Página 1 dos resultados de 6016 itens digitais encontrados em 0.015 segundos

Fonoaudiologia escolar: proposta de práticas reflexivas de linguagem para o ensino fundamental; Speech pathology in education: proposal of reflexive practices of language for elementary school. College of education

Ciboto, Tais
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
66.26%
O presente estudo, de caráter experimental, buscou relacionar duas grandes áreas - Fonoaudiologia e Educação - tendo como tema principal a promoção de linguagem oral e escrita no contexto escolar. Sucessivos estudos apontam que um índice muito grande de alunos brasileiros chegam à 4ª série sem saber ler e escrever ou com níveis muito baixos de aquisição das habilidades de leitura e escrita exigidas para este grau de escolarização. Diante disso, esta pesquisa teve por objetivos: avaliar e categorizar os níveis de linguagem escrita dos alunos de 4ª série do Ensino Fundamental e estudar e avaliar, por meio de uma pesquisa-ação, os benefícios de uma proposta de práticas reflexivas de linguagem para crianças com aprendizagem adequada para a série em questão, para as que apresentavam um distúrbio de leitura e escrita já instalado e para aquelas com risco para esta alteração. Para a amostra deste estudo foram selecionados 58 alunos de duas turmas da 4ª série de uma mesma escola. Elaborou-se um Programa de Práticas Reflexivas de Linguagem (PPRL), composto de quatorze encontros, em que a pesquisadora aplicou diferentes atividades lingüísticas coletivas para a amostra selecionada. Antes e após a execução do Programa...

Construção da noção de número na educação infantil: jogos como recurso metodológico.; Building the notion of number in pre-school and beginning of elementary school: games as a methodological resource.

Villas Bôas, Maria Carolina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/11/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.28%
Este estudo baseia-se nas referências teóricas fornecidas por Piaget, Macedo, Kamii, Ifrah, entre outros. Trata-se de pesquisa realizada em uma escola particular de Educação Infantil da cidade de São Paulo, com 69 alunos de três anos e meio a sete anos e meio. O objetivo foi analisar a hipótese de que o jogo é um recurso metodológico para a construção da noção de número na criança, se for utilizado com intencionalidade pedagógica para isso. Utilizaram-se Jogos de Percurso, de alvo e eliminação de pontos, em situação de sala de aula, propondo-se a resolução de problemas relacionados à contagem, comparação de quantidade, cálculo e notações. Com base em Sinclair e Sastre & Moreno, foram utilizados indicadores de evolução das notações elaboradas pelas crianças. Na análise dos dados, foram estudados casos nos quais se descreveu o desenrolar das evoluções das respostas de crianças sobre os problemas enfrentados nos diferentes jogos. De um modo geral, observaram-se progressos efetivos das crianças nos conteúdos analisados. Na discussão analisou-se a importância dos tipos de jogos utilizados para o ensino e a aprendizagem dos conteúdos propostos. Consideraram-se também os resultados quanto à evolução das notações...

Da educação infantil ao ensino fundamental: com a palavra a criança: um estudo sobre a perspectiva infantil no início do percurso escolar.; From kindergarten to elementary school: the child talk: a study of the initial moment in school from the children's point of view.

Teixeira, Teresa Cristina Fernandes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.41%
Tendo em vista que as relações estabelecidas pela criança com a escola, com seus colegas e professores e com a aprendizagem são fatores constituintes do sucesso escolar, considero que a passagem da Educação Infantil (EF) para o Ensino Fundamental (EF) seja um momento especialmente importante no estabelecimento dessas relações, podendo ter forte impacto na forma como as crianças lidam com a escola. Calcado nesses pressupostos, o objetivo deste trabalho foi o de ouvir as crianças, procurando identificar e mapear sentidos que podem ter para elas suas formas de interagir com a escola nesse momento de transição. A interação da criança na escola (com a cultura escolar, com os atores sociais desse contexto e com a língua escrita enquanto objeto de conhecimento) foi o objeto desta pesquisa, numa perspectiva histórico-cultural (Vygotsky) e enunciativo-discursiva (Bakhtin). A pesquisa foi realizada em duas escolas públicas de São Paulo, acompanhando 20 crianças em dois momentos: na Fase I em classes do último estágio da EI e, na Fase II, em classes da 1ª série do EF. Foi adotada uma abordagem de caráter etnográfico, articulada ao enfoque microgenético apoiado na concepção enunciativo-discursiva da linguagem. Os depoimentos foram obtidos através de entrevistas individuais e grupos focais. Como forma de favorecer a interlocução e ampliar a possibilidade expressiva...

As representações enativas, icônicas e simbólicas decorrentes do processo de enculturação científica no primeiro ano do ensino fundamental; The representations enactive, iconic and symbolic from the process of scientific Enculturation in the first year of elementary school.

Blasbalg, Maria Helena
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.3%
Em vista das recentes mudanças que acarretaram a inclusão da criança de seis anos no ensino fundamental, fez-se necessária a reflexão sobre um ensino de ciências coerente com a criança dessa faixa etária. Os documentos governamentais apontam uma perspectiva sociocultural de ensino e aprendizagem dessa área do conhecimento, mas esclarecem pouco sobre como promover seu ensino no dia-a-dia escolar. O presente trabalho partiu do pressuposto de que a ciência possui uma cultura própria, com valores, linguagem, práticas, percepções, teorias, crenças, materiais e etc. Sob essa perspectiva ensinar ciências implica a valorização de diferentes práticas que possibilitem a introdução dos alunos nessa cultura e, nesse sentido, o ensino deve ir além da simples memorização de conceitos em busca de uma aprendizagem capaz de atribuir sentido ao que somos e aos acontecimentos que nos cercam. Trata-se, portanto, de um processo de Enculturação científica. Considerando que as crianças do primeiro ano constroem seus significados através das representações enativas, icônicas e simbólicas, essa pesquisa buscou compreender como as crianças do primeiro ano do ensino fundamental constroem o conhecimento mediante o ensino intencional de ciências sob a perspectiva da Enculturação científica. O presente trabalho envolveu um estudo qualitativo...

Ensino fundamental de nove anos no município de  São Paulo: um estudo de caso; Nine years elementary school in São Paulo city: a study case.

Klein, Sylvie Bonifacio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.42%
A pesquisa foi motivada pela alteração da organização da educação básica por meio das Leis federais nº.11.114/05, que alterou a idade obrigatória de ingresso no ensino fundamental para seis anos de idade, e nº.11/274/06, que ampliou a duração do ensino fundamental para nove anos. Tinha-se como objetivo analisar a implementação do ensino fundamental de nove anos na rede municipal de São Paulo. Para tanto, foi realizado um estudo de caso em uma turma de 1º ano do ensino fundamental de nove anos, em escola da rede municipal, visando articular as orientações e normatizações da política nacional, sua adequação em nível municipal e sua realização no cotidiano da escola. Como forma de contextualizar o objeto de pesquisa abordou-se aspectos históricos da ampliação do ensino fundamental e buscou-se referências sobre a etapa até então responsável pelo atendimento das crianças de seis anos: a educação infantil. Foram levantados exemplos de experiências de ensino fundamental de nove anos anteriores à alteração nacional, bem como a relação das mudanças estudadas com o financiamento da educação básica. Foi feito levantamento documental sobre o tema nas normatizações nacionais, estaduais de São Paulo e municipais...

Recognição e criatividade, como cognição inventiva, nos processos de interação em uma sala de aula do ensino fundamental; Recognition and creativity, as inventive cognition, in the process of interaction in a classroom of elementary school.

Cassiano, Patricia Machado Domingues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.27%
A criatividade é um tema de crescente interesse no meio acadêmico, oriundo de uma demanda da sociedade capitalista voltada para a criação. Estudos recentes criticam a concepção tradicional de criatividade, fundamentando-se na diferença entre o conceito de invenção e criatividade e afirmando que esta se limita a solucionar os problemas impostos pela sociedade, enquanto a primeira se propõe a um movimento de problematização das formas cognitivas. O presente trabalho pretende investigar a criatividade como cognição inventiva, mediada por experiências de interação num determinado contexto, caracterizando a forma de criação em relação ao mundo e a si mesmo. O objetivo geral da pesquisa é conhecer como a criatividade se produz na sala de aula, investigando em quais momentos ela se aproxima de uma cognição inventiva e em quais momentos ela se limita a uma reprodução cognitiva. A pesquisa foi desenvolvida numa Escola Municipal de Ensino Fundamental, localizada na periferia de um município no interior de São Paulo. Participaram da pesquisa uma professora e 35 alunos de uma sala de aula de uma quarta série do Ensino Fundamental, além dos profissionais da escola que participam do contexto e cotidiano institucional. Trata-se de uma pesquisa de metodologia qualitativa de inspiração etnográfica...

Obstáculos à aprendizagem de conceitos algébricos no ensino fundamental: uma tentativa de aproximação entre os obstáculos epistemológicos e a teoria dos campos conceituais; Learning obstacles involved in the learning of algebraic concepts in elementary school: an attempt approach between epistemological obstacles and theory of conceptual fields.

Kikuchi, Luzia Maya
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.26%
Esta pesquisa tem como objetivo investigar os obstáculos à aprendizagem de Álgebra no Ensino Fundamental com o intuito de ajudar na compreensão das dificuldades envolvidas no aprendizado desse tópico. Para tal efeito, foi feito um levantamento da bibliografia relacionada à construção da ideia de obstáculo, erros e dificuldades relativos à aprendizagem de Matemática no Brasil e no exterior. Através desse levantamento, constatou-se que elevados índices de erros cometidos por alunos do Ensino Fundamental em países como a Inglaterra e os Estados Unidos, em problemas matemáticos relacionados à Álgebra, aproximam-se da realidade brasileira, como mostram os dados do último relatório fornecido pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas). Para confirmar esses fatos, foi aplicada uma pesquisa entre os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental, da rede pública do estado de São Paulo, com questões adaptadas do SARESP (Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo). Para efeitos de análise, os obstáculos encontrados foram classificados sob a perspectiva de quatro categorias (Epistemológicos, Didáticos, Psicológicos e Ontogenéticos) definidas por Guy Brousseau para o ensino de Matemática. Utilizou-se também o aspecto conceitual do domínio do funcionamento cognitivo do "sujeito-emsituação"...

A organização do ensino de matemática no primeiro ano do ensino fundamental; The organization of mathematics teaching in the first year of elementary school.

Catanante, Ingrid Thaís
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.37%
A presente investigação se vincula a pesquisa contemplada pelo Projeto Observatório da Educação intitulada: Educação matemática nos anos iniciais do Ensino Fundamental: Princípios e práticas da organização do ensino". Esta pesquisa é realizada pelo Grupo de Estudo e Pesquisa sobre Atividade Pedagógica GEPAPe/FEUSP e objetiva investigar as relações entre o desempenho escolar dos alunos, representado pelos dados do INEP, e a organização curricular de matemática nos anos iniciais do ensino fundamental. Nossa participação está voltada para a organização do ensino de matemática no contexto da ampliação do ensino fundamental para nove anos no Brasil. A promulgação da Lei de n° 11274/2006, que dispõe a duração do ensino fundamental de nove anos, conduz a relevantes questões para o cenário educacional atual, pois, além de consolidar a política de ampliação do acesso à educação às crianças de 6 anos, é importante assegurar a elas um processo educativo que respeite o tempo da infância e seja consoante à adequação tanto das condições materiais quanto da organização pedagógica, tendo em vista a formação integral da criança. Neste sentido, pretendemos caracterizar a organização do ensino de matemática no primeiro ano do ensino fundamental...

Ensino Fundamental de nove anos: dificuldades enfrentadas e aprendizados construídos por gestores e professores; Nine year Elementary School Cycle

Thomé, Andréa Cristine Mesquita Bergamasco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.37%
A temática da ampliação do ensino fundamental de oito para nove anos, em obediência à legislação em vigor - Lei n. 11.114/ 2005 e Lei n. 11.274/2006 -, vem produzindo debates e posições antagônicas frente à obrigatoriedade da inserção da criança de seis anos no ensino fundamental. O presente estudo, de caráter qualitativo, defende a necessidade de se compreender, na concretude da implementação dessa proposta, quais as dificuldades enfrentadas, algumas soluções buscadas e aprendizados construídos pelos envolvidos nessa ampliação. A investigação toma como base a realidade de uma rede de ensino de um município em processo de implantação do ensino fundamental de nove anos. Utilizou-se como fonte principal de material empírico entrevistas semiestruturadas realizadas com cada participante no início, no meio e no final do ano letivo. Os participantes são: a supervisora da secretaria municipal de educação; profissionais das três escolas do município - uma coordenadora e uma professora de primeiro ano de cada escola. O referencial teórico-metodológico do trabalho orienta-se pelos pressupostos da perspectiva da Rede de Significações. O processo de análise seguiu a redação orientada por sete eixos: 1-Condições oferecidas; 2- O sujeito do ensino fundamental de nove anos: a criança de seis anos; 3- Currículo; 4- Material didático adotado/centralidade na alfabetização; 5- Acompanhamento e formação; 6- Avaliação da ampliação/Adaptação?; 7- Aprendizados construídos. As falas das participantes são entendidas como um meio de se compreender os sentidos e significações que foram sendo construídos ao longo do ano no processo de implantação da nova política educacional. Encontramos nas falas das participantes o despreparo dos envolvidos - gestores...

A educação e o professor polivalente: considerações a partir de Carl G. Jung e Hannah Arendt; The education and the elementary school teacher: considerations based on Carl G. Jung and Hannah Arendt

Targino, Renata Fernandez
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.28%
A educação de crianças e jovens é um pré-requisito para a continuação do mundo humano. Sem ela, nenhuma sociedade sobreviveria a mais de uma geração. Nesse contexto, o professor ocupa um papel central, sendo um representante do mundo dos adultos frente a seus alunos. Esta pesquisa teceu um diálogo entre a Psicologia Analítica de Carl G. Jung, sobretudo em suas concepções sobre a educação e o arquétipo do Mestre-Aprendiz, e as reflexões de Hannah Arendt sobre o compromisso da escola com o mundo público. A partir da aproximação entre estes dois autores, buscou-se ampliar a compreensão de como os professores polivalentes significam a própria experiência docente atualmente e como a relacionam com seu papel dentro do contexto educacional. Para tal, foram realizadas seis entrevistas semi-dirigidas com professoras do Ensino Fundamental I, sendo que cinco atuavam em escolas particulares e uma na rede pública. Além disso, no final de cada entrevista foi solicitada a elaboração de um desenho relativo à profissão. O material coletado foi agrupado e analisado sob inspiração do método de processamento simbólico. Verificamos que a educação, como toda situação típica humana, é regida por um campo simbólico: o do Mestre-Aprendiz. Nesse campo...

A música no ensino fundamental: condições de oferecimento e sua contribuição para o processo de ensino e aprendizagem, na perspectiva dos professores; The music in elementary school: offering conditions and its contribution to the teaching and learning process, from the teachers perspective.

Pupin, Rosimeri Priscila
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.27%
Esta pesquisa qualitativa etnográfica objetivou descrever as práticas musicais no Ensino Fundamental, após a implantação da Lei 11.769/08 que as tornou obrigatórias. Na revisão de literatura, encontrou-se que a maioria dos estudos enfatiza a preocupação dos autores com a formação musical dos professores, com os conteúdos trabalhados, com a ampliação a apreciação musical dos alunos, influenciada pela mídia e com contribuição na formação de um pensamento crítico. Como instrumento de coleta de dados foi utilizada a entrevista semiestruturada com 30 professores de música de Ensino Fundamental, em escolas estaduais da cidade de Ribeirão Preto. Foram realizadas duas entrevistas de 60 minutos, com três temas em cada uma. A partir da análise de conteúdo, encontrou-se seis agrupamentos gerais para as diversas classes de categorias. O primeiro agrupamento foi a falta de conteúdos musicais durante a formação dos professores que são licenciados em Pedagogia e mesmo em Arte, o que acarreta em grande dificuldade para que as práticas musicais na sala de aula possam ser enfrentadas com segurança e evidencia a necessidade de um especialista para trabalhar com a música na escola. O segundo agrupamento se referiu ao uso da música como parte de atividades programadas pela escola ou pela rede estadual de ensino...

Tendencias da pesquisa academica sobre o ensino de ciencias nas series iniciais da escolarização (1972-2005); Trends in academic research on the science education in elementary school (1972-2005)

Rebeca Chiacchio Azevedo Fernandes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.28%
Considerando-se a incipiente divulgação das pesquisas sobre a Educação em Ciências no Brasil e seu reconhecido potencial para a melhoria do ensino escolar, em especial nas séries iniciais, a pesquisa descreve e analisa as tendências das teses e dissertações direcionadas ao Ensino de Ciências nas séries iniciais do ensino fundamental no período de 1972 a 2005. Busca conhecer o que tem sido investigado sobre o ensino de Ciências nesse nível de escolaridade e, de modo particular, quais as características e tendências pedagógicas das práticas escolares propostas e implementadas por essas pesquisas. Por intermédio de catálogos de teses do CEDOC - Centro de Documentação em Ensino de Ciências da Faculdade de Educação da UNICAMP e do banco de Teses da CAPES, foram identificadas 135 teses e dissertações sobre o ensino de Ciências nas quatro primeiras séries do ensino fundamental. Estas foram estudadas segundo os descritores: ano de defesa, orientador, instituição produtora, área de conteúdo do currículo escolar e foco temático. No conjunto de trabalhos, 83% foram defendidos nos últimos dez anos do período investigado e em 48 universidades distintas, predominando a produção da USP (14%), UNESP (9%), UFSCar (6%) e UNICAMP (5%). Quanto à área de conteúdo...

A Educação Física no contexto da nova estrutura do ensino fundamental : uma proposta para o primeiro ano; Physical Education in the new structure of the elementary school : a proposal for the first grade

Michele dos Santos Silva Constantino
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.28%
As recentes ações político-econômicas brasileiras, com a fundamentação da democratização do acesso ao ensino público e elevação global do nível de escolaridade da população, modificaram a estrutura do Sistema de Educação Básica. A Lei 11.274/2006 estabelece o Ensino Fundamental no Brasil pelo período de nove anos, devendo ser iniciado aos seis anos de idade. Essa nova configuração implica uma reestruturação global das práticas pedagógicas do Ensino Fundamental direcionadas à infância, com a necessidade de um trabalho com características individualizadas e adequadas, com um projeto político-pedagógico próprio, que reconheça a natureza infantil, suas especificidades e seu modo peculiar de conhecer e interpretar o mundo preponderantemente por meio da ação lúdica. Diante destas perspectivas, a preocupação de nossa pesquisa consistiu em refletir sobre as questões da ampliação do Ensino Fundamental para nove anos e sobre as ações pedagógicas direcionadas à infância, sobretudo neste contexto, através de pesquisa bibliográfica concernente ao tema; e também disponibilizar uma proposta curricular para a Educação Física do primeiro ano nessa nova estrutura, com pretensão de apresentar-se como uma prática pedagógica que assegure aos alunos a apropriação crítica dos componentes da cultura corporal...

Estratégias de aprendizagem no ensino fundamental : relações com regulação emocional, motivação e rendimento escolar; Learning strategies in elementary school : relationships with emotional regulation, motivation and school performance

Maria Gislaine Marques Perassinoto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.35%
Estudos e pesquisas mostram a importância das estratégias de aprendizagem para o processo de aquisição de conhecimentos e para a melhoria do rendimento escolar. A presente pesquisa investiga as estratégias de aprendizagem relatadas pelos alunos de 2ª, 4ª, 6ª e 8ª séries do Ensino Fundamental, de três escolas públicas do município de Hortolândia, sendo uma municipal (ensino de 1º ano a 4ª série) e duas estaduais (de 5ª a 8ª séries), em relação ao gênero, a idade, a série e ao rendimento escolar. Verifica ainda, se há correlação entre as estratégias de aprendizagem e a regulação emocional e entre as estratégias de aprendizagem e o tipo de motivação para aprender dos alunos. A amostra foi composta de 314 participantes, de ambos os sexos e com diferentes níveis de rendimento escolar, cuja faixa etária variou entre 7 a 17 anos. Para a coleta dos dados utilizou-se a Escala de Estratégias de Aprendizagem do Ensino Fundamental (EAEF), a Escala de Motivação para Aprender de Alunos do Ensino Fundamental (EMA), a Escala de Avaliação da Regulação Emocional para Estudantes do Ensino Fundamental (EREEF) e o Rendimento Escolar dos alunos nas disciplinas de Português e Matemática. As escalas foram aplicadas coletivamente...

Ensino fundamental de nove anos em Goiânia: o lugar criança de seis anos, concepções e fundamentos sobre sua educação; Nine-year Elementary School in Goiânia: the place of a six-year-old child, conceptions and bases about his/her education

COSTA, Sônia Santana da
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Educação; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Educação; Ciências Humanas
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.37%
This research is linked to the Public Politic Project and Infant Education in Goiás: history, conceptions, projects and practices and to the line of research Formation and Professionalization of Teachers from Faculty of Education at Federal University of Goias. It aims to investigate the place of the six-year-old child on the Nine-year Elementary School in a Municipal school in Goiânia. This is na ethnographic research based on the dialectical materialism method with Socio-Historical approach and on the writings of the following authors: Bakhtin (1992 a/b), Luria, (1991, 2006), Leontiev (2004, 2006) e Vygotsky (1979, 1988, 1989, 1991, 2001 a/b, 2006). A mapping of the theses and dissertations deposited in Capes from 2002 to 2006 dealing with themes related to this research was done in order to verify the relevance and the pertinence of the research. The conceptions of Infancy were situated historically through the analysis of the theses and dissertations to comprehend its place in history, its vinculation to the school context and to select the paradigms that guide the current school and that define the place of child in this space. Legal orientations that determine the inclusion of the six-year-old child in the Elementary School were discussed in order to understand the place of Infancy deliberated by legal procedures as well as the Pedagogic proposal of the Municipal Education Bureau to understand the conceptions of Infancy and Education that guide the work developed in schools. In order to apprehend the concrete real ...

The Relationships between Elementary School Principals' Emotional Intelligence, Leadership Style and School Culture

Segredo, Mirta R.
Fonte: FIU Digital Commons Publicador: FIU Digital Commons
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Relevância na Pesquisa
66.32%
The role of the principal in school settings and the principal’s perceived effect on student achievement have frequently been considered vital factors in school reform. The relationships between emotional intelligence, leadership style and school culture have been widely studied. The literature reveals agreement among scholars regarding the principal’s vital role in developing and fostering a positive school culture. The purpose of this study was to explore the relationships between elementary school principals’ emotional intelligence, leadership style and school culture. The researcher implemented a non-experimental ex post facto research design to investigate four specific research hypotheses. Utilizing the Qualtrics Survey Software, 57 elementary school principals within a large urban school district in southeast Florida completed the Emotional Quotient Inventory (EQ-i), and 850 of their faculty members completed the Multifactor Leadership Questionnaire (MLQ Form 5X). Faculty responses to the school district’s School Climate Survey retrieved from the district’s web site were used as the measure of school culture. Linear regression analyses revealed significant positive associations between emotional intelligence and the following leadership measures: Idealized Influence-Attributes (β = .23...

Vivid moments long remembered: the lifetime impact of elementary school musical theatre

Ogden, Holly Christine
Fonte: Quens University Publicador: Quens University
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 413173 bytes; application/pdf
EN; EN
Relevância na Pesquisa
66.35%
This phenomenological study examined the long-term significance of participation in elementary school musical theatre productions. The research aimed to explore the common and unique themes that emerged from adults recalling their childhood experiences, and how these experiences affected the development of musical and life-related skills. A questionnaire was used as the initial exploratory tool. It was distributed to a diverse group of 134 individuals, in retail, business and education settings, representing a stratified sample in two Ontario communities. Semi-structured interviews were conducted with six participants to elicit further memories of significant experiences related to their participation in elementary school musical theatre. The data analysis revealed five core themes and qualities related to the elementary school musical theatre experience including community and gender roles. The most significant meaning of school musical experiences for the participants had little to do with the skills developed in the arts, but rather focused on an increased sense of community and growth in self-awareness and confidence. Suggestions for future research on other salient aspects of elementary school are offered to shed further light on this phenomenon...

A inclusão da criança de seis anos no ensino fundamental : narrativas de práticas curriculares não instituídas; The inclusion of children of six years in elementary school : narratives of curricular practices not imposed

Celisa Carrara Bonamigo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.36%
O currículo é espaço e resultado de um processo de luta entre diferentes tradições e diferentes concepções sociais. O processo, nesse sentido, torna-se tão importante quanto o seu efeito. Ele é a tradução dos conhecimentos considerados socialmente válidos e é construído para ter efeitos sobre as pessoas. Assim, o cumprimento da Lei 11.274, que institui o Ensino Fundamental de nove anos e a inclusão das crianças de seis anos nessa etapa, pressupõe ações, desde o aspecto estrutural e material da escola, passando por formação dos professores, da equipe gestora das unidades e da comunidade, até a criação de um currículo que de fato inclua as crianças no Ensino Fundamental. A partir dessas considerações, delineou-se a seguinte questão: qual é o currículo que vem sendo produzido através das diferentes narrativas de políticas, de professores e a minha própria como coordenadora do grupo de professoras, para as crianças de seis anos que frequentam o Ensino Fundamental? Para responder à questão de pesquisa, ouvi quinze professoras responsáveis, em 2008, pelas turmas de seis anos no município de Várzea Paulista e, usando a narrativa como princípio metodológico, construí mônadas, entendidas como 'centelhas de sentidos' dos temas narrados pelas professoras. Busco nesse trabalho fazer uma discussão do currículo para as crianças de seis anos a partir do viés da cultura...

Projeto "O calendário e a medida do tempo" : ensino de ciências nos anos iniciais do ensino fundamental; The project "The schedule and the measure of time" : science teaching in the early years of elementary school

Simone Cristina de Freitas Mesquita
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.28%
Esta pesquisa teve por objetivo analisar os efeitos da aplicação do projeto "O Calendário e a Medida do Tempo" no ensino aprendizagem de ciências de uma turma do 5º ano do Ensino Fundamental, em uma escola pública do município de Santa Bárbara D'Oeste- SP. Seus temas vinculavam-se ao conteúdo presente no planejamento do ensino de Ciências dessa série e buscou a integração com outras áreas. Este trabalho justifica-se pela constatação de que o ensino de Ciências tem sido marcado pela fragmentação do conhecimento e pela falta de contextualização. Buscou investigar em que medida o Projeto favorece a integração curricular nos anos iniciais do Ensino Fundamental e o desenvolvimento cognitivo dos alunos. Três atividades básicas foram realizadas pelos alunos de modo coletivo e individual, ao longo do ano letivo, complementadas com leituras de textos de gêneros diversos, sistematizações em grupo, entrevistas com pessoas da comunidade e cadernos de memórias dos alunos. Esta pesquisa é do tipo experimental, sem grupo de controle. Os dados foram coletados em sala de aula, com ajustes no direcionamento da proposta, tendo sido observada a modificação no comportamento e aprendizagem dos alunos envolvidos. Os resultados obtidos indicam que a aplicação do projeto favoreceu a construção de um conhecimento integral que busca a reciprocidade e a interação entre as áreas curriculares envolvidas. Os alunos apresentaram mudanças de pensamento...

A construção de conhecimentos em um Projeto de Horta numa classe de 2º ano do Ensino Fundamental; The construction of knowledge in a Vegetable Garden Project in a class of second grade of the Elementary School

Alyne Franco Brandão Belizário
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
Estudos sobre as pesquisas acadêmicas no campo do Ensino de Ciências têm indicado a carência de produção direcionada aos anos iniciais do ensino fundamental. Além disso, são raras as investigações abrangendo o "método de projetos" e a abordagem interdisciplinar. Nesse contexto, o objetivo desta pesquisa foi desenvolver um Projeto sobre "Horta" com crianças do 2º ano do Ensino Fundamental e analisar a produção de conhecimentos das crianças do ponto de vista cognitivo, social e afetivo, bem como o processo de produção da prática pedagógica da professora. O problema de pesquisa assenta-se na seguinte questão: "quais conhecimentos crianças e professora constroem em um Projeto de Horta no 2º ano do Ensino Fundamental?" No Projeto Horta as atividades e a prática da professora foram baseadas numa proposta construtivista e interdisciplinar, desenvolvida de acordo com as sugestões, interesses, participação dos alunos e por meio de atuação reflexiva e investigativa da professora-pesquisadora. Assim, a pesquisa caracteriza-se como de intervenção, com interface entre a pesquisa experimental de grupo único e a pesquisa-ação. Teve como suporte as teorias construtivista de Piaget e socioconstrutivista de Vygotsky e seus seguidores. Para compreender o construtivismo no Ensino de Ciências autores como Alda Pereira...