Página 1 dos resultados de 727 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Educação de crianças e jovens nas academias militares do Conde de Resende (Rio de Janeiro: 1792 - 1801); Education of poor children and young people in the Resendes Count Academies (Rio de Janeiro: 1792-1801)

Cardoso, Maria Luiza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.25%
Este trabalho trata da educação de crianças e jovens pobres na Real Academia de Fortificação, Artilharia e Desenho da Cidade do Rio de Janeiro, criada em 1792, pelo 2º. Conde de Resende, e na Academia de Aritmética, Geometria Pratica, Fortificação, Desenho e Língua Francesa para Oficiais de Infantaria, criada em 1795, também pelo referido Conde. Dentre outras fontes de pesquisa utilizadas, o trabalho se baseia principalmente num mappa dos nomes, idades e observaçoens dos alumnos relativo à última academia, datado de 31 de Dezembro de 1798, descoberto no Arquivo Histórico Militar, quando da realização de um estágio de doutoramento em Portugal, financiado pela CAPES. A pesquisa teve como objetivos identificar por que e como (metodologia) se desenvolveram as ações educativas nessas instituições; caracterizar os alunos que freqüentavam esses ambientes educacionais, bem como seus professores; identificar os conteúdos escolares que eram abordados nessas situações de aprendizagem; verificar o material didático empregado na instrução; identificar maneiras de avaliar o desempenho escolar dos alunos e professores; analisar a legislação educacional existente; verificar diferenças no tratamento dispensado às crianças e aos jovens de origem nobre e aos filhos de militares...

O impulso renovador: a atuação da Missão Indígena na Escola Militar do Realengo (1919-1922)

Roesler, Rafael
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.19%
O presente trabalho tem por objetivo realizar uma análise da atuação de um grupo de instrutores na Escola Militar do Realengo no período compreendido entre os anos de 1919 e 1922, tomando por objeto as representações feitas por esses sujeitos, do que foi por eles atribuída como Missão Indígena. Os efeitos de sua atuação foram marcantes e se fizeram sentir por toda uma geração de oficiais do Exército Brasileiro, que ficou conhecida como a “geração do Realengo”. Embora constantemente lembrada pela historiografia militar, a Missão Indígena ainda foi muito pouco explorada em trabalhos acadêmicos, no que tange ao seu surgimento, à sua atuação na Escola Militar e ao envolvimento de alguns de seus membros no movimento tenentista. Dessa forma, o foco da pesquisa se concentrou na maneira como esse grupo de instrutores atuou e nas mudanças provocadas e percebidas pelos alunos em função dessa atuação, tanto na instrução como no regime militar diário da Escola Militar, estabelecimento de ensino que pretendia formar oficias “apolíticos” e que serviu de laboratório do Exército para experiências acerca de qual educação militar seria a ideal para a formação de seus quadros. A escolha do tema repousa no fato de a Missão ter sido constituída por um grupo de jovens oficiais subalternos e intermediários do Exército...

Aplicação da competência em informação no contexto escolar: uma experiência no Colégio Militar de Campo Grande - MS

Pereira, Rodrigo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 244 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
46.17%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciência da Informação - FFC; The research presents the Information Literacy and its development as a part of the educational processes related to the reflexive, critical and autonomous formation. It is linked to the School Culture, through which becomes evident the causes and effects that make difficult the planning of programs which develop the Information Literacy. As main goal, we tried to evaluate an Information Literacy program based on Carol Kuhlthau´s work, (2004),developed by the Military School of Campo Grande – MS. The specific objectives are: a) present the development of Information Literacy in the context of the College; b) externalizing the results of the program based on the work of Carol Kuhlthau; c) make sure the validity of the portfolio as a methodological procedure for the evaluation Information Literacy; d) assess the possible development of research subjects with respect access, use and production of knowledge. Evaluation methods are analyzed aiming at the identification of the best practices and procedures which support the evaluative process of the Information Literacy .The actionresearch was used , having as research environment the school above mentioned and as subject-matter of the research...

A educação do "soldado-cidadão" (1870-1889) : a outra face da modernização conservadora

Yara Maria Martins Nicolau Milan
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/1993 PT
Relevância na Pesquisa
46.17%
Nesta tese discute-se a relação entre um tipo de formação específica ocorrida na Escola Militar da Praia Vermelha, no Rio de Janeiro (1870-1889) e o envolvimento na luta política dos acadêmicos militares (os soldados­ cidadãos), que nela se formavam, após terem identificado os princípios lógicos de uma "modernização conservadora" para o Estado brasileiro. Tal lógica nascida da leitura positi­vista da realidade, adaptada à situação concreta nacional, antecipou por seu conteúdo práticas, pelo menos idealmente, o projeto burguês cuja consolidação só ocorreria mais tarde. A aspiração de moder nidade defendida no ideár io positivista-militar objetivava colocar o Brasil no nível das sociedades mais desenvolvidas, sem que para isso ocorressem mudanças estruturais que abrissem espaços para formulações nacionais-populares. A discussão temática pautada nas contribuições de Antonio Gramsci, ofereceram os elementos para se perceber o papel histór ico dos jovens oficiais, que atuaram como "intelectuais orgânicos" na busca do consenso e direção dos movimentos sociais intecedentes à Proclamação da República. A análise se efetuou sem perder de vista o processo de transformação pelo qual passava a sociedade brasileira...

O quadro complementar de oficiais : um estudo de análise institucional em ambiente militar

Silva, Márcio Rodrigues da
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.22%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2006.; Este trabalho trata sobre a análise institucional de uma política de pessoal implementada no ambiente organizacional Exército Brasileiro no final dos anos de 1980, como solução institucional interna, para atender às demandas impostas pelas mudanças sociais, políticas, econômicas e tecnológicas, que impuseram às organizações públicas desenvolver uma capacidade administrativa, capaz de responder às demandas de seus ambientes operativos, conjugando eficiência, com relação a custos, e efetividade com relação à qualidade de seus produtos ou serviços. Nesse contexto, O Exército Brasileiro criou o Quadro Complementar de Oficiais e a Escola de Administração do Exército, como estratégia de capacitação de recursos humanos, eixada com os pressupostos da Reforma do Estado Administrativo Brasileiro realizada nos anos de 1980, para preencher os cargos administrativos de média gestão da estrutura organizacional militar, com recursos humanos formados em Instituições de Ensino Superior civis. Assim, o foco deste trabalho é verificar o processo de institucionalização dessa política de pessoal, enquanto organização inserida no ambiente organizacional Exército. Seguindo os pressupostos da Teoria Institucional...

O infernato : a reprodução de um grupo no Colégio Militar de Brasilia

Villamizar Sayago, Doris Aleida
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.32%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Antropologia, 1994.; Os Colégios Militares são instituições encarregadas da educação e re-socialização dos jovens alunos na vida militar e talvez, como em nenhum outro lugar, esta re-socialização se dê através do uso de uma disciplina que guarda relação intima com a reprodução da corporação militar. Procurei. compreender esta reprodução a partir de três segmentos existentes no Colégio Militar de Brasília: 1) professores militares, 2) professores civis e 3) os estudantes. Dentro de este ultimo segmento privilegiei os internos. Assim, o objetivo principal da pesquisa foi compreender o internato como locus privilegiado de reprodução da Ideologia militar. Igualmente se procurou compreender como se manifesta no dia-a-dia do internato, a disciplina militar enquanto mecanismo de controle e hierarquia. E o internato o lugar onde melhor pode-se identificar a maneira como a disciplina e implementada e como e transmitida. A análise das relações dos três principais segmentos mencionados enquanto agentes produtores, receptores e reprodutores de uma ideologia,, de valores e praticas., permite entender uma forma especifica de reprodução de uma instituição militar. ______________________________________________________________________________ RESUMEN; Los colegios ...

Equitação Militar – Análise de modelos de formação de formadores

Silva, David
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 01/07/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.17%
No âmbito do Trabalho de Investigação Aplicada, o presente trabalho intitulado “Equitação Militar- Análise de modelos de formação de formadores” estuda o modelo de formação de formadores de equitação adotado pelo Exército Português. Como instrumento de recolha de dados, foi constituído um modelo de entrevista, associado às capacidades exigidas a um ajudante de monitor, monitor e instrutor de equitação. Esta entrevista foi aplicada a um conjunto de oficiais e sargentos de Cavalaria atualmente associados à formação tanto no Exército como na Escola Nacional de Equitação. O objetivo principal deste trabalho é demonstrar as diferenças entre o modelo de formação adotado atualmente e o anteriormente utilizado, tendo em conta, os requisitos exigidos, os módulos ministrados e a carga horária dos cursos no meio militar e civil. As opiniões dos entrevistados acerca do novo modelo diferem. Uns defendem um modelo militar equiparado ao civil enquanto outros apoiam uma distinção entre eles. Porém, todos consideram que a equitação militar é importante e deve continuar, apoiando a sua continuidade no Centro Militar de Educação Física e Desportos. As diferenças mais significativas entre os dois modelos de formação de formadores aparecem ao nível do curso de monitores e de instrutores. No novo referencial de curso de monitores de equitação...

A Importância da Educação Física Militar, para MinistrarTreino da Guarnição de Carros de Combate

Baptista, David
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 01/07/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.22%
No âmbito do Trabalho de Investigação Aplicada, o presente trabalho subordinado ao tema “A Importância da Educação Física Militar, para ministrar Treino da Guarnição de Carros de Combate”, tem como principal objetivo responder à questão central levantada para esta investigação, “Qual o modelo de treino adequado às exigências físicas de uma guarnição de carro de combate, e que melhor se adapta às suas missões operacionais?”. O presente trabalho está organizado em duas partes. Numa primeira parte, de índole teórica, é feita a introdução da investigação realizada e a revisão de literatura. A segunda parte deste trabalho, de carácter prático , desenvolve qual a metodologia utilizada, onde consta a apresentação e análise dos resultados obtidos e chegam-se algumas conclusões finais do estudo realizado. Para a realização da segunda parte desta investigação, foi numa primeira fase captado um registo de vídeo, das duas tarefas estudadas, nomeadamente municiar o carro de combate e municiar a peça do carro de combate, vídeo esse depois decomposto em imagens de forma a proceder-se a uma análise cinesiológica do movimento. O trabalho de campo foi realizado no Quartel de Cavalaria em Santa Margarida...

O legado educacional do regime militar

Saviani,Dermeval
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.25%
Este texto se propõe a uma retomada da política educacional e das realizações da ditadura militar no Brasil, pondo em destaque aspectos que se fazem presentes, ainda hoje, na educação brasileira. Eis os pontos destacados: vinculação da educação pública aos interesses e necessidades do mercado, que se efetivou na reforma universitária e especialmente no intento de implantação universal e compulsória do ensino profissionalizante; favorecimento à privatização do ensino, que ocorreu principalmente mediante as autorizações e reconhecimentos do Conselho Federal de Educação; estrutura de ensino decorrente da implantação de mecanismos organizacionais que se encontram em plena vigência; um modelo bem sucedido de pós-graduação implantado a partir da estrutura organizacional americana e da experiência universitária européia.

O discurso político sobre a educação no Brasil autoritário

Germano,José Willington
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.28%
Este artigo procura explicitar o discurso político autoritário sobre a educação no Brasil e sua materialização em políticas educacionais pós-1964. Embora tenha como objetivo focalizar o período que se inaugura com o golpe civil/militar de 1964, recua no tempo histórico, até os anos de 1930. Isso evidenciou o processo de constituição de um imaginário social instituinte, no tocante ao papel das Forças Armadas, em particular do Exército, para o desenvolvimento do país. Ao longo do tempo, foi se plasmando um pensamento militar, ancorado no tema ordem e progresso, sobre a sociedade brasileira e acerca do Estado, necessário para desenvolver o país, e a educação requerida para dar sustentáculo ao projeto de nação almejado pelos "homens de farda". Observa-se que as intervenções militares na política efetuadas a partir do Estado Novo (1937-1945) tiveram caráter conservador e salvacionista, ganhando relevo no âmbito militar, de 1937 a 1964, a idéia do Exército como educador do povo, para além dos quartéis.

Educação e ideologia tecnocrática na ditadura militar

Ferreira Jr.,Amarilio; Bittar,Marisa
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.33%
O objetivo deste artigo é examinar a ideologia tecnocrática subjacente à educação brasileira durante a vigência da ditadura militar (1964-1985). Adotamos a premissa segundo a qual as reformas educacionais implementadas após 1964 ficaram marcadas tanto pelo modelo de modernização autoritária do capitalismo brasileiro adotado a partir de 1964, quanto pela teoria econômica do "capital humano". A propaganda ufanista, que tinha como lema o "Brasil Grande Potência", gerado pela "eficiência técnica" aplicada na forma de administrar o Estado e as suas empresas, também teve os seus corolários ideológicos no âmbito da própria política educacional levada à prática após a reforma universitária de 1968 e a reforma da educação de 1º e 2º graus de 1971. Assim, o sistema nacional de educação que emergiu com as reformas da ditadura militar foi marcado pela ideologia tecnocrática, que propugnava uma concepção pedagógica autoritária e produtivista na relação entre educação e mundo do trabalho.

Reflexos reformistas: o ensino das humanidades na ditadura militar brasileira e as formas duvidosas de esquecer

Martins,Maria do Carmo
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.17%
O artigo discute a reforma educacional realizada durante a ditadura militar brasileira (1964-1985) tomando como ponto de reflexão principal as mudanças curriculares e a criação das disciplinas escolares de Estudos Sociais, Educação Moral e Cívica (EMC) e Organização Social e Política do Brasil (OSPB), que conferem nova configuração ao ensino das humanidades no contexto de uma pedagogia autoritária de ênfase na tríade "formar", "cultivar", "disciplinar". Produzido a partir de revisão bibliográfica, analisa a reformar curricular como a tentativa do estado militar de produzir instrumentos visando a afinação de consciências ao poder instituído.

Educação Física escolar e ditadura militar no Brasil (1968-1984): história e historiografia

Oliveira,Marcus Aurélio Taborda de
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2002 PT
Relevância na Pesquisa
46.19%
Neste artigo pretende-se indicar um conjunto de procedimentos oficiais, institucionais e profissionais, que produziu uma nova forma de conceber a educação física no interior da instituição escolar no Brasil, desde o final dos anos 1960, com base em um diálogo crítico com a recente produção historiográfica da educação e da educação física no Brasil. Aqueles procedimentos foram orientados no sentido de dotar essa prática escolar de uma maior legitimidade acadêmica por meio de um amplo programa de massificação de seus conceitos e práticas, de maciços investimentos estatais em pesquisa nessa área, da necessidade de formação de especialistas mediante a expansão dos cursos de formação superior, e de um aparato legislativo que definia com rigor padrões de referência para a sua prática escolar. Para tanto, suas fontes principais são: a série total da Revista Brasileira de Educação Física e Desportos (1968-1984), editada pela Divisão de Educação Física do MEC, os Programas de Educação Física da Prefeitura Municipal de Curitiba entre 1970 e 1984 e os depoimentos de professores da rede municipal de ensino de Curitiba. Partindo do pressuposto de que o processo histórico se define como uma síntese de continuidade e ruptura...

Educação militar pós-1985: os currículos da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército Brasileiro (ECEME)

Amaral, Marilea Lima Prazeres
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.23%
Este trabalho é uma análise institucional dos currículos da Escola de Comando e Estado- Maior do Exército Brasileiro (ECEME), mais precisamente do Curso de Comando e Estado-Maior, das primeiras décadas após o fim do Regime Militar (1985-2006). O propósito é observar em que medida as mudanças políticas no contexto nacional e dentro do Sistema de Ensino do Exército, a partir de 1985, produziram alterações institucionais significativas na Escola, superando o modelo da Doutrina da Segurança Nacional. O foco da observação foram os currículos e planos de disciplinas, assim como documentos publicados pelo Exército relativos ao seu sistema de ensino. Os resultados mostraram que a partir de 1989 mudanças aconteceram como resultado das novas regras instituídas pela organização militar e pelo jogo democrático. A Escola, que forma os comandantes e líderes do Exército, começou a delinear um perfil profissional mais adequado para as funções que o militar deverá desempenhar dentro das "novas missões" que emergiram no pós-1985. Todavia, ainda recorre a protocolos da Doutrina da Segurança Nacional em determinados campos de estudo, o que é incompatível com a democracia; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Educação militar: Uma leitura da educação no sistema dos Colégios Militares do Brasil (SCMB)

Nogueira, Jefferson Gomes
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.34%
O estudo apresenta uma inserção na historicidade da Educação do Sistema dos Colégios Militares do Brasil (SCMB), no sentido de desvelar o ethos como orientação da escola militar na formação de seus alunos. Esses contemplam valores, preceitos e tradições a serem preservados nas práticas diárias que são específicas da formação do soldado. Com a intenção de investir na problematização desse tema, o ethos que perpassa o currículo da escola militar foi constituído por documentos existentes no Exército Brasileiro: Regulamento Disciplinar do Exército (Decreto 4.346/2002); o Regimento Interno dos Colégios Militares (RI/CM/2010) e o Regulamento Interno do Colégio Militar de Campo Grande (RI/CMCG/2011), dos quais foram retirados os significados por meio da Análise de Conteúdo, conforme Bardin (2012). Recorri a teóricos como Weber (1982,2012), Foucault (2000; 2011), Fernandes (1978), Chauí (2003), Ciampa (1984), Rios(1998), Thiesen (2008), Mello (2004;2012), Fazenda (2009), Marconi&Lakatos (2003), Rojas (2001), com os quais “dialoguei” para constituir o arcabouço teórico da dissertação. A metodologia de cunho interdisciplinar possibilitou adotar a polissemia conceitual ao invés de generalizações; e sob o enfoque qualitativo destacam-se da análise textual resultados válidos e representativos do fenômeno pesquisado. O ethos militar é trabalhado diuturnamente através da utilização da indumentária (farda)...

A Republica de Platão : relações entre a critica do sistema educacional grego e as transformações na estrutura militar do periodo classico

Rodrigo Batagello
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2005 PT
Relevância na Pesquisa
56.22%
Nas últimas décadas os estudos sobre as obras de Platão têm mudado e muitos deles apontam que é necessário rever algumas das perspectivas que foram adotadas para compreender os Diálogos deste filósofo. Estas abordagens criticam o lugar comum que defende que toda a obra platônica estaria totalmente comprometidas com as idéias metafísicas de Platão e não teriam ou teriam apenas uma negligenciável dimensão histórica. Debatendo e assumindo algumas dessas abordagens, o principal objetivo deste trabalho é investigar as possíveis relações entre a famosa obra de Platão, a República, e os problemas da organização militar ateniense, que tiveram lugar depois da Guerra do Peloponeso. Neste sentido, esta pesquisa pretende compreender como a República relaciona-se com o problema da educação militar e com as mudanças na concepção de cidadão-soldado que tiveram grande importância para as cidades gregas no século IV.; In the last decades studies about Plato's opera have been changing and many of them show that it is necessary to review some points to understand the philosopher Dialogues. The current approaches criticize the common place that defends that all platonic opera were committed with Plato's metaphysical ideas and could not have only a minor historical dimension. Discussing and assuming some of these approaches...

Educação Física escolar e ditadura militar no Brasil (1968-1984): história e historiografia; Physical education at school and the military dictatorship in Brazil (1968-1984): history and historiography

Oliveira, Marcus Aurélio Taborda de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2002 POR
Relevância na Pesquisa
46.2%
Neste artigo pretende-se indicar um conjunto de procedimentos oficiais, institucionais e profissionais, que produziu uma nova forma de conceber a educação física no interior da instituição escolar no Brasil, desde o final dos anos 1960, com base em um diálogo crítico com a recente produção historiográfica da educação e da educação física no Brasil. Aqueles procedimentos foram orientados no sentido de dotar essa prática escolar de uma maior legitimidade acadêmica por meio de um amplo programa de massificação de seus conceitos e práticas, de maciços investimentos estatais em pesquisa nessa área, da necessidade de formação de especialistas mediante a expansão dos cursos de formação superior, e de um aparato legislativo que definia com rigor padrões de referência para a sua prática escolar. Para tanto, suas fontes principais são: a série total da Revista Brasileira de Educação Física e Desportos (1968-1984), editada pela Divisão de Educação Física do MEC, os Programas de Educação Física da Prefeitura Municipal de Curitiba entre 1970 e 1984 e os depoimentos de professores da rede municipal de ensino de Curitiba. Partindo do pressuposto de que o processo histórico se define como uma síntese de continuidade e ruptura...

A FORMAÇÃO DO CAMPO MILITAR E EDUCACIONAL A PARTIR DOS CONCEITOS DE CAMPO E HABITUS

Sepulveda, José Antonio; Universidade Federal Fluminense
Fonte: Revista Contemporânea de Educação Publicador: Revista Contemporânea de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 11/06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.17%
O objetivo deste texto é demonstrar o uso dos conceitos de campo e habitus de Pierre Bourdieu na compreensão dos campos militar e educacional no Brasil. O texto está dividido em duas partes. A primeira, com ênfase no campo militar, e a segunda, com ênfase no campo educacional. Este trabalho foi construído a partir de fontes secundárias. Concluiu-se que o campo militar do final do século XIX reconheceu a fragilidade do campo educacional no Brasil, por isso se empenhou na construção de um modelo para sua própria formação que rompesse com a tradição personalista das Forças Armadas.

A inserção acadêmica e esportiva da primeira turma feminina no Colégio Militar do Rio de Janeiro; Academic and Sporting Insertion of the First Female Students in the Military College of Rio de Janeiro

Lohmann, Liliana Adiers; Colégio Militar do Rio de Janeiro; Votre, Sebastião Josué; Universidade Gama Filho
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2006 POR
Relevância na Pesquisa
46.17%
http://dx.doi.org/10.1590/S0104-026X2006000300005Os objetivos deste trabalho são contextualizar o ambiente em que se deu a inserção da primeira turma feminina no Colégio Militar do Rio de Janeiro, em 1989, bem como identificar e analisar as representações femininas e masculinas sobre a inserção acadêmica e esportiva dessa primeira turma. A metodologia, qualitativa e etnográfica, fundamenta-se na teoria das representações sociais.1 Os dados provêm da observação participante e de seis entrevistas individuais não-diretivas de “elite”2: três ex-alunas e três homens. Analisam-se também reportagens de jornais e revistas, de 1989 a 1996. Constata-se que cuidado e diferença são constantes no discurso dos dois grupos de informantes. Conclui-se que o incentivo ao esporte, proposto pelo comandante do Colégio e liderado pela professora de Educação Física coautora deste trabalho, influenciou e consolidou o espaço para a participação e integração feminina no Colégio e para o seu êxito acadêmico e esportivo.; The goals of this article are to contextualize the ambiance in which the access of women in the Military College of Rio de Janeiro was observed, in 1989, and to identify and analyze masculine and feminine representations on the academic and sporting insertion of the first group of women in the school. The research was oriented by the approach of social representations...

Da doutirna à regra: repensando o Conselho Federal de Educação e a definição do discurso sobre a educação

Martins, Maria do Carmo
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 08/01/2009 POR
Relevância na Pesquisa
46.33%
Trata-se de uma revisão historiográfica sobre o CFE, sua formação e suas funções como órgão assessor ao Estado brasileiro e seu papel político e doutrinário durante a reforma educacional realizada na ditadura militar brasileira (1964 - 1985). Palavras-chave Reforma Educacional; Ditadura Militar; Conselho Federal de Educação (CFE); Historiografia da educação brasileira Abstract This work corresponds to a historical review studies about the Education Federal Council (CFE), its organization and its function in the Brasilian Governament during the military dictatorship in Brazil (1964 - 1985). Keywords Educacional Reform; Education Federal Council; Military Dictatorship; Educacional History