Página 1 dos resultados de 110 itens digitais encontrados em 0.121 segundos

A política de educação de jovens e adultos em regimes de privação da liberdade no estado de São Paulo.; The youth and adult education policy in deprive of freedom systems in the state of São Paulo.

Moreira, Fábio Aparecido
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
55.77%
Esta pesquisa é realizada por profissional que há quatorze anos vem trabalhando em programas de educação nos presídios do Estado de São Paulo e consiste em uma análise crítica acerca das práticas de Educação de adultos presos no Estado de São Paulo, especialmente as práticas desenvolvidas a partir da década de 80 do Século XX pela Funap. Historiamos o processo de constituição do quadro de educadores que atuam no sistema penitenciário do Estado, problematizamos a condição de precariedade em que desenvolvem este trabalho e apontamos os obstáculos para que esta experiência seja transformada em uma política pública de Educação de Adultos Presos. O trabalho é também uma tentativa de aprofundar a investigação sobre as políticas para a Educação de Jovens e Adultos em Regimes de Privação da Liberdade, praticamente inexistente, tanto na Secretaria da Administração Penitenciária quanto na Secretaria Estadual de Educação. O texto apresenta uma breve reflexão sobre as funções atribuídas à pena e à prisão, aproximações entre a Educação de Jovens e Adultos e a Educação de Adultos Presos e subsidia a reflexão sobre a especificidade desse trabalho para esta área no Estado de São Paulo, com o levantamento do quadro de educadores hoje existente no Estado...

A educação nas prisões: um estudo sobre a participação da sociedade civil; Prison education: a study about the participation of civil society

Graciano, Mariangela
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
45.76%
Esta pesquisa propõe a investigação das práticas educativas desenvolvidas por organizações da sociedade civil e pessoas voluntárias no interior do sistema penitenciário do estado de São Paulo. Tais iniciativas, que se constituem em partilha da responsabilidade entre Estado e sociedade civil, são previstas e estimuladas em normas que versam sobre a educação no ambiente prisional. Diante da falta de informações sistemáticas acerca dessas parcerias, esta pesquisa teve entre seus objetivos: a caracterização dos tipos de parcerias estabelecidas; a identificação das motivações, intencionalidades e objetivos que regem tais iniciativas; a verificação de diferenças entre as atividades propostas nos presídios masculinos e femininos, entre outros. A pesquisa permitiu identificar sinais de mudança no campo da educação em prisões. Estes sinais, muitas vezes, parecem coerentes com as alterações percebidas por diversos autores, no Brasil e no mundo, no que diz respeito à ampliação do encarceramento, constituição de um sistema de privilégios no qual se baseia a manutenção da ordem interna às prisões, e abandono do ideal de reabilitação. No entanto, ações de governos, organizações da sociedade civil e também no campo da pesquisa indicam que a educação nas prisões vem se constituindo como um campo específico...

Educação prisional no estado de São Paulo: passado, presente e futuro

Passos, Thais Barbosa
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 131 f.
POR
Relevância na Pesquisa
36.03%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Educação - FFC; Nesta dissertação, apresentam-se resultados de pesquisa de Mestrado em Educação (Bolsa CAPES), realizada com os seguintes objetivos: fazer uma análise histórica do sistema de educação prisional no estado de São Paulo; investigar as diretrizes para educação nos estabelecimentos penais; compreendendo o seu passado, o presente e o futuro, desde a origem até a aprovação das Diretrizes Nacionais para educação nos estabelecimentos penais e proceder a uma análise sobre os possíveis desdobramentos para a educação de jovens e adultos em situação de privação de liberdade. Recorremos à pesquisa histórica para a compreensão da história da educação no Sistema Penitenciário paulista; a análise de contexto para a compreensão acerca da estrutura, organização, funcionamento e o estágio atual da temática pesquisada, bem como as perspectivas para a educação no sistema prisional do estado de São Paulo. Considerando a pouca literatura que focaliza esse tema optou-se por fazer um estudo que se enquadra no campo das pesquisas qualitativas, incluindo, na geração dos dados: a pesquisa documental para estudo dos marcos legais que regem o tema...

Conhecimento, atitudes e práticas sobre tuberculose e HIV/AIDS em prisões e no serviço público de saúde; Knowledge, attitudes and practices on tuberculosis and HIV/AIDS in prisons and public health

Sérgio Ferreira Júnior
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
45.72%
Este estudo analisou comparativamente o conhecimento, atitudes e práticas dos detentos e dos funcionários da unidade prisional III do Complexo Penitenciário e Rede Pública de Saúde do município Hortolândia-SP sobre tuberculose e HIV/aids. Trata-se de um estudo seccional que utilizou o questionário KAP, do inglês, Knowledge, Attitudes and Practices, instrumento de pesquisa utilizado em vários estudos para coleta de dados a respeito do conhecimento, práticas e atitudes de uma determinada população em relação à saúde. Participaram do estudo de 506 indivíduos: 141 detentos, 115 funcionários do presídio e 250 funcionários da rede pública de saúde. Para a análise das variáveis foi utilizado o programa epi-info versão 6.4. Para as variáveis dependentes foi utilizado o teste do qui-quadrado e considerado com significância estatística o valor de p<0,05. Os resultados demonstraram muitos conceitos equivocados sobre a transmissão, sintomas, tratamento e cura da TB, bem como na transmissão do HIV/AIDS entre os três grupos pesquisados. O restrito acesso dos detentos às várias fontes de informação como T.V. rádio, e internet, permite que estes tomem conhecimento sobre a tuberculose apenas por meio dos poucos folhetos e cartazes que chegam até as celas. Os funcionários do presídio...

De Abaiara a Bissau : por uma (e)Educação com adolescentes, sem a adolescência; From Abaiara to Bissau : for one education with adolescents, without the adolescence

Ricardo de Castro e Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
45.76%
O objeto de pesquisa aqui desenvolvido é a interpelação da adolescência como etapa do desenvolvimento humano, definida pela ciência e instituída no século XX; como o momento de definição, caracterização e institucionalização de formas de educar e formar estes novos sujeitos. Esta definição não auxilia no trabalho da (e)Educação de adolescentes e nada diz sobre estes sujeitos. Estudos anteriores trouxeram a definição das adolescências e marcaram sua diversidade e multiplicidade. Este trabalho propõe a eliminação da adolescência, como definição de um sujeito, no campo da (e)Educação, fazendo com que os trabalhos avancem no sentido diminuir os efeitos da utilização da definição, sendo uma delas a sua própria morte, de diversas maneiras. Da Educação de adolescentes ou sobre eles, passamos à possibilidade da educação, como processo pedagógico e da Educação como instituição, com adolescentes, sem passar pela definição de adolescência. Michel Foucault é o autor central e quase único com o qual esta tese dialoga. No primeiro capítulo são apresentadas as noções da invenção da adolescência como problema; da aproximação da adolescência e anormalidade; das instituições de sequestro; da escola e do presídio como lugares de diciplinarização dos corpos; do sujeito de direito numa reflexão crítica sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O segundo capítulo traz as noções do biopoder e da biopolítica...

Educação e formação de adultos em prisões portuguesas

Tscharf, Christiane Lucas
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
35.94%
Terão as prisões por finalidade apenas punir para castigar e dissuadir ou disporão as prisões de recursos para sustentar processos de formação e (re)educação pessoal e social para todos e cada um visando a sua inclusão na sociedade? Pretende-se com este trabalho, por um lado, contribuir para a compreensão da relação da educação nas prisões com a inclusão/exclusão social e, pelo outro, estudar a aplicação das orientações internacionais sobre a educação e formação em ambiente prisional, nomeadamente se são aqui analisadas as necessidades básicas da aprendizagem e se são propostas modalidades educativas de segunda oportunidade, segundo o quadro conceptual e legal subjacente à educação nas prisões portuguesas desde 1979.; Is punishment and dissuade the only aim of prisons or they possess sufficient resources to sustain personal and social (re)-education and subsequent reintegration into society? The aim of this research is contribute to understanding the relationship of education in prisons with the social inclusion/exclusion and study the applicability of international guidelines on education in the prison environment, namely if they are analyzed the basic needs of learning and educational methods and if educational alternatives are proposed. Finally...

PROEJA FIC/Fundamental no IFRN-Campus Mossoró: das intenções declaradas ao funcionamento de um curso em espaço prisional; PROEJA FIC / At elementary school level at IFRN-Mossoró Campus: from the declared intentions to the operation of a course in prision

Diniz, Ana Lúcia Pascoal
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.96%
This research aims to analyze the FIC Course of Assistant Technician in Service Management and Quality, integrated to elementary education / EJA form developed by IFRN MO Campus between 2011 and 2013 in the form of a PROEJA FIC / AT ELEMENTARY SCHOOL LEVEL. We seek to understand the adhesion between the national guidelines postulated for the Program, established in PPC and mediations with the process conceived in the run of the course. Guiding by the socio-critical approach and the dialogical paradigm, the theoretical-epistemological mark is especially buoyed by the theoretical contributions of Ciavatta (2005) , Rock (2011) , Haddad and Di Pierro (2000), Freire (2005), Marx (1982), Ramos (2005), Frigotto; Ciavatta; Ramos (2005), Moura (2012), and also on education in prisons by Onofre (2007, 2011), Bueno (2007), Julião (2011) and Foucault (2001). We assume that an action that enables professional qualification as FIC courses articulated to the EJA in the context of education in prisons have conceptual, methodological, political and pedagogical implications for it focuses challenges, weaknesses and opportunities on the same area of education., We have developed four techniques of data collection based on procedures and tools of qualitative research...

Para além das celas de aula: a educação escolar no contexto prisional à luz das representações dos presos da penitenciária de Uberlândia-Minas Gerais

Oliveira, Carolina Bessa Ferreira de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.11%
A presente dissertação é fruto de investigações em nível de Mestrado iniciadas no primeiro semestre de 2010 no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Uberlândia, inserida na linha de pesquisa Estado, Política e Gestão em Educação. Tem como tema principal a educação escolar nas prisões e intitula-se: Para além das celas de aula: a educação escolar no contexto prisional à luz das representações dos presos da Penitenciária de Uberlândia - Minas Gerais. Pretendeu-se responder duas indagações principais. A primeira: como ocorre no mundo institucional/normativo e na vida cotidiana a educação escolar nas prisões? E a segunda: o que os presos, destinatários das políticas de educação escolar nas prisões, tem a dizer criticamente sobre as suas contradições, limites e possibilidades? Nesse sentido, a finalidade da presente pesquisa é promover uma reflexão crítica acerca da educação escolar prescrita e instituída no contexto prisional, com ênfase no estudo da realidade da Penitenciária de Uberlândia, Estado de Minas Gerais, Brasil, por meio da análise dialética das representações dos seus presos, bem como da documentação nacional e internacional relacionada ao tema. Para tanto...

A Best Practice Model of Harm Reduction in the Community and in Prisons in the Russian Federation

Burrows, Dave
Fonte: Banco Mundial Publicador: Banco Mundial
EN_US
Relevância na Pesquisa
45.99%
The Final Project Report is the result of a study commissioned by the World Bank in 2001 to examine best practice harm reduction for HIV prevention among injecting drug users (IDUs) in community and prison settings in the Russian Federation. The report is based on 26 surveys completed by needle and syringe exchange projects (NSEPs) in the Russian Federation, interviews with NSEP staff and key informants, and other research. Main strengths of programs were considered to be: support from local authorities and institutions; caring attitude and pragmatic approach of NSEPs; international technical support and funding and peer education. Weaknesses cited included: insufficient funds to meet needs; low reach; management problems; patchy quality of services. The project finds that there needs to be educational materials tailored to the needs of staff and prisoners, provision of peer education programs, and linkage between prisons and community programs. This paper summarizes results of the research and provides recommendations for best practice for harm reduction.

HIV/AIDS and Tuberculosis in Central Asia

Godinho, Joana; Novotny, Thomas; Tadesse, Hiwote; Vinokur, Anatoly
Fonte: Washington, DC: World Bank Publicador: Washington, DC: World Bank
EN_US
Relevância na Pesquisa
45.72%
The countries of Central Asia are still at the earliest stages of an HIV/AIDS epidemic. However, there is cause for serious concern due to: the steep growth of new HIV cases in the region; the established related epidemics of injecting drug use, sexually transmitted infections (STIs) and tuberculosis (TB); youth representing more than 40 percent of the total regional population; and the low levels of knowledge about the epidemics. The underlying causes for the interlinked epidemics of drug abuse, HIV/AIDS, STIs and TB in Central Asia are many, including drug production in Afghanistan and its distribution throughout the Former Soviet Union (FSU); unemployment among youth; imprisonment for drug use; overcrowding in prisons; and striking levels of poverty. HIV/AIDS and tuberculosis may have a potentially devastating effect on human capital, economic development, and health systems reform. In Russia, economic analysis has described the significant future impact on health and health systems if the concentrated epidemic in that country goes unchecked (Ruhl et al. 2002). The opportunity for prevention in low prevalence environments provides an imperative for action...

Fernando Cadalso y la reforma penitenciaria en España (1883-1939)

Núñez, Jorge Alberto
Fonte: Universidad Carlos III de Madrid Publicador: Universidad Carlos III de Madrid
Tipo: info:eu-repo/semantics/publishedVersion; info:eu-repo/semantics/book
Publicado em //2014 SPA
Relevância na Pesquisa
35.93%
Fernando Cadalso y Manzano (1859-1939) fue uno de los penitenciaristas españoles más importantes de la primera mitad del siglo XX. Tuvo una larga y prolífica carrera en el Ramo de Prisiones: dirigió varios presidios (entre otros, la Cárcel Modelo de Madrid); fue Inspector General de Prisiones durante veinticinco años (tercer cargo en importancia, debajo del Ministro de Gracia y Justicia y el Director General del ramo); representante de España en cuatro congresos penitenciarios internacionales; estableció el sistema progresivo en las prisiones, que perduró hasta la sanción de la Ley Orgánica General Penitenciaria en 1979; realizó viajes de estudio a varias naciones europeas y a los Estados Unidos, país del que importó el modelo de reformatorio para adultos que estableció en Ocaña (provincia de Toledo); colaboró en la elaboración del proyecto de ley de libertad condicional; fue director de la Escuela de Criminología y un largo etcétera. Poco antes de jubilarse, durante el Directorio Militar de Primo de Rivera, estuvo a cargo del Ministerio de Gracia y Justicia. A lo largo de su vida, Cadalso procuró concientizar a la sociedad y a los poderes públicos sobre la importancia de la reforma penitenciaria, el bienestar de la población reclusa (a partir del trabajo...

Educação de adultos presos: possibilidades e contradições da inserção da educação escolar nos programas de reabilitação do sistema penal no Estado de São Paulo; Education of adult inmates: possibilities and contradictions with the introduction of schooling education in the rehabilitation programs inside the penal system in São Paulo State.

Portugues, Manoel Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2001 PT
Relevância na Pesquisa
45.75%
Este trabalho consiste numa tentativa de investigar as possibilidades e contradições em constituir a educação escolar enquanto um dos aspectos da operação penitenciária de transformação dos indivíduos punidos. Ponto de inflexão de uma trajetória profissional de dez anos, atuando no Programa de Educação do sistema penal do Estado de São Paulo, o trabalho procura sistematizar uma série de reflexões e questionamentos, cuja nítida orientação era a consolidação de uma proposta educativa própria, destinada à população carcerária. As prisões, suas normas, procedimentos e valores observam a absoluta primazia na dominação e no controle da massa encarcerada. Decorre que a manutenção da ordem e disciplina internas são transfiguradas no fim precípuo da organização penal. Os programas e atividades considerados reeducativos inserem-se nesta lógica de funcionamento, pautando suas ações e finalidades pela necessidade de subjugar os sujeitos punidos, adaptando-os ao sistema social da prisão. Contudo, a resistência prisioneira ao controle é patente. A educação, de forma alguma, permanece neutra nesse processo (embate) de subjugação e resistência. Seus pressupostos metodológicos e suas práticas cotidianas podem contribuir para a sedimentação da escola enquanto recurso ulterior de preservação e formação dos sujeitos...

Le travail d'enseignant en milieu carcéral

Lamoureux, Daniel
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
45.71%
Jusqu’à maintenant, la prison a surtout été analysée à partir du point de vue des détenus et celui des surveillants comme si le vécu de l’enfermement et la relation détenus-surveillants étaient les seuls points de vue permettant d’en apprendre sur ce qu’elle est et d’en saisir le fonctionnement. Nous pensons, pour notre part, que d’autres points de vue sont possibles, voire même souhaitables. C’est le cas, notamment, de celui des enseignants qui exercent leur métier en prison. Bien que théoriquement en mesure d’offrir un complément intéressant aux fonctions de dissuasion et de réinsertion sociale que la prison remplit difficilement à elle seule, le projet éducatif carcéral constitue une activité plus ou moins marginalisée qui est ramenée au niveau des autres activités pénitentiaires. Au premier chef, c’est à la prison que nous sommes tentés d’en imputer la responsabilité et, de fait, elle y est pour quelque chose. D’abord conçue pour neutraliser des criminels, il lui est difficile de les éduquer en même temps. Mais cette marginalisation, nous le verrons, n’est pas le seul fait de la prison. Elle tient aussi beaucoup au mandat qu’ils se donnent et à la façon dont les enseignants se représentent leur travail. S’étant eux-mêmes défini un mandat ambitieux de modelage et de remodelage de la personnalité de leurs élèves délinquants détenus...

Reintegração social em Goiás: o perfil do apenado e a atuação do patronato em prol do egresso; Social reintegration in Goiás: profile of the convict and the employers' performance at former prisoner

Cabral, Ruth do Prado
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Direitos Humanos (PRPG); Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Direitos Humanos (PRPG); Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
35.86%
Taking into consideration the security issues that Brazil has faced, with speculation about the recidivism rate for lack of empirical data, to understand the ways that the state has used to build strategies for social reintegration of individuals who experience the condition of prison is necessary. The proposed theme encompassed discussions and constructions in different areas, as socially, encompasses the interdisciplinary science, enabling clippings of violence coming from sociology, criminology, education and human rights. The study addresses the historical concepts wrapped in structuring the prison as a total institution (Goffman, 2001). Understanding the historical aspects of the formation of prison as an institution reinforces the ineffectiveness of Brazilian prisons, which operate based on authoritarian mentality still present since its founding. Reflects on the effects of imprisonment, stigma and discrimination, suggesting continuity in the analysis of criminal sanction even at the end of the sentence, the figure of the citizen-former prisoners For the preparation of this dissertation was decided to split into two studies. The purpose of Study 1 was to describe, from secondary data INFOPEN, aspects of the prison structure in Goiás in the years 2010...

Prevalence of HIV infection in provincial prisons in British Columbia.

Rothon, D A; Mathias, R G; Schechter, M T
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 15/09/1994 EN
Relevância na Pesquisa
35.9%
OBJECTIVE: To ascertain the prevalence of HIV infection among people entering provincial adult prisons in British Columbia and to study associations between HIV infection and specific demographic and behavioural characteristics. DESIGN: Prospective, unlinked, voluntary survey involving HIV antibody testing of saliva specimens. SETTING: All adult provincial prisons in British Columbia through which inmates are admitted to the provincial correctional system. PARTICIPANTS: All adult inmates admitted to provincial prisons in British Columbia between Oct. 1 and Dec. 31, 1992. OUTCOME MEASURES: Rate of HIV positivity. Independent variables included sex, native status (native or non-native), self-reported HIV status, age group and history of injection drug use. RESULTS: A total of 2482 (91.3%) of 2719 eligible inmates volunteered for testing. Refusal was not associated with sex, native status, self-reported HIV status or age group; inmates who reported a history of injection drug use were more likely than the others to refuse HIV antibody testing (12.9% v. 6.8%; p < 0.001). The 2482 inmates who were tested for HIV were similar to the general inmate population with regard to sex, native status and age group. A total of 28 inmates were confirmed to be HIV positive...

A eficácia sociopedagógica da pena de privação da liberdade; The social pedagogical effectiveness of imprisonment

Silva, Roberto da
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/03/2015 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
35.9%
Este artigo recupera parte da pesquisa de doutoramento intitulada A eficácia sociopedagógica da pena de privação da liberdadeII, realizada no período de 1997 a 2001, junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de São Paulo e defendida em 21 de agosto de 2001. A pertinência de voltar a refletir sobre o tema decorre da aprovação das Diretrizes Nacionais para a Oferta da Educação em Estabelecimentos Penais, conforme Resolução no 3, de 11 de março de 2009, do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP) e homologada pelo Ministério da Educação, por meio da Resolução nº 2 do Conselho Nacional de Educação (CNE) em 19 de maio de 2010. Uma consequência prática dessa normativa é a elaboração do Plano Nacional de Educação no Sistema Prisional e a obrigatoriedade de que cada estado da federação tenha o seu Plano Estadual de Educação nas Prisões, de onde emerge, implícita ou explicitamente, a ideia de um projeto político pedagógico para a educação em prisões. A pesquisa foi desenvolvida em quatro unidades de privação da liberdade, no estado de São Paulo, com uma amostra que envolve adolescentes...

Educação de adultos presos; Education of adults in prison

Portugues, Manoel Rodrigues
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2001 POR
Relevância na Pesquisa
45.72%
Este artigo apresenta uma reflexão acerca das possibilidades e contradições da inserção da educação escolar nos programas de reabilitação do sistema penal do estado de São Paulo. As prisões, suas normas, procedimentos e valores observam a absoluta primazia na dominação e no controle da massa encarcerada. Decorre que a manutenção da ordem e disciplina internas são transfiguradas pelo fim precípuo da organização penal. Os programas e atividades considerados "reeducativos" inserem-se nesta lógica de funcionamento, pautando suas ações e finalidades pela necessidade de subjugar os sujeitos punidos, adaptando-os ao sistema social da prisão. Contudo, a resistência prisioneira ao controle é patente. A educação, de forma alguma, permanece neutra nesse processo de subjugação e resistência. Seus pressupostos metodológicos e suas práticas cotidianas podem contribuir para a sedimentação da escola enquanto recurso ulterior de preservação e formação dos sujeitos, nos interstícios dos processos de dominação. O artigo procura delinear as possibilidades para que as prerrogativas da gestão penitenciária não intervenham nas práticas educativas, prescrevendo suas ações, de forma a constituir uma alternativa para que os sujeitos encarcerados...

O encarceramento em massa em São Paulo; Mass incarceration in São Paulo

Sinhoretto, Jacqueline; Silvestre, Giane; Melo, Felipe Athayde Lins de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
55.85%
São Paulo's prison population has grown sharply. More than 30% of the country's prisoners are found in the 154 prison establishments in the state. The policy of decentralizing prisons and mass incarceration focuses on people accused of property and drug-related crimes, typically young, male and living in urban peripheries. The article explores the repercussions of mass incarceration resulting from the norms and moralities governing prison life, especially the collaboration between prison administrations, inmates and their families in managing the daily life of the prison. This collaboration extends beyond the physical limits of the prisons, influencing the mechanisms determining incarceration and the increase in prison populations. The study observed negotiations between the administrations and organized groups of inmates and their families towards the shared goal of maintaining internal order to enable the work involved in penitentiary practices. The intensification of centralized forms of repressive social control is counterbalanced by the complementary opposition of a diffuse social control, grounded in the security procedures shared among the agents participating in the management of prison life.; A população prisional de São Paulo cresce acentuadamente. Mais de 30% dos presos do país se distribui pelas 154 unidades prisionais paulistas. A política de descentralização das prisões e encarceramento em massa focaliza acusados por crimes patrimoniais e de drogas...

(PT) Segurança Pública e Direitos Humanos: o que pode a educação na prisão?; (PT) Public Security and Human Rights: what can Education achieve in prison?

Santos do Nascimento Silva, Mazukyevicz Ramon; Braga, Romulo Rhemo Palitot
Fonte: Prim@ Facie - Law, History and Politics; Prima Facie - Direito, História e Política Publicador: Prim@ Facie - Law, History and Politics; Prima Facie - Direito, História e Política
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Jurídica Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
45.73%
Este trabalho investiga os limites e possibilidades da prática educativa nos cárceres brasileiros, no sentido de sua contribuição para a reconstrução da dignidade do apenado e pleno exercício da cidadania, na medida em que se apresenta como um conjunto de novas possibilidades em contraposição aos determinismos do contexto penitenciário.; This work examines the limits and possibilities of education into prison for the dignity of prisoners struggling against historical determinism of the prison system. The text deals with the current policy of education in prisons in Brazil, linking them with the new paradigms of public safety in the country, especially the new national guidelines for the provision of prison education published by the National Council for Criminal and Penitentiary Policy and the National Education Council.

Implementing methadone maintenance treatment in prisons in Malaysia

Wickersham,Jeffrey A; Marcus,Ruthanne; Kamarulzaman,Adeeba; Zahari,Muhammad Muhsin; Altice,Frederick L
Fonte: World Health Organization Publicador: World Health Organization
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2013 EN
Relevância na Pesquisa
35.85%
PROBLEM: In Malaysia, human immunodeficiency virus (HIV) infection is highly concentrated among people who inject opioids. For this reason, the country undertook a three-phase roll-out of a methadone maintenance treatment (MMT) programme. In Phase 3, described in this paper, MMT was implemented within prisons and retention in care was assessed. APPROACH: After developing standard operating procedures and agreement between its Prisons Department and Ministry of Health, Malaysia established pilot MMT programmes in two prisons in the states of Kelantan (2008) and Selangor (2009) - those with the highest proportions of HIV-infected prisoners. Community-based MMT programmes were also established in Malaysia to integrate treatment activities after prisoners' release. LOCAL SETTING: Having failed to reduce the incidence of HIV infection, in 2005 Malaysia embarked on a harm reduction strategy. RELEVANT CHANGES: Standard operating procedures were modified to: (i) escalate the dose of methadone more slowly; (ii) provide ongoing education and training for medical and correctional staff and inmates; (iii) increase the duration of methadone treatment before releasing prisoners; (iv) reinforce linkages with community MMT programmes after prisoners' release; (v) screen for and treat tuberculosis; (vi) escalate the dose of methadone during treatment for HIV infection and tuberculosis; and (vii) optimize the daily oral dose of methadone (> 80 mg) before releasing prisoners. LESSONS LEARNT: Prison-based MMT programmes can be effectively implemented but require adequate dosing and measures are needed to improve communication between prison and police authorities...