Página 1 dos resultados de 4661 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Comparação genotípica e fenotípica de Enterococcus faecalis resistentes à vancomicina isolados nos anos de 2009 e 2011 em um hospital de Minas Gerais; Genotypic and phenotypic comparison of vancomycin resistant Enterococcus faecalis isolated in 2009 and 2011 in a hospital in Minas Gerais

Merlo, Thaís Panhan
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.14%
Enterococcus são cocos gram-positivos que ocorrem isolados, aos pares (diplococos) ou em cadeias e pertencem à microbiota intestinal de uma grande variedade de hospedeiros, de mamíferos a insetos. Enterococcus foram originalmente considerados organismos de pouca importância clínica, mas têm se revelado importantes patógenos nosocomiais. O fato dos Enterococcus possuírem formas de resistência intrínseca e adquirida a vários antibióticos dificulta o tratamento de infecções causadas por eles. Enterococcus faecalis é geralmente a espécie predominante entre os enterococos isolados, sendo de 80% a 90% das amostras clínicas. O surgimento de Enterococcus resistentes à vancomicina (VRE- do inglês vancomycin resistant enterococci) reduziu significativamente as opções de tratamento. O objetivo deste estudo foi identificar e comparar amostras de E. faecalis resistentes à vancomicina (VREfs) isolados em pacientes nos anos de 2009 e 2011, durante um programa de vigilância no Hospital Risoleta Tolentino Neves, em Belo Horizonte, MG. A identificação das espécies foi feita por multiplex-PCR com primers espécie-específicos e os E. faecalis foram selecionados para estudo. Foram realizadas a pesquisa da presença dos genes elrA...

Isolamento e caracterização de Enterococcus faecallis resistentes a vancomicina ou a altas concentrações de aminoglicosídeos provenientes de suínos no Brasil; Isolation and characterization of Enterococcus faecalis resistant to vancomicyn or high concentrations of aminoglycosides from pigs in Brazil

Filsner, Pedro Henrique Nogueira de Lima
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
Agentes causadores de infecções urinárias, endocardites, meningites e septicemias os membros do gênero Enterococcus ganharam grande importância epidemiológica nos últimos anos, já que possuem resistência, tanto intrínseca quanto adquirida, a uma ampla gama de antibióticos. Entre as trinta e seis espécies descritas atualmente, duas recebem maior destaque,E. fecalis e E. faecium devido à alta frequência de multirresistência a antimicrobianos e a sua maior participação nos casos de infecções humanas. Vários estudos tem associado o uso de facilitadores de crescimento em animais de produção com o aumento da frequência de multirresistência em várias espécies de Enterococcus. Diante do exposto, no presente estudo foram avaliadas 245 cepas de Enterococcus faecalis isoladas de 171 suínos comercias quanto ao perfil de resistência a antimicrobianos através da determinação da concentração inibitória mínima e quanto ao perfil genotípico através da eletroforese em campo pulsado. As maiores taxas de resistência observadas foram contra a tilosina (98,7%) e lincomicina (98,7%), seguidas pela tetraciclina (97,1%), eritromicina (96,7%), estreptomicina (96,3%), combinação quinupristinadalfopristina (95,5%), kanamicina (93...

Avaliação da colonização e resistência antimicrobiana de Enterococcus sp. isolados de "swabs" cloacais de frangos de corte; Colonization and antimicrobial resistance evaluation of Enterococcus sp. Isolated from cloacal swabs of broiler chickens

Cassenego, Ana Paula Vaz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.19%
Bactérias comensais do intestino de frangos tornaram-se objeto frequente de estudos, pois a alta taxa de exportação desses produtos tem aumentado a preocupação com a qualidade e a sanidade de granjas no que se refere à nutrição animal, ganho de peso e doenças infecciosas. O objetivo do presente estudo foi verificar a influência de diferentes dietas para frangos de corte na colonização, assim como no fenótipo e genótipo de resistência antimicrobiana de isolados Enterococcus sp. Amostras de “swabs” cloacais de frangos de corte foram utilizadas para isolamento de Enterococcus sp. Os frangos foram submetidos a diferentes dietas contendo promotores de crescimento, probióticos, óleos essenciais e coccidiostáticos ionóforos, e divididos em grupos conforme o tratamento empregado. Foram obtidos 240 isolados de Enterococcus sp. confirmados para gênero através da técnica de Reação em Cadeia pela Polimerase (PCR), submetidos a testes bioquímicos e moleculares para identificação de espécie, determinados os perfis de susceptibilidade a diversos antimicrobianos e testados para a presença de genes de resistência tet(M), tet(L) e erm(B) por PCR. Observou-se uma alteração na composição ou no número de espécies de Enterococcus sp. de acordo com as dietas empregadas. Todas as dietas...

Avaliação das atividades antimicrobiana, antioxidante e capacidade de bioacumulação de selênio em células de Enterococcus

Pieniz, Simone
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.14%
As bactérias ácido lácticas (BAL) possuem papel importante em uma ampla variedade de alimentos, incluindo produtos lácteos e cárneos. Neste trabalho foram investigadas as atividades antimicrobiana e antioxidante, do sobrenadante bruto e do extrato intracelular, de 36 BAL isoladas de produtos lácteos e cárneos. Estas bactérias foram identificadas através do seqüenciamento do rRNA da região 16S. A análise através do GenBank BLAST revelou que todos os isolados pertencem ao gênero Enterococcus. Três isolados foram identificados como E. hirae, um isolado como Enterococcus sp., 17 como E. faecium e 15 como E. faecalis. A atividade antimicrobiana frente ao microrganismo indicador Listeria monocytogenes foi observado em 21 isolados, utilizando o sobrenadante bruto, destacando-se com os maiores halos de inibição os isolados IS 196 (10,7 mm) e IS 197 (11,0 mm) e, em 7 isolados, utilizando o extrato intracelular, os maiores halos de inibição foram obtidos com os isolados IS 196 (9,7 mm) e IS 197 (9,3 mm), sendo estes dois isolados identificados como E. faecium. A avaliação da atividade antioxidante foi realizada por três métodos distintos. Os 36 isolados apresentaram atividade antioxidante pela determinação às Substâncias Reativas ao Ácido Tiobarbiturico (TBARS)...

Identificação de Enterococcus sp. e resistência a antimicrobianos em amostras de regiões costeiras da Lagoa dos Patos; Identication of Enterococcus sp and antimicrobial resistance in samples of coastal regions of Lagoa dos Patos in the south of Brazil

Henkes, Waldir Emilio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
O meio ambiente aquático vem recebendo grande carga de poluição fecal, sendo este um dos fatores que contribuem para sua degradação. O objetivo deste trabalho foi identificar bactérias do gênero Enterococcus em oito pontos ao longo da Lagoa dos Patos – RS, com diferentes níveis de degradação ambiental e verificar a resistência a antimicrobianos nestes isolados. Foi observado que nos pontos situados no Parque Itapuã e na praia do Cassino as contagens de Enterococcus sp. foram baixas. Os pontos situados em Tapes e São Lourenço do Sul apresentaram níveis elevados de contagens de Enterococcus sp no verão e na primavera e os pontos na região estuariana de Rio Grande apresentaram valores elevados no outono e inverno. Dentre os antimicrobianos testados a resistência a tetraciclina e a doxaciclina foram verificadas em todos os pontos de coleta, sendo que as maiores percentagens de isolados resistentes foram na região estuarina de Rio Grande. Os Enterococcus spp também apresentaram suscetibilidade diminuída para ampicilina, gentamicina (120μg/ml) e estreptomicina (300 μg/ml) e nenhuma para vancomicina. Entre os isolados resistentes a tetraciclina, as duas espécies mas frequentemente identificadas foram E. faecalis e E. faecium. O nível de resistência à tetraciclina...

Avaliação dos fatores de virulência e a capacidade de formação de biofilme in vitro em isolados alimentares e clínicos de Enterococcus sp. e utilização de PCR-RFLP para a identificação de Enterococcus casseliflavus e Enterococcus gallinarum; Investigation of virulence factors and the ability of biofilm formation in vitro of clinical and food isolates of Enterococcus sp. and use of PCRRFLP to identify Enterococcus gallinarum and Enterococcus casseliflavus

Medeiros, Aline Weber
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
O papel dualístico exercido por Enterococcus na natureza estimula a pesquisa dos fatores que determinam sua virulência. O objetivo desse estudo foi investigar a distribuição de genes envolvidos com fatores de virulência entre isolados de Enterococcus e sua correlação com a capacidade de formação de biofilme e confirmar a identificação de E. casseliflavus e E. gallinarum por PCRRFLP. Foram analisados 66 isolados clínicos e 70 alimentares quanto a presença dos genes gelE, esp, agg, ace e cylA por PCR e atividade de gelatinase e citolisina. Isolados clínicos apresentaram maior incidência de fatores de virulência quando comparados com alimentares, exceto para os genes gelE e ace. Em ambas amostragens houve a ocorrência de isolados positivos para os genes gelE e cylA, porém sem atividade enzimática, indicando a presença de genes silenciosos. A maioria dos isolados apresentou capacidade de formação de biofilme, entretanto não houve uma correlação entre os genes analisados e o fenótipo de formação de biofilme, porém é possível que o gene ace e gelE atuem como potencializadores na formação de biofilmes em Enterococcus. Para testar a técnica de PCR-RFLP, 32 e 20 isolados de E. gallinarum e E. casseliflavus...

Avaliação da diversidade e do perfil de susceptibilidade a antimicrobianos de Enterococcus sp. isolados nas águas do Arroio Dilúvio-Porto Alegre, RS; Evaluation of diversity and antimicrobial susceptibility profile of Enterococcus sp. isolated from Dilúvio stream waters – Porto Alegre, RS

Garbinatto, Gisele Nachtigall
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.13%
A contaminação das águas naturais representa um dos principais riscos à saúde pública, sendo conhecida a estreita relação entre a qualidade da água e inúmeras enfermidades. Enterococcus são habitantes da microbiota intestinal humana, podendo ser encontrados em praticamente todos os animais e ambientes. A importância crescente dos enterococos como patógenos oportunistas e a emergência e disseminação de cepas multiresistentes contribuiu para um maior interesse na epidemiologia desses micro-organismos. Os objetivos desse trabalho são caracterizar fenotipicamente e determinar o perfil de susceptibilidade a antimicrobianos de Enterococcus isolados das águas do arroio Dilúvio, em Porto Alegre. Foram coletadas amostras de água em cinco diferentes pontos do arroio, em quatro períodos do ano. Dos 348 isolados, 62,07% foram identificados como E. faecium, 13,50% como E. faecalis, 12,07% como E. casseliflavus e 12,36% como Enterococcus sp. Noventa e quatro por cento dos isolados demontraram resistência a pelo menos uma classe de antimicrobianos e 44,25% a duas classes. E. faecium foi a espécie com maior frequência de cepas resistentes (74,07%) a pelo menos duas classes de antimicrobianos, seguida de E. casseliflavus (66...

Diversidade e perfil de suscetibilidade a antimicrobianos de Enterococcus sp. isolados de leite bubalino no sul do Brasil; Diversity and antimicrobial susceptibility profile of Enterococcus sp. isolated from 4 buffalo milk from the south of Brazil

Prichula, Janira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
O leite bubalino é reconhecido mundialmente pelo alto valor biológico de seus constituintes. Em vista disso, a procura por produtos derivados de leite de búfala tem aumentado no mercado, consideravelmente, nas últimas décadas. Este trabalho teve como objetivo avaliar a diversidade e o perfil de suscetibilidade de Enterococcus sp. isolados de leite bubalino no sul do Brasil. Bactérias do gênero enterococos foram selecionadas e isoladas de quatro amostras de um mix de leite de búfala cedidas pela Cooperativa Sulriograndense de Bubalinocultores Ind. Com. Ltda. Os enterococos isolados foram identificados em nível de espécie através de suas características fenotípicas e seus perfis de suscetibilidade foram analisados através do método de disco-difusão em ágar. Oitenta bactérias foram isoladas do leite bubalino, sendo 63,75% Enterococcus faecalis, 28,75% Enterococcus faecium, 2,5% Enterococcus durans, 3,75% Enterococcus sp. e 1,25% Lactococcus sp. A maioria dos isolados de enterococos foi suscetível aos antimicrobianos testados, entretanto 13,9% foram resistentes a nitrofurantoína, 12,7% a tetraciclina, 1,3% a eritromicina, 1,3% a norfloxacina, 1,3% a cloranfenicol e 1,3% a estreptomicina. O leite bubalino apresentou uma diversidade de espécie de enterococos semelhante às obtidas em outros estudos com alimentos de origem animal. Contudo...

Resistência antimicrobiana de Enterococcus sp. isolados de carcaças suínas na etapa de pré-resfriamento; Antimicrobial resistance of Enterococcus spp. isolated from swine carcasses at the pre-chill stage

Campos, Thais de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.18%
A presença de bactérias resistentes a antimicrobianos vem sendo monitorada de forma cada vez mais frequente em produtos de origem animal, com o intuito de evitar a disseminação dessas cepas para humanos via cadeia alimentar. O gênero Enterococcus encontra-se entre os patógenos mais relevantes nas infecções hospitalares em humanos e tem capacidade de adquirir resistência a diversos antimicrobianos. No presente estudo foi avaliada a frequência de isolamento e a resistência antimicrobiana de Enterococcus sp. de carcaças suínas na etapa de pré-resfriamento, em três matadouros-frigoríficos localizados no estado de Santa Catariana. Dois ciclos de amostragem foram conduzidos em cada estabelecimento resultando em 252 suabes de carcaças. A partir dessas amostras, foram obtidos 240 isolados de Enterococcus sp. identificados por testes fenotípicos e pela detecção do gene tuf e ddlE.faecalis pela técnica de reação em cadeia da polimerase. Todos os isolados de Enterococcus sp. foram testados quanto à resistência a antimicrobianos pela técnica de difusão em ágar. A espécie mais prevalente foi Enterococcus faecalis (E. faecalis), presente em 90,83% das amostras de carcaça. Foi observada resistência à tetraciclina (42...

Bacterias do genero Enterococcus em queijo de coalho : influencia do processamento na seleção microbiana, perfil tecnologico e implicações em segurança de alimentos; Bacteria of the genus Enterococcus in coalho cheese : influence of the processing on microbial selection, technological profile and implications in food safety

Juliana Miguel Perri
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
Bactérias do gênero Enterococcus ocorrem naturalmente como microbiota lática numa variedade de queijos. Esta presença pode ser relacionada à contaminação, porém pode ter caráter positivo devido à propriedades tecnológicas descritas para o gênero. Este trabalho teve como objetivo avaliar a influência do processamento de queijo de coalho na seleção de bactérias do gênero Enterococcus, como também determinar o perfil tecnológico e as possíveis implicações em segurança de alimentos da presença de bactérias desse gênero no produto queijo de coalho. Para elaboração dos queijos, os parâmetros de tratamento térmico foram: pasteurização rápida e cozimento da massa em três diferentes temperaturas (40, 45 e 50°C). Os resultados evidenciaram a ação selet iva do processamento para bactérias do gênero Enterococcus, sendo a etapa de pasteurização incapaz da eliminação. Tanto a etapa de cozimento da massa, quanto de salga favoreceram o crescimento deste gênero de modo seletivo dentre o total de bactérias láticas presentes, sem discriminação entre as diferentes temperaturas de cozimento utilizadas. Dentre as espécies identificadas, E. faecium foi a de maior incidência (83,9%), seguida pela espécie E. faecalis (0...

Estudo de fatores de virulência e propriedades tecnológicas de culturas de Enterococcus spp isoladas de queijo de coalho; Virulence factors and technological properties of Enterococcus spp isolates from coalho cheese

Graciela Fujimoto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
Enterococcus spp são bactérias conhecidas pela sua natureza ambígua, uma vez que podem promover características de interesse tecnológico em produtos fermentados, mas também, estão entre os principais patógenos nosocomiais. São bactérias onipresentes e sua prevalência ocorre principalmente em queijos de produção artesanal, como o queijo de coalho, produto bastante consumido na região nordeste do Brasil. Assim, o presente estudo objetivou: avaliar os principais determinantes fenotípicos (_-hemólise e gelatinase) e genotípicos (ace, as, cylA, cylB, cylM, efaA, esp, gelE e vanA) de virulência; verificar a atuação do gênero como cultura iniciadora no queijo de coalho (produção de diacetil, proteólise, lipólise e perfil em leite tornassolado); avaliar a produção de atividade antimicrobiana por isolados sem potencial de patogenicidade. A avaliação de determinantes de virulência foi realizada com 150 Enterococcus spp isolados de 14 amostras de queijos de coalho provenientes de duas regiões de produção artesanal do estado do Ceará. Utilizando-se a técnica molecular da PCR (Reação em Cadeia da Polimerase), identificou-se a presença de 90% (135/150) de E. faecium, 2,7% (4/150) de E. faecalis e 7,3% (11/150) de Enterococcus spp. Entre os determinantes genotípicos avaliados por PCR...

Avaliação de riscos e de pontos críticos de contaminação por Enterococcus spp. e Bacillus cereus no processamento de ricota; Risks and critical points assessment of contamination by Enterococcus spp. and Bacillus cereus in the processing of ricota

Meg da Silva Fernandes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/07/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.19%
A ricota é um tipo de queijo fresco de origem italiana, obtido pela precipitação das proteínas do soro do queijo por acidificação associada ao calor. Por suas características nutricionais, físico-químicas e bioquímicas apresenta-se propícia ao desenvolvimento microbiano. No processamento deste produto destacam-se o Bacillus cereus, pela sua capacidade de esporular e ser um contaminante potencial do leite e do ambiente e as bactérias do gênero Enterococcus, pela característica ubíqua, habilidade de sobrevivência à condições diversas de pH, temperatura e salinidade e ocorrência em casos de infecções hospitalares. Os objetivos deste trabalho foram: a) verificar as possíveis fontes de contaminação de ricota por B. cereus e Enterococcus spp. ao longo do processamento; b) identificar as espécies de enterococos, avaliar o potencial de patogenicidade e o perfil de resistência destas espécies a antibióticos de uso clínico; e, c) avaliar a conformidade das amostras de ricota aos padrões microbiológicos legais. Amostras de leite cru e pasteurizado, soro de queijo, ricotas antes e após embalagem, superfícies diversas do ambiente e do ar obtidas em três coletas de laticínio da região Sul de Minas Gerais foram submetidas à determinação de B. cereus e Enterococcus spp. As contagens de B. cereus em leite cru...

Enterococcus spp e Pseudomonas spp isolados de ambiente de processamento de produtos lácteos : identificação, formação de biofilmes multi-espécies e controle por agente sanitizantes; Enterococcus spp and Pseudomonas spp isolated environmet processing of dairy products : identification, formation of multispecies biofilms and control of sanitizers

Marcília Santos Rosado Castro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.21%
Na elaboração de produtos lácteos, a qualidade do leite cru é um fator de grande importância. Alguns micro-organismos psicrotróficos produzem enzimas lipolíticas e proteolíticas, além de apresentar capacidade formar biofilmes em superfícies de equipamentos e utensílios utilizados no processamento. Dentre estes micro-organismos, estão bactérias dos gêneros Enterococcus e Pseudomonas. Neste trabalho, os objetivos principais foram avaliar a presença de bactérias do gênero Enterococcus e Pseudomonas produtoras de enzimas proteolíticas e lipolíticas, em ambientes de processamento de produtos lácteos, a possível formação de biofilmes mono e multi-espécies em superfície de aço inoxidável AISI 304 e seu controle por agentes sanitizantes. As coletas de amostras foram realizadas durante as etapas de processamento de queijo Minas Frescal. Bactérias dos gêneros Enterococcus e Pseudomonas e mesófilos aeróbios foram detectadas em amostras de matéria-prima, superfícies de contato e produto final. Também foram coletadas amostras de leite cru de duas outras indústrias, denominadas leite cru 3 e leite cru 4. O armazenamento das amostras de leite cru a 4, 7 e 10 °C por 2, 4 e 8 dias, perm itiu observar a influência do tempo e temperatura no desenvolvimento bacteriano. O aumento do tempo e temperatura promoveu a elevação das contagens de mesófilos aeróbios...

Comparação entre técnicas de instrumentação e protocolos de irrigação na redução de Enterococcus faecalis no canal radicular : estudo ex vivo; Comparison of instrumentation techniques and irrigation protocols in reduction of Enterococcus faecalis in root canal : ex vivo study

Cimara Barroso Braga Brum
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.13%
Este estudo teve por objetivo avaliar ex vivo a capacidade de desinfecção de diferentes técnicas de instrumentação utilizando os sistemas ProTaper, ProTaper + Gates, EndoEze, Mtwo e limas manuais em canais contaminados com Enterococcus faecalis, utilizando hipoclorito de sódio 1%, clorexidina gel 2% e soro fisiológico associados a diferentes protocolos de irrigação. Para este fim, 150 molares superiores humanos extraídos, previamente acessados, tiveram as entradas dos canais palatino e mésio-vestibular seladas com resina composta, para que somente o canal disto-vestbular fosse utilizado. O mesmo foi instrumentado até uma lima K #20 para estabelecer o diâmetro da lima anatômica inicial. Após estes procedimentos, os dentes foram autoclavados e posteriormente contaminados por 21 dias com Enterococcus faecalis. Em seguida os dentes foram divididos aleatoriamente em 15 grupos de 10 espécimes cada, de acordo com a técnica de instrumentação e o protocolo de irrigação utilizado. Amostras microbianas do canal radicular foram coletadas e cultivadas antes (coleta inicial - C1) e após a instrumentação (coleta da luz do canal - C2 e coleta de raspas de dentina - C3), para a determinação das unidades formadoras de colônia (UFC). A análise estatística foi realizada através dos testes de Kruskal Wallis/ Dunn para as comparações intergrupo...

Enterococcus spp. e Bacillus cereus isolados do processamento de ricota: patogenicidade, formação de biofilmes multiespécie e detecção de autoindutores AI-2 = : Enterococcus spp. and Bacillus cereus isolated from ricotta processing: pathogenicity, multi-species biofilm formation and detection of the autoinducer AI-2; Enterococcus spp. and Bacillus cereus isolated from ricotta processing: pathogenicity, multi-species biofilm formation and detection of the autoinducer AI-2

Meg da Silva Fernandes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.14%
Enterococcus faecium e Enterococcus faecalis são espécies de patógenos oportunistas que infectam principalmente imunocomprometidos. Estas espécies são encontradas em produtos lácteos e possuem capacidade de formar biofilme em superfícies que contatam com os alimentos. A sua remoção é muito dependente dos procedimentos de higienização. Os Enterococcus spp. utilizam o sistema de comunicação célula-célula (quorum sensing) para a formação de biofilmes. A formação de biofilme mono e multiespécie, a eficácia dos procedimentos de higienização no controle destes biofilmes e a produção de moléculas sinalizadoras de quorum sensing por cepas de E. faecalis, E. faecium, Bacillus cereus e Listeria monocytogenes foram avaliadas. Os ensaios foram realizados com cupons de aço inoxidável e variando-se a temperatura (7, 25 e 39 °C) e o tempo (0, 1, 2, 4, 6 e 8 dias). Após 1 e 8 dias de contato nas temperaturas de 25 e 39 °C, os cupons foram submetidos a diferentes processos de higienização. Os sanitizantes testados foram: hipoclorito de sódio (0,2%), ácido peracético (0,2%), quaternário de amônio (3,0%) e biguanida (1,0%). A detecção das moléculas sinalizadoras de quorum sensing AI-2 foi realizada através da avaliação do gene luxS e de ensaio biológico de bioluminescência. Nenhum dos micro-organismos avaliados foi capaz de formar biofilmes a 7 ?C. Enterococcus sp. foram capazes de formar biofilmes...

Análise molecular de factores de virulência em Enterococcus spp. de animais

Pereira, Bárbara João Gonçalo Gomes
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Dissertação de Mestrado em Genética Molecular Comparativa e Tecnológica; A incidência de bactérias resistentes a antibióticos constitui uma preocupação crescente, tanto em medicina veterinária como em medicina humana. Os enterococos são parte integrante da flora bacteriana gastrointestinal normal do Homem e dos animais, podendo, ocasionalmente provocar infecções. O género Enterococcus constitui um grupo heterogéneo de bactérias com mais de trinta espécies diferentes, sendo que, a produção de factores de virulência por estirpes deste género pode estar relacionada com um aumento da sua patogenicidade. Este trabalho teve por objectivo a detecção de 12 genes codificadores de factores de virulência em isolados de enterococos (31 E. hirae, 14 E. faecium, 7 Enterococcus spp., 4 E. durans, 2 E. gallinarum e 2 E. casseliflavus) obtidos de avestruzes, através da técnica PCR e da utilização dos primers específicos. Os genes testados foram os seguintes: gelE (gelatinase), fsr (regulador da expressão do gelE), cpd (determinante de feromona), ace (factor de colonização acessório), agg (substância de agregação), esp (proteína de superfície extracelular), hyl (hialuronidase) e genes do operão cyl (cylB, cylM...

Caracterização fenotípica e genotípica da resistência a antibióticos em Enterococcus spp. isolados de tracto intestinal de coelhos (Oryctolagus cuniculus)

Coimbra, Antónia Maria Monteiro Paiva
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Dissertação de Mestrado em Engenharia Zootécnica; Os antibióticos utilizados em ambiente de produção animal, para além de serem empregues no tratamento de infecções bacterianas, são também utilizados como agentes profilácticos e como promotores de crescimento. O uso inapropriado em animais, de compostos com estruturas similares aos usados em humanos, muita das vezes contribui para um acréscimo das resistências bacterianas, tornando estas moléculas menos profícuas no tratamento de infecções animais e humanas. O aparecimento de estirpes bacterianas com múltipla resistência aos agentes antibacterianos em animais de produção, é preocupante, pela possível passagem dos microrganismos ou dos seus genes de resistência aos humanos através da cadeia alimentar. Em cunicultura, as doenças infecciosas são um factor limitante do potencial produtivo e consequentemente da rentabilidade de uma exploração. Os isolados bacterianos analisados no presente trabalho provieram de um estudo que pretendeu avaliar efeitos da inclusão de diferentes teores de manano-oligossacaridos (Bio-Mos®: MOS 1; MOS 1.5; MOS 2) na dieta de coelhos a partir do 32º dia, comparando os resultados com um controlo negativo (sem aditivos) e um controlo positivo (com um antibiótico promotor de crescimento: APC...

Antimicrobial resistance profile of Enterococcus spp isolated from food in southern Brazil; Perfil de resistência antimicrobiana de Enterococcus spp isolados de alimentos no Sul do Brasil

Riboldi, Gustavo Pelicioli; Frazzon, Jeverson; D'Azevedo, Pedro Alves; Frazzon, Ana Paula Guedes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
37.13%
Cinqüenta e seis cepas de Enterococcus spp. foram isoladas de alimentos no Sul do Brasil, confirmados por PCR e classificadas como Enterococcus faecalis (27), Enterococcus faecium (23) e Enterococcus spp. (6). Testes de susceptibilidade aos antimicrobianos demonstraram fenótipos de resistência a uma gama de antibióticos administrados em humanos, como gentamicina, estreptomicina, ampicilina e vancomicina.; Fifty-six Enterococcus spp. strains were isolated from foods in Southern Brazil, confirmed by PCR and classified as Enterococcus faecalis (27), Enterococcus faecium (23) and Enterococcus spp (6). Antimicrobial susceptibility tests showed resistance phenotypes to a range of antibiotics widely administrated in humans such as gentamycin, streptomycin, ampicillin and vancomycin.

Efecto producido por la ingesta crónica de leche fermentada por Enterococcus faecalis CECT 5728 en ratas hipertensas; Effect produced by chronic intake of milk fermented by Enterococcus faecalis CECT 5728 in hypertensive rats

Miguel, Marta; Muguerza, B.; Sánchez, E.; Delgado, M. A.; Recio, Isidra; Ramos González, María Mercedes; Aleixandre, Amaya
Fonte: Elsevier España Publicador: Elsevier España
Tipo: Artículo Formato: 918459 bytes; application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.14%
7 pages.; [Introducción y objetivos] La fermentación de la leche por algunas bacterias genera péptidos con actividad inhibidora de la enzima convertidora de la angiotensina. Se evalúan los cambios de la presión arterial que produce en ratas espontáneamente hipertensas la administración crónica de leche fermentada por Enterococcus faecalis CECT 5728 con actividad inhibidora de esta enzima.; [Material y métodos] Se utilizaron ratas macho espontáneamente hipertensas recién destetadas con 3 semanas de vida. Las ratas se dividieron en cinco grupos que ingerían los siguientes productos líquidos: agua (control negativo), leche fermentada sin actividad inhibidora de la enzima convertidora de la angiotensina (testigo), captopril (100 mg/kg) (control positivo), leche fermentada por Enterococcus faecalis CECT 5728 y leche fermentada por Enterococcus faecalis CECT 5728 que estaba enriquecida en calcio. Los tratamientos se retiraron cuando las ratas tenían 20 semanas de vida. Se midió la presión arterial sistólica y diastólica de las ratas mediante el método del maguito en la cola cuando tenían 5, 10, 15, 20 y 25 semanas de vida.; [Resultados] El tratamiento con captopril disminuyó significativamente la presión arterial sistólica y diastólica de las ratas. La leche fermentada por Enterococcus faecalis CECT 5728 también disminuyó significativamente estas variables...

Enterococcus spp. isolated from root canals with persistent chronic apical periodontitis in a Chilean population;

Sánchez-Sanhueza, Gabriela; González-Rocha, Gerardo; Bello-Toledo, Helia
Fonte: UNICAMP/FOP Publicador: UNICAMP/FOP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ;
Publicado em 01/01/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.11%
Aim: To isolate and identify in a Chilean population, Enterococcus spp. from root canals with persistent chronic apical periodontitis (CAP) and to investigate the potential correlation between the bacteria and the observed clinical features. Methods: Twenty patients with indication for endodontic retreatment due to persistent CAP were selected. Data from patient general health and dental clinical history were recorded. During retreatment, a microbial sample was obtained from the root canal and inoculated in a selective Enterococcus medium. Using bacterial cultivation methods, bacterial isolates belonging to the genus Enterococcus were identified. The relationship between the number of colony-forming units of Enterococcus spp. and patient clinical data was assessed statistically by the Pearson Chi square and Fisher exact tests. Finally, a Polymerase Chain Reaction (PCR) assay to determine the most prevalent species of Enterococcus spp. was conducted in the clinical samples, and the results were analyzed by a proportion comparison test. Results: Enterococcus spp. strains were isolated in 70% of the patients. Most of them (98.8%) accounted for Enterococcus faecalis and only 1.2% for Enterococcus faecium. A high frequency of E. faecalis was found in teeth with inadequate endodontic treatment or dental crown restorations. Conclusions: This study concluded that E. faecalis is prevalent in root canals with persistent CAP in a Chilean population. E. faecium as found in a single case with the poorest root canal filling. Further studies are still required to investigate the presence of other species...