Página 1 dos resultados de 631 itens digitais encontrados em 0.091 segundos

A Saúde Coletiva no curso de Medicina da Universidade Estadual de Londrina: reflexões iniciais; Community Health in the graduate medical course of the State University of Londrina: initial reflections

CAMPOS, João José Batista de; ELIAS, Paulo Eduardo Mangeon
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
125.72%
Este artigo analisa o enfoque da Saúde Coletiva no desenvolvimento curricular na graduação em Medicina da Universidade Estadual de Londrina (UEL), focalizando as diferentes visões de gestores, professores e estudantes sobre o processo de ensino-aprendizagem, introduzindo a análise da progressão do conhecimento em Saúde Coletiva no curso médico. Trata-se de um estudo qualitativo sobre a percepção dos entrevistados, tendo como população de estudo quatro gestores, quatro professores e um grupo focal de estudantes. Os resultados evidenciaram uma importante vinculação das atividades docentes da área junto à rede de serviços de saúde. No entanto, constata-se que os temas da área têm pequena inserção no currículo atual (5%), não considerando os estágios do internato e a estratégia de ensino que vem sendo utilizada. Concluiu-se que os docentes do Departamento de Saúde Coletiva sempre tiveram uma participação de vanguarda nos processos de mudança no curso de Medicina da UEL, havendo um grande esforço em tomar a realidade dos serviços de saúde de Londrina como eixo articulador do ensino em Saúde Coletiva, na tentativa de contribuir para a formação de médicos com maior conhecimento da realidade e comprometidos com o SUS.; This qualitative study aims analyzing to which extent collective health is approached in the curriculum of the graduate course in medicine of the UE with special attention to the viewpoint of managers...

O ensino da saúde coletiva na graduação médica: estudo de caso em três universidades do Paraná; Teaching public health in medical schools: a case study in three universities in Paraná

Campos, João José Batista de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
115.72%
Historicamente, as diferentes concepções de Saúde Coletiva influenciaram tanto no ensino específico deste campo do saber como na formação geral do médico. Partindo deste pressuposto, o presente trabalho teve como objetivo estudar o ensino da Saúde Coletiva na graduação médica, buscando apreender suas configurações e as conseqüentes implicações nas propostas curriculares de três universidades do Paraná (Brasil): Universidade Estadual de Londrina (UEL), Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Universidade Positivo (UnicenP). Constituíram-se também em eixos de investigação, além das concepções de Saúde Coletiva, a relação ensino-aprendizagem, as ênfases assumidas pelo programa e os vínculos com os serviços de saúde. A pesquisa qualitativa foi realizada com base na análise documental dos projetos pedagógicos (os cursos instituídos) considerando como eles são efetivamente vividos, de acordo com a ótica dos agentes envolvidos. Para tanto, foram feitas entrevistas com 11 gestores, 18 professores, e foram constituídos 4 grupos focais de estudantes, considerados atores-chave nos três cursos de Medicina. Os resultados evidenciaram a inserção de 5% a 20% da área de Saúde Coletiva nos currículos, dependendo das estratégias de ensino...

Bem-estar e busca de ajuda: um estudo junto a alunos de Medicina ao final do curso; Well-being and help-seeking: a study with final-year medical students

Leão Pereira, Paula Bertozzi de Oliveira e Sousa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
115.66%
INTRODUÇÃO: Dúvidas, competitividade e preocupação com o exame de residência geram forte desgaste e insegurança ao final da graduação em Medicina. Nesse período, o bem-estar é particularmente importante para a escolha da especialidade médica e o sucesso nos exames. Entretanto, sabe-se que alunos de Medicina resistem em buscar ajuda, principalmente para aspectos emocionais. Este estudo investigou junto a alunos do 6º ano de Medicina a relação entre bem-estar, percepção de necessidades e busca de ajuda nos recursos institucionais de suporte disponíveis Grupo de Apoio Psicológico ao Aluno (GRAPAL) e Programa Tutores FMUSP. MÉTODO: Utilizaram-se os Inventários de Beck (ansiedade e depressão), o WHOQOLbreve (qualidade de vida) e um questionário sobre percepção de necessidades (psicológicas e acadêmicas) e avaliação do suporte institucional. RESULTADOS: Os alunos referiram boa qualidade de vida (68%), mas apresentaram ansiedade (27%), depressão (20%) e prejuízo na vida social. Um 25% dos alunos reconheceram necessidades psicológicas e 51% deles referiram necessidades acadêmicas. As fontes de suporte mais acionadas durante o curso foram a família e os colegas, seja para necessidades psicológicas ou acadêmicas. Tutores são acionados às vezes pelos alunos...

Projeto de educação a distância em dermatologia voltado para estudantes de graduação em medicina; Internet-based distance learning program as an auxiliary tool in dermatology education

Silva, Cristiana Silveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
105.81%
Os problemas dermatológicos afetam aproximadamente um terço da população em algum momento da sua vida e, em aproximadamente 10 a 15% de todas as consultas médicas, a queixa principal deve-se a um problema dermatológico. A despeito desta importância, diversos estudos têm demonstrado deficiências no ensino de dermatologia nos cursos de graduação em medicina. Os sistemas de educação a distância baseados na internet representam uma das alternativas para corrigir esta deficiência e oferecer um maior contato do estudante de medicina com a especialidade. Considerando este cenário, o objetivo deste estudo foi desenvolver um programa de educação a distância em dermatologia para estudantes de graduação em medicina e avaliar o impacto deste mecanismo de ensino no aprendizado dos alunos. Foi realizado um estudo prospectivo incluindo estudantes do segundo ano da Faculdade de Medicina da Universidade de Tecnologia e Ciências de Salvador Bahia Brasil. Os 44 alunos selecionados foram divididos em dois grupos; o grupo que participou de atividades presenciais apenas e o grupo que participou das atividades presenciais associado ao curso de educação a distância (curso híbrido). Todos os alunos foram submetidos a uma avaliação pré e pós curso e o desempenho foi comparado entre os dois grupos. Os estudantes que participaram do curso híbrido apresentaram escores pós-teste superiores (8...

Avaliação dos conhecimentos oftalmológicos básicos em estudantes de Medicina da Universidade Federal do Piauí

Lopes Filho,João Batista; Leite,Rubens Amorim; Leite,Daniel Amorim; Castro,André Rodrigues de; Andrade,Lorena Santana
Fonte: Sociedade Brasileira de Oftalmologia Publicador: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
105.75%
OBJETIVO: Avaliar o índice de aproveitamento em relação aos conhecimentos oftalmológicos básicos em alunos da graduação do curso de Medicina da Universidade Federal do Piauí a fim de subsidiar alterações curriculares, com vistas ao aprimoramento da formação profissional, envolvendo assim urgências oftalmológicas e prevenção de cegueira. MÉTODOS: Realizou-se "survey" sobre conhecimentos de Oftalmologia entre alunos que cursaram a disciplina de Oftalmologia, aos quais foi aplicado um questionário padronizado e estruturado contendo 10 questões referentes a aspectos em Oftalmologia importantes na formação do médico: urgências oftalmológicas e prevenção de cegueira. Os alunos foram ainda questionados sobre a segurança em atender à uma urgência oftalmológica e, em caso de insegurança, que fatores contribuem para tal. RESULTADOS: Cerca de 99,1% dos alunos mostraram-se inseguros ao atender àuma urgência oftalmológica. O fator que mais contribuiu foi a pouca vivência/prática em urgências oftalmológicas durante a disciplina. O índice de acerto nas questões de urgência oftalmológica foi de 72,22%, sendo o menor índice referente a trauma de órbita. Nas questões sobre prevenção de cegueira, o índice de acerto foi de 70...

Implantação das Diretrizes Curriculares Nacionais na graduação em Medicina no Paraná

Almeida,Márcio José de; Campos,João José Batista de; Turini,Barbara; Nicoletto,Sônia C. S.; Pereira,Luciana Alves; Rezende,Lazara R.; Mello,Polyana L. de
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
115.74%
A aprovação da nova LDB, em 1996, levou à elaboração de Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) baseadas em competências necessárias para os médicos atuarem frente às novas tecnologias e para enfrentarem os desafios do desenvolvimento do SUS. Analisar a implantação das DCN no Paraná, verificando as características da formação dos profissionais de Medicina, foi o objetivo desta publicação específica, que faz parte dos dados coletados numa pesquisa mais ampla, apoiada pelo edital universal do CNPq (Proc. 474.029/2003-04). O estudo foi realizado com uma abordagem qualitativa e análise de conteúdo. Fez-se um levantamento das Instituições de Ensino Superior (IES) que oferecem cursos de Medicina, coletando-se os dados por questionário e pelas informações dos Projetos Político-Pedagógicos (PPP) obtidos, com instrumento baseado em sete eixos das DCN. Dois cursos apresentam grau avançado de implantação das DCN, um mostra iniciativa da implantação de alguns aspectos, e dois outros seguem formatos curriculares bem tradicionais. Os dados obtidos sugerem a existência de uma motivação para a inovação do ensino médico no Paraná, o que se traduz em currículos idealizados com vários princípios inspirados nas DCN.

A Saúde Coletiva no curso de Medicina da Universidade Estadual de Londrina: reflexões iniciais

Campos,João José Batista de; Elias,Paulo Eduardo Mangeon
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
115.72%
Este artigo analisa o enfoque da Saúde Coletiva no desenvolvimento curricular na graduação em Medicina da Universidade Estadual de Londrina (UEL), focalizando as diferentes visões de gestores, professores e estudantes sobre o processo de ensino-aprendizagem, introduzindo a análise da progressão do conhecimento em Saúde Coletiva no curso médico. Trata-se de um estudo qualitativo sobre a percepção dos entrevistados, tendo como população de estudo quatro gestores, quatro professores e um grupo focal de estudantes. Os resultados evidenciaram uma importante vinculação das atividades docentes da área junto à rede de serviços de saúde. No entanto, constata-se que os temas da área têm pequena inserção no currículo atual (5%), não considerando os estágios do internato e a estratégia de ensino que vem sendo utilizada. Concluiu-se que os docentes do Departamento de Saúde Coletiva sempre tiveram uma participação de vanguarda nos processos de mudança no curso de Medicina da UEL, havendo um grande esforço em tomar a realidade dos serviços de saúde de Londrina como eixo articulador do ensino em Saúde Coletiva, na tentativa de contribuir para a formação de médicos com maior conhecimento da realidade e comprometidos com o SUS.

Cursos de Medicina com currículos inovadores são mais caros? Análise de custos do Curso Integrado de Graduação em Medicina da Universidade Estadual de Londrina

Trelha,Celita Salmaso; Casarim,Luis Fernando; Almeida,Marcio José de; Gordan,Pedro A.
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
115.69%
O objetivo deste estudo foi analisar os custos do curso de graduação em Medicina da Universidade Estadual de Londrina. Foi realizado um estudo de caso, prospectivo, com levantamento das horas de dedicação dos professores às atividades acadêmicas e de gerenciamento do curso e número de docentes equivalentes a regime de tempo integral. No levantamento das informações utilizou-se o Cost Construction Model, e a coleta dos dados foi realizada por meio de análise documental e entrevistas. Esta metodologia permite separar custos instrucionais e custos compartilhados, de maneira a deixar claras eventuais diferenças de custo relacionadas ao desenho curricular. Foi realizada a identificação das despesas totais, alocação nas atividades-base, apoio efins, e distribuição das despesas diretas e indiretas por meio do sistema de absorção. Participaram das atividades do curso 222,2 equivalentes a professores de regime de 40 horas. O total de "horas contato" foi de 52.284. As atividades da primeira à quarta série implicaram um custo geral de R$ 855.586,74 e de R$ 1.629,025.93 para os dois anos de internato. Incluindo-se o custo compartilhado equivalente ao curso de Medicina do hospital universitário, o custo total do curso foi estimado em R$ 15.643.660...

Iniciação científica na graduação: o que diz o estudante de medicina?

Oliveira,Neilton Araújo de; Alves,Luiz Anastácio; Luz,Maurício Roberto
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
115.77%
A educação médica interessa e repercute em todo o mundo e de forma cada vez mais acentuada, em função da globalização. No Brasil, essa discussão, intensificada com o processo de construção do SUS, foi ampliada a partir das Diretrizes Curriculares Nacionais da Medicina, mas pouco se discute sobre ensino médico e pesquisas. No Enade 2007, 39% dos alunos informaram iniciação científica regulamentar em seu curso; 12% declararam existir sem regulamentação e 6,5% informaram a existência de iniciação científica sem integralização curricular; 10,9% disseram que não é oferecida e 31% não souberam opinar. No último Provão, em 2003, 20,9% dos alunos responderam que a participação em iniciação científica contribuiu para sua formação e 30,7% declararam não ter participado desse tipo de programa. Este estudo verificou junto aos estudantes do sexto ano, em seis escolas médicas de quatro estados brasileiros, a existência de iniciação científica em seus cursos, a participação ou não nessas atividades e os possíveis motivos para a não participação ou sua inexistência. Mesmo sendo crescente a participação de alunos de graduação em iniciação científica, ainda são muitas as razões para a não realização ou não participação dos alunos. Oitenta e quatro por cento dos alunos defendem a obrigatoriedade da iniciação científica na graduação médica.

Aprendizagem Baseada em Problemas na formação médica e o currículo tradicional de Medicina: uma revisão bibliográfica

Gomes,Romeu; Brino,Rachel de Faria; Aquilante,Aline Guerra; Avó,Lucimar Retto da Silva de
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
105.76%
Este artigo analisa estudos que comparam a utilização da Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) na formação médica com o desenvolvimento de currículo tradicional de Medicina. O desenho metodológico, caracterizado como uma revisão da literatura sobre o assunto, realizada a partir de uma abordagem qualitativa, apoia-se na busca de artigos em bases de dados e bibliotecas virtuais, publicados de 1998 a 2008, com os termos medicina, graduação, aprendizagem baseada em problemas e ensino tradicional. O material foi estudado a partir da técnica de análise de conteúdo temática. A discussão se desenvolve a partir dos resultados acerca do uso da ABP na graduação médica em comparação aos resultados de cursos de currículo tradicional. Conclui-se que o uso da ABP na graduação médica pode ser uma alternativa na implementação das diretrizes brasileiras para a formação médica.

Cursos de graduação em medicina: uma análise a partir do sinaes

Gontijo,Eliane Dias; Senna,Maria Inês Barreiros; Lima,Luciana Barreto de; Duczmal,Luiz Henrique
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
135.69%
Estudo descritivo analítico dos indicadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior-Sinaes/Inep/MEC. Existem evidências de problemas metodológicos nos instrumentos do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). Houve variação das matrizes de referência em 2004 e 2007, mudanças nas fórmulas e multicolinearidade no cálculo do Conceito Preliminar e do nível de dificuldade das provas, respectivamente 65% em 2004 e 35% em 2007. Nos dois períodos, quase metade das questões avaliou a capacidade de memorização (47% e 42%). A análise Cart apontou condição sociocultural, rede pública de ensino e percepção de alta oferta de formação complementar pela instituição como fatores associados ao melhor desempenho do concluinte. Tanto a nota no componente específico do concluinte como a diferença entre a nota de formação geral do concluinte e do ingressante são indicadores de forte discriminação de desempenho. Propõe-se um indicador multicritério dessas duas quantidades, que foi capaz de discriminar as instituições bem conceituadas da área médica. Matrizes de referência compatíveis e robustas são necessárias para o monitoramento de cursos que formem profissionais de excelência e que estejam conscientes de suas responsabilidades sociais.

Avaliação das resistências de docentes a propostas de renovações em currículos de graduação em medicina

Vieira,Joaquim Edson; Tamousauskas,Márcia Rodrigues Garcia
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
125.73%
A percepção do ambiente de ensino identifica aspectos da educação médica que podem direcionar esforços de renovação curricular. Este trabalho apresenta resultados de avaliações promovidas por docentes e instrutores de ensino em cursos de Medicina em momentos de renovação. As necessidades curriculares foram investigadas por meio de oficinas que trabalharam com cinco perguntas apresentadas sequencialmente. O primeiro momento descreve um objetivo de melhoria. No segundo, o participante faz um levantamento das ações que o impedem de alcançar o objetivo desejado. O terceiro momento trabalha com mecanismos de defesa, denominados compromissos concomitantes, que representam preocupações que o participante quer evitar. No quarto momento, o participante é solicitado a refletir sobre esses compromissos concomitantes, que geram pressupostos e podem representar um temor pessoal. O total de participantes foi estimado em 150 professores universitários, 10 preceptores e 10 pós-graduandos da área médica. Os resultados apontaram como deficiências: tecnologias dispendiosas, primazia de conteúdos, receio de desgastes pessoais e perda de autonomia, tempo mal aproveitado, ensino desestimulante e despreparo para uso de estratégias pedagógicas com deficiente integração de práticas e conteúdos...

Formação médica e serviço único de saúde: propostas e práticas descritas na literatura especializada

Adler,Maristela Schiabel; Gallian,Dante Marcello Claramonte
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
105.76%
INTRODUÇÃO: A partir da criação do Sistema Único de Saúde (SUS) e das novas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) para a graduação em Medicina, algumas escolas de Medicina têm procurado integrar o treinamento médico dos alunos aos serviços públicos de saúde. OBJETIVO: Identificar na literatura experiências de treinamento de alunos de Medicina no SUS. MÉTODOS: Artigos publicados entre janeiro de 2002 e dezembro de 2012 foram selecionados de buscas realizadas nos bancos de dados Scielo, PubMed e Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), usando-se os termos "educação médica", "graduação em Medicina" e "Sistema Único de Saúde". Os autores avaliaram a elegibilidade dos artigos. RESULTADOS: Foram incluídos e categorizados 31 artigos. As experiências práticas no SUS foram associadas a currículos integrados, currículos tradicionais, a currículos tradicionais em fase de adequação às novas DCN e a práticas médicas inseridas em projetos extracurriculares. CONCLUSÃO: A literatura revisada desenha um cenário positivo para o treinamento de alunos de Medicina no SUS, destacando a integração entre docentes e profissionais de saúde como um caminho para a formação médica atual.

Eficácia de um simulador multimídia no ensino de técnicas básicas de videocirurgia para alunos do curso de graduação em medicina

Oliveira,Eymard Francisco Brito de; Azevedo,João Luiz Moreira Coutinho; Azevedo,Otávio Cansanção de
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgiões Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
115.7%
OBJETIVO: Avaliar a eficácia de programa educacional informatizado, com recursos de multimídia, como instrumento de ensino para alunos do segundo ano do curso de graduação em Medicina. MÉTODO: Para este estudo prospectivo, duplo cego e randomizado foi desenvolvido um simulador multimídia de técnicas básicas de videocirurgia. Doze alunos selecionados foram aleatoriamente distribuídos em Grupo 1 (orientados a navegar individualmente no simulador) e Grupo 2 (levados a assistir a uma aula expositiva). Posteriormente, foram submetidos a avaliação objetiva com 10 questões práticas. Os alunos do Grupo 1 também avaliaram subjetivamente o programa. RESULTADOS: No Grupo 1, 16,7% dos alunos acertaram 8 procedimentos, 50,0% acertaram 9 e 33.3% acertaram os 10. No Grupo 2, 50,0% dos alunos acertaram 9 procedimentos e 50,0% acertaram os 10 procedimentos. Não houve diferença estatística entre os grupos (teste de Mann-Whitney; p=0,423). Na análise subjetiva, 83,3% concordaram que o programa foi de fácil uso, 83,4% acharam-no agradável e 50,0% concordaram ter tido um feed-back imediato. Todos concordaram que o programa foi didático e afirmaram o desejo de ter programas assim para outros tópicos, mas metade discordou que programas como este já são suficientes para substituir o professor. CONCLUSÃO: O programa é eficaz na aprendizagem de técnicas básicas de vídeocirurgia para os alunos do segundo ano do curso de graduação em Medicina.

Avaliação do conhecimento e de habilidades clínicas em saúde sexual e reprodutiva na graduação de medicina

Medeiros, Robinson Dias de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.76%
No Brasil, a despeito das conquistas obtidas a partir da implantação do Sistema Único de Saúde e dos avanços legais e institucionais na atenção a diversos problemas relacionados ao gênero, a incorporação de temas relacionados aos direitos humanos, sexuais e reprodutivos no contexto da formação profissional em saúde permanece deficiente. Este trabalho teve como objetivos avaliar a inserção da temática saúde sexual e reprodutiva no currículo do curso de graduação em Medicina, por meio do emprego de avaliações de conteúdo cognitivo, procedimental e atitudinal. Trata-se de estudo de intervenção educacional envolvendo alunos do internato do curso de Medicina da UFRN. Foram utilizados os seguintes métodos avaliativos: prova escrita, exame clínico objetivo estruturado (OSCE) e Mini-CEX. Como variáveis explicativas foram consideradas o sexo, idade e participação prévia no componente curricular optativo Saúde Reprodutiva . A avaliação do processo constou da aplicação de questionários de satisfação e entrevistas acerca dos métodos avaliativos utilizados. Considerando os três métodos avaliativos empregados, 183 estudantes participaram do estudo, com média de idade de 24,5 ± 2,2 anos, sendo 52,5% do sexo masculino e 47...

Instruction in developmental psychiatry: preliminary findings at the undergraduate level in Brazil; Educação em psiquiatria do desenvolvimento: resultados preliminares em estudantes de graduação no Brasil

MORAES, Erika Neves de Souza; SCIVOLETTO, Sandra; FOSSALUZA, Vitor; VIEIRA, Joaquim Edson; MIGUEL, Euripedes Constantino; ALVARENGA, Pedro Gomes de
Fonte: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP Publicador: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
135.75%
BACKGROUND: Although knowledge on developmental psychiatry is fundamental for the early recognition, treatment, and prevention of mental disorders, this subject has not been incorporated into the medical curriculum or psychiatric practice in Brazil. OBJECTIVE: To evaluate the effect of a short course on developmental psychiatry for undergraduate students and to expand education policies concerning developmental psychiatry in Brazil. METHODS: Before and after attending an extracurricular 12-hour, 4-day course on the fundamentals of developmental psychiatry, undergraduate health sciences students were tested regarding their knowledge of the subject. The pre-test/post-test included 12 randomly selected multiple-choice questions designed to evaluate knowledge related to developmental psychiatry and was administered together with a questionnaire designed to evaluate students' attitudes. To compare performances between groups, nonparametric analyses of ordinal categorical data were employed. RESULTS: The final sample comprised 43 students. The mean post-test score was significantly higher than the mean pre-test score (65.0% vs 39.9%; p < 0.0001). We found that strongly positive attitudes correlated with better performance. The 3rd and 4th year medical students performed better than the 1st and 2nd year medical students and the non-medical students. Sex differences favoring males were also observed. CONCLUSION: Our findings encourage additional educational policies related to developmental psychiatry which may result in direct clinical implications.; CONTEXTO: Apesar de vital para o reconhecimento precoce...

Cardiothoracic Surgery League from University of São Paulo Medical School: twelve years in medical education experience; Doze anos de experiência em Educação Médica da Liga de Cirurgia Cardiotorácica da Universidade de São Paulo

FERNANDES, Flávio Guimarães; HORTÊNCIO, Lucas de Oliveira Serra; UNTERPERTINGER, Fernando do Valle; WAISBERG, Daniel Reis; PÊGO-FERNANDES, Paulo Manuel; JATENE, Fabio Biscegli
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
115.67%
INTRODUCTION: Academic Leagues (Academic Interest Group) are entities that belong to medical schools and their hospitals. Their goals are research, medical education and health care. The cardiothoracic Surgery League (Liga de Cirurgia Cardiotorácica - LCCT), University of São Paulo Medical School, was founded 12 years ago, aimed at providing undergraduate medical students an opportunity to expand knowledge in cardiothoracic surgery and to take part in scientific studies in the field. OBJECTIVE: To evaluate the experience gained through LCCT implementation. METHODS: Current students and former members of LCCT were submitted to a specific evaluation form, delivered personally or by email, which provided data on the general opinion regarding LCCT's activities, the reasons for answers provided and choice of medical specialties. Furthermore, LCCT's total scientific production was evaluated. Results: Most undergraduate medical students 51/65 (78.5%) and former members 94/121 (77.7%) completed the form. The interest in Cardiothoracic Surgery was the most common reason for joining LCCT 44/161 (27.3%). Most students 32/51 (62.7%) - reported their initial expectations were partially met. Almost every member would recommend a fellow medical student to join LCCT 50/51 (98%) and 25/51 (49%) of them participated in a scientific project linked to LCCT. In total...

Validação do metodo Decisões Clinicas e Oficinas Diagnosticas (DC/OD) para o ensino de graduação em medicina; Validation of the Clinical Decisions and Diagnostic Workshops (CD/DW) method for the medicine undergraduate course

Lucas Vilas Boas Magalhães
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
115.69%
Objetivamos validar um modelo pedagógico para a graduação médica, original, nacional, embasado em concepções inovadoras, chamado método Decisões Clínicas e Oficinas Diagnosticas (DC/OD), verificar a eficácia do mesmo para a aquisição cognitiva e de competências clínicas e aferir opiniões sobre a proposta DC/OD. Estudo transversal, feito dentro da disciplina de neurologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (FCM/Unicamp). Após a definição da propriedade dos temas escolhidos (os quais atendiam às diretrizes curriculares nacionais para a graduação médica), foram elaborados três kits DC/OD, sobre Acidente Vascular Cerebral (AVC), Cefaléias e Convulsões/Epilepsias, fundamentados na bibliografia pertinente. O estudo, então, foi conduzido em duas partes: piloto e comparativo. A primeira iniciou-se pela análise semântica, de conteúdo e do valor pedagógica da proposta, feita por docentes de medicina, médicos e educadores. Após as adequações sugeridas pelos profissionais, os três kits foram aplicados a um subgrupo de 17 alunos do 4° ano de graduação médica da FCM, os quais registraram opiniões sobre a proposta. As sugestões dos alunos foram aplicadas ao material, se pertinentes...

Liver transplantation as a multidisciplinary strategy for undergraduate education; Transplante de fígado como estratégia multidisciplinar de ensino de graduação

Silva Junior, Orlando de Castro e; Nejo, Priscila
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2010 ENG
Relevância na Pesquisa
115.66%
The program of liver transplantation can contribute in an excellent manner to undergraduate education on a daily basis, especially in the form of scientific initiation with studies of experimental investigation in the laboratory or as formal monitoring in experimental or clinical investigation. In the latter modality, the student helps his tutoring professor in activities more related to the ward and to the Surgical Center, with studies on the clinical follow-up of patients, or with case studies in both prospective and retrospective investigations. It is the task of the adviser to attribute balanced activities whose time of execution will not interfere with formal graduation hours. Similarly, it is the responsibility of the student to structure his free time in order to devote part of it to the exercise of scientific activity. On this basis, the medical student will have the opportunity to experience the most varied facets of transplantation, acquiring the necessary systemic view of the procedure as his knowledge expands. The importance of liver transplant is exactly this, i.e., to obtain a complete idea of the whole with daily contact along time starting from the complex parts that constitute the procedure, exposes the student to diverse clinical situations rarely encountered together in other specialties...

Cinema como recurso de educação em promoção da saúde; Cinema as a resource for education in health promotion

Sá, Eduardo Costa; Torres, Rafael Augusto Tamasauskas
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
105.79%
The arts can and should be used as a resource in education, including undergraduate medicine. The aim of this paper is to review the literature on the role of cinema as a resource in medical education, including the promotion of health. We conducted a literature review in PUBMED and SciELO using the following descriptors: “Education, Medical”, “Motion Pictures as Topic” and “Cinema”. The research was conducted in two phases, the first we used the first two descriptors and in the second, the first and third descriptor, for “Cinema” was not found in DeCS bases and MeSH but because of the relevance of items with this theme, it was necessary to include it in the search. We selected only unpaid items published in the last 10 years in English and Portuguese. Among all selected scientific articles, authors, Brazilian or not, are unanimous in agreeing that the films presented to graduate students in medicine, with subsequent discussion, collaborate with their training, and stimulate thought relations with patients and their diseases, including emotional responses important. Finally, for content related to health promotion, it is possible to use the film for the graduate students in medicine, but there is still no specific material for this area.; na educação...