Página 1 dos resultados de 1417 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Música, educação artística e interculturalidade : a alma da arte na descoberta do outro

Sousa, Maria do Rosário Pinto da Mota Ribeiro de
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.45%
Tese de Doutoramento em Ciências da Educação na especialidade de Educação Intercultural apresentada à Universidade Aberta; A tese de doutoramento que se apresenta tem como foco principal uma investigação-acção cuja problemática se situa na procura de percursos pedagógico-didácticos que contribuam para a abertura e transformação intercultural das escolas, permitindo uma melhor inclusão social. Escolhemos a trilogia música, educação artística e interculturalidade para responder à problemática central desta pesquisa. Nesta perspectiva concebemos, implementámos e avaliámos um Programa Musical Intercultural em três escolas portuguesas do Ensino Básico, respectivamente em três turmas dos 4º, 6º e 9º anos de escolaridade. As principais linhas de força que nortearam este Programa estão vinculadas a quatro vertentes, as quais constituem o quadro teórico-conceptual desta pesquisa: a educação artística como uma prioridade na educação; a educação intercultural como resposta à diversidade cultural crescente do mundo moderno; o papel da música como instrumento e metodologia potenciadora da comunicação intercultural; os programas de artes como impulso globalizador do desenvolvimento humano e do património cultural dos povos. O trabalho empírico assenta numa metodologia de análise qualitativa tendo como estrutura organizativa o modelo de Relação Pedagógica (RP) de Renald Legendre (1993...

Temporada artística do Gabinete Coordenador de Educação Artística : impactos de uma educação para a cultura

Borges, João Pedro Gonçalves
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.51%
Dissertação de Mestrado em Arte e Educação apresentada à Universidade Aberta; O Gabinete Coordenador de Educação Artística desenvolve e promove, entre outras, diversas práticas artísticas com jovens, nas áreas de Música, Teatro, Dança e Artes Plásticas. Fruto deste trabalho diversas formações artísticas, constituídas por alunos e professores, realizam frequentemente espetáculos um pouco por toda a região, sob forma de uma agenda cultural denominada Temporada Artística do GCEA cumprindo, em média, cerca de duzentos e cinquenta espetáculos anuais. Apostando fortemente numa oferta cultural descentralizada e direcionada a toda a população, este projeto extrapola o âmbito escolástico de uma educação para as artes, através da prática artística dos jovens que a integram incidindo, igualmente, o objeto pedagógico na formação do público. Esta prática redunda de dados indicadores com valores baixos, no que diz respeito a hábitos e práticas culturais na região, de onde emerge uma forte preocupação numa oferta artística de qualidade. Tomando como base este projeto educativo/cultural sustentado por objetivos bastante concretos, o objeto de investigação incidiu sobre os impactos da Temporada Artística do GCEA ao nível do paradigma cultural...

A educação artistica na formação do tecnico de nivel medio

Nascimento, Jose Inacio Santos do
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 131f.| il.+anexo
POR
Relevância na Pesquisa
66.59%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciencias da Educação; A partir da experiência como artista e professor de Educação Artística, preocupado com a melhoria do ensino de Arte desenvolvi um estudo investigativo sobre a Educação Artística na formação do técnico de nível médio. Tendo como objetivos: Investigar o significado da Educação Artística na formação do técnico de nível médio; propor uma alternativa para o ensino de Educação Artística no 2o grau-técnico a fim de contribuir para melhoria deste ensino e com as pesquisas nessa área; resgatar a importância da Educação Artística na formação dos profissionais e, em especial, na formação do técnico de nível médio. As idéias colocadas surgiram da prática desenvolvida com os alunos que participaram de uma oficina de pintura e na busca do referencial teórico que fundamenta este trabalho. Este estudo mostra que na escola atual se faz presente um ensino de Educação Artística que fragmenta o conhecimento no tempo e no espaço, apresentando-o em pedaços intercalados entre muitas outras disciplinas e entre milhares de informações, distorcendo e não permitindo a compreensão desse conhecimento como um todo. Esta pesquisa não se detém nas deficiências mas aponta novos rumos para o ensino de Arte baseado na realização da oficina de pintura que comprova a viabilidade e o sucesso da proposta apresentada. Portanto...

A formação do professor de educação artistica e sua complexidade pedagogica

Rosa, Maria Cristina da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 89f.| anexos
POR
Relevância na Pesquisa
66.4%
Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciencias da Educação; Análise da Formação do Professor e seus vários aspectos formativos. Observou-se a formação de Professores de Educação Artística - habilitação Artes Plásticas do Centro de Artes da UDESC. Além de entrevistas com professores formadores, buscou-se também analisar as grades curriculares e sua várias mudanças ao longo da transformação do curso de Educação Artística da Faculdade de Educação no Centro de Artes da UDESC.

Para uma genealogia da educação artística : história das disciplinas de Desenho, Trabalhos Manuais, Canto Coral e Educação pelo Teatro na escola primária portuguesa, do primeiro quartel do século XIX a meados do século XX; For a genealogy of the artistic education : history of the disciplines of design, crafts, choral singing and education through theater at the Portuguese primary school, from the first quarter of the nineteenth century to the midtwentieth century; Pour une généalogie de l’éducation artistique : l’histoire des Disciplines du Dessin, des Travaux Manuels, du Chant Choral et de l’Éducation par le Théâtre à l’école primaire au Portugal, du premier quart du XIXe siècle à la moitié du XXe siècle

Dias, Maria dos Anjos Flôr
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 08/03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.48%
Tese de doutoramento em Estudos da Criança (área de especialidade em Expressão e Educação Dramática); Esta tese analisa de uma perspectiva histórica, as disciplinas de Desenho, Canto coral, Trabalhos Manuais e Teatro, na escola primária portuguesa. A compreensão histórica dos processos de construção da área curricular de educação artística, constitui o cerne da dissertação. Ao inscrever o seu estudo numa perspectiva histórica, pensámos contribuir para desmontar o carácter dado, natural, atemporal e apolítico que parece assolar a Educação Artística. Procurámos compreender o processo de alquimia curricular das disciplinas que configuraram a área, desvelando os modos como essa construção social foi indissociável do processo mais geral da disciplinarização dos saberes e da difusão do modelo escolar. A pesquisa articulou, no plano teórico, contributos da história do currículo e das disciplinas escolares, bem como de autores ligados às questões da mundialização da educação escolar. No plano empírico, o estudo definiu um arco temporal compreendido entre o início do século XIX e meados do século XX. Privilegiou como fontes principais a legislação, os livros escolares e a imprensa de educação e ensino...

A arte contemporânea e os processos criativos na educação artística

Figueiredo, Lindanor de Oliveira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.4%
O presente trabalho de investigação insere-se no Mestrado em Criação Artística Contemporânea, da Universidade de Aveiro, tendo como objectivo a aplicação da criação artística contemporânea na educação artística através de projectos, ao nível do ensino secundário. Verificou-se, assim, a necessidade do estudo dos caminhos no desenvolvimento dos processos criativos e dos estímulos utilizados nesse percurso. As práticas docentes apresentadas promovem o desenvolvimento do potencial e da expressão criativa dos alunos, assim como o impacto da arte contemporânea no ensino secundário, que necessita de ser observada, analisada, reflectida, experienciada e divulgada. Desejamos, com a presente investigação, contemplar o ensino artístico e a natureza das obras de arte contemporânea. Na presente dissertação desencadeei um projecto de investigação-acção com um pequeno grupo de alunos do 12.º Ano em que as estratégias de mediação estiveram determinadas por visitas a exposições, ida ao teatro, à dança e pela análise de obras de arte contemporânea. Estas actividades conduziram a processos de descoberta, experimentação e de expressão individual e colectiva, requerendo um domínio de práticas em que se consolidam técnicas...

conferência nacional de educação artística

b, isabel
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Aula Formato: 217404 bytes; application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
66.4%
Numa época em que se assiste a um franco desinvestimento nas práticas culturais e artísticas locais, assim como, a uma diminuição da presença das expressões artísticas na escola, nota-se um reaparecimento de estruturas híbridas no campo da “folclorização” que corre o risco de, a par da mediática “mtv”, se tornarem referência estética e cultural, para muitas crianças e jovens. Pretende-se, desta forma, equacionar os contributos da Educação Artística Intercultural , valorizando a exposição e o contacto das crianças e jovens, com formas e produtos expressivos e artísticos de culturas diversificadas e as abordagens da Arte Contemporânea e das Artes Performativas em particular, que um conjunto de artistas, em Évora, tem desenvolvido nos últimos anos, num trabalho continuado de promoção da criatividade artística junto de crianças do 1º Ciclo da Educação Básica. Esta comunicação deseja abrir-se como um espaço de reflexão sobre o papel desempenhado pelos “ Artistas na Escola”, na promoção do respeito pela identidade e salvaguarda de um património imaterial, sem no entanto descurar a atitude de constante abertura, descoberta e inovação, condição inerente à própria criatividade artística.

Colectivacções: construir redes de formaçõ-açõ em escolas de arte e contextos locais

Vidiella Pages, judit
Fonte: Rede Ibero-Americana de Educação Artística Publicador: Rede Ibero-Americana de Educação Artística
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.54%
A presente comunicação reconstrui um processo e projeto educativo inter e transdisciplinar ainda aberto e ativo, que começou há 2 anos numa colaboração entre uma escola da Arte (Escola Superior de Disseny i Art Llotja) e um espaço de mediação e produção artística para artistas emergentes (Sala d’Art Jove) em Barcelona. O projeto sai da necessidade de repensar o papel da formação nas Escolas da Arte, ainda centrado nos paradigmas modernistas de educação artística (Marin 1998), para abrir a formação dos professores e dos estudantes ao campo das políticas culturais de investigação, produção, comunicação e mediação com o contexto (Ellsworth 2005; Garoian 2001; Mörsch 2007). O primeiro ano começou com um projecto entre 3 cadeiras (escultura, pintura e cerâmica) sobre Cartografias urbanas. Depois da fase de investigação e análise de projetos existentes na mesma linha com artistas jovens da Sala de Arte convidados (que no mesmo ano estavam produzindo projectos artísticos com uma temática semelhante); trabalho de campo no bairro; etnografia urbana, etc. e finalizada a exposição colectiva dos projectos, o diagnóstico final conduziu-nos à necessidade de repensar a formação artística atual, individual e muito centrada na produção...

Educação artística: um cruzamento essencial e exequível

Marques, Ana Silva
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Pré-impressão
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.55%
Preprint. Título do artigo editado: "Dança, Criatividade e Educação Artística: um cruzamento essencial e exequível". Publicação na Revista Portuguesa de Educação Artística, 2012 (2), pp. 59-72.; A tríade educativa entre Dança, Criatividade e Currículo Escolar acontece com o exemplo concreto da consecução do Projeto de Educação Artística para um Currículo de Excelência – Projeto Piloto para o 1.º Ciclo do Ensino Básico desenvolvido pelo Clube UNESCO de Educação Artística. Consideramos que este Projeto é um exemplo que prova que a Educação Artística é possível, é essencial, exequível e é uma ferramenta determinante para o desenvolvimento profícuo do que consideramos ser “uma verdadeira educação artística” e no qual se desenvolve um plano de intervenção no domínio das diferentes áreas artísticas em contexto escolar. A dança, neste âmbito, como uma das áreas artísticas desenvolvidas no projeto procura contribuir para o desenvolvimento geral e harmonioso das crianças, para que estas apreendam os princípios que governam o movimento, ao mesmo tempo que a espontaneidade dos seus movimentos seja preservada e que a sua capacidade criativa, expressão estética e artística seja fomentada.

A educação artística e o desenvolvimento da criatividade e autonomia dos alunos de um curso profissional

Afonso, Maria Filomena Perquilhas Baptista
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.53%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Lisboa para obtenção de grau de mestre em Educação Artística, na Especialização de Artes Plásticas na Educação; O presente estudo centra-se no desenvolvimento da criatividade e da autonomia através da Educação Artística, nomeadamente na verificação do desenvolvimento da criatividade recorrendo a exercícios de agilização do pensamento criativo e da autonomia através da metodologia de trabalho de projeto. O estudo partiu de uma necessidade verificada em contexto de sala de aula, no ano letivo de 2011/2012, onde se observou que alguns alunos do 2º ano do Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial demonstravam pouca criatividade e pouca autonomia. Neste sentido, os objetivos do estudo são: i) Verificar se o recurso a estratégias de promoção da criatividade produz efeitos: a) Na fluidez, flexibilidade e originalidade; b) na aplicação dessas características no planeamento e desenvolvimento de projetos; ii) Identificar os efeitos do trabalho de projeto no desenvolvimento da autonomia dos alunos. Organizou-se assim um projeto de intervenção com caraterísticas de investigação-ação. Na análise e tratamento de dados recorreu-se essencialmente à abordagem qualitativa e...

Centro Artístico Infantil da Fundação Calouste Gulbenkian contributo para a educação artística em portugal

Martins, Dora Alexandra Pacheco
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.43%
Dissertação apresentada à Escola Superior de Educação de Lisboa para obtenção do grau de Mestre em Educação Artística; O Centro Artístico infantil da Fundação Calouste Gulbenkian (CAI) funcionou entre 1984 e 2002 e construiu-se como um local de encontro entre artistas, pedagogos, investigadores, formadores e formandos de todas as idades, profissionais ligados à Educação, às Artes e à cultura. Recetivo à realização de propostas inovadoras no campo da Arte e da Educação, refletiu uma coabitação de paradigmas adaptados pelo programa do Centro ao longo de 18 anos. Com o nosso estudo pretendemos realçar o contributo do CAI na Educação Artística em Portugal, elaborando, para tal, uma reconstituição das suas ações, nas diversas vertentes abrangidas, no sentido de compreender melhor a forma como os diversos paradigmas em Arte e Educação influenciaram as abordagens desenvolvidas, como foram absorvidos e divulgados em contexto nacional. Gostaríamos que este estudo se tornasse um ponto de partida para o alargamento da visão deste período, no que concerne ao papel da Arte na Educação em Portugal, patenteando a enorme contribuição que o Centro Artístico Infantil veiculou na difusão das linguagens artísticas...

Contemporaneidade e identidade: um caminho para a educação artística através das artes plásticas no 2º ciclo do ensino básico

Pereira, Carla Sofia Prata Ramos
Fonte: CIED - Centro Interdisciplinar de Estudos Educacionais da Escola Superior de Educação de Lisboa, Publicador: CIED - Centro Interdisciplinar de Estudos Educacionais da Escola Superior de Educação de Lisboa,
Tipo: Parte de Livro
Publicado em /03/2015 POR
Relevância na Pesquisa
76.32%
Acreditando que a relação com a arte constitui um precioso auxílio para o processo educativo, na medida em que proporciona experiências promotoras de criatividade, flexibilidade e iniciativa, reflexão crítica e perceção, este estudo desenvolve-se no sentido de encontrar alguns caminhos para que a disciplina de Educação Visual se torne um melhor veículo da educação artística, para as artes plásticas, no 2º ciclo do ensino básico. Trata-se de um estudo empírico, traduzido numa Investigação-Ação que tem como finalidade melhorar uma situação educativa concreta, no caso, uma escola pública do concelho de Oeiras, inovando e estimulando o processo de ensino-aprendizagem, no sentido de aproximar os alunos da arte, e da arte contemporânea em particular, proporcionando-lhes todos os benefícios colaterais desse contacto. Os dados apurados permitiram-nos concluir que as estratégias de contacto direto com a arte, a realização de exercícios de agilização do pensamento criativo e a abordagem de conteúdos relacionados com as artes plásticas e arte contemporânea, a par da realização de experiências de produção plástica, proporcionaram o aumento dos níveis de literacia em artes plásticas, promovendo os conhecimentos sobre arte contemporânea e o desenvolvimento do potencial criativo. A apreciação estética estimulou a capacidade de observação...

Educação artística e produção audiovisual

Pires, João
Fonte: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Setúbal Publicador: Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Setúbal
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
76.43%
Neste artigo apresentamos dois projectos de investigação, em Ciências da Educação Artística. Concluímos em 2008 uma investigação em Ciências da Educação, com especialização em Tecnologias Educativas, onde se investigaram metodologias de b-learning e a criação de comunidades on-line, na área dos audiovisuais. O projecto de investigação apresentado em Educação Artística, a decorrer, incide sobre a educação patrimonial no ensino superior politécnico, suportada por uma metodologia com recurso a audiovisuais com o objectivo de desenvolver a capacidade da expressão e comunicação. A questão basilar centra-se na necessidade de identificar os possíveis papéis dos audiovisuais na educação, enquanto recurso, metodologia de ensino-aprendizagem e conteúdo. O vídeo pedagógico/produção, podendo ser tratado em contexto educativo nestas diversas vertentes, permite uma abordagem transdisciplinar ao currículo da formação inicial dos estudantes do ensino superior.

Educação artística no currículo do 1º Ciclo de Ensino Básico: essencial ou supérflua?

Barracosa, Maria de Jesus Gomes Neto dos Santos
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
Dissertação mest., Educação Artística - Teatro e Educação, Universidade do Algarve, 2007; O presente estudo tem como um dos seus principais objectivos perceber a importância, em geral, que é atribuída à Educação Artística no Currículo do 1º Ciclo de Ensino Básico. Para tal foi implementado, durante o ano lectivo de 2004/2005, um Currículo Artístico tendo por base o Projecto Curricular de Turma e elaborado de acordo com as Competências Curriculares definidas para o 1º Ciclo do Ensino Básico. O currículo de activação das competências artísticas foi aplicado numa turma do segundo ano de escolaridade na escola do 1º ciclo de ensino básico de Montenegro, composta por vinte e quatro alunos de sete anos e oito anos de idade. A metodologia assenta numa abordagem investigativa em que o próprio investigador é o aplicador do referido programa. A investigação bibliográfica em torno de referências psicopedagógicas foi imprescindível para a fundamentação conceptual do trabalho. A avaliação da aplicação do currículo foi efectuada através dos testemunhos dos alunos, da docente da turma, da análise dos questionários aos encarregados de educação e da apreciação da própria investigadora. O questionário referido foi aplicado para se perceber a projecção deste programa junto da família das crianças. No final do trabalho são referenciados alguns problemas que julgamos poderem estar na origem da ausência das artes nas salas de aulas. Pretende-se que este estudo possa contribuir para que se promova o ensino artístico e para que as artes ocupem o seu verdadeiro lugar neste ciclo de ensino. Recomenda-se a aplicação de um currículo artístico nas salas de aula...

A coleção Educação Artística no contexto da Lei nº 5.692/71 : entre as prescrições legais e as práticas editoriais

Cunha, Amanda Siqueira Torres
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 254f. : il. algumas color., grafs., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.56%
Orientadora: Profª Drª Dulce Regina Baggio Osinski; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação. Defesa: Curitiba, 23/03/2015; Inclui referências; Linha de pesquisa: História e historiografia da educação; Resumo: Esta dissertação tem como objetivo analisar as relações entre as prescrições legais e as efetivas escolhas editoriais em livros didáticos publicados no período da Lei Federal nº 5.692/71, a qual inaugurou a obrigatoriedade da Educação Artística nos ensinos de 1º e 2º graus. Em especial, problematiza as interações entre as imagens de obras de artes e os textos em livros didáticos na qualidade de recursos específicos aos conteúdos da nova área. Nesta investigação, tomou-se como objeto e fonte uma das primeiras coleções para o ensino inaugural, intitulada Educação Artística, da editora mineira Lê, publicada entre 1975 e 1978. Ademais, pretendeu-se desnudar os desdobramentos da Lei no que diz respeito à inicial produção de livros didáticos para a recente área. No cotejamento das fontes, consideraram-se outros livros didáticos para a Educação Artística, produzidos na mesma década, além de manuais de Desenho Geométrico dos anos de 1960...

Música na cultura escolar: as práticas musicais no contexto da Educação artística

Campos, Nilceia da Silveira Protásio
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.43%
A Lei nº 5.692 / 71 trouxe uma nova problemática para o ensino da música na escola, ao inserir a Educação Artística no currículo. Ao mesmo tempo em que representou uma esperança para o ensino das artes, a integração das linguagens – artes plásticas, artes cênicas e educação musical – se apresentou como uma proposta confusa e ineficiente. Nesse contexto, torna-se necessário analisar as práticas musicais escolares, partindo do pressuposto de que a escola é produtora de cultura – cultura expressa em normas, práticas e comportamentos que adquirem um sentido próprio na instituição escolar. Desse modo, esta pesquisa teve como objetivo identificar os conteúdos e as práticas ligadas à música, analisando o sentido dessas práticas como parte da cultura escolar no contexto da Educação Artística (1971-1996). A Escola Estadual Maria Constança Barros Machado, em Campo Grande / MS serviu de lócus, onde foram coletados dados importantes para a análise. Apesar da educação musical não ter sido privilegiada em sala de aula, constatou-se a predominância de atividades musicais extraclasse, caracterizadas pela formação de grupos – como o Coral e a Fanfarra. Os Festivais de Música, marcantes na década de 1980...

A interculturalidade na educação artística

Caeiro, Sandra Isabel Correia
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.46%
No relatório irá desenvolver-se o tema A interculturalidade na Educação Artística porque é essencial divulgar juntos dos alunos várias linguagens visuais e culturais, uma vez que vivemos num mundo globalizado e repleto de diversas abordagens da mesma temática. É, também, fundamental consciencializar os jovens que não vivem isolados num ninho cultural e que as diferenças culturais existentes enriquecem a produção artística, para que seja possível dar cumprimento ao recomendado no Roteiro para a Educação Artística (UNESCO, 2006:8), que defende “a consciência e o conhecimento das práticas culturais e das formas de arte fortalecem as identidades e valores pessoais e coletivos, e contribuem para salvaguardar e promover a diversidade cultural”. Como preconiza Efland “…promover as ideias pós-modernas na educação artística, para que contribuam para criar cidadãos informados, que questionem a autoridade e o status quo, que aceitem as diferenças e atuem em defesa de todos os cidadãos que fazem parte das sociedades” (EFLAND, 2003:155). Esta investigação pretende acima de tudo procurar uma possível resposta para a questão: o conhecimento de diferentes linguagens culturais permite-nos encontrar diferentes formas de representar e intervir na sociedade atual?; ABSTRACT: Interculturality in Arts Education This report will develop the theme Interculturality in Arts Education...

Questões de género em educação artística:a(s) narrativa(s) de vida como contributo(s) para os estudos sobre mulheres:Maria Almira Medina, as várias faces de uma artista educadora

Dias, Carla Susana Aparício, 1978-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf; Os anexos não se encontram publicados electronicamente, apenas poderão ser consultados no interior do item físico
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.43%
Tese de mestrado, Educação artistica, 2010, Universidaded de Lisboa, Faculdade de Belas Artes; As narrativas de vida como metodologia própria, têm sido um meio privilegiado de reconstituir os estudos sobre mulheres'. Neste trabalho, indagamos a existência (ou não) de campos artísticos predominantemente femininos' ou masculinos', para atentarmos sobre a variabilidade de conceitos como os de: género', sexo' e feminismo'. Considerando estas indagações como questões teóricas' que reflectem uma necessidade de consciencialização e aprofundamento do individual e do colectivo, procurámos a resposta' de autoras(es) dos mais diversos campos científicos, colocando, várias das denominadas questões de género'. A partir destes estudos (gerais) do feminino' e do feminismo' concentrámo-nos em perspectivas concretas da educação artística, encontrando, nomeadamente nas perspectivas de Georgia Collins e Renee Sandell a diferença sexual binária' como possibilidade de complementaridade' dos aspectos transcendentes (ligados ao masculino) e imanentes (ligados ao feminino) como partes constitutivas de todos os indivíduos. Nesta perspectiva, explora-se a possibilidade de potenciar práticas em educação artística mais efectivas do ponto de vista da valorização' de cada indivíduo como género' diferenciado dos demais...

Expectativas e representações sobre as profissões de artista plástico e de professor de educação artística: o caso dos formandos das escolas nacionais de artes plásticas, de dança, música e teatro em Luanda

Baptista, Mariquinhas das Dores
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.5%
Toda a formação deve ser orientada no sentido de desenvolver competências pessoais e profissionais que permitam ao formando reflectir sobre as opções a tomar. Na realidade angolana, a escolha da profissão tem provocado nos formandos um sentimento de ambiguidade, por se tratar de uma possibilidade de entrar no mercado formal de trabalho ou de se tornarem mais um grupo de formandos a desenvolver atividades nas quais nem sempre colocam em prática os conhecimentos apreendidos. Como o evidencia a literatura, nas últimas décadas as profissões de artista plástico e de professor de educação artística parece terem sido submetidas a um processo contínuo de desvalorização, não só devido aos baixos salários que esta classe de profissionais aufere, mas sobretudo devido à desprofissionalizacão e à precarização de seu trabalho. A dissertação que se apresenta resulta de um estudo efetuado nas quatro escolas de formação artística de Luanda, tendo como questão central as expectativas e as representações sociais dos formandos sobre as profissões de artista plástico e de professor de educação artística. Os dados do estudo foram obtidos através da realização de entrevistas semiestruturadas ao último grupo de formandos antes do encerramento das referidas escolas. A análise dos dados...

Pequenas narrativas de educação artística: O uso da ilustração e de “brinquedos de autor” na comunicação de conhecimentos e afectos entre crianças e idosos numa pequena comunidade rural

Charréu,Leonardo; Bacalhau,Daniela
Fonte: Centro de Estudos e Intervenção em Educação e Formação (CeiEF); Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Publicador: Centro de Estudos e Intervenção em Educação e Formação (CeiEF); Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
76.35%
O texto constitui a síntese dos momentos mais significativos de uma experiência investigativa realizada no âmbito de um mestrado. Metodologicamente, está situada entre a investigação-ação e o estudo de caso e foi levada a cabo numa pequena aldeia do interior rural de Portugal. A partir do mapeamento das tradições e das histórias de vida das pessoas mais idosas de uma pequena comunidade, um dos autores deste texto desenvolveu um conjunto de materiais didático-artísticos (ilustrações e brinquedos híbridos) que foram aplicados em sessões presenciais de educação artística de índole visual, com um pequeno grupo crianças do primeiro ciclo da educação básica. A “pequena” narrativa que propomos é, pois, o registo/testemunho do impacto que a experiência teve, junto dos envolvidos, também eles em “pequeno” número - crianças e idosos -num momento histórico em que se torna difícil não ter, como referência, uma escala em que todas as coisas são micro, (nº de pessoas, nº de crianças, nº de escolas, nº de empregos, nº de médicos...) que infelizmente se tornou muito comum no espaço rural português. Dentro de uma matriz das pequenas coisas, consideramos interessantes os resultados alcançados, ou pelo menos dignos de atenção académica. Achamos que poderia trazer um contributo honesto a um território educativo cada vez mais carente de experiências centradas nos sujeitos que aprendem.