Página 1 dos resultados de 815 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

O educador social e a problemática da morte e do luto

Santos, Graça; Vieira, Evaniza; Vaz, Graciete; Violante, Patrícia
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
Este artigo pretende contribuir para aprofundar o conhecimento acerca da interpretação que os diferentes profissionais devem ter da morte e da sua capacidade de intervenção, bem como conceber estratégias de suporte no luto em contexto profissional. Está dividido em duas partes, sendo a primeira composta por uma revisão bibliográfica, de conceitos transversais à Educação Social. Na componente empírica foram aplicados questionários a alguns profissionais integrados em instituições sociais. O estudo foi direccionado para uma análise exploratória. Os resultados revelaram que para estes profissionais é fundamental uma rede de apoio que lhes permita libertarem-se da subtileza da problemática não permitindo que esta afecte a sua vida pessoal. É fundamental perspectivar uma maior influência do Educador Social como mediador em equipas multidisciplinares ou pequenos grupos, nos quais se possam desenvolver terapias adequadas à minimização do sofrimento do indivíduo e dos profissionais que trabalham com ele.

Educomunicação: um novo campo para intervenção do Educador Social

Silva, Ana Cristina Rodrigues da; Ferreira, Ana Luísa de Oliveira
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.26%
O presente artigo resulta de uma investigação acerca dos contributos que a Educomunicação poderá dar à Educação Social, desenvolvida na Universidade Portucalense, no âmbito do Mestrado em Ciências da Educação – Especialização em Educação Social, que nos permitiu concluir que a Educomunicação é um novo e importante campo para a Educação Social, que permitirá alargar os conhecimentos do Educador Social, assim como o seu âmbito de actuação profissional. Na nossa opinião, trata-se de uma investigação original e inovadora, dado que a Educomunicação não suscitou, pelo menos até agora e quanto conseguimos apurar, particular interesse por parte da investigação em Portugal. This article results from a research on the contributions Educommunication can give to Social Education. This work was carried out at the University Portucalense within the scope of the Master of Science in Education – Specialization in Social Education, which allowed us to conclude that Educommunication is an important new field for Social Education. This process will extend the knowledge of the Social Educator, as well as the scope of his/her professional behaviour. In our opinion, this is an original and innovative research since it is a fairly unexplored topic in Portuguese research so far.

O educador social na construção de pontes socioeducativas contextualizadas

Mateus, Maria do Nascimento Esteves
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.43%
Este trabalho, de índole teórica, pretende evidenciar o papel do educador social, a necessidade de formação e de aquisição de competências instrumentais e sociais necessárias à criação dinâmica de pontes socioeducativas, determinantes na construção da sua identidade profissional O educador social é um profissional que desenvolve a sua prática num processo de ação reflexão ação, que se debate com problemas, conflitos e dilemas éticos. Serão abordados aspetos fundamentais para o seu reconhecimento público e consolidação enquanto profissional ativo e atuante, impulsionador das mudanças e da rentabilização dos recursos humanos e dos equipamentos a nível local e regional. This paper, although theoretical in its outline, focuses on the role of the social educator, the need for training and the acquisition of instrumental and social competences which seem necessary to the dynamic creation of social and educational links in the building of its professional identity. The social educator is a specialized professional who develops his/her work along a process of action-reflection-action and, as such, encounters problems, conflicts and ethical dilemmas. Along this work we will approach several aspects which are of utmost importance for his/her public recognition and consolidation while performing its active and enacting professional role whose aim is to boost changes...

A construção de identidade do educador social na sua prática cotidiana: a pluralidade de um sujeito singular; The construction of identity of the social educator in daily pratical its: the plurality of a singular subject

Silva, Gerson Heidrich da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.5%
O objetivo deste estudo foi conhecer características de identidade que o educador social, de nível universitário, da cidade de São Paulo, vem construindo na sua prática cotidiana. A metodologia desenvolvida para este trabalho constou de um instrumento com três partes, elaborado pelo pesquisador e preenchido por quinze educadores sociais de áreas de formação diversas: Psicologia, Serviço Social, Pedagogia, Ciências Sociais, Artes Plásticas, Ciências Contábeis e Jornalismo. Buscamos, dessa maneira, o perfil sócio-econômico e cultural desses educadores, complementando com aspectos qualitativos de sua prática cotidiana relatada mediante questões semi-dirigidas e duas cartas propiciadoras de livre expressão. Os resultados, analisados a partir do diálogo entre a Psicologia Sócio-Histórica e autores da Sociologia, Pedagogia, Serviço Social, apontam a desvalorização e a impotência como características dessa identidade em construção, justificadas pela falta e pela descontinuidade que sustentam a queixa instaurada no discurso desses sujeitos. E, apresentam a persistência como característica de seu perfil. Sua intervenção, assim acreditamos, poderia ser transformadora da realidade na qual intervém. No entanto...

Professores visitam as casas de seus alunos: uma experiência interpretada à luz da Pedagogia Social; Teachers visit the homes of his students: an experiment performed in the light of Social Pedagogy

Bellinato, Roberta
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/07/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.28%
Esta pesquisa tem como objetivo a releitura de uma prática educacional forjada no interior da Pedagogia Escolar à luz dos princípios da Pedagogia Social, visando descobrir aproximações entre os referenciais citados, com ênfase nas relações entre o professor e o educador social. A presente investigação está pautada na análise da experiência de professores da rede municipal de ensino de Taboão da Serra, Estado de São Paulo, os quais realizam visitas às residências de seus alunos cuja prática faz parte do Programa Interação Família-Escola, desenvolvido neste município desde 2005, considerando a visitação domiciliar de alunos como uma situação que propicia a atuação do pedagogo em âmbito diferente da instituição escolar. A metodologia de pesquisa foi desenvolvida em uma abordagem qualitativa dos dados coletados, a qual foi pautada na análise dos relatórios descritivos de professores sobre as visitas realizadas entre 2005 e 2009, além de um questionário para coleta sobre suas apreciações sobre esta experiência. A leitura destes materiais revelou algumas categorias inerentes à experiência daqueles que visitaram seus alunos, as quais foram comparadas às habilidades necessárias aos educadores sociais no desempenho de suas práticas educativas. Ainda...

A supervisão como parte do processo de formação continuada do educador social: uma mediação necessária para a construção e desenvolvimento do trabalho socioeducativo; Supervision as part of the process of continuing education of social educator: a mediation necessary for the construction and development of socioeducative work.

Silva, Gerson Heidrich da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.44%
Esta tese, inserida nos campos da Psicologia e da Educação, tem como objetivo analisar a supervisão no contexto da formação continuada do educador social, verificando, a partir da perspectiva do próprio educador, se ela é fundamental para a sua formação crítica e reflexiva, assegurando-lhe a construção da sua autonomia para o trabalho socioeducativo. Para tanto, dois planos de estudos são percorridos: o teórico e o prático. No campo teórico, estuda-se autores que discutem a supervisão na educação formal, ou seja, a escolar, bem como no contexto do trabalho socioeducativo. A partir disso, apresentamos algumas características de um processo de supervisão que servem de referência para o desenvolvimento do segundo plano, o prático, o qual corresponde à pesquisa de campo, com a participação de seis educadores sociais, de nível universitário, atuantes na cidade de São Paulo e arredores, que já vivenciaram e/ou estão vivenciando um processo de supervisão voltado para a prática cotidiana. Por meio da análise do material disponibilizado pelos sujeitos, composto do relato de duas experiências de atendimentos realizados por eles, sendo um submetido à supervisão e outro não, e uma entrevista presencial, é verificado o sentido que esses educadores atribuem à supervisão para a sua formação. A análise desse material revela o que eles consideram fundamental: ter um espaço de supervisão que lhes permita e facilite a exposição das ações que realizam...

O desenvolvimento da pedagogia social sob a perspectiva comparada: o estágio atual no Brasil e Espanha; El desarrollo de la pedagogía social bajo la perspectiva comparada: el estado actual en Brasil y España

Machado, Érico Ribas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
56.56%
Em virtude da existência de diversas tradições de Pedagogia Social (HÄMÄLÄINEN, 2003, p. 4) a partir da matriz alemã, é possível identificar um campo de investigação denominado Pedagogia Social Comparada. Sob esta perspectiva teórica e metodológica, a presente pesquisa visa investigar o processo de internacionalização e de consolidação da Pedagogia Social como área de conhecimento das Ciências da Educação na Espanha e o processo, mais recente, de construção da Pedagogia Social no Brasil. Ambos os países têm em comum a adoção da Pedagogia Social como referencial teórico para a Educação Social, empregando-a como disciplina científica, como base para a formação profissional, para a pesquisa e delimitação do campo de trabalho. O espanhol José Luiz García Garrido (1986) e o brasileiro Lourenço Filho (1961) são os autores escolhidos para melhor entendimento e uso da abordagem comparativa. A pesquisa se configura como qualitativa, e, adicionalmente, utiliza a perspectiva da triangulação de metodologias, pautada em Uwe Flick (2009) e Fielding & Schereier (2001), o que permite que outros procedimentos sejam utilizados para acessar os dados e realizar as devidas análises. Jurgen Schriewer (1995) e Roger Dale (2001) fundamentam a discussão sobre os processos de internacionalização da Educação para compreender como isto está ocorrendo com a Pedagogia Social. O contexto espanhol foi estudado a partir do percurso histórico da Pedagogia Social até sua institucionalização como área científica e de formação profissional do Educador Social de nível superior. A metodologia comparativa foi empregada para a análise das ementas das disciplinas de Pedagogia Social do Curso de Graduação em Educação Social de dez universidades espanholas...

O Assisente social como educador social na esfera da educação complementar pública do município de Florianópolis

Silva, Fernanda da
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Relevância na Pesquisa
56.44%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Serviço Social.; O presente trabalho de Conclusão de Curso procura desvendar o papel do Assistente Social enquanto educador social, situando este profissional na esfera da Educação Complementar Pública, do Município de Florianópolis. O foco principal do trabalho, além da contextualização bibliográfica e documental, situando as políticas sociais brasileiras até a política de atendimento à Criança e ao Adolescente explicando a focalização e a destinação de recursos na área, bem como o papel da educação complementar e o processo de trabalho do profissional de Serviço Social neste contexto, foi a realização da pesquisa empírica, de natureza qualitativa e exploratória, onde objetivou-se identificar, através da entrevista estruturada com as Assistentes Sociais dos Centros de Educação Complementar Públicos existentes em Florianópolis, a articulação do Assistente Social na Educação Complementar, enfocando seu papel de educador social. Os resultados obtidos com a pesquisa nos mostra que os profissionais inseridos na esfera da Educação Complementar, por ser uma demanda nova, não têm muita clareza acerca do processo de trabalho efetivo do assistente social nesta area...

Dimensões psíquicas e sociais da criança e do adolescente em situação de rua; Psychological and social dimensions in street children and street adolescents

Menezes, Deise Matos do Amparo; Brasil, Kátia Cristina Tarouquella Rodrigues
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.24%
Esta pesquisa teve como objetivo desenvolver um diagnóstico dinâmico da criança e do adolescente em situação de rua nas área do Plano Piloto - Distrito Federal, levando em consideração as dimensões psíquicas e sociais desta população. O estudo foi realizado nos moldes da pesquisa-ação, com observações participantes nas quais o pesquisador interagia com a criança através de atividades lúdicas e educativas - jogos e desenhos. As observações foram registradas em fichas de campo e, posteriormente, analisadas e agrupadas em categorias relacionadas às dimensões psíquicas e sociais como: focos de transgressão, formação de grupos, estratégias de sobrevivência, vinculação, relação com o próprio corpo e com o do outro. A hipótese delineada foi que tais fatores se relacionam à construção da identidade e subjetividade da criança em situação de rua. Os desenhos das crianças e adolescentes apontaram aspectos regressivos e as observações etnográficas demonstraram que o espaço da rua funciona como fonte de referência paradoxal. Lidando com os paradoxos, os meninos e meninas em situação de rua constróem redes de alianças e sustentação subjetiva e organizam sua identidade. A dinâmica da criança de rua...

O educador social, desafiado pela diversidade cultural das sociedades contemporâneas

Gonçalves, José Luís
Fonte: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Publicador: Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.21%
p. 111-118; O reconhecimento da pluriculturalidade das sociedades contemporâneas e das tensões que este fenómeno suscita no espaço público destas não é um facto novo em si. O elemento de novidade, no plano da educação, é a integração de tal diversidade cultural na pedagogia e na intervenção social. Reflectir as implicações desta integração em alguns dos seus pressupostos teórico - -práticos constitui o objectivo deste artigo. Com a intenção de compreender a dinâmica inter – e multicultural que perpassa as sociedades ocidentais – numa perspectiva filosófico-antropológica e com incidência nas relações sociais –, propomos um itinerário reflexivo, partindo inicialmente de uma pequena constelação conceptual que vai desde o pluralismo à relação tensional identidade/diversidade, passando pela assunção do diálogo com o Outro na sua radical alteridade. Posteriormente, fazemos uma análise de pendor psico-sociológico e epistemológico à diversidade cultural através da noção de culturalidade, cujas consequências ético-antropológicas desembocam em atitudes e princípios hermenêuticos orientadores da dinâmica intercultural a fomentar pelo educador social. Concluir-se-á que à exigência de uma autêntica manóia interior deve corresponder uma praxis de transformação sócio-política e uma educação para a cidadania plena. A reconstrução da identidade pessoal e social...

A(s) realidade(s) do educador social no Algarve

Ricardo, Rute Cristóvão
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.36%
Dissertação de mest., Educação Social, Escola Superior de Educação e Comunicação, Univ. do Algarve, 2013; Tendo em conta o modelo atual de trabalho, não se pode falar de um trabalho para toda a vida, de trajetórias profissionais lineares ou do conceito de carreira profissional. A desestruturação do modelo de trabalho trouxe problemas sociais associados, como o aumento do desemprego, a diminuição da proteção institucional e dos direitos sociais. A Educação Social surge enquanto formação profissional que procura responder às problemáticas sociais existentes. A educação social tem como principal objetivo a integração total do indivíduo. A identidade do educador social é marcada pela sua polivalência. Com esta investigação pretendeu-se estudar quais as principais caraterísticas da profissão do educador social nos vários contextos existentes, na região do Algarve. Esta é uma investigação de caráter qualitativo. Com a metodologia utilizada pretendeu-se recolher e analisar informações sobre vários temas inerentes à profissão, como o percurso académico e a situação profissional dos educadores, e numa fase posterior, desenvolver os temas considerados pertinentes para a nossa investigação. Os resultados obtidos mostram que a educação social é uma profissão que se revela importante. É possível concluir que os educadores são jovens...

Educador social: uma identidade a caminho da profissionalização?

Silva,Gerson Heidrich da
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.46%
O objetivo deste artigo é apresentar uma síntese da pesquisa de mestrado A construção de identidade do educador social na sua prática cotidiana: a pluralidade de um sujeito singular, na qual se buscou conhecer características da identidade que o educador social, de nível universitário, da cidade de São Paulo, vem construindo na sua prática cotidiana. A metodologia desenvolvida para este estudo constou de um instrumento elaborado pelo pesquisador e preenchido, entre início de março e final de setembro de 2006, por quinze educadores sociais de áreas de formação diversas: Psicologia, Serviço Social e Pedagogia. Verificou-se, dessa maneira, o perfil socioeconômico e cultural desses educadores, complementando com aspectos qualitativos de sua prática cotidiana relatada mediante questões semidirigidas e duas cartas propiciadoras de livre expressão. Para a análise, contou-se com a Psicologia Histórico-Cultural e o diálogo com autores da Sociologia, Pedagogia e Serviço Social. Os resultados analisados apontaram a desvalorização, a impotência e a resignação como características marcantes dessa identidade em construção. A precariedade para o desenvolvimento do trabalho e a descontinuidade (principalmente dos Programas de Assistência Social) sustentam a queixa instaurada no discurso desses sujeitos. Constatou-se também certo apelo à necessidade de aprimoramento da formação (especialização...

Formação e trabalho do educador social

Souza, Luciana Carolina Cleto de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.63%
Resumo: A carreira do educador social vem se destacando nos últimos anos para atender as demandas sociais e humanísticas da sociedade atual. Apesar da relevância de suas contribuições, ela encontra-se em processo de regulamentação e não há uma normatização que oriente sobre suas atribuições e formação mínima. Diante disso, a presente dissertação trata de um estudo sobre o educador social, nos aspectos de sua formação e condições de trabalho. Para o levantamento de dados, utilizaram-se as informações disponibilizadas em editais de concursos públicos municipais, realizados na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), entre os anos de 2007 e 2013. Propõe-se uma discussão a respeito do contexto em que se insere o educador social, conforme as exigências dos editais, relacionando-os aos fundamentos teóricos da Pedagogia Social e estabelecendo uma relação dialética com o contexto da atuação do educador social no estado do Paraná. A pesquisa apoia-se em Machado (2011a, 2011b, 2002, 2012), Silva et al (org.) (2011a, 2011b, 2011c), Caride (2004), Gohn (1999, 2000, 2010), Caliman (2010), Souza Neto(2011), Quintana (1997), dentre outros. Considera-se emergente a discussão e a análise sobre a formação e o trabalho do educador social. A presente pesquisa parte da questão norteadora sobre que educador social é solicitado para atuar no serviço público municipal...

La figura del educador social

Torres Mart??n, C??sar; Fuentes Esparrell, Juan A.; Mingorance Estrada, ??ngel C.; Romero Barriga, Juan F.
Fonte: Universidad de Granada Publicador: Universidad de Granada
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
66.27%
Actualmente estamos asistiendo al origen de nuevas situaciones sociales, culturales y demogr??ficas que hacen brotar en los profesionales de la educaci??n nuevas preocupaciones de atenci??n y desarrollo formativo. En este art??culo se hace referencia a diversas caracter??sticas que pueden caracterizar a uno de estos profesionales: el educador social.

O Educador Social numa escola intercultural: que estratégias de intervenção?

Abelha, Marta; Machado, Eusébio André; Simões, Ana Raquel
Fonte: Universidade Portucalense Publicador: Universidade Portucalense
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.27%
O presente artigo assume-se como um contributo para elucidar a intervenção do educador so- cial numa escola intercultural. Neste sentido, analisa-se o modo como a “invenção da escola” se baseou num princípio de homogeneidade destinado à transmissão de uma cultura única e hegemónica, o qual, porém, se confronta hoje com os desafios complexos de uma sociedade e de um contexto escolar cada vez mais multiculturais. De seguida, a partir de uma abordagem dos conceitos em causa, discute-se as diferentes abordagens, princípios e consequências da educação intercultural, sobretudo em contraste com a educação multicultural. Para concluir, este artigo recenseia ainda algumas estratégias de intervenção do educador social na escola, tendo em conta os desafios da escola atual e os principais objetivos de uma educação intercultural.

Educação dos filhos em famílias monoparentais femininas: o contributo do educador social no desenvolvimento de competências sociais

Gonçalves, Tiago José Alves
Fonte: Universidade Portucalense Publicador: Universidade Portucalense
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 08/08/2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.32%
Orientação: Professor Doutor Eusébio André da Costa Machado; A educação dos filhos em regime de monoparentalidade feminina tem sido um fenómeno de relevo nos últimos anos, justificando uma intervenção especializada. Ora, partindo deste pressuposto, verificamos que a intervenção do educador social é fundamental para orientação, transmissão de informação e acompanhamento das famílias monoparentais femininas, permitindo-lhes adquirir competências sociais para lidarem com as mais variadas situações com que se deparam. Neste âmbito, apresentamos um estudo empírico de natureza qualitativa, através do recurso à entrevista aberta ou não estruturada, através da qual reconstruímos as histórias de vida de quatro participantes (n=4), oriundas de bairros sociais da cidade do Porto, correspondendo a agregados monoparentais femininos com características comuns de precariedade económica e social. Os resultados obtidos mostram que são imputáveis às famílias monoparentais femininas um conjunto de efeitos na educação das crianças, os quais resultam mais das condições socioeconómicas do que do género do progenitor. Além disso, o estudo confirmou a importância da aquisição e reforço das competências sociais para os agregados familiares superarem as dificuldades com que se deparam e realizarem um integração plena e eficaz...

Formação do educador social para atuar com criança em situação de risco social

Freitas, Luana Paula de
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.48%
A formação do educador social tem um aspecto importante na vida das crianças em situação de risco, pois ele será o responsável por sua formação psicológica e social através do diálogo, compreensão e atenção, uma vez que essas crianças podem não ter recebido esses afetos em casa por estarem inseridas em ambientes desmotivadores, nos quais os familiares são usuários de drogas, bêbados, propensos à violência sexual, prostituição e preconceito racial e social. Tais problemas podem ser agravados na escola por meio de atitudes inadequadas por parte dos professores, como por exemplo, excluir o aluno da turma por não conseguir aprender o conteúdo ou agirem com preconceito pelo cheiro ou modo de falar da criança. Para o desenvolvimento da pesquisa aqui proposta foram realizadas entrevistas com seis educadores sociais sobre a importância da família, do curso de formação em educação social e as dificuldades ao trabalhar com essas crianças. Foram realizadas entrevistas também com oito crianças sobre a sua família, escola, ONG e seus sentimentos, com a intenção de comprovar o marco teórico, sendo as respostas inseridas no decorrer do trabalho. O objetivo desta pesquisa foi: analisar a importância da formação do educador social...

Educador social: uma identidade a caminho da profissionalização?; Social educator: an identity on its way to professionalization?

Silva, Gerson Heidrich da
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.54%
O objetivo deste artigo é apresentar uma síntese da pesquisa de mestrado A construção de identidade do educador social na sua prática cotidiana: a pluralidade de um sujeito singular, na qual se buscou conhecer características da identidade que o educador social, de nível universitário, da cidade de São Paulo, vem construindo na sua prática cotidiana. A metodologia desenvolvida para este estudo constou de um instrumento elaborado pelo pesquisador e preenchido, entre início de março e final de setembro de 2006, por quinze educadores sociais de áreas de formação diversas: Psicologia, Serviço Social e Pedagogia. Verificou-se, dessa maneira, o perfil socioeconômico e cultural desses educadores, complementando com aspectos qualitativos de sua prática cotidiana relatada mediante questões semidirigidas e duas cartas propiciadoras de livre expressão. Para a análise, contou-se com a Psicologia Histórico-Cultural e o diálogo com autores da Sociologia, Pedagogia e Serviço Social. Os resultados analisados apontaram a desvalorização, a impotência e a resignação como características marcantes dessa identidade em construção. A precariedade para o desenvolvimento do trabalho e a descontinuidade (principalmente dos Programas de Assistência Social) sustentam a queixa instaurada no discurso desses sujeitos. Constatou-se também certo apelo à necessidade de aprimoramento da formação (especialização...

O compromisso ético do educador social

Souza Neto,João Clemente de
Fonte: Centro de Estudos e Intervenção em Educação e Formação (CeiEF); Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Publicador: Centro de Estudos e Intervenção em Educação e Formação (CeiEF); Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.45%
Este artigo tem como tema o compromisso ético do educador social com os educandos. Em sua práxis, percebe-se que a educação é uma estratégia e uma condição de humanização. Nesse sentido, a aprendizagem e a práxis da ética ocorrem num conjunto articulado que abrange a formação acadêmica e a vivência cotidiana, como se pode apreender de vários depoimentos de educadores. A práxis do educador social, orientada por uma ética fundada na competência técnica e no amor, contribui para transformar a realidade e superar a irracionalidade de uma cultura de subserviência e exploração que impregnam o cotidiano dos excluídos. Esta pesquisa utilizou como metodologia de trabalho a realização de entrevistas preparadas com base em roteiro previamente estabelecido. Foram selecionados três educadores, que foram usuários da pastoral do menor e cada um deles com mais de dez anos de atuação. Os depoimentos deixam entrever a questão do protagonismo que, de alguma forma, constitui um princípio pedagógico. O eixo norteador das reflexões é o princípio de que a formação do educador social ocorre no seu campo próprio de atuação e que as motivações para seu envolvimento com o trabalho estão vinculadas a sua biografia. O pressuposto teórico está ancorado em Paulo Freire e Enrique Dussel...

Reflexões acerca do assistente social em sua dimensão educativa com famílias

Pereira, Alana Andreia; Oliveira, Nayara Hakime Dutra de
Fonte: Serviço Social & Saúde Publicador: Serviço Social & Saúde
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 10/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
56.04%
As configurações familiares foram mudando ao longo do tempo de acordo com cada momento histórico, atendendo ao contexto das épocas, servindo a interesses hegemônicos para manobra social. Dentre as várias perspectivas do Serviço Social, este se apoia numa atuação a partir das expressões da questão social; nestas dimensões a face educativa aparece como uma das mais importantes e o profissional como educador social. Acerca disto, propõe-se a utilização da Educação Popular como norte para a exequibilidade deste trabalho com famílias, representantes familiares e grupos que reflitam sobre o convívio deste âmbito. Os desafios postos na contemporaneidade para esta reflexão são trabalhar as complexidades e vulnerabilidades familiares, respeitando os limites, possibilidades, divergências culturais, como também  emancipação dos sujeitos.