Página 1 dos resultados de 6890 itens digitais encontrados em 0.079 segundos

Ensino de História hoje: errâncias, conquistas e perdas; History teaching today: wanderings, gains and losses

SILVA, Marcos Antônio da; FONSECA, Selva Guimarães
Fonte: Associação Nacional de História - ANPUH Publicador: Associação Nacional de História - ANPUH
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
125.84%
Este artigo analisa tradições de debate sobre Ensino de História no Brasil desde a ditadura de 1964-1984. Ele discute as mudanças, permanências, conquistas e perdas na história da disciplina. Destaca a importância da cultura escolar, a necessária continuidade da escola como instituição e o diálogo com formas não escolares de ensino.; This article analyzes traditions of debate about the teaching of history in Brazil since the 1964-1984 dictatorship. It discusses the changes, continuities, achievements and losses in the history of the discipline. It emphasizes the importance of school culture, the necessary continuity of the school as an institution and dialogue with non-school forms of education.

As imagens na sala de aula: produção de conteúdo visual no ensino de História e Geografia local; Images in the classroom: the production of visual content for teaching local History and Geography

Godoy, Adriana Cristina de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
115.9%
A pesquisa envolve uma escola da Rede Pública Municipal de Ribeirão Preto-SP que participou de um Projeto denominado Curtas de Animação, promovido pelo Núcleo de Cinema de Animação de Campinas-SP e financiado pelo Instituto Algar, no ano de 2010. Um dos produtos finais gerados nessa escola foi um curta de animação de quatro minutos e onze segundos de duração. O referido projeto teve duas fases. A primeira incluiu vários alunos do Ensino Fundamental que foram envolvidos por pesquisas e aulas sobre a localidade. Aspectos históricos, culturais e relacionados ao meio ambiente foram priorizados. Na segunda fase, participaram treze alunos e esta pesquisadora (que atuava como professora de História na escola). Junto com a equipe do Núcleo de Cinema de Animação de Campinas, esse grupo iniciou um processo de produção de um curta de animação denominado pelos alunos como Ribeirão Preto - terra do café. A pesquisa foca no contexto do estudo da imagem e da produção imagética feita pelos próprios alunos no Projeto. As questões principais são: Como a leitura e a produção de material imagético pelos alunos podem colaborar (ou não) com o aprendizado e o interesse pelo estudo da História e Geografia local? Passado o tempo da realização do projeto...

Ensino de História no primário: depoimentos de ex-alunos do período de 1930 a 1960; Teaching of history in elementary school: ex-students reports during the years of 1930 through 1960

Sztutman, Tania
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
115.88%
Este trabalho abordou alguns aspectos do ensino de História nos anos iniciais de formação escolar Primário - em São Paulo entre 1930 e 1960, através de análise de memórias de exalunos, coletadas por meio de entrevistas sob orientações metodológicas da história oral. Inicialmente, o objetivo foi identificar possíveis relações entre o ensino de história no passado e no presente. Contudo, a pesquisa instigou a necessidade de um estudo de aprofundamento de contexto histórico escolar específico, suas práticas e suas transformações. Assim, confrontou-se: a situação do então primário no Estado de São Paulo; os programas oficiais de ensino; livros didáticos e o depoimento de ex-alunos do Ensino Primário, considerando o contexto sócio-político da época; This essay is about some specific outlooks involving the teaching of History in Elementary School in São Paulo during the years of 1930 through 1960. Its purpose is to contribute to the understanding of todays History classes in São Paulos Elementary Schools. Several current educational public policies came from that period. Brazils Official Curriculum textbooks used in school and ex-students reports where compared to the Real Curriculum. In order to do this...

Ensino de história indígena através do cinema: uma experiência pedagógica; Teaching of Indigenous history through film: a pedagogic experience

Sanchez, Lais Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
115.88%
Com o objetivo de contribuir com as reflexões acerca do Ensino de História de Temática Indígena, este trabalho investigou o uso do cinema como fonte para a História, com a intenção de entendê-lo como material didático para o ensino. Deste modo, traça um panorama histórico das relações entre Cinema, História e Ensino, identificando os contextos e as alterações na incorporação dos filmes na sala de aula. A proposta central foi a de refletir sobre as possibilidades do uso do cinema de temática indígena na sala de aula. E, para tanto, aprofundou-se nas análises das produções cinematográficas que tratam das representações das populações indígenas do Brasil e de filmes realizados por cineastas indígenas. Como metodologia, foram elaboradas sinopses didáticas e aplicadas sequências de ensino, a partir da escolha e análise de filmes nacionais que tratam da figura do índio, a partir da década de 1970.; Aiming to contribute with the reflections about the Teaching of the Indigenous Thematics History, this assignment investigated the use of Cinema as a source to the History, with the purpose of understand it as a didactic material for teaching. Thus, it provides an historic overview of the relations between Cinema...

USO DE RELATOS NO ENSINO DE HISTÓRIA: DEBATES E EXPERIÊNCIAS

Silva, Najra Lafaeth
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 58 páginas.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.91%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Curso de História.; Este trabalho é resultado das discussões a respeito do uso de diferentes fontes e linguagens no ensino de História, especialmente no que concerne a utilização de relatos. Por meio das experiências vivenciadas durante a disciplina de Estágio Supervisionado de História, do curso de História da Universidade Federal de Santa Catarina, discutiremos as possibilidades e os desafios no uso das fontes escritas em sala de aula, pensando a utilização de relatos no ensino fundamental. O projeto de ensino elaborado e aplicado durante o estágio de docência teve por intuito desenvolver metodologias e práticas docentes que problematizassem as relações entre a história e a literatura junto aos/as alunos/as do sétimo ano a partir dos relatos produzidos por Hans Staden e Pero Vaz de Caminha a respeito dos primeiros contatos entre europeus e indígenas. A proposta da reflexão que busco lançar com o presente estudo se insere nos debates atuais a respeito dos desafios e possibilidades nos usos de diferentes fontes e linguagens para o ensino de História, relevantes para a formação tanto dos futuros professores nos cursos de graduação em História quanto para aqueles que já atuam profissionalmente nas escolas. Para tanto...

PROJETO “ESCOLAS NO MUSEU”: UMA EXPERIÊNCIA COM ENSINO DE HISTÓRIA NO MUSEU HISTÓRICO DE SANTA CATARINA (2003 a 2008)

Inácio, Julia Farias
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 58 páginas.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.87%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de História.; Este trabalho visa compreender o ensino de história através da análise dos instrumentos avaliativos resultantes do Projeto “Escolas no Museu”, realizado no Museu Histórico de Santa Catarina (MHSC) entre os anos de 2003 a 2008. A análise sobre esta ação educativa considerou os documentos elaborados pelo projeto em questão e apresentados ao MHSC como uma proposta de intervenção pedagógica, bem como as produções finais elaboradas por professores/as e alunos/as de algumas escolas da rede estadual de ensino de Santa Catarina. O objetivo maior deste trabalho é debater a respeito da mobilização dos saberes históricos em espaços não escolares atentando, especialmente, aos conceitos de tempo e memória trabalhados por meio da peça teatral desenvolvida pelo Projeto “Escolas no Museu”. A intenção é discutir sobre os temas abordados pelas ações educativas realizadas no MHSC e que tiveram o ensino de conceitos históricos como base. Busca-se com este trabalho contribuir para futuras experiências que tenham por objetivo a problemática do ensino de história em espaços não-formais de ensino...

Dimensão utópica nas representações sobre o ensino de história: memórias de professores

Almeida Neto,Antonio Simplício de
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
115.85%
Esse artigo trata das representações de professores de História acerca da dimensão utópica em sua disciplina, ou seja, a maneira como representam certa concepção prospectiva ao lecionarem uma disciplina escolar que lida com o passado. Consideramos que a educação tem como pressuposto uma visão projetiva, uma vez que supõe uma perspectiva de homem, sociedade e mundo no ato educativo, e o ensino de História, mais especificamente, por ser uma disciplina que lida com as transformações temporais e com temas eminentemente políticos e sociais, inserindo o homem neste processo. Situamos a discussão atual acerca do tema no ensino de História, inserido no debate da crise da modernidade e postulados pós-modernistas, a oscilar entre uma postura de pensar a disciplina como inexorável instrumento de transformação sócio-política ou vã ilusão prospectiva. Visando uma melhor compreensão da questão proposta, valemo-nos da análise de relatos orais obtidos através de entrevistas com professores da disciplina, que lecionaram nos anos de 1960/70 e 1980/90, tendo por perspectiva a teoria crítica das representações de Henri Lefebvre e o debate sobre memória e história oral.

Ensino de História hoje: errâncias, conquistas e perdas

Silva,Marcos Antônio da; Fonseca,Selva Guimarães
Fonte: Associação Nacional de História - ANPUH Publicador: Associação Nacional de História - ANPUH
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
115.84%
Este artigo analisa tradições de debate sobre Ensino de História no Brasil desde a ditadura de 1964-1984. Ele discute as mudanças, permanências, conquistas e perdas na história da disciplina. Destaca a importância da cultura escolar, a necessária continuidade da escola como instituição e o diálogo com formas não escolares de ensino.

Reconhecendo ou construindo uma polaridade étnico-identitária?desafios do ensino de história no imediato contexto pós-Lei nº 10.639

Pereira,Júnia Sales
Fonte: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas Publicador: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
115.82%
Este artigo propõe reflexões sobre os desafios que se colocam aos docentes no cenário educacional posterior à Lei nº 10.639/03, que instituiu a obrigatoriedade do ensino de história e cultura afro-brasileira e africana e da educação das relações étnico-raciais na educação básica. Problematizando pressupostos e paradoxos presentes no texto da lei e das diretrizes correlatas, identificam-se os impactos, desafios e desdobramentos teórico-práticos de sua recepção no ensino de história.

Desafios do ensino de história

Ferreira,Marieta de Moraes; Franco,Renato
Fonte: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas Publicador: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
115.8%
Este artigo discute a produção de material didático de história. Reflete sobre alguns debates recentes, focalizando a pertinência da escolha de conteúdos, e faz uma breve análise do mercado editorial e seu posicionamento na venda de obras para o PNLD e o mercado privado. O texto levanta algumas questões ligadas ao processo de formação de professores e aos cursos superiores de história, que em geral privilegiam a pesquisa em detrimento do ensino, o que dificulta a definição de um formato coerente para as licenciaturas.

Vozes de clio: um estudo sobre o ensino de História em Caruaru (PE)

Antônio Quintino de Souza, Jorge; Maria Falcão de Carvalho e Morais Santana, Martha (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.86%
Este trabalho analisa as condições atuais do ensino de História em Caruaru (PE), especialmente refletindo sobre os referenciais teóricos que informam a prática dos professores. Foram pesquisadas duas comunidades escolares, ambas da rede privada de Ensino Médio. As concepções de História e as teorias educacionais, bem como as visões que os professores têm de sua prática pedagógica, foram alvos destacados da investigação. A conclusão mais incisiva deste trabalho é o reconhecimento de que o ensino de história se dá em um ambiente teórico multifacetado, o que impede a identificação objetiva das concepções de educação e de história que informam cada uma das práticas

Iconografia humorística no ensino de História :modalidade de uso na sala de aula

Souza, Maria Lindaci Gomes de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
125.79%
Plongés dans le temps présent, les dessins humoristiques, par la capacité de représenter, de suggérer et de communiquer une idée, marquent présence à l école et dans la salle de classe. Caractérisés par l utilisation d éléments comiques, satiriques et irôniques, outre la nature persuasive, ces dessins possibilitent le lecteur de faire une lecture critique des événements sociaux et politiques de notre société. En tant que langage visuel, structuré dans les formes verbale et icônique, de même que par le caractère analogique de représentation, les dessins humoristiques constituent un excellent recours pédagogique. Toutefois, ils sont longtemps restés inaperçus par l école et, seul récemment, ils sont devenus objet d investigation de la part des historiens. Dans ce sens, nous nous sommes proposés, dans cette étude, à analyser l utilisation de ces dessins par les professeurs d histoire des écoles publiques nommées Centros Paraibanos de Educação Solidária (CEPES), de João Pessoa, capitale de l Etat de Paraíba, en vue d appréhender et de discuter la façon dont ces professeurs font usage de ces dessins dans leur pratique pédagogique. Par le moyen des actions des professeurs, conçues comme des arts de faire...

Identidade(s) latino-americana(s) no ensino de História: um estudo em escolas de ensino médio de Belo Horizonte, MG, Brasil

Alves, Thamar Kalil de Campos
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
115.96%
Trata-se de um estudo que tem como objeto a questão da(s) identidade(s) latino-americana no ensino de História, em escolas de nível médio, localizadas na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, na primeira década do século XXI. Os problemas norteadores foram: Como o ensino de História da América Latina está configurado nos currículos oficiais e na produção didática? No processo de ensino desenvolvido no nível Médio, em escolas de Belo Horizonte, na primeira década do século XXI, há indícios da identidade latino-americana? A investigação tem como objetivo geral analisar no âmbito do ensino de História, no nível médio, como se configura a questão da identidade latino-americana nos saberes históricos veiculados e difundidos pelos materiais didáticos, programas oficiais de ensino de História e nas leituras, bem como as concepções (re) produzidas pelos alunos e professores. Como objetivos específicos foram definidos: a) analisar os percursos históricos da temática América Latina nos currículos oficiais para o ensino de História; b) identificar e descrever os lugares e os sujeitos do processo de investigação no contexto do Ensino Médio; c) analisar saberes e práticas pedagógicas relacionadas ao ensino de História da América Latina no Ensino Médio; e d) refletir sobre indícios da(s) identidade(s) latino-americana nas narrativas de alunos e de professores de História do Ensino Médio. A pesquisa se localiza no campo da abordagem qualitativa e os procedimentos metodológicos articulam entrevistas orais temáticas...

Currículo e ensino de história em uma escola da rede municipal de São Paulo: entre prescrições e práticas; Curriculum and teaching history at a Sao Paulo municipal school: among prescritions and pratices

Carvalho Filho, Roper Pires de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
125.92%
Nessa pesquisa, o ensino de História é investigado considerando duas esferas. A primeira compreende a análise retrospectiva das produções acadêmicas e das propostas curriculares elaboradas pela rede municipal de ensino de São Paulo no período 1982-2012, de maneira a contextualizá-las em relação às disputas político-ideológicas e epistemológicas em torno da configuração da História no currículo escolar da escola básica, bem como localizar as teorias pedagógicas e historiográficas que as fundamentam. A segunda implica a abordagem de inspiração etnográfica, que pressupõe processos interativos entre o pesquisador e a realidade observada possibilitando focalizar o currículo construído na sala de aula, por meio do levantamento e análise das práticas cotidianas dos professores de História em uma escola do município. Em específico, o estudo centrou-se nos processos de apropriação e reconfiguração das orientações curriculares oficiais frente às exigências postas ao ensino da disciplina, no contexto da sala de aula, de maneira a capturar os processos sociais envolvidos nas relações de trocas culturais ocorridas no cotidiano escolar. A análise das informações sobre as práticas, coletadas ao longo do ano letivo de 2012...

Memória e ensino de história: uma experiência na educação de jovens e adultos; Memory and the teaching of history: an educational experience with youngsters and adults

Lawand, Diógenes Nicolau
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2004 PT
Relevância na Pesquisa
115.87%
Esta dissertação apresenta e analisa, a partir de experiências do professor/pesquisador em suas atividades como educando e educador, algumas potencialidades da relação entre memória e ensino de história. No primeiro capítulo o conceito de memória é trabalhado a partir de diversos autores, em especial de Meneses, Guarinello, Bosi e Nora. A memória vai se apresentando como algo vivo, mas optamos pela descaracterização dela como produto de mercado capitalista. Analisamos dois projetos de ensino da rede pública paulista que estavam vinculados ao tema memória e que o autor da dissertação atuou parcialmente. No segundo capítulo apontamos para a educação patrimonial como caminho educacional vinculando memória e ensino de história. No terceiro capítulo são apresentadas e interpretadas as informações de uma experiência de ensino de história vinculado ao tema memória na Educação de Jovens e Adultos na escola do município de São Paulo EMEF José do Patrocínio. Propomos que o trabalho com memória é uma educação para o consumo consciente, não a partir do consumo frenético veiculado no capitalismo globalizante. É a educação para a admiração, para a harmonia com o próprio ritmo, em busca de rastros para a convivência com diferentes. Educandos e educadores podem degustar nas dimensões de um trabalho de educação ligado à memória que passa pelo reconhecimento da dignidade humana ...

Saberes e práticas avaliativas no ensino de História: o impacto dos processos seletivos (PAIES e vestibular / UFU) e do ENEM na avaliação da aprendizagem no ensino médio

Oliveira, Zeli Alvim de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
115.95%
Esta dissertação tem como objeto de estudo saberes e práticas avaliativas no ensino e aprendizagem de História no nível médio. O objetivo geral da pesquisa é compreender e analisar saberes e práticas de avaliação da aprendizagem de professores de História, atuantes no Ensino Médio, na cidade de Uberlândia, MG, BR. Os objetivos específicos são: 1)Estabelecer relações entre o currículo, a avaliação da aprendizagem e o ensino de História no nível médio no contexto político, cultural e socioeconômico em que vivemos; 2)Identificar o impacto do PAIES/UFU, do Vestibular/UFU e do ENEM na prática pedagógica e avaliativa de professores de História do Ensino Médio; e 3) Analisar as concepções de avaliação da aprendizagem dos professores de História bem como as relações entre a formação, saberes e as práticas avaliativas. A história oral temática foi o caminho metodológico escolhido para a investigação, combinando a utilização de fontes orais e escritas. Foram utilizados de forma complementar às entrevistas orais: documentos oficiais e instrumentos de avaliação. Com relação aos instrumentos de avaliação escolhemos o subprograma 2002-2005 do PAIES da UFU. Selecionamos as provas de História nas três etapas e para complementar a investigação foram analisadas as provas de História do exame do ENEM e do Processo Seletivo da UFU realizados no ano de 2004. O grupo de professores narradores foi composto por cinco professores e por duas professoras graduados em História...

Cultura política e políticas para o ensino de história em Santa Catarina no início do século XX

Silva,Cristiani Bereta da; Zamboni,Ernesta
Fonte: Associação Nacional de História - ANPUH Publicador: Associação Nacional de História - ANPUH
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
115.87%
O artigo apresenta análises das relações estabelecidas entre a produção historiográfica e a produção de uma história de Santa Catarina para o uso escolar, no início do século XX. A cultura política republicana era construída e se legitimava como parte de um fenômeno que precisava formular respostas à sociedade sobre variados problemas 'herdados do Império' que impediam o progresso do Brasil. No caso dos catarinenses, era preciso enfrentar o desafio de uma educação cívico-patriótica num território em que o sistema escolar, precário, ainda lidava com o problema da língua, posto que em muitas escolas falava-se alemão ou italiano, por exemplo. Estas questões são problematizadas por meio da análise da produção sobre a história de Santa Catarina pelo Instituto Histórico e Geográfico Catarinense (criado em 1896), de manuais didáticos que circularam nesse período, programas e relatórios de ensino. O objetivo é contribuir para o estudo das relações entre ensino de História e cultura política, buscando compreender como o ensino de História participou, naquele período, de projeções simbólicas sobre o futuro do Brasil, a partir de leituras compartilhadas de seu passado.

The meanings of teachers work and the social space of History teaching; Os sentidos do trabalho do professor e o lugar social do ensino de História

Cunha, Jorge Luiz da; Professor titular da Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil; Cardôzo, Lisliane dos Santos; Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2015 POR
Relevância na Pesquisa
115.84%
Through the narrative identity of teachers graduated in the History Course at Federal University of Santa Maria (UFSM) we aimed in this article to investigate how their initial education has implied in their work, life course  and how each of them construe the history teaching social space. The narrative identity was highlighted by addressing a (auto) biographical approach. It is our understanding that the science of history may play a guiding role in contemporaneity over a historical awareness.  The teaching of history may only play this guiding role if inserted in the historical culture. Thus, involving moral, ethical, pedagogical, existential, among other issues is the only way we may build a historical sense to guide life and the ability to learn historically. Historical learning does not include only the learning of contents from the past. It is an engagement of the social individual understood by History, interpreting History objectively and subjectively.; DOI: http://dx.doi.org/10.5902/1984644418702Através da identidade narrativa de professores formados no curso de História da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), nosso objetivo, neste artigo, foi pesquisar como a formação inicial tem implicado no trabalho de cada um deles...

O USO DO CINEMA NO ENSINO DE HISTÓRIA: PROPOSTAS RECORRENTES, DIMENSÕES TEÓRICAS E PERSPECTIVAS DA EDUCAÇÃO HISTÓRICA

Sousa, Éder Cristiano de
Fonte: Escritas: Revista do Curso de História de Araguaína Publicador: Escritas: Revista do Curso de História de Araguaína
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
125.84%
As questões teórico-metodológicas relacionadas ao ensino de História vêm se renovando a partir das contribuições da educação histórica, uma campo de estudos que estabelece um fértil diálogo com pesquisadores em nível internacional, a partir das teorias da consciência histórica e da cognição histórica situada. Neste artigo é apresentado um levantamento das principais propostas de trabalho com filmes em aulas de História e realizada uma análise dessa produção, a partir das perspectivas apresentadas pelo campo teórico-metodológico acima referido. Portanto, espera-se com isso evidenciar questões teóricas e caminhos de investigação em aberto com relação às reflexões sobre a relação entre cinema, conhecimento histórico e ensino de História.     

Ensino de História e a Temática Indígena: o uso do cinema na sala de aula

Sanchez, Laís Alves; Universidade de São Paulo
Fonte: Em tempo de histórias Publicador: Em tempo de histórias
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2013 POR
Relevância na Pesquisa
115.82%
A presença do cinema como recurso didático para o Ensino de História não é mais uma novidade nas discussões acadêmicas, mas ainda há muito o que ser debatido e pensado. O objetivo deste artigo é discutir o potencial didático deste recurso e incorporá-lo ao ensino de história dos povos indígenas através da análise do filme “Terra Vermelha”.