Página 1 dos resultados de 244 itens digitais encontrados em 0.056 segundos

Prática e Aprendizado (a importância da Agência Universitária de Notícias como jornal-laboratório); Practical and Learning (the role of news university agency as newspaper-laboratory)

Santos, Fernando de Maria dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
85.9%
Objeto - Aliar a prática acadêmica à produção de conteúdo jornalístico segmentado, permitindo, especialmente, à Imprensa e, conseqüentemente, ao público em geral ter acesso aos textos elaborados por estudantes de Jornalismo. Desta forma, procura-se unir a elaboração de material qualificado com o estímulo ao aprendizado discente, utilizando-se as agências universitárias de notícias como modelos laboratoriais para esta finalidade, tendo as novas tecnologias um papel importante na expansão desta atividade nos cursos de Jornalismo do País. Metas - Identificar a importância da existência das agências universitárias de notícias para o aprimoramento acadêmico do aluno e seu papel como agente no processo de divulgação de informações jornalísticas à sociedade. Resultados - A escolha de três universidades de regiões geográficas distintas e a importância particular, em especial em relação a outros veículos laboratoriais, em razão da sua atuação social e agilidade, revelam a potencialidade desta atividade acadêmica que pode ser implementada em qualquer tipo de instituição, seja pública ou privada.; Object - Join the academic practice and the production of segmented journalistic content, allowing, especially...

Vivências com a escrita de textos nos cursos de jornalismo: das proposituras curriculares às interações em sala de aula; Vivências com a escrita de textos nos cursos de jornalismo: das proposituras curriculares às interações em sala de aula

Assis, Cássia Lobão
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
96.06%
Esta tese de doutoramento esboça uma avaliação das condições de trabalho com produção de textos em cursos de jornalismo brasileiros. Partimos do pressuposto de que a escrita noticiosa é uma competência acessível a qualquer pessoa, desde que haja condições didático-pedagógicas favoráveis ao exercício constante dessa atividade de linguagem. Esse entendimento desfaz a idéia da capacidade de escrever textos como um dom apriorístico individual, que tem na escola apenas uma instância legitimadora dessa imanência para uns poucos escolhidos. O lastro teórico de nossa argumentação é a noção de letramento, cuja tessitura nos permite refletir sobre essa questão numa perspectiva histórico-legislativa e científico-interdisciplinar significativa ao campo particular do ensino de jornalismo. Consideramos ainda o advento das novas tecnologias enquanto fator constitutivo da necessidade de novos paradigmas de ensino, que enfim se encaminha, embora a passos lentos, à superação da escrita episódica, tradicionalmente vinculada ao termo redação. A perspectiva intersubjetiva nos chega como inexorável e a sistematização dessa trajetória pedagógica é nossa contribuição a uma consciência científica dessa questão...

Múltiplas possibilidades: a estruturação dos projetos experimentais no ensino de jornalismo; Multiple Possibilities: the structuring of the experimental projects in the journalism education

Oliveira, Eliane Freire de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
116.1%
O ensino de Jornalismo é objeto freqüente de reflexão, principalmente no que diz respeito à aquisição e compreensão de ferramentas e conhecimentos necessários para a formação de um profissional com múltiplas habilidades e competências. A implantação dos Projetos Experimentais no currículo da Habilitação Jornalismo nos cursos de Comunicação Social no Brasil ocorreu em 12 de abril de 1978, recebendo posteriormente, a partir da Resolução do CFE nº 002/84, o tratamento de disciplina regida por normas específicas de acordo com os projetos pedagógicos das instituições de ensino superior. A pesquisa investiga o papel exercido pelos Projetos Experimentais em universidades paulistas, que possibilitam, por meio de diferentes experiências adotadas, a vivência, a aquisição e o domínio de técnicas importantes da produção jornalística para a formação ética e profissional dos graduandos em Jornalismo. Por meio de estudo de casos múltiplos e tendo como referência principal as Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de Comunicação Social (Parecer CNE/CES nº 492/2001), verifica-se que os Projetos Experimentais têm importante papel no exercício de cidadania frente aos desafios e responsabilidades da profissão...

As armadilhas dos TCCs: práticas reprodutoras ou práxis transformadoras no ensino do jornalismo?; The traps of Course Works: reproductive practices or transformative praxis in journalism education

Almeida, Maria Cristina Rosa de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
86.06%
formação do jornalista como profissional crítico, ético e inovador, cuja atuação, pautada no interesse público, destine-se a consagrar o princípio de que o jornalismo só se constitui em jornalismo de fato se garantir ao cidadão o direito à informação precisa, correta e honesta. Em busca do refinamento de suas questões e hipóteses de origem, a pesquisa adota como objeto de estudo a formação específica do radiojornalista e como metodologia a abordagem qualitativa para análise de um corpus que reúne relatos de experiências, tanto no desenvolvimento de TCCs de jornalismo (produtos e monografias) como no ensino do radiojornalismo. Esses relatos expõem dificuldades, falhas e insucessos, descrevem iniciativas promissoras ou bem-sucedidas e sugerem propostas com viabilidade atestada ou a testar que justificam sua inclusão numa amostra sem representatividade quantitativa, porém sinalizadora de caminhos para a requalificação da formação do jornalista. O quadro referencial teórico que fundamenta o estudo articula-se estruturalmente à apresentação e análise do seu corpus, de modo a sustentar um percurso que se constrói pelo questionamento contínuo de seus resultados parciais até chegar a algumas proposições sobre as condições necessárias à operacionalização e formatação de TCCs concebidos e materializados como projetos de experimentação de futuros radiojornalistas de interesse público.; This dissertation" goal is to discuss the contribution of Course Works in the formation of the journalist as a critic...

Textos jornalísticos no ensino de língua portuguesa : proposta de atividade com elementos coesivos

Lukrafka, Tatiany Oleques
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf; application/zip
POR
Relevância na Pesquisa
75.8%
Este artigo tem por objetivo explorar textos jornalísticos para o ensino de língua portuguesa, com o intuito de ampliar seus usos em sala de aula para além das comuns exposições sobre gêneros textuais. Por acreditar que certas características da redação jornalística contribuem para a abordagem de várias temáticas, este trabalho busca despertar a atenção dos docentes sobre o assunto e sugerir alguns tópicos para os quais notícias e reportagens podem ser aproveitadas para o ensino de língua. Como forma de demonstrar o emprego desse tipo de material, ao final, propõe-se uma atividade com elementos coesivos.

Ensino de jornalismo na era da competitividade

Melech, Ana Maria de Souza
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: iii, 96 f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
96.12%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; Este trabalho descreve a relação existente entre IES- Instituição de Ensino Superior, que oferecem o curso de jornalismo em Curitiba, e o mercado de trabalho. Para isso buscou-se na referência histórica o processo de educação brasileira e o surgimento do jornalismo como ensino universitário. Somando-se a isto, a questão do ensino universitário em um novo ambiente, onde a alteração do número de vagas, para o curso, acarretou em uma nova perspectiva para as IES: mudaram-se as regras de oferta e procura no ensino superior privado. Traçar o perfil dos profissionais recém-formados em jornalismo e a realidade do mercado de trabalho, foi objetivo deste trabalho, como também, levantar uma avaliação qualitativa dos cursos curitibanos, feita por profissionais recém-formados.

O ensino de infografia nos cursos de jornalismo das Universidades do Brasil e da Espanha

Alves, Rafael Martins
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 220 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
76.11%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Jornalismo, Florianópolis, 2012; A consolidação do uso da infografia nos meios de comunicação contrasta com as raras inclusões de disciplinas sobre infografia nas universidades. O Brasil e, principalmente, a Espanha, são duas referências mundiais na produção de infográficos. Esta pesquisa tem como objetivo principal averiguar a situação atual do ensino da infografia como produto jornalístico nas universidades nos dois países. Foi utilizado o estudo de casos múltiplos como metodologia de pesquisa, o que incluiu uma análise bibliográfica sobre o assunto, utilizando principalmente autores como Cairo, Valero Sancho, Teixeira e Frölich e Holtz-Bacha, análise de documentos, como os currículos dos principais cursos de jornalismo e planos de ensino de disciplinas de infografia, observação direta e participante e entrevistas com professores e profissionais que trabalham na produção da infografia jornalística com o intuito de saber como a academia pode contribuir para o ensino deste subgênero jornalístico e para a formação desse profissional. A pesquisa também irá abordar os principais conhecimentos que um infografista deve possuir e a presença destes conhecimentos nos cursos de jornalismo...

O ENSINO DE SOCIOLOGIA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFSC: uma contribuição ao debate sociológico e pedagógico

AMARAL, LETÍCIA HUMMEL DO
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 148 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
85.86%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Curso de Ciências Sociais.; Este estudo teve como objetivo investigar o ensino de Sociologia nos outros cursos de graduação da UFSC, quais sejam: Biblioteconomia, Psicologia, Odontologia, Nutrição, Economia, Administração, Serviço Social, Design e Jornalismo; e teve como objetivo geral analisar as potencialidades educativas e as limitações no ensino desta disciplina no que se refere à formação acadêmico-profissional. Para embasar tal pesquisa, fez-se um levantamento bibliográfico de trabalhos que problematizam os objetivos pedagógicos da disciplina de Sociologia; a formação em diversos cursos do ensino superior, sobretudo quanto à presença das Ciências Sociais nos currículos; e a política curricular para a educação superior. Como pesquisa documental, analisaram-se alguns documentos oficiais, tais como o projeto pedagógico institucional da UFSC e seu estatuto, as diretrizes curriculares nacionais do MEC para alguns cursos e seus respectivos projetos pedagógicos, com especial atenção à matriz curricular, o perfil do egresso e as ementas das disciplinas de Sociologia. Como pesquisa de campo, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com professores de Sociologia que ministram/ministraram aulas nesses cursos e também com os coordenadores dos cursos que demandam a disciplina de Sociologia do departamento de Sociologia e Ciência Política (SPO). Devido à incipiência de reflexões acadêmicas em torno desse objeto específico de análise...

O estágio entre os estudantes de Jornalismo da UFSC: panorama da prática profissional supervisionada à formação de jornalistas

Silva, Géssica da
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: xx f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.07%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Comunicação e Expressão. Jornalismo.; O estágio em jornalismo é um assunto controverso há décadas. Enquanto prestação de serviços profissionais, a prática é proibida por lei desde 1979. Todavia, a questão vem sendo intensamente discutida desde 1997, quando, após longa negociação entre a Fenaj e demais entidades do campo da comunicação, aprovou-se uma proposta de bases para a realização do estágio acadêmico. Com a homologação das novas Diretrizes Curriculares à graduação em Jornalismo, ratificada pelo MEC em setembro de 2013, o estágio em Jornalismo, até então facultativo na grade curricular das escolas, passou a ser obrigatório para todos os cursos do país. Neste contexto de adaptação à obrigatoriedade do estágio, esta monografia tem por objetivo construir um panorama dos estágios dos estudantes do Curso de Graduação em Jornalismo da UFSC, considerando: (a) a problematização do tema Estágio no Ensino Jornalismo; (b) o mapeamento das principais características dos estágios dos alunos matriculados no segundo semestre de 2014, a partir da aplicação de uma survey a 130 estagiários ou ex-estagiários; (c) e a análise crítica do estágio como componente na formação de jornalistas...

Comunicação e sociedade : o ensino do jornalismo [5, 2004]

Universidade do Minho. Instituto de Ciências Sociais. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade
Fonte: CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho Publicador: CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho
Tipo: Outros
Publicado em /06/2004 ENG
Relevância na Pesquisa
76.09%
[Nota introdutória] O presente número de Comunicação e Sociedade tem o jornalismo como temática central. Tomamos o jornalismo como um campo de estudo não apenas das praticas profissionais ou da investigação sobre essas práticas, mas igualmente como discurso que enuncia e faz acontecer a vida social. Dentro do projecto programático desta revista, queremos romper com uma tendência "mediocentrica" de estudo dos media e do jornalismo, situando as problemáticas deste campo no jogo e no confronto com os restantes campos sociais. E nesse jogo e nessa aposta que o investimento das instituições de investigação e ensino nos estudos jornalísticos, meios comunicacionais assume, ele mesmo, um papel de serviço a sociedade e, dessa forma, adquire sentido. Damos destaque a um campo dos estudos jornalísticos que começa agora a ganhar mais visibilidade e pertinência entre nos: a formação dos jornalistas e, de modo mais largo, a formação em jornalismo. Quando a instituição de referenda neste âmbito - a Escola de Jornalismo da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos da América - assinala os cem anos de vida, e em dialogo com uma vastíssima experiência internacional corporizada por essa e muitas outras instituições de formação que o nosso recente percurso deve ser situado. Daí o termos inserido neste número trabalhos de docentes e investigadores de realidades que...

Livre expressão :para que te quero? o interesse público no ensino do Jornalismo

Souza, Cristóvão Pereira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.14%
The main objective of this research was studying the meanings of the freedom of expression and what professors of Journalism think about the way those meanings are used in pedagogical practices. The term freedom of expression is commonly used in journalism even though it is not so studied, consequently we don t have a word to define it. Therefore, we related the term freedom of expression in Journalism teaching to the condition as the object of this study, aiming to establish a connection among the term, the right, free expression and the endurance of the right. The theorical support to understand the dynamic of the meanings of the freedom of expression in the social practice of Journalism teaching was based in the Hegeliana dialetic theorical principles and in the language philosophy more specifically in Bakhtin s perspective from which we can mention the social auditorium, immediate conditions of production and a wider social horizon as the main categories of analysis. This study is a qualitative research with an interacionist perspective anchored in a semi-structured interview as a privileged method of data collecting made with ten professors from Journalism graduation. The analysis reveals that, in the interviewers perspective...

O estágio no ensino do jornalismo: a experiência da Universidade Federal de Goiás

Pierre, Francisco Eduardo Ponte
Fonte: Simone Antoniaci Tuzzo Publicador: Simone Antoniaci Tuzzo
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.04%
v.1, n. 1, p. 120-132, jan./jun. 1998.; This articlc, after a bnef survey of intcrnational systems, prcsents experienccs of journalism internship wiíh students of thc Federal Univcrsity of Goiás within thc contcxt. of brazilian lcgislation. Speciai emphasis is givcn ío a inost rccení cxperience and its importance in journalism education.; Este artigo, após um rápido sobrevôo dos sistemas internacionais, apresenta as experiências de estágio de jornalismo da Universidade Federal de Goiás no contexto da legislação brasileira. Ênfase especial é dada à experiência mais recente e à sua importância no ensino do jornalismo.

Ensino de ética jornalística: pedagogias e metodologias de professores; Teaching journalism ethics Pedagogies and teachers’ methodologies

Christofoletti, Rogério
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
86%
O ensino de ética no jornalismo é pouco estudado e ainda insuficientemente discutido no Brasil. De fato, este cenárionão é exclusividade do Jornalismo. Neste artigo, são os professores das disciplinas de ética jornalística quem fornecem dados importantes sobre como se ensina deontologia nos cursos superiores da área no país. O estudo se apoia numa amostra dos cem cursos brasileiros mais tradicionais, e os professores responderam a um questionário onde apontam como baseiam suas práticas pedagógicas, que metodologias e tecnologias utilizam. Os resultados sugerem que, embora onipresente, o ensino de ética jornalística ainda carece consolidar conteúdos e abordagens. Apontam também para esforços dos docentes para dinamizar as aulas.; The teaching of ethics in journalism is rarely studied and discussed in Brazil. This scenario is not unique to journalism. In this work, professors of ethics provide important information about how to teach ethics in journalism courses in the country. We use a sample of one hundred more traditional courses and teachers respondedto a questionnaire about teaching practices, methodologies and technologies used. The results suggest that, although ubiquitous,the teaching of journalistic ethics has yet to consolidate content and approaches. The data also point to efforts to boost teachers’ classes.

Ensino de jornalismo e novas práticas jornalísticas no século XXI: globalização, sociedade e tecnologia

Tainá Amaral Horn, Aline; Otávio Dias, Luis; Doutorando do Programa de Pós Graduação em Educação da UFPR; Cardoso Dalla Costa, Rosa Maria
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
96.12%
O artigo propõe a discussão sobre o ensino de Jornalismo e as perspectivas de atuação do jornalista frente às mudanças latentes na sociedade globalizada, diante do impacto da cultura digital, dos novos modos de interação com o público e questões de ordem institucional e mercadológica, em um momento de adaptações dos cursos de Jornalismo no Brasil com as Novas Diretrizes Curriculares. O estudo, em fase de desenvolvimento, faz parte de uma pesquisa sobre as novas práticas jornalísticas, que integra um grupo internacional de investigação sobre o tema. Tem como objetivo discorrer sobre o campo de convergências e dicotomias entre o ensino do jornalismo e a prática profissional dos jornalistas que trabalham na redação do portal de notícias web, Brasil Post. Encontra pressupostos teóricos em Bauman (1999), Wolton (2011) e Mattelart (2005) para discorrer sobre o tempo, o espaço e as Novas Tecnologias da Informação e da Comunicação e, ancora-se em Fígaro (2013) para discorrer sobre o modo de fazer jornalismo no século XXI.

A institucionalização do ensino do jornalismo em Portugal (1941-1979): a criação da primeira Licenciatura em Comunicação Social

Mendes, Renato Rocha; Universidade Nova de Lisboa - Centro de Investigação de Media e Jornalismo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Histórica Formato: application/pdf
Publicado em 21/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.13%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-6924.2012v9n2p425A ditadura em Portugal (1926-1974) foi a mais longa de toda a Europa Ocidental no século XX. O período de 48 anos de regime autoritário foi determinante para o atraso na institucionalização do ensino do jornalismo no país, que culminou com a criação da primeira Licenciatura em Comunicação Social, em 1979. O artigo irá abordar o tema “ensino do jornalismo” em Portugal, sob uma perspectiva história e irá descrever, de forma sucinta, as principais iniciativas em prol da criação de cursos e instituições, que contribuíram ou poderiam ter colaborado para a institucionalização do ensino do jornalismo. O artigo descreverá, a partir da reorganização do panorama das Ciências Sociais em Portugal, como foi possível a criação da primeira Licenciatura em Comunicação Social, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH), na Universidade Nova de Lisboa (UNL), em 1979. Os princípios que orientaram a criação da licenciatura serão expostos.

Os Primórdios do Ensino de Jornalismo

Melo, José Marques de; Universidade Metodista de São Paulo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2004 POR
Relevância na Pesquisa
106.1%
Journalism scholarship was institutionalized at the beginning of the XX century by the university establishment in the United States of America. However, its roots were fixed at the European territory, mainly in Germany, Switzerland and France, between the XVII and the XIX centuries. The aim of this paper is to rescue the chronological lineage of Journalism Education, focusing the impact of these pioneer projects on Brazil. It intends to explore how the foreign patterns of Journalism Education influenced the newsmen leaders recognized later on as the founding fathers of the Brazilian Press Association. They launched a national campaign in order to guarantee Higher Education to young people that had vocation to be professional journalists.; A institucionalização do jornalismo enquanto campo universitário data do início do século XX nos Estados Unidos. Ela foi, contudo, precedida por iniciativas ancoradas em território europeu, principalmente na Alemanha, França e Suíça, entre os séculos XVII e XIX. Resgatar cronologicamente esses primórdios do ensino do jornalismo constitui o foco desta comunicação, identificando de modo particular como tais projetos pioneiros repercutiram no Brasil. Pretende-se verificar como os modelos forâneos de ensino do jornalismo influenciaram as lideranças nacionais aglutinadas em torno da embrionária Associação Brasileira de Imprensa...

Jornalismo: entre o objetivo e o subjetivo; Journalism: between the objective and subjective

Ijuim, Jorge Kanehide; UFSC; Suijkerbuijk, Herma Aafke; Schimidt, Laureane de Queiroz
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 02/06/2009 POR
Relevância na Pesquisa
96.09%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-6924.2008v5n1p137A pesquisa procurou identificar alternativas metodológicas e didáticas para o ensino de jornalismo de forma que o educando vivencie, além da formação humanística sólida e a apropriação de técnicas, oportunidades para o desenvolvimento estético. Conforme alguns critérios foi analisada uma amostra de matérias publicadas em veículos impressos para verificar a existência de textos diferenciados que constituam relatos vivos e humanizados do cotidiano. Os resultados sinalizaram alguns recursos para se atingir tal fim. Estes podem ser utilizados em oficinas e vivências em sala de aula, além de representar sugestões de práticas ao ensino pautado por um fazer jornalístico equilibrado entre objetividade e subjetividade.; This research has tried to identify methodological and didactic journalism teaching alternatives. in order to offer students an opportunity to develop their aesthetic sense, as well as to grand a solid and a humanistic education and the technical skills. According to some criteria, it was analyzed a sample of printed articles in order to check the existence of texts that are humanized and vivid everyday life reports. The results have showned some resources that can be used to reach that goal. Those can be used in workshops and classrooms experiences. It also brings practical suggestions to an education that aims to make a balanced journalistic practice between objectivity and subjectivity.

Experiências de usos do Facebook como estratégia de ensino de jornalismo digital

Amaral, Adriana; Adriana Amaral é professora do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da UNISINOS e dos cursos de graduação em Jornalismo e Comunicação Digital. É pesquisadora do CNPq. É jornalista e doutora em Comunicação So
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Exploratória, Relato de Experiência Formato: application/pdf
Publicado em 05/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
116.17%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-6924.2012v9n1p164O presente artigo apresenta experiências de uso do Facebook como estratégia de ensino de jornalismo digital no contexto da cibercultura, tendo a apropriação da ferramenta Grupos em sala de aula como objeto de análise. Primeiramente resgatamos discussões teóricas sobre o ensino de jornalismo digital no Brasil e depois partimos para uma observação empírica da experiência de criação do Grupo Jornalismo Online I Segundas Feiras – construído e utilizado dentro da disciplina de Jornalismo Online I da graduação em Jornalismo da UNISINOS. Como resultados iniciais, sistematizamos quatro tipos de apropriação desse recurso: como mural de recados; para postagem de links de notícias e informações relativas aos conteúdos da disciplina; para envio dos trabalhos produzidos em aula e como forma de conversação informal entre os alunos e a professora. Esses usos contribuem e ampliam possibilidades de vivência teórico-prática das principais competências requeridas para o ensino e a aprendizagem do jornalismo digital.

O ensino do jornalismo em Portugal: breve história e panorama curricular, ao virar da primeira década do século XXI

Teixeira, Patrícia Oliveira; Universidade Fernando Pessoa (Porto, Portugal)
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa bibliográfica; Revisão de literatura; Análise de conteúdo Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.13%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-6924.2012v9n2p407Em Portugal, o ensino do jornalismo a nível universitário é recente. O primeiro curso surgiu apenas em 1979, na Universidade Nova de Lisboa. Mas, entretanto, foram vários os que se lhe seguiram. Neste trabalho, para além da construção de uma breve história do ensino do jornalismo em Portugal, procurou proceder-se a uma sucinta análise dos planos curriculares dos cursos de comunicação que abriram vagas em instituições portuguesas, no ano lectivo 2009/2010. Inferiu-se que, não tendo sido fácil dar o pontapé de saída, rapidamente o ensino do jornalismo em Portugal encontrou caminho e, ao virar da primeira década do século XXI, a oferta foi múltipla e diversificada, com planos de curso a reflectirem isso mesmo.

Os desafios de pensar a estruturação de um programa de jornalismo participativo na TV com potencial transmídia; The challenges of thinking structuring a participatory journalism program on TV with potential transmedia

TONUS, Mirna; SANTOS, Patrícia Martins
Fonte: ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo Publicador: ÂNCORA - Revista Latino-americana de Jornalismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
85.95%
Este artigo busca refletir sobre os desafios de construir uma narrativa transmídia a partir de uma proposta de jornalismo participativo em televisão, que integra projeto em desenvolvimento no Mestrado Profissional Interdisciplinar em Tecnologias, Comunicação e Educação da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Para tanto, apresenta alguns apontamentos acerca dessa nova realidade que vem resignificando o olhar do telespectador sobre as notícias de TV. A reflexão se baseia em pesquisa bibliográfica e documental sobre o tema, bem como em proposta de estruturação representada por meio de fluxograma, discutindo-se a questão da formatação de um programa nos moldes sinalizados. ; This article aims to reflect on the challenges of building a transmedia narrative from a participatory journalism proposed television, which includes developing project in Interdisciplinary Professional Master in Technology, Communication and Education of the Federal University of Uberlândia (UFU). It presents some notes about this new reality that has resignifying the eye of the viewer on the TV news. The reflection is based on bibliographical and documentary research on the topic, as well as proposed structure represented by flowchart, discussing the question of formatting a program in marked molds.