Página 1 dos resultados de 70 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Correspondências: Eça e Fradique: análise de estratégias epistolográficas

Simões, Maria João Albuquerque
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.66%
A dissertação tem como objectivo o estudo comparativo da Correspondência real do autor e a Correspondência de Fradique Mendes enquanto obra ficcional. A dissertação analisa e compara a estratégias discursivas e compositivas da correspondência que o autor Eça de Queirós estabeleceu com seus amigos e as estratégias compositivas dessa obra ficcional que é "A Correspondência de Fradique Mendes".; Dissertação de mestrado em Literatura Comparada Portuguesa e Francesa apresentada à Faculdade de Letras de Coimbra

Epistolografia machadiana; Epistolography of Machado de Assis

MORAES, Marcos Antonio de
Fonte: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
16.66%

Memórias inventadas: um estudo comparado entre 'Relato de um certo oriente', de Milton Hatoum e 'Um rio chamado Tempo, uma casa chamada Terra', de Mia Couto; Invented memories: a comparative study between the novel 'Relato de um certo Oriente', by Milton Hatoum and 'Um rio chamado tempo, uma casa chamada Terra', by Mia Couto

Maquêa, Vera Lúcia da Rocha
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
16.66%
Este trabalho realiza um estudo comparado entre o romance Relato de um certo Oriente, do escritor brasileiro Milton Hatoum e Um rio chamado Tempo, uma casa chamada Terra, do escritor moçambicano Mia Couto, com a finalidade de verificar as estratégias de construção da memória. Com base na hipótese de que a memória, nestes textos, é imaginação de possibilidades do devir que não se esgota em quadros fixos, a tese focaliza as dominantes técnicas e temáticas de construção da narrativa através do uso feito pelos autores do motivo da viagem, da fotografia e da epistolografia na composição dos quadros de memória. Para refletir sobre os narradores que se movimentam no espaço impreciso das misturas, envolvidos em complexas práticas culturais em interação, vale-se do apoio teórico e crítico de conceitos como hibridismo, mestiçagem, transculturação, crioulização e ambivalência. Este exercício crítico faz-se no horizonte do comparatismo da solidariedade, proposto por Benjamin Abdala Junior para os estudos das literaturas ibero-afro-americanas.; This paper carries out a comparative study between the novel Relato de um certo Oriente, by brazilian writer Milton Hatoum and Um rio chamado tempo, uma casa chamada Terra...

Pequenos poemas em prosa: vestígios da leitura ficcional na infância brasileira, nas décadas de 30 e 40; Small poems in prose: traces of reading fictional Brazilian childhood, during the 30s and 40s

Raffaini, Patricia Tavares
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
16.66%
Durante as décadas de 30 e 40, o escritor Monteiro Lobato reuniu e preservou inúmeras cartas enviadas a ele por crianças leitoras, nelas estão registradas muitas opiniões sobre sua obra além de considerações sobre a vida das próprias crianças e como elas viam o mundo a seu redor. A presente pesquisa pretende analisar através dessa fonte documental qual era a recepção da obra infantil de Lobato, naquele período. Abordaremos ainda a circulação dos livros de Lobato assim como as maneiras de leitura praticadas na infância. Como forma de ampliarmos a percepção sobre a recepção da leitura ficcional no período, utilizamos também uma outra rica fonte documental: O jornal produzido pelas crianças freqüentadoras da Biblioteca Infantil Municipal, em São Paulo. Esse jornal intitulado A Voz da Infância veiculava resenhas e comentários de livros escritos pelas crianças, possibilitando assim uma compreensão mais abrangente da recepção da literatura infanto-juvenil, pois mencionava os autores mais lidos no período.; The writer Monteiro Lobato, during the 30s and 40s, reunited and preserved a number of letters sent to him by children who read his books. Those letters had registered many opinions about his work, beyond statements about those kids way of life and their environment. Analyzing this corpus this research wants to show how children realize Lobatos children books...

Confluência genérica na Elegia Erótica de Ovídio ou a Elegia Erótica em elevação; The combination of genres in Ovid's Erotic Elegy or elevating the Erotic

Lopes, Cecília Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
16.66%
No final do século I a.C., a Elegia Erótica Romana desafiou os gregos e as convenções poéticas apresentando um poeta-amante que cantava suas aventuras amorosas em primeira pessoa. Como se isso não bastasse, esse eu-elegíaco se dedicava à puella como se tal tarefa fosse uma militia, um seruitium amoris, e que exigia tempo integral. Galo, Propércio e Tibulo nos apresentaram suas dominas e se negaram a servir à pátria. Ovídio foi além: seguiu seus predecessores mas fez com que seus leitores aprendessem a entender o papel de cada uma das normas na construção desse gênero. Escreveu seu primeiro livro, Amores, e , a partir daí, começou a traçar um caminho ascendente: queria sua Elegia elevada, não apenas média. Para isso, produziu recusationes, elegias programáticas e, o mais importante, confluiu gêneros. Fez uso da Epistolografia, da Retórica, da Didática e de personas e exempla míticos para compor Heroides, Ars amatoria e Remedia amoris. Nesta dissertação, mostra-se a trajetória do poeta na elevação da Elegia Erótica de Ovídio.; At the end of the 1st. century b.C., Latin Erotic Elegy challenged Greeks and poetic conventions when portrayed a man, poet and lover, talking, in the first person, about his adventures: he also dedicated himself to a puella as if it were a militia...

Autor & edição: três sub-séries da correspondência de João Guimarães Rosa (1957 - 1967); Author & edition: three batches of correspondence fron João Guimarães Rosa (1957-1967)

Theodozio, Vera Maria Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2011 PT
Relevância na Pesquisa
16.66%
Apresentar três lotes de correspondência inédita de João Guimarães Rosa, para responder ao problema de como os seus livros se recriaram em novos ambientes culturais, é trabalho que exige estabelecer o texto das cartas, redigir notas descritivas/ analíticas e notas explicativas. A recriação resulta da ação concertada de autor, editor e tradutor. A edição dos livros se mostra um negócio ou empreendimento de tipo especial, seja em razão da rede de relações pessoais e profissionais que envolve, ou do movimento de idéias, que simultaneamente capta e produz. Editar é operação que se dá no terreno das mediações entre dois planos, um que é do simbólico, outro da fabricação ou reprodução técnica. No trio de agentes, cada um de seu lugar e a seu modo busca o objeto livro que propicie a permanência da obra literária. Os lotes de correspondência, do arquivo que pertenceu ao escritor, agora ditos sub-séries, são: 1. com o editor francês Pierre Seghers (26/06/1957 a 10/10/1962), CE 1 a 15 (cx. 01), 17 documentos; 2. com o editor português António de Souza-Pinto (01/11/1960 a 27/01/1967), CE 16 a 64 (cx. 01), 56 documentos; 3. com o tradutor francês Jean-Jacques Villard (07/07/1961 a 25/04/1967), CT 1 a 47 (cx. 9)...

"Há muito tempo que não te escrevo...": reunião da correspondência alencariana (edição anotada); "Há muito tempo que não te escrevo...": gathered correspondence of Alencar (annotated edition)

Pereira, Patricia Regina Cavaleiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
16.66%
Apresentamos, nesta dissertação, a correspondência reunida do escritor e político José Martiniano de Alencar (1829-1877) em uma proposta de edição anotada. Trata-se do estudo e da organização de 279 cartas, acompanhadas de notas e de 61 fac-símiles de documentos conservados em diferentes instituições brasileiras (Academia Brasileira de Letras, Biblioteca Nacional, Fundação Casa de Rui Barbosa e Museu Imperial). Para melhor análise das missivas, objetivando abarcar por diferentes ângulos a trajetória biográfica da personalidade em questão, propomos a divisão do epistolário alencariano (ativo e passivo) em quatro categorias: cartas pessoais, jornalísticas, literárias e políticas.; We present here the correspondence gathered of the writer and politician José Martiniano de Alencar (1829-1877) in an annotated edition. It is a study and organization of 279 letters, accompanied by notes, and of 61 facsimiles of documents, stored in various Brazilian institutions (the Brazilian Academy of Letters, the National Library, the House of Rui Barbosa Foundation, and the Imperial Museum). For a better analysis of the letters, in order to cover various angles of the biography of the person in question, we have chosen to divide his correspondence (active and passive) into four categories of letters: personal...

Arte, imitação e exercício nas Epistulae ad Caesarem; Art, imitation and exercise in Epistulae ad Caesarem

Santos, Gilson Charles dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
16.66%
Ao elencar as virtudes do príncipe e orientá-lo moralmente a agir em benefício de todos, as Epistulae ad Caesarem são fiéis aos princípios que caracterizam o orador como uir bonus dicendi peritus. Entretanto, a verossimilhança dada à matéria, no que se refere ao perigo de uma guerra civil, contribuiu para a negação de sua artificialidade. A análise feita neste trabalho conduzirá uma discussão acerca das razões didáticas para exortar um imperador a debelar o conflito civil, de um lado, e apresentar uma definição de gênero para esses documentos, de outro. Com isso, pretende demonstrar como elas configuram uma imagem da eloquência deliberativa semelhante à verdade, compostas em linguagem ornada a fim de deleitar uma audiência. Dessa forma, mostram tanto uma educação oratória adequada quanto um estudo diligente das virtudes do homem público.; By enumerating the virtues of the prince and guiding him morally on how to act for the benefit of the whole community, the Epistulae ad Caesarem are faithful to the principles that characterize the orator as uir bonus dicendi peritus. However, the verisimilitude of treatment given to the subject, regarding the danger of civil wars, contributed to deny their artificiality. On the one hand...

Amizade "carteadeira": o diálogo epistolar de Mário de Andrade com o Grupo Verde de Cataguases; Friendship by correspondence: epistolary dialogue between Mário de Andrade and Grupo Verde de Cataguases

Menezes, Ana Lúcia Guimarães Richa Lourega de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.29%
A presente tese dedicou-se à reunião e ao estudo da correspondência trocada entre o escritor paulista Mário de Andrade (1893-1945) e os rapazes ligados à revista Verde (1927-1929) de Cataguases (MG), a saber: Ascânio Lopes (1906-1929), Camilo Soares (1909-1982), Enrique de Resende (1899-1973), Francisco Inácio Peixoto (1909-1986), Guilhermino Cesar (1908- 1993) e Rosário Fusco (1910-1977). A pesquisa coligiu documentação epistolar inédita dos envolvidos, matéria esparsa em arquivos públicos e privados, tendo em vista a proposta de reconstituição da trama da sociabilidade intelectual e literária na década de 1920. Cumpriramse a transcrição fidedigna, a ordenação cronológica e a anotação exaustiva das cartas, em termos editoriais, segundo pressupostos da crítica textual e dos estudos da epistolografia, resultando em uma seleta que soma 122 cartas e compõe a primeira parte desta tese. Considerando-se o ineditismo das cartas reunidas, vislumbrou-se a possibilidade de uma nova perspectiva de estudo sobre os verdes. Portanto, o trabalho que acompanha o conjunto de cartas está dividido em três tópicos: (a) apresenta os sete correspondentes; (b) investiga em que medida essa documentação auxilia na reconstrução da trajetória do Grupo Verde; e (c) aborda...

Construtos de gênero no Egito Ptolomaico: uma proposta de leitura das cartas gregas e demóticas; Constructs of gender in Ptolemaic Egypt: a reading proposal of Greek and demotic letters

Silva, Thais Rocha da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
17.29%
Parte significativa da historiografia sobre o Egito antigo ainda tem usado os termos gênero e mulheres como sinônimos. O estudo das cartas gregas e demóticas foi feito em grande parte com foco nas análises formais dos textos e na filologia. São raros os estudos de epistolografia que privilegiam o aspecto relacional e social das fontes. Se, por um lado, os autores interessados no gênero no Egito usam as cartas como um documento que pode dar acesso às mulheres, a historiografia sobre essas cartas parece negligenciar as mulheres e o gênero como temas relevantes. No período ptolomaico, as relações entre homens e mulheres foram constituídas por processos intrínsecos e específicos que operavam diferentes categorias de gênero simultaneamente, combinando uma multiplicidade de tradições e valores, muito além de nossas percepções do que é masculino e feminino, ou grego e egípcio. A proposta da dissertação é analisar a historiografia sobre gênero no Egito ptolomaico e como ela se apropriou de determinados grupos de papiros, em especial as cartas. A discussão sobre os estudos de gênero com base na epistolografia grega e demótica do Egito ptolomaico articula diferentes disciplinas que expõe os enquadramentos teóricos enviesados de leitura das cartas.; A significant part of the historiography on ancient Egypt has used the terms gender and women synonymously. The study of Greek and demotic letters focused mainly on formal textual analysis and philology...

A epistolografia no quotidiano dos missionários jesuítas nos séculos XVI e XVII

Ferro, João Pedro
Fonte: Centro de Estudos de História Religiosa - Universidade Católica Portuguesa Publicador: Centro de Estudos de História Religiosa - Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1993 POR
Relevância na Pesquisa
27.29%

Sobre a Epistolografia de Luiz Pacheco

Franco, António Cândido
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
27.29%
Transcrevem-se, apresentam-se, prefaciam-se e anotam-se vinte e duas cartas do escritor Luiz Pacheco ao livreiro e poeta setubalense João Carlos Raposo Nunes, escritas entre 1990 e 2003, e que se mostram um exemplo da epistolografia poética tal como o surrealismo a entendia.

Cinco Cartas de Mário Cesariny - organização de António Cândido Franco

Franco, António Cândido
Fonte: Editora Licorne Publicador: Editora Licorne
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
17.29%
Recolhem-se neste livro, transcritas e comentadas, cinco cartas de Mário Cesariny a António Cândido Franco, que se revelam importantes para a compreensão da mundividência própria ao surrealismo português.

"Epistolografia de Agostinho da Silva"

Franco, António Cândido
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
37.61%
Nota prefacial a um espistolário de Agostinho da Silva, escrito entre 1968 e 1988. A nota prefacial situa a questão do genéro epistolar na obra de Agostinho da Silva, que chegou a escrever "romance epistolar", como sucedeu no livro "Sete Cartas a Um Jovem Filósofo" (1945). Procura-se ainda determinar neste estudo prefacial a importância que a epistolografia do autor pode ter para o estabelecimento da sua biografia.

Fernão Cardim: a epistolografia jesuítica e a construção do outro

Fernandes,Eunícia Barros
Fonte: EdUFF - Editora da UFF Publicador: EdUFF - Editora da UFF
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.29%
A Narrativa Epistolar de uma Viagem e Missão Jesuítica de Fernão Cardim é fonte para reflexão sobre a escrita de cartas como estratégia da Companhia de Jesus na consolidação de seu "modo de proceder", o que implica nas dimensões devocional e catequética. Argumenta-se que tal estratégia articula a construção da alteridade indígena, definindo uma relação entre a epistolografia jesuítica e o processo colonizador.

A epistolografia dos Andrades: criação de um modernismo literário brasileiro

Sousa Júnior, Manuel José Veronez de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
27.29%
A presente dissertação de Mestrado aborda, num primeiro momento, uma discussão referente à escrita de si das missivas, observando suas formas de apresentação e de ação, no contexto do modernismo brasileiro, com o objetivo de compreender os modos de consagração de uma literatura ainda por se fazer. Num segundo momento, propomos análise e interpretação das cartas trocadas entre Mário de Andrade e Carlos Drummond de Andrade, durante o período de seis anos, começando em 1924 (a 1ª carta) e indo até 1930, ano em que Drummond publica seu primeiro livro de poesias, chamado Alguma Poesia, referência e ponto de base do modernismo brasileiro, no qual, a partir da década de 30, consolida-se o projeto de uma literatura brasileira em conformidade com os princípios modernistas em pauta. Trata-se, portanto, de um trabalho de historiografia e crítica literária brasileira, na medida em que procura, por meio da pesquisa de documentos como cartas, conferências, depoimentos, entre outras fontes, apreender o processo de escrita de uma história que se reinventou construindo um novo modo de ler a tradição e o futuro dessa mesma literatura. Com o estudo desses documentos, com ênfase nas cartas em que Mário e Drummond debatem a elaboração dos poemas que irão compor o futuro livro...

Epistolografia popular : una projecció en geolingüística diacrònica

Curbet Hereu, Jordi
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2011 CAT
Relevância na Pesquisa
27.61%
En aquest article presentem alguns primers resultats del projecte de l’Atles de formes lingüístiques del català contemporani (s. XVIII-XX). El tractament de diversos centenars de cartes i altra documentació que integra el corpus textual ens aporta indicis per analitzar el canvi lingüístic en l’scripta catalana a través dels eixos diacrònic i diatòpic.; En el presente artículo presentamos los primeros resultados del proyecto de Atlas de formas lingüísticas del catalán contemporáneo (s. XVIII-XX). El tratamiento de varios centenares de cartas y otra documentación que forma el corpus textual nos aporta pistas para analizar el cambio lingüístico en la scripta catalana a través de los ejes diacrónico y diatópico.; In this paper we show some initial results of the Atlas of Linguistic Forms of contemporary Catalan (s. XVIII-XXth centuries). The processing of hundreds of letters and other documents included in our corpus gives us clues to analyze the language change in the Catalan scripta through diatopic and diachronic axes.

Por que Sêneca escreveu epístolas?

Braren, Ingeborg
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 13/10/1999 POR
Relevância na Pesquisa
27.29%
A epistolografia é considerada como um gênero particular da literatura. Presta-se aos mais diferentes desempenhos da linguagem escrita de acordo com as necessidades do homem em razão de sua característica específica: estabelecer comunicação entre pessoas ausentes, como uma das partes de um diálogo. Pode-se, no entanto, esquematizá-la. Sêneca serviu-se deste veículo em suas Epístolas Morais para apresentar os principais temas da filosofia estóica com o vigor de um discurso e de uma teoria renovados.

Pauliceia desvairada nas malhas da memória

Moraes, Marcos Antonio de; Universidade de São Paulo
Fonte: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
27.29%
Partindo-se do levantamento de testemunhos de Mário deAndrade (1893-1945) em cartas a diversos destinatários e em outros escritos, este artigo pretende articular os fios que compõem a história da criação e da publicação de Pauliceia desvairada (1922), produção poética central do modernismo brasileiro. Tenciona-se refletir sobre a obra literária enquanto resultado de percursos biográficos, diálogos intertextuais, percepções estéticas particulares, procedimentos escriturais e estratégias no campo cultural. Trata-se, igualmente, de discutir as potencialidades da epistolografia como “arquivo da criação” literária, à luz dos pressupostos teóricos e hermenêuticos da crítica genética.

Letter: a carta/letra e o jogo da correspondência; The "Letter" and the play of the correspondence

Neto, Joacy Ghizzi; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
27.29%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7917.2013v18n2p172O presente ensaio tem como ponto de partida a leitura do conto “A carta roubada” de Edgar Alan Poe e suas análises elaboradas por Jacques Lacan em “O Seminário sobre A carta roubada” (Escritos, 1998) e por Jacques Derrida em “O carteiro da verdade” (O cartão-postal, 2007), além da leitura de Nancy e Labarthe em O título da letra (1991) e ainda Rene Major em Lacan com Derrida (2002). O texto tem como aposta a potência do significante letter/lettre que significa tanto “carta” quando “letra”, daí sua potência, da carta/letra, como possível literatura. O trabalho ainda conta com leituras, acerca da epistolografia, de Josefina Ludmer, Emile Cioran, Juan José Saer, Liliana Heer e Silviano Santiago. O trabalho aborda também a leitura de Michel Foucault em “A escrita de si” (O que é um autor?, 1992) que pensará a correspondência como uma forma de escrita de si, apesar de destinada ao outro. A partir disto, o presente ensaio tem como objetivo principal pensar o procedimento da correspondência entre artistas/poetas como um jogo de posições ambivalentes, e não como uma troca estática de mensagens entre remetente e destinatário.; The present essays has as it bottom line the short story “The Purloined Letter” by Edgar Alan Poe and the respectives analysis done by Jacques Lacan in “O Seminário A carta roubada” (Escritos...