Página 1 dos resultados de 4518 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

O conflito Israelo-Árabe e os problemas da água : da escassez ao conflito

Santos, Tânia Filipa Vargas.
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.89%
A relação entre recursos hídricos e conflitualidade tem vindo a ser debatida desde há bastante tempo, tendo ganho importância no pós-guerra fria. Com mais ou menos validade, a relação entre escassez de água e conflito ganhou relevância na área das Relações Internacionais, sendo, atualmente, alvo de análise através de diferentes perspetivas. Combinando a questão da água com o Médio-Oriente que sofre bastante com escassez hídrica, obtemos um estudo de caso bastante interessante e adequado aos atuais novos desafios globais. O objetivo deste estudo é, então, explicitar de que forma a escassez hídrica tem influenciado o conflito Israelo-Árabe, especificamente as dinâmicas entre Israel, Palestina, Síria e Egito. Pretende-se demonstrar, através da teoria da privação relativa de Thomas Homer-Dixon, que a escassez de recursos hídricos potencia o conflito no sentido em que a privação sentida pela população dos Estados mencionados em relação aos seus vizinhos potencia dinâmicas de violência, quando a estrutura política assim o permite ao dar liberdade e abertura para essa mesma violência por incapacidade ou falta de vontade, o que, em conjunto com outros fatores económicos, sociais e políticos, contribui para uma escalada do conflito. Esta dissertação discorre ainda sobre o possível futuro das relações: cooperação e conflito...

Escassez de água e mudança institucional: análise da regulação dos recursos hídricos no Brasil.

Scare, Roberto Fava
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/06/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.04%
A crescente demanda por recursos hídricos, tanto em quantidade como em qualidade, aumenta a disputa dos usuários pela sua utilização. A percepção da escassez faz com que a água passe a ser considerada um recurso natural com valores econômico, estratégico e social. Segundo Alston & Mueller (2002), quando os recursos se tornam mais escassos, o regime de direitos de propriedade vigente pode reduzir o valor do ativo. As perdas incentivam os envolvidos a mudar esses os direitos procurando uma forma mais ajustada à realidade. A percepção da escassez tem levado governos do mundo todo a reorganizar o ambiente institucional e definir novos direitos de propriedade por meio de um sistema de gestão participativo e descentralizado que estimule a utilização do recurso de forma racional. Contudo, esse processo não é homogêneo e simultâneo. O momento de institucionalização e o grau de complexidade de cada ambiente variam muito, tanto nacional como internacionalmente. Neste estudo, busca-se identificar as causas da variação entre os ambientes institucionais em diversos países, bem como identificar a relação entre a escassez e a modificação na regulação do ambiente em estados brasileiros. Apoia-se o estudo no aporte teórico da evolução do ambiente institucional apresentado por North (1990; 1994)...

A escassez da água e a sustentabilidade do regadio

Rijo, Manuel
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
36.81%
O forte crescimento populacional mundial obriga à produção crescente de alimentos. Contudo, os bons terrenos agrícolas têm já uma utilização intensa em muitas regiões e o aumento das áreas de cultivo pode obrigar à utilização de solos sem aptidão. Os problemas ambientais e climáticos podem obrigar também a cuidados suplementares na conservação de ecossistemas, de habitats e da biodiversidade, contrariando também o aumento das áreas de cultivo. A solução dos problemas alimentares da Humanidade passa, por isso, sobretudo pelo recurso à rega, que pode permitir produções unitárias médias seis vezes superiores às de sequeiro. O regadio não é, porém, mais um dos competidores pelo recurso escasso que é a água. As maiores extrações do ciclo hidrológico são devidas à agricultura que é sempre encarada como a “culpada” principal em situações de escassez. A gestão da água em regadio deverá centrar-se na eficiência do seu uso e no aumento da sua produtividade. Isto determina a necessidade de gerar eficiências através de uma melhor gestão da água na exploração agrícola, nos sistemas de adução, nos reservatórios de armazenamento e através da definição de políticas nacionais sobre água e regadio. O artigo faz o inventário das disponibilidades e usos globais da água...

Para uma teoria política da escassez: contributos para uma percepção política do fenómeno

Fialho, Luiz Alves de Oliveira
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 05/09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.96%
Dissertaçã de Mestrado em Ciência Política; O presente trabalho aborda a temática da influência da escassez de bens primários na esfera política da acção dos Estados. Sendo a escassez um objecto de estudo das ciências económicas, verificouse que a sua percepção transcende a área de actuação económica e influi directamente na tomada de decisão política. Não sendo possível alargar esta análise a todos os Estados do mundo, centramos a análise desse fenómeno nos EUA, pelo facto de este ser genericamente percebido como uma potência económica, política e militar que exerce influência ao nível global. Assim, o desenvolvimento deste trabalho é feito através de três divisões: a primeira examina as complexidades económicas (escassez) com que o Estado Absoluto se constituiu e a sua passagem para o Estado Liberal; a segunda aborda a acção política dos EUA e a influência ideológica do american way of life (consumismo) para o capitalismo moderno; e a terceira incide sobre as consequências ambientais do crescimento económico e a sua repercussão no domínio político internacional. Este trabalho procura explorar a influência da economia na acção política do Estado, ocasionada pela debilidade interna da economia associada à escassez de bens primários para o seu desenvolvimento e o exercício do poder ao nível global.; This thesis shall look at the influence of scarce primary resources in the political sphere of State action or dynamics. Being scarceness an object studied in Economics...

A escassez e o valor da água (origens subterrâneas) : pistas para reflexão

Pereira, Fernanda
Fonte: Universidade do Algarve. Faculdade de Economia Publicador: Universidade do Algarve. Faculdade de Economia
Tipo: Parte de Livro
Publicado em 26/01/2004 POR
Relevância na Pesquisa
36.81%
O valor da água, enquanto bem, é hoje um factor de discussão, nos mais diversos fóruns científicos, sociais e inclusive políticos. Para da além da discussão puramente conceptual e que nos tem levado a algumas alterações de posicionamento quanto à definição e enquadramento do bem, é necessário posicioná-lo face à característica mais difícil de definir e de ter em conta – A ESCASSEZ. Procurar-se-á fazer um enquadramento no âmbito da economia do ambiente e recorrendo a conceitos de contabilidade ambiental, tratando de forma sistemática a informação que estas ciências nos permitem utilizar. Encontramos a grande fonte de informação na análise das externalidades. O que se pretende com este artigo, é trazer para a discussão algumas ferramentas da área da economia e da gestão, que poderão contribuir para a elaboração de um modelo de valorização das origens subterrâneas de água, de forma a delinear a relação entre escassez e o valor da água.

Escassez de engenheiros no Brasil? uma proposta de sistematização do debate

Lins,Leonardo Melo; Salerno,Mario Sergio; Araújo,Bruno César; Gomes,Leonardo Augusto Vasconcelos; Nascimento,Paulo A. Meyer M.; Toledo,Demétrio
Fonte: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento Publicador: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.89%
Buscamos ordenar e qualificar uma discussão contemporânea, relativa a uma possível escassez de engenheiros na sociedade brasileira. Com base na literatura, elencamos as hipóteses que levariam à caracterização de escassez e procuramos argumentos baseados em dados para discutir tais hipóteses. Os dados não corroboram a tese de escassez generalizada.

From an empty to a full world: a nova natureza da escassez e suas implicações

Andrade,Daniel Caixeta; Romeiro,Ademar Ribeiro; Simões,Marcelo Silva
Fonte: Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas Publicador: Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.89%
Este trabalho tem como objetivo principal discutir uma nova representação econômica da natureza da escassez dos recursos representada pela passagem de um empty world para um full world no qual o capital natural é o recurso escasso e limitante do desenvolvimento econômico. Acrescenta-se, ainda, a esta análise, uma avaliação do papel do capital natural enquanto fornecedor de serviços ecossistêmicos úteis ao bem-estar humano. À luz desta nova interpretação sobre a escassez, são discutidas as implicações que este fato encerra para as ciências econômicas em termos da necessidade de em um novo modelo de desenvolvimento, aqui chamado de full world economics ou green consensus, cujo objetivo principal é a preservação e alocação eficiente do capital natural. Acredita-se que esta nova interpretação a respeito da natureza da escassez traga implicações não negligenciáveis tanto para a redefinição dos propósitos de política econômica quanto para a definição de sustentabilidade nas ciências econômicas.

Efeito da escassez de presa na sobrevivência e reprodução do predador Supputius cincticeps (Stål) (Heteroptera: Pentatomidae)

Mourão,Sheila A.; Zanuncio,José C.; Molina-Rugama,Adrián J.; Vilela,Evaldo F.; Lacerda,Mábio C.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.81%
O efeito da escassez de presas no desempenho de fêmeas de Supputius cincticeps (Stål) foi estudado a 24,6 ± 0,7ºC, umidade relativa de 80 ± 4% e fotoperíodo de 12h. Larvas de Tenebrio molitor L. foram fornecidas às fêmeas durante 24h, a cada um, dois, quatro, seis ou oito dias; pedaços de vagem de feijão (Phaseolus vulgaris L.) foram fornecidos em todos os tratamentos de forma contínua. A porcentagem de fêmeas com posturas, o período de oviposição e o número de posturas, de ovos e de ninfas diminuíram com o aumento do intervalo sem presa. Entretanto, os períodos de pré-oviposição e de pós-oviposição aumentaram à medida que o alimento tornou-se menos freqüente, enquanto a longevidade e o número de ovos por postura não foram afetados pelo regime de presas. Os resultados sugerem uma compensação entre a longevidade e a fecundidade (redução da segunda para manter a primeira), o que pode contribuir para o estabelecimento e a sobrevivência de S. cincticeps em condições de escassez de presa.

Conversão de veículos flex para o gás natural: problema de escassez e contribuição à sustentabilidade

Bastos,Sérgio Augusto Pereira; Fortunato,Graziela
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.81%
Dentre as fontes de energia menos poluentes tem-se o gás natural veicular (GNV). Seu uso como fonte de energia no setor de transportes vem crescendo - há projeções de expansão de consumo na ordem de 52% em âmbito mundial entre 2008 e 2035 - e representa uma alternativa para redução do dano ambiental decorrente do uso crescente de fontes energéticas poluentes. Considerando o contexto social, político e econômico, ações sustentáveis são esperadas por parte dos indivíduos e das empresas. Com isso, este estudo objetiva valorar a opção da conversão de veículos leves flex para o gás natural veicular (GNV) tendo a contribuição para a sustentabilidade como principal motivador. A metodologia de opções reais e a simulação de Monte Carlo foram empregadas para modelar a opção europeia, já que a decisão de abastecer com GNV, gasolina ou etanol, a cada período, é totalmente independente da decisão dos períodos anteriores, de acordo com Bastian-Pinto, Brandão e Alves (2010), admitindo a capilaridade dos postos de gasolina como um fator adicional de incerteza. Assim, é calculado o valor da flexibilidade obtida pela conversão, considerando incertezas quanto à evolução dos preços dos combustíveis e à escassez do GNV devido a pouca capilaridade de postos com oferta deste combustível. Os resultados mostram que para uma escassez de 25% - aproximadamente a parcela dos postos do estado do Rio de Janeiro em que há oferta de GNV - é requerido um mínimo de 1.200 quilômetros de distância percorrida por mês para que o valor da opção seja positivo. Além disso...

Escassez de recursos, custos dos direitos e reserva do possível na jurisprudência do STF

Wang,Daniel Wei Liang
Fonte: Fundação Getúlio Vargas, Escola de Direito Publicador: Fundação Getúlio Vargas, Escola de Direito
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.81%
Este artigo analisa os temas da escassez de recursos, custos dos direitos e cláusula de reserva do possível na jurisprudência do Supremo Tribunal Federal brasileiro. Por meio do estudo dessas decisões, procuro, primeiramente, descobrir em que tipo de matéria esses temas são comumente debatidos nos julgamentos do Supremo Tribunal Federal. Em um segundo momento, procuro entender a forma como o tribunal trata esses temas em sua jurisprudência e os critérios utilizados em suas análises. Por fim, busco examinar se a análise jurídica dos ministros leva em consideração preocupações relativas às conseqüências econômicas e distributivas das decisões. A pesquisa de acórdãos foi feita com base nestes três temas: direito à saúde, direito à educação e intervenção federal por não pagamento de precatórios. Em uma primeira fase, analiso o tratamento dado aos custos dos direitos, à reserva do possível e à escassez de recursos dentro de cada um desses temas. E, em um segundo momento, cruzo os resultados obtidos em cada tema para mostrar as diferenças de tratamento.

As áreas de preservação permanente : avanços e retrocessos desconsiderando a escassez

Marchesan, Ana Maria Moreira
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.68%
Discorre sobre as áreas de preservação permanente, as funções ecológicas dessas áreas definidas no art. 2º do Código de Floresta Federal, as conceituações desse código e a sua aplicação ao meio ambiente urbano, bem como sobre a escassez da água e a proteção das dunas e falésias.

Gestão e Planeamento de Segurança num Ambiente de Conflito e Escassez de Recursos

Letras, Rui
Fonte: IESM Publicador: IESM
Tipo: Outros
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.81%
O presente estudo discute a contribuição da gestão e planeamento estratégico, no desenvolvimento e operacionalização das políticas públicas de segurança, realçando a relevância dos instrumentos de gestão em uso na Guarda Nacional Republicana, para um alinhamento estratégico-político, ao nível do Ministério da Administração Interna. O nosso objetivo central é verificar em que medida será benéfica a introdução, num quadro de conflito e escassez de recursos, a formulação de uma Diretiva Ministerial para a Segurança Interna, alinhada com a Política de Segurança Interna, que contribua para conferir um acréscimo de sustentação teórica e metodológica, que se adeque ao modelo de gestão e planeamento estratégico em aplicação. Apresenta-se o fundamento teórico relativo ao ciclo de gestão utilizado pela Administração Pública portuguesa, alicerçado no Sistema Integrado de Avaliação do Desempenho na Administração Pública, realçado enquanto sistema de planeamento, que se articula com o planeamento de cada Ministério, evidenciando os instrumentos de gestão que lhe estão adstritos e que proporcionam a concretização estratégica dos Serviços. Utilizando como organização em análise a Guarda Nacional Republicana...

Escassez de recursos, custos dos direitos e reserva do possível na jurisprudência do STF; Resource limitation, cost of rights and the 'under reserve of the possibilities' clause in the Brazilian Federal Supreme Court case-law

WANG, Daniel Wei Liang
Fonte: Fundação Getúlio Vargas, Escola de Direito Publicador: Fundação Getúlio Vargas, Escola de Direito
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.81%
Este artigo analisa os temas da escassez de recursos, custos dos direitos e cláusula de reserva do possível na jurisprudência do Supremo Tribunal Federal brasileiro. Por meio do estudo dessas decisões, procuro, primeiramente, descobrir em que tipo de matéria esses temas são comumente debatidos nos julgamentos do Supremo Tribunal Federal. Em um segundo momento, procuro entender a forma como o tribunal trata esses temas em sua jurisprudência e os critérios utilizados em suas análises. Por fim, busco examinar se a análise jurídica dos ministros leva em consideração preocupações relativas às conseqüências econômicas e distributivas das decisões. A pesquisa de acórdãos foi feita com base nestes três temas: direito à saúde, direito à educação e intervenção federal por não pagamento de precatórios. Em uma primeira fase, analiso o tratamento dado aos custos dos direitos, à reserva do possível e à escassez de recursos dentro de cada um desses temas. E, em um segundo momento, cruzo os resultados obtidos em cada tema para mostrar as diferenças de tratamento.; This article presents an analysis the concepts of costs of rights, resource limitation and the "under reserve of the possibilities" clause are featured in the Brazilian Federal Supreme Court case-law. By analyzing Brazilian Supreme Court's decisions...

Sociabilidade e escassez

Marcio Augusto Vicente de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/06/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.81%
A dissertação consiste na análise de uma base teórico-metodológica para o estudo de sociologia ambienta!, em especial O Método de Edgar Morin, baseada no pensamento complexo e nos sistemas auto-organizados. Analisamos a relação entre a sociabilidade no ser humano e a escassez de recursos naturais, através de uma pesquisa de reconhecimento das diversas causas encontradas - por autores diferentes - para a socialização verificada entre os seres humanos; numa segunda etapa, verificamos as linhas de ação humana em face da necessidade de recursos escassos. Será verificada a validade da tese de que sociabilidade e escassez de recursos são grandezas relacionadas nas sociedades humanas; para chegar a tanto, estamos realizando uma discussão acerca da utilização de modelos de sistemas complexos nas ciências sociais; This dissertation consists on the analysis of a theoretical-rnethodological basis for the studies in environmental sociology, specifically Edgar Morin's La Méthode, based upon the complex thought and self-organized systems. We analyze the relationship between human being's sociability and the scarcity of natural resources, performing a reconnaissance research about the several causes found - by a number of authors - for the socialization ofthe human beings; on a second stage...

Há escassez generalizada de profissionais de carreiras técnico-científicas no Brasil? : uma análise a partir de dados do CAGED

Nascimento, Paulo A. Meyer M.
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Mercado de trabalho: conjuntura e análise - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
36.68%
O presente trabalho busca contribuir para o debate ao propor um olhar sobre os dados de emprego tanto em uma perspectiva de curto quanto de longo prazo. Para isso, utiliza dados mensais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), para averiguar se tem havido escassez generalizada de trabalhadores de carreiras técnico-científicas.; p. 19-28 : il.

Escassez de força de trabalho : uma revisão da literatura internacional e interpretação dos resultados empíricos referentes ao Brasil; Texto para Discussão (TD) 2086 : Escassez de força de trabalho : uma revisão da literatura internacional e interpretação dos resultados empíricos referentes ao Brasil

Nascimento, Paulo A. Meyer M.
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
37.04%
Este texto busca sistematizar o debate sobre escassez de força de trabalho qualificada e sintetizar as evidências surgidas no Brasil nos últimos anos sobre o tema. É apresentada revisão da literatura internacional a respeito da escassez de trabalho qualificado, é discutida a produção recente que investiga – a partir de métodos e bases de dados variados – sinais de carência ou não de força de trabalho qualificada no Brasil e é proposta uma interpretação das evidências disponíveis. Argui-se que não há indícios concretos para afirmar que tenha havido “escassez generalizada de mão de obra” na primeira década do século XXI no Brasil. Não é afastada, contudo, a possibilidade de ter havido – e ainda persistirem – dificuldades de preenchimento de vagas em algumas situações. Setores que experimentem forte crescimento em curto período de tempo costumam enfrentar problemas para contratar pessoal qualificado, podendo ter sido este o caso da construção civil nos anos recentes ou da indústria naval. Postos de trabalho para funções que exijam competências muito especializadas também podem por vezes ser de difícil preenchimento, bem como os que requerem atributos como experiência ou liderança e os que se proliferem em regiões distantes dos grandes centros...

Escassez de engenheiros: realmente um risco?

Nascimento, Paulo A. Meyer M.; Gusso, Divonzir Arthur; Maciente, Aguinaldo Nogueira; Araújo, Thiago Costa; Silva, Alex Pena Tosta da
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Radar - Artigos
PT-BR
Relevância na Pesquisa
36.68%
O presente trabalho versa sobre as preocupações recentes com uma virtual ameaça ao crescimento econômico, derivada de escassez de mão de obra especializada, que têm merecido ampla divulgação. Não obstante serem manifestadas por atores responsáveis e autorizadas, correm o risco de fundar-se numa observação menos detida dos dados recentes e das perspectivas de evolução do emprego no país; ou, ainda, tendem a generalizar situações muito específicas que são objeto de justos reclamos de determinados setores empresariais. Observando-se com mais cuidado as trajetórias recentes das estruturas de produção e emprego, constata-se, com efeito, que, após um período bastante longo de expansão modesta – com repiques nas taxas de desemprego e informalidade -, a economia brasileira parece ter adquirido alguma vitalidade no quesito geração de empregos.; p. 3-8 : il.

A lei geral da acumulação capitalista e a teoria de crise baseada escassez de força de trabalho; The general law of capitalist accumulation and the labour power shortage theory

Aquino, Dayani Cris de; UFPR
Fonte: Editora UFPR Publicador: Editora UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 30/03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.68%
This paper analyses, based in general law of capitalist accumulationand other theoretical developments of Marx, the arguments of the labour powershortage theory of crisis. The first section presents the three arguments of Marxabout the relationship between accumulation and the movement of wages: (i)assuming that the composition of capital does not change, then, the pace ofaccumulation regulates the movement of wages; (ii) assuming that increasingcomposition of capital express dominant relationship in capitalism, the industrialreserve army will be the regulatory mechanism of wages; (iii) the cyclical natureof relative surplus-population. The second section, presents the arguments of thelabour power shortage theory of crisis, whose central point is to maintain constantthe composition of capital at the stage of prosperity in order to exhaust theindustrial reserve army causing the increase in wages, fall in profitability andultimately the crisis. The last section presents criticism of this kind of explanationfor crisis based on four points: (i) the methodological aspects indicated by Marxon the study of economic crises; (ii) the inadequate treatment of the concepts ofconcrete and abstract; (iii) the relationship between competition and compositionof capital; (iv) the concept of industrial reserve army.; Este trabalho analisa...

Estratégias de Gestão da Água em Situação de Escassez: Regiões Semiáridas e Mediterrânicas; Water management strategies in a scarcity situation: Semi-arid and Mediterranean regions

Rosado, Joana; Universidade de Évora; Morais, Maria Manuela; Universidade de Évora
Fonte: Editora de Livros IABS Publicador: Editora de Livros IABS
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.81%
No início do século XXI a escassez da água é inquestionável constituindo uma ameaça para a humanidade e para a biosfera. Esta situação é sentida nas regiões Áridas, Semiáridas e Mediterrânicas. A gestão dos recursos aquáticos e da disponibilidade de água é um tema complexo e de uma enorme importância estratégica para o desenvolvimento sustentável. O principal objectivo deste trabalho é apresentar e discutir estratégias de gestão da água em regiões Semiáridas e Mediterrânicas através da revisão da literatura disponível. Conclui-se que as regiões Semiáridas, devido às suas características específicas, sofrerão mais com a escassez. Relativamente ao Mediterrâneo, todos os cenários de evolução futura prevêem uma diminuição da precipitação, tendência que trará graves impactes em termos sociais e ambientais. Interessará às regiões Mediterrânicas implementar as técnicas simples e de baixo custo utilizadas nas regiões Semiáridas, muitas das quais presentemente abandonadas mas com tradições centenárias na história do Mediterrâneo.; At the beginning of the 21st century, the shortage of water is unquestionable constituting a threat to humanity and the biosphere. This situation is experienced in arid...

From an empty to a full world: a nova natureza da escassez e suas implicações

Andrade, Daniel Caixeta; Romeiro, Ademar Ribeiro; Simões, Marcelo Silva
Fonte: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações Publicador: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.89%
Este trabalho tem como objetivo principal discutir uma nova representação econômica da natureza da escassez dos recursos representada pela passagem de um empty world para um full world no qual o capital natural é o recurso escasso e limitante do desenvolvimento econômico. Acrescenta-se, ainda, a esta análise, uma avaliação do papel do capital natural enquanto fornecedor de serviços ecossistêmicos úteis ao bem-estar humano. À luz desta nova interpretação sobre a escassez, são discutidas as implicações que este fato encerra para as ciências econômicas em termos da necessidade de em um novo modelo de desenvolvimento, aqui chamado de full world economics ou green consensus, cujo objetivo principal é a preservação e alocação eficiente do capital natural. Acredita-se que esta nova interpretação a respeito da natureza da escassez traga implicações não negligenciáveis tanto para a redefinição dos propósitos de política econômica quanto para a definição de sustentabilidade nas ciências econômicas.AbstractThis paper is aimed at discussing a new economic representation for the nature of resources scarcity represented by the passage of an empty world to a full world where natural capital is the scarce and limiting factor of economic development. It is also considered an evaluation of the role of natural capital as a provider of useful ecosystem services to human welfare. In addition...