Página 1 dos resultados de 162 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Agenda-setting e a eleição presidencial de 2002 no Brasil; Agenda-setting and the Brazilian presidential election in 2002

Silva, Paulo Sérgio da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2005 PT
Relevância na Pesquisa
56.79%
Enquanto os estudos internacionais têm demonstrado uma grande preocupação em pesquisar a capacidade dos candidatos de influenciar a formação da agenda dos meios de comunicação de massa em épocas eleitorais, no Brasil a agenda das candidaturas não foi incorporada aos trabalhos acadêmicos de mídia e eleições. Neste estudo tive como objetivo avaliar a importância da agenda da propaganda dos candidatos para a formação da agenda da cobertura dos telejornais na eleição presidencial de 2002, bem como a relevância do programa de governo do PT para a elaboração da agenda da propaganda de seu candidato, Luiz Inácio Lula da Silva, nessa mesma eleição. Os dados mostraram que as candidaturas Lula e Serra conseguiram transferir para suas coberturas eleitorais do Jornal Nacional e Jornal da Record a ênfase dos assuntos discutidos em suas propagandas de televisão. Demonstraram também que o PT obteve êxito em transmitir para a propaganda de televisão da candidatura Lula a saliência da pauta discutida em sua plataforma. Com base nesses resultados, conclui que os candidatos influenciaram a agenda dos telejornais e que o PT, em particular, também cumpriu a função de agenda-setting, agendando os assuntos da propaganda da candidatura Lula na televisão.; While the international studies have shown a great concern with the study of the candidate's capacity to influence the formation of the mass media agenda during the electoral campaign period...

Razão e emoção no voto: o caso da eleição presidencial de 2006; Reason and emotion in the vote: the case of campaign for the presidency in 2006

Pimentel Junior, Jairo Tadeu Pires
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/11/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.61%
Esta dissertação tem como proposta analisar o papel dos sentimentos na estruturação das escolhas eleitorais durante a eleição presidencial brasileira de 2006. Especificamente, trata-se de analisar de que forma as emoções dos eleitores em relação aos candidatos afetam e estimulam a avaliação e o voto nos mesmos. Primeiramente, buscamos demonstrar formas de mensuração das emoções em termos quantitativos através de pesquisas de survey realizadas durante o período eleitoral. Em segundo lugar, buscamos evidenciar que a avaliação retrospectiva (considerada uma forma racional do voto) pode ser melhor entendida se buscarmos compreender como a avaliação de governo interage com os estados emocionais dos eleitores. Destarte, negando a longa tradição que contrapõe razão e emoção dentro da política, salientamos a tese de que os sentimentos constituem uma importante variável no processamento de informações e, consequentemente, na decisão do voto.; This dissertation analyzes how emotions helped structure electoral choices during the campaign for the presidency of Brazil in 2006. How do the voters' feelings towards the candidates affect and stimulate their choices? To answer this, at first we show different quantitative measures of emotions...

Os blogs e o jornalismo de texto: a campanha para eleição presidencial de 2006 no Brasil; Blogs and journalism: the 2006 presidential campaign in Brazil

Garavello, Murilo de Paula Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.61%
Por facilitarem radicalmente a publicação online, os blogs configuram-se como uma das principais ferramentas de um novo panorama comunicativo baseado na participação efetiva de cidadãos das mais diferentes formações na produção de conteúdo. Para determinar se, nos dois meses que antecederam a eleição presidencial de 2006 no Brasil, o potencial de os blogs introduzirem novos atores na esfera pública efetivou-se, foi procedida uma análise do conteúdo dos principais jornais, revistas e portais do Brasil, além dos quatro blogs de maior destaque no período. Conclui-se que, estritamente no campo desta pesquisa, poucas novas vozes lograram superar a barreira da recepção.; For making online publication extremely easy, blogs are one of the most important tools of a new communication paradigm based on the effective participation of individuals from differente backgrounds in the production of online content. In order to determine blog's potential in introducing new actors in the public sphere, a series of content analysis were processed on he most important newspaper, magazines and websites, besides the four most influential blugs, during tha timeframe. The conclusion is, strictly in the universe of this research, few new voices could overcome the reception barrier.

Segundo turno da eleição presidencial foi marcado por forte polarização nas redes sociais

Ruediger, Marco Aurelio
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Vídeo
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.72%
Marco Aurélio Ruediger, diretor da FGV/DAPP, comenta o segundo turno da eleição presidencial de 2014 na GloboNews.

A campanha Collor chega ao segundo turno : estratégias discursivas para uma eleição presidencial no contexto histórico da década de 1980

Abreu, Fernando Kruel de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.72%
O presente estudo trabalha com a eleição presidencial brasileira de 1989. O foco da investigação se centra na campanha eleitoral do candidato Fernando Collor de Mello no segundo turno de tal eleição, quando o oponente foi o candidato Luiz Inácio Lula da Silva. Para viabilizar a análise contamos com o instrumental teórico-metodológico da Análise de Discurso Político. Com isso, pretendemos potencializar a compreensão no que tange às organizações discursivas mobilizadas pela campanha Collor em duas fontes audiovisuais: o horário gratuito de propaganda eleitoral e o último debate televisivo. Buscamos entender como as manifestações discursivas da campanha Collor articularam em seu bojo os processos históricos presentes na década de 1980: a ascensão do neoliberalismo, a crise do socialismo real e a crise do Estado brasileiro. Argumentamos que estes processos agiram como condições de emergência para um discurso político inscrito num espaço de disputa eleitoral. Lançamos como hipótese o argumento que a moldagem do discurso se deu de uma forma específica porque o adversário de Collor era Lula. Se o embate de segundo turno se desse contra outros adversários do primeiro turno, alguns destes processos seriam descartados ou redimensionados de outra maneira enquanto discurso político de disputa eleitoral. A contenda no segundo turno...

A eleição presidencial de 2002: a decisão do voto na região da grande São Paulo

Carreirão,Yan de Souza; Barbetta,Pedro Alberto
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2004 PT
Relevância na Pesquisa
46.61%
Este trabalho analisa o comportamento dos eleitores da região da Grande São Paulo, na eleição presidencial de 2002, a partir dos dados de um survey acadêmico. Por meio da análise de regressão logística, foram testadas, em um modelo para cada um dos candidatos, as influências de variáveis demográficas, socioeconômicas e atitudinais dos eleitores. A variável "sentimentos partidários", operacionalizada aqui de forma diferente da que tradicionalmente tem sido utilizada na literatura nacional (preferência partidária), mostrou-se a mais relevante nos modelos relativos ao voto em Lula e José Serra. Em vista disso, este estudo propõe um debate a respeito da forma como deve ser tratada a influência dos "sentimentos partidários" dos eleitores em sua decisão de voto.

Escândalos e voto: as eleições presidenciais brasileiras de 2006

Rennó,Lucio R.
Fonte: Centro de Estudos de Opiniao Publica da Universidade Estadual de Campinas Publicador: Centro de Estudos de Opiniao Publica da Universidade Estadual de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.61%
O artigo mostra o impacto dos escândalos de corrupção sobre o voto do eleitor brasileiro na eleição presidencial de 2006. A pergunta central é se aqueles que consideraram a corrupção como principal problema deixaram de votar em Lula. O artigo avalia se e como os componentes retrospectivo, ideológico e partidário influem no voto bem como o impacto de fenômenos circunstanciais sobre ele. Os dados mostram que as percepções sobre a corrupção têm um peso maior na escolha de candidatos de partidos políticos vizinhos no espectro ideológico brasileiro e peso menor na escolha de candidatos de coalizões partidárias muito distantes neste espectro. Assim, na escolha de voto entre Lula e Alckmin, fatores como percepções sobre a economia, avaliação do governo Lula e certo componente partidário foram mais importantes e serviram de escudos para proteger Lula das acusações de corrupção no cenário da reeleição.

Identificação ideológica, partidos e voto na eleição presidencial de 2006

Carreirão,Yan de Souza
Fonte: Centro de Estudos de Opiniao Publica da Universidade Estadual de Campinas Publicador: Centro de Estudos de Opiniao Publica da Universidade Estadual de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.61%
O artigo analisa as relações entre a identificação ideológica do eleitor brasileiro, seus "sentimentos" em relação aos partidos e o voto nas eleições presidenciais de 2002 e 2006. A principal hipótese testada, a partir da análise dos dados das duas ondas do ESEB (Estudo Eleitoral Brasileiro), é a de que após o primeiro mandato do presidente Lula houve, na percepção dos eleitores brasileiros, uma diluição das diferenças ideológicas entre os partidos, o que redundaria em uma menor associação entre identificação ideológica e voto na eleição presidencial de 2006 comparativamente à de 2002. O artigo investiga também se houve mudanças na associação entre os "sentimentos partidários" dos eleitores e seu voto.

Razão e emoção: o voto na eleição presidencial de 2006

Pimentel Junior,Jairo Tadeu Pires
Fonte: Centro de Estudos de Opiniao Publica da Universidade Estadual de Campinas Publicador: Centro de Estudos de Opiniao Publica da Universidade Estadual de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.61%
Este artigo tem como proposta analisar o papel dos sentimentos na estruturação das escolhas eleitorais durante a eleição presidencial brasileira de 2006. Especificamente, analisa de que forma as emoções dos eleitores em relação aos candidatos afetam e estimulam a avaliação e o voto nos mesmos. Primeiramente, buscamos demonstrar formas de mensuração das emoções em termos quantitativos através de surveys realizados durante o período eleitoral. Em segundo lugar, buscamos evidenciar que a avaliação retrospectiva pode ser mais bem entendida se compreendermos como a avaliação de governo interage com os estados emocionais dos eleitores. Destarte, negando a longa tradição que contrapõe razão e emoção dentro da política, salientamos a tese de que os sentimentos constituem uma importante variável no processamento de informações e, consequentemente, na decisão do voto.

Qual foi o papel das variáveis midiáticas na eleição presidencial de 2010?

Bezerra,Heloisa Dias; Mundim,Pedro Santos
Fonte: Centro de Estudos de Opiniao Publica da Universidade Estadual de Campinas Publicador: Centro de Estudos de Opiniao Publica da Universidade Estadual de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.91%
Neste artigo apresentamos os resultados de um estudo preliminar sobre os efeitos de variáveis midiáticas no processo de decisão do voto dos brasileiros para a eleição presidencial de 2010. Os resultados de modelos logísticos multinomiais estimados com os dados do ESEB 2010 sugerem que duas das cinco variáveis midiáticas utilizadas - debates e atenção política - influenciaram o voto dos eleitores a favor de Serra, e contra Dilma, respectivamente no 1º e no 2º turnos da eleição. Ao mesmo tempo, outras duas variáveis apresentaram resultados contra intuitivos: a maior exposição aos jornais impressos e ao programa Brasil Urgente aumentavam a probabilidade de o eleitor preferir abster-se, votar em branco ou nulo do que votar em Dilma. Ainda que esta seja uma análise inicial, esses resultados estão mais em sintonia com as visões que defendem um papel mais ativo da mídia durante as eleições do que com aquelas que defendem a sua irrelevância.

Ética e espaço político

Direito, Carlos Alberto Menezes
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 25389 bytes; application/pdf
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.61%
Analisa e reflete a natureza de certos atos da campanha nos tempos de eleição presidencial, no sentido de distinguir a escolha do eleitor em relação à postura pública de cada candidato. Comenta sobre a ética da prática política citando grandes homens como James Bryce, Johannes Messner, De Gaulle, Adenauer, De Gasperi e Lincoln.

Obviedades esquecidas

Benjamin, Antonio Herman de Vasconcellos e
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 27005 bytes; application/pdf
PT_BR
Relevância na Pesquisa
47.03%
Texto de autoria de Ministro do Superior Tribunal de Justiça.; Comenta que entre diferenças ideológicas e partidárias, de escândalos e corrupção, os eleitores brasileiros, atordoados, se preparam para votar. Menciona a liberdade de imprensa dos dias de hoje responsável por divulgar e informar à população o que acontece na política; menciona, também, a título de comparação, os Estados Unidos, a indignação do povo, país mais rico e poderoso do mundo, que tiveram sua eleição presidencial coberta pela suspeita de manipulação; e, o México, com suas fraudes durante e depois das eleições.

Ensaios sobre modelos de regressão com dispersão variável

Correia de Souza, Tatiene; Cribari Neto, Francisco (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.61%
A análise de regressão é uma das técnicas estatísticas mais usadas. Nesta tese são abordados modelos de regressão linear e modelos de regressão beta ambos com dispersão variável. Na primeira etapa da tese, apresentamos o modelo de regressão linear, e na segunda, o modelo de regressão beta. Sob as pressuposições usuais estabelecidas para o modelo linear, a estimação dos parâmetros é usualmente feita pelo método de mínimos quadrados ordinários (MQO). Esse método fornece estimadores com propriedades desejáveis, como não-viciosidade, consistência e eficiência. Entretanto, sob heteroscedasticidade, os estimadores de MQO tornam-se ineficientes e o estimador usual de sua matriz de covariâncias não é consistente. Vários autores propuseram estratégias para estimar de forma consistente a matriz de covariâncias dos estimadores dos parâmetros do modelo de regressão, geralmente baseadas em resíduos de MQO. Estes resíduos, porém, podem ser fortemente influenciados pela presença de pontos de alavanca. Avaliamos os comportamentos dos estimadores HC0, HC3 e HC4 da matriz de covariâncias do estimador de MQO quando resíduos oriundos de regressões robustas (menor mediana dos quadrados, mínimos quadrados podados e mínimos quadrados ponderados) são usados em substituição aos resíduos de MQO...

Carta enviada por João Alfredo Correia de Oliveira a Princesa Isabel.

João Alfredo Correia de Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Correspondência Formato: 3 p.
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.61%
; Minuta de uma carta que começa agradecendo os votos de Natal e Ano Bom, e o envio de um retrato do pequeno príncipe, D. Pedro Afonso Henrique, que o Conselheiro acha muito parecido com o falecido Imperador D. Pedro II. Prossegue tratando da política republicana brasileira, entrando em minúcias e demoradas considerações sobre a eleição presidencial onde, segundo ele, "as paixões e ameaças com que se abriu a luta, é de uma possível revolução civilista". Analisa as figuras de Ruy Barbosa e Hermes da Fonseca, referindo-se ao militarismo imperante no país, e conclui dizendo que nunca foi um desesperançado, insinuando ser possível o retorno da monarquia. Diz, ao final: "tenho agora bons pressentimentos, nada mais. O ponto é haver juízes e união, saber esperar, e sobretudo que Deus nos ajude".

Democracia representativa : do voto e do modo de votar

Brasil, Joaquim Francisco de Assis, 1857-1938
Fonte: Paris : Guillard : Aillaud Publicador: Paris : Guillard : Aillaud
Tipo: livro Formato: 339 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.86%
Mandato imperativo -- Systemas eleitoraes : escrutinio de lista por simples maioria, voto uninominal, por districtos de um representante, voto limitado, ou lista incompleta, voto uninominal, com circulo unico, voto cumulativo, escrutinio de lista, com voto transferivel -- Appendice : eleição presidencial : Andorra, Argentina, Bolivia, Chile, Columbia, Costa Rica, Equador, Estados Unidos, França, Guatemala, Haiti, Honduras, Liberia, Mexico, Nicaragua, Paraguay, Orange, Peru, Salvador, São Domingos, São Marinho, Suissa, Uruguay, Venezuela -- O systema de dous turnos no Congresso : projecto n. 121 de 1894, como foi votado pelo Senado -- Carta explicativa para o Ilmo. Dr. J. J. Rodrigues de Freitas Porto / J. F. de Assis Brasil.; Blake, Sacramento. Diccionario bibliographico brazileiro, 1898.v. 4, p. 133

Eleição presidencial de 1989: da ascensão a consolidação da imagem pública de Collor

Manarin, Diego João
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.84%
Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para obtenção do grau de Licenciado e Bacharel no curso de História da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; Essa pesquisa tem como finalidade apresentar a construção da imagem de Fernando Collor de Mello durante a eleição de 1989, marcada pelo retorno a democracia com o voto popular dentre inúmeras outras novidades. Através dela, portanto podemos observar a intensa disputa presidencial, aonde, Fernando Collor De Mello nos foi apresentado e consolidou sua imagem política e pública. Como fonte de pesquisa foram utilizadas as capas da revista Veja, observando suas manchetes e imagens, para assim acompanhar a trajetória de Collor ao longo de sua campanha presidencial. Todas as capas das edições da Veja de 1989 foram analisadas para realização da pesquisa. Como resultado foi possível perceber a estreita relação entre política e mídia, assim como a importância do marketing na campanha de Collor.

PT X PSDB: A ATUALIZAÇÃO DO EMBATE POLÍTICO NA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL DE 2014

Souza, Bruno Mello; Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Martins, Joyce Miranda Leão; Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 03/08/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.73%
Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e Partido dos Trabalhadores polarizam a disputa presidencial há 20 anos (PT). Entretanto, verifica-se uma tendência progressiva de crescimento de candidaturas de terceira via. Utilizando dados de surveys dos Estudos Eleitorais Brasileiros (ESEB), este trabalho examina como os sujeitos que não têm votado nas candidaturas do PT e do PSDB se posicionam sobre a política brasileira, e observa o comportamento político desses dois partidos, dentro das propagandas partidárias de  2014. Busca-se responder: quais são as opiniões demonstradas, entre 2002 e 2010, pelos eleitores das candidaturas de terceira via nas eleições nacionais? Como a disputa política, no espaço do horário eleitoral, contribuiu para a permanência da polarização PT x PSDB na eleição presidencial de 2014? Os eleitores de terceira via apresentaram, ainda que com queda em 2006, uma elevação da satisfação com a democracia, e da identificação e satisfação com partidos; maior rejeição ao PSDB do que ao PT. Em 2014, os partidos conseguiram atualizar o embate entre eles, construindo a ideia de que Marina podia ser relacionada a ambos e que a mudança simbolizada por ela era insegura.

A eleição presidencial brasileira de 2006: uma análise preliminar; The 2006 Brazilian presidential elections: a preliminary analysis.

de Souza Carreirão, Yan; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2008 POR
Relevância na Pesquisa
46.72%
Este trabalho busca analisar a eleição presidencial de 2006. Inicialmente, descreve-se o processo de formação das candidaturas. A seguir, é feita uma avaliação das campanhas eleitorais dos principais candidatos. Na seção seguinte, são analisadas as associações entre as intenções de voto dos eleitores e diversas variáveis socioeconômicas e políticas. O trabalho conclui propondo que a eleição teve, em grande parte, um caráter plebiscitário (a favor ou contra a manutenção do presidente Lula). A avaliação predominantemente positiva dos resultados das políticas econômica e social do governo Lula (especialmente entre os segmentos mais pobres) acabou por predominar sobre o desgaste trazido pelas denúncias de corrupção no governo. O processo de definição das candidaturas dos demais partidos e uma melhor campanha de Lula face às campanhas dos seus adversários reforçaram a vantagem prévia do Presidente.; This paper seeks to analyze the 2006 presidential elections. Initially, we present a description of the process through which candidacies were put together. This is followed by an evaluation of the electoral campaigns of the main candidates. In the section that follows, we analyze the associations that can be made between voter’s intended choices and a series of socio-economic and political variables. The article concludes by proposing that the election was of a primarily plebiscitary character...

Eleição presidencial: o Plano Real na sucessão de Itamar Franco

Mendes, Antonio Manuel Teixeira; Venturi, Gustavo
Fonte: CESOP/UNICAMP Publicador: CESOP/UNICAMP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; pesquisas eleitorais Formato: application/pdf
Publicado em 16/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.84%
Este artigo mostra a influência do plano econômico Real e do horário eleitoral gratuito na eleição presidencial brasileira de 1994. Com base em dados de survey com 2.500 entrevistados, argumenta que o controle inflacionário exerceu papel decisivo para as intenções de voto.AbstractThis article shows the influence of the economic plan- the Plano Real – and the HGPE (free electoralpropaganda on TV) in the Brazilian 1994 Presidential Election. Based on survey data with 2.500 interviews, it argues that the inflation control played a decisive role for the voting intentions.Keywords: voting decision, HGPE, presidential elections, economic plan

Qual foi o papel das variáveis midiáticas na eleição presidencial de 2010?

Bezerra, Heloisa Dias; Mundim, Pedro Santos
Fonte: CESOP/UNICAMP Publicador: CESOP/UNICAMP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Pesquisa qualitativa Formato: application/pdf
Publicado em 27/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.91%
Neste artigo apresentamos os resultados de um estudo preliminar sobre os efeitos de variáveis midiáticas no processo de decisão do voto dos brasileiros para a eleição presidencial de 2010. Os resultados de modelos logísticos multinomiais estimados com os dados do ESEB 2010 sugerem que duas das cinco variáveis midiáticas utilizadas – debates e atenção política – influenciaram o voto dos eleitores a favor de Serra, e contra Dilma, respectivamente no 1º e no 2º turnos da eleição. Ao mesmo tempo, outras duas variáveis apresentaram resultados contra intuitivos: a maior exposição aos jornais impressos e ao programa Brasil Urgente aumentavam a probabilidade de o eleitor preferir abster-se, votar em branco ou nulo do que votar em Dilma. Ainda que esta seja uma análise inicial, esses resultados estão mais em sintonia com as visões que defendem um papel mais ativo da mídia durante as eleições do que com aquelas que defendem a sua irrelevância. Abstract:In this article we present the results of a preliminary study about the effects of media variables on the voting decision process at the 2010 presidential election. The results from logistic multinomial models estimated with ESEB 2010's data suggest that two of the five variable used here – debates and political awareness – influenced the voters' decision in favor of Serra and against Dilma respectively in the first and second rounds. At the same time two other variables presented counterintuitive results: a greater exposition to traditional press and to the program Brasil Urgente increased the probability on part of the electorate to defect or to cast blank and spoiled votes instead of voting on Dilma. Even though this is an initial analysis...