Página 1 dos resultados de 2 itens digitais encontrados em 0.044 segundos

Propaganda negativa: ataque versus votos nas eleições presidenciais de 2002

Lourenço,Luiz Claudio
Fonte: Centro de Estudos de Opiniao Publica da Universidade Estadual de Campinas Publicador: Centro de Estudos de Opiniao Publica da Universidade Estadual de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
136.2%
O presente artigo trata de um objeto de pesquisa muito comum na literatura estrangeira sobre Comunicação Política, mas ainda pouco estudado no Brasil: a propaganda negativa (negative ads). Caracterizada normalmente por ataques aos adversários, a utilização de propaganda negativa não representa novidade em eleições majoritárias no Brasil. Contudo, seu estudo retórico e a observação de sua repercussão junto ao eleitor ainda permanecem muito pouco estudados em nosso país. Nossa contribuição aqui é justamente fazer essas análises com base nas eleições presidenciais de 2002, marcadamente um dos pleitos presidenciais recentes que mais veicularam propaganda negativa. Este artigo se divide em 5 partes: 1 - um breve histórico do que é a propaganda negativa; 2 - os fatores que contribuíram para a veiculação da propaganda negativa em 2002; 3 - a repercussão na mídia da propaganda negativa em 2002; 4 - a análise retórica da propaganda negativa e 5 - a repercussão da propaganda negativa junto ao eleitor comum.

Propaganda negativa: ataque versus votos nas eleições presidenciais de 2002

Lourenço, Luiz Claudio
Fonte: CESOP/UNICAMP Publicador: CESOP/UNICAMP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Pesquisa qualitativa Formato: application/pdf
Publicado em 27/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
136.2%
O presente artigo trata de um objeto de pesquisa muito comum na literatura estrangeira sobre Comunicação Política, mas ainda pouco estudado no Brasil: a propaganda negativa (negative ads). Caracterizada normalmente por ataques aos adversários, a utilização de propaganda negativa não representa novidade em eleições majoritárias no Brasil. Contudo, seu estudo retórico e a observação de sua repercussão junto ao eleitor ainda permanecem muito pouco estudados em nosso país. Nossa contribuição aqui é justamente fazer essas análises com base nas eleições presidenciais de 2002, marcadamente um dos pleitos presidenciais recentes que mais veicularam propaganda negativa. Este artigo se divide em 5 partes: 1 - um breve histórico do que é a propaganda negativa; 2 - os fatores que contribuíram para a veiculação da propaganda negativa em 2002; 3 - a repercussão na mídia da propaganda negativa em 2002; 4 - a análise retórica da propaganda negativa e 5 - a repercussão da propaganda negativa junto ao eleitor comum. Abstract:This present article deals with an object of very common research in foreign literature on Communication Politics, but still less studied in Brazil: the negative ads. Currently, the main characteristic of the negative ads are the attacks between the opponents and their utilization did not represent newness on majoritary elections in Brazil...