Página 1 dos resultados de 76 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

A cobertura da educação no jornal Folha de S. Paulo: uma análise comparativa dos anos 1973 e 2002; A cobertura da educação no jornal Folha de S. Paulo: uma análise comparativa dos anos 1973 e 2002

Cripa, Marcos Luiz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.18%
Este trabalho busca compreender o comportamento da Folha de S.- Paulo em dois períodos, na cobertura da educação. Em 1973, quando o jornal implantou editoria específica para a cobertura da área, e em 2002, ocasião em que as matérias sobre o tema eram editadas no caderno Cotidiano, como ocorre ainda na atualidade. Trata-se de um comparativo, levando-se em consideração a análise de conteúdo de 62 edições da Folha: 31 no o ano de 1973, e outras 31 em 2002. A hipótese central partiu da premissa que a Folha de S. Paulo afirma em seus editoriais que está na educação a solução dos graves problemas sociais brasileiros, porém não dedica atenção à cobertura jornalística dessa temática. Além do comparativo, foram realizadas entrevistas com o propósito de analisar o comportamento editorial do jornal nos dois períodos. O estudo faz referência, ainda, às áreas da Educação e Educomunicação (novo campo de intervenção social que agrega princípios da educação e da comunicação), e pondera sobre o papel do jornal na sociedade.; This thesis tries to examine Folha de S.Paulos standing in two time periods with regard to the coverage of education issues. In 1973, when the Brazilian daily newspaper created a specific section to cover the area...

Análise das matrizes curriculares dos cursos de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo no Brasil: um retrato da realidade nacional

Bernardo, Cristiane Hengler Corrêa; Leão, Inara Barbosa
Fonte: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM) Publicador: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 253-274
POR
Relevância na Pesquisa
46.26%
O artigo em questão é fruto de pesquisa sobre a educação jornalística e teve como objeto as matrizes curriculares de todos os cursos de Comunicação Social com habilitação em jornalismo do Brasil. O objetivo foi o de fazer um diagnóstico das estruturas curriculares do referido curso em todas as regiões do país e depois consolidar um desenho da estrutura nacional. Utilizamos como metodologia a pesquisa quantitativa e qualitativa. Nossas principais constatações foram em primeiro lugar a de que o espaço destinado aos conteúdos de Síntese/Comunicação na estrutura curricular de todas as regiões é mínimo, o que dificulta a inter-relação entre a teoria e a prática. em segundo lugar pudemos verificar que, apesar das premissas previstas nas DCN para o curso de Comunicação Social, as realidades regionais não estão contempladas nas matrizes curriculares dos cursos.; El artículo es el resultado de la investigación sobre la educación del periodismo, tuvo como objeto las matrices curriculares de todos los cursos de Comunicación Social con licensia en Periodismo en Brasil. Nuestro objetivo fue hacer un diagnóstico de las estructuras curriculares relacionadas con los cursos en todas las regiones del país y después construir una imagen de la estructura nacional. Utilizamos la metodología de la investigación cuantitativa y cualitativa. Nuestros principales resultados fueron en primer lugar que el espacio para el contenido de la Síntesis / Comunicación en la estructura curricular de todas las regiones es mínima...

Nas páginas da imprensa: a instrução/educação nos jornais em Mato Grosso (1880-1910)

Pinto, Adriana Aparecida
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 347 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.19%
Pós-graduação em Educação Escolar - FCLAR; O presente trabalho de tese evidencia possibilidades de estudos para a história da educação matogrossense, tendo na imprensa periódica de circulação geral sua fonte principal. Tem como objetivo compreender a configuração da instrução/educação, com vistas ao ideário de desenvolvimento e progresso, alicerçado no discurso da Modernidade que permeou grande parte dos discursos na transição do regime imperial para o republicano no Brasil. Desse modo, considera–se a imprensa um signo indicativo da Modernidade em Mato Grosso, em virtude de, seja ela especializada em educação ou de circulação geral, não se encontrar em um campo alheio às políticas de (re)organização da sociedade. Ao contrário, atua como força corroboradora, com espaço privilegiado para algumas discussões e, ao mesmo tempo, insere-se no campo das disputas por uma hegemonia no plano das ideias, conferindo àqueles que publicizam seu pensamento nas páginas dos impressos, supostamente, legitimidade no discurso educacional. A imprensa jornalística deveria ser grande defensora dos processos de escolarização e questões ligadas ao ensino, tendo em vista que isso representaria, em primeira análise, aumento substancial do seu público leitor. Isso de fato ocorreu? Como os jornais se posicionaram frente à necessidade anunciada em plataformas políticas por todo o país...

A construção de generos secundarios na educação infantil : a emergencia dos generos noticia e verbete

Deborah Christina Pereira da Costa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2001 PT
Relevância na Pesquisa
36.03%
O foco neste presente trabalho é a construção de gêneros da escrita (denominados por Bakhtin de secundários complexos) através da inserção de crianças não alfabetizadas em práticas letradas de prestígio na sociedade. Fundamentamos, essencialmente, o nosso trabalho nas concepções sóciointeracionistas desenvolvidas por Bakhtin. Resgatamos, ainda, trabalhos referentes à literatura das interações escolares e da construção do letramento emergente como também apontamentos importantes sobre gênero discursivo e seu ensino/aprendizado na escola propostos pelos Pesquisadores da Universidade de Genebra, principalmente Schneuwly e Dolz. Com este trabalho realizado para a dissertação de mestrado, visamos primeiro, contribuir para as investigações que estão sendo realizadas em contexto escolar relativas ao processo de letramento, da aquisição da linguagem escrita e a apropriação de gêneros secundários e segundo, propor um trabalho que aborde todas essas questões com crianças em idade pré-escolar, principalmente um trabalho que as coloque em contato com textos mais complexos e significativos. Elaboramos e implantamos em uma pré-escola de Campinas um projeto de intervenção cujas práticas discursivas propiciadas pela professora/pesquisadora contribuíram para a construção de conhecimentos sobre diferentes gêneros secundários. Nosso principal objetivo foi analisar de que forma crianças de cinco e seis anos foram construindo conhecimentos sobre os gêneros notícia...

OS JOGOS ABERTOS DE SANTA CATARINA/2007: ANÁLISE DA COBERTURA JORNALÍSTICA

Bianchi, Paula
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.35%
Texto publicado em X Semana da Educação Física/UFSC e Mostra Acadêmica. Florianópolis: CDS/UFSC, 20-23/out/2009.; o objetivo da pesquisa foi analisar a cobertura jornalística dos JASC/2007 na mídia catarinense. Para a coleta dos dados, foram consideradas matérias veiculadas em dois jornais (Diário Catarinense e A Notícia) e duas emissoras de televisão (Rede TV Sul e RBS), além do acompanhamento do trabalho e de entrevistas com jornalistas que cobriam o evento. Neste artigo, optamos em apresentar somente a análise do material jornalístico, (ou seja, as matérias veiculadas nos jornais e emissoras de televisão), que é discutido a partir de categorias empíricas, o que possibilitou a configuração de um perfil da cobertura jornalística televisiva e impressa regional.; Rede CEDES / ME

A Cobertura Jornalística do PAN: recortes da mídia impressa acerca dos atletas sergipanos

QUARANTA, André; RIBEIRO, Sérgio Dorenski Dantas; SANTOS, Cássia Fernanda C.; GARCIA, Luciana Caroline Pina
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.27%
O objetivo deste estudo foi analisar a cobertura jornalística acerca dos atletas sergipanos que participaram dos Jogos Pan-americanos Rio-2007 a partir da mídia impressa. Selecionamos um jornal de circulação envolvendo todo mês de julho, capturando as informações sobre os atletas “sergipanamericanos que participaram dos Jogos. Percebe-se um avanço do estudo da mídia no âmbito da Educação Física e exemplos de estudos e pesquisas que vêm sendo desenvolvidos em algumas universidades (UFSC entre outras). Há uma discussão pertinente em congressos como o CONBRACE e o INTERCOM e revistas, como Motrivivência e RBCE .; Rede Cedes

Observatório da mídia esportiva: acompanhamento e análise da cobertura jornalística do esporte e do lazer na mídia catarinense

Pires, Giovani De Lorenzi
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Projeto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.27%
Extrato de relatório da pesquisa Observatório da mídia esportiva: acompanhamento e análise da cobertura jornalística do esporte e do lazer na mídia catarinense; Esporte e mídia constituem‐se mutuamente na contemporaneidade, sendo praticamente impossível pensá‐los isoladamente como fenômenos culturais. Os grandes eventos esportivos dependem cada vez mais da cobertura jornalística que, por sua vez, tem nestes um grande espetáculo midiático para ser veiculado. Os Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC), guardadas as devidas proporções, se apresentam como um bom exemplo para se observar como acontece a interação mídia‐esporte.; Rede CEDES / Ministério do Esporte

As ações de educação ambiental e comunicação na implementação da coleta seletiva de resíduos sólidos na Universidade de Brasília

Araujo, Camylla Portela de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.18%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2011.; A presente Dissertação consiste em um estudo de caso norteado pela epistemologia qualitativa. Trata da gestão participativa e sustentável dos resíduos sólidos, demanda prioritária nas questões socioambientais da Universidade de Brasília (UnB) para responder ao Decreto Presidencial nº 5.940/2006, que regulamenta a obrigatoriedade da coleta seletiva solidária nos órgãos públicos e sua destinação à cooperativa de catadores de materiais recicláveis. Nesse contexto foi criado em 2009 o Grupo de Trabalho em gestão compartilhada de Resíduos Sólidos (GTRS) para discutir e implementar a coleta nos quatro campi da UnB. Em 2010 foi iniciado o programa de educação ambiental e comunicação na Universidade. Em novembro e em dezembro foi realizada a primeira etapa desse programa por meio da capacitação de 462 profissionais de limpeza da UnB. Em 2011 foi lançada a coleta seletiva e iniciada a campanha publicitária e jornalística. O objetivo principal deste estudo é acompanhar e analisar as ações de educação ambiental e comunicação realizadas pelo GTRS da UnB para a coleta seletiva solidária dos resíduos sólidos nos quatro campi. A investigação foi realizada a partir dos seguintes procedimentos: observação participante...

Redes sociais e educação para os media, um retrato da imprensa portuguesa

Almeida, Daniela Filipa Alves
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.16%
Dissertação de mestrado em Comunicação, Cidadania e Educação; Do século XX para o século XXI foi possível assistir a uma evolução e expansão mediática significativa. Os diferentes media exercem atualmente um impacto notável na sociedade e passaram a ser uma parte integrante do quotidiano dos cidadãos, revelando ter influência nas suas vidas. Os sites de redes sociais têm vindo a crescer e a conquistar popularidade, nomeadamente entre os jovens, revolucionado a sua forma de comunicar e interagir. É neste contexto que a Educação para os Media assume um papel crucial, pois sendo inevitável o contacto com os media, torna-se fundamental que se desenvolvam capacidades críticas de consumo mediático. Só através da educação será possível promover boas práticas de utilização dos media, e munir os cidadãos de instrumentos que permitam descodificar as diversas mensagens mediáticas. Este estudo procurou relacionar os media clássicos e os novos media, através da análise de dois jornais diários portugueses: o Jornal de Notícias e o Público. Como ponto de partida colocaram-se duas questões de investigação: por um lado pretende-se investigar como são retratadas as redes sociais, qual é a imagem que está a ser criada pela imprensa...

Jornalismo e violência na escola: a cobertura jornalística da violência na escola na imprensa portuguesa (1998-2002)

Rebelo, Elsa Videira da Cunha
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /05/2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.27%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Doutor em Ciências da Comunicação, área de Jornalismo; Na última década e meia a violência que ocorre no espaço escolar tornou-se um tema da actualidade, largamente tratado pelos meios de comunicação social que geram no público uma poderosa carga emocional estreitamente relacionada com a forte dimensão simbólica da instituição escolar. Os textos dos media constituem um barómetro social das trocas culturais e políticas, dos movimentos sociais da realidade objectiva e factual, um material valioso e renovador para a investigação no campo da educação que não pode alhear-se do crescente impacto dos media numa sociedade global. A pesquisa identifica, descreve, caracteriza e relaciona a cobertura jornalística da violência escolar realizada em quatro diários da imprensa nacional (Correio da Manhã, Diário de Notícias, Jornal de Notícias e Público), entre 1998 e 2002. São analisadas as representações da sua expressividade a partir dos discursos dos actores sociais incluídos nas peças jornalísticas. Reconhece a forma como o fenómeno foi tratado e obteve projecção nas páginas desses diários, quer no que diz respeito à natureza dos conteúdos do contexto nacional...

Mídia impressa e educação científica: uma análise das marcas do funcionamento discursivo em três publicações

Grillo,Sheila Vieira de Camargo; Dobranszky,Enid Abreu; Laplane,Adriana Lia Friszman
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.03%
A divulgação de saberes elaborados na esfera científica é constitutiva das funções educativas da mídia. Diante disso, este artigo discute as relações e os diferentes valores sociais atribuídos a textos da esfera científica e da jornalística; compara a difusão de saberes na mídia e na escola e identifica as marcas do funcionamento discursivo em textos de divulgação científica na mídia impressa.

Barbárie estética e produção jornalística: a atualidade do conceito de Indústria Cultural

Costa,Belarmino Cesar Guimarães da
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2001 PT
Relevância na Pesquisa
36.15%
O trabalho busca, através da atualidade do conceito de indústria cultural, demonstrar as contribuições da Teoria Crítica para os estudos de comunicação, em particular, para a identificação do processo de heteronomia cultural, hierarquização dos artefatos e universalização de padrões estéticos. Toma como referência a produção jornalística para verificar, na construção da notícia, a apropriação da racionalidade técnica e explora a questão da violência na perspectiva de que ela não se esgota com o enunciado da mensagem, mas deve ser compreendida também nas condições de sua produção. A estetização da realidade, a mediação tecnológica e a relação entre sensibilidade e experiência complementam a exposição.

Desafios da divulgação científica em cobertura jornalística de desastre ambiental

Dal Pian,Luiz Fernando; Alves,Daniel Durante Pereira
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.26%
A atual crise ambiental planetária sinaliza a tendência de que a humanidade deverá conviver, cada vez mais, com as catástrofes ecológicas. Assim como as diversas esferas da sociedade precisam estar preparadas para lidar com essas situações, a mídia deve estar pronta para contribuir na ampliação do debate público e na busca por soluções. Nessas circunstâncias, o grande desafio dos meios de comunicação de massa tem sido abordar os conceitos ligados à ciência ambiental, por se tratar de uma área de conhecimento nova e complexa. Para contribuir com o tema, a pesquisa estudou a cobertura jornalística, realizada pela mídia impressa, de um evento que envolveu a mortandade de peixes num estuário de Natal-RN. A análise de conteúdo jornalístico identificou o tratamento um tanto precário dos conceitos científicos capazes de fundamentar os reais motivos relacionados à mortandade de toneladas de fauna aquática, contribuindo pouco para a formação e educação ambiental dos leitores.

Análise das matrizes curriculares dos cursos de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo no Brasil: um retrato da realidade nacional

Bernardo,Cristiane Hengler Corrêa; Leão,Inara Barbosa
Fonte: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM) Publicador: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.26%
O artigo em questão é fruto de pesquisa sobre a educação jornalística e teve como objeto as matrizes curriculares de todos os cursos de Comunicação Social com habilitação em jornalismo do Brasil. O objetivo foi o de fazer um diagnóstico das estruturas curriculares do referido curso em todas as regiões do país e depois consolidar um desenho da estrutura nacional. Utilizamos como metodologia a pesquisa quantitativa e qualitativa. Nossas principais constatações foram em primeiro lugar a de que o espaço destinado aos conteúdos de Síntese/Comunicação na estrutura curricular de todas as regiões é mínimo, o que dificulta a inter-relação entre a teoria e a prática. Em segundo lugar pudemos verificar que, apesar das premissas previstas nas DCN para o curso de Comunicação Social, as realidades regionais não estão contempladas nas matrizes curriculares dos cursos.

Jornalismo, Democracia e Educação: algumas reflexões sobre o Jornalismo Cívico

Lima,Marcus Antônio Assis; Cardoso Filho,Jorge
Fonte: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM) Publicador: Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.08%
O artigo discute aspectos do movimento conhecido como Jornalismo Cívico a partir das transformações históricas pelas quais passa a prática jornalística. Enfatiza as relações estabelecidas entre as práticas jornalísticas e a democracia, de modo a demonstrar os papeis assumidos pelo Jornalismo em sociedades democráticas, e as articula metodologicamente às proposições de John Dewey sobre educação e vida pública, de modo que os jornalistas não apenas escrevam sobre práticas democráticas, mas pratiquem em seu ambiente de trabalho e eduquem seus leitores para a cidadania. Como conclusão, apresenta duas propostas para investigações posteriores em Jornalismo Cívico: adoção de novos definidores primários e desenvolvimento de enquadramentos em consonância com a agenda dos públicos.

Faris Michaele : cultura e modernidade no Centro Ccultural Euclides da Cunha de Ponta Grossa - CCEC (1930-1983)

Molar, Jonathan de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 256f.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.14%
Orientador: Prof. Dr. Carlos Eduardo Vieira; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba, 05/12/2014; Inclui referências; Resumo: A presente pesquisa visa a analisar as discussões e ações de Faris Michaele, por meio do Centro Cultural Euclides da Cunha (CCEC) de Ponta Grossa, como um projeto de reorganização cultural pensada pelo grupo que compôs esse Centro em âmbito regional, nacional e pan-americano, a partir da compreensão dos euclidianos de que a modernidade acenava para a positividade do desenvolvimento material – industrialização, urbanização, entre outros – das cidades, contudo incluía também uma tendência de degradação moral e de empobrecimento cultural da população. Faris Antônio Salomão Michaele (1911–1977) foi professor e um dos fundadores de uma série de instituições culturais e educacionais na cidade – Museu Campos Gerais, Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras, Jornal Tapejara, entre outras. Além disso, manteve uma intensa troca de correspondências com outros intelectuais, tendo publicado também livros e artigos. Dentre as instituições em que Faris contribuiu, o CCEC merece destaque...

Do jornalismo à educação: a informação jornalistica como parte do processo educativo informal

Sousa, Mayara Calácio de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Informação e Comunicação (RG); Jornalismo (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
36.55%
This study is about the relationship between journalistic information and informal educational process. Here, we intend to examine the possibility of journalism be part of a permanent education process experienced by a person throughout his life out of other means but formal education applied by modern school methods. It is also intended to reflect on the journalism as social contextualizing, which brings to the journalistic information the responsibility of transmission of knowledge, sometimes from social sources, sometimes specific to journalism, as well, in some cases, a harmful misinformation. Aiming to complement the studies of theoretical and literature character presented in the early parts of the paper, we decided to verify empirically whether and in what level the public learns about the social reality from journalistic information. To this end, we opted for organizing three focus groups divided by different levels of schooling, initially submitted to the presentation of a complete edition of Jornal Nacional, presented by TV Globo, and then to a questionnaire about the program. It is pondered, therefore, how individuals take a social advantage of journalism, and also how they add new information in the individual...

Teoria critica e comunicação: uma análise do jornalismo como (im)possibilidade formativa; Critical theory and communication: an analysis of journalism as (im) possibility formative

COSTA, Maria Flora Ribeiro
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.16%
When reflecting about the journalism in modernity it is possible to synthesize some of its trends in the affirmation and reiteration of a pseudo-rationality, that if establishes from the creation and recreation of the real for the technique. This work comprehends these trends to beyond the capitalist instrumentalization, and suggests the negation of the ideology conception of the journalistic narrative. For this, this work makes a relation between journalism, education and critical theory, in the meaning to examine the study s object in the Frankfurt s perspective. It is standed out that the context of the French and Industrial Revolutions, that had marked centuries XVIII and XIX, had directed the society for a new structure of economic sustentation, based for the development of the industrial sector, in which the capitalism blunts as only possibility of progress. The ideology of the capital would reach the following centuries and it would consolidate as expression of the freedom and the personal accomplishment to the reach of all for a better future. The new form of material production involved all the manifestations of the human being production, and soon it is established in the sectors of science, the arts, the religion and the education. Thus...

Ensino de ética jornalística: pedagogias e metodologias de professores; Teaching journalism ethics Pedagogies and teachers’ methodologies

Christofoletti, Rogério
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.35%
O ensino de ética no jornalismo é pouco estudado e ainda insuficientemente discutido no Brasil. De fato, este cenárionão é exclusividade do Jornalismo. Neste artigo, são os professores das disciplinas de ética jornalística quem fornecem dados importantes sobre como se ensina deontologia nos cursos superiores da área no país. O estudo se apoia numa amostra dos cem cursos brasileiros mais tradicionais, e os professores responderam a um questionário onde apontam como baseiam suas práticas pedagógicas, que metodologias e tecnologias utilizam. Os resultados sugerem que, embora onipresente, o ensino de ética jornalística ainda carece consolidar conteúdos e abordagens. Apontam também para esforços dos docentes para dinamizar as aulas.; The teaching of ethics in journalism is rarely studied and discussed in Brazil. This scenario is not unique to journalism. In this work, professors of ethics provide important information about how to teach ethics in journalism courses in the country. We use a sample of one hundred more traditional courses and teachers respondedto a questionnaire about teaching practices, methodologies and technologies used. The results suggest that, although ubiquitous,the teaching of journalistic ethics has yet to consolidate content and approaches. The data also point to efforts to boost teachers’ classes.

O jornal como instrumento pedagógico Programa Folha Educação: uma proposta de leitura de jornal em sala de aula

Aidar, Flávia
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/1995 POR
Relevância na Pesquisa
36.08%
Informações sobre o "Programa Folha Educação": o uso do jornal na pedagogia escolar.; Information about the "Folha Education" Program: the usage of the newspaper in school teaching.