Página 1 dos resultados de 103 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Avaliação dos efeitos dos parâmetros meteorológicos na composição iônica e elementar do material particulado fino do Vale do Paraíba

Peli, Victoria Maria Lopes; Fornaro, Adalgiza; Astolfo, Rosana
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas; São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas; São Paulo
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
26.18%
No presente estudo são apresentados os resultados da avaliação dos efeitos das variáveis meteorológicas na variabilidade de concentração em massa e das composições elementar e iônica do material particulado fino (MP2,5) para Cachoeira Paulista e São José dos Campos, cidades do Vale do Paraíba, de agosto de 2010 a dezembro de 2011. Cachoeira Paulista apresentou mais picos de concentração em massa, atingindo 93,9 μg/m³, enquanto que a maior concentração em São José dos Campos foi de 79,7 μg/m³. As análises de composição elementar para Cachoeira Paulista mostraram maiores concentrações médias para enxofre, silício e alumínio. Os resultados das concentrações iônicas mostraram que as duas cidades apresentaram médias semelhantes para a maior parte dos íons e que sulfato e oxalato apresentaram as concentrações mais altas. As análises das retrotrajetórias (modelo HYSPLIT – Hybrid Single Particle Lagrangian Integrated Trajectory Model, https://ready.arl.noaa.gov/HYSPLIT.php) mostraram perfis parecidos, apresentando poucas diferenças com relação às direções predominantes, sendo as principais: nordeste, noroeste e sudeste. No conjunto estudado, não se observou influência de massas de ar provenientes das regiões metropolitanas de São Paulo ou Rio de Janeiro. A análise dos sistemas frontais que atravessaram a região mostrou que o maior número foi de três por mês...

"Determinação de características da circulação marítima forçada por ventos no litoral norte do Estado de São Paulo através de modelagem numérica hidrodinâmica"; Hydroynamics Numerical Model, northern coastal area of São Paulo state, surface winds, Wind driven currentes, seasonal and monthly variations, winds transient effects.

Borovik, Roseana Pellozo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.42%
Uma versão do POM - Princeton Ocean Model foi implementada no litoral norte do Estado de São Paulo, região compreendida entre as longitudes 46o e 44o30'W e latitudes 24o30' e 23o18'S, abrangendo as cidades de Bertioga, São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba, da linha da costa até aproximadamente a isóbata de 100 m, para estudos da resposta do mar ao vento. Para tanto foram realizados diferentes experimentos numéricos, combinando diferentes períodos e forçantes (de maré, vento e campos médios mensais de temperatura e salinidade). As respostas das simulações foram comparadas entre si, com estudos anteriores e a dados reais de diferentes fontes (marégrafo, correntômetro e altímetro). As simulações reproduziram razoavelmente os dados medidos, demostrando uma boa calibração do modelo. Foi observado o padrão de correntes predominantes para sudoeste, infuenciado pela Alta Subtropical do Atlântico Sul e seus ventos de nordeste, bem como eventuais efeitos de frentes frias com ventos de sudoeste e correntes para nordeste.Também se observou que as frentes frias mais intensas não ocorreram nos meses de inverno para os processamentos do ano de 2005, que apresentou várias situações anômalas, como por exemplo: um mês de Fevereiro com excepcional persistência de ventos do quadrante sul; ventos muito fracos em Março; Junho também com ventos fracos e praticamente ausência de frentes frias; e Setembro e Outubro com incursões muito freqüentes de frentes. Apesar das anomalias dos ventos e correspondentes campos de correntes...

Incertezas associadas à temperatura do ar no contexto das mudanças climáticas: determinação das causas e efeitos de heterogeneidades e discussão das implicações práticas; Uncertainties associated with the air temperature in the context of climate change: determination of the causes and effects of heterogeneities and discussion of the practical implications

Oliveira, Marcos José de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
26.12%
O registro da temperatura terrestre é um indicador fundamental nas análises de mudanças do clima global. A presente investigação tratou da verificação e quantificação dos efeitos de heterogeneidades (erros) em séries da temperatura do ar obtidas em estação climatológica localizada em Itirapina, SP, Brasil. As principais causas de heterogeneidades estudadas foram: mudanças dos horários de observação e cálculos da temperatura média diária; mudanças dos tipos de instrumentos utilizados (convencionais e automáticos) e mudanças nos abrigos meteorológicos. A metodologia aplicada consistiu em comparar, em diferentes escalas temporais, várias séries de temperatura do ar em relação a uma série de referência, assumida como mais confiável. As diferenças obtidas, em termos de desvios, resultaram em valores nas seguintes ordens de grandeza, de acordo com cada escala: 10,0ºC na escala das medições horárias; 5,0ºC na escala das médias diárias; 2,0ºC, na escala mensal; 1,0ºC na escala anual; e 1,5ºC na escala de normal climatológica (30 anos) de exibição dos valores médios da temperatura do ar. Conclui-se que em escalas reduzidas (horárias e diárias) existem erros de alta magnitude de variação, porém de baixa frequência de ocorrência. Com o aumento da escala...

Conforto térmico em habitações de favelas e possíveis correlações com sintomas respiratórios: o caso do Assentamento Futuro Melhor - SP; Thermic confort in slum homes and possible correlations with respiratory diseases: the case of "Assentamento Futuro Melhor-SP" (housing for a better future)

Utimura, Isabel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
25.98%
O objetivo deste trabalho é verificar a influência do microclima no condicionamento do ambiente de residências representativas da favela do Assentamento Futuro Melhor do Município de São Paulo. A investigação procura isolar e caracterizar os controles climáticos cuja variação espaço-temporal seja significativa a ponto de influenciar a ocorrência e distribuição de doenças respiratórias em população de baixa renda. O estudo foi desenvolvido com base no conceito de ritmo climático e na concepção bioclimática do ambiente construído, que foram aplicados empiricamente em trabalho de campo. Foram realizados monitoramento e avaliação do conforto térmico em ambiente interno de longa permanência de oito habitações com tecnologia e padrão construtivos diferentes, usando mini-regitradores digitais de temperatura e umidade relativa do ar com frequência de amostragem de 1 hora durante o verão de 2009 ao inverno de 2010. Procurou-se isolar a influência topoclimática (orientação e posição da vertente), instalando-os num mesmo quarteirão com declividades muito baixas. Foi classificada, hora a hora, a combinação de temperatura e umidade relativa do ar resultando no índice de sensação térmica humana segundo a proposta de Olgyay (1963). A comparação do ambiente interior das habitações com o exterior foi realizada a partir de dados obtidos junto às estações meteorológicas do INMET - Mirante de Santana (SP) e do IAG-USP...

Análise de dados de sistema LIDAR de retroespalhamento correlacionada com dados meteorológicos; Data analysis of a backscattering LIDAR system correlated with meteorological data

Uehara, Sandro Toshio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.35%
Nestes últimos anos, tivemos um aumento no interesse na monitoração dos efeitos da atividade humana sobre a atmosfera e o clima no planeta. O uso de técnicas de sensoriamento remoto têm sido utilizados em diversos estudos, inclusive em estudos relacionados à mudanças globais. Um sistema LIDAR de espalhamento, primeiro deste tipo no Brasil, tem sido usado para fornecer o perfil vertical do coeficiente de retroespalhamento de aerossóis em 532 nm para altitudes de 4 a 6 km acima do nível do mar. Neste estudo, foram utilizados dados coletados no ano de 2005. Estes dados foram correlacionados com dados do fotômetro solar CIMEL e também com dados meteorológicos. Os principais resultados indicaram existir um padrão no comportamento destes dados meteorológicos e a distribuição vertical do coeficiente de extinção obtido através do LIDAR. Em períodos desfavoráveis de dispersão atmosférica, ou seja, elevação da temperatura do ar associado a queda de umidade relativa, aumento da pressão atmosférica e baixa taxa de ventilação, foi possível determinar com boa precisão a altura da Camada Limite Planetária, tanto através do perfil vertical do coeficiente de extinção quanto através da técnica da temperatura potencial. A técnica LIDAR mostrou ser um importante aliado na determinação da estrutura termodinâmica da atmosfera...

Modelagem estatística de extremos espaciais com base em processos max-stable aplicados a dados meteorológicos no estado do Paraná; Statistical modelling of spatial extremes based on max-stable processes applied to environmental data in the Parana State

Olinda, Ricardo Alves de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
26.48%
A maioria dos modelos matemáticos desenvolvidos para eventos raros são baseados em modelos probabilísticos para extremos. Embora as ferramentas para modelagem estatística de extremos univariados e multivariados estejam bem desenvolvidas, a extensão dessas ferramentas para modelar extremos espaciais integra uma área de pesquisa em desenvolvimento muito ativa atualmente. A modelagem de máximos sob o domínio espacial, aplicados a dados meteorológicos é importante para a gestão adequada de riscos e catástrofes ambientais nos países que tem a sua economia profundamente dependente do agronegócio. Uma abordagem natural para tal modelagem é a teoria de extremos espaciais e o processo max-stable, caracterizando-se pela extensão de dimensões infinitas da teoria de valores extremos multivariados, podendo-se então incorporar as funções de correlação existentes na geoestatística e consequentemente, verificar a dependência extrema por meio do coeficiente extremo e o madograma. Neste trabalho descreve-se a aplicação de tais processos na modelagem da dependência de máximos espaciais de precipitação máxima mensal do estado do Paraná, com base em séries históricas observadas em estações meteorológicas. Os modelos propostos consideram o espaço euclidiano e uma transformação denominada espaço climático...

Impactos do fenômeno El Niño Oscilação Sul na variabilidade climática e seus efeitos na produtividade da cultura da cana-de-açúcar em diferentes regiões brasileiras; Impacts of El Niño Southern Oscillation on climate variability and its effects on sugarcane yield in different Brazilian regions

Almeida, Alessandro Toyama
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.22%
O evento climático conhecido como El Niño Oscilação Sul (ENOS) é formado pelos episódios de El Niño e La Niña e é classificado como um fenômeno de grande escala que ocorre no Oceano Pacífico Equatorial. Em razão do grande efeito do fenômeno ENOS na variabilidade climática e, consequentemente, na produção agrícola, se faz necessário o conhecimento adequado das consequências dos eventos de El Niño e La Niña nos regimes térmicos e hídricos de diferentes regiões brasileiras e de seus impactos na produção de alimentos, sobretudo na cultura da cana-de-açúcar. Para tanto, dados meteorológicos foram analisados a fim de se verificar algum efeito causado pelos eventos do ENOS na temperatura do ar, na radiação solar e precipitação pluvial. Em seguida, utilizou-se o modelo DSSAT CSMCANEGRO parametrizado para as condições brasileiras para simular a produtividade da cana-planta de 12 meses em quatro localidades de diferentes regiões do Brasil (Jataí, GO; João Pessoa, PB; Londrina, PR; e Piracicaba, SP), empregando-se séries históricas de dados meteorológicos, de 1979 a 2010, para três tipos de solos com diferentes características físico-hídricas (capacidade de água disponível), e para dois tipos de simulação da produtividade da cana pelo modelo DSSAT CSM-CANEGRO...

Utilização de dados espectrais do satelite NOAA14/AVHRR como fonte de dados para modelos matematicos de estimativa da fitomassa da cana-de-açucar; NOAA14/AVHRR spectral data as data source for fitomass models

Giampaolo Queiroz Pellegrino
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/01/2001 PT
Relevância na Pesquisa
26.22%
Este trabalho foi desenvolvido na região de Guariba-SP e teve como objetivo principal acompanhar o desenvolvimento fenológico da cana-de-açúcar (Saccharum spp), através de medidas de campo e do uso do satélite meteorológico NOAA14/AVHRR (National Oceanic and Atmospheric Administration/ Advanced Very High Resolution Radiometer), para a obtenção de dados para a utilização em modelos matemáticos de crescimento e de estimativa de Produção. Para atingir esse objetivo estabeleceram-se alguns passos intermediários: definir modelos de crescimento para os ciclos estudados e correlações entre parâmetros biofísicos da cultura, principalmente entre Índice de Área Foliar e Massa Seca; avaliar a correlação dos dados espectrais de campo com o Índice de Área Foliar e com a Produção de Massa Seca; e após a correção geométrica e atmosférica das imagens orbitais produzidas pelos satélites NOAA, em condições tropicais, avaliar a correlação dos dados espectrais orbitais com o Índice de Área Foliar e com a Produção de Massa Seca. As atividades de campo foram desenvolvidas na Usina São Martinho (21º 24? 7,0? S, 48º 08? 26,5? O), no município de Guariba, com o apoio do Centro de Tecnologia da Copersucar. Simultaneamente às passagens dos satélites...

Uma análise das aulas experimentais acerca dos efeitos do clima nas plantas

França, Marlos José de
Fonte: Rio de Janeiro (RJ) Publicador: Rio de Janeiro (RJ)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 113 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
26.18%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Instituto de Agronomia. Programa de Pós-graduação em Educação Agrícola; Atualmente, a preocupação com as questões climáticas e meteorológicas é elevada, pois estas afetam diretamente em nosso modo de viver e nas decisões que precisamos tomar nas atividades profissionais e domésticas. Neste contexto, o objetivo geral deste trabalho foi analisar a percepção dos alunos do Curso Técnico em Agropecuária do Colégio Agrícola de Araquari/SC com relação aos fatores meteorológicos e suas influências sobre o comportamento dos processos fisiológicos das plantas, usando aulas práticas. Para estas propostas, foi aplicado um questionário sobre a importância dos estudos climáticos e foram realizados três experimentos em grupos de alunos para evidenciar, principalmente, os efeitos da luz, da temperatura e da concentração de dióxido de carbono na fotossíntese e os efeitos da luz na transpiração das plantas e no processo de ascensão de água nas plantas. Estes experimentos são de baixíssimo custo e de fácil instalação. Os grupos de alunos analisaram os resultados dos seus experimentos e apresentaram suas conclusões para toda a turma. A grande maioria dos alunos destacou a importância dos estudos climáticos nas salas de aula e da estação meteorológica da escola...

Efeitos da Variabilidade das produções vegetais na produção pecuária. Aplicação em explorações agro-pecuárias do Alentejo: situações actual e decorrente da nova PAC

Carvalho, Maria Leonor da Silva
Fonte: Serviços de Reprografia e Publicações da Universidade de Évora Publicador: Serviços de Reprografia e Publicações da Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
26.18%
A grande variabilidade inter e intra-anual das ocorrências dos fenómenos meteorológicos, em particular da precipitação, é a principal causa da variabilidade na produção de sequeiro do Alentejo, e, portanto, também da variabilidade do rendimento dos agricultores. A viabilidade económica da produção pecuária para carne, em sistema extensivo ou semi-extensivo, alternativa à tradição cerealífera do Alentejo, está dependente da disponibilidade de alimentos para o gado proveniente das pastagens e das forragens. A produção destas é sazonal, em especial em zonas de clima de características mediterrânicas como o Alentejo, apresentando ainda variabilidade de ano para ano. Com o objectivo de avaliar o efeito da variabilidade da produção das pastagens e das forragens no rendimento dos agricultores, identificar os ajustamentos a fazer na alimentação animal, através da utilização de alimentos conservados e de concentrados e determinar épocas de venda do produto animal/carne ajustadas àquela variabilidade, procurando a dimensão óptima e estável do rebanho, foram desenvolvidos modelos de programação matemática, aplicáveis aos sistemas culturais praticados em diferentes explorações agro-pecuárias do Alentejo. Na estrutura de cada um dos modelos foram incorporadas as interacções dos sistemas vegetais e animais e a variabilidade das produções das culturas. Cada modelo incorpora não só a variação da precipitação e os seus efeitos na produção...

Efeitos meteorológicos sobre as rendibilidades do mercado accionista português

Almeida, Liliana Cândida da Costa Peres de
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.22%
Nesta dissertação investiga-se a eventual existência de uma relação entre quatro variáveis meteorológicas (Precipitação, Temperatura, Insolação e Intensidade do Vento) e as rendibilidades de um índice accionista português entre Janeiro de 2000 e Dezembro de 2009. Múltiplos estudos oriundos da área da Psicologia defendem uma relação entre as condições meteorológicas e a disposição dos indivíduos. Por outro, lado, a melhor ou pior disposição parece influenciar o processo de tomada de decisão dos indivíduos, nomeadamente as decisões que envolvem risco. Consequentemente, as condições meteorológicas podem acabar por ter impacto sobre as rendibilidades do mercado. Neste estudo, assente num teste de bins e na análise de regressão, detecta-se uma influência da temperatura, especialmente das temperaturas baixas sobre o mercado accionista (temperaturas baixas estão associadas a rendibilidades mais altas). Uma variável dummy para situações de mau tempo persistente também se revela significativa embora o coeficiente positivo estimado seja, à primeira vista, anómalo.

Modelagem numérica de ressacas na plataforma sudeste do Brasil a partir de cartas sinóticas de pressão atmosférica na superfície

Camargo,Ricardo de; Harari,Joseph
Fonte: Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1994 PT
Relevância na Pesquisa
26.22%
Um modelo numérico tri-dimensional, linear, barotrópico e de meso-escala, é usado para a plataforma sudeste brasileira, de maneira a representar a composição das principais componentes astronômicas de maré, sobrepostas a efeitos meteorológicos extremos, para períodos específicos de interesse. No entanto, como dados meteorológicos relativos a esta área são muito escassos e esparsos, foi utilizada uma metodologia de fornecimento de condições meteorológicas para o modelo de circulação oceânica, baseada somente em cartas sinóticas de pressão atmosférica na superfície. O campo de pressão foi bem representado, mas as intensidades calculadas para os ventos foram bem maiores do que as observadas na costa. Os resultados do modelo indicam que é possível associar o centro de alta pressão do Atlântico Sul e as correspondentes elevações de superfície paralelas à linha da costa a um sistema geostrófico de circulação oceânica. Por outro lado, a passagem de frentes frias na área induz sistemas transientes que modificam o padrão geostrófico, também mudando a configuração das isolinhas de elevação de superfície.

Efeitos das queimadas na Amazônia: método de seleção dos municípios segundo indicadores de saúde

Ignotti,Eliane; Hacon,Sandra de Souza; Silva,Ageo Mario Cândido; Junger,Washington Leite; Castro,Hermano
Fonte: Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
26.12%
INTRODUÇÃO: Na Amazônia é intensa a queima de biomassa decorrente do desmatamento nos meses de seca. No entanto, os efeitos à saúde humana decorrentes da poluição atmosférica derivada das queimadas são pouco estudados. OBJETIVOS: Descrever o método de seleção dos municípios prioritários, orientado pelos indicadores de morbidade e mortalidade por doenças respiratórias para o estudo da "avaliação do efeito das queimadas do desmatamento à saúde humana" na região da Amazônia. MATERIAL E MÉTODOS: Estudo ecológico dos indicadores de morbidade hospitalar e mortalidade por doenças do aparelho respiratório em menores de cinco de idade no período de 2000 a 2004. Análise de: proporção de óbitos; taxa de internação e proporção de internações por doença do aparelho respiratório em menores de 5 anos para o cálculo dos escores e definição do ranking dos municípios. Foi considerada a localização geográfica dos municípios, tipo de bioma, estrutura da rede de serviços de saúde, número de habitantes, registros de dados ambientais prévios sobre poluentes atmosféricos e de dados meteorológicos. RESULTADOS: Foram selecionados os municípios de Alta Floresta e de Tangará da Serra no Estado de Mato Grosso para o desenvolvimento da pesquisa em razão destes alcançarem as piores classificações em termos de morbimortalidade. CONCLUSÃO: Os indicadores de saúde mostram consistência e orientam a análise integrada de saúde e ambiente.

Efeito da sazonalidade climática na ocorrência de sintomas respiratórios em uma cidade de clima tropical

Silva Júnior,José Laerte Rodrigues da; Padilha,Thiago Fintelman; Rezende,Jordana Eduardo; Rabelo,Eliane Consuelo Alves; Ferreira,Anna Carolina Galvão; Rabahi,Marcelo Fouad
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
26.36%
OBJETIVO: Avaliar o efeito da sazonalidade climática na ocorrência de sintomas respiratórios em uma cidade de clima tropical no Brasil. MÉTODOS: Estudo de corte transversal relacionando dados de indivíduos que procuraram assistência médica em uma Unidade Básica de Saúde na cidade de Goiânia (GO) com dados meteorológicos coletados diariamente. No intervalo de um ano, todos os pacientes que preenchiam os critérios de inclusão foram entrevistados em 44 dias distintos (11 em cada estação) escolhidos aleatoriamente. ANOVA foi usada para a comparação das médias das variáveis dependentes por estação. Correlação foi conduzida entre as variáveis dependentes e cada variável meteorológica. Os efeitos das variáveis meteorológicas foram analisados com um modelo de AutoRegressive Moving Average with eXogenous input (ARMAX, média móvel autorregressiva com entrada exógena). RESULTADOS: Dos 3.354 participantes, 494 (14,6%) apresentavam sintomas respiratórios. A variação de temperatura não foi suficiente para provocar mudanças no número de indivíduos com sintomas respiratórios; porém, houve aumento desse número com baixos níveis de umidade no inverno, com diferença estatisticamente significativa entre as estações (p < 0...

Análise e avaliação dos efeitos meteorológicos nas cotações da Bolsa de Valores portuguesa

Catarino, Ana Margarida Gonçalves
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.67%
Mestrado em Finanças; Uma longa controvérsia existente há muito em economia e finanças prende-se com os mercados financeiros serem governados apenas por forças racionais ou também por respostas emocionais a diversos factores. O presente trabalho pretende testar a importância da emoção e dos sentimentos do investidor no processo de tomada de decisão e o seu consequente impacto na aversão ao risco dos mesmos através da análise das cotações da Bolsa de Valores Portuguesa. Através de modelos Logit e GJR-GARCH (1,1) testa se os efeitos meteorológicos influenciam as cotações da BVP. Conclui-se que a evidência estatística não suporta a influência dos efeitos meteorológicos nem das anomalias de mercado testadas para o mercado bolsista português. Existe, no entanto, um efeito de resposta assimétrica presente.; A longstanding controversy in economics and finance is whether financial markets are driven by rational forces or by emotional responses. This study aims to demonstrate of investor's feeling and emotions in the decision-making process and consequent impact in investor's loss aversion and, consequently, in Bolsa de Valores Portuguesa's returns. Using Logit and GJR-GARCH models is tested if weather effects have an impact on Euronext Lisbon stock returns. The conclusion reached is that there is no statistical evidence that supports the influence of weather effects and market anomalies in the Portuguese stock market. It was found...

Efeitos meteorológicos sobre as rendibilidades do mercado accionista português

Almeida, Liliana Cândida da Costa Peres de
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.22%
Nesta dissertação investiga-se a eventual existência de uma relação entre quatro variáveis meteorológicas (Precipitação, Temperatura, Insolação e Intensidade do Vento) e as rendibilidades de um índice accionista português entre Janeiro de 2000 e Dezembro de 2009. Múltiplos estudos oriundos da área da Psicologia defendem uma relação entre as condições meteorológicas e a disposição dos indivíduos. Por outro, lado, a melhor ou pior disposição parece influenciar o processo de tomada de decisão dos indivíduos, nomeadamente as decisões que envolvem risco. Consequentemente, as condições meteorológicas podem acabar por ter impacto sobre as rendibilidades do mercado. Neste estudo, assente num teste de bins e na análise de regressão, detecta-se uma influência da temperatura, especialmente das temperaturas baixas sobre o mercado accionista (temperaturas baixas estão associadas a rendibilidades mais altas). Uma variável dummy para situações de mau tempo persistente também se revela significativa embora o coeficiente positivo estimado seja, à primeira vista, anómalo.

Modelagem numérica de ressacas na plataforma sudeste do Brasil a partir de cartas sinóticas de pressão atmosférica na superfície; Numerical modeling of storm surges in the brazilian southeastern shelf using synopitc charts of atmospheric pressure at the surface

Camargo, Ricardo de; Harari, Joseph
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto Oceanográfico Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto Oceanográfico
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1994 POR
Relevância na Pesquisa
26.22%
Um modelo numérico tri-dimensional, linear, barotrópico e de meso-escala, é usado para a plataforma sudeste brasileira, de maneira a representar a composição das principais componentes astronômicas de maré, sobrepostas a efeitos meteorológicos extremos, para períodos específicos de interesse. No entanto, como dados meteorológicos relativos a esta área são muito escassos e esparsos, foi utilizada uma metodologia de fornecimento de condições meteorológicas para o modelo de circulação oceânica, baseada somente em cartas sinóticas de pressão atmosférica na superfície. O campo de pressão foi bem representado, mas as intensidades calculadas para os ventos foram bem maiores do que as observadas na costa. Os resultados do modelo indicam que é possível associar o centro de alta pressão do Atlântico Sul e as correspondentes elevações de superfície paralelas à linha da costa a um sistema geostrófico de circulação oceânica. Por outro lado, a passagem de frentes frias na área induz sistemas transientes que modificam o padrão geostrófico, também mudando a configuração das isolinhas de elevação de superfície.; A three-dimensional, linear, barotropic and meso-scale numerical model is used for the southeastern Brazilian shelf...

Impacto das condições climatéricas no retorno e volatilidade bolsista

Bulhões, Gonçalo Nuno Pereira
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.12%
Mestrado em Decisão Económica e Empresarial; Serão os preços dos constituintes dos mercados bolsistas totalmente dependentes de fatores racionais e económicos ou terão os fatores psicológicos e emocionais um papel importante na definição de preços? O presente trabalho parte, numa primeira fase, da análise dos factos estilizados de todos os constituintes do PSI20 e do próprio índice em si e, posteriormente, analisa o efeito das variáveis meteorológicas e prémio de risco nos retornos e volatilidade dos respetivos constituintes em 3 períodos distintos: antes da adesão da bolsa de valores portuguesa (BVP) à Euronext, depois da adesão da BVP à Euronext e no período que compreende o antes e o depois da adesão da BVP à Euronext. Pretende-se assim captar, essencialmente, o efeito das variáveis meteorológicas num período em que apenas se transacionavam títulos dentro do país, sendo desta forma os investidores abrangidos exclusivamente pelo clima nacional. Após aplicação de 3 modelos, AR(1)-EGARCH-M, AR(1)-TARCH-M e AR(1)-GARCH-M, conclui-se que, apesar de se verificar em poucos constituintes, existe significância estatística de que a nebulosidade baixa tem efeitos positivos nos retornos bolsistas, no período total e posterior à adesão da BVP à Euronext. Os resultados das estimações antes da adesão da BVP à Euronext evidenciam maior significância estatística na variável "temperaturas altas"...

Efeitos da poluição do ar nas doenças cardiovasculares: estruturas de defasagem; The effects of air pollution on cardiovascular diseases: lag structures

Martins, Lourdes Conceição; Pereira, Luiz A A; Lin, Chin A; Santos, Ubiratan P; Prioli, Gildeoni; Luiz, Olinda do Carmo; Saldiva, Paulo H N; Braga, Alfésio Luís Ferreira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2006 ENG
Relevância na Pesquisa
26.18%
OBJETIVO: Investigar a estrutura de defasagem entre exposição à poluição do ar e internações hospitalares por doenças cardiovasculares em idosos, separada por gênero. MÉTODOS: Os dados de saúde de pessoas com mais de 64 anos de idade foram estratificados por gênero, na cidade de São Paulo, entre 1996 e 2001. Os níveis diários de poluentes do ar (CO, PM10, O3, NO2, SO2) e os dados de temperatura mínima e umidade relativa do ar foram também foram analisados. Foram utilizados modelos restritos de distribuição polinomial em modelos aditivos generalizados de regressão de Poisson para estimar os efeitos dos poluentes no dia da exposição e até 20 dias após, controlando-se para sazonalidades de longa e curta durações, feriados e fatores meteorológicos. RESULTADOS: Variações interquartis de PM10 (26,21 mig/m³) e SO2 (10,73 mig/m³) foram associados com aumentos de 3,17% (IC 95%: 2,09-4,25) nas admissões por insuficiência cardíaca congestiva e de 0,89% (IC 95%: 0,18-1,61) para admissões por todas as doenças cardiovasculares no dia da exposição, respectivamente. Os efeitos foram predominantemente agudos e maiores para o gênero feminino. Além disso, foi observado efeito colheita. CONCLUSÕES: Os achados mostraram que as doenças cardiovasculares em São Paulo são fortemente afetadas pela poluição do ar.; OBJECTIVE: To assess the lag structure between air pollution exposure and elderly cardiovascular diseases hospital admissions...

Efeitos das queimadas na Amazônia: método de seleção dos municípios segundo indicadores de saúde

Ignotti,Eliane; Hacon,Sandra de Souza; Silva,Ageo Mario Cândido; Junger,Washington Leite; Castro,Hermano
Fonte: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
26.12%
INTRODUÇÃO: Na Amazônia é intensa a queima de biomassa decorrente do desmatamento nos meses de seca. No entanto, os efeitos à saúde humana decorrentes da poluição atmosférica derivada das queimadas são pouco estudados. OBJETIVOS: Descrever o método de seleção dos municípios prioritários, orientado pelos indicadores de morbidade e mortalidade por doenças respiratórias para o estudo da "avaliação do efeito das queimadas do desmatamento à saúde humana" na região da Amazônia. MATERIAL E MÉTODOS: Estudo ecológico dos indicadores de morbidade hospitalar e mortalidade por doenças do aparelho respiratório em menores de cinco de idade no período de 2000 a 2004. Análise de: proporção de óbitos; taxa de internação e proporção de internações por doença do aparelho respiratório em menores de 5 anos para o cálculo dos escores e definição do ranking dos municípios. Foi considerada a localização geográfica dos municípios, tipo de bioma, estrutura da rede de serviços de saúde, número de habitantes, registros de dados ambientais prévios sobre poluentes atmosféricos e de dados meteorológicos. RESULTADOS: Foram selecionados os municípios de Alta Floresta e de Tangará da Serra no Estado de Mato Grosso para o desenvolvimento da pesquisa em razão destes alcançarem as piores classificações em termos de morbimortalidade. CONCLUSÃO: Os indicadores de saúde mostram consistência e orientam a análise integrada de saúde e ambiente.