Página 1 dos resultados de 11580 itens digitais encontrados em 0.048 segundos

Força de preensão manual de crianças e adolescentes vivendo com o vírus da imunodeficiência humana

Cardoso, Andréia Rodrigues de Souza
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 144 p.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
95.79%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Desportos, Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Florianópolis, 2014.; A preocupação em compreender a força muscular em jovens vivendo com HIV, bem como a escassa literatura sobre esse assunto, a qual mostra que essa força é inferior naqueles que vivem com HIV quando comparados a jovens não infectados, conduz-nos ao objetivo do presente estudo: investigar a força de preensão manual (FPM) de crianças e adolescentes de ambos os sexos vivendo com HIV adquirido por transmissão vertical, residentes na região da Grande Florianópolis, SC, Brasil. Foram investigadas 50 crianças e adolescentes de ambos os sexos, com médias de idade, massa corporal e estatura de 12,32±1,87 anos, 40,89±10,08 kg e 149,12±12,78 cm, respectivamente, assim como coletadas informações demográficas e econômicas. As medidas antropométricas (massa corporal, estatura, IMC, dobra cutânea de tríceps, perímetro de braço e de cintura) e de ângulo de fase (que é uma estimativa da massa muscular realizada a partir dos valores de resistência e reactância da impedância bioelétrica) foram expressos em escore z. Foi mensurada a ingestão de energia e de proteínas por meio de recordatório de 24 horas...

A qualidade da educação infantil no âmbito do letramento : o empenhamento do professor e o envolvimento de crianças do 2° período

Pereira, Aline de Souza
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
95.82%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Mestrado em Educação, 2012.; O propósito dessa pesquisa foi analisar a qualidade da Educação Infantil, a partir da relação entre empenhamento do professor e envolvimento da criança em situações de letramento. Para tanto, realizou-se um estudo de caso, com observação participante, em uma turma de 2º período, buscando identificar o empenhamento de uma professora em contextos de letramento, priorizando a atenção ao envolvimento da criança. Os dados construídos revelaram uma prática pedagógica de empenhamento da professora diferenciado do modelo de Educação Experiencial que embasou o referencial teórico e a análise desse trabalho e, ainda, que o envolvimento da criança sofreu influências de variáveis extrínsecas ao empenhamento, como as regras de jogo social e práticas de letramento que não contemplavam, na sua integridade, a essência lúdica da criança. A pesquisa apontou, também, para a tendência da Educação Infantil em adotar práticas de letramento de caráter preparatório e o empenhamento do professor permeado de concepções de habilidades mecânicas relacionadas à leitura e à escrita. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The purpose of this research was to analyse the quality of Child Education...

O que dizem os números sobre as crianças matriculadas nas creches brasileiras (2007/2011)

Antônio, Cíntia Moura de Almeida
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
85.97%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Mestrado Profissional em Educação, 2013.; No Brasil, creches e pré-escolas constituem a Educação Infantil e, juntas, compõem a primeira etapa da Educação Básica. De acordo com a legislação vigente, creches devem ser frequentadas por crianças de 0 a 3 anos, enquanto pré-escolas são voltadas às crianças de 4 e 5 anos, sendo esta última obrigatória. O presente trabalho analisa os dados sobre as crianças brasileiras que frequentam creches nas 27 unidades federativas, incluindo as zonas urbana e rural e as instituições públicas e privadas, nos anos de 2007 e 2011. A pesquisa aplica o método estatístico para analisar dados extraídos do Censo Escolar (Inep, 2007, 2011), da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (IBGE, 2007, 2011) e do Censo Demográfico (IBGE, 2010). A creche é a etapa de educação que mais cresce no Brasil, sendo garantida em grande parte pelos municípios, entretanto, a oferta e a abrangência é muito menor para as crianças na zona rural. A análise mostra que 12,8% das crianças brasileiras de 0 a 3 anos encontram-se atendidas em creches e que quanto maior é a renda familiar per capita maior é a chance de a criança frequentar tal instituição. Das crianças brancas...

A importância do diagnóstico de necessidades diferenciadas de educação para a organização de uma pedagogia de ajuda na educação de infância: estudo da correspondência entre as necessidades educativas das crianças e as estratégias de intervenção desencadeadas pelos educadores

Gameiro, Maria Felícia Prudêncio Calado
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
85.99%
Introdução - A educação de infância, inscreve-se no processo educativo que trata de possibilitar a construção de uma personalidade de acordo com a exigência e valores tidos como plausíveis no tempo e no contexto cultural em que se desenvolve a vida da criança. Assim, todas as funções são importantes e todas devem tender desde o eixo central básico que é prioritário: a construção humana. (Castillejo Brull, J.L. (1986, pág.38). Isto significa perspectivar a educação de infância como um projecto de vida da criança, no sentido de a encarar como um todo, centrada na inserção social do sujeito e centrada no desenvolvimento pessoal autónomo, permitindo o desenvolvimento dos interesses, das apetências, das necessidades intrínsecas e extrínsecas de cada criança (Zabalza, 1998,pág.63). É a ideia com que partimos para a elaboração deste estudo. Esta reflexão, que resulta da experiência profissional como educadora de infáncia, leva-nos a crer da existência de um fenómeno que é muito comum nos jardins de infância e também noutros níveis de ensino, que tem a ver com uma desadequação constatada entre as necessidades diferenciadas das crianças e as estratégias educativas utilizadas pelos educadores, que a maior parte das vezes...

O trabalho em equipa em contexto de educação de infância: conceções e práticas das equipas pedagógicas

Mortágua, Ana Rita de Almeida
Fonte: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Setúbal Publicador: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Setúbal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
95.69%
Mestrado em educação pré-escolar; O tema principal deste Relatório é o trabalho em equipa, em contexto de Educação de Infância, a partir da análise das conceções e das práticas dos membros das equipas pedagógicas – a saber, das educadoras e das assistentes operacionais. O objetivo deste estudo é compreender como é que as equipas pedagógicas entendem o trabalho em equipa e como é que o constroem, procurando articular as experiências vividas nos períodos de estágio, em contexto de creche e jardim de infância, com a reflexão decorrente dos quadros teóricos existentes sobre esta temática. O estudo baseou-se, do ponto de vista da metodologia de investigação, no paradigma interpretativo e na metodologia qualitativa, inspirando-se na abordagem da Investigação-Ação. Neste sentido, tem como finalidade compreender de que forma o trabalho em equipa constitui um contributo fundamental para o bom funcionamento de uma determinada equipa pedagógica e, consequentemente, para o bem-estar das crianças. Por outro lado, com este estudo também pretendo contribuir para a otimização do trabalho em equipa, através da identificação de estratégias/propostas com vista à melhoria das práticas desenvolvidas. No decorrer deste estudo foram tomadas determinadas opções de recolha e análise de informação – nomeadamente a observação...

Discursos sobre a educação das crianças em idade pré-escolar nas revistas de educação familiar (1945-1958)

Vilhena, Carla Cardoso
Fonte: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa Publicador: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
86%
Os anos 50 correspondem, em Portugal, ao período em que a escolarização das crianças entre os 7 e os 10 anos se tornou uma realidade (Candeias, 2004). É também nesta década que se assiste a um aumento no número de crianças que frequentam instituições de educação de infância que sobe para mais do triplo (Gomes, 1977). Contudo, apesar deste acréscimo, no ano lectivo 1960/61 a taxa real de escolarização das crianças, com idades compreendidas entre os 3 e os 5 anos, é de 0,9% (Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação, 2009), o que significa que a maioria das crianças era educada em casa, pelas suas mães ou por quem as substituísse. Este período é marcado, no mundo ocidental, por uma valorização da esfera doméstica e do papel das mulheres enquanto mães, pela democratização do modelo familiar assente na divisão sexual dos papéis, facilitado, como afirma Esping-Andersen (2009), pelo pleno emprego masculino e pelo aumento do valor dos salários. Em Portugal, à semelhança do que acontece noutros países, os papéis de esposa e mãe, consideradas funções naturais da mulher, são valorizados no discurso oficial (Pimentel, 2011). Como afirma Oliveira Salazar, a mulher “deve ser acarinhada, amada e respeitada porque a sua função de mãe...

Educação de crianças: idéias numa revista católica brasileira (1935 a 1988)

Caldana,Regina Helena Lima; Biasoli-Alves,Zélia Maria Mendes
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/1993 PT
Relevância na Pesquisa
105.82%
Este estudo objetivou descrever elementos do ideário de educação de crianças ao longo do século XX no Brasil, através da análise de um veículo de comunicação escrita selecionado em função de sua temática, e da regularidade de sua publicação. O material selecionado foi a revista Família Cristã referente ao período de 1935 a 1988, cujos artigos foram analisados qualitativamente; os dados evidenciaram que a evolução na concepção de educação, ao longo das seis últimas décadas, traça um caminho que vai: a) de um enfoque moral (décadas de 30 a 50) a uma abordagem psicológica (décadas de 70 a 80), que diz que educar é levar ao amadurecimento e equilíbrio emocional; b) de uma ênfase no controle exercido sobre o comportamento (décadas de 30 a 50) para o exercido sobre a subjetividade (década de 80); c) da valorização da sabedoria popular (décadas de 30 e 40) à fala do especialista (década de 50 em diante).

A mentoria na educação de crianças e adolescentes carentes : estudo de caso de um projeto de reforço escolar em uma comunidade do Recife / PE

Alvarenga Marques, Adriana; Maria Rodrigues Calado Dias, Sônia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.87%
A mentoria se caracteriza pela relação existente entre mentor (alguém com reconhecida experiência) e mentorado (um neófito), na qual o mentor serve de guia para o jovem aprendiz, dando-lhe conselhos, instruções, patrocínio e amizade, de modo a facilitar o desenvolvimento de sua carreira. Em troca, o mentor obtém reconhecimento, apoio e realização ao acompanhar o crescimento profissional de seu mentorado. A mentoria voltada para jovens e adolescentes com risco para a delinqüência tem sido investigada em países como Estados Unidos e Canadá. Dentre os benefícios encontrados, pode-se citar a diminuição de comportamentos agressivos, redução da evasão escolar, aumento da auto-estima e, conseqüentemente, redução da delinqüência juvenil. A presente pesquisa propôs-se a investigar um programa de mentoria, voltado para crianças e adolescentes carentes. O objetivo foi verificar quais as especificidades deste programa num contexto brasileiro e quais os benefícios desta relação na vida dos mentorados (crianças e adolescentes), dos mentores (colaboradores do projeto) e da comunidade. A percepção das famílias acerca do projeto também foi considerada. Fez-se um estudo de caso exploratório-descritivo...

Concepções dos profissionais sobre o desenvolvimento da linguagem de crianças no contexto da creche

Flores, Danielle Bonamin
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
85.96%
Resumo: A presente pesquisa investigou as concepções dos profissionais de creche (educadores e pedagoga) sobre o desenvolvimento da linguagem das crianças. Verificou como os educadores e a pedagoga compreendem a linguagem expressiva e receptiva, como concebem seu papel no desenvolvimento linguístico das crianças e que referências utilizam para avaliar/ acompanhar o desenvolvimento infantil. Caracterizou-se por uma investigação qualitativa e exploratória, na qual participaram três educadores e uma pedagoga de um Centro Municipal de Educação Infantil de Curitiba. Também foram avaliadas treze crianças utilizando como instrumento a Escala de Linguagem Bayley III, sub- escala de comunicação expressiva e comunicação receptiva. Após análise qualitativa dos dados, observou, entre outros fatores, que os profissionais: a) possuem fragilidades na compreensão da linguagem infantil; b) possuem compreensão unilateral sobre o desenvolvimento infantil, com ênfase no ambiente e na afetividade; c) a avaliação da crianças se dá de maneira intuitiva, burocrática; d) há uma tendência de culpabilizar as famílias pelas dificuldades no desenvolvimento da criança; e) embora os profissionais contem com documentos e materiais orientadores que abordam a questão da linguagem e poderiam auxiliar a elaboração do planejamento...

Cotidiano e trabalho pedagógico na educação de crianças pequenas: produzindo cenários para a formação de pedagogos

Lima, Graziela Escandiel de
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
85.98%
Essa Tese tem como foco configurar o trabalho pedagógico no cotidiano de educação de crianças pequenas a partir de um estudo etnográfico no Núcleo de Educação Infantil Ipê Amarelo (NEIIA), um espaço educativo de crianças inserido no contexto da Universidade Federal de Santa Maria/RS. Para compor a argumentação teórica do trabalho realiza-se a discussão das relações existentes entre as visões construídas historicamente sobre a infância e a criança, relacionando-as às formas de atendimento à infância. Toma-se a creche como o espaço em que o que é específico do trabalho pedagógico com crianças pequenas apresenta-se com força de acontecer na materialidade do dia a dia, já que a configuração de tempo e espaço se diferencia das demais instituições educativas. No que diz respeito às escolhas sobre como se pode fazer a formação para o trabalho com a criança pequena, enfocam-se as Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Pedagogia discutindo o aligeiramento e a polivalência como características dessa proposta para a formação de pedagogos. As relações teóricas entre cotidiano e trabalho pedagógico dão suporte às diferentes fases de realização da investigação, já que o cotidiano é tomado como revelador do fazer e do pensar a educação da criança pequena. Na composição dos dados foram consideradas duas etapas de Observações...

Brincadeiras e jogos na educação infantil: o lúdico e o processo de constituição de sujeitos numa turma de crianças de 4 e 5 anos; Child`s play and gamestin children`s education: the game play and the process of the constitution of the character in a 4 and 5 - years-old class

Mariano, Sangelita Miranda Franco
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
85.98%
Nos dias de hoje têm sido cada vez mais evidenciada a relevância das atividades lúdicas no processo de desenvolvimento infantil. Na educação das crianças muito pequenas e pequenas, o brincar mostra-se como atividade social fundamental e representa uma possibilidade de desenvolvimento global em seus aspectos, cognitivo, afetivo, social, dentre outros. Por considerarmos a pré-escola como espaço-tempo de interações, afetos e emoções, enfim, de relações sociais vividas pelas crianças, percebemos esse espaço educativo como lócus de desenvolvimento de atividades lúdicas, tendo em vista que os jogos e as brincadeiras permitem o exercício de uma educação criadora e livre, lugar em que as aprendizagens podem ocorrer a partir do lúdico e, requerem um comportamento interpretativo e imaginativo das crianças. A presente pesquisa orientou-se pela Teoria Histórico-Cultural, que defende o lúdico como elemento essencial ao desenvolvimento infantil, uma vez que tais atividades surgem marcadas pela cultura e são mediadas pelas relações entre os sujeitos. O presente estudo teve como objetivo conhecer e analisar quando e como ocorriam atividades lúdicas no cotidiano de uma turma de crianças da educação infantil e em que medida tais ações influenciavam no processo de constituição da professora e de seus alunos. Algumas questões nortearam a nossa trajetória durante a pesquisa: Qual a incidência das brincadeiras no dia-a-dia de uma turma da pré-escola? Em que medida o espaço-tempo do brincar desenvolvido na pré-escola contribui para a constituição de um sujeito que aprende? O que pode ser evidenciado no trabalho com crianças pequenas em relação à atividade lúdica? Quais concepções de criança...

Intermitências da educação de crianças: escolarização do social e interrupção do escolar

Gomes, Elisabete Xavier; Escola Superior de Educação de Lisboa Universidade Nova de Lisboa – UIED
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 22/05/2014 POR
Relevância na Pesquisa
95.94%
Este artigo trata das possibilidades educadoras da educação formal e não formal de crianças nas cidades contemporâneas. Trabalha com a concetualização de «cidade educadora» proposta por Trilla (1990, 1999) como conceito integrador de educação formal e não formal. A partir de um estudo de caso desenvolvido com uma turma do 1º Ciclo do Ensino Básico de uma escola pública do centro de Lisboa foca o modo como diferentes contextos institucionais (p. ex.: escola, museus, bibliotecas) e os profissionais que neles trabalham contribuem para a educação (formal e não formal) de crianças nas cidades (Gomes, 2011). Identificam-se e caracterizam-se quatro modos distintos e sobreponíveis de fazer uso da cidade no âmbito dos processos de educação formal de crianças: uso instrumental: cidade recurso de educação; uso potenciador: cidade experiência; uso lúdico: cidade recreio; e uso socializador: cidade representação do socialmente aceite. As conclusões são organizadas em duas dimensões. A primeira é relativa aos mecanismos de “escolarização do social” (Ferreira, 2003). A segunda reflete sobre as possibilidades de “interrupção” (Larrosa, 2002; Biesta, 2006 e 2010) da ordem escolar pela saídas e frequência de instituições e dinâmicas não escolares. Ilumina a relevância dos acontecimentos trazidos pela linguagem da cidade e da educação não-formal (lugares do não dito...

Educação infantil e políticas públicas na contemporaneidade: avanços e limitações no discurso legal e na dinâmica educacional

Carrijo, Menissa Cícera Fernandes de Oliveira Bessa
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
85.97%
O presente trabalho objetiva analisar as políticas públicas para a Educação Infantil pós- LDB de 1996, período fortemente influenciado pelas idéias neoliberais, buscando apreender as diretrizes operacionais de viabilização de tais políticas, isto, mediante a experiência em Uberlândia-MG. Para tanto, o caminho metodológico orientou-se por intermédio de um plano de pesquisa qualitativo, no qual a apreciação dos dados ocorreu por meio de análises de documentos, de entrevistas semi-estruturadas e da observação participante. Nas últimas décadas do século XX, a Educação Infantil assumiu novos contornos na realidade brasileira, sobretudo, pela sua assunção, na Constituição Federal de 1988, como um direito educacional das crianças pequenas. Por seu turno, a LDB de 1996 reconhece a Educação Infantil como modalidade de ensino componente da Educação Básica. Entretanto tem-se como premissa que esse aparato legal não tem implicado em estruturais mudanças no atendimento às crianças de zero a seis anos. As reconfigurações da Educação Infantil, presentes na nova LDB, deram-se num período de ampla reforma do Estado, sob as marcas das políticas neoliberais. Assim, tem-se como pressuposto que o descaso com esse atendimento deve-se às reformulações dos papéis do Estado...

Auxiliar de atividades educativas na educação infantil: constituição histórica e tensões de uma ocupação no âmbito da rede municipal de educação de Goiânia; Activities in child education: historical constitution and tensions of a job in Goiania's

Edir, Eliane Garcia de Brito
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Educação (FE); Faculdade de Educação - FE (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Educação (FE); Faculdade de Educação - FE (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
95.75%
This study was part of the research line Education, Labour and Social Movements from Graduate School of Education Program at Federal University of Goiás. We had as main goal to study the genesis and development historical movement of the Assistant Educational Activities‘s job, whose workers act alongside teachers in service to children in Municipal child Education Centers and municipal schools that have pre-school classes from Goiânia‘s Department of Education. We start from the understanding that knowing the structure and evolution of the post of an Assistant Educational Activities in Goiânia‘s Municipal Education is an aspect of fundamental importance for the understanding of the early childhood education reality which today legally makes up the first step of Basic Education in Brazilian educational system. This research work is guided by a socio-historical vision of man and society. To achieve the objectives this study proposes, we opted for developing a predominantly qualitative research. For the analyzes development, we initially seek to conduct a comprehensive literature review on the work, the women work, the teaching work, the childhood and their education. We also developed a documentary analysis considering the contents of the Federal Constitution (FC...

Gestão escolar e alfabetização de crianças na escola pública

Silva, Rute Regis de Oliveira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
95.94%
Dans le scénario actuel marqué par l'insuccès de l'école publique en alphabétiser les enfants, l'objectif de cet étude est d'analyser, dans le cadre d'une école publique (dont les enfants, d'après les numéros officiels, deviennent lettrés au cours des trois premières années), des actions de gestion scolaire qui favorisent le processus d'alphabétisation. Pour cela nous suivons les principes de la méthode qualitative et adoptons l‟études de cas. Le terrain empirique est une école publique de la ville de Parnamirim (RN) et les sujets sont sa directrice, la vice-directrice, trois enseignantes des trois premières années de l'enseignement fondamental, deux coordinatrices pédagogiques, deux parents et six enfants. Pour la construction des données nous adoptons le questionnaire, l'analyse documentaire, des entretiens semi-dirigés et l'observation non-participante. Les fondements théoriques qui servirent de jalon à nos interprétations se retrouvent dans les conceptions actuelles de gestion éducationnelle et d'alphabétisation, ainsi que sur le processus d'apprentissage et de développement et pratique éducative. Dans cette étude, le concept de gestion est pris comme manière de dépasser la perspective bornée...

Educação e cultura infantil em creche : um estudo sobre as brincadeiras de crianças pequenininhas em um CEMEI de Campinas/SP

Patricia Dias Prado
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/1998 PT
Relevância na Pesquisa
95.97%
Com o objetivo de investigar as brincadeiras de crianças de O a 3 anos de idade em uma creche pública da cidade de Campinas/SP, de modo a compreender os encontros e desencontros do mundo da infância no âmbito da educação e da cultura, o presente estudo buscou identificar concepções do brincar atribuídas à Educação Infantil para esta faixa etária, partindo da necessidade de reconhecimento das manifestações e das expressões culturais das crianças, que denominarei de crianças pequenininhas (as muito pequenas). Através do estudo de tipo etnográfico conduzi a observação para as crianças brincando isoladamente e em grupos, de forma livre e dirigida, com e sem a participação dos adultos, nas áreas internas e externas da creche, atenta para a miríade de movimentos, gestos, olhares, sorrisos, silêncios, falas e outros elementos do cotidiano e das relações que se estabeleciam entre crianças de uma mesma idade, entre crianças de idades diferentes, entre meninas e meninos e entre crianças e adultos, nas brincadeiras. A partir da análise dos dados coletados foi possível verificar a ambiguidade característica de um espaço de confrontos que, vistos de forma positiva, revelavam o convívio com as diferenças, em que as crianças construíam e produziam seus saberes...

Concepções dinâmicas de si de crianças em escolarização : uma perspectiva dialógico-desenvolvimental; Schooling children's dynamic self conceptions from a dialogical developmental perspective

Freire, Sandra Ferraz de Castillo Dourado
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
105.74%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2006.; Esta tese se propõe a demonstrar as possibilidades de uma categoria ampla e representativa dos processos de significação de si a qual denominamos Concepções Dinâmicas de Si (CDS), articulada ao Sistema de Self em uma perspectiva dialógica e desenvolvimental. As CDS se constituem uma alternativa aos correntes construtos de auto-referência, como auto-estima, autoconceito, auto-imagem, dentre outros, possibilitando compreender e analisar as expressões do self em sua dinâmica psicossocial, fundamentada em uma abordagem sociocultural construtivista. O objetivo principal é compreender o desenvolvimento no contexto da experiência escolar de crianças de quarta série de uma escola pública de Brasília a partir da análise da emergência e da transformação nas concepções dinâmicas de si. Para isso, considera os múltiplos aspectos envolvidos nesse processo no contraponto das mediações culturais— particularmente as de natureza sócio-afetiva—, nas atividades escolares e nos relacionamentos interpessoais. A construção de informações para análise das CDS contou com o desenvolvimento de uma complexa metodologia baseada na narrativa e na observação de situações sócio-interativas diversas...

O meu chapéu tem três pontas : educação infantil, o cantar e a psicanálise : um estudo de caso

Veiga, Andréa Aquino de Andrade
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
95.88%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2009.; Estudiosos do eixo educação e psicanálise consideram que, cabe a esta última, a função de oferecer uma pequena iluminação no campo da educação. A partir do referencial teórico de autores deste eixo e também, de autores da psicanálise, aqui se apresenta a intenção deste estudo. “O Meu Chapéu Tem Três Pontas” é uma pesquisa qualitativa com estudo de caso de uma pré-escola, e tem como objeto, o sujeito do inconsciente que enlaça a educação infantil, o cantar e a psicanálise. Através da pergunta “por que se canta na pré-escola?”, pretende-se alcançar o objetivo de clarear esse sujeito que atravessa a educação, em especial a infantil, curvando-se para escutar o sujeito em constituição que canta e fala no aluno pré-escolar de uma instituição de educação infantil numa cidade do Distrito Federal, sem desconsiderar o adulto, comprometido com a educação destas crianças. A escuta se faz a partir da observação do contexto escolar como o grande Outro que acolhe e de uma turma pré-escolar desta instituição, também, através de entrevista semi-estruturada com diferentes grupos que compõem a comunidade escolar – alunos...

Educação de crianças: idéias numa revista católica brasileira (1935 a 1988)

Caldana, Regina Helena Lima; Biasoli-Alves, Zélia Maria Mendes
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/1993 POR
Relevância na Pesquisa
105.82%
This study had as an objective to describe childrearing concepts during the XX century in Brasil, through the content analyses of some magazines, chosen by their subjects and publication regularity. It was selected as material the magazine "Família Cristã", covering the period of 1935 until 1988; their articles were submited to qualitative analyses; the results showed that the evolution in education ideas, through the six decades, designs a picture that moves: a) from a moral (30 to 50 decades) to a psychological approach (70/80) that considers education as emotional maturity and equilibrium; b) from an emphasis in behavior control (30 to 50 decades) to subjectivity control (80 decade); from folk wisdom (30 and 40 decades) to the specialist speech (50 decade until nowadays).; Este estudo objetivou descrever elementos do ideário de educação de crianças ao longo do século XX no Brasil, através da análise de um veículo de comunicação escrita selecionado em função de sua temática, e da regularidade de sua publicação. O material selecionado foi a revista Família Cristã referente ao período de 1935 a 1988, cujos artigos foram analisados qualitativamente; os dados evidenciaram que a evolução na concepção de educação...

The Portfolio as a learning assessment strategy in early childhood education: considerations on their practice.; ; O Portefólio como estratégia de avaliação das aprendizagens na educação de infância: considerações sobre a sua prática.

Silva, Brigite; Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti; Craveiro, Clara; Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 09/01/2014 POR
Relevância na Pesquisa
95.81%
The use of portfolios is presented as an authentic assessment strategy that has been the subject of interest for researchers and practitioners of education since, in addition to implicate early childhood educator in the documentation and assessment of learning involves the child itself caused gains , eg for the development of metacognitive skills and self-regulation , positive attitudes to learning and to building a positive self-concept. In this sense, the present article, with reference to the Portuguese educational reality , and focusing an emerging theme , aims to highlight the potentials and characteristics of the drafting process portfolios of children in the context of early childhood education in order to support their understanding and use by educators . Are referred to the specific learning assessment and described procedures for a proper construction of portfolios of children.; ; http://dx.doi.org/10.5007/1980-4512.2014n29p33A utilização de portefólios apresenta-se como uma estratégia de avaliação autêntica que tem sido alvo de interesse por investigadores e profissionais de educação já que, para além de implicar o educador de infância na documentação e avaliação das aprendizagens, envolve a própria criança acarretando ganhos...