publicador: Brazilian Society of Infectious Diseases
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2007 EN
Relevância na Pesquisa
36.36%
Increasing quinolone resistance has been reported worldwide, mainly among clinical isolates of Escherichia coli. The objectives of this study were to determine the susceptibility profile, the genetic relatedness, and the prevalence of the qnr gene among ciprofloxacin-resistant Escherichia coli isolated from distinct Brazilian hospitals. A total of 144 ciprofloxacin-resistant Escherichia coli were isolated from 17 Brazilian hospitals between January/2002 and June/2003. The antimicrobial susceptibility testing was performed by microdilution according to NCCLS. The presence of the qnr gene was initially screened by colony blotting, and then confirmed by PCR followed by DNA sequencing. Ninety-five urinary ciprofloxacin-resistant Escherichia coli were further selected for molecular typing by pulsed-field gel electrophoresis (PFGE). Imipenem and meropenem showed the highest susceptibility rates (100.0% for both compounds) followed by amikacin (91.0%) and piperacillin/tazobactan (84.8%). A single ciprofloxacin-resistant Escherichia coli isolate was positive for qnr among the 144 ciprofloxacin-resistant Escherichia coli. Forty-six PFGE patterns were observed among the 95 ciprofloxacin-resistant Escherichia coli type. This study shows that therapeutic options are limited for treatment of ciprofloxacin-resistant Escherichia coli due to the presence of additional mechanisms of antimicrobial resistance...

Pesquisa de escherichia coli 0157:H7 em bovinos abatidos em matadouro frigorífico de Curitiba _ Paraná

Silva, Lineu Roberto da
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.32%
Resumo: Com o objetivo de determinar a presença de Escherichia coli 0157:H7 produtora de toxina siga no rebanho paranaense e o risco de contaminação de carcaças por este sorotipo de Escherichia coli foram analisadas amostras fecais e de esfregaços de superfície de carcaças de 100 bovinos abatidos em matadouro frigorífico da região metropolitana de Curitiba-Pr. O método utilizado para isolamento da Escherichia coli 0157:H7 nas amostras fecais e nos esfregaços de superfície foi o ágar MacConkey sorbitol (SMAC). Para a avaliação do risco de contaminação das carcaças foi utilizada uma prova rápida , Petrifilm®, para identificação de Escherichia coli genérica utilizada como indicador de contaminação fecal. Foi isolada uma cepa de Escherichia coli 0157:H7 (prevalência de 1,0%, IC95% 0,0 - 3,0%) portadora do gene stx2 de um animal proveniente de uma fazenda de gado do município de Ponta Grossa - Pr, sendo , este o primeiro isolamento deste sorotipo no Paraná. Em 41,0% (IC95% 31,0 - 50,0%) das carcaças pesquisadas foi identificada contaminação superficial por Escherichia coli genérica. Como conclusão, esta comprovada a presença de Escherichia coli 0157:H7 potencialmente verotoxigênica no rebanho bovino paranaense com alto risco de contaminação fecal de carcaças e possibilidade de infecções humanas por este sorotipo.

Desinfecção de águas naturais por radiação solar utilizando os bioindicadores : Escherichia coli e Clostridium perfringens; Water solar disinfection using Escherichia coli and Clostridium perfringens as bioindicators

MORGADO, Waleska Fernanda Ferreira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Engenharia do Meio Ambiente; Engenharias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Engenharia do Meio Ambiente; Engenharias
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.34%
Latin-American countries are facing serious problems related to waterborne diseases due to the lack of basic sanitation, affecting in particular those people living in small and rural communities. Solar radiation for water disinfection, SODIS, seems a promising process for small communities since it does not require electric energy and it has low cost and easy operation. This work aimed to evaluate the inactivation of the pathogens Escherichia coli and Clostridium perfringens by SODIS in the Center-West region of Brazil, Goiânia-GO. The Colilert® and multiple tubes (NMP/100 mL) were used to determine the Escherichia coli and the Clostridium perfringens bacterias, respectively. The inactivation and the re-growth of these bioindicators, the physico-chemical parameters of the raw and disinfected waters were the main focus of this work. Raw water was collected from a well located at the Civil Engineering School (EEC) of Federal University of Goiás (UFG) and it was inoculated apart using pre-determined concentrations of these bio-indicators. Samples were put in transparent PET bottles with capacity of 2L and left under sunlight exposure between 9am and 3pm. Samples were collected and analyzed in the laboratory after 0...

Impacto da capacitação em Boas Práticas de Fabricação na presença de Staphylococcus aureus e Escherichia coli em mãos e fossas nasais de manipuladores de panificadoras e confeitarias da região central de Goiânia-Goiás; Impact of training in Good Manufacturing Practices in the presence of Staphylococcus aureus and Escherichia coli on hands and nasal handlers bakeries and pastry shops in the central region of Goiania, Goias

SILVA, Ana Clara Martins e
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde - Medicina Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde - Medicina
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.32%
The target of this study was to identify the presence of Escherichia coli and The aim of this study was to evaluate the impact of training in good manufacturing practices (GMP) in the presence of Escherichia coli and Staphylococcus aureus on hands and nasal cavities of food handlers of bakeries and confectioners, the central region of Goiânia, Goiás, Brazil. Samples were collected from hands and nasal cavities with sterile swab, 36 food handlers, 20 bakeries in the central region of Goiânia, two food handlers for each facility, clerk and baker before and one month after training in GMP. Check list was applied based on Resolution 216 in DRC, the National Health Surveillance Agency of the Ministry of Health, in bakeries and pre-test and post-test on GMP in defeat. Training on GMP for food handlers was given using two different methodologies, and application of traditional Arch of Maguerez. The bakeries and patisseries surveyed 90.0% were classified as unsatisfactory as the physical-functional, with risk of contamination of food. The hygiene of defeat was the main critical control point identified, as 90.0% of them are not trained to perform their functions, and ignore the principles of GMP. The correct post-test were higher than the pre-test with significant difference...

UTILIZA????O DO QUORUM SENSING NA EXPRESS??O DE ANT??GENOS VACINAIS EM Escherichia coli Enterotoxig??nica; THE USE OF QUORUM SENSING FOR EXPRESSION OF VACCINAL ANTIGENS OF Escherichia coli ENTEROTOXIGENIC

STURBELLE, R??gis Tuchtenhagen
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Biotecnologia; Programa de P??s-Gradua????o em Biotecnologia; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Biotecnologia; Programa de P??s-Gradua????o em Biotecnologia; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.32%
One of the most important sanitary problems that cause economic losses in swine industry is the diarrhea caused by Enterotoxigenic Escherichia coli (ETEC). It is the main infectious cause of mortality for animals in suckling and post-weaning periods. Their primary factors of pathogenicity are the fimbriae, which bond the bacteria to specific receptors of the enterocytes. This causes a succession of events, brought about by the enterotoxins, the stable toxins (ST) and heat-labile toxins (LT), leading to diarrhea. Another important structure is the flagellum, which has an important role in cell stimulation to produce pro-inflammatory cytokines through the interaction with Toll-like receptors (TLR5), signaling cell recruitment and activation, thus increasing local inflammation as well as antigen presentation to lymphocytes. Quorum Sensing is a signaling system among bacteria that uses substances denominated autoinducers (AI). When the auto-inducers reach a certain concentration, due to an increase of cell density, there is an activation of transcriptional factors, which regulate the gene expression. The catecholamines (adrenaline and noradrenalin), produced by nervous cells, use the auto-inducer type 3 (AI-3) pathway. These have a significant role in gene expression as they stimulate the growth and the expression of virulence factors of the Escherichia coli. The goal of the present study was to produce experimental vaccines containing total cultures of ETEC cultivated in different induction conditions...

Escherichia coli from Crohn’s disease patient displays virulence features of enteroinvasive (EIEC), enterohemorragic (EHEC), and enteroaggregative (EAEC) pathotypes

Silva Santos, Ana Carolina da; Romeiro, Fernando Gomes; Sassaki, Ligia Yukie; Rodrigues, Josias
Fonte: Biomed Central Ltd Publicador: Biomed Central Ltd
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1-10
ENG
Relevância na Pesquisa
36.34%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 2013/04475-3; Background: Escherichia coli is a normal inhabitant of the gut which upon acquiring virulence factors becomes potentially able to cause diseases. Although Eschericia coli population augments in Crohn's disease (CD), the reason of this proliferation is not yet clear. CD associated Escherichia coli shows features of extraintestinal pathogenic categories (ExPEC), and eventually the ability to invade cultured epithelial cells, a property observed among diarrheagenic Escherichia coli (DEC). In this work, data on the characterization of an Escherichia coli isolate from a CD patient reveal that, besides invasiveness, CD associated Escherichia coli may harbor other typical DEC markers, namely those defining enterohemorragic (EHEC) and enteroaggregative (EAEC) pathotypes.Results: The studied strain, detected both in an ileum biopsy and stools, belonged to the B2 Escherichia coli reference collection (EcoR) phylogroup and harbored the intimin, Shiga cytotoxin 1, and AggR transcriptional activator encoding genes (eae, stx1, aggR, respectively); displayed aggregative adherence to Hep-2 cells and an ability to enter Caco-2 cells four times as high as that of EIEC reference strain and half of invasiveness of AIEC LF82. It was able to enter and replicate in J774 macrophages with invasiveness 85 times as high as that of LF82...

Subpatótipos de Escherichia coli patogênica para aves (APEC) podem estar associados às síndromes infecciosas infecciosas causadas no hospedeiro; Subpathotypes of avian pathogenic Escherichia coli (APEC) exist as definid by their syndromes of isolation and virulence traits

Victor Gonçalves Maturana
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.35%
Escherichia coli patogênica para aves (APEC) causa diferentes tipos de infecções sistêmicas extraintestinais nestes hospedeiros, coletivamente denominadas colibaciloses, causando grandes prejuízos econômicos à indústria aviária. Essas doenças incluem, dentre outras, septicemia, onfalite, celulite e síndrome da cabeça inchada. Entretanto, não há até o momento wna descrição de genes ou características que permitam classificar as linhagens aviárias em patótipos responsáveis por causar doenças específicas em seus hospedeiros, a semelhança do que ocorre para linhagens de E. co/i patogênicas para seres humanos. O objetivo deste estudo foi caracterizar linhagens de Escherichia coli de origem aviána representantes de 4 grupos, sendo um grupo de linhagens comensais (AFEC - stgla em inglês para "Avian Fecal Escherichia co/i") e três grupos de linhagens patogêmcas, causadoras de três sindromes diferentes em seus hospedeiros (septicemia, síndrome da cabeça inchada e onfalite). Para o trabalho, as características biológicas estudadas foram: adesão em células eucarióticas, formação de biofilme, produção de molécula sinalizadora de quorum sensing, presença de genes de ilhas de patogenicidade, dose de letalidade (LD50)...

Efecto biocida de un desinfectante de uso industrial sobre diferentes cepas de Staphylococcus aureus y Escherichia coli

Arriagada Ojeda, Tamara Andrea
Fonte: Universidad de Chile; Programa Cybertesis Publicador: Universidad de Chile; Programa Cybertesis
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
36.38%
Memoria para optar al título de Ingeniero en Alimentos; Existe una gran oferta de productos detergentes y desinfectantes, que aplicados en adecuados programas de sanitización, ayudarían a prevenir y reducir la contaminación microbiológica presente en las plantas elaboradoras de alimentos, sin embargo en muchos casos no se ha realizado una validación experimental adecuada del efecto esperado. Es por ello que se realizó un estudio in vitro de la actividad germicida de un producto compuesto por cloruro de alquildimetil benzilamonio, glutaraldehído, glioxal, formaldehído, isopropanol y excipientes, a distintas concentraciones y tiempos, incluidos los recomendados por el fabricante. Se determinó la cinética de muerte de los microorganismos, calculando el % de eficiencia del desinfectante, la velocidad específica de muerte, el tiempo de reducción decimal y el coeficiente de dilución. Las pruebas se realizaron frente a: Escherichia coli salvaje, Staphylococcus aureus salvaje, Escherichia coli ATCC 25922 y Staphylococcus aureus ATCC 29213. La eficiencia germicida in vitro del desinfectante en el tiempo (5 minutos) y rango de concentración recomendado por el fabricante (0,25% – 0,5%) fue para Escherichia coli ATCC 25922 del 99...

Acción antimicrobiana de un desinfectante de uso industrial y doméstico sobre cepas de Staphylococcus aureus y Escherichia coli

Gallardo Troncoso, María Daniela
Fonte: Universidad de Chile; Programa Cybertesis Publicador: Universidad de Chile; Programa Cybertesis
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
36.34%
Memoria para optar al título de Ingeniero en Alimentos; La desinfección de verduras y frutas es un tratamiento, destinado a reducir la microflora presente en forma natural en estos alimentos o aquella que se incorpora a través de las distintas etapas que ocurren desde su cultivo, hasta que el producto sea expendido y consumido. La desinfección también abarca las superficies y equipos de trabajo, donde se procesan y manipulan alimentos, para así asegurar la inocuidad al consumidor. Se realizó un estudio comparativo in vitro de la actividad germicida de un desinfectante, compuesto por una mezcla de monoéster de propilenglicol, ácido láctico y ácido cítrico, entre otros. Este fue probado a diferentes tiempos de acción y concentraciones, incluyendo la recomendada por el fabricante. Las pruebas se realizaron frente a cepas de Staphylococcus aureus salvaje y ATCC 29213 y Escherichia coli salvaje y ATCC 25922. Se determinó la cinética de muerte de los microorganismos para así evaluar la eficacia germicida del desinfectante, la velocidad específica de muerte, coeficiente de dilución y el tiempo de reducción de los microorganismos. La eficiencia germicida in vitro del desinfectante a 400 ppm fue de 99,999%, para Escherichia coli salvaje...

Estudo de genes de virulência de estirpes de Avian Pathogenic Escherichia coli de aves de produção, para preparação de uma autovacina para imunização protetora

Paixão, Ana Raquel Carrilho
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.34%
A Colibacilose é um grave e importante problema económico em explorações aviárias. As estirpes de Avian Pathogenic Escherichia coli (APEC) causam uma larga variedade de infeções extraintestinais em aviários, nomeadamente: aerosaculite, colisepticémia e celulites nos frangos de carne e salpingites e peritonites nas galinhas reprodutoras. Neste trabalho foram estudadas 127 estirpes de Escherichia coli isoladas de galinhas reprodutoras mortas com colibacilose (66) e de frangos de carne saudáveis (61). As sessenta e seis estirpes foram tipificadas com os soros O2, O18 e O78, os serogrupos mais associados com a doença. O78 foi o mais comum (58%). Todas as amostras foram analisadas para a presença/ausência de 11 genes de virulência: astA, chuA, cvaA/B, fimC, fyuA, irp2, iss, iucD, papC, tsh e vat por PCR-Multiplex.. O gene fimC foi detetado em 93% dos isolados. Todas as estirpes patogénicas possuíam genes relacionados com a absorção de ferro. Os resultados mostram que alguns dos genes são comuns às estirpes comensais e patogénicas; Abstract: Title: Study of virulence genes from avian pathogenic Escherichia coli isolated from poultry farms to prepare an auto vaccine to immunization and protection The Colibacillosis is a serious disease and an important economic problem in poultry farms. It is mainly caused by Avian Pathogenic Escherichia coli (APEC) strains that cause a variety of extraintestinal diseases in poultry farms. The most commonly associated pathologies are: airsacculitis...