Página 1 dos resultados de 2533 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Atividades educativas de trabalhadores na atenção primária: concepções de educação permanente e de educação continuada em saúde presentes no cotidiano de Unidades Básicas de Saúde em São Paulo; Educational activities for primary healthcare workers: permanent education and inservice healthcare education concepts in the daily life of primary healthcare units in São Paulo; Actividades educativas de trabajadores en la atención primaria: concepciones de educación permanente y de educación continuada en salud presentes en el quehacer cotidiano de Unidades Básicas de Salud en Sao Paulo, Brasil

PEDUZZI, Marina; GUERRA, Débora Antoniazi Del; BRAGA, Carina Pinto; LUCENA, Fabiana Santos; SILVA, Jaqueline Alcântara Marcelino da
Fonte: Revista Interface - Comunicação, Saúde, Educação Publicador: Revista Interface - Comunicação, Saúde, Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.17%
Esta pesquisa tem o objetivo de analisar a prática de atividades educativas de trabalhadores da saúde em Unidade Básica de Saúde (UBS) segundo as concepções de educação permanente em saúde (EPS) e de educação continuada (EC), processo de trabalho em saúde e enfermagem, trabalho em equipe e integralidade. Estudo do tipo transversal, realizado em dez UBS do Município de São Paulo, por meio de entrevista dirigida com 110 informantes-chave, representantes de todas as categorias profissionais e equipes das UBS, sobre as atividades educativas desenvolvidas em 2005. As informações foram classificadas segundo categorias operacionais para cada variável de estudo, com base no referencial teórico. Os trabalhadores relataram 396 atividades educativas, que revelam a complementaridade das concepções de EPS e EC. De acordo com a perspectiva do Sistema Único de Saúde (SUS) e da transformação das práticas de saúde, coloca-se a necessidade de ampliação do debate em torno da EPS como política pública.; The objective of this study was to analyze the educational activity practices among healthcare workers in primary healthcare units (PHUs) according to the concepts of permanent healthcare education (EPS) and continuing education (CE)...

Pesquisa-ação e práticas educativas do enfermeiro psiquiátrico: incentivo à educação permanente em serviço.; Research-action and psychiatric nursing educative practices: motivation to lifelong learning in service

Domingues, Munira Penha
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.2%
Introdução: O reconhecimento das dificuldades vivenciadas em serviço é de fundamental importância, sobremaneira, procurando buscar saídas para resolução dessas, entre outros problemas. Por vezes, as práticas educativas fazem parte da formação do enfermeiro psiquiátrico e devem ser realizadas em serviço, concomitantemente com as ações de enfermagem rotineiras. Elas contribuem para o aprimoramento de novos conhecimentos e para o desenvolvimento de habilidades e competências essenciais, tendo em vista a execução de uma assistência de enfermagem, com qualidade ao cliente, à família e à comunidade. Sendo assim, faz-se importante que o enfermeiro tenha construído conhecimentos teórico-práticos durante o curso de graduação em enfermagem, a fim de executar as práticas educativas em serviço, com segurança e preparo para trabalhar tais ações, em Unidades Psiquiátricas. A atuação crítico-reflexiva utilizada pelo docente de enfermagem, tem, como pressuposto, construir um modelo curricular que contemple o processo de formação articulado com o mundo do trabalho, usando estratégias inovadoras, trabalhando o ensino de forma contextualizada, visando à formação de um profissional mais crítico e compromissado com as questões profissionais e sociais. Assim...

Educação permanente em saúde e enfermagem em terapia intensiva : (in)visibilidade na revisão bibliográfica

Haygert, Daniela Zavarese
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.24%
A Educação permanente em saúde é conceituada por Tavares (2006) como um processo educativo contínuo, de revitalização e superação pessoal e profissional, com objetivo de qualificar, reafirmar ou reformular valores. A educação permanente em saúde é importante para os profissionais de enfermagem, na medida em que pretende transformar o processo de trabalho, orientando-o para a melhoria da qualidade dos serviços, para a equidade no cuidado e no acesso aos serviços de saúde (Pease; Morais; Crivellaro, 2009). Esta pesquisa tem como objetivo identificar as publicações que tratam do tema educação permanente em saúde e enfermagem em terapia intensiva, existentes nas bases de dados BVS, LILACS, Google ACADÊMICO e SCIELO entre os anos de 2005 a 2009. Foi realizada uma pesquisa exploratória com ênfase no levantamento bibliográfico. Os descritores utilizados para a busca foram Educação permanente, Educação permanente em Terapia Intensiva, Educação permanente Enfermagem, Educação permanente em saúde. Foi encontrado entre artigos, teses e monografias 401 unidades de materiais. Após a leitura dos resumos e análise dos mesmos iniciou-se o processo de fichamento que constou: o título da publicação, ano, revista...

Educação permanente em terapia intensiva : revisitando dados e reaprendendo conceitos

Santos, Adriana Alves dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.26%
A Educação permanente em saúde é conceituada por Tavares (2006) como um processo educativo contínuo, de revitalização e superação pessoal e profissional, com objetivo de qualificar, reafirmar ou reformular valores. A educação permanente em saúde é importante para os profissionais de enfermagem, na medida em que pretende transformar o processo de trabalho, orientando-o para a melhoria da qualidade dos serviços, para a equidade no cuidado e no acesso aos serviços de saúde (Pease; Morais; Crivellaro, 2009). Esta pesquisa tem como objetivo identificar as publicações que tratam do tema educação permanente em saúde e enfermagem em terapia intensiva, existentes nas bases de dados BVS, LILACS, Google ACADÊMICO e SCIELO entre 2005 e 2009. Foi realizada uma pesquisa exploratória com ênfase no levantamento bibliográfico. Os descritores utilizados para a busca foram Educação permanente, Educação permanente em Terapia Intensiva, Educação permanente Enfermagem, Educação permanente em saúde. Foram encontrados entre artigos, teses e monografias 401 unidades de materiais. Após a leitura dos resumos e análise destes materiais iniciou-se o processo de fichamento que constou: o título da publicação, ano, revista...

Educação permanente em saúde : revisão sistemática da literatura científica

Moreira, Márcia Chaves
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.29%
O presente trabalho aborda o tema da educação permanente em saúde, pauta constante na agenda dos serviços e gestores do setor. As transformações trazidas com a criação do Sistema Único de Saúde impõe a busca de alternativas que caminhem na direção do seu fortalecimento e efetivação de suas propostas. O conceito ampliado de saúde – como qualidade de vida, capacidade e autonomia para viver, experiência subjetiva, intimamente relacionada aos determinantes sociais - implica novas práticas de intervenção em saúde e, portanto, a formação de profissionais capazes de aprofundarem cada vez mais tais mudanças. Tendo como premissa que o ser humano está em incessante processo de aprendizagem e sendo o cotidiano de intervenção espaço privilegiado para a aquisição de habilidades e reflexão, a proposta de educação permanente vem ao encontro de tal condição à medida que acena novas possibilidades, que ultrapassam a aquisição de conhecimentos. Dentre as várias modalidades de formação/qualificação dos profissionais de saúde, destaca-se pelo componente da problematização do próprio processo de trabalho a partir das vivências cotidianas e pelo seu potencial para a modificação dos espaços sócio-ocupacionais através da dialética transformação dos sujeitos e suas práticas via interlocução de saberes...

Educação permanente e aprendizagem significativa no contexto hospitalar : a perspectiva de enfermeiras educadoras

Flores, Giovana Ely
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.22%
Esta pesquisa objetivou conhecer as experiências de aprendizagem significativa de enfermeiras facilitadoras de ações de educação permanente no contexto hospitalar, analisando as implicações dessa aprendizagem na transformação das suas práticas de cuidado em saúde. O estudo, de cunho qualitativo, do tipo exploratório-descritivo, foi desenvolvido a partir da experiência de formação do grupo de enfermeiras educadoras que atuam no Programa de Educação Permanente em Enfermagem (PEPE) no Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), desenvolvendo atividades de formação em serviço para os trabalhadores da enfermagem. Essas enfermeiras são consideradas pela instituição como promotoras da interface entre o Serviço de Educação em Enfermagem (SEDE) e os demais serviços de enfermagem do HCPA, reconhecidas pelo alinhamento à proposta de formação em saúde, embasada nos pressupostos da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS). A coleta de informações deu-se por meio de grupos focais, tendo como sujeitos as enfermeiras educadoras que se manifestaram favoráveis em participar da pesquisa e que possuíam mais de seis meses de atividades neste programa, então o grupo de análise constituiu-se de sete enfermeiras educadoras. Os resultados obtidos sugerem que a experiência de formação das enfermeiras educadoras foi oportunidade para diversas aprendizagens significativas...

A educação permanente e suas contribuições na constituição do profissional e nas transformações do cuidado de enfermagem

Salum, Nádia Chiodelli
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.23%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.; Este estudo teve como objetivo analisar as contribuições que a educação permanente traz para a transformação do profissional nas dimensões pessoal, profissional e institucional e sua contribuição para a transformação do cuidado e da prática de enfermagem. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, de caráter avaliativo, em razão do caráter complexo da natureza do estudo, que teve como foco a educação permanente realizada em um hospital escola. O referencial teórico que deu sustentação ao estudo traz, as contribuições da educação permanente nos serviços de saúde e as contribuições do processo avaliativo na visão que reconhece a subjetividade dos sujeitos envolvidos no processo. Para compreender-se a complexidade vivida nessa teia de relações sociais específicas do trabalho da enfermagem, mostram-se insuficientes os dados avaliativos na perspectiva objetiva da avaliação. A compreensão do significado que a educação permanente assume nessas transformações foi discutida a luz do referencial teórico da educação permanente e da avaliação qualitativa. Como estratégia metodológica foi utilizado o estudo de caso simples com vistas a compreender o fenômeno em profundidade. Os dados foram coletados através da triangulação de dados em três perceptivas: a perspectiva das profissionais...

Análise do processo de implementação da política de educação permanente em saúde no Distrito Federal; Analysis of the process of policy implementation in permanent health education in the Federal District; Análisis del proceso de implementación de la política de educación permanente en salud en el Distrito Federal

Moraes, Katerine Gonçalves
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.24%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2012.; O problema do desenvolvimento de recursos humanos em saúde esteve presente na pauta de discussão do governo brasileiro em diversos momentos, mas só adquiriu o status de política pública em 2004, com a publicação da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde, constituída para melhorar a formação e desenvolvimento para os trabalhadores da saúde. Esta política objetiva a transformação das práticas nos serviços de saúde por meio do incentivo à problematização como instrumento para enfrentar os problemas reais diariamente vivenciados pelos profissionais de saúde, fundamentando-se nos pressupostos da aprendizagem significativa, sendo a atualização técnico-científica apenas um dos aspectos desse processo de transformação e não seu foco central. Objetivo: Analisar o processo de implementação da política de educação permanente em saúde no Distrito Federal, Brasil. Metodologia: Trata-se de um estudo qualitativo com base no referencial teórico-metodológico de análise de implementação de políticas públicas. Foram entrevistados 24 sujeitos responsáveis pela implementação da política. Para a análise dos dados utilizou-se o método de análise de conteúdo temático proposto por Bardin. Resultados: A implementação desta política é de responsabilidade da Coordenação de Desenvolvimento de Pessoas que tem...

Políticas de educação permanente: qualificacionismo adaptativo ou educação de adultos?

Lima, Licínio C.
Fonte: Centro de Investigação e Inovação em Educação Publicador: Centro de Investigação e Inovação em Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
76.1%
"Tema: Animação comunitária e educação de adultos"; O artigo discute o conceito de “educação permanente” e suas ambiguidades, com referência especial à educação de adultos em Portugal enquanto parte de um sistema global de educação ao longo da vida. Contradições políticas e medidas governamentais descontínuas, ao longo das últimas quatro décadas em Portugal, são examinadas, até ao lançamento da Iniciativa Novas Oportunidades, que visava o reconhecimento e certificação das aprendizagens dos adultos. Algumas conclusões, apoiadas em dados empíricos recolhidos numa associação local do norte de Portugal, destacam a importância da educação de base de acordo com os adultos, os educadores e empregadores, mas não os propósitos de empregabilidade politicamente esperados.

Educação permanente: uma estratégia metodológica para os professores da saúde

Arruda,Marina Patrício; Araújo,Aliete Perin; Locks,Geraldo Augusto; Pagliosa,Fernando Luiz
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
76.1%
Apresenta-se a discussão do "Grupo de Educação Permanente" do curso de Medicina da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac/Lages-SC) acerca da experiência que desenvolve na capacitação dos professores da saúde. As principais reflexões se voltam à estratégia metodológica de trabalho adotada pelo grupo, que tem como desafio desenvolver a capacidade de aprender a aprender, cujo processo se refere às aprendizagens que o indivíduo realiza por si mesmo, nas quais está ausente a transmissão de conhecimentos. Esta mudança paradigmática diz respeito à busca de uma educação fundamentada na autonomia, no respeito à diferença e na construção de vínculos. As informações aqui registradas permitem analisar a evolução desse trabalho em vários aspectos e constituem fonte de pesquisa e reflexão para a continuidade de nossa proposta de educação permanente.

Percepção dos médicos sobre o curso facilitadores de Educação Permanente em Saúde

Carvalho,Brigida Gimenez; Turini,Barbara; Nunes,Elisabete de Fátima Polo de A.; Bandeira,Isabela Funfas; Barbosa,Pâmela Fernanda Alves; Takao,Tânia Sayuri
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
76.15%
A Educação Permanente em Saúde (EPS) é uma estratégia que toma os problemas da prática como objeto de reflexão das equipes de trabalho. Para superar a falta de domínio conceitual e operativo em relação à EPS, foi proposto um curso de facilitadores de educação permanente. Este curso foi desenvolvido no município de Londrina e dele participaram 14 médicos. Com o objetivo de analisar as opiniões sobre o curso e sobre as repercussões no trabalho e na atenção à saúde, os 11 médicos concluintes foram entrevistados, utilizando-se um roteiro semiestruturado. Para a análise, as questões fechadas foram tabuladas, e o conteúdo das abertas foi analisado por meio da análise temática. Para esses médicos,- Educação Permanente em Saúde. a EPS se constitui em: reflexão acerca dos problemas cotidianos, trabalho em equipe e aprendizagem - Trabalho em Saúde. significativa. Entre as mudanças propiciadas pelo curso, destacaram-se: ampliação do vínculo entre profissionais, democratização da gestão, apropriação dos sistemas de informação, ampliação da capacidade de análise e aprimoramento da prática. As facilidades e dificuldades se referiram principalmente à garantia de infraestrutura (espaço, tempo, material e apoio)...

Estudantes e usuários avaliam ferramenta de educação permanente em saúde - Sieps

Ezequiel,Maria Cristina Diniz Gonçalves; Noel,Bárbara Kern; Lemos,Pedro Paulo de; Paiva,Antonio Cardoso; Borges,Ludmila Paczkowski; Ferreira,Gabriela de Mesquita; Sanzovo,Paula Sajovic
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.08%
As Sessões Interativas em Educação Permanente em Saúde (Sieps) acontecem há quatro anos nas Unidades de Saúde da Família da Faculdade de Medicina de Petrópolis/Faculdade Artur de Sá Earp Neto (FMP/Fase). Baseiam-se nos princípios da educação permanente propostos pelo Ministério da Saúde e na metodologia de problematização. Buscam maior interdisciplinaridade dentro da unidade de saúde, trabalho em equipe, aproximação do usuário com o serviço e do estudante com a realidade. Esse trabalho objetiva compreender as reflexões feitas por estudantes de graduação em Medicina, Nutrição e Enfermagem e por usuários sobre as Sieps. Nesta pesquisa foram usados um questionário com base na escala de Likert, na amostra de estudantes, e uma entrevista, categorizada de acordo com a análise temática dentro da análise de conteúdo, usada na amostra de usuários. Foi possível concluir que os usuários e estudantes percebem positivamente as Sieps e que, em sua opinião e percepção, elas alcançam seus objetivos: melhoram o trabalho em equipe, enfatizando a interdisciplinaridade; acolhem bem os usuários; aproximam os estudantes da realidade das comunidades em que estão inseridos, com atualização e treinamento das equipes.

A educação permanente do Hospital Escola Dr. José Carneiro e a qualidade na assistência ao usuário : focando o olhar na formação do enfermeiro.

Moura, Elienai Araujo
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Educação brasileira; Programa de Pós-Graduação em Educação; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Educação brasileira; Programa de Pós-Graduação em Educação; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.18%
This research has analyzed the actions carried out by the Núcleo de Educação Continuada do Hospital Escola Dr. José Carneiro (Continuous Education Centre from School Hospital Dr. José Carneiro), aimed at the male and female nurses within the period between 2004 and 2006, and its contribution to the improvement of the users‟ health care. It is a qualitative research, with a case study approach. It has covered the aspects of the social policies in Brazil, both in the educational areas as well as in the health one, highlighting the influence of the social movements over the public policies. It has shown a little of the history of the health service in the State of Alagoas; the creation of the Health Sciences State University and the School Hospital Dr. José Carneiro; the importance of the work accomplished by these two institutions for the needy part of the population; the relevance of interdisciplinarity in Permanent Education: the concept for Permanent Education; the profile of the above-mentioned professionals, aiming at a higher knowledge of such professional category; the fact that the humanized health care is a requirement of the Sistema Único de Saúde (Unique Health System). According to this research, in order to promote a more significant contribution of the Permanent Education to the quality in the health care...

A concepção de educação da política nacional de educação permanente em saúde; The concept of education of national education policy Permanent Health

LEMOS, Cristiane Lopes Simão
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Educação; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Educação; Ciências Humanas
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.23%
The research was conducted at the Graduate Program in Education FE / UFG, the line of research "Culture and Educational Processes." The study focused on the analysis of the concept of Permanent Education in Health (EPS) contained in the National Policy on Permanent Education in Health (PNEPS), established by Decree no. 198/GM/MS of 13/02/2004. The question Central was to analyze the fundamentals of Continuing Education in Health (EPS) of the current proposal. The methodology used was the study and analysis ministerial documents of the period from 2003 to 2009, articles by authors involved with the theme from PAHO and documents related to emergence of the idea of EPS. The theoretical was obtained from the authors approach the current Marxist education and work. For the study possible to note that the conception of the EPS in a PNEPS transcends pedagogical significance, responding to a restructuring of services before the new demands of the production model of toyotist neoliberal times and post-modern. Just when the work is increasingly unstable and precarious is that the Ministry of Health invests in innovative management, giving centrality to the issue of EPS. By decentralizing the management of EPS, before the idea of micro live work...

Educação permanente e integração ensino-serviço na perspectiva dos enfermeiros do serviço

Tombini, Larissa Hermes Thomas
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 177 p.| il., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.25%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2010; Trata-se de uma Pesquisa Convergente-Assistencial que teve como objetivos identificar a compreensão dos enfermeiros das Unidades Básicas de Saúde do município de Chapecó sobre a educação permanente em saúde e a integração ensino-serviço, analisando suas percepções sobre as contribuições da integração ensino-serviço para o processo de educação permanente profissional. A Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS) articulada aos princípios pedagógicos de Paulo Freire fundamentaram teoricamente a trajetória da pesquisa, esta, desenvolvida com um grupo de 13 enfermeiros que atuam em serviços de saúde onde foram realizadas, nos anos de 2007 e 2008, atividades acadêmicas do curso de graduação em Enfermagem da Unochapecó. Como estratégias para coleta de dados foram realizadas 05 oficinas durante os meses de junho a agosto de 2009. A análise dos dados foi realizada seguindo os passos da Análise Temática proposta por Minayo: pré-análise, exploração do material e tratamento dos resultados obtidos e interpretação. Desta análise emergiram 3 categorias subdivididas em 3 sub-categorias/cada: 1) "A construção do conhecimento como processo de educação permanente": a aceitação como um dos fatores condicionantes do processo educativo; a valorização do conhecimento anterior e a troca como 'meios' para o novo conhecimento; e a aprendizagem significativa...

Educação permanente/continuada no trabalho

Ferraz, Fabiane
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.27%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.; O estudo tem por objetivos analisar como são desenvolvidas as propostas de educação permanente/continuada no trabalho dos(as) trabalhadores(as) da área de Enfermagem, Medicina e Administrativa, nos Hospitais Universitários Federais de Ensino de três Instituições Federais de Ensino Superior da Região Sul do Brasil, na possibilidade de fortalecer ou estimular a construção de uma proposta de Política de Educação Permanente/Continuada Institucional Transformadora, que possa contribuir com diferentes realidades institucionais; e, evidenciar como a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde influencia as propostas e ações de educação permanente/continuada no trabalho, no cotidiano das instituições. No referencial teórico, utilizam-se os pressupostos da pedagogia problematizadora de Paulo Freire, associado aos Níveis de Práxis elaborado por Adolfo Sánchez Vázquez. Participaram do estudo oitenta e nove sujeitos, entre coordenadores e trabalhadores(as) da saúde envolvidos nas propostas de educação permanente/continuada das instituições. Configura-se como um estudo de casos múltiplos holísticos...

A educação permanente em saúde como dispositivo de gestão setorial e de produção de trabalho vivo em saúde

Capra, Margareth Lucia Paese
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.28%
Esta tese estuda a Educação Permanente em Saúde num contexto de gestão pública, tomando a educação como estratégia estruturante da ação política de construir coletivos organizados em cotidianos de trabalho vivo em saúde. A educação responde pela introdução do dispositivo pedagógico na gestão setorial da saúde para a invenção de modos de trabalhar em saúde e de gerir o setor público em defesa da vida, comprometendo-o com o acolhimento da população nos serviços, com uma prática de cuidado de elevada qualidade e com a efetiva satisfação dos usuários. A educação comparece por suas interconexões com o Trabalho (Educação e Trabalho) e com a Saúde (Educação e Saúde), mas segundo um acoplamento inovador entre Educação e Gestão. Nesse caso, são processos de ativação do pensamento problematizador e a construção de coletivos organizados de produção. A interseção proporcionada pela Educação Permanente em Saúde relaciona formação, gestão, atenção e participação social. No percurso das proposições, da busca e da interpretação de uma realidade em pesquisa, escolheu-se o estudo de caso, a apresentação de uma teoria embasada em dados complexos (narrativas, conversas, memórias e sinalização de formas culturais capturadas em passagens da mídia...

Do diálogo ao transplante : educação permanente na perspectiva de Freire

Aguiar, Fernando de
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.27%
Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Extremo Sul Catarinense-UNESC, como requisito parcial para a obtenção do título de Mestre em Educação.; A contextualização sobre transplante, doação de órgãos e suas práticas educativas se faz relevante hoje dada a grande necessidade de doadores, e seu correlativo número de pessoas a espera de um órgão. Este estudo partiu da necessidade de se compreender como se fazem as práticas de educação permanente dos profissionais de saúde voltadas para as políticas públicas em transplante de órgãos. Parte-se do entendimento de que a doação de órgãos se insere em um momento de vida de extrema vulnerabilidade por parte do familiar do doador, por lidar diretamente com sua morte. É o profissional de saúde que está junto à família no momento da decisão da doação. Partindo do referencial freireano de educação problematizadora, entende-se que a prática educativa do profissional junto às pessoas atendidas deva se pautar pela reflexão crítica, não pela indução. E a educação permanente deste profissional seria uma mediação para sua atuação neste sentido. Desta forma, tentou-se buscar o entendimento da seguinte questão de estudo: Como se caracteriza a educação permanente dos profissionais de saúde dentro da política de doação de órgãos? Como objetivos específicos...

EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE: ESTRATÉGIA NA PROFILAXIA DE DSTS ENTRE AS TRABALHADORAS DO SEXO DE UMA ZONA DE MERETRÍCIO / Permanent education in health: strategy of prophylaxis of DSTs enters the workers of the sex of a prostitution zone

Joana Paula de Souza; UNESC; Mágada Tessmann; UNESC; Luciane Bisaginin Ceretta; UNESC; José Otávio Feltrim; UNESC; Sônia Correa; UNESC; Andréia Bialeski; UNESC
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
76.08%
Este estudo objetivou analisar se e como ocorre a profilaxia de DSTs entre as trabalhadoras do sexo de uma zona de meretrício de um município da Região Sul do Estado de Santa Catarina; quais seus conhecimentos em relação às DSTs e como é a atuação da Estratégia em Saúde da Família – ESF, do bairro em que a zona se localiza. Apresentamos a Educação Permanente em Saúde como estratégia de aprendizagem para as trabalhadoras e a possibilidade de acesso a orientações e melhoria da qualidade de vida. O estudo optou pelo método qualitativo, descritivo e exploratório e, como procedimento para a coleta de dados, a entrevista semiestruturada, anotações em caderneta de campo e observação. A pesquisa foi realizada com nove trabalhadoras do sexo; duas gerentes de casas e um enfermeiro. O estudo revela que há grande déficit no conhecimento das trabalhadoras do sexo quanto à profilaxia das DSTs, ocorre de forma velada o uso de drogas lícitas oferecidas pelos usuários dos serviços e a profilaxia de fato ocorre de forma parcial, expondo assim estas trabalhadoras a riscos desnecessários. A ESF atua com estas profissionais apenas oferecendo métodos de barreira e realização de exame preventivo de câncer ginecológico...

Educational activities for primary healthcare workers: "educação permanente em saúde" and continuing education concepts in the day-to-day routine of primary healthcare units in São Paulo

Peduzzi,Marina; Guerra,Débora Antoniazi Del; Braga,Carina Pinto; Lucena,Fabiana Santos; Silva,Jaqueline Alcântara Marcelino da
Fonte: Interface - Comunicação, Saúde, Educação Publicador: Interface - Comunicação, Saúde, Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 EN
Relevância na Pesquisa
76.02%
The objective of this study was to analyze the educational activity practices among healthcare workers in primary healthcare units (PHUs) according to the concepts of "educação permanente em saúde" (EPS)¹ and continuing education (CE), healthcare and nursing work processes, teamwork and comprehensiveness. This was a cross-sectional study conducted in 10 PHUs in the municipality of São Paulo, through structured interviews with 110 key informants who represented all professional categories and teams at the PHUs. The interviews covered educational activities developed in 2005. The information was classified according to operational categories for each study variable, based on the theoretical framework. The workers reported 396 educational activities that demonstrated the complementary nature of the concepts of EPS and CE. In accordance with the perspectives of the Brazilian Unified Health System (SUS) and the transformation of healthcare practices, there is a need to expand the debate relating to EPS as public policy.