Página 1 dos resultados de 244 itens digitais encontrados em 0.057 segundos

Arte, educação e natureza, que complementaridade? : uma prática educativa em jardim de infância

Silva, Sofia Isabel da Luz Machado da
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
86.04%
Dissertações de Mestrado em Arte e Educação apresentada à Universidade Aberta; Esta dissertação centra-se no estudo da minha prática profissional de educadora de infância, enquanto reveladora de especificidades relativas ao cruzamento da educação holística, pela arte e pela terra. Esta prática pedagógica tem vindo a ser construída no âmbito do funcionamento da Casa Verdes Anos, uma escola situada em Monsanto, Lisboa. A Casa é rodeada pela floresta, ambiente que propicia e constrói as bases educativas que a sustentam. Com o objectivo principal de compreender, reflectir, partilhar e melhorar a minha prática formulei a seguinte questão de partida: De que modo eu construo a minha prática pedagógica, articulando educação pela arte e natureza numa vivência plena e holística da educação? Foi então estabelecido um quadro teórico que procurou o cruzamento entre três conceitos: a educação pela arte, a educação pela natureza e a educação holística. Esta convergência e complementaridade transdisciplinar emergem de uma visão global e alargada do ser humano, bem como de uma perspectiva ecológica e sustentável da educação. A viagem investigativa que tracei parte de uma investigação-acção desenvolvida através do método qualitativo. A partir de uma acção reflexiva sobre a prática pedagógica...

O currículo no jardim de infância: as concepções e as práticas dos educadores

Trindade, Orlanda Maria Ferreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
86.1%
O sentido do conceito de curríc ulo encontra múltiplos significados, como se pode inferir da análise de diversos autores neste campo. Esta questão é especialmente pertinente no que diz respeito à educação préescolar, nível de educação em que se verifica uma certa tensão entre o contributo da teorização das Ciências da Educação e a necessidade de levar em consideração outros aspectos pragmáticos relativos ao atendimento das crianças enquanto os pais trabalham. Face à ambiguidade que acompanha esta duplicidade de preocupações, procura-se com esta investigação contribuir para a clarificação da relevância, natureza e implicações do que se entende por currículo nesta primeira etapa da educação ao longo da vida, tal como é entendida e apropriada pelos profissionais. Assim, é objecto do presente trabalho estudar o currículo no jardim de infância centrado nas concepções e práticas de três educadoras de infância. A nossa reflexão é uma tentativa de compreensão da representação dos profissionais da educação pré-escolar quanto à construção e gestão do currículo, pretendendo-se aceder a relações que se possam estabelecer (ou não) entre juízos, hierarquias de valores e saberes de que são depositárias as educadoras em questão e as suas práticas reais. Valerá a pena referir que a análise das concepções e práticas das educadoras de infância foi realizada em referência a contributos teóricos vindos principalmente da Teoria do Desenvolvimento Curricular...

A importância do diagnóstico de necessidades diferenciadas de educação para a organização de uma pedagogia de ajuda na educação de infância: estudo da correspondência entre as necessidades educativas das crianças e as estratégias de intervenção desencadeadas pelos educadores

Gameiro, Maria Felícia Prudêncio Calado
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
86.11%
Introdução - A educação de infância, inscreve-se no processo educativo que trata de possibilitar a construção de uma personalidade de acordo com a exigência e valores tidos como plausíveis no tempo e no contexto cultural em que se desenvolve a vida da criança. Assim, todas as funções são importantes e todas devem tender desde o eixo central básico que é prioritário: a construção humana. (Castillejo Brull, J.L. (1986, pág.38). Isto significa perspectivar a educação de infância como um projecto de vida da criança, no sentido de a encarar como um todo, centrada na inserção social do sujeito e centrada no desenvolvimento pessoal autónomo, permitindo o desenvolvimento dos interesses, das apetências, das necessidades intrínsecas e extrínsecas de cada criança (Zabalza, 1998,pág.63). É a ideia com que partimos para a elaboração deste estudo. Esta reflexão, que resulta da experiência profissional como educadora de infáncia, leva-nos a crer da existência de um fenómeno que é muito comum nos jardins de infância e também noutros níveis de ensino, que tem a ver com uma desadequação constatada entre as necessidades diferenciadas das crianças e as estratégias educativas utilizadas pelos educadores, que a maior parte das vezes...

Estudo da prevalência de sintomas de lesões músculoesqueléticas ligadas ao trabalho nos profissionais de educação de infância: educadores de infância e auxiliares de acção educativa

Inácio, Mónica
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
86.1%
Mestrado em Segurança e Higiene no Trabalho.; As lesões músculo-esqueléticas ligadas ao trabalho (LMELT) afectam milhões de trabalhadores de todo o mundo, pertencentes a todos os sectores de actividade e constituem um dos problemas mais graves de saúde ocupacional da Europa. Os estudos realizados aos profissionais de educação de infância concluíram que é um trabalho stressante, esgotante e exigente fisicamente, sendo vários os factores de risco que podem originar o desenvolvimento de LMELT. Os profissionais de educação de infância relataram sentir dores na zona lombar devido às posturas adoptadas. O presente estudo tem como principal objectivo identificar a sintomatologia músculoesquelética auto-referida pelas educadoras de infância e auxiliares de acção educativa das salas com crianças entre 1 e os 3 anos de creches de Instituições Particulares de Solidariedade Social do Concelho de S. Brás de Alportel, identificar as zonas corporais mais afectadas pela dor/desconforto e verificar a frequência e intensidade de dor e identificar as actividades que estão relacionadas com a presença de casos sintomáticos de LMELT. A recolha de informação relativa às LMELT será realizada com base numa versão adaptada do Questionário Nórdico Músculo-esquelético. Com base na informação recolhida no ensaio piloto (frequência significativa de sintomatologia de LMELT: queixas envolvem várias regiões anatómicas...

Como se aprende no jardim-de-infância utilizando o modelo do Movimento da Escola Moderna

Marques, Jessica Capelo
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
86.03%
Relatório da Prática Profissional Supervisionada Mestrado em Educação Pré-Escolar; O relatório foi concretizado no âmbito da prática de intervenção realizada no Mestrado em Educação Pré-Escolar, no presente ano letivo. Expõe uma análise reflexiva de todo percurso da PPS nos contextos de Creche e Jardim-de-infância, apresentando uma caracterização cuidada dos contextos socioeducativos, as intenções definidas para a ação pedagógica com os grupos de crianças, as equipas e as famílias e a problemática mais relevante ao longo da intervenção. A problemática escolhida assenta na inquietação de compreender o processo pelo qual são potenciadas aprendizagens na educação pré-escolar e utiliza como orientação para tal, o modelo do Movimento de Escola Moderna. São abordados os instrumentos e momentos assentes nos pressupostos e princípios do modelo que proporcionaram um clima facilitador de aprendizagens. Com base na orientação do MEM, também é feita uma reflexão das lacunas e dificuldades que surgiram na intervenção. A integração do modelo do MEM também decorre da forma como me identifiquei com o mesmo, perspetivando integrá-lo na minha ação pedagógica, enquanto futura educadora de infância.; Abstract The report was brought under the practice of intervention performed in Masters in Preschool Education in this school year. Exhibiting a reflective analysis of the entire course of PPS in the contexts of Nursery and Kindergarten...

Se isto é uma educadora de infância: reflexão em torno da construção de uma identidade profissional

Costa, Maria de Lurdes; Caldeira, Ana Isabel Marreiros
Fonte: CIED - Centro Interdisciplinar de Estudos Educacionais da Escola Superior de Educação de Lisboa, Publicador: CIED - Centro Interdisciplinar de Estudos Educacionais da Escola Superior de Educação de Lisboa,
Tipo: Parte de Livro
Publicado em /03/2015 POR
Relevância na Pesquisa
86.31%
Centrado na prática profissional supervisionada, momento final do mestrado em Educação Pré-Escolar e fase inicial do desempenho docente, o presente artigo oferece uma reflexão em torno da construção da identidade profissional de uma educadora de infância. Partindo de uma breve e superficial incursão por alguns documentos oficiais, no sentido de averiguar das competências necessárias ao exercício da profissão de educador de infância, constata-se que há um núcleo comum que a enforma e lhe confere uma identidade. Entendida como um núcleo comum face ao qual todos os membros se identificam, a identidade profissional, indissociável das identidades pessoal e social, encerra em si todo um conjunto de identidades profissionais. Essa tentativa de entendimento teórico acerca do que é ser educador de infância surge de uma premente afirmação – se isto é uma educadora de infância – que serviu de mote à prática profissional supervisionada, revelando desde logo o seu caráter reflexivo. Só assim foi possível (re)pensar a prática como processo de construção de uma identidade profissional, mas também como momento de socialização profissional em que se cruzam saberes e competências.

Experiência transicional na creche e no jardim-de-infância

Pestana, Dora Isabel da Conceição
Fonte: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Setúbal Publicador: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Setúbal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /02/2012 POR
Relevância na Pesquisa
85.94%
Mestrado em Educação Pré-Escolar; A experiência transicional é organizada ao longo do ciclo de vida. Deste modo, torna-se deveras importante que desde cedo, os profissionais de educação e familiares das crianças estejam abertos e atentos, valorizando as experiências vivenciadas pelas crianças, bem como a forma como estas as representam. Neste estudo a questão de partida foi a seguinte: Como poderemos nós afinar a nossa abertura face à experiência transicional das crianças? Para tentar responder a esta questão procurei conhecer a opinião da educadora de creche no que respeita à importância que confere à função da experiência transicional no contexto educativo, em que realizei o estágio. Tentei identificar e analisar exemplos concretos e reconhecer ainda algumas das vantagens de uma participação efectiva por parte dos profissionais de educação na experiência transicional das crianças. Para a realização deste projecto de investigação optei por uma metodologia qualitativa dado que em educação faz mais sentido utilizar-se uma metodologia qualitativa cujo paradigma em que se funda é o paradigma interpretativo. As informações recolhidas recorreram ao método da entrevista e também através da observação participante...

As relações de amizade na creche e jardim-de-infância

Poejo, Marta Filipa Torres
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /01/2015 POR
Relevância na Pesquisa
86.06%
O presente Relatório do Projeto de Investigação tem como objetivo a compreensão do papel das amizades das crianças no seu desenvolvimento e aprendizagem em contexto de creche e jardim-de-infância, assim como compreender a função do educador enquanto mediador fundamental no desenvolvimento das crianças. A apresentação do relatório supramencionado tem como finalidade a atribuição da qualificação como Educadora de Infância no Mestrado de Educação Pré-Escolar. O projeto desenvolvido contém informações, experiências e vivências recolhidas através dos dois contextos educativos onde foi inserido o estágio em creche e jardim-de -infância, bem como através da minha intervenção enquanto estudante e das intervenções das educadoras cooperantes. A metodologia que utilizei para a realização deste projeto é inspirada na Investigação-Ação, enquanto metodologia pertencente à Investigação Qualitativa inscrevendo-se no Paradigma Interpretativo. Para a concretização deste projeto utilizei dispositivos de recolha e análise de informação, tais como a observação participante, as notas de campo, os registos fotográficos e vídeo, a análise documental dos projetos pedagógicos de sala, os inquéritos por questionários aplicados às respetivas educadoras cooperantes e por último...

A transversalidade dos saberes para uma nova forma de estar em educação: ser educadora de infância e professora do 1º ciclo do ensino básico

Moreira, Filipa de Sousa
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
96.1%
O presente trabalho é o relato, com reflexão pessoal, do culminar das experiências de estágio, no contexto do 1º Ciclo do Ensino Básico em articulação com o contexto da Educação Pré-Escolar, que tiveram por base a construção da profissionalização da discente Filipa Moreira. Com a experiência que se desenvolveu com o grupo de crianças da sala dos cinco anos da instituição P e com a experiência que se levou a cabo com os alunos da turma A do 3º ano da instituição M tornou-se possível articular as perspetivas teóricas, abordadas ao longo da formação académica, com as práticas pedagógicas nestas valências, tendo por base um processo que se incrementou e que se apresenta com contornos de Estudo de Caso. Procurou-se, assim, responder às questões: - no Estágio I, como agir, com o grupo de crianças da sala dos cinco anos, em conformidade com o nível em que cada uma se encontra e, claro, com a instituição P? - no Estágio II, como intervir, com os alunos da turma A do 3º ano, em conformidade com o nível em que cada um se encontra e, claro, com a instituição M? Enquanto a discente o fez, como futura Profissional de Perfil Misto, ela estava a conhecer-se e a responder às questões: “como educo?” e “porque educo desta forma?”; The present report combines personal reflections with the work developed through out two internships developed along one year. This work was subjected to the theme of the Primary School Educational level articulated with the context of the Pre-School education. These internships were the foundation of the professionalization of the student Filipa Moreira. Through the work developed with the five years old children group of the Institution P and the class A from the three years group of the Institution M...

De 1983 a 2013: mudanças e desafios no percurso profissional de uma educadora de infância

Serra, Célia
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
106.31%
Relatório de Estágio apresentado à Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Para a obtenção do grau de Mestre em Educação Pré-Escolar; Este relatório pretende fazer uma reflexão sobre o percurso profissional de uma Educadora de Infância ao longo de trinta anos de serviço. Nesse percurso cruzaram-se opções educativas diversas tendo em consideração as características das crianças com as quais trabalhámos. A formação contínua, associada à reflexão sobre as práticas educativas, foram a base para encontrar respostas adequada às exigências com as quais nos confrontamos, dia-a-dia, no Jardim-de-infância, independentemente das caraterísticas das crianças com as quais trabalhamos. Neste sentido, este relatório materializa-se como sendo a parte visível de um processo de reflexão sobre trinta anos ao serviço da educação de infância. ABSTRACT:This report consists in a personal reflection about a Childhood Educator’s career, for over thirty years of service. During this time, several educational options were taken into account reflecting the characteristics of the children with whom we worked. The continued education and the careful reflection on educational practices were the basis for the active search of answers to the demands we face every day...

A matemática entre Jardim de Infância e 1º Ciclo: trabalho colaborativo entre professores

Lucena, Maria João Geada Coutinho de
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
96%
Tese de mestrado, Educação (Didáctica da Matemática), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2009; Esta investigação, tem como objectivo perceber como é que o trabalho colaborativo pode ajudar a melhorar as práticas lectivas dos professores, favorecendo a articulação curricular entre ciclos na promoção do sucesso escolar dos alunos. De acordo com este objectivo formularam-se as seguintes questões de investigação: i) Quais as vantagens do trabalho colaborativo para uma boa articulação entre a Educação Pré Escolar e o 1ºciclo do ensino básico, no que diz respeito ao ensino da Matemática? ii) Quais as implicações, para as práticas lectivas, da realização de actividades de investigação com crianças do Jardim de Infância e do 1º ano de escolaridade? E iii) Em que medida é que a realização desse tipo de actividades pode facilitar a articulação curricular entre a Educação Pré Escolar e o 1º ciclo do Ensino Básico? Este estudo desenrolou-se em duas fases distintas: uma primeira de trabalho colaborativo entre todos os elementos do corpo docente de uma escola de 1º ciclo, na qual se procedeu à análise das Orientações Curriculares para a Educação Pré Escolar, Currículo do Ensino Básico e Programas de Matemática do 1º ciclo e ainda à análise e reflexão sobre alguns trabalhos realizados por alunos...

São diferentes porque a menina tem saia e o menino tem calças: as questões de género no jardim de infância

Rocha, Sara Abrantes
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
86.08%
Relatório da Prática Profissional Supervisionada Mestrado em Educação Pré-Escolar; O Relatório que aqui se apresenta foi elaborado no âmbito da Prática Profissional Supervisionada (PPS), que desenvolvi entre os meses de dezembro de 2014 e maio de 2015, em contexto de creche e jardim de infância. Este documento tem como principal objetivo apresentar e analisar reflexivamente a minha prática pedagógica, apresentando e refletindo sobre as aprendizagens realizadas. A PPS realizada em contexto de creche aconteceu numa instituição situada num bairro de intervenção prioritária na região de Lisboa, durante seis semanas com um grupo de dezoito crianças com dois anos de idade. Em jardim de infância, a PPS ocorreu também na região de Lisboa, num JI público, durante doze semanas com um grupo de vinte crianças entre os quatro e os seis anos de idade. Neste trabalho é apresentada a caracterização reflexiva de ambos os contextos onde decorreu a minha intervenção, bem como as minhas intenções tendo em conta o grupo de crianças e respetivas famílias e ainda a equipa educativa e sua instituição. É ainda explicitada no Relatório a metodologia usada bem como a problemática mais significativa da PPS, que ocorreu no contexto de jardim de infância: os estereótipos das criança em função do género. Por fim é realizada uma reflexão acerca da construção da minha identidade enquanto futura educadora de infância...

A idade tem influência nas relações de cooperação entre as crianças de jardim de infância?

Costa, Mafalda Alexandra Sebastião da
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
86.09%
Relatório da Prática Profissional Supervisionada Mestrado em Educação Pré-Escolar; O presente relatório, “A Idade tem influência nas relações de cooperação entre crianças de Jardim de Infância”, decorrente do Mestrado em Educação Pré-escolar, surge no âmbito da Prática Profissional Supervisionada desenvolvida em dois contextos educativos: Creche e Jardim de Infância. No relatório são apresentadas as intencionalidades pedagógicas que orientaram a minha ação. Para o seu desenvolvimento foram determinantes o apoio e participação das equipas educativas, funcionários das Instituições, bem como das famílias. Destaco ainda a importância do envolvimento das 14 crianças do grupo de Creche, bem como das 18 crianças do grupo de Jardim de Infância, determinantes para o desenvolvimento de toda a Prática Profissional Supervisionada. Partindo do geral para o particular, após a análise reflexiva sobre a minha prática pedagógica, apresentarei a problemática mais significativa. No trabalho de investigação procurei estudar as relações de cooperação que são estabelecidas por crianças em idade pré-escolar, verificando se a idade destas é um fator de influência. A análise dos dados será feita recorrendo à análise quantitativa e qualitativa. Na abordagem quantitativa os dados serão tratados e organizados em tabelas de frequência. Na interpretação qualitativa serão apresentados incidentes críticos que remetam o leitor para a realidade da sala de Jardim de Infância onde decorreu a Prática Profissional Supervisionada. Numa fase final será apresentada uma reflexão articulando os elementos da investigação com a influência que poderão ter na minha futura prática profissional...

Contributos para a história do grupo dos profissionais de educação de infância em Portugal

Cardona, Maria João; Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 06/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
86.03%
Partindo da análise de algumas das questões subjacentes à história da educação de infância em Portugal, neste artigo é analisado o processo de profissionalização da/os educadora/es de infância. Nesta análise destaca-se o papel da formação, como factor determinante da história deste grupo profissional, sendo apresentadas as principais etapas desta história. Por fim é feita uma reflexão final sobre a relação entre formação e desenvolvimento profissional.

História de vida: relação entre as vivências pessoais e profissionais na configuração das concepções e práticas em educação de infância

Paula, Eunice; Educadora de Infância; Campos, Joana; Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Lisboa; Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 07/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
106.03%
A presente publicação retoma parcialmente uma pesquisa que partiu da questão “Qual a relação entre a vida pessoal e a vida profissional no desenvolvimento dos percursos dos profissionais de educação de infância?”, para demonstrar a potencialidade do que comummente se designa por Histórias de Vida na investigação em educação, nomeadamente, sobre o desenvolvimento profissional de educadores/professores. Os procedimentos metodológicos adoptados combinaram a análise entre os eixos diacrónicos e sincrónicos com as dimensões pessoais e profissionais.

Direitos de participação das crianças: estudo de caso num jardim de Infância em contexto do movimento da escola moderna

Almeida, Marta Botelho de
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
86.29%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Lisboa para a obtenção de grau de mestre em Ciências da Educação, Especialização em Intervenção Precoce; A participação das crianças é um tema central, nas últimas duas décadas, nos discursos científicos e políticos que são produzidos acerca da infância. A Sociologia da Infância assume esta problemática como fulcral na definição de um estatuto social da infância e na caracterização e desenvolvimento do seu campo de estudo, mais ainda quando se trata de realidade social bastante matizada e complexa. Esta investigação pretende discutir e analisar, a partir do quadro teórico da Sociologia da Infância, os direitos de participação das crianças em contexto de jardim-de-infância. Partindo dos principais pressupostos deste campo do saber, nomeadamente, que as crianças são atores sociais, seres competentes e sujeitos de direitos, este trabalho procura compreender de que forma e em que âmbitos, as crianças pequenas participam no contexto de um Jardim de Infância que segue o modelo pedagógico do Movimento da Escola Moderna (MEM) Do ponto de vista metodológico, esta investigação de natureza qualitativa, de âmbito compreensiva, centra-se num estudo de caso e assume um carácter exploratório. As principais técnicas de investigação utilizadas foram as entrevistas...

Direitos de participação das crianças: estudo de caso num jardim de infância em contexto do Movimento da Escola Moderna

Almeida, Marta Botelho de
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
86.29%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Lisboa para a obtenção de grau de mestre em Ciências da Educação, Especialização em Intervenção Precoce; A participação das crianças é um tema central, nas últimas duas décadas, nos discursos científicos e políticos que são produzidos acerca da infância. A Sociologia da Infância assume esta problemática como fulcral na definição de um estatuto social da infância e na caracterização e desenvolvimento do seu campo de estudo, mais ainda quando se trata de realidade social bastante matizada e complexa. Esta investigação pretende discutir e analisar, a partir do quadro teórico da Sociologia da Infância, os direitos de participação das crianças em contexto de jardim-de-infância. Partindo dos principais pressupostos deste campo do saber, nomeadamente, que as crianças são atores sociais, seres competentes e sujeitos de direitos, este trabalho procura compreender de que forma e em que âmbitos, as crianças pequenas participam no contexto de um Jardim de Infância que segue o modelo pedagógico do Movimento da Escola Moderna (MEM) Do ponto de vista metodológico, esta investigação de natureza qualitativa, de âmbito compreensiva, centra-se num estudo de caso e assume um carácter exploratório. As principais técnicas de investigação utilizadas foram as entrevistas...

Os momentos da refeição em creche e jardim-de-infância

Alcobia, Viviana Maior
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2015 POR
Relevância na Pesquisa
86.04%
Este projeto de investigação tem como tema “Os momentos da refeição em creche e jardim-de-infância” e como objetivo principal pretendo responder a questão-problema “Como organizar os momentos da refeição de forma a promover a autonomia e a participação das crianças?”. Para se compreender a importância dos momentos da refeição, foi necessária uma reflexão sobre os aspetos principais que fundamentam este trabalho, sendo eles a forma como é visto o momento da refeição no nosso quotidiano; o espaço do refeitório como um não-lugar, ou seja, um lugar sem significado para quem por lá passa; a promoção da participação das crianças nestes momentos e a sua crescente autonomia; e a importância que as relações em contexto educativo desempenham para que tudo isto seja possível de se alcançar. Este projeto teve por base a metodologia de investigação-ação, onde parti de uma situação fragilizada, ou seja, os momentos da refeição nos contextos de estágio, refleti sobre os mesmos e procurei encontrar estratégias para melhorá-los, as quais apresento no trabalho, sempre de forma a contribuir para o desenvolvimento pessoal e social das crianças. Ao longo de todo este trabalho, pretendo fazer transparecer as minhas perspetivas enquanto futura educadora de infância relativamente a estes momentos...

A sexualidade infantil e o conhecimento do corpo em creche e jardim de infância

Marinheiro, Ana Patrícia Fonseca
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
96.24%
O presente Relatório do Projeto de Investigação tem como objetivo compreender a importância do conhecimento do corpo bem como compreender a sexualidade infantil, as suas manifestações e a sua importância no desenvolvimento da criança. Tem ainda o propósito de explicitar o papel do educador e da educação sexual em contextos de educação de infância. A apresentação deste Relatório tem como finalidade a obtenção da qualificação como Educadora de Infância no Mestrado em Educação Pré-Escolar. Ao longo de todo este projeto estão contidas informações, experiências e vivências recolhidas através do estágio realizado nos dois contextos distintos (creche e jardim-de-infância), bem como através da minha intervenção enquanto estudante e das intervenções das educadoras cooperantes. A metodologia utilizada baseia-se nos princípios da Investigação-Ação, sendo este um método que se enquadra na Investigação Qualitativa que por sua vez está contida no Paradigma Interpretativo. Para a realização deste projeto utilizei, portanto, dispositivos de recolha e análise de informação, tais como a observação participante, as notas de campo, os registos fotográficos, a análise documental dos projetos pedagógicos de sala e...

A expressão musical na creche e jardim-de-infância

Raposo, Inês Almeida
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
86.04%
Este relatório final de projeto, tem como principal objetivo compreender a importância da música no desenvolvimento da criança, em idade de creche e pré-escolar e qual o papel do educador para a valorização da música nestes primeiros anos de vida. A Expressão Musical pode contribuir com inúmeros benefícios para a aprendizagem e desenvolvimento das crianças, desenvolvendo também a atenção e concentração da criança. Quanto mais cedo as crianças emergirem num ambiente sonoro diversificado maiores serão as oportunidades de potenciar as suas habilidades musicais. No presente estudo pretendo investigar como é que a expressão musical é desenvolvida por parte das educadoras, das valências creche e jardim-de-infância, o que pensam sobre esta temática e como exploram. No decorrer desta investigação, alguns foram os dispositivos de recolha e análise de informação utilizados, como a observação participante, notas de campo, registos multimédia, análise documental dos projetos pedagógicos e curriculares das salas e os inquéritos por questionário fornecidos às educadoras das duas valências. Após analisar e refletir sobre todos os dados recolhidos, elaborei este relatório indicando quais as minhas intervenções nos contextos como também as intervenções das educadoras bem como quais as suas conceções. Sendo que posso concluir que: nem sempre as conceções das educadoras equivalem...