Página 1 dos resultados de 17 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Embryotoxic effects of prenatal treatment with Ipomoea carnea aqueous fraction in rats; Efeitos embriotóxicos do tratamento pré-natal com extrato aquoso de Ipomoea carnea em ratos

HOSOMI, Rosana Zoriki; SPINOSA, Helenice de Souza; GÓRNIAK, Silvana Lima; HABR-ALENCAR, Soraya Ferreira; PENTEADO, Sandra Witaker; VAROLI, Franci Mary Fantinato; BERNARDI, Maria Martha
Fonte: São Paulo Publicador: São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
16.86%
Os efeitos embriotóxicos da exposição diária pré-natal a 0,0, 0,7, 3,0 ou 15,0mg/kg do extrato aquoso da I. carnea nos dias 5 a 21 de gestação foram estudados. Foram avaliados a performance reprodutiva materna, anormalidades esqueléticas e viscerais e malformações. Além disso, após o tratamento foram encontrados achados anatomopatológicos. Em relação às ratas mães, nossos resultados mostraram que a exposição às diferentes doses não afetou o peso corporal, ganho de peso, consumos de água e ração e performance reprodutiva. Apesar disso, apresentaram vacuolização citoplasmática de forma dose-dependente em fígado, rins, tireóide e glândula adrenal. Exames fetais não mostraram anormalidades externas ou malformações, sendo somente encontradas evidências de anormalidades esqueléticas e viscerais após altas doses do extrato. Foi observada redução dos centros de ossificação. Os presentes dados mostram que a ingestão prenatal do extrato de I. carnea induz embriotoxicidade. Estes efeitos são atribuídos à ação na homeostase maternal ou diretamente na concepção; The embryotoxic effects of prenatal daily exposure to 0.0, 0.7, 3.0 or 15.0 mg/kg of the aqueous extract (AQE) from Ipomoea carnea (I. carnea) dried leaves on gestational days 5-21 were studied in rats. Maternal reproductive performance...

Exposição gestacional ao etanol e avaliação de níveis de cortisol salivar em crianças em idade escolar; Gestational exposure to ethanol and assessment of salivary cortisol levels in school age children

Rodriguez, Isela Iveth González
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
16.86%
INTRODUÇÃO: Consumo de álcool na gestação é um sério problema de saúde pública envolvendo grande risco de embriotoxicidade e teratogenicidade fetal. Exposição fetal ao álcool causa liberação de glicocorticóides (GC) pela suprarrenal como conseqüência da ativação do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal (HPA). Cortisol é o principal glicocorticóide endógeno capaz de interferir na atividade orgânica, influenciando a retroinibição do eixo HPA. Álcool consumido na gravidez pode alterar indiretamente o desenvolvimento fetal ao perturbar as interações hormonais normais dos eixos hipotálamo-pituitária-adrenal (HPA), hipotálamo-hipófise-tireoidal (HPT), hipotálamo-hipófise-gonadal (HPG), entre mãe e feto. OBJETIVOS: Comparar dosagens de cortisol salivar em crianças em idade escolar, com e sem histórico prévio de exposição intrauterina ao álcool, e sua relação com risco materno para Fetal Alcohol Spectrum Disorder (FASD) e intensidade do uso de álcool na gestação. METODOLOGIA: Amostra foi constituída de 76 pares de crianças e mães, de doze a treze anos de idade. Para análise do cortisol, foi coletada saliva e feitas análises por radioimunoensaio. RESULTADOS: Em relação à caracterização da amostra em função do risco materno se obteve significância para "mãe praticante de religião" (X²: 5...

Avaliação toxicológica dos benzodiazepínicos diazepam e maleato de midazolam sobre o desenvolvimento pré-natal de ratos wistar.

Gehlen, Karine de Almeida
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.86%
Benzodiazepínicos são amplamente utilizados em animais e humanos, inclusive durante a gestação. Benzodiazepínicos são utilizados como ansiolíticos, anticonvulsivantes, relaxantes musculares e sedativos. Este trabalho investiga o potencial teratogênico dos benzodiazepínicos diazepam e maleato de midazolam em ratos Wistar. Os animais foram divididos em três grupos “experimentais”, um grupo controle que recebeu água destilada, um grupo que recebeu diazepam na dose de 10 mg/kg/dia, e um grupo que recebeu 5 mg/kg/dia de midazolam. Os animais receberam os tratamentos por administração via oral. As fêmeas gestantes foram tratadas durante o período de organogênese, que no rato é do 6° ao 15° dia da gestação. Durante a gestação as fêmeas foram monitoradas quanto ao desenvolvimento corporal, ingesta de água e ração. No 21° dia de gestação as progenitoras foram sacrificadas e avaliadas quanto à toxicidade materna sistêmica. Os fetos foram avaliados quanto a embriotoxicidade e alterações esqueléticas. Os resultados demonstraram que as fêmeas dos três grupos tiveram ganho de peso, consumo de água e consumo de ração semelhante, assim como peso dos órgãos internos, sugerindo não haver toxicidade materna. Nos grupos diazepam e maleto de midazolam houve uma diminuição do número de fetos por ninhada (9...

Marcadores de desenvolvimento em filhotes de ratas expostas ao álcool no período pré-natal

Brolese, Giovana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.86%
A exposição pré-natal ao álcool é uma das principais causas evitáveis de prejuízos ocasionados no nascimento, bem como alterações no desenvolvimento e comportamento do bebê. Ainda não se sabe qual a dose suficiente para causar danos psiconeurobiológicos. Esse fato é preocupante, visto que o consumo de álcool durante a gestação envolve risco de embriotoxicidade e teratogenicidade fetal. Com modelos animais de exposição pré-natal ao álcool é possível evidenciar diferentes tipos de prejuízos. A utilização de uma dieta líquida para administração via oral torna a exposição ao álcool nenos estressante e indolor para o animal. O presente trabalho pretende verificar os efeitos de diferentes doses de etanol, no desenvolvimento, maturação e comportamento de filhotes cujas mães foram expostas ao álcool no período prénatal. Para o experimento principal foram necessários ratos Lister Hooded (93 fêmeas e 31 machos) em idade reprodutiva (45-60 dias) para os acasalamentos. Durante a gestação as ratas do grupo tratado receberam uma dieta líquida nutricionalmente balanceada com duas diferentes doses de álcool (10 e 26%), enquanto os grupos controles receberam a mesma dieta líquida sem álcool ou apenas ração e água. O período de exposição à dieta líquida seguiu-se até o dia do parto. Os testes de desenvolvimento (peso...

Efeito da aloína e do extrato do parênquima clorofiliano da Aloe barbadensis na viabilidade de células tumorais e na formação de vasos sanguíneos

Berti, Fernanda Vieira
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xiv, 55 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
16.86%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química.; Aloe barbadensis, uma espécie originária do continente africano adaptada no Brasil, possui diversas propriedades medicinais determinadas por metabólitos encontrados nos extratos dos parênquimas de reserva e clorofiliano. Este último é rico em antraquinonas, sendo constituído majoritariamente de aloína. No presente trabalho, foram estudados os efeitos do extrato do parênquima clorofilano (EPC) e da aloína sobre a viabilidade de células tumorais da linhagem B16F10 in vitro e a formação de vasos sangüíneos de embriões de Gallus domesticus in vivo. Na análise in vitro, células incubadas a 37ºC em atmosfera contendo 5% de CO2, foram tratadas em diferentes concentrações de aloína e de EPC. Tanto a aloína (0,01 a 230 µg?mL-1) como o EPC (0,01 a 100 µg?mL-1) reduziram a viabilidade das células tumorais. Os dados experimentais foram representados através de um modelo matemático, evidenciando que o EPC mostrou-se 2,3 vezes mais citotóxico para as células tumorais do que a aloína. Ao contrário do verificado sobre a atividade antitumoral, a aloína (10 a 320 µg?mL-1) e o EPC (10 a 320 µg?mL-1) estimularam de modo dose-dependente a vasculo/angiogênese na membrana vitelínica (MV) em 154 e 177% e a angiogênese na membrana corioalantóica (MC) em até 131 e 164%...

Toxicidade aguda, neurotoxicidade reprodutiva e embriotoxicidade do chá ayahuasca (Banisteriopsis caapi e Psychotria viridis) em ratas wistar

Motta, Luciana Soares Gueiros da
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR; ENG
Relevância na Pesquisa
16.86%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013.; A ayahuasca é uma infusão vegetal psicoativa da Amazônia preparada a partir do cipó de Banisteriopsis caapi, que contém alcalóides ß-carbolinas inibidores de monoamina oxidase, enzima que degrada o neurotransmissor serotonina. Além disso, essa infusão contém folhas de Psycotria viridis, constituída por N, N-dimetiltriptamina (DMT), agonista de receptores de serononina. No Brasil, o chá é utilizado em contexto ritualístico principalmente pelas religiões União do Vegetal, Barquinha e Santo Daime. No presente estudo, ratas Wistar foram expostas via gavagem a doses relacionadas com a dose usual ingerida no ritual da UDV, 150 mL para uma pessoa de 70 kg (1X). O estudo de toxicidade aguda seguiu o protocolo OECD 423/2001, indicou uma DL50 maior que 50X. Uma hora após a administração única das doses 30X e 50X, os animais foram avaliados quanto à função comportamental nos testes de campo aberto, labirinto em cruz elevado e natação forçada, indicando diminuição da locomoção e potencial efeito antidepressivo. Animais tratados com 30X mostraram alta atividade neural, indicada pela marcação de c-fos...

Toxicidade reprodutiva de poluentes ambientais para moluscos de ??gua-doce: estudos com caramujos do g??nero biomphalaria

Oliveira Filho, Eduardo Cyrino de
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.86%
A polui????o das ??guas vem sendo motivo de crescente preocupa????o face as previs??es de escassez deste recurso natural. Neste contexto, os testes de toxicidade tem sido ??teis para nortear atividades regulat??rias voltadas para controle da polui????o e preven????o de danos aos ecossistemas aqu??ticos. Os ensaios mais frequentemente empregados para este fim envolvem um reduzido n??mero de esp??cies e apenas exposi????es de curta dura????o. Aspectos mais sutis da toxicidade, como disfun????es reprodutivas evidenciadas ap??s exposi????es prolongadas a baixas concentra????es dos poluentes, s??o em geral negligenciados. Neste trabalho foram realizados dois estudos para avaliar os efeitos de subst??ncias qu??micas sobre a reprodu????o de caramujos do g??nero Biomphalaria. No primeiro estudo (Cap??tulo 1) investigou-se a embriotoxicidade de subst??ncias moluscicidas para a B. glabrata; e no segundo (Cap??tulo 2) avaliou-se os efeitos da exposi????o cont??nua por mais de uma gera????o a 3 poluentes, sobre a reprodu????o da B. tenagophila. No primeiro estudo, cerca de 200 ovos (com at?? 15 horas), foram expostos ?? 4 moluscicidas por 96 horas e observados por mais 6 dias ap??s cessada a exposi????o. Os resultados mostraram que o l??tex da Euphorbia milii ?? praticamente desprovido de efeito embrioletal...

Estudo da embriotoxicidade da beta-ionona em ratos

Pinto, Fl??via Cristina Morone
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.86%
Beta-ionona (4-[2,6,6-trimethyl-1-cyclohexen-1-1yl]-3-buten-2-one; CAS 79-77-6) ?? um sesquiterpeno degradado (C13) encontrado nos ??leos essenciais de uma variedade de plantas, entre os quais o ??leo de violeta. Este composto tem sido usado na ind??stria, como intermedi??rio na s??ntese de fragr??ncias, vitamina A e como aditivo alimentar, sobretudo na ind??stria de vinhos. O objetivo deste estudo foi avaliar o potencial embriot??xico da beta-ionona que, em estudos anteriores, mostrou claros ind??cios de induzir embrioletalidade em ratos. Ratas Wistar foram tratadas por entuba????o g??strica com beta-ionona (125, 250, 500 e 1000 mg/kg de peso corporal/dia) ou apenas com ve??culo (??leo de milho), entre os dias 6 e 15 de gravidez. No dia 21, as f??meas foram sacrificadas por inala????o de CO2 e submetidas ?? ces??rea. O ??tero grav??dico foi pesado com todo seu conte??do. (...) Neste n??vel de dose, a beta-ionona tamb??m afetou adversamente o desenvolvimento embrion??rio, causando embrioletalidade, evidenciada pelo aumento de perdas peri-implanta????o e pelo discreto aumento na propor????o de reabsor????es por implanta????es. Ainda em rela????o ao efeito embrioletal da beta-ionona observado neste estudo, pode-se dizer que as f??meas foram mais suscet??veis do que os machos. No presente estudo...

Estudo dos efeitos embriot??xicos de xenobi??ticos em biomphalaria glabrata

Geraldino, Barbara Rodrigues
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.86%
(...) O objetivo deste estudo foi avaliar, em B.glabrata, o efeito embriot??xico de alguns solventes, i.e., acetona, etanol e do dimetilsulf??xido (DMSO) e de subst??ncias que foram genot??xicas, carcinog??nicas e/ou teratog??nicas em outros ensaios in vitro e in vivo, i.e., azida s??dica (AS), ciclofosfamida (CP), cloreto de c??dmio (CdCl2), colchicina (COL) e per??xido de hidrog??nio (H2O2). Desovas de B. glabrata (menor ou igual a 15h ap??s a postura, est??gio de bl??stula) foram expostas (>200 ovos) por 96 horas ?? diferentes concentra????es dos xenobi??ticos e avaliadas at?? o d??cimo dia. Foram analisados os desfechos embrioletalidade, teratogenicidade (indu????o de malforma????es) e retardo da eclos??o e calculadas as Concentra????es Letais 50 por cento (CL50 24h, 96h e 10 dias), as Concentra????es Inibit??rias 50 por cento (CI50 - 10 dias) e as Concentra????es Efetivas 50 por cento (CE50 - 10 dias). Os resultados (M) para acetona, etanol e DMSO foram como se segue: Embrioletalidade (CL50 e (IC95 por cento)) 24h: 0,23 (0,22-0,25), 0,53 (0,45-0,56), 1,58 (1,50-1,67); 96h: 0,20 (0,19-0,21), 0,31 (0,29-0,32), 0,20 (0,19-0,21); 10 dias:0,17 (0,16-0,18), 0,26 (0,25-0,27), 0,15 (0,14-0,16). Retardo de Eclos??o(CI50 e (IC95 por cento)...

Zebrafish early life-stages and adults as a tool for ecotoxicity assessment; O peixe zebra como uma ferramenta para avaliação de ecotoxicidade

Oliveira, Rhaul
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
ENG
Relevância na Pesquisa
17.56%
O peixe-zebra (Danio rerio) é um vertebrado modelo grandemente utilizado em investigação científica em todo o mundo. Nas últimas décadas, foram desenvolvidos protocolos e técnicas que permitem o uso deste organismo na avaliação de ecotoxicidade. Com o presente trabalho pretendeu-se aplicar múltiplas técnicas para avaliar a toxicidade de diferentes químicos em Danio rerio a nível letal e subletal (embriotoxicidade, genotoxicidade e biomarcadores) realizando testes com embriões e adultos. Numa primeira fase foram selecionados químicos representativos de diferentes tipos de contaminação ambiental. O dicromato de potássio (metal pesado), o triclosão (bactericida) e as δ-endotoxinas (toxinas Bt) foram escolhidos com base nos seus diferentes modos de ação, uso e potecial risco ecológico. Foram realizados ensaios ecotoxicológicos utilizando o peixe-zebra nos diferentes estádios do seu ciclo de vida. Os protocolos da OECD “Fish, Acute Toxicity Test” e “Fish Embryo Test” foram adoptados para avaliação da toxicidade aguda, alterações comportamentais e embriotoxicidade (no caso dos testes com embriões). Foram ainda incluidos ensaios para determinação da actividade de algumas enzimas (colinesterase (ChE)...

Efeitos tóxicos dos extratos aquosos e hidralcoólicos de Indigofera Suffruticosa sobre Biomphalaria glabrata, cercarias de Schistosoma mansoni e larvas de Artemia salina

Souza Figueiredo, Eliane; Teresa Jansem de Almeida Catanho, Maria (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.86%
Indigofera suffruticosa Mill é um arbusto da família Fabaceae conhecido popularmente como anil. É uma planta distribuída em regiões tropicais e subtropicais, sendo utilizada na medicina popular contra diversos problemas de saúde. Este trabalho avalia a atividade tóxica de extrato aquoso e hidroalcoólico das folhas da I. suffruticosa sobre caramujos adultos e na fase embrionária de B. glabrata expostos as concentrações de 0,125, 250, 500, 750 e 1000 ppm por 96 horas. Outros aspectos observados foram à atividade cercaricida dos extratos após 120 minutos (min) de exposição nas mesmas concentrações acima citadas e a análise da atividade artemicida dos extratos após 24 horas de exposição, nas mesmas concentrações acima citadas. Após o término do período de exposição observou-se que o extrato aquoso na concentração de 500 ppm provocou redução na taxa de fecundidade e fertilidade dos caramujos adultos para 53,9% e 49,6 %, respectivamente, e o extrato hidroalcoólico, para 44,7% e 40,4%, respectivamente. O estudo da embriotoxicidade mostrou que na concentração de 250 ppm do extrato aquoso apresentou 26,0% de inviabilidade enquanto que o hidroalcoólico apresentou 53,0%. A atividade cercaricida do extrato aquoso apresentou forte toxicidade na concentração de 250 ppm e após 120 mim de exposição...

Cereus jamacaru DC: efeito toxicológico sobre o desenvolvimento embrionário de Rattus norvegicus

Brando Messias, Júlio; Antonia de Souza, Ivone (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
16.86%
Cereus jamacaru DC. pertence à família Cactaceae e é amplamente utilizado pela medicina popular nordestina principalmente no tratamento de distúrbios renais, digestórios, respiratórios, circulatórios e hepáticos. Este trabalho teve como objetivo realizar uma abordagem toxicológica do extrato bruto de C. jamacaru DC., durante o período de desenvolvimento embrionário em ratos Wistar (Rattus norvegicus albinus) em diferentes fases da prenhez, o qual se dividiu em três etapas. A primeira etapa constou de uma revisão bibliográfica sobre os aspectos etnobotânico e etnofarmacológico do vegetal. Na segunda etapa o estudo foi sobre potencial embriotóxico do vegetal. Foram utilizadas 20 ratas adultas prenhas (n = 05/grupo), tratadas por via oral com extrato bruto metanólico (EBM) de C. jamacaru DC., do 2º ao 6º dia de gestação, distribuídas em: Grupo 1 - soro fisiológico (controle) e Grupos 2, 3 e 4, tratadados com as doses de 100, 250 e 500 mg/kg de peso, respectivamente. Foram investigados: massa corporal materno, consumo de ração, número de conceptos vivos e mortos, reabsorção embrionária, sítio de implantação, número de corpo lúteo, peso do feto, tamanho do feto, peso dos órgãos maternos. A avaliação da atividade mutagênica e antimutagênica de C. jamacaru DC. foram investigadas através do teste de micronúcleos. Utilizaram-se 24 ratas prenhas...

Avaliçaõ da presena, toxicidade e da possível biomagnificaô de HPAs

Maceno, Marcell Mariano Corrå
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
16.86%
Resumo: Os ambientes aquáticos, dentre eles os estuários, constituem-se receptores finais de poluição antrópica. O objetivo deste estudo foi identificar a presença na água e, principalmente, no sedimento de hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) ao longo do complexo estuarino da Baía de Paranaguá (CEP). Além disso, através da identificação destes hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, buscou-se avaliar a biomqgnificação destes compostos através de um modelo matemático e analisar o potencial toxicológico do sedimento da região através da aplicação do ensaio de embriotoxicidade com peixe-zebra (Danio rerio). Foram realizadas as análises de composição granulométrica e geoquímica do sedimento, bem como a concentração de HPAs em água e sedimento, considerando os 16 HPAs prioritários segundo a U.S.EPA (Agência de Proteção Ambiental Americana). Através dos resultados das análises de água e sedimento, foram realizados o bioensaio com embrião de peixe-zebra e a modelagem matemática para avaliação da biomagnificação. De acordo com os resultados obtidos, o sedimento do CEP apresentou uma introdução de material orgânico de origem antrópica, principalmente relacionado as atividades portuárias da região. Além disso...

Quantificação de substâncias com atividade estrogênica e caracterização da toxicidade embriolarval em zebrafish (Danio rerio) nos efluentes das estações de tatamento de esgotos sul e norte e no Lago Paranoá, Brasília-DF

Silva, Sandra Rita
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
16.86%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2015.; O lançamento de esgoto doméstico em corpos hídricos resulta na deposição de vários poluentes, entre eles os chamados poluentes emergentes. Dentre esses destacam-se os interferentes endócrinos (IEs), agentes exógenos que mimetizam os hormônios naturais ativando ou bloqueando vias de sinalização que desencadeiam a função hormonal. Esses poluentes têm sido encontrados em amostras ambientais do mundo todo, incluindo o Brasil, em baixas concentrações, causando efeitos aos organismos expostos. Nesse contexto, os objetivos do presente trabalho foram: investigar a ocorrência de três poluentes emergentes com atividade estrogênica -17β-estradiol (E2), 17α-etinilestradiol (EE2) e bisfenol A (BPA) em amostras de água do Lago Paranoá e de efluentes das Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) Sul e Norte, Brasília-DF; verificar a toxicidade das amostras e do poluente mais frequentemente detectado (BPA), através de ensaios de exposição em embriões de Danio rerio e da avaliação de marcadores bioquímicos e, por fim, comparar os resultados obtidos com concentrações de efeito para animais aquáticos do primeiro e do segundo níveis tróficos descritos na literatura. Para as análises de quantificação...

Efeitos embriotóxicos do tratamento pré-natal com extrato aquoso de Ipomoea carnea em ratos; Embryotoxic effects of prenatal treatment with Ipomoea carnea aqueous fraction in rats

Hosomi, Rosana Zoriki; Spinosa, Helenice de Souza; Górniak, Silvana Lima; Habr, Soraya Ferreira; Penteado, Sandra Witaker; Varoli, Franci Mary Fantinato; Bernardi, Maria Martha
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 ENG
Relevância na Pesquisa
16.86%
Os efeitos embriotóxicos da exposição diária pré-natal a 0,0, 0,7, 3,0 ou 15,0mg/kg do extrato aquoso da I. carnea nos dias 5 a 21 de gestação foram estudados. Foram avaliados a performance reprodutiva materna, anormalidades esqueléticas e viscerais e malformações. Além disso, após o tratamento foram encontrados achados anatomopatológicos. Em relação às ratas mães, nossos resultados mostraram que a exposição às diferentes doses não afetou o peso corporal, ganho de peso, consumos de água e ração e performance reprodutiva. Apesar disso, apresentaram vacuolização citoplasmática de forma dose-dependente em fígado, rins, tireóide e glândula adrenal. Exames fetais não mostraram anormalidades externas ou malformações, sendo somente encontradas evidências de anormalidades esqueléticas e viscerais após altas doses do extrato. Foi observada redução dos centros de ossificação. Os presentes dados mostram que a ingestão prenatal do extrato de I. carnea induz embriotoxicidade. Estes efeitos são atribuídos à ação na homeostase maternal ou diretamente na concepção.; The embryotoxic effects of prenatal daily exposure to 0.0, 0.7, 3.0 or 15.0 mg/kg of the aqueous extract (AQE) from Ipomoea carnea (I. carnea) dried leaves on gestational days 521 were studied in rats. Maternal reproductive performance...

Quantificação de substâncias com atividade estrogênica e caracterização da toxicidade embriolarval em zebrafish (Danio rerio) nos efluentes das estações de tatamento de esgotos sul e norte e no Lago Paranoá, Brasília-DF

Silva, Sandra Rita
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
16.86%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2015.; O lançamento de esgoto doméstico em corpos hídricos resulta na deposição de vários poluentes, entre eles os chamados poluentes emergentes. Dentre esses destacam-se os interferentes endócrinos (IEs), agentes exógenos que mimetizam os hormônios naturais ativando ou bloqueando vias de sinalização que desencadeiam a função hormonal. Esses poluentes têm sido encontrados em amostras ambientais do mundo todo, incluindo o Brasil, em baixas concentrações, causando efeitos aos organismos expostos. Nesse contexto, os objetivos do presente trabalho foram: investigar a ocorrência de três poluentes emergentes com atividade estrogênica -17β-estradiol (E2), 17α-etinilestradiol (EE2) e bisfenol A (BPA) em amostras de água do Lago Paranoá e de efluentes das Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) Sul e Norte, Brasília-DF; verificar a toxicidade das amostras e do poluente mais frequentemente detectado (BPA), através de ensaios de exposição em embriões de Danio rerio e da avaliação de marcadores bioquímicos e, por fim, comparar os resultados obtidos com concentrações de efeito para animais aquáticos do primeiro e do segundo níveis tróficos descritos na literatura. Para as análises de quantificação...

Reproductive performance and embriotoxicity of rats exposed to carbamazepine; Performance reprodutiva e embriotoxicidade de ratos expostos à carbamazepina

Gerenutti, Marli; Oliveira, Carolina Clavijos de; Miranda, Aliana Conceição Ribeiro de; Rosa, Raquel Mendonça; Del Fiol, Fernando de Sá
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2008 ENG
Relevância na Pesquisa
27.56%
To study the possible effects of carbamazepine in rats during pregnancy and fetuses' physical development, carbamazepine solubilized in propilenglycol was orally administered (20 and 40 mg/kg) to the female rats from the 2nd to the 19th days of pregnancy. Propilenglycol was administered to the control group. The animals were sacrificed on the 20th day, when 50% of the offspring were fixed in Bouin's solution and the remaining 50% were submitted to diaphanization. The carbamazepine administration caused reduction on weight gain of pregnant rats and did not damage the females' reproductive performance. In the fetuses' physical development, it was observed a flattening on the skull soft tissues and bones; delay in the skull bone development; cartilage calcification increase between hip and femur and reduction in the number of the sternum ossifications. Although carbamazepine has not caused general changes over female rats' reproductive performance, it produced significant alterations in the development of the fetuses' skeletal parameters.; Este trabalho teve como objetivo estudar os possíveis efeitos da administração da carbamazepina na gestação de ratas. A solução glicólica de carbamazepina foi administrada por via oral (20 mg/kg e 40 mg/kg)...