Página 1 dos resultados de 186 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Epistemologia da ciência da informação: um estudo das comunicações da GT1 do ENANCIB

Nunes, Lucilene
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 132 f.
POR
Relevância na Pesquisa
76.16%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciência da Informação - FFC; The present work proposes to think the development of the research and the innovation of the scientific thought on the field Information Science. In order to reach the achieve this goal we defined as the survey of the annals of ENANCIB (National Meeting on Research in Information Science) specifically, the communications GT1 “Historical Studies and Epistemological Information”, comprehend in the 98 works distributed in six issues included in the research. We intend to also check the extent to presented in this group are in line with the assumptions announced by the matter of concern, trying to identify the subjects of research that has been made over the last eight years on the Postgraduate Programs in Information Science in Brazil. To do so, we highlight the epistemological concerns of researchers in the field. We tried to establish theoretical literature based of the information science, understanding the birth, development, paradigm shifts, and the history of education in Library Science in Brazil, to finally discuss the emergence of Postgraduate Programs and agencies linked to it as the CNPq and CAPES. The method employed this work were based on the fragmentation of the matter of concern of GT1 in seven subject categories...

Produção científica brasileira na temática epistemologia da ciência da informação

Freire, Gustavo Henrique de Araújo; Silva, Armando Barreiros Malheiro da
Fonte: Salamanca : Ediciones Universidad Salamanca Publicador: Salamanca : Ediciones Universidad Salamanca
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
76.02%

Configuração epistemológica da Ciência da Informação na literatura periódica Brasileira por meio de análise de citações (1972-2008)

Arboit,Aline Elis; Bufrem,Leilah Santiago; Freitas,Juliana Lazzarotto
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
76.16%
Analisa a configuração epistemológica da Ciência da Informação (CI) com base na análise de citações da produção periódica brasileira da área. Da Base de Dados Referenciais de Artigos de Periódicos de Ciência da Informação (BRAPCI) seleciona 91 artigos que versam sobre Epistemologia da CI. Identifica os autores mais produtivos e procede à análises de citações. Representa graficamente a incidência de citações dos autores constituintes da base BRAPCI e dos teóricos basilares da Epistemologia e da CI que influenciaram a temática na literatura periódica nacional.

Da possibilidade de uma Teoria Pura da Ciência da Informação: reflexões iniciais entre a Ciência da Informação e a Ciência do Direito

Mattos,Max Cirino de; Matos,Andityas Soares de Moura Costa
Fonte: Escola de Ciência da Informação da UFMG Publicador: Escola de Ciência da Informação da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.05%
O artigo discute a fragilidade epistemológica da Ciência da Informação, a partir da adoção de um termo polissêmico, como objeto científico, e a similaridade dessa situação com o contexto da criação da Teoria Pura do Direito de Hans Kelsen. Após a apresentação de algumas definições sobre o objeto da Ciência da Informação, discutem-se alguns reflexos relacionados à identidade científica e à fundamentação teórica derivadas de um objeto polissêmico. Apresenta-se uma breve introdução à Teoria Pura do Direito e algumas reflexões sobre a possibilidade de uma Teoria Pura da Ciência da Informação.

Vannevar Bush e as matrizes discursivas de As we may think: por uma possível história da Ciência da Informação

Medeiros, Ana Luiza; Vitullo, Nadia Aurora Vanti
Fonte: Informação & sociedade: Estudos Publicador: Informação & sociedade: Estudos
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.02%
MEDEIROS, A. L.; VANTI, Nadia. Vannevar Bush e as matrizes discursivas de As we may think: por uma possível história da Ciência da Informação. Informação & sociedade:Estudos. João Pessoa, v. 21, p. 31-39, 2011; Aborda as matrizes discursivas do cientista estadunidense Vannevar Bush cristalizadas no artigo As We May Think, como parte da rede enunciativa do novo campo do saber, a Ciência da Informação. Apóia-se no referencial teórico-metodológico proposto pelo filósofo Michel Foucault, com vistas a aplicar o método de investigação arqueológica, apropriado para os estudos epistemológicos das ciências. Constata-se que, o artigo representa uma conjuntura social fundada na descontinuidade dos clássicos processos de recuperação da informação que se instaurou após a Segunda Guerra Mundial, com o volume de informações geradas, cuja problemática fomentou os discursos instauradores da nova ciência; It addresses discursive the matrices of the United States scientist Vannevar Bush crystallized in the article As We May Think, as part of the enunciative net of the new field of knowledge, information science. It rests on the theoretical and methodological framework proposed by the philosopher Michel Foucault...

Na Teia dos Sentidos: análise do discurso da Ciência da Informação sobre a atual condição da informação ; In the web of the meaning: an analysis of the discourse of Information Science on the current state of information

Freitas, Lidia Silva de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/06/2001 PT
Relevância na Pesquisa
75.99%
Partindo da hipótese básica de que o discurso do campo informacional no Brasil dominantemente aborda as atuais condições políticas, econômicas e culturais das práticas de informação nos marcos da 'Era' ou 'Sociedade da Informação', 'Pós-industrialismo', 'Pós-modernidade' etc., o estudo, via Análise do Discurso, busca seus efeitos de sentido, os fundamentos teóricos destas hipóteses histórico-sociológicas e suas articulações epistemológicas.; Starting from the basic hypothesis that in the discourse of Information Science in Brazil the predominant approach to current cultural, economic and political conditions of information practices lies within the framework of the 'Information Society' or 'Age', 'Post-industrialism', 'Post-modernism etc., this study, using Discourse Analysis, seeks the effects of the meaning, the theoretical foundatins of these socio-historical hypotheses and their epistemological articulations.

Uma filosofia da Ciência da Informação: organização dos saberes, linguagem e transgramáticas

Saldanha, Gustavo Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro / Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia; BR; Ciência da Informação; Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação; UFRJ/ECO - IBICT Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro / Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia; BR; Ciência da Informação; Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação; UFRJ/ECO - IBICT
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.08%
This research, contextualized in contemporary discussions of epistemology of Information Science, conducts a philosophical study of the field, understood in its historical development as the Organization of Knowledge, from a conceptual reflection marked by elements from the theoretical and methodological rhetoric and philology. As a method, we adopted the "Presentation Overview" model of philosophical exercise taken from philosophy of language, more specifically, the second phase of the Ludwig Wittgenstein`s thought. Taking language as a common element, analysis of these domains of knowledge, the study intended to demonstrate that the Organization of Knowledge, both for its historical characterization remote, as its scientific construction in the modern world from the nineteenth century, and also by their contemporary trends can be recognized as a science of language, and the notion of "grammar" as a structural concept. From this understanding, we can see that the Organization of Knowledge as a field of study that involves, in time, the speeches called "neo documentation", "information science", "documentation", "library", "bibliology" and acts in their daily scientific production with the development of micro-meta-discursive micro-grammar...

Para uma reflexão epistemológica acerca da Ciência da Informação

Gonzalez de Gomez, Maria Nelida
Fonte: UFMG. Escola de Ciência da Informação Publicador: UFMG. Escola de Ciência da Informação
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.08%
No mundo contemporâneo, a ciência da informação é parte de um campo de discursos acerca do conhecimento e da informação que pode-se denominar como uma formação social de meta-conhecimento. Suas possibilidades de conhecimento, assim, são ao mesmo tempo objeto de reflexão epistemológica e sintoma de mudança do estatuto da própria epistemologia.

Epistemology of Information Science: object of study and main categories; Epistemologia da Ciência da Informação: objeto de estudo e principais categorias

Rendón–Rojas, Miguel Ángel
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.12%
Epistemology of Information Science: object of study and main categories; Epistemología de la Ciencia de la Información: objeto de estudio y principales categorías

Entre a Retórica e a Filologia: do pragmatismo ao humanismo na epistemologia da Ciência da Informação; Between Rhetoric and Philology: from humanism to pragmatism in Information Science epistemology

Saldanha, Gustavo Silva
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 07/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
76.27%
Identifica e discute a presença do humanismo na epistemologia da Ciência da Informação. Analisa o desenvolvimento contemporâneo do discurso epistemológico informacional e apresenta o pragmatismo, enquanto filosofia e método, como via que conduz o campo à recuperação dos elementos do olhar humanista sobre a realidade. Define a noção de humanismo a partir de um enfoque disciplinar, tendo Filologia e Retórica como duas matérias que definem o conceito geral do movimento e da tradição humanista. A partir de uma hermenêutica da linguagem da produção científica na Ciência da Informação interpreta as abordagens que recuperam os elementos identitários do conceito de humanismo no campo informacional. Conclui que o desenvolvimento epistemológico da Ciência da Informação se direciona no horizonte dos métodos de intervenção que se fundamentam entre a Retórica e a Filologia. Aponta as possibilidades teórico-metodológicas de reconhecimento do humanismo na epistemologia informacional.; Discusses the presence of humanism in the epistemology of Information Science. Examines the contemporary development of the pragmatism discourse in information studies. Defines the notion of the humanism and approaches philology and rhetoric as two areas that define the general concept of the traditional humanism. Concludes that the epistemological development of information science is directed at the horizon of the intervention methods that are based between the rhetoric and philology. It points theoretical and methodological possibilities of recognition of humanism in epistemology informational.

A pesquisa sobre o fazer pesquisa: uma análise de citação da literatura periódica em Ciência da Informação; Investigación sobre la realización de la investigación: un análisis de citas en la literatura de Ciencia de Información; Research about conducting research: a citation analysis on information science literature

Freitas, Juliana Lazzarotto; Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Unesp/Marília.; Bufrem, Leilah Santiago; Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Unesp/Marília, Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, Universi
Fonte: Mestrado Interdisciplinar em Ciência, Gestão e Tecnologia da Informação - UFPR Publicador: Mestrado Interdisciplinar em Ciência, Gestão e Tecnologia da Informação - UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artículo evaluado por pares; investigación descriptiva; investigación documental; enfoque teórico; análisis de citas; ; descriptive research; documentary research; theoretical a Formato: text/html; application/pdf; application/epub+zip
Publicado em 01/09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
76.29%
Introducción: En este trabajo se considera que la literatura de Ciencia de información (CI) abarca una diversidad de temáticas, pero con poco énfasis en las investigaciones acerca de la realización de investigaciones. El estudio analiza la producción científica de los autores que investigan sobre la metodología de la investigación en la CI en un corpus de literatura, y las referencias utilizadas para sentar las bases de las cuestiones metodológicas relativas a el area. Se analizan los planteamientos metodológicos y epistemológicos de los principales investigadores destacados como los más productivos sobre el tema en el país. Método: El estudio adopta el análisis de contenido, y estudios métricos para contextualizar los indicadores relacionados con la productividad, tipos de autoría, incluyendo el análisis de citas. El método de acoplamiento bibliográfico se considera un modo de análisis que verifica citas concomitantes. Se desarrolló un marco teórico sobre la importancia del análisis de la producción científica en los diferentes campos de conocimiento y se investigó, desde una perspectiva teórica, los conceptos sobre la metodología de la investigación y la complementariedad entre la metodología y la epistemología en la realización de la investigación en CI. Resultados: Los resultados del análisis mostraron que la producción de los autores resaltados presenta la metodología como un enfoque temático para ser aplicado a la CI contextos...

The portrait of information science: a proposal of analysis of its social fundaments; O retrato da ciência da informação: uma análise de seus fundamentos sociais 10.5007/1518-2924.2007v12n23p133

Renault, Leonardo Vasconcelos; UFMG; Martins, Ronaldo; UFMG
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Descritivo Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2007 POR
Relevância na Pesquisa
76.07%
This article investigates the social basis of the information science through three authors of this field: Capurro, Shera e Wersig. In each one of these authors it was searched to identify traces that contributed for the Information Science foundation as a science with social aspects. Thus, it is followed by an epistemological nature argumentation about the possibility of being the IS a social science, advancing in the definition of its object by means of comparison with the social communication area. Finally, a last image of the metaphor order tries to locate the information science as a social science with hermeneutics characteristics.; Apresenta a fundamentação social da ciência da informação através de três autores da área:Capurro, Shera e Wersig. Em cada um dos autores procurou-se identificar traços que contribuiriam para a fundamentação da Ciência da Informação como uma ciência com características sociais. Segue-se uma argumentação de cunho epistemológico acerca da possibilidade da Ciência da Informação, como ciência social, avançando na definição de seu objeto mediante comparação com a área de Comunicação Social. Por fim, uma última imagem, da ordem da metáfora tenta posicionar a Ciência da Informação...

The categorical dimension of document in information science; A dimensão categórica do documento na ciência da informação

Rabello, Rodrigo; Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa histórico-conceitual; Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
76.04%
Considering an epistemological perspective of analysis, a historical-conceptual study of document in Information Science (IS) was proposed to retrace theoretical aspects based on the subjects of History, Diplomacy and Documentation. For that, we guided ourselves on the presuppositions of the history of concepts which allowed us to study synchronic and diachronic aspects of concept by establishing tradition and innovation as anti-ethical categories of analysis. Finally, we tried to show the categorical character of document in the theoretical frame of IS.; http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2011v16n31p131Considerando uma perspectiva epistemológica de análise, propôs-se fazer um estudo histórico-conceitual do documento na Ciência da Informação (CI) buscando remontar aspectos teóricos com base nas disciplinas História, Diplomática e Documentação. Para tanto, orientou-se nos pressupostos da história dos conceitos que permitiu estudar aspectos sincrônicos e diacrônicos do conceito mediante a configuração da tradição e da inovação como categorias antitéticas de análise. Enfim, buscou-se demonstrar o caráter categórico do documento no quadro teórico da CI.

Theoretical currents of Archival Science; Correntes teóricas da Arquivologia

Araújo, Carlos Alberto Ávila; Escola de Ciência da Informação da UFMG
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Análise epistemológica; Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/2013 POR
Relevância na Pesquisa
76.03%
Archival Science was formed, as a scientific discipline, in the late nineteenth century, from the consolidation of a custody and heritage model. In the twentieth century, several theories have been developed, systematized in this article in four axes. As a result, Archival Science has expanded its scope of studies. As a result of this expansion, there are contemporary perspectives with systemic models, covering different types of archives, concerned with the sociocultural context of the archives, and also insering digital technologies in the practice of archives.; http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2013v18n37p61 A Arquivologia se constituiu, como disciplina científica, no final do século XIX, a partir da consolidação de um modelo custodial e patrimonialista. No século XX, desenvolveram-se diversas teorias, sistematizadas neste texto em quatro eixos, ampliou seu escopo de estudos e problematizações. Como efeito desta ampliação, desenham-se perspectivas contemporâneas com modelos sistêmicos, abarcando diferentes tipos de arquivos, preocupadas com o contexto sociocultural dos arquivos e também inserindo nas práticas as tecnologias digitais.

UM OLHAR SOBRE A PRODUÇÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA NA TEMÁTICA EPISTEMOLOGIA DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO

Isa Maria Freire; UFPB
Fonte: Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
76.13%
Apresenta resultados de pesquisa exploratória sobre a produção científica brasileira na temática ";Epistemologia da Ciência da Informação";. Utiliza o método indiciário para identificar os sinais de crescimento dessa área nos trabalhos aprovados no Grupo de Trabalho Estudos históricos e epistemológicos da informação da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação (ANCIB) e comunicados nos Encontros Nacionais de Pesquisa em Ciência da Informação no período de 2005 a 2008, bem como nos artigos publicados em periódicos científicos brasileiros disponíveis na internet. Comenta o desenvolvimento do campo da Ciência da Informação no Brasil, sugerindo a realização de pesquisas sobre as redes de relações entre pesquisadores da temática abordada e o papel dos programas de pós-graduação no desenvolvimento da área.

Sobre a Bibliologia entre Peignot, Otlet e Estivals: vertentes de um longo discurso “metaepistemológico” da organização dos saberes

Saldanha, Gustavo Silva
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 05/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
76.09%
A proposta deste estudo, de linhagem teórica, é discutir a Bibliologia, como pandiscurso da organização dos saberes, a partir de três esferas epistemológico-históricas, fundadas nos pensamentos de Gabriel Peignot, Paul Otlet e Robert Estivals. Os seguintes questionamentos orientam a discussão: o problema metaepistemológico; o problema intraterminológico; o problema do exoterminológico (voltado para a relação dos discursos “meta” e “intra” com outros discursos da organização dos saberes). É analisada a possibilidade de expansão da Bibliologia, ora como um microssaber (microdisciplina ou domínio de aplicação empírico-“materialista”), ora como macrossaber (macrodisciplina ou campo do conhecimento). A filosofia do livro também é discutida, como aporte para compreensão do objeto bibliológico por excelência, demonstrada a partir do papel da “linguagem” como elemento filosófico estrutural. Para esta reflexão filosófica, faz-se aqui o uso tanto de uma hermenêutica histórica, para pensar a construção literária e simbólica da realidade epistemológica contra uma essencialidade da visão sintética sobre a construção das ciências, como de uma epistemologia histórica de fundo pragmático.

Processo evolutivo e tendências contemporâneas da Ciência da Informação

Pinheiro, Lena Vania Ribeiro
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 24/07/2006
Relevância na Pesquisa
76.08%
Estudo da Ciência da Informação sob abordagem da Epistemologia Histórica, retraçando, cronologicamente, a evolução da área desde o seu surgimento, em trajetória na qual são ressaltadas as principais contribuições de teóricos e especialistas, sobretudo nos aspectos conceituais e metodológicos. Na análise emergem correntes de pensamento de diferentes países e culturas, principalmente dos Estados Unidos, Grã-Bretanha, antiga União Soviética e Brasil. As transformações da área, ao longo do tempo, são apontadas, bem como as tendências contemporâneas relativas à interdisciplinaridade, conceitos, terminologia, e ao objeto “informação. Acesso ao texto completo (PDF) 

ATRAVÉS DO ESPELHO: o argumento do “conhecimento do criador” no contexto da ciência da informação

Renault, Leonardo Vasconcelos
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 10/06/2010
Relevância na Pesquisa
76.08%
Ao reconhecer suas características sociais, a Ciência da Informação, se vê diante de uma nova questão: quem são os sujeitos edificadores do conhecimento da área no contexto brasileiro? A pergunta pelo sujeito construtor do conhecimento direcionada à Ciência da Informação, revela o contexto de produção do que tomamos hoje como emblemático ou paradigmático para a área, no contexto nacional. Além disso, o processo de construção desse conhecimento, as questões éticas e as vinculações de poder a que possam estar suscetíveis a Ciência da Informação, são discutidas no artigo. Por fim, a possibilidade de alternativas de construção de uma imagem que sustente o hibridismo entre ciência e tecnologia, ética e poder é apresentada como possível norteador das ações dos sujeitos “demiurgos” da área de Ciência da Informação. Acesso ao texto completo (PDF)

Entre a Retórica e a Filologia: do pragmatismo ao humanismo na epistemologia da Ciência da Informação

Saldanha, Gustavo Silva
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 08/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.19%
Identifica e discute a presença do humanismo na epistemologia da Ciência da Informação. Analisa o desenvolvimento contemporâneo do discurso epistemológico informacional e apresenta o pragmatismo, enquanto filosofia e método, como via que conduz o campo à recuperação dos elementos do olhar humanista sobre a realidade. Define a noção de humanismo a partir de um enfoque disciplinar que parte da Filologia e da Retórica. Conclui que o desenvolvimento epistemológico da Ciência da Informação se direciona no horizonte dos métodos de intervençãoque se fundamentam entre a Retórica e a Filologia. Aponta as possibilidades teórico-metodológicas dereconhecimento do humanismo na epistemologia informacional. Palavras-chave: Epistemologia da Ciência da Informação. Humanismo. Retórica. Filologia. Acesso ao texto completo (PDF) http://revistas.ffclrp.usp.br/incid/article/view/41/pdf

FUNDAMENTOS DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO: CORRENTES TEÓRICAS E O CONCEITO DE INFORMAÇÃO

Araújo, Carlos Alberto Ávila
Fonte: Universidade Federal da Paraíba Publicador: Universidade Federal da Paraíba
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares"; Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
76.06%
Neste artigo busca-se realizar um mapeamento do campo da Ciência da Informação, a partir de dois aspectos: a identificação de suas correntes teóricas e a sistematização dos diferentes conceitos de informação presentes na área. As correntes teóricas apresentadas são: os estudos de fluxo da informação científica, os estudos em representação e recuperação da informação, os estudos de usuários da informação, a gestão da informação e do conhecimento, a economia política da informação e os estudos métricos da informação. A seguir, são apresentados os três conceitos de informação conforme a visão de diversos autores: o conceito físico/sintático/restrito/positivista, o conceito semântico/cognitivo/amplo e o conceito pragmático/mais amplo ainda/alternativo/social. Ao final, são confrontados os dois quadros de análise, em busca da identificação tanto da diversidade quanto de aspectos estruturantes do campo da Ciência da Informação.