Página 1 dos resultados de 3689 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

As competências de liderança dos alunos do ensino secundário: um estudo de caso na Madeira

Bento, António; Ribeiro, Maria Isabel
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
65.99%
Os Alunos do ensino secundário desenvolvem durante o seu percurso escolar e académico varias competências de liderança. Todavia, esta área como alvo de estudo investigacional tem despertado pouca atenção por parte de investigadores Portugueses. Neste sentido, este estudo de investigação pretende analisar as características de liderança dos alunos do ensino secundário em duas escolas (uma urbana e outra rural) da Região Autónoma da Madeira e procura determinar as diferenças existentes quanto ao tipo de escola e quanto ao género em oito domínios distintos: 1) auto-gestão; 2) relações interpessoais; 3) resolução de problemas/tomada de decisões; 4) desenvolvimento cognitivo/análise crítica; 5) organização e planeamento; 6) auto-confiança; 7) sensibilidade para a diversidade; e, 8) tecnologia. Foi usada, na recolha de dados, a escala Student Leadership Outcomes Inventory (SLOI) um instrumento desenvolvido por Vann (2000) com 60 itens. Os respondentes classificam os itens numa escala tipo Likert com respostas que variam entre “1 - discordo completamente” e “4 - concordo completamente”. Um total de 158 alunos finalistas participou neste estudo, proveniente da população estudantil finalista do ensino secundário no ano lectivo de 2008/2009. Os participantes no estudo indicaram níveis moderados a elevados de competências de liderança nas oito sub-escalas; Por outro lado...

A abordagem da Física Moderna no ensino secundário - as bases da Teoria Quântica e da estrutura atómica -

Duarte, Maria do Rosário da Silva
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
65.98%
Neste trabalho estudámos alguns temas de Física moderna que estiveram na base da Teoria Quântica. Seleccionámos um conjunto de assuntos relacionados com as novas ideias sobre a natureza da luz e com o conhecimento da estrutura atómica. Estes objectos de estudo são abordados nos actuais currículos do ensino secundário, nas disciplinas de Física e Química A, Física ee Química B dos 10.º e 11.º anos e nas disciplinas de Física e de Química do 12.º ano. O trabalho realizado centrou-se em dois aspectos complementares: por um lado, procurou-se compreender o contexto histórico em que decorreram algumas das descobertas mais marcantes na viragem do século XIX para o século XX e, por outro, investigar o papel desempenhado pelas experiências na construção da Física Quântica. Foi consultada diversa bibliografia de modo a recolher a necessária informação histórica e foram realizadas, usando equipamento actual, algumas das experiências mais notáveis daquele período. Nas conclusões finais procuramos sumariar os aspectos mais relevantes do trabalho e sobretudo apresentar sugestões para que ele possa servir de documento de consulta e instrumento de trabalho para professores e para alunos do ensino secundário e para alunos do ensino superior que realizem a sua formação vocacionada para o ensino da Física

A bioliteracia dos alunos do ensino secundário : as decisões políticas e as realidades reveladas

Soeiro, Maria da Conceição Ferreira
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.01%
Neste século, as grandes descobertas no campo da Biologia têm confrontado os cidadãos com questões que, pela sua natureza, exigem destes um grau de bioliteracia que os capacite a intervir e agir na sociedade. A Escola não pode ignorar a multiplicidade de problemas deste mundo globalizado, cabendo-lhe um papel acrescido de responsabilidade na promoção da bioliteracia dos jovens. Nesta tese, foi realizado um trabalho de investigação conducente à avaliação do grau de bioliteracia dos alunos do ensino secundário, nos anos de 2008-2009 e 2009-2010, cuja reforma vigente fora promulgada pelo XV Governo Constitucional, em 2004. Esta investigação foi realizada em três etapas distintas: 1) Análise documental e contatos com cientistas internacionais; 2) Questionário aos alunos do ensino secundário; e 3) A opinião dos alunos do ensino superior. Os resultados obtidos permitiram constatar diferenças significativas no nível geral de bioliteracia dos estudantes do ensino secundário consoante determinadas condições sociodemográficas. De um modo geral, podemos concluir pelos resultados obtidos que metodologias ativas, que vão ao encontro das principais premissas nas atuais políticas educativas, podem ter contribuído para os resultados globalmente satisfatórios na bioliteracia dos alunos em fase de conclusão do ensino secundário.; This century’s major discoveries in the field of Biology have confronted citizens with issues which...

As reformas necessárias ao ensino secundário brasileiro nos anos 1950, segundo a Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos; The necessary reforms to the Brazilian secondary school in the 1950s according to the Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos

Braghini, Katya Zuquim; Bontempi Junior, Bruno
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66%
Neste artigo, propõe-se uma análise dos artigos sobre o ensino secundário, publicados na Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (RBEP) ao longo dos anos de 1950. Investigam-se as críticas feitas por seus colaboradores à organização dada pela Lei Orgânica do Ensino Secundário (1942) a ramo do ensino médio, assim como as principais propostas de reforma, visando a torná-lo mais ativo, mais prático e mais popular. O objetivo principal é investigar que novo padrão de ensino secundário se projetava da combinação dos argumentos, como ideal para o ensino secundário brasileiro nos anos 1950. Tais necessidades se justificavam pela ideia de que o mundo vinha sendo regido por "novos imperativos" culturais, que a escola brasileira deveria adotar a fim de fomentar o desenvolvimento do país.

A implementação de decisões vocacionais no Ensino Secundário : contributos para a construção de um modelo de intervenção

Carvalho, Marisa
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 10/01/2013 POR
Relevância na Pesquisa
65.99%
Tese doutoramento Psicologia (área de especialização em Psicologia Vocacional); As escolhas de carreira estão entre as decisões mais importantes que as pessoas tomam ao longo da sua vida, na medida em que têm implicações significativas nas diferentes áreas do desenvolvimento (Gati & Tal, 2008). A investigação no campo da psicologia vocacional oferece um vasto conjunto de conceções e modelos sobre a tomada de decisão (Hartung, 2010; Patton & McIIveen, 2009; Tien, 2007). Contudo, trabalhos recentes reconhecem a necessidade de aprofundamento de aspetos específicos deste processo (Gati & Tal, 2008; Hartung, 2010). Esta dissertação inscreve-se na linha de investigação relativa aos processos de tomada de decisão, procurando contribuir para o conhecimento dos fatores pessoais e contextuais implicados na implementação de decisões vocacionais no ensino secundário bem como para a organização de modelos integrados de intervenção vocacional nesta fase do percurso de vida dos jovens. Este estudo enquadra-se numa investigação de maior amplitude relativa aos modelos de intervenção vocacional no ensino secundário, dando seguimento a estudos prévios acerca do papel dos diferentes intervenientes educativos neste processo (Carvalho...

O desenvolvimento do raciocínio dedutivo ao nível do ensino secundário : recurso a geometrias planas

Neto, Teresa
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.04%
Este trabalho, no âmbito da Didáctica da Matemática, foca-se no estudo de abordagens alternativas de ensino e aprendizagem da Geometria Euclidiana, no Ensino Secundário, no sentido de promover níveis estruturados do pensamento matemático. Em particular, as potencialidades do recurso a outros modelos de Geometria Plana (e.g. Geometria Hiperbólica, Geometria do Motorista de Táxi) em relação a este problema serão investigadas. A opção pelo Ensino Secundário deve-se ao facto de se tratar de um nível de ensino onde se regista uma elevada taxa de insucesso escolar (especialmente no 10º ano) e onde é notório o abismo existente, entre o ensino Secundário e Universitário, no âmbito do raciocínio lógico - dedutivo. O trabalho a desenvolver pretende aprofundar o estudo de questões ligadas à natureza do conhecimento envolvido que estarão na base de decisões, tais como: Quais os processos que vão ser ensinados? Que processos queremos que os alunos dominem? E, por outro lado, ter em conta que se pretende desenvolver capacidades de ordem superior, significando que o ensino da Matemática deve dirigir-se para níveis elevados de pensamento, tais como: resolução de problemas; comunicar matematicamente; raciocínio e demonstração. No currículo de matemática para o Ensino Básico e Secundário tem-se negligenciado a demonstração matemática...

b-Learning no ensino secundário recorrente : uma proposta baseada na construção do conhecimento

Mesquita, Maria João Silva Teixeira Guedes
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66%
A utilização de um Ambiente de Aprendizagem para o Ensino Secundário Recorrente sustentado num sistema b-Learning (ensino misto, combinando ensino presencial e a distância) vem contribuir com mais um meio para aumentar a escolaridade dos cidadãos. Espera-se ainda que este contribua para melhorar o nível de sucesso, aumentando-o, e diminuir a taxa de abandono escolar. Com este trabalho pretende-se averiguar o grau de eficiência de um Ambiente de Aprendizagem para o Ensino Secundário Recorrente utilizando uma metodologia b-Learning. Para sustentar esta investigação procedeu-se a uma revisão da literatura sobre o Ensino a Distância e b-Learning, Sistema Educativo Português e Estratégias para Ambientes de Aprendizagem O ambiente de aprendizagem centra-se nas teorias de aprendizagem construtivistas e numa perspectiva colaborativa. Por isso, pode-se dizer que será aplicada uma metodologia de aprendizagem construtivista e colaborativa. O trabalho de implementação, referente ao ensino a distância, foi desenvolvido utilizando uma plataforma de e-Learning designada por TWT com um subdomínio denominado por Sítio da Disciplina, e para as sessões presenciais, recorreu-se ao sistema tradicional de aulas. Assim o Ambiente de Aprendizagem para o Ensino Secundário Recorrente foi suportado por uma abordagem mista de b-Learning. Esta plataforma é utilizada na escola desde 1998. Fez-se uma avaliação ao ambiente de aprendizagem através da realização de um inquérito com o qual se pretendeu avaliar a utilização da Internet...

A química orgânica no ensino secundário : percepções e propostas

Leal, Sérgio Carreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.08%
Foi intenção deste estudo analisar as percepções de alunos e professores sobre a química orgânica no ensino secundário, a partir das quais se apresentam algumas propostas que se consideram importantes para melhorar o processo ensino-aprendizagem desta área da química. A escolha da química orgânica deveu-se ao facto de se considerar esta área da química menosprezada nos programas propostos pelo Ministério de Educação, tendo em consideração a sua importância no quotidiano. A nova reforma curricular do ensino secundário que se iniciou no ano lectivo 2004/2005 continua na mesma linha dado que se verifica uma redução de conteúdos de química orgânica relativamente à reforma curricular anterior. Mais do que uma simples análise da situação actual da química orgânica no ensino secundário, este estudo é um projecto de desenvolvimento curricular, considerando-se como destinatários os responsáveis pela elaboração e revisão dos programas curriculares do Ministério de Educação, autores de manuais escolares que utilizam os programas como referencial para o desenvolvimento de materiais escolares que servem de apoio ao processo ensino-aprendizagem e professores do ensino secundário, que devem proporcionar aos alunos a motivação necessária e promover a literacia científica para a aprendizagem da química orgânica. Este estudo envolveu não só a análise documental dos programas propostos pelo Ministério de Educação...

Linguagem metafórica e ensino da química quântica/ensino secundário

Ornelas, Paula Cristina de Sousa Pereira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.06%
O estudo da linguagem metafórica no ensino das ciências, na aprendizagem das ciências, na formação de professores de ciências e na construção das ciências é uma linha de investigação de grande actualidade. Uma boa parte dessa relevância advém do carácter abstracto de muitos dos conceitos científicos e do poder da linguagem metafórica não só como instrumento de comunicação mas também de construção do conhecimento, ou seja, seu carácter heurístico. A finalidade deste estudo é, no quadro de uma Didáctica de raiz construtivista, contribuir para um melhor conhecimento sobre o papel e usos da linguagem metafórica no ensino das Ciências/Química tendo em vista a melhoria desse ensino, em particular no âmbito da Química Quântica/estrutura atómica (ensino secundário). Trata-se de um tema curricularmente relevante, reconhecidamente difícil quer no ensino quer na aprendizagem e de que existem poucos estudos de investigação nesse nível de ensino e em ambiente de sala de aula. De acordo com tal finalidade definiram-se como questões de investigação (i) Se existem e quais as evidências de linguagem metafórica (LM) usada por professores e alunos no quadro do ensino da estrutura atómica (ensino secundário)? (ii) Quais as características da LM usada por professores e alunos no ensino da estrutura atómica (ensino secundário)? (iii) De que forma a LM é usada por professores e alunos no quadro das estratégias de ensino da estrutura atómica (ensino secundário)? (iv) Que implicações se podem retirar do estudo tendo em vista melhorar a articulação entre a investigação sobre o ensino da Química e a formação de professores de Química? O estudo incidiu sobre o ensino de uma unidade curricular completa...

EDUCAÇÃO EM GEOCIÊNCIAS NO CURRÍCULO DO ENSINO SECUNDÁRIO DE TIMOR-LESTE

Bonito, Jorge; Marques, Luis; Rebelo, Dorinda; Soares de Andrade, António
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
65.98%
No âmbito da Reforma Curricular do Ensino Secundário Geral da República Democrática de Timor-Leste, foi definido um plano que permitisse aos alunos escolher uma de duas vias de formação: Ciências e Tecnologias, e Ciências Sociais e Humanidades. Inserida na primeira via, a Geologia, que se articula com área do desenvolvimento científico das Ciências Físico-Naturais, estudadas no 3.º ciclo do ensino básico, é uma das cinco disciplinas da área das Ciências e Tecnologias, ao longo dos três anos do ensino secundário, com três tempos letivos semanais. Enquanto “medicina da Terra”, a Geologia desempenha um papel duplo: contribui para a formação do cidadão e é relevante para a sustentabilidade dos equilíbrios essenciais à manutenção da vida no Planeta. “As temáticas que aborda influenciam o bem-estar da pessoa humana, o desenvolvimento económico, o progresso social e, ainda, a forma como esta interage com o ambiente. Nesse sentido, pretende-se que a disciplina de Geologia contribua para que os alunos desenvolvam capacidades, atitudes e valores de uma forma integrada e contextualizada, com recurso a diferentes ambientes de aprendizagem, como a sala de aula ou o campo” (PCESG, 2011). Dentre os pressupostos que sustentam a educação em geociências...

A estatística e as probabilidades no ensino secundário: análise dos programas de Matemática A e B na perspectiva do professor e dos alunos

Sara, Cristina Baião Caldeira
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.04%
Tese de mestrado, Probabilidades e Estatística, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2009; Este trabalho de investigação está centrado em dois objectivos. O primeiro consiste em analisar as unidades de Estatística, de Probabilidades e Combinatória e de Modelos de Probabilidade nos programas de Matemática A e B do Ensino Secundário. O segundo objectivo pretende analisar a opinião dos alunos do 3.ºCiclo e do Ensino Secundário relativamente aos programas de Matemática, aos conteúdos de Estatística e de Probabilidades, bem como à forma como estes foram abordados nas aulas. Para desenvolver a primeira parte do trabalho foram utilizados diversos documentos, entre eles os programas de Matemática A e B do Ensino Secundário e as brochuras de Estatística e de Probabilidades e Combinatória que são sugeridas como guias de apoio ao professor na leccionação destas componentes. Em relação à segunda parte do trabalho, foram elaborados inquéritos como instrumento de recolha de dados. Esta parte do estudo contou com a participação de 1144 alunos do 3.ºCiclo e do Ensino Secundário de diversas escolas da região de Lisboa e Vale do Tejo. O estudo realizado permitiu concluir que é necessário efectuar uma revisão das temáticas de Estatística e de Probabilidades nos programas de Matemática A e B do Ensino Secundário...

As reformas necessárias ao ensino secundário brasileiro nos anos 1950, segundo a Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos

Braghini,Katya Zuquim; Bontempi Junior,Bruno
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66%
Neste artigo, propõe-se uma análise dos artigos sobre o ensino secundário, publicados na Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (RBEP) ao longo dos anos de 1950. Investigam-se as críticas feitas por seus colaboradores à organização dada pela Lei Orgânica do Ensino Secundário (1942) a ramo do ensino médio, assim como as principais propostas de reforma, visando a torná-lo mais ativo, mais prático e mais popular. O objetivo principal é investigar que novo padrão de ensino secundário se projetava da combinação dos argumentos, como ideal para o ensino secundário brasileiro nos anos 1950. Tais necessidades se justificavam pela ideia de que o mundo vinha sendo regido por "novos imperativos" culturais, que a escola brasileira deveria adotar a fim de fomentar o desenvolvimento do país.

A sociologia como disciplina escolar no ensino secundário brasileiro: 1925-1942

Guelfi,Wanirley Pedroso
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
66.01%
Nesta investigação, o objetivo maior foi compreender a inclusão e permanência da Sociologia como disciplina escolar nos currículos do ensino secundário brasileiro entre 1925-1942 na modalidade propedêutica. Este objeto de estudo insere-se no campo de pesquisa recente e em constituição: a história das disciplinas escolares. A justificativa da escolha do recorte temporal e da delimitação do tema fundamentou-se em duas questões: a primeira explica-se pelo fato de que o período pesquisado foi o único momento no qual a Sociologia foi obrigatória, incluída e ministrada; a segunda fundamenta-se no fato de não se encontrar uma discussão de época sobre a disciplina nem sobre o seu ensino. Além disso, o percurso da Sociologia como disciplina escolar ca-racteriza-se por um movimento de oscilações nos currículos do ensino secundário entre períodos nos quais ela foi incluída, excluída, optativa ou sugerida. Diante desse quadro, a problemática foi direcionada no sentido de verificar se a inclusão da Sociologia nesse período foi associada ao ideário da modernidade, constituindo-se num dos seus símbolos e instrumentos que participam efeti vãmente no processo de constituição da modernidade no país. Esse tema envolve...

A homogeneização do ensino secundário na década de 1930: estratégias de eficiência, racionalidade e controle

Abreu,Geysa Spitz Alcoforado de
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.01%
O objetivo deste texto é discutir algumas medidas que evidenciam a crescente atenção por parte da administração brasileira quanto às instalações dos estabelecimentos destinados ao ensino secundário, a partir do decreto-lei nº 19.890 - de 18 de abril de 1931. Para tanto, parte-se da análise do documento intitulado "Classificação dos Estabelecimentos de Ensino Secundário", do Ministério da Educação e Saúde, consubstanciada na portaria de 15 de abril de 1932, elaborado por Anísio Teixeira, Paulo de Assis Ribeiro, Otavio Martins, dentre outros, que foram buscar nos standards de Strayer e Engelhardt as normas que julgavam necessárias adotar e adaptar para o Brasil; bem como suas repercussões num estabelecimento de ensino secundário, fundado em Curitiba, em 1935, a saber, o Ginásio Belmiro César, utilizando como fontes a legislação sobre o ensino secundário e relatórios de inspeção federal. A legislação que entrou em vigor, nos anos de 1930, visava à homogeneização do ensino secundário em instituições públicas e privadas, em todo o território nacional. Dentre as medidas complementares adotadas, merece especial atenção a implantação de uma sistemática de inspeção, por meio da qual poderiam ser alcançados níveis mais altos de eficiência...

A programação linear no ensino secundário.

Paiva, Suzete Marisa de Almeida
Fonte: Universidade Portucalense Publicador: Universidade Portucalense
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
65.99%
As constantes transformações nas sociedades modernas repercutem-se necessariamente em todo o sistema de ensino o que exige a revisão continua de princípios, processos e objectivos do ensino/aprendizagem. Em particular no ensino da Matemática, tornou-se imperativo a aquisição de aprendizagens significativas que proporcionem o contacto com situações do quotidiano e enfatizem a resolução de problemas. O repensar da acção escolar tem de ter em conta, também, as novas tecnologias com o objectivo de reforçar a motivação para a aprendizagem e permitir a aquisição de competências capazes de ultrapassar, com sucesso, os desafios sociais. Ate ao ano lectivo 2004/2005, o estudo da Programação Linear era conteúdo programático de leccionação facultativa. Actualmente, a Programação Linear e um dos temas obrigatórios das disciplinas de Matemática A do 11o ano e Matemática B do 12o ano do Ensino Secundário e no modulo A10 (designado por Optimização) no Ensino Profissional. Esta dissertação, "A Programação Linear no Ensino Secundário", pretende mostrar os benefícios da Programação Linear enquanto aprendizagem matemática obrigatória no Ensino Secundário. Consiste numa abordagem sobre os possíveis modos de resolução de problemas de Programação Linear...

A reforma educativa e o currículo para o ensino secundário, em Cabo Verde (1990/2005)

Gambôa, Cecília Monteiro Fernandes
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 104 f.| grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
65.99%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Programa de Pós-graduação em Educação; A produção intensa de relatórios, documentos de diagnóstico e discursos governamentais, nas últimas décadas, revela que a educação passou a ser central para as formulações nacionais e internacionais. Isto relaciona-se às muitas reformas educativas realizadas, cujas declarações afirmam o pressuposto da melhoria da qualidade do ensino e sua universalização e democratização. Cabo Verde, país africano, como outros que se inscrevem nas relações capitalistas ocidentais, tem se deparado com as perspectivas de mudança aí apregoadas, as quais se articulam de algum modo à expectativa de que a educação e a formação sejam condições para a igualdade, a equidade e a justiça social. Esta pesquisa intitulada "Reforma Educativa e o Currículo para o Ensino Secundário em Cabo Verde", foi realizada, no bojo dessa problemática com objetivo de analisar nos documentos curriculares, as finalidades atribuídas a esse nível de ensino, após a implementação da Reforma Educativa dos anos 1990. A análise demonstra que, no âmbito dos documentos centrais da reforma, com marco na Lei de Base do Sistema Educativa de Cabo Verde...

Os discursos e as práticas no ensino e aprendizagem da História : representações de professores e alunos do ensino secundário

Pacheco, Paulo Bernardo de Magalhães
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 11/03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.03%
Tese de doutoramento em Ciências da Educação (ramo do conhecimento em Educação em História e Ciências Sociais); A problemática tratada nesta tese foi a das representações dos professores e dos alunos sobre os discursos e as práticas do ensino e da aprendizagem da disciplina de História A, no ensino secundário. Procurou saber como aqueles atores se situavam relativamente às finalidades da História, às características de um bom professor de História, às atividades pedagógicas que se realizam no quotidiano da sala de aula e as que eram da sua preferência. Realizou-se também uma análise comparativa entre as ideias dos alunos e dos seus professores, (10º, 11º e 12º ano de escolaridade) relativamente às conceções e práticas do ensino e aprendizagem da História A, as suas funções e impactos que têm no ensino e aprendizagem da disciplina. Procurou-se, assim, encontrar as diferenças e as comunalidades entre estas duas vozes. Para tal, desenharam-se duas questões de investigação: 1) Quais são as conceções e práticas do ensino e aprendizagem da História A dos professores e alunos do Ensino Secundário? Quais são as conceções sobre as Finalidades da História? Quais são conceções sobre o que é ser um ‘Bom Professor de História’? Quais são as atribuições de importância e a frequência de uso das atividades pedagógicas realizadas na aula de História? 2) Qual é o impacto dessas conceções e práticas no ensino e aprendizagem da História A do Ensino Secundário? Esta investigação adotou características de um estudo de caso de natureza descritiva e qualitativa...

Dinâmicas de leitura recreativa pelos alunos do ensino secundário

Almeida, Maria Alice Pereira de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
65.99%
A leitura é parte integrante da vida do indivíduo. Ler é o resultado de uma aprendizagem contínua que se inicia muito antes da aprendizagem dos caracteres de leitura, e que se vai aperfeiçoando à medida que se adquire a capacidade de descodificar as mensagens, de interpretar e compreender o seu conteúdo. A formação do indivíduo passa necessariamente pela leitura. É importante que os jovens se envolvam nas práticas de leitura, quer estas sejam de carácter obrigatório - a nível escolar - quer sejam de leitura por prazer. O gosto e o desejo de ler leva a uma leitura prazerosa no indivíduo que a pratica. Neste trabalho, estudo de caso, pretende-se averiguar se os alunos do ensino secundário têm hábitos de leitura, se leem com gosto e qual o tempo que despendem na leitura diária. A metodologia de trabalho foi a aplicação de um inquérito por questionário a todos os alunos da Escola Básica e Secundária de Sever do Vouga do ensino regular e a análise dos dados das requisições domiciliárias correspondentes aos anos escolares 2011-2012 e 2012-2013. Da análise dos resultados obtidos foi possível concluir que os alunos do ensino secundário leem menos do que os alunos que frequentam o ensino básico, que ocupam o seu tempo livre no computador na internet a divertirem-se ou a fazerem trabalhos escolares e a ver televisão. O tempo utilizado por estes alunos para a leitura de livros não escolares ou seja leitura recreativa é muito pouco...

O ensino secundário da física em escolas timorenses : o trabalho laboratorial e o recurso a materiais simples

Cabral, Paulo Alves
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.03%
As atividades de laboratório são uma forma de organizar o ensino das ciências que podem promover aprendizagens conceptuais, procedimentais e atitudinais dos alunos nas escolas. Num jovem pais, como é o caso de Timor-Leste, no qual se vive uma reforma curricular no ensino secundário e onde caceiam recursos materiais e humanos, pareceu-nos pertinente averiguar em que medida os professores de física dizem utilizar atividades laboratoriais com recurso a materiais simples nas suas aulas. De referir que este estudo se insere num projeto mais amplo financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia “Avaliação do impacte da reestruturação curricular do ensino secundário em Timor-Leste – um estudo no âmbito da cooperação internacional (PTDC/MHC-CED/5065/2012). É assim objetivo geral deste trabalho compreender que tipo de atividades laboratoriais (AL) professores de Física de escolas secundárias timorenses dizem utiliza nas suas aulas e se estas envolvem materiais simples e com base neste compreensão propor sugestões para o ensino da Física. Como objetivos específicos definiram-se os seguintes: caracterizar que AL professores de Física em escolas secundárias timorenses dizem fazer (por exemplo, tipos de abordagens e de materiais utilizados); averiguar as dificuldades na utilização dessas AL; fazer propostas para o Ensino da Física de forma a potenciar o uso de AL em particular com recurso a materiais simples. O estudo utiliza uma metodologia de investigação predominantemente quantitativa...

Estratégias para o sucesso na disciplina de Física e Química A, no Ensino Secundário

Gil, Maria da Conceição Lopes Jorge
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
65.99%
Um mundo em mudança pressupõe, obrigatoriamente, uma nova abordagem da educação, na qual as novas tecnologias da informação e da comunicação, promovem novas formas de pensar, de aprender e de ensinar. A escola do século XXI não pode ficar indiferente ao mundo que a rodeia, devendo garantir uma educação relevante e com qualidade para todos os alunos. Para tal tem imperiosamente, que se adaptar às necessidades das sociedades que serve. O desenvolvimento das tecnologias multimédia veio, indubitavelmente, facilitar e melhorar a comunicação na sociedade actual, nomeadamente, entre o professor e os seus alunos. O presente trabalho centra-se no estudo das práticas lectivas - por serem aquelas que estão mais directamente relacionadas com os alunos -, nos recursos e estratégias que os professores utilizam nas salas de aula, os quais são fundamentais, na compreensão dos conhecimentos e sua aplicação. Dos vários recursos existentes explora-se a Escola Virtual da Porto Editora, o Manual Multimédia (11F e 11Q) da Texto Editora e Simuladores existentes em vários portais, com ligação à internet. Analisam-se alguns conteúdos contemplados nos programas, do ensino secundário, comparando a sua exploração nos recursos referidos. Este estudo permite tirar conclusões positivas...