Página 1 dos resultados de 2997 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

Direito de livre expressão e direito social à informação na era digital

BUCCI, Eugênio
Fonte: São Paulo Publicador: São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
O artigo procura aprofundar o tema da liberdade de expressão e do direito à informação, tal como concebidos na democracia que se estabelece a partir da idéia de que todo o poder emana do povo e em seu nome é exercido, nos marcos da comunicação contemporânea postos pelas novas tecnologias e pelas redes interconectadas. A liberdade de expressão e o direito à informação de fato se expandem na era digital? Em que termos? Há novos constrangimentos para esses direitos fundamentais? Quais os desafios?; The purpose of the present article is to thoroughly discuss within contemporary communication ¬– with new technology and interconnected networks – the freedom of speech and the right to information. Those are based on the democratic idea that the power emerges from the people and stands for them. Do freedom of speech and the right to information in fact expand in the digital era? In which ways? Are there new constraints to those fundamental rights? What are the new challenges?; El artículo busca profundizar el tema de la libertad de expresión y del derecho a la información, tal como concebido en la democracia que se establece a partir de la idea de que todo el poder emana del pueblo y en su nombre se ejerce, en los marcos de la comunicación contemporánea puestos por las nuevas tecnologías y por las redes interconectadas. ¿La libertad de expresión y el derecho a la información de hecho se expanden en la era digital? ¿En qué términos? ¿Hay nuevos constreñimientos para esos derechos fundamentales? ¿Cuáles los desafíos?

A TV 1.5 - A televisão na era digital; A TV 1.5 - A televisão na era digital

Cannito, Newton Guimarães
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.3%
O objetivo deste trabalho é refletir sobre o que acontecerá com a televisão no ambiente das plataformas digitais. Cientes de que o digital trouxe a era da convergência entre mídias, nós, além de analisar a TV digital, iremos refletir sobre como o conteúdo televisivo se propaga por todas plataformas. Partimos em nossa análise de definições de televisão e de digital, e constatamos que o digital não ameaça de extinção as mídias anteriores; pelo contrário, é uma tecnologia que as potencializa. Nossa hipótese é que o mesmo acontecerá em relação à televisão: em vez de tornar a televisão obsoleta, a tecnologia digital contribuirá para que ela efetive todas as suas potencialidades. Nosso trabalho se esforça em quebrar alguns mitos que contaminam o debate sobre televisão na era digital. Defendemos a especificidade da televisão e mostramos que mesmo no ambiente digital ela vai manter e potencializar suas características.; The objective of the present study is to reflect on the future of television in the environment of digital platforms. We are aware that digital technology has brought upon us the era of media convergence. In this context we analyze digital TV and reflect on how television content is spread throughout all platforms. In our analysis we have used the definitions of television and digital as a starting point to realize that digital does not threaten the previous media; on the contrary...

A realidade dos negócios na era digital no mercado brasileiro; The reality of business on the digital era at brazilian market

Albertin, Alberto Luiz
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Trabalho em Andamento
Relevância na Pesquisa
66.3%
As organizações brasileiras têm utilizado ampla e intensamente as tecnologias de informação e comunicação para viabilizar a integração interna entre suas várias áreas e externa com seus fornecedores, clientes e parceiros, processar um número muito grande de transações e atender a uma quantidade de clientes de forma rápida, segura e, muitas vezes, personalizada. O ambiente empresarial, tanto em nível mundial como nacional, tem passado por inúmeras mudanças nos últimos anos, as quais têm sido consideradas diretamente relacionadas com as Tecnologias de Informação. Um dos aspectos mais importantes deste novo contexto é o surgimento do ambiente digital, que passou a permitir, de fato, a realização de Negócios na Era Digital. Este projeto tem como objetivo principal identificar a realidade dos Negócios na Era Digital no Mercado Brasileiro. A sua contribuição é determinar o grau de consolidação dos novos modelos de negócios, permitindo analisar o nível de aproveitamento das contribuições oferecidas por essa utilização de tecnologia.; The Brazilian organizations have been using wide and intensely information and communication technologies to make possible the internal integration among their several areas and external with their vendors...

Instituições e desempenho do governo digital : Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e Uruguai em perspectiva comparada

Possamai, Ana Júlia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.38%
Não é novidade o uso de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) na realização das atividades governamentais. Hoje em dia, porém, revela-se crescente a possibilidade de transformação da administração pública através do emprego das TIC, seja no redesenho de processos de governo e na prestação de serviços públicos, seja na ampliação de canais de participação dos cidadãos na formulação de políticas públicas. Essa transformação tem propiciado o surgimento de um novo modelo de administração pública: a Governança da Era Digital, que tem no governo digital sua principal expressão. O governo digital materializa-se em três domínios principais: a e-administração, os e-serviços e a e-democracia, os quais suscitam a ação e a interação em redes transversais de atores dentre e fora da esfera governamental. Com efeito, novas organizações e procedimentos governamentais vêm sendo institucionalizados para fazer frente às mudanças e desafios desse novo modelo. O presente trabalho objetiva identificar as novas instituições políticas que têm surgido na Era Digital (aqui chamadas e-instituições) e verificar se há relação causal entre a presença de e-instituições (campo da e-administração) e o desempenho do governo digital na prestação de e-serviços e na implementação da e-democracia. Dessa forma...

Democratização do Estado na era digital : e-participação no ciclo de políticas públicas

Possamai, Ana Júlia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.21%
O presente trabalho objetiva identificar as potencialidades e os constrangimentos existentes ao desenvolvimento da democracia digital no Brasil. Por democracia digital entende-se o emprego de ferramentas de participação eletrônica no ciclo de políticas públicas com a finalidade de promover a democratização e o controle social da gestão pública. O método empregado é o estudo de caso de três experiências de democracia digital que abrangem os níveis federal, estadual e municipal: as consultas públicas eletrônicas, o Gabinete Digital e o OP Digital, respectivamente. A análise dessas iniciativas aponta para as possibilidades de: i) adoção da e-participação em diferentes etapas do ciclo de políticas públicas, e ii) ampliação significativa do número de participantes quando comparado a experiências presenciais. Contudo, percebe-se ainda um subaproveitamento das tecnologias, bem como um padrão insuficiente de resposta da administração pública às contribuições da sociedade, encaminhadas dessas ferramentas. Além dos problemas relacionados à exclusão digital, fatores políticos, organizacionais e institucionais limitam o impacto da e-participação, dos quais se destacam o papel da burocracia e a carência de arranjos institucionais que sustentem a operação da democracia digital.; Este trabajo tiene como objetivo identificar las potencialidades y los factores limitadores existentes en el desarrollo de la democracia digital en Brasil. La democracia digital consiste en el empleo de herramientas de participación electrónica en el ciclo de políticas públicas con la finalidad de promover la democratización y el control social de la gestión pública. El método empleado fue el estudio de caso de tres experiencias de democracia digital que abarcan los niveles federal...

Síndromes de Narciso e Pigmalião no mundo corporativo : o sujeito e o ambiente de trabalho na nova economia : movimentos na era digital; Narcisus and Pygmalion in the Corporate World : the subject and the work environment in the new economy : movements in the digital era

Marlene Theodoro Polito
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.16%
A lógica cultural do novo capitalismo e o impacto das transformações econômicas, sociais e culturais sobre o homem constituem estudos necessários para reavaliar a questão do tempo presente, a questão daquilo que somos neste tempo presente. Este trabalho é uma tentativa de reconstruir a dinâmica das relações existentes entre o ator individual - em particular, o profissional executivo das empresas - e o mundo corporativo, discutindo e analisando em que medida se pode sugerir ou mesmo afirmar contiguidades entre o mito de Pigmalião e o processo histórico empreendido pela empresa, na preparação, na formação, na atualização e na adequação desse profissional ao universo das corporações contemporâneas. Busca conhecer como se estrutura o ambiente de trabalho atual e os movimentos existentes na era digital, refletir também sobre as consequências pessoais do trabalho no novo capitalismo e discutir o processo, os valores e os conflitos envolvidos na produção de uma imagem "ideal" de profissional no mundo corporativo brasileiro. Especificamente, a questão central consiste em analisar e reavaliar a questão do sujeito e os princípios de liberdade e autonomia no processo em curso do individualismo contemporâneo: o dilema expresso no conflito entre "personalidade livre" e "personalidade distinta"; o processo de abstração social gerado pelo contexto econômico-social e a valorização de uma simbologia do sucesso como condição primordial na vida do homem. O diálogo com outras ideias e expressões artístico-comunicacionais na literatura e no teatro...

A televisão na era digital: qual o modelo mais adequado para o serviço público de televisão na plataforma internet?

Miranda, Mário Rui Barroso
Fonte: Escola Superior de Comunicação Social Publicador: Escola Superior de Comunicação Social
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.21%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Comunicação Social para obtenção de grau de mestre em Audiovisual e Multimédia.; O presente estudo, está enquadrado na temática da Televisão na era Digital, e o tema, Serviço Público de Televisão na Plataforma Internet, que reflecte uma das questões mais relevantes da discussão no panorama europeu do futuro do sector audiovisual público. O objectivo do estudo é compreender de que modo se pode atingir uma qualidade elevada da prestação do Serviço Público de Media na plataforma Internet. Inicialmente, através de pesquisa bibliográfica, foi possível analisar e determinar um quadro teórico que permitiu uma reflexão mais aprofundada sobre qual o modelo mais adequado para o Serviço Público de Televisão na Plataforma Internet. Foram realizadas entrevistas aos responsáveis das áreas da plataforma Internet das operadoras de televisão nacionais, posteriormente analisados os sites da BBC, France Télévisions, TVE, RTP, SIC e TVI. A análise dos sites, para além de ajudar a construir ferramentas para a construção de modelos para a elaboração do questionário ajudou à construção de um questionário a aplicar aos alunos da Escola Superior de Comunicação Social (ESCS) e do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa (ISEL) do Instituto Politécnico de Lisboa. O crescimento de consumo de vídeo na Internet...

O lugar do livro na era digital

Cristóvão, André Filipe Moutinho
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.17%
Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação; A realização deste trabalho teve por finalidade identificar o lugar que ocupa o livro, na sua versão impressa, nesta era digital, sobretudo com a emergência do e-book, enquanto versão digital do livro, podendo ser ou não o seu substituto. Para efeitos de pesquisa foram questionados escritores, editores e bibliotecários sobre as suas perspectivas e expectativas sobre o assunto, mas foram também convidados a se colocarem no papel de leitores e tentarem identificar a forma como esses leitores olham para essas mudanças, de que forma estes se estão a adaptar. Foram também abordados os variados desafios que se colocam ao sector do livro e a situação do mesmo em Portugal.; This study had the purpose to identify the place that holds the book, in its printed version, in this digital age, especially with the emergence of the e-book, while the digital version of the book, and may or may not be his replacement. For the purposes of research were questioned writers, editors and librarians about their prospects and expectations on the subject, but were also invited to put themselves in the role of readers and try to identify how these readers look for these changes, how they are adapting. Were also addressed the various challenges facing the book sector and the situation the same in Portugal.

A PROTEÇÃO DO CRIADOR INTELECTUAL: DE GUTEMBERG À ERA DIGITAL

MARTINS, DAIANE CRISTINA PORTELA
Fonte: Centro Universitário Eurípedes de Marília Publicador: Centro Universitário Eurípedes de Marília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.13%
A presente monografia tem como objeto de estudo “A proteção do criador intelectual: de Gutemberg à era digital”. O criador intelectual é quem cria obras literárias, artísticas ou científicas. Os Direitos Autorais garantem ao criador intelectual, preservar sua obra de violações e a explorar economicamente, garantindo sua justa remuneração e por consequência, subsistência digna até seus sucessores. A comunicação humana transformou-se e com o surgimento da internet, novos meios de violação autoral surgiram. Para tanto, será realizada da análise da lei brasileira (9.610∕98), bem como, das modernas ferramentas de proteção aplicadas pelo mundo, através do método bibliográfico e análise funcionalista, com o objetivo de investigar o problema da defesa legal dos Direitos Autorais no Brasil. Pois, as ferramentas de proteção, tanto legal quanto tecnológicas, demonstram estar desatualizadas e insuficientes o que demanda mudanças e para o enfrentamento dos novos desafios da era digital. Pois a proteção dos criadores é a proteção da identidade de um povo, do patrimônio cultural desta nação, sendo assim, negligenciá-la é desprezar o legado intelectual de um tempo e privar o mundo de grandes descobertas...

Antropolog??a y comunicaci??n: gen.O. Miseria espectacular y cambio generacional en la era digital

Brisset Mart??n, Demetrio E.
Fonte: Pedro G??mez Publicador: Pedro G??mez
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
66.11%
Los cambios tecnol??gicos, pol??tico-econ??micos y sociales de finales del siglo XX han repercutido en nuevas formas de cultura juvenil. A partir de la cr??tica de los situacionistas (y en especial Debord) a la sociedad del espect??culo, desde la antropolog??a de la comunicaci??n aqu?? se examinan los que parecen ser rasgos definitorios de la aparici??n de una generaci??n transformadora: la gen.0, primera de la era digital y sucesora de la del 68.; The technological, political and social changes at the end of the 20th century have affected new models of culture among young people. We will study distinctive features of a new transforming generation, starting from the Anthropology of communication, considering the criticism of the society of spectacle offered by the situationists (particularly Debord). Concretely, we will analyse the gen.0, which is the first of the digital age and the heir of the 68th generation.

Para lá dos jornalistas: influencer relations, uma nova era de Media Relations

Lopes, Liliana Alves de Sousa
Fonte: Escola Superior de Comunicação Social Publicador: Escola Superior de Comunicação Social
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 14/11/2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.23%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Comunicação Social como parte dos requisitos para obtenção de grau de mestre em Gestão Estratégica das Relações Públicas.; A tecnologia tomou conta das nossas vidas, pessoal e profissionalmente. Já não conseguimos viver sem os smartphones ou os tabltes. A ligação à internet tornou-se algo tão natural como respirar e estar desconectado à internet tornou-se uma inquietação. Facebook, YouTube e Blogssão apenas algumas das plataformas que entraram na casa de todos nós, tanto em Portugal como pelo mundo fora. Os mass media passaram para segundo plano e os Social Media vieram, em alguns casos, substituir estes meios. São cada vez mais as pessoas que não se deslocam propositadamente a quiosques para comprar jornais e revistas. Estes podem agora aceder à versão online destes meios, bem como assistir a programas de televisão através da web. A rádio também se adaptou e entrou na nova era através de aplicações móveis e websitesna internet. Mas se tecnologia modificou a forma de viver e estar da sociedade, também veio alterar algumas profissões, nomeadamente a profissão de Relações Públicas. Os profissionais viram a sua profissão sofrer uma reestruturação e as suas habituais funções evoluíram. Os seus públicos dispersaram-se e o profissional de Relações Públicas percebeu que tem de utilizar mais plataformas e canais para alcançar estes públicos-chave. Na era digital...

Criterios para valorar la actuación competente del docente mediador en la era digital

Páez, Haydee G.; Arreaza, Evelyn C.
Fonte: Universidad de Carabobo Publicador: Universidad de Carabobo
ES_ES
Relevância na Pesquisa
66.09%
En Venezuela, la responsabilidad por la preparación del ciudadano está asignada a los docentes, quienes ahora disponen de multiplicidad de recursos informáticos y telemáticos para lograr que el estudiante aprenda. Por ello se buscó determinar criterios de desempeño que permitan valorar una actuación docente competente en el uso educativo de las tecnologías de información y comunicación. Siguiendo el método naturalista, con un enfoque interpretativo, mediante la observación participante, la toma de notas de campo y el análisis de contenido metodológico aplicado a las actividades desarrolladas por el docente en tres cursos semipresenciales en educación de postgrado, emergieron quince criterios que pueden ser utilizados para apreciar el logro de una actuación competente del docente en el uso de recursos telemáticos. Los mismos permiten concluir que no hay diferencias entre las modalidades de administración del diseño curricular presencial y virtual cuando la finalidad de la educación es facilitar aprendizajes, aprender a aprender. Palabras clave: Actuación docente competente, criterios de desempeño en TIC, competencias docentes en TIC, docente en la era digital, aprender a aprender

Ensinar na era digital: uma interface com o uso das TIC na língua portuguesa

Coqueiro, João Carlos Pereira
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação, Especialização em Comunicação e Tecnologia Educativas; O trabalho objetiva identificar a relação entre o ensinar e o aprender na disciplina Língua Portuguesa, usando as TIC como interface do processo. As TIC na educação são utilizadas no processo ensino aprendizagem presencial e semipresencial e à distância, usar a mídia na escola se tornou quase um imperativo categórico. Adota-se o método dedutivo e estudo de caso. Aborda uma pesquisa bibliográfica, empírica (trabalho de campo) e descritiva, aplicada de abordagem qualitativa. Apesar de estarmos vivendo em uma sociedade da informação e do conhecimento, complexa, polifônica, que pressupõe diferentes conotações, na maioria das escolas, os alunos não são assumidos como atores sociais e fazedores da sua própria história que elaboram representações sobre si mesmas, sobre os outros e a sociedade. Essas escolas passam por um momento em que se faz necessário reconhecer os novos campos de experiência e reorganização dos saberes, hibridação da ciência, fluxo de informação, arte, trabalho e ócio, e novos meios de representação. Considera-se finalmente, que vivemos em uma sociedade cada vez mais conectada e globalizada...

Language and communication in the Digital Era; Linguagem e comunicação na era digital

Schlobinski, Peter
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.17%
The article presents a short overview of the transformation of the media throughout history up to our days and discusses the specific features of digital communication.; O artigo traça um breve histórico das transformações midiáticas ocorridas até os dias de hoje e observa a especificidade da comunicação digital.

A Não-Apropriação da República das Letras Francesa pela Era Digital: Dialogando com as Ideias de Denis Diderot e Michel Foucault sobre a Postura de Autor

Paiva, Thayenne Roberta Nascimento
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.05%
Tendo como objetivo analisar um possível retrocesso, presente na atualidade, em relação às ideias de disseminação do conhecimento, lema aclamado pela República das Letras francesa, especialmente século XVIII, mobilizamos dois filósofos para pensarmos o caso, em termos de postura do autor frente sua produção discursiva. Para tanto, valemo-nos de algumas ideias do filósofo Michel Foucault desenvolvidas especialmente em seu ensaio "O que é um autor?". Por outro lado, discorreremos sobre as concepções do filósofo Denis Diderot sobre esta mesma função, respeitando as devidas diferenças de tempo e espaço e apresentando outra perspectiva sobre o que foi a sua interpretação acerca da postura do autor, na época da República das Letras francesa. Ademais, iremos discorrer sobre possíveis aniquilamentos e a não-apropriação em torno do verdadeiro ideal da República das Letras, na atualidade, a partir da intensificação e do cerceamento de antigas posturas da função de autor, especialmente, na Era Digital

Tecnologia: para além de um fenômeno da era digital

Bertolini, Jeferson; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; revisão de literatura Formato: application/pdf
Publicado em 17/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.05%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-6924.2015v12n1p6Este artigo busca mostrar que a tecnologia, termo atualmente em voga pela venda em massa de smartphones e aparelhos afins, é mais que um fenômeno da era digital: é algo que acompanha a humanidade desde os primórdios. O texto aborda interfaces da tecnologia com a evolução humana, a natureza e a ciência, sem o propósito de concluir se ela é benéfica ou nociva.

A disseminação da tradição e a preservação da memória coletiva na era digital │ The dissemination of tradition and the preservation of collective memory in the digital age

Luvizotto, Caroline Kraus; Docente do Programa de Pós-graduação em Comunicação e do Departamento de Ciências Humanas da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da UNESP – Universidade Estadual Paulista, Campus de Bauru. Pesquisadora do Gru
Fonte: Ibict Publicador: Ibict
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Pesquisa Histórica; Pesquisa Qualitativa; Estudo de Caso Formato: application/pdf
Publicado em 28/05/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.11%
RESUMO Este artigo situa a disseminação de tradições e a preservação da memória coletiva diante do contexto teórico mais amplo trazido pelos estudos da cibercultura e das novas tecnologias de informação e comunicação, à luz da modernidade tardia. Nesse contexto, a internet e, em especial, as ferramentas da web 2.0, considerando as suas especificidades e limitações, podem aproximar atores sociais com a mesma vinculação identitária; proporcionar um ambiente para a disseminação e ensino de uma tradição e preservar a memória coletiva de um povo.Palavras-chave: Tradição; Memória Coletiva; Cibercultura; Era Digital; Modernidade Tardia. ABSTRACT This article addresses the dissemination of traditions and the preservation of collective memory in the broader theoretical context brought by cyberculture studies and new information and communication technologies in the light of late modernity. In this context, the internet and especially web 2.0 tools , considering their specificities and limitations, can approximate social actors with the same binding identity, provide an environment for dissemination and teaching of tradition and preserve the collective memory of a people.Keywords: Tradition; Collective Memory; Cyberculture; Digital Age; Late Modernity.

A formação de educadores na era digital

Vilela, Luciane Ribeiro
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 18/01/2008
Relevância na Pesquisa
66.19%
Com o advento das tecnologias de comunicação e informação, vivemos na chamada “era digital”, e como não poderia deixar de ser, a educação faz parte desse novo cenário social. Existem inúmeras razões para a educação ser um referencial nesse novo paradigma, voltada para a formação de cidadãos capazes de integrarem-se à era digital, cujo princípio está embasado na capacidade intelectual de usar a informação transformando-a em conhecimento. Contudo, as políticas públicas voltadas para a formação de educadores na área tecnológica, não têm colaborado de forma efetiva para que estes se apropriem desses novos conhecimentos. As reflexões aqui apresentadas, pretendem enfocar a era digital e suas implicações para os educadores, destacando-se a importância da informação e do conhecimento como mediadores do processo de inovação e desenvolvimento social. Assim este artigo, sem intencionar o esgotamento do assunto, busca apresentar um breve panorama da tecnologia educacional no Brasil, suas perspectivas e possibilidades. Acesso ao texto completo (PDF)

Competências na era digital: desafios tangíveis para bibliotecários e educadoresCompetencies in the digital era: challenges and equipment for educators and librarians

Belluzzo, Regina Célia Baptista
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2008 POR
Relevância na Pesquisa
76.32%
A partir de uma abordagem do mundo contemporâneo, dos novos paradigmas, da consciência planetária, da globalização, chegar-se-á à era digital, destacando-se os seus impactos sobre a valorização da informação e do conhecimento como bens de valor. Ressalta-se que a produção do conhecimento, na atualidade, é uma questão fundamental, tratando-se de uma teoria voltada à sua própria prática: ao mesmo tempo em que a fundamenta, subordina-se a ela, implicando necessariamente em mudanças no modo de pensar/atuar das pessoas. A educação também é parte desse cenário de mudanças e existem razões para que seja um referencial diferenciado na chamada “ sociedade em rede”, sendo uma situação emergente a mudança de postura no que diz respeito à migração da sua identidade como transmissora de informação e de cultura para uma condição de ensinar a aprender e a pensar, preparando pessoas para que prolonguem os benefícios da escola além da escola mesma, tornando funcionais os conhecimentos adquiridos e, sobretudo, para que saibam empregar o poder da inteligência na vida profissional e no seu cotidiano. Desse modo, enfatiza-se a importância da educação, sob enfoque de um novo paradigma conceitual e prático...

A formação de educadores na era digitalFormation of educators in the digital age

Vilela, Luciane Ribeiro
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.29%
Com o advento das tecnologias de comunicação e informação, vivemos na chamada “era digital”, e como não poderia deixar de ser, a educação faz parte desse novo cenário social. Existem inúmeras razões para a educação ser um referencial nesse novo paradigma, voltada para a formação de cidadãos capazes de integrarem-se à era digital, cujo princípio está embasado na capacidade intelectual de usar a informação transformando-a em conhecimento. Contudo, as políticas públicas voltadas para a formação de educadores na área tecnológica, não têm colaborado de forma efetiva para que estes se apropriem desses novos conhecimentos. As reflexões aqui apresentadas, pretendem enfocar a era digital e suas implicações para os educadores, destacando-se a importância da informação e do conhecimento como mediadores do processo de inovação e desenvolvimento social. Assim este artigo, sem intencionar o esgotamento do assunto, busca apresentar um breve panorama da tecnologia educacional no Brasil, suas perspectivas e possibilidades. Palavras-chave Era digital; Tecnologia; Educação; Formação de educadores Abstract With the advent of the technologies of communication and information, we live the called "digital age"...