Página 1 dos resultados de 79 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Design gráfico: processo como forma; Graphic design: process as form

Liu, Eunice
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.26%
Criatividade no uso de recursos de impressão, reprodução, gravação, acabamento gráficos, editorial, encadernação e materiais, em design gráfico, denominados processos, é o tema desta pesquisa. A investigação procede de projetos resultantes da prática disciplinar e é documentada por imagem, fotografias, para ciência visual. Estudos técnico, formal (relativo à forma) e projetual investigam relações entre processo e forma, resultando em um repertório de parâmetros e possibilidades. Forma pura é gráfica e a construída, matéria conformada por processos, meios de produção pelos quais se trabalha forma. Conhecimentos de processos são recursos de projeto, e apropriações criativas destes, qualificam um bom design; Creativity in the use of printing, reproduction, engraving, graphic finishings, editorial, binding and material resources in graphic design, denominated processes, is the theme of this research. The investigation is originated by projects, product of disciplinary practice, and is documented by image, for visual science. Technical, formal (related to form), and project studies explore relationships between process and form, resulting in a repertoire of parameters and possibilities. Pure form is graphic and constructed form...

As crônicas de Bilac nas revistas ilustradas A cigarra (1895) e A Bruxa (1896-1897)

Silvestre, Fernanda Munhão Martins
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 294 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
16.64%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Letras - FCLAS; Assim como a maioria dos escritores nacionais, que participaram efetivamente de periódicos no século XIX, Olavo Bilac estendeu sua trajetória jornalística entre 1890 e 1908 em diferentes periódicos paulistas e cariocas. Dentre essas contribuições jornalísticas desenvolvidas pelo poeta, o estudo faz um recorte enfocando as revistas A Cigarra (1895) e A Bruxa (1896-1897), nas quais Bilac transpõe uma multiplicidade de temas, cumprindo uma proposta moldada de acordo com o que o gênero requer: a leveza e o humor. Em A Cigarra, o cronista destaca-se como redator responsável por um periódico voltado à crítica literária, à política e à vida artística do período. Na revista, que era inspirada na fábula de La Fontaine, as formigas representavam os políticos, os diplomatas, comerciantes e banqueiros do Rio de Janeiro e as cigarras eram os artistas, literatos e jornalistas. Pouco mais de três meses depois de deixar a revista, Bilac transfere-se para A Bruxa, que tinha um estilo gótico de diagramação e era confeccionada em papel especial para encadernação de suas edições em volumes anuais. Esse periódico não se destacava pelo espírito crítico ou pela combatividade de seus idealizadores...

A superficie ex-cri(p)ta em professores e professoras : curri, corre, colares, dores simulando silencios ensurdecedores; The surface written in teachers curricular corridores simulating deafening silences

Elenise Cristina Pires de Andrade
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
16.64%
Resmas que se resumem em restos Tu és pó e ao pó "reverteres" que se estrangulam e se repetem e a mim desde dentro produzindo a diferença pura. Em verdade é só isso que queres Fluxos e movimentos em silêncios ensurdecedores de uma quase-tese escrita por onde o tema das (im)possibilidades de discussão sobre o humano que perpassa um arquivo de Power Point foi apresentado, rememorado, esgarçado pela ex-crita, pelos professores e professoras Vem do Sol o que queima e as cores (dez ao todo) que se encontraram comigo no primeiro semestre de 2004 e me encantam desde dentro em seus cantos que calam e, no entanto, cantam com Gilles Deleuze na Lógica do Sentido que na Diferença e Repetição multiplica-se em Conversações que percorrem Crítica e Clínica não sem antes convidar Kafka, por uma literatura menor que escorrega pelos Mil platôs encontrando Anne Dufourmantele convida Jacques Derrida a falar de hospitalidade. Peripécias por metamorfoses em um nada curricular em ruína Amanhã o teu pó serão flores que resiste à necessidade de preencher, habitar sempre, com vozes,idéias, conhecimentos, contradições reais, concretas, palpáveis esse nada que insiste em permanecer incorpóreo. Quando sinto no pescoço um nó Incorporeidade que se descola deslocando a cripta do jogo da representação e elege o teatro da diferença pura ao propor um gaguejar desde dentro da escrita/pesquisa como experiência. Ex-cri(p)ta que insiste na fluidez...

Dos livros adivinhatorios aos codices coloniais : uma leitura de representações pictograficas mesoamericanas

Glaucia Cristiani Montoro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/11/2001 PT
Relevância na Pesquisa
16.64%
Como objetivo geral, nesta dissertação, analisamos documentos mexicanos de tradição indígena, os códices, enfocando um tipo específico destes manuscritos, os chamados Teoamoxtli. Centramos o estudo em dois documentos, selecionados em períodos distintos da história dessa região: um deles, o Códice Bórgia, foi confeccionado no período pré-hispânico e o outro, o Códice Telleriano Remensis, em meados do século XVI, ou seja, depois da invasão européia, durante o período colonial. Para que a análise fosse viável, pois se tratam de documentos extremamente complexos, delimitamos ainda, um assunto deste tipo de códice, o "capítulo" que se convencionou a chamar Trecenas, que são as subdivisões de um dos calendários mesoamericanos. Optamos por uma abordagem diferente daquelas comumente utilizadas, observando o que podemos chamar de características artísticas. Analisamos os códices individual e comparativamente, detectando elementos similares e distintos entre eles, sempre dialogando com a história dos povos em questão. Assim, a partir dos elementos observados, pudemos formular hipóteses e questionamentos sobre tais documentos, sua forma de confecção, aspectos sociais e as modificações sofridas. Partimos, primeiramente...

Inundação da Biblioteca Central

Biblioteca Universitária
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.64%
Serviço de Encadernação. Fotografia que registra a inundação ocorrida no prédio da Biblioteca Central em 5 de abril de 2012, mais fotos em http://galeria.ufsc.br/BU/inundacao/. Fotografia de Claudiane Weber.

Aritmetica Primária - 12a. Edição, 1889/1890.

Trajano, Antonio
Fonte: Companhia Typográfica do Brasil. Publicador: Companhia Typográfica do Brasil.
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.64%
Aritmética primária para meninos e meninas que começam o estudo de aritmética nas escolas primárias por Antonio Trajano. Este livro foi comprado e digitalizado pela equipe do Laboratório de Pesquisa em História da Educação Matemática (LAPHEM).; Aritmética primária para meninos e meninas que começam o estudo de aritmética nas escolas primárias por Antonio Trajano. Ainda que se tenha uma inscrição de catalogação no ano de 1955, há um selo presente na capa deste exemplar: "Instituto dos Surdo-Mudos officina de encadernação". Segundo Pinheiro(2013,p.47) ... "ao longo de sua história este instituto teve várias denominações, mas apenas no período de 1874 a 1890 a denominação constante no referido selo".

Caracterização dos taninos usados na curtimenta vegetal de cabedais europeus dos séculos XVII A XIX

Falcão, Lina Paula Bento
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
17.26%
Tese de mestrado, Química Aplicada ao Património Cultural, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2009; Neste trabalho é descrito o estudo da caracterização de taninos em cabedais, através de testes químicos colorimétricos sobre as fibras de cabedais e dos respectivos extractos obtidos com uma mistura de água/acetona. Com o objectivo de desenvolver a metodologia de análise, bem como obter resultados que sirvam de referência, foram estudadas seis amostras de cabedais actuais curtidos com taninos de diferentes proveniências vegetais, uma das quais de curtimenta mista vegetal/mineral. Esta metodologia foi aplicada ao estudo de quatro amostras de cabedais históricos provenientes de estofos de mobiliário de assento, nomeadamente, um couro lavrado português do século XVII, um marroquim do século XIX, um cabedal liso do século XIX e um guadamecil do século XVIII. Foi ainda incluído no estudo um cabedal utilizado numa encadernação datada do século XIX. A metodologia utilizada neste trabalho incluiu a adaptação e optimização de três testes químicos - os testes da rodanina, do ácido nitroso e do butanol acidificado, desenvolvidos para identificar, respectivamente, galhotaninos, elagitaninos e taninos condensados em tecidos vegetais - para a caracterização de taninos em amostras de cabedais. Os extractos de água/acetona foram ainda analisados através de espectrofotometria de UV-Vis e espectroscopia de FTIR. Através dos resultados obtidos verificou-se que a metodologia de análise utilizada permite a caracterização de taninos em amostras de cabedais. Confirmou-se a classe dos taninos presentes nas amostras de cabedais actuais e identificaram-se os taninos utilizados na curtimenta do marroquim...

Portaria n. 59 de 19 de agosto de 2003

Brasil. Superior Tribunal de Justiça (STJ)
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Formato: 6947 bytes; 19174 bytes; 1720 bytes; image/jpeg; image/jpeg; text/html
PT_BR
Relevância na Pesquisa
17.26%
Designa o titular da Seção de Reprografia e Encadernação como Gestor do Contrato STJ n. 92/2003, firmado com a empresa BSB Encadernadora Ltda.-ME, cujo objeto consiste na prestação de serviços de encadernação de livros e documentos e gravação de letras em capas de trabalhos.

Portaria n. 55, de 20 de maio de 2004

Brasil. Superior Tribunal de Justiça (STJ)
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Formato: 6947 bytes; 19174 bytes; 1527 bytes; image/jpeg; image/jpeg; text/html
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.59%
Designa o titular da Seção de Reprografia e Encadernação como Gestor do Contrato STJ n. 97/1999, firmado com a empresa Xerox Comércio e Indústria Ltda., cujo objeto consiste na prestação de serviço de produção de cópias em monocromia (preto e branco) e encadernação de publicações.

Portaria n. 53 de 20 de maio de 2004

Brasil. Superior Tribunal de Justiça (STJ)
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Formato: 6947 bytes; 19174 bytes; 1542 bytes; image/jpeg; image/jpeg; text/html
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.26%
Designa o titular da Seção de Reprografia e Encadernação como Gestor do Contrato STJ n. 58/2002, firmado com a empresa LM Distribuidora e Comércio de Papéis Ltda., cujo objeto consiste na prestação de serviços de reprografia com o fornecimento de equipamentos, operadores para as centrais e manutenção.

Portaria n. 227, de 24 de setembro de 2004

Brasil. Superior Tribunal de Justiça (STJ)
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Formato: 6947 bytes; 19174 bytes; 1496 bytes; image/jpeg; image/jpeg; text/html
PT_BR
Relevância na Pesquisa
17.26%
Designa o titular da Seção de Reprografia e Encadernação como Gestor do Contrato STJ n. 121/2004, firmado com a Copiadora Cópia Exata Ltda., cujo objeto consiste na prestação de serviços de encadernação de diários, livros, periódicos e documentos em geral e gravação de letras em dourado nas capas de trabalhos.

Portaria n. 146 de 9 de junho de 2008

Brasil. Superior Tribunal de Justiça (STJ)
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Legislação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
17.26%
Designa o titular da Seção de Reprografia e Encadernação como gestor do Contrato STJ n. 60/2008 (Processo STJ n. 2317/2008), firmado com a empresa Léo de Souza Rocha-ME, que tem por objeto a prestação de serviço de encadernação de livros e documentos e gravação de letras, em dourado ou prata, em capas de trabalho.

Portaria n. 13 de 4 de setembro de 2009

Brasil. Superior Tribunal de Justiça (STJ)
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Legislação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.59%
Designa o titular da Seção de Reprografia e Encadernação como gestor do Contrato STJ n. 68/2009 (Processo STJ n. 5199/2009), firmado com a empresa JM Encadernadora Ltda., que tem por objeto a prestação de serviços de encadernação de diários, livros, periódicos e documentos em geral, pertencentes ao acervo do STJ, e gravação de letras, em dourado ou prata, em capas de trabalho.

Portaria n. 192, de 3 de novembro de 2010

Brasil. Superior Tribunal de Justiça (STJ)
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Legislação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
17.26%
Designa o titular da Seção de Reprografia e Encadernação como gestor do Contrato STJ n. 75/2010 (Processo STJ n. 5854/2010), firmado com a empresa D V da Silva - Distribuição, que tem por objeto a prestação de serviços de encadernação de diários, livros, periódicos e documentos em geral, pertencentes ao acervo do Contratante, e gravação de letras, em dourado ou prata, em capas de trabalho.

Parecer n. 381, de 19 de agosto de 2011

Brasil. Superior Tribunal de Justiça (STJ). Assessoria Jurídica; Silva, José Luiz Lourenço da
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.26%
Trata-se de parecer da Assessoria Jurídica do STJ.; Processo STJ n. 6.621/2011.; Pregão, na forma eletrônica, n. 191/2011. Prestação de serviços de encadernação de livros e documentos e gravação em capas de trabalho. Minuta aprovada, com ressalvas.

Portaria SAD n. 176 de 8 de setembro de 2015

Brasil. Superior Tribunal de Justiça (STJ)
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Legislação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
17.26%
Designa o titular da Seção de Reprografia e Encadernação e seu respectivo substituto como gestor e gestor substituto do Contrato STJ n. 66/2015 (Processo STJ n. 5280/2015), firmado com a empresa Copiadora Universitária Ltda -ME, que tem por objeto a prestação de serviços de encadernação de livros e documentos.

Edital nº 04/86 : concurso público para Agente de Encadernação e Douração

Brasil. Congresso Nacional. Câmara dos Deputados
Fonte: Brasília : Imprensa Nacional Publicador: Brasília : Imprensa Nacional
Tipo: legislação Formato: 2 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.26%
Torna pública a abertura de inscrição para concurso público destinado ao preenchimento de vagas de Agente de Encadernação e Douração, do Grupo-Atividades de Apoio Legislativo da Câmara dos Deputados.; Coleção de editais de concursos públicos reunidos pela Coordenação de Relacionamento Pesquisa e Informação do Centro de Documentação da Câmara dos Deputados.

O uso de 'espirais' de encadernação como molas

Axt,Rolando; Bonadiman,Helio; Silveira,Fernando Lang da
Fonte: Sociedade Brasileira de Física Publicador: Sociedade Brasileira de Física
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
27.26%
No presente texto mostramos como utilizar 'espirais' de plástico para encadernação em lugar das tradicionais molas de aço na realização de uma série de interessantes atividades práticas para ensino de Física em escolas de nível médio.

O uso de 'espirais' de encadernação como molas; The use of plastic book binding ‘spirals’ as springs

Axt, Rolando; Bonadiman, Helio; Silveira, Fernando Lang da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.26%
No presente texto mostramos como utilizar ‘espirais’ de plástico para encadernação em lugar das tradicionais molas de aço na realização de uma série de interessantes atividades práticas para ensino de Física em escolas de nível médio.; In this paper we describe how plastic book binding ‘spirals’ can be used to substitute the usual steel springs to perform a set of interesting laboratory teaching activities for secondary schools.

Lei de hooke: uma comparação entre sistemas lineares

Laburú, Carlos Eduardo; UEL - Párana; Almeida, Chrystie Jacob; UEL - Paraná
Fonte: Imprensa Universitária - UFSC Publicador: Imprensa Universitária - UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1998 POR
Relevância na Pesquisa
17.26%
Neste trabalho propomos quatro montagens alternativas para substituir a mola de aço, que é tradicionalmente usada nos laboratórios de segundo grau, para verificar a lei de Hooke. Cinco experimentos, com materiais diferentes da mola de aço, foram testados: uma mola de aço convencional, duas molas de plástico de encadernação com diâmetros diferentes, um elástico, um par de lâminas de aço e uma régua de madeira. Da análise gráfica dos resultados, selecionamos determinadas faixas de dados onde as constantes elásticas dos equipamentos têm um comportamento considerado constante. Como veremos, conseguiu-se com o uso de réguas ou molas de plástico, uma qualidade nas medidas semelhante à da mola de aço. Portanto, fica para os professores a sugestão da possível substituição da mola de aço pela régua ou pelas molas de plástico de encadernação.