Página 1 dos resultados de 4418 itens digitais encontrados em 0.064 segundos

Grupos de pesquisa em educação em Enfermagem: linhas de pesquisa e produção científica em três regiões do Brasil; Research groups in nursing education: research areas and scientific production in three regions of Brazil; Grupos de investigación en educación en enfermería: líneas de investigación y producción científica en tres regiones del Brasil

Schveitzer, Mariana Cabral; Backes, Vânia Marli Schubert; Prado, Marta Lenise do; Lino, Mônica Motta; Ferraz, Fabiane
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
75.94%
Este estudo objetivou identificar as temáticas das linhas de pesquisa (LP) e da produção científica publicada pelos Grupos de Pesquisa em Educação em Enfermagem (GPEE) das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. Pesquisa documental, descritiva e exploratória. Identificaram-se 12 GPEE, 45 linhas de pesquisa e 448 artigos científicos, 60% dos quais foram publicados em revistas A, B1 e B2. Nesses GPEE, 36% das LP foram sobre educação, porém somente 25% das publicações abordaram este assunto, enquanto 34% das LP enfocaram o tema cuidado, que foi objeto de 44% das publicações. Há necessidade de repensar a organização dos GPEE a partir de linhas e projetos de pesquisa para favorecer a consolidação da temática da Educação em Enfermagem na produção de conhecimentos da área.

Educação e prevenção de risco ocupacional: estudo com discentes do curso de enfermagem

Barroso,Maria Grasiela Teixeira; Costa,Antonio Wellington Vidal; Colares,Márcia Regina Rocha; Pinheiro,Patrícia Neyva Da Costa
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/1996 PT
Relevância na Pesquisa
75.83%
Faz-se um estudo com discentes de enfermagem sobre risco ocupacional, investigando medidas de bio-segurança. Envolveu uma amostra de 30 alunos que haviam cursado as disciplinas básicas, entendendo com isso possuírem os pré-requisitos: conhecimentos, técnicas e procedimentos necessáriosà prevenção da infecção pelo HIV. Foi aplicada entrevista semi-estruturada, obedecendo às normas éticas, versando sobre risco e redução de risco ocupacional, vulnerabilida de, educação e prevenção. Analisando as falas, percebese que os discentes receberam informações, procuraram se informar, portanto tiveram um conhecimento a nível cognitivo, mas não interiorizaram o conhecimento, não houve uma ação conscientizadora que gerasse um comportamento seguro. Ao se tratar do risco de contrair a AIDS, não procuram ter um posicionamento político perante as Instituições para questionarem o risco ocupacional a que possam estar expostos, tanto por falta de uma orientação mais conscientizadora dos riscos oriundos do ensino das práticas, como por não proverem, as Instituições, de meios de proteção.

Educação e saúde visando à cidadania: práxis grupal de enfermeiras

Lima,Carlos Bezerra de; Baptista,Suely de Souza
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1997 PT
Relevância na Pesquisa
75.78%
Estudo realizado em Comitê Comunitário, na comunidade N.S.Aparecida, periferia de João Pessoa - PB. São objetivos: caracterizar a prática das enfermeiras ali envolvidas e discutir o modo de realização dessa prática. O material analisado constou de depoimento de oito moradores da comunidade e quatro enfermeiras, coletado mediante entrevista semi-estruturada, numa abordagem qualitativa. Teve como foco de discussão as questões de educação e saúde, na perspectiva do exercício da cidadania. Nas representações dos sujeitos participantes do estudo, educação aparece como questão dinâmica e implica conscientização, uma questão de vida; Saúde é compreendida sob três óticas: a do bem - estar, a do sofrimento e a do equilíbrio biológico. A perspectiva do exercício da cidadania se revela, ora em forma de conformismo, através do silêncio ou da resignação, ora como resistência, através da manifestação do ideal e da coragem de ir à luta por melhores condições de vida.

AIDS/educação e prevenção: proposta metodológica para elaboração de jogos educativos

Araújo,Maria Fátima Maciel; Almeida,Maria Irismar de; Silva,Raimunda Magalhães da
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2000 PT
Relevância na Pesquisa
75.8%
Potencializar recursos educativos para mediar ações de educação em saúde, na prevenção da AIDS tem se constituído um desafio para educadores de saúde. Pela inegável importância desse tipo de material nos espaços propiciadores de aprendizagem, surgiu a proposta com o objetivo de criar um percurso metodológico para elaboração de jogos educativos, com vistas a mediar processos de educação e prevenção do HIV/AIDS. O estudo se desenvolveu a partir das idéias contidas nos pressupostos da problematização, adaptadas do "método do arco" de Charles Maguerez, com operacionalização em instituições públicas de saúde e educação, no Estado do Ceará, englobando uma população de escolares (180) na faixa etária de 13 a 19 anos, no período de 1995 a 1997. A coleta de dados se deu durante a realização de 04 oficinas, de acordo com o esquema elaborado. Os resultados envolvendo o significado do jogo, ambiente onde se insere e realidade social com abrangência dos sujeitos durante as jogadas, foram problematizados pelos adolescentes e serviram para a formulação de 03 jogos educativos (memorAIDS, baralhAIDS e dominAIDS). As conclusões apontam a proposta como propiciadora do processo participativo, valorizando, em todo o seu percurso...

Educação em enfermagem através da REBEn: 1990-2001

Santiago,Maria Madalena de Andrade; Lopes,Gertrudes Teixeira; Caldas,Nalva Pereira
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2002 PT
Relevância na Pesquisa
75.96%
Este artigo tem como objeto a produção científica dos enfermeiros sobre Educação em Enfermagem divulgada na REBEn (Revista Brasileira de Enfermagem) no período 1990-2001. Objetivos: identificar artigos publicados sobre Educação em Enfermagem, analisar os níveis e sub-temas identificados em 168 artigos das 43 revistas examinadas. Resultados: o Ensino de Graduação foi o tema mais evidenciado, seguido de Educação para a Saúde e Educação Continuada com menor destaque para Educação de modo geral, Pós-Graduação e Ensino de Nível Médio. Concluímos que a enfermagem brasileira na última década refletiu sobre as modificações curriculares conquistadas pela categoria. Privilegiou a Educação em Saúde assumindo seu papel educativo e, a Educação Continuada em função dos avanços tecnológicos.

O processo de mudança na educação de enfermagem nos cenários uni: potencialidades e desafios

Silva,Kênia Lara; Sena,Roseni Rosângela de
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2003 PT
Relevância na Pesquisa
75.86%
O estudo aborda as mudanças ocorridas no processo ensino-aprendizagem de enfermagem nas Escolas brasileiras que desenvolvem o Projeto UNI, descrevendo o movimento de mudança, as resistências / conflitos e os desafios presentes. Caracteriza-se como estudo qualitativo, do qual os dados foram obtidos de Grupos Focais e de documentos fornecidos pelas instituições. Os resultados evidenciam o movimento de mudança como gradual, dinâmico e contínuo na busca de modelos de ensino que superam a racionalidade técnica para uma proposta crítico-reflexiva. Apesar dos desafios relativos à avaliação e capacitação dos sujeitos na superação das resistências / conflitos, conclui-se que o processo de mudança sustentou-se na criação de espaços participativos e em relações horizontais, permitindo uma nova valorização na educação de enfermagem.

Reflexões sobre o desafio da administração da educação em enfermagem

Dias,Denise Costa; Murofuse,Neide Tiemi; Schneide,Jacó Fernando; Tonini,Nelsi Salete; Oliveira,Beatriz Rosana Gonçalves de
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
75.89%
Esse artigo objetiva suscitar reflexões e apontar elementos para subsidiar a formação e atuação de líderes na administração da educação de enfermagem. Ao assumir o papel administrativo é preciso compreender a dimensão do processo educativo como algo que vai além da mera transferência de conhecimentos. Abordamos questões relacionadas as dimensões da educação de enfermagem, sobre a construção de projeto político pedagógico que norteie o conjunto das ações de formação profissional, embasado nas diretrizes curriculares. Mencionamos também o papel da coordenação na avaliação externa e interna dos cursos. Apontamos ainda a necessidade de rever a formação dos enfermeiros a fim de que esses possam responder com propriedade técnico-cientifico-política aos encargos que têm assumido no mundo do trabalho.

SENADEn: expressão política da Educação em Enfermagem

Moura,Abigail; Liberalino,Francisca Nazaré; Silva,Francisca Valda da; Germano,Raimunda Medeiros; Timóteo,Rosalba Pessoa de Souza
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
75.92%
Trata-se de um estudo de recorte histórico, tendo como objetivo principal documentar a trajetória dos Seminários Nacionais de Diretrizes para Educação em Enfermagem (SENADEns), em suas dez edições, realizados em várias regiões do país, no período de 1994 a 2006. Teve como fontes de pesquisa documentos oficiais dos referidos eventos, publicações da ABEn-Nacional, artigos e teses sobre a educação em enfermagem. Da análise como um todo, podemos concluir que os SENADEns representaram e continuam representando um espaço, por excelência, de discussão acerca dos três níveis de ensino da enfermagem- educação profissional, graduação e pós-graduação-, legitimando-se, progressivamente, como uma liderança da construção coletiva das políticas e diretrizes educacionais da área.

Educação ambiental e enfermagem: uma integração necessária

Beserra,Eveline Pinheiro; Alves,Maria Dalva Santos; Pinheiro,Patrícia Neyva da Costa; Vieira,Neiva Francenely Cunha
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
75.91%
A questão ambiental deve fazer parte das discussões nas ações educativas, pois este debate favorece para que as pessoas reflitam o que seja ecologicamente saudável. Objetivou-se refletir sobre Promoção da saúde, educação ambiental e Enfermagem. Trata-se de um estudo reflexivo sobre saúde ambiental em três focos: Promoção da saúde ambiental e humana; Ações educativas em saúde Ambiental e Enfermagem e Educação em saúde. Observou-se que a educação ambiental é um tema que engloba o bem-estar humano, sendo necessárias ações de promoção da saúde que capacitem o indivíduo e a comunidade a exercerem seu empoderamento e autonomia.

Grupos de pesquisa em educação em Enfermagem: linhas de pesquisa e produção científica em três regiões do Brasil

Schveitzer,Mariana Cabral; Backes,Vânia Marli Schubert; Prado,Marta Lenise do; Lino,Mônica Motta; Ferraz,Fabiane
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
75.94%
Este estudo objetivou identificar as temáticas das linhas de pesquisa (LP) e da produção científica publicada pelos Grupos de Pesquisa em Educação em Enfermagem (GPEE) das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. Pesquisa documental, descritiva e exploratória. Identificaram-se 12 GPEE, 45 linhas de pesquisa e 448 artigos científicos, 60% dos quais foram publicados em revistas A, B1 e B2. Nesses GPEE, 36% das LP foram sobre educação, porém somente 25% das publicações abordaram este assunto, enquanto 34% das LP enfocaram o tema cuidado, que foi objeto de 44% das publicações. Há necessidade de repensar a organização dos GPEE a partir de linhas e projetos de pesquisa para favorecer a consolidação da temática da Educação em Enfermagem na produção de conhecimentos da área.

Tendências pedagógicas na produção do conhecimento em educação em enfermagem do estado de São Paulo

Canever,Bruna Pedroso; Prado,Marta Lenise do; Backes,Vânia Marli Schubert; Schveitzer,Mariana Cabral
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
75.95%
Pesquisa qualitativa, do tipo descritiva, exploratório-analítica, em base documental. O objetivo foi caracterizar e analisar as tendências pedagógicas encontradas na produção de artigos científicos relacionados à temática Educação em Enfermagem, capturadas a partir da publicação dos pesquisadores dos Grupos de Pesquisa em Educação em Enfermagem do Estado de São Paulo de 2004 a 2010. Foram identificadas as seguintes tendências pedagógicas: Tradicional, Renovada, Tecnicista, Libertadora e a Crítico-Social dos Conteúdos. Foram analisados 131 estudos, sendo que 46,56% estão pautados em tendências centralmente marcadas por preocupações políticas e sociais. Percebeu-se um movimento intenso em busca de transformação da Educação em Enfermagem dentro dos Grupos de Pesquisa. A grande concentração de estudos embasados em tendências libertadoras ou com a ambição de adotar tais posturas, revela um fator positivo dos Grupos de Pesquisa em Educação em Enfermagem.

Des-interesse no ensino profissionalizante na produção do Seminário Nacional de Diretrizes para a Educação em Enfermagem

Vieira,Silvana Lima; Silva,Gilberto Tadeu Reis da; Fernandes,Josicelia Dumêt; Bião e Silva,Ana Cláudia de Azevêdo; Santana,Monique Santos; Santos,Thadeu Borges Souza
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
75.93%
Pesquisa documental, retrospectiva, quali-quantitativa, com objetivo geral de analisar os enfoques das produções científicas por meio de resumos dos 12º e 13º Seminário Nacional de Diretrizes para a Educação em Enfermagem, que abordaram a educação profissional técnica de nível médio em enfermagem. Objetivos específicos: quantificar e discutir a produção científica dos eventos quanto à distribuição geográfica dos autores, objetivos e metodologia dos estudos. Como critério de inclusão os resumos deveriam conter, pelo menos, um dos descritores a seguir no título e/ou objetivos: educação em enfermagem, educação técnica em enfermagem, educação profissionalizante. Dos 637 resumos analisados, 23 atenderam aos critérios de inclusão. A produção concentrou-se na região Sudeste do país e os objetivos enfocavam principalmente as práticas docentes das enfermeiras. Verificou-se pouca expressividade do ensino profissionalizante no evento, sinalizando para a necessidade de mais estudos, considerando a relevância dos profissionais de nível técnico para a profissão Enfermagem e sistema de saúde.

Grupos de Pesquisa de Educação em Enfermagem do Brasil

Backes,Vânia Marli Schubert; Prado,Marta Lenise do; Lino,Mônica Motta; Ferraz,Fabiane; Reibnitz,Kenya Schmidt; Canever,Bruna Pedroso
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
75.93%
O estudo tem por objetivo caracterizar os Grupos de Pesquisa em Educação em Enfermagem do Brasil quanto à sua organização. Pesquisa documental, descritiva, quantitativa. As informações foram coletadas no Banco de Dados e Estatísticas do Portal Online do CNPq - censo 2006. O Brasil possui 47 Grupos de Pesquisa em Educação em Enfermagem, com 412 pesquisadores, dos quais 91% apresentam título de mestrado, doutorado ou pós-doutorado. Dos 307 estudantes, 92% são graduandos de Enfermagem, porém apenas 9% são bolsistas de iniciação científica. Entre os 112 técnicos, 75% são de Enfermagem, 46% possuem titulação de mestre ou doutor. Há um número expressivo de Grupos que contribuem significativamente para a produção de conhecimento no setor de educação, em nível latino-americano. Todavia, ainda são muitos os desafios a serem superados como a frágil interdisciplinaridade, a limitada integração ensino-serviço, o baixo fomento de bolsas de iniciação científica e as significativas desigualdades no acesso e desenvolvimento de pesquisas nas diferentes regiões do país.

Análise da produção científica dos grupos de pesquisa em educação em enfermagem da região sul do Brasil

Lino,Mônica Motta; Backes,Vânia Marli Schubert; Ferraz,Fabiane; Reibnitz,Kenya Schmidt; Martini,Jussara Gue
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
75.93%
Pesquisa qualitativa, exploratório-descritiva, em base documental, com o objetivo de analisar o conhecimento produzido nos Grupos de Pesquisa em Educação em Enfermagem da Região Sul do Brasil. A coleta de dados ocorreu durante o período de janeiro a maio de 2009 a partir do Censo dos Grupos de Pesquisas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico e no Currículo Lattes dos pesquisadores desses Grupos. A análise do conteúdo dos artigos evidenciou uma concentração de estudos de natureza qualitativa nos últimos cinco anos, pautada no positivismo, com temáticas heterogêneas e reduzido enfoque na linha de pesquisa Educação, Enfermagem e Saúde. Os enfermeiros dos Grupos têm optado pelo trabalho individual, apresentando dificuldade em articular as pesquisas entre seus membros, distanciando-se do aprofundamento em educação em saúde, preocupando-se com a categoria produtividade em detrimento de uma produção que dê visibilidade e contribua com sua linha de pesquisa.

Grupos de pesquisa em educação em enfermagem: caracterização de três regiões brasileiras

Schveitzer,Mariana Cabral; Backes,Vânia Marli Schubert; Lino,Mônica Motta; Canever,Bruna Pedroso; Gomes,Diana Coelho
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
75.98%
Este estudo tem o objetivo de identificar e caracterizar a produção científica dos grupos de pesquisa em educação em enfermagem das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil. Pesquisa documental, descritiva e exploratória, quantitativa. As regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste somam 98 grupos de pesquisa em enfermagem, 26% do total nacional, sendo doze sobre Educação em Enfermagem. Existem registrados 140 pesquisadores, 120 estudantes e 22 técnicos. Entre os anos 1995-2008, estes grupos produziram 275 trabalhos completos em anais de eventos, 383 capítulos de livros, 135 livros e 455 artigos científicos. Formar e manter grupos de pesquisa em educação em enfermagem nos diversos cenários das regiões brasileiras requer disciplina e fomento das diversas organizações em educação e saúde para reduzir desigualdades e estimular a produção do conhecimento. Ademais, a produção científica pode ser uma das formas de socializar estes saberes e discutir a educação em enfermagem no espaço regional e nacional

Percepções dos acadêmicos de fonoaudiologia e enfermagem sobre processos de envelhecimento e a formação para o cuidado aos idosos

Mendes,Juliana; Soares,Vânia Muniz Néquer; Massi,Giselle Aparecida Athayde
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
75.81%
OBJETIVO: identificar as percepções dos acadêmicos de fonoaudiologia e enfermagem sobre o envelhecimento e a formação para o cuidado ao idoso. MÉTODOS: participaram do estudo vinte e cinco acadêmicos de Fonoaudiologia e Enfermagem, de faculdades públicas e privadas, situadas na região sul do Brasil. Para a obtenção das informações, utilizou-se de entrevista com roteiro temático, composto por questões abertas. A organização e análise das informações seguiram os passos propostos pela técnica do Discurso do Sujeito Coletivo, que utiliza quatro figuras metodológicas: ancoragem, ideia central, expressões chave e discurso do sujeito coletivo. RESULTADOS: emergiram das falas dos acadêmicos participantes da pesquisa, seis ideias centrais e seus respectivos discursos, que versam sobre o envelhecimento e o cuidado aos idosos na visão teórica e prática. CONCLUSÕES: os acadêmicos entendem o envelhecimento como um processo natural, porém permeado de modificações e transformações multidimensionais. Referem que o cuidado multiprofissional é essencial na atenção à saúde do idoso...

Produção científica em Educação em Enfermagem: grupos de pesquisa Rio de Janeiro e Minas Gerais

Gomes,Diana Coelho; Backes,Vânia Marli Schubert; Lino,Mônica Motta; Canever,Bruna Pedroso; Ferraz,Fabiane; Schveitzer,Mariana Cabral
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
75.9%
O estudo tem por objetivo caracterizar as produções científicas dos Grupos de Pesquisa em Educação em Enfermagem (GPEE) dos Estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais do Brasil. Pesquisa documental, quantitativa, descritiva retrospectiva, conduzida pela busca dos Currículos Lattes de todos os pesquisadores que integravam os GPEE dos Estados supracitados, seguida pela busca, organização e qualificação da produção científica dos respectivos pesquisadores, em acordo ao Qualis/CAPES. O período investigado foi 1995-2009 (cinco últimos triênios da CAPES) e incluiu na análise: artigos científicos, livros, capítulos de livros e trabalhos completos em anais de eventos. Os resultados indicaram que o Rio de Janeiro apresenta maior número de produção de artigos científicos em Educação em Enfermagem, com destaque à qualificação dos pesquisadores em nível de doutorado. Os dois Estados apresentam fatores históricos e sócio-econômicos favoráveis ao desenvolvimento científico.

Os cursos de graduação em enfermagem de Maceió/AL: um olhar complexo sobre os projetos pedagógicos; The courses graduate in nursing in Maceió/AL: a complex look about the pedagogical projects

Anjos, Danielly Santos dos
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; Brasil; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; Brasil; Programa de Pós-Graduação em Enfermagem; UFAL
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
75.88%
This investigative process has as its object of study the organization of the Pedagogical Projects (PP) of the Undergraduate Nursing from Maceió/AL. This is a survey with a qualitative approach type exploratory-descriptive that follows a complex perspective of education and adopted the document analysis as a technique for processing data and production of information. Was used as primary sources the PP of the six courses of graduation in Nursing from Maceió/AL and data collection instrument was constructed from the landmarks that makes up the PP and its constituent elements. Pre-analysis of the information produced was given from the drafting tables and summaries, and then the analysis of the three categories and eight subcategories identified from the PP studied. Was possible to see, from the analysis of the PP, which under graduate courses in nursing are experiencing a transition from a liberal perspective to a progressive perspective. In general, the courses have sought to break with the traditional Cartesian model, adhering initially DCNEnf and adopting the theories, methods and strategies of teaching-learning in an active way, dynamic and formative even structuring their curricula in disciplines. However, the conflict of concepts which sometimes are directed to liberators models and another for conservatives show that has not been an easy task to organize a PP in a new perspective. The analysis outlined from the idea of operators/principles of complexity and organizational tetragrammaton...

Grupos de Pesquisa de Educação em Enfermagem do Brasil; Grupos de Investigación de Educación en Enfermería de Brasil; Nursing Education Research Groups in Brazil

Backes, Vânia Marli Schubert; Prado, Marta Lenise do; Lino, Mônica Motta; Ferraz, Fabiane; Reibnitz, Kenya Schmidt; Canever, Bruna Pedroso
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
75.93%
The aim of this study is to characterize the organization of nursing education research groups in Brazil. This is a quantitative, descriptive and documentary study. Census data for 2006 were collected from the CNPq database website. Brazil has 47 education research groups, comprised of 412 researchers, of whom 91% have masters, doctoral or postdoctoral degrees. There are 307 students, of whom 92% are nursing undergraduates. However, only 9% are recipients of young investigator grants. There are also 112 technicians, of whom 75% are nursing professionals; 46% have a masters or doctoral degree. In Brazil, there are a considerable number of nursing education research groups, which contribute significantly to scientific production of nursing knowledge in Latin America. In this scenario, there are many challenges to be overcome: poor interdisciplinary cooperation; limited integration between education and practice; low number of grants awarded to young investigators and significant inequalities between the country's geographic regions in terms of access to research development.; Estudio que objetiva caracterizar los Grupos de Investigación de Educación en Enfermería de Brasil respecto de su organización. Investigación documental, descriptiva...

Perfil da produção científica e tecnológica dos grupos de pesquisa em educação em enfermagem da Região Sul do Brasil; Perfil de la producción científica y tecnológica de los grupos de investigación en educación en enfermería de la región Sur de Brasil; Profile of scientific and technological production in nursing education research groups in the south of Brazil

Lino, Mônica Motta; Backes, Vânia Marli Schubert; Canever, Bruna Pedroso; Ferraz, Fabiane; Prado, Marta Lenise
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2010 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
75.89%
O objetivo do estudo foi apresentar o perfil da produção científica e tecnológica dos Grupos de Pesquisa em Educação em Enfermagem (GPEE) da Região Sul do Brasil. Trata-se de pesquisa documental, quantitativa, exploratório-descritiva retrospectiva, guiada pela busca ativa das produções no Currículo Lattes dos pesquisadores dos GPEE pré-selecionados, a partir do Censo-2006 do Diretório de Grupos/CNPq, no período de 1995-2008. Os resultados indicaram que os 18 GPEE do Sul do Brasil produziram 453 trabalhos em anais, 371 capítulos de livros, 206 livros, 1437 artigos científicos e 8 produtos tecnológicos, porém, nenhuma patente registrada. A produção científica dos GPEE da Região investigada vem crescendo progressivamente nos últimos 14 anos. Para que essa estrutura seja fortalecida, pode-se utilizar como estratégia a formação de redes colaborativas que viabilizem articulações político-científicas no setor para avançar em ciência e tecnologia.; El objetivo del estudio fue presentar el perfil de la producción científica y tecnológica de los Grupos de Investigación en Educación en Enfermería (GIEE) de la región sur de Brasil. Se trata de una investigación documental, cuantitativa, exploratoria-descriptiva retrospectiva...