Página 1 dos resultados de 835 itens digitais encontrados em 0.079 segundos

Práticas de educação ambiental de desenvolvimento sustentável em Rio Grande do Sul

Garcia, João Oliveira
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
115.97%
A adoção de atitudes e comportamentos em prol do ambiente, atendendo aos sérios problemas socioambientais que a humanidade enfrenta é fundamental para garantir a sobrevivência e subsistência das gerações tanto presentes como futuras. É urgente promover práticas que possibilitem a resolução dos diversos problemas ambientais e focar a atenção sobre a educação da humanidade para a adoção de comportamentos conscientes e responsáveis para com o ambiente. A Educação Ambiental e a Educação para o Desenvolvimento Sustentável têm-se generalizado na sociedade durante as últimas décadas e figuram-se como fundamentais para a educação da humanidade na construção de um ambiente e de um mundo de todos e para todos. As organizações e instituições, públicas e privadas, operacionalizam estes conceitos através de práticas direcionadas tanto para as comunidades como para os sistemas de educação formal e não formal. É essencial a análise das práticas de educação ambiental e de desenvolvimento sustentável à luz do preconizado para que ocorra a urgente e necessária mudança de comportamentos e atitudes conduzindo a humanidade para um mundo melhor. O estágio realizado ao abrigo do programa de mobilidade e intercâmbios da Escola Superior de Educação de Bragança do Instituto Politécnico de Bragança teve como objetivo principal a observação de práticas de Educação Ambiental e de Desenvolvimento Sustentável sendo que o presente relatório pretende ser um registo das experiências e vivências que despontaram do contato com instituições e práticas de Educação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável existentes no Rio Grande do Sul.Adopting attitudes and behaviors towards the environment...

A constituição e o funcionamento de uma comunidade de prática de professores em educação para o desenvolvimento sustentável

Leitão, Mafalda Maria Gaudêncio Franco
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
126%
Tese de Doutoramento em Ciências da Educação na especialidade em Metodologias de Ensino/Aprendizagem apresentada à Universidade Aberta; Os conceitos de desenvolvimento sustentável e de educação para o desenvolvimento sustentável estão ainda em evolução o que torna pertinente, hoje, a tentativa de uma clarificação conceptual e sua posterior operacionalização. Além de promover a definição e uso correto dos termos, compete também ao ensino criar e desenvolver as competências necessárias para a sua operacionalidade. Esta investigação pretende contribuir para a autoformação de professores, nomeadamente de professores de Física e Química, em educação para o desenvolvimento sustentável. Pretende que os professores, e aqueles que beneficiam da sua ação, possam ser cidadãos críticos e responsáveis, numa sociedade local e simultaneamente global, que vive num tempo concreto mas, cada vez mais, consciente das repercussões futuras das suas ações e decisões. Tendo por base este objetivo criou-se uma comunidade de prática virtual constituída por professores de Física e Química de Portugal e de países africanos de língua oficial portuguesa. A formação em educação para o desenvolvimento sustentável constituiu o domínio da comunidade de prática. A água foi o tema motivador e aglutinador...

A educação e a sustentabilidade: o desafio de um paradigma e a década da educação para o desenvolvimento sustentável da UNESCO (2005-2014)

Bastos, Alexandre Marucci; Souza, Cláudio Benedito Gomide de
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 208-240
POR
Relevância na Pesquisa
155.96%
This paper aims at proposing a discussion on the role of education in a pragmatic plot. It intends to offer some contributions to the consolidation in the essence of sustainable development and of a contextualized sustainability as well as its respective dimensions. Therefore, some conceptual evolutions of such expressions and the implications for when they are being used, especially parallel to the UN Decade of Education for Sustainable Development, UNESCO (2005-2014) are presented. This paper also intends to promote some reflection on how much environmental and general education are important with regard to the challenge of multidimensional balance proposed, as seen from the perspective of a paradigm that has been constantly shaped since the Stockholm Conference of 1972, going through the given contributions in 1992 by The Earth Summit in Rio de Janeiro – Eco 92 / Rio 92; and from there to the United Nations Conference on Sustainable Development, of Rio+20, in 2012.; Este trabalho pretende propor uma discussão sobre o papel da educação no enredo de um pragmatismo, pelo qual venha oferecer algumas contribuições para a consolidação da essência de um desenvolvimento sustentável e de uma contextualizada sustentabilidade, bem como de suas respectivas dimensões. Para tanto...

Formação em educação para o desenvolvimento sustentável

Santos, Lucimara da Cunha
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 347 p.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
126.06%
Tese (doutotado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica, Florianópolis, 2014; Em decorrência dos debates ocorridos na década de 1970 sobre as relações entre ciência, tecnologia e sociedade, assim como com o surgimento do movimento ambientalista e da educação ambiental, especialistas de diferentes áreas destacam a importância de uma educação científica de qualidade para todos os cidadãos, com vistas a uma sociedade mais sustentável. Nesse sentido, este trabalho se fundamenta na ideia de que a formação orientada para a Educação para o Desenvolvimento Sustentável contribui para o desenvolvimento profissional de professores de Ciências que atuam na Educação Básica, pois assim preparados podem advogar em favor de uma educação científica de qualidade para todos os cidadãos, com vistas a uma sociedade mais sustentável. Dessa forma, tem como objetivo geral investigar as contribuições e limitações de processos formativos orientados para a Educação para o Desenvolvimento Sustentável, na formação profissional de professores de Ciências que atuam na Educação Básica. Para tanto, tem como objeto de estudo e reflexão...

(Re)construir perspectivas metodológicas na educação para a saúde e educação para o desenvolvimento sustentável : acção e competência de acção como um desafio educativo

Vilaça, Teresa
Fonte: Universidade de Évora. Centro de Investigação em Educação e Psicologia (CIEP) Publicador: Universidade de Évora. Centro de Investigação em Educação e Psicologia (CIEP)
Tipo: Parte de Livro
Publicado em /12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
165.93%
A acção e participação dos alunos são dois conceitos centrais introduzidos em Portugal no debate político nacional e, mais especificamente, no currículo das escolas na educação para a saúde e educação para o desenvolvimento sustentável, a nível dos projectos Escola Promotora de Saúde e Eco-Escolas. Estes conceitos, associados ao conceito de competência de acção, têm vindo a ser cada vez mais enfatizados na investigação internacional neste âmbito. O objectivo deste artigo é analisar o poder e o potencial dos projectos Escola Promotora de Saúde e Eco-Escolas para desenvolver a competência de acção nos alunos. Especificamente, após uma breve revisão da evolução das linhas orientadoras internacionais para a promoção da saúde e o desenvolvimento sustentável focando as implicações na educação da inter-relação saúde humana e ambiente, serão apresentados os projectos acima referidos e examinada investigação recente que clarifica os conceitos de participação, acção e competência de acção na comunidade escolar.; Universidade do Minho. Instituto de Educação, Centro de Investigação em Educação (CIEd)

Educação para o desenvolvimento sustentável no 1º CEB : contributos da formação de professores

Sá, Patrícia Alexandra Pacheco de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
146.01%
A proclamação da Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável (2005-2014), em Dezembro de 2002 pelas Nações Unidas, eleva ao nível internacional o reconhecimento da educação como uma ferramenta essencial na promoção de formas de desenvolvimento mais sustentáveis. No contexto actual, onde se vivem profundas assimetrias num planeta limitado e finito em espaço e em recursos, é fundamental a compreensão das problemáticas que enfrentamos, a consciencialização da responsabilidade do ser humano na situação planetária actual e a importância do exercício de uma cidadania activa e responsável no sentido da mudança. Para que tal desiderato se concretize é fundamental que a Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS) seja implementada numa perspectiva de educação ao longo da vida, que se estenda aos vários contextos de ensinoaprendizagem e que considere vários conteúdos, contextos, estratégias, capacidades e competências numa perspectiva multi, inter e transdisciplinar. Sabendo que as percepções dos professores são fundamentais na regulação das suas práticas didáctico-pedagógicas e que, no que diz respeito à situação planetária actual, estas têm sido fragmentadas e superficiais indicando a falta de consciência das problemáticas enquanto globais...

Educação para o desenvolvimento sustentável no ensino secundário

Oliveira, Maria Cecília de Jesus
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
125.95%
A UNESCO declarou, recentemente, o período 2005-2014 como a década da educação para o desenvolvimento sustentável. Um dos objectivos é que sejam desenvolvidos recursos (publicações, materiais, equipamentos educacionais, questionários, etc.) a usar pelos educadores em contextos educacionais. E importante referir a relevância dada pela UNESCO, especificamente, a educação científica, referindo-a como essencial ao desenvolvimento humano e ao exercício de uma cidadania informada e activa, passível de assegurar o desenvolvimento sustentável (UNESCO-ICSU, 1999). Pensamos que um ensino CTS pode ser uma via promissora para alcançar esta finalidade. Em Portugal, em resultado da recente Revisão Curricular de Ensino Secundário, assistimos actualmente, a implementação de novos programas no ensino secundário, onde o ensino das Ciências com orientações CTS se encontra explicito. A escassez de recursos didácticos com as orientações pretendidas é um dos obstáculos indicados por vários investigadores em Didáctica das Ciências. Sabe-se que o ensino das ciências de orientações CTS necessita de novos materiais que vão ao encontro da filosofia que lhe está subjacente, reconhecendo-se a importância de desenvolver projectos de investigação onde os mesmos sejam concebidos...

Gestão sustentável dos recursos: CTS em contextos formais/não formais

Oliveira,Maria Manuela Meneses Ortigão de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
115.98%
No contexto do Desenvolvimento Humano e do Desenvolvimento Sustentável da população, cabe à escola e aos professores a enorme responsabilidade de contribuir para a condução da humanidade para um estádio de consciencialização ambiental que a protege para fora das irracionalidades locais e globais. De acordo com esta perspetiva, a presente investigação pretende assumir-se como uma tentativa de implementação de elementos capazes de potenciar a Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS) nos alunos do 8º ano de escolaridade (14 anos), aquando da abordagem do tema Gestão Sustentável dos Recursos. Neste âmbito, desenvolveu-se uma sequência didática alicerçada em recursos de cariz CTSA diversificados mas interligados de uma forma simbiótica com uma aprendizagem em ambiente não formal numa visita de estudo ao Museu do Papel Terras de Santa Maria, pretendendo-se dar resposta às seguintes questões de investigação: 1. Será que uma Sequência Didática articulada, de ensino formal e não formal em ambiente CTS, pode contribuir para a melhoria das aprendizagens dos alunos? 2. Haverá diferença significativa entre as competências dos alunos que seguiram a estrutura linear do Programa e aqueles que seguiram a proposta didática construída? Atendendo às caraterísticas do projeto de investigação optou -se por uma metodologia de Investigação-Ação. Planificamos...

Ler e escrever no século XXI. Apontamentos de um percurso de educação não-formal

Balula, João Paulo Rodrigues; Martins, Luísa Maria Lopes
Fonte: OEI - Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação a Ciência e a Cultura Publicador: OEI - Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação a Ciência e a Cultura
Tipo: Pré-impressão
Publicado em 13/09/2010 POR
Relevância na Pesquisa
125.86%
A preparação do Homem para a Sociedade do Conhecimento passa, no século XXI, necessariamente, pelo desenvolvimento de competências relacionadas com o processamento da informação escrita. A língua escrita continua a ser uma fonte de informação privilegiada. A leitura apresenta-se, cada vez mais, como uma actividade determinante em toda a vida do indivíduo, quer no que diz respeito à sociedade em geral, quer no que diz respeito à escola em particular. Por isso, impõe-se uma renovada atenção ao ensino e à aprendizagem da leitura e da escrita, à sua promoção e desenvolvimento, muito para além da mera alfabetização. Nesta comunicação, pretendemos apresentar algumas notas de um percurso de educação não formal, desenvolvido de 2007 a 2009 numa instituição portuguesa de ensino secundário público, que consistiu na implementação do Projecto Jovens Repórteres para o Ambiente (JRA), um programa internacional de educação para o desenvolvimento sustentável que envolve vários países da Foundation for Environmental Education. Esta implementação teve em conta que a sociedade espera que a escola forme cidadãos activos e críticos e que para o conseguir é necessário mobilizar todos os meios disponíveis, num trabalho de equipa que encontra na apresentação à comunidade uma boa parte da sua importância. O trabalho desenvolvido no âmbito do projecto JRA...

A educação para o desenvolvimento sustentável e os contratos de autonomia: contributo para o estudo da implementação da educação para o desenvolvimento sustentável nas organizações escolares com contrato de autonomia

Oliveira, Inácia Maria Gonçalves de
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 05/04/2013 POR
Relevância na Pesquisa
156.02%
Este trabalho é um estudo exploratório sobre a implementação da educação para o desenvolvimento sustentável nas organizações escolares com contrato de autonomia. Tem como objetivo conhecer as potencialidades destes contratos na promoção e implementação de princípios e valores no domínio do desenvolvimento sustentável nas organizações escolares e nas comunidades envolventes. Apoia-se num quadro documental diversificado e nas perceções de diretores sobre os valores, comportamentos e atitudes favoráveis à implementação da educação para o desenvolvimento sustentável no contexto das organizações escolares. O corpo teórico revela a importância que as organizações escolares podem ter para a integração da educação para o desenvolvimento sustentável na sociedade e releva o papel de entidades internacionais na elaboração de recomendações que influenciam as políticas dos Estados-membros da Organização das Nações Unidas. A abordagem metodológica baseia-se no paradigma qualitativo exprimindo-se através da interpretação do quadro teórico confrontada com os dados empíricos da investigação. Analisam-se quinze contratos de autonomia, selecionados aleatoriamente, e envolvem-se, mediante a realização de entrevistas semidiretivas...

Educação para o desenvolvimento sustentável no contexto da década:discursos e práticas no ensino básico

Gomes, Manuel António Carvalho, 1960-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
155.95%
Tese de doutoramento, Geografia (Ensino da Geografia), Universidade de Lisboa, Instituto de Geografia e Ordenamento do Território; A Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável (DEDS) – 2005-14 – é o reflexo da preocupação das Nações Unidas nos campos da educação e do desenvolvimento sustentável, promovendo uma educação que responda às crises ambiental, social, económica e cultural, instaladas na sociedade. A Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS) promotora dos princípios de sustentabilidade surge como uma resposta a essas crises. A questão Podem as escolas implementar a EDS?, foi o ponto de partida desta investigação cuja finalidade consiste em compreender o grau de acolhimento da DEDS na política educativa nacional, da implementação da EDS nas escolas do ensino básico e, do papel que a disciplina de Geografia desempenha nesse processo. A obra é constituída por seis capítulos, o primeiro apresenta os objetivos e a metodologia do estudo, caracteriza a amostra e descreve o questionário implementado. O segundo discute conceitos no âmbito da EDS, apresenta a evolução da educação ambiental e a emergência da EDS. O terceiro caracteriza o contexto de implementação da DEDS. O quarto aborda a transposição de diplomas internacionais para o direito português e avalia a flexibilidade de instrumentos da política educativa à integração da EDS. No quinto faz-se a análise e sistematização dos dados recolhidos. No sexto...

Contribuição das organizações sem fins lucrativos para o desenvolvimento sustentável em meio rural no continente africano: uma experiência em S. Vicente, Cabo verde

Falcão, Sara Isabel Valente
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
146%
Relatório de Estágio apresentado para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ecologia Humana e Problemas Sociais Contemporâneos; Enfrentamos actualmente uma série de complexos desafios sociais, ecológicos, culturais e económicos que comprometem a sustentabilidade do planeta e consequentemente o nosso bem-estar e sobrevivência. O conceito de Desenvolvimento Sustentável, “o desenvolvimento que satisfaz as necessidades presentes sem comprometer a satisfação das necessidades das gerações futuras”, surge como resposta a esses desafios e é hoje um imperativo global. A pobreza extrema, os conflitos armados, o acesso insuficiente à educação, a disseminação de pandemias, a degradação ambiental, a sobre-exploração de recursos naturais e as alterações climáticas são apenas alguns dos factores que comprometem os esforços do continente africano e principalmente do seu meio rural para alcançar o Desenvolvimento Sustentável. As Organizações Sem Fins Lucrativos, vistas como representantes da sociedade civil, são por isso agentes fundamentais da transição para o Desenvolvimento Sustentável e a sua acção tem-se revelado essencial no que diz respeito aos progressos verificados em áreas como a redução de pobreza...

A ideologia da educaçao ambiental para o desenvolvimento sustentável

Boldrini, Eliane Bee
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
116.01%
Resumo: A partir de um estudo de caso: a luta pela construção da estrada do Porto de Antonina, litoral norte do Estado do Paraná/Brasil, este trabalho tem como objetivo explicitar a ideologia da Educação Ambiental para o Desenvolvimento Sustentável. O Porto de Antonina paralisou e revitalizou as suas operações por diversas vezes ao longo do século que passou. Em 1996 as atividades portuárias foram revitalizadas através da constaição e operação do Terminal Portuário da Ponta do Félix. Em função da ausência de acesso rodoviário adequado para o Porto de Antonina, a sua revitalização promoveu diversos impactos sociais e ambientais nos municípios de Antonina e Morretes, uma vez que os caminhões com destino ao Porto atravessam as duas cidades, expondo diariamente a vida de milhares de pessoas. Contudo, os Ministérios Públicos Estadual e Federal, através de ferramentas jurídicas, têm inviabilizado a construção de uma nova via de acesso ao Porto, alegando que não existe interesse coletivo que justifique lesar o erário público com a construção de uma estrada e degradar o meio ambiente numa região de preservação permanente: a Mata Atlântica. Para os representantes destes órgãos ambientais, o verdadeiro interesse público é o meio ambiente...

A educação para o desenvolvimento sustentável: o courseware Sere: sua implementação no 2º ano de escolaridade

Azevedo, Ana Rita Pinto
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
135.92%
As questões relativas à Sustentabilidade do Planeta são cada vez mais debatidas e, para as quais, a Educação em Ciências pode constituir-se como uma via para a sua melhor compreensão desde os primeiros anos de escolaridade. Além disso, vivemos numa época de tecnologias, onde a informação se encontra cada vez mais acessível. Neste contexto, as tecnologias surgem como um potencial recurso para desenvolver a temática da sustentabilidade com os alunos. Nesta perspetiva o presente trabalho propõem-se avaliar o impacte das atividades relacionadas com as florestas do Courseware Sere, na mudança de conceções e no desenvolvimento de conhecimentos e capacidades de alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico. Assim sendo, formulou-se como questão de investigação: “Quais os contributos das atividades, relacionadas com a temática “Florestas”, inseridas no Courseware Sere, no desenvolvimento de conhecimentos e capacidades de pensamento em alunos do 2º ano de escolaridade? O estudo assentou numa investigação-ação do tipo qualitativo, sendo implementado numa turma do 2º ano do Ensino Básico de uma escola do concelho de Aveiro em Portugal. Foram implementadas 5 sessões; a primeira, consistiu na implementação de um questionário de levantamento das ideias dos alunos; as três seguintes foram dedicadas à implementação das referidas atividades do Courseware Sere; por último...

A educação para o desenvolvimento sustentável na formação de professores: a Web 2.0 e as interações numa comunidade de prática online

Cruz,Cláudia Sofia Almeida Moreira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
155.96%
A Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS) é o cerne de um paradigma emergente na educação do século XXI. A EDS constitui-se um processo de aprendizagem holístico e sistémico e tem como função ensinar a viver de maneira sustentável. Apresenta-se como uma abordagem pedagógica inovadora, que combina aprendizagens ativas e participativas, suportadas por uma multiplicidade de estratégias didático-pedagógicas. Objetiva a promoção da capacidade de pensamento crítico, da resolução de problemas e da tomada de decisão, baseada em valores, por parte dos alunos. Para a implementação da EDS é fundamental que os professores tenham consciência de que lidar com as questões da sustentabilidade, na sala de aula, implica dotarem-se de competências específicas. É, portanto, necessário investir na formação de educadores e formadores; o que compreende o seu desenvolvimento profissional, focado no aperfeiçoamento das suas competências, de modo a potenciar novos processos na aprendizagem coerentes com os princípios da EDS. Neste contexto, no presente estudo, foi criada uma Oficina de Formação para professores do ensino básico, na modalidade b-learning, visando a criação de um espaço de formação que permitisse a integração das TIC/Web 2.0 na prática docente...

Educação para o desenvolvimento sustentável no ensino básico : contributos da integração das tecnologias da informação e comunicação e do envolvimento familiar nos primeiros anos de escolaridade

Tréz, Ticiana de Astrogildo e
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
155.96%
A necessidade de se educar para o desenvolvimento sustentável é um ponto assente nas atuais políticas educativas internacionais. Considera-se fulcral desenvolver nos alunos as competências necessárias para analisar criticamente e tomar de decisão frente às atuais problemáticas relacionadas com as dimensões ambiental, social e económica, sob uma perspetiva sistémica. No entanto, a literatura de referência aponta a escassez de recursos intencionalmente concebidos para apoiar práticas didático-pedagógicas dos professores mais coerentes com estas diretrizes. Assim, o presente estudo tem por finalidade desenvolver estratégias, conceber e explorar recursos didáticos multimédia para promover a Educação para o Desenvolvimento Sustentável (EDS), no contexto da Educação em Ciência com orientação Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS), através da integração das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) e do envolvimento familiar (EF) nos primeiros anos de escolaridade, assim como compreender os impactes dos mesmos na alteração das práticas dos professores tornando-as mais coerentes com as orientações EDS/CTS. Face a esta finalidade, adotámos uma metodologia de natureza qualitativa, nomeadamente o Estudo de Caso na vertente multicasos...

Educação para o Desenvolvimento: um estudo da efetividade de ações da Agência de Educação para o Desenvolvimento AED implementadas no Estado de Alagoas

Oliveira, Maria Aparecida de
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Desenvolvimento sustentável Regional; Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Desenvolvimento sustentável Regional; Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
145.92%
This dissertation analyzes the Education for the Development spread by the AED Education Agency for the Development through the Course of Qualification and Leveling for the Multiplying agents responsible for the qualification of the involved communities with DLIS - Integrated and Sustainable Local Development. Our objective is to verify where the knowledge on Education for the Development was reflected and conceived by the enabled development agents in the State of Alagoas, and, how the methodology used for qualification of these agents was perceived by the participants of the analyzed course. Supported by an analysis and database constructed from the reflection and publications of the Institution, the depositions of capable multiplying agents and the inquiry of the specific and related bibliography to the study object, we tried to understand within the perspective of communitarian education, the effectiveness of this action of the AED. With this work, we try to offer to a contribution in the understanding of the relation between the used methodology and the constructed knowledge, verifying the real understanding of the agents regarding the Education for the Development after their qualification. The collected data points to at least two central elements offices to be considered...

Educação para o Desenvolvimento: um estudo da efetividade de ações da Agência de Educação para o Desenvolvimento AED implementadas no Estado de Alagoas

Oliveira, Maria Aparecida de
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Desenvolvimento sustentável Regional; Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Desenvolvimento sustentável Regional; Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
145.92%
This dissertation analyzes the Education for the Development spread by the AED Education Agency for the Development through the Course of Qualification and Leveling for the Multiplying agents responsible for the qualification of the involved communities with DLIS - Integrated and Sustainable Local Development. Our objective is to verify where the knowledge on Education for the Development was reflected and conceived by the enabled development agents in the State of Alagoas, and, how the methodology used for qualification of these agents was perceived by the participants of the analyzed course. Supported by an analysis and database constructed from the reflection and publications of the Institution, the depositions of capable multiplying agents and the inquiry of the specific and related bibliography to the study object, we tried to understand within the perspective of communitarian education, the effectiveness of this action of the AED. With this work, we try to offer to a contribution in the understanding of the relation between the used methodology and the constructed knowledge, verifying the real understanding of the agents regarding the Education for the Development after their qualification. The collected data points to at least two central elements offices to be considered...

Aprender a respeitar o outro e o planeta: potencialidades da educação para o desenvolvimento sustentável nos primeiros anos de escolaridade

Sá,Susana; Andrade,Ana Isabel
Fonte: Revista iberoamericana de ciencia tecnología y sociedad Publicador: Revista iberoamericana de ciencia tecnología y sociedad
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
125.85%
O mundo actual é caracterizado por um desenvolvimento tecnológico e progress científico sem precedentes, sendo esta evolução acompanhada por problemas do foro ambiental, social, político e económico. Perante esta realidade acreditamos que é cada vez mais premente que a educação, desde os primeiros anos de escolaridade, capacite os cidadãos para se comprometerem com as mudanças necessárias nos nossos hábitos e comportamentos em relação ao planeta Terra e aos Outros. Assim, é nosso intuito, neste texto, apresentar um estudo, elaborado a partir de um projecto de intervenção com uma turma do 3º ano de escolaridade (crianças com 8/9 anos de idade), que teve como principal objectivo a concepção, implementação e avaliação de actividades de sensibilização à diversidade linguística, cultural e biológica concebidas no âmbito de uma educação para o desenvolvimento sustentável.

A (in)sustentabilidade do discurso da educação para o desenvolvimento sustentável do Banco MundialThe (In)sustainability of the discourse of education for the sustainable development of the Word Bank

Moreira, Luciano Accioly Lemos
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 11/11/2008 POR
Relevância na Pesquisa
125.84%
A partir da década de 70 do século XX o capital adentra numa crise estrutural, causando com isso, efeitos danosos a vida humana de maneira continuada e rastejante. Devido aos danos econômicos, políticos e ecológicos de um modo de produção destrutivo de nossa época, o capital tenta dar resposta a sua crise estrutural. Tem-se em vários setores da sociedade e mais precisamente na educação, o surgimento do discurso da sustentabilidade como possibilidade na resolução dos conflitos de nossa época. Proporemos-nos analisar o discurso sobre a educação para o desenvolvimento sustentável contidos nos projetos do Banco Mundial e da ONU a partir da década de 90 do século XX. Procuraremos demonstrar as permanências e rupturas desse dizer, as possibilidades e limites desse novo projeto desenvolvimentista na reprodução da sociabilidade capitalista. Acreditamos que ao explicitarmos a voz ideológica do capital a sua crise, demonstrando o seu funcionamento, sua operacionalidade e limites, estaremos também, contribuindo para ecoar o que se quer silenciar, ou seja, a insustentabilidade de um sistema que refrea o livre desenvolvimento dos indivíduos. Com isso, a sustentabilidade da humanidade terá como possibilidade efetiva apenas quando o controle social da produção...