Página 1 dos resultados de 1397 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

A escola postural sob a perspectiva da educação somática : a reformulação de um programa de extensão na ESEF/UFRGS

Vieira, Adriane
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.16%
Esta tese apresenta uma reflexão sobre pedagogias da postura que questiona a valorização de “corpos retos e corretos” presentes nas abordagens tradicionais da postura e propõe uma abordagem alternativa que, evitando modelos ideais de corpo e pretendendo proporcionar soluções viáveis às dificuldades posturais, valoriza o desenvolvimento da percepção cinestésica e o repensar dos contextos vivenciados. Essa reflexão foi formulada a partir de um diálogo com a Antropologia do corpo e da saúde e possibilitou que a autora argumentasse e justificasse a reformulação da Escola Postural da EsEF/UFRGS — de uma perspectiva biomecânica e cinesiológica sobre o corpo, para uma perspectiva da Educação Somática — e que analisasse o processo de implementação dessa reformulação. O estudo foi dividido em três partes: a primeira discute diferentes propostas pedagógicas sobre a postura, apresentando argumentos que justificam o interesse em desenvolver uma abordagem alternativa; a segunda apresenta o programa original de Escola Postural da EsEF/UFRGS e a sua reformulação com base na perspectiva da Educação Somática; a terceira, uma análise das falas dos alunos que participaram desse processo de reformulação e implementação. Foram realizadas...

Para onde caminham as escolas?

Almeida, Gabriela Freitas de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.18%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2014.; Esta pesquisa tem como objetivo investigar concepções e práticas educativas reconhecidas socialmente como alternativas, buscando compreender suas bases e modos de atuação e sua influência no contexto educacional atual. A pesquisa se desenvolveu em meio a práticas educacionais que buscam se diferenciar da educação tradicional, alegando utilizar metodologias ou técnicas diferenciadas. A partir de autores como Illich, Saviani e Freire, analisamos a prática pedagógica de uma escola de educação infantil em Brasília, referência entre aqueles que buscam uma educação alternativa. Com a ajuda desses autores, analisamos as relações que se estabelecem na escola, alguns de seus dispositivos pedagógicos e os processos de construção de conhecimento com vistas a compreender em que bases tal escola se alicerçaria naquilo que denomina como alternativa. A partir da pesquisa, registramos algumas características da escola que compreendemos como tal. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This research aims to investigate educational concepts and practices socially recognized as alternative education...

As TIC na comunicação aumentativa e alternativa

Pinheiro, Patrícia Alexandra Loureiro; Gomes, Maria João
Fonte: Universidade do Minho. Centro de Investigação em Educação Publicador: Universidade do Minho. Centro de Investigação em Educação
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.15%
A presente comunicação incide num estudo a realizar no âmbito das TIC aplicadas à Comunicação Alternativa e Aumentativa. No contexto escolar o trabalho com crianças com Necessidades Educativas Especiais colide com as dificuldades de comunicação, provocadas por limitações cognitivas e pela inexistência de uma comunicação eficaz. As ajudas técnicas para a Comunicação Alternativa e Aumentativa constituem um elemento essencial facilitador nos vários domínios da vida destas crianças: autonomia, socialização, aprendizagem. Numa era em que os dispositivos móveis proliferam, os sistemas de Comunicação Aumentativa e Alternativa acompanham essa tendência. O quotidiano das crianças com Necessidades Educativas Especiais com dificuldades de comunicação começa a deixar os sistemas de comunicação “de papel” e a abraçar os digitais. Com este estudo, pretendemos obter um quadro geral do uso das TIC, ao nível do hardware e do software para a Comunicação Aumentativa e Alternativa, por parte dos professores que atuam nas Unidades de Atendimento da Educação Especial.

Construção dialógica e interactiva do conhecimento por estudantes adultos, participantes numa comunidade de aprendizagem, em educação ambiental

Courela, Conceição; César, Margarida
Fonte: Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Educação Publicador: Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
46.1%
Em currículos de educação de adultos pouco escolarizados, o trabalho de projecto colaborativo adequa-se à Educação Ambiental (EA), orientada para a sustentabilidade, contribuindo para a emergência de uma comunidade de aprendizagem. Através do trabalho de projecto colaborativo têm lugar práticas dialógicas e interactivas de construção do conhecimento, que possibilitam o desenvolvimento da auto-estima positiva, geral e académica, dos estudantes, processo favorável à construção de identidades que facilitam a emergência e concretização de projectos académicos e profissionais. Este trabalho insere-se no projecto Interacção e Conhecimento, que estuda e promove as interacções sociais em cenários de educação formal. Consiste numa investigação-acção, em que desenvolvemos um currículo do 3º ciclo do ensino básico recorrente, em alternativa ao SEUC, seguido de quatro anos de follow up. Assumimos uma abordagem interpretativa/qualitativa, historico-culturalmente situada, de inspiração etnográfica. Os participantes são os estudantes e professores desta turma, bem como elementos da comunidade educativa e social. Na recolha de dados destacam-se a observação participante, entrevistas semi-estruturadas, tarefas de inspiração projectiva...

A educação progressiva como alternativa: as vozes dos educadores

Branco,Maria Luísa
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.11%
A partir de um estudo conduzido mediante a realização de entrevistas semiestruturadas a seis educadoras que trabalham ou trabalharam em escolas progressivas na cidade de Nova Iorque, exploraremos neste texto algumas das propostas que fazem da educação progressiva uma alternativa credível para a implementação de uma educação democrática, em oposição ao atual quadro neoliberal vigente nos Estados Unidos da América. Com base no tratamento das entrevistas feita com recurso a uma análise temática, é possível concluir que a educação progressiva se baseia na organização de uma aprendizagem integral que tem em conta a realidade dos alunos e que fortalece a partilha de conhecimentos e responsabilidades, favorecendo a aquisição de uma visão crítica e da capacidade de intervir no meio envolvente.

Inclusão de crianças em educação pré-escolar regular utilizando comunicação suplementar e alternativa

Tetzchner,Stephen von; Brekke,Kari Merete; SjÆthun,Bente; Grindheim,Elisabeth
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE Publicador: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.15%
Muitas crianças usuárias de meios alternativos de comunicação se encontram educacionalmente segregadas, mesmo não havendo evidências de que tais ambientes pudessem ser mais benéficos na promoção de sua comunicação e do desenvolvimento da linguagem do que ambientes não segregados. Os efeitos potencialmente positivos do ambiente escolar inclusivo ainda não foram plenamente descritos. No entanto, explicações teóricas recentes sobre o desenvolvimento lingüístico sugerem que a comunicação e o desenvolvimento de linguagem de crianças usuárias de sistemas de comunicação manual e gráficas possam estar melhor amparados em ambientes de pré-escola inclusiva do que em espaços segregados, desde que as práticas comunicativas dos adultos e dos pares sejam suficientemente adaptadas às habilidades e limitações das crianças. Neste contexto é possível o desenvolvimento e a facilitação das interações criança-criança e constituição cultural do sujeito. Os exemplos apresentados ilustram como as práticas inclusivas podem ser utilizadas para promover o desenvolvimento de linguagem alternativa em crianças com diversas habilidades e limitações, sugerindo várias formas de interação entre as crianças que desenvolvem diferentes modos de comunicação e seus pares...

Layout de teclado para uma prancha de comunicação alternativa e ampliada

Liegel,Luciane Aparecida; Gogola,Milena Maria Rodege; Nohama,Percy
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE Publicador: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.26%
O objetivo deste artigo é descrever e discutir a proposta de um novo layout de teclado projetado especialmente para uma prancha de comunicação alternativa com acionamento mecânico e remoto, para ser utilizado por portadores de paralisia cerebral com capacidade cognitiva preservada. Para compor o layout do teclado de comunicação alternativa, realizou-se uma pesquisa envolvendo disposição e conteúdo das teclas. Participaram do estudo onze voluntárias, sendo: cinco professoras de educação especial, quatro pedagogas especializadas em educação especial e duas fonoaudiólogas. O layout é composto por 95 teclas dispostas em grupos de teclas: alfabéticas, de letras acentuadas, numéricas, de funções e de comunicação alternativa e ampliada. As teclas de comunicação alternativa, contêm ícones associados à palavras ou frases, além de teclas acentuadas. Os ícones contemplados fazem parte de uma linguagem visual brasileira de comunicação, em desenvolvimento. Para auxiliar na localização, tanto o tamanho de teclas e caracteres quanto as cores de fundo das teclas diferenciadas foram utilizadas. As teclas com letras acentuadas e as teclas de comunicação alternativa visam facilitar e acelerar a digitação das mensagens...

Uso de expressões orais durante a implementação do recurso de comunicação suplementar e alternativa

Deliberato,Débora
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE Publicador: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.13%
A literatura tem discutido a importância da implementação precoce de sistemas de comunicação suplementar e alternativa em pessoas com deficiência. Esta discussão está vinculada à preocupação com a aquisição e desenvolvimento da linguagem e suas diferentes possibilidades expressivas. Os autores também alertam que a intervenção precoce por meio de recursos e estratégias utilizando a comunicação suplementar e alternativa não impossibilita a aquisição e desenvolvimento da fala. Este trabalho teve como objetivo descrever as habilidades expressivas orais durante a implementação do recurso de comunicação suplementar e alternativo em um aluno com paralisia cerebral. Um aluno com paralisia cerebral de 11 anos de idade participou de um programa na área de comunicação suplementar e alternativa durante dois anos. Foram selecionadas 12 sessões durante o primeiro ano de intervenção. As sessões foram filmadas e após a transcrição dos procedimentos envolvendo recursos de comunicação alternativa foram estabelecidas as categorias de análises: expressão verbal; não-verbal e expressão verbal concomitante a expressão não-verbal. Por meio dos resultados obtidos foi possível identificar que o recurso de comunicação suplementar e alternativo favoreceu o uso das formas de expressões verbais...

Avaliação de um programa de comunicação alternativa e ampliada para mães de adolescentes com autismo

Walter,Cátia; Almeida,Maria Amélia
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE Publicador: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.1%
O objetivo do presente estudo foi de avaliar os efeitos de um programa de Comunicação Alternativa e Ampliada (CAA) no contexto familiar de pessoas com autismo. O programa, denominado ProCAAF, foi aplicado mediante a real necessidade dos familiares em estabelecer comunicação eficaz com seus filhos, mediante as necessidades apresentadas no contexto familiar. O estudo analisou os efeitos da aplicação da CAA e registrou as modificações ocorridas no comportamento comunicativo dos familiares com seus filhos. Fizeram parte do estudo seis participantes, sendo três participantes familiares (Pfs), representado pelas mães e seus respectivos filhos, denominados de participantes alunos (Pas), com diagnóstico de autismo, não-verbal e/ou fala não funcional. Para verificar os efeitos do ProCAAF, foi empregado um delineamento de múltiplas sondagens entre as mães e seus respectivos filhos (as). Os dados quantitativos foram analisados mediante o desempenho das mães na utilização da CAA com seus filhos, considerando os níveis de apoio e suporte oferecido pela pesquisadora. Os resultados demonstraram que as mães aprenderam a utilizar a CAA com seus filhos no contexto familiar, conseguindo suprir algumas das prioridades comunicativas determinadas previamente. Os dados qualitativos foram analisados mediante as respostas obtidas em questionário aplicado em período anterior e posterior a intervenção...

Efeitos da comunicação alternativa na interação professor-aluno com paralisia cerebral não-falante

Silva,Rafael Luiz Morais da; Silva,Simone Souza da Costa; Pontes,Fernando Augusto Ramos; Oliveira,Ana Irene Alves de; Deliberato,Débora
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE Publicador: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.13%
A fala tem sido vista como modalidade comunicativa socialmente exigida para a construção de relações em diferentes contextos e culturas. Entretanto, essa nem sempre é o recurso mais disponível principalmente para aqueles que apresentam alterações no seu desenvolvimento. Nesse sentido, os recursos e estratégias de Comunicação Alternativa são utilizados como ferramentas úteis para que o aluno com deficiência não-falante possa alcançar maior participação social nos diversos ambientes. Por isso, a presente pesquisa analisou a interação professor-aluno com paralisia cerebral antes e após o uso de estratégias e recursos de comunicação alternativa em sala de aula comum. Realizou-se estudo de caráter quanti-qualitativo, do tipo estudo de caso com pesquisa-intervenção. Foram realizadas quatro etapas principais: 1) filmagens antes da introdução desses recursos em sala de aula; 2) capacitação dos professores na escola e; 3) assessoria técnica ao professor para o uso da comunicação alternativa e; 4) filmagens dos episódios interativos com o uso dessas tecnologias. As interações foram transcritas e agrupadas em elos. Nessa pesquisa, um elo compreendeu o comportamento do iniciador dirigido ao interlocutor e a resposta sequencial deste ao iniciador. Verificou-se que as interações estabelecidas apresentavam no máximo quatro elos...

Comunicação aumentativa e alternativa: panorama dos periódicos brasileiros

Cesa,Carla Ciceri; Mota,Helena Bolli
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
46.13%
No Brasil, as práticas clínicas e educacionais em Comunicação Aumentativa e Alternativa têm sido ampliadas. Esse estudo tem como objetivo identificar as áreas do conhecimento brasileiras que pesquisam a Comunicação Aumentativa e Alternativa e suas contribuições. Fonoaudiologia, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Psicologia e Educação são as áreas que investigam a Comunicação Aumentativa e Alternativa, sendo a Fonoaudiologia a área mais expressiva a publicar. Apesar de ser uma área do conhecimento ainda em consolidação no Brasil, observa-se aumento na inclusão de estudos com foco no adulto e no idoso, além de considerar a família como objeto de análise. A implementação precoce e, em diferentes contextos, favorece a manutenção do uso da Comunicação Aumentativa e Alternativa. Esta é um apoio para a oralidade, compreensão, avaliação assistida, leitura e escrita. Sugerem-se práticas investigativas que contemplem os efeitos produzidos pela intervenção na qualidade de vida da pessoa com deficiência e amostras maiores.

Redes de educação ambiental: um meio como proposta pedagógica para o mundo entrelaçado

Carvalho, Néri Andréia Olabarriaga
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.19%
The networks terminology has been growing in different meanings, in which emergent structures coming from one not so recently typology aquired, in the 90 s, fluid shapes impelled by waves without borders of the New Information and Communication Technologies. Ever since, the pattern and the morphology are being multiply and strengthen. With this backdrop, this study deals with the Education for Environment Networks, as a political and social, educative and cultural alternative intervention, as an answer for some contemporary demands. But what are these networks? In wich way they organize themselves to germinate political actions? Where is the core of these actions? What are their limits or potentialities? These are some of the questions that are presented along the study proposed. Therefore, we have in view to unveil the network social and environmental pedagogic dimension, as an alternative proposal towards to the planetary cintzenship formation for persons and coletivity. The study employs the exploration reasearch as the analysis of the organizational reference basis and the dinamics of conections that support the dialogue among the groups that belong to the Education for Environment Networks. We conclude that the networks overcome themselves as a powerfull tool to articulate and moblize people. They establish a potential pedagogic act for political and social intervention...

Movimento docente, insurreição popular e propostas coletivas de educação alternativa em Oaxaca; Teachers movement, popular Insurrection and collective projects of alternative education in Oaxaca

Branco, João Francisco Migliari
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.08%
Essa pesquisa relata os acontecimentos em Oaxaca durante o ano de 2006, quando uma onda de protestos populares levou à tomada da capital do Estado pelos manifestantes, à dissolução do poder político e à violenta ação de desocupação imposta pelo Governo Federal do México. Segundo relatos, o papel que os professores da rede pública de Oaxaca, por meio da Seção XXII do Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Educação do México (SNTE,) desempenharam antes e durante a revolta popular de 2006 foi fundamental para nascer a Comuna de Oaxaca. A partir de uma análise crítica dos acontecimentos e das atividades políticas conduzidas pelos professores de Oaxaca nas duas últimas décadas, período de forte efervescência política no Estado e de destacada atuação sindical docente, pretende-se localizar e descrever quais as práticas pedagógicas propostas pelos docentes da Seção XXII. Seu objetivo é compreender, a partir desse levante popular, as concepções de Educação Alternativa e Autônoma que nasceram no Estado de Oaxaca e a elaboração coletiva de uma proposta de gestão comunitária das políticas educativas, caracterizadas pelo envolvimento dos trabalhadores da Educação na construção dessas políticas. Para tanto...

Avaliação na educação de infância: itinerários de uma viagem de educadores de infância na formação inicial

Parente, Maria Cristina; Centro de Investigação em Estudos da Criança (CIEC) Instituto de Educação – Universidade do Minho
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 04/01/2015 POR
Relevância na Pesquisa
55.96%
Pretende-se neste artigo descrever um itinerário de formação inicial de educadores, no domínio da avaliação na educação de infância, desenvolvido no contexto do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo. Apresentam-se e discutem-se os principais momentos do processo de formação e identificam-se alguns andaimes relevantes, a saber: reconstrução do conceito de avaliação, conhecer os procedimentos e as estratégias de avaliação de algumas perspetivas e abordagens pedagógica selecionadas, reconhecer as suas principais características e semelhanças e, ainda debater as práticas de avaliação em contexto à luz da compreensão de avaliação (re) construída. A análise do processo mostra que os estudantes construíram algumas aprendizagens que consideraram relevantes no domínio da avaliação na educação de infância, descobriram o potencial da avaliação formativa alternativa para as crianças, para os educadores, para os pais e, perceberam a necessidade de continuarem a investir na formação, no domínio da avaliação das crianças e do contexto, como garante da construção da qualidade.

Construção dialógica e interactiva do conhecimento por estudantes adultos, participantes numa comunidade de aprendizagem, em educação ambiental

Courela, Conceição; Universidade de Lisboa, Centro de Investigação em Educação da Faculdade de Ciências; César, Margarida; Universidade de Lisboa, Centro de Investigação em Educação da Faculdade de Ciências
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 05/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.12%
Em currículos de educação de adultos pouco escolarizados, o trabalho de projecto colaborativo adequa-se à Educação Ambiental (EA), orientada para a sustentabilidade, contribuindo para a emergência de uma comunidade de aprendizagem. Através do trabalho de projecto colaborativo têm lugar práticas dialógicas e interactivas de construção do conhecimento, que possibilitam o desenvolvimento da auto-estima positiva, geral e académica, dos estudantes, processo favorável à construção de identidades que facilitam a emergência e concretização de projectos académicos e profissionais. Este trabalho insere-se no projecto Interacção e Conhecimento, que estuda e promove as interacções sociais em cenários de educação formal. Consiste numa investigação-acção, em que desenvolvemos um currículo do 3º ciclo do ensino básico recorrente, em alternativa ao SEUC, seguido de quatro anos de follow up. Assumimos uma abordagem interpretativa/qualitativa, historico-culturalmente situada, de inspiração etnográfica. Os participantes são os estudantes e professores desta turma, bem como elementos da comunidade educativa e social. Na recolha de dados destacam-se a observação participante, entrevistas semi-estruturadas, tarefas de inspiração projectiva...

ESCOLA FAMÍLIA AGRÍCOLA DE ORIZONA (GO): Uma Proposta de Educação Camponesa?; Family Farm School of Orizona (GO): a proposal for education persant?

FERREIRA, Ana Paula de Medeiros
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia - Campus Catalão; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia - Campus Catalão; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.23%
This research's main objective is to understand the EFAORI (in english: Orizona's Family Farm School), an alternative experience focused on educating the peasant young. It is expected to understand how does the school organizes it's policy and itself, and if it has achieved it's goals. Along the history, Brazilian's formal education was organized to guarantee the dominant classes's interests and with the countryside's education it is not different. There is a lack of efficient public policy that provides a preparating education to the peasant young to the life and work on their reality. The EFA's(FFS) started in the 1930s in France and first came to Brazil in 1960, in Espírito Santo, allied with the social fight for land and education. Soon the experience spreads along all Brazilian's regions, to make opposition against the rural education offered to the peasant young. In the end of the 1990s was created the EFAORI, located 130 km away from the capital of Goiás State, Goiânia, in the small town of Orizona(GO). A strong feature of Orizona is the great presence of agricultural activities, so there was a necessity of having a differentiated education to these young, for them to be adapted to their reality. The FFS's main goal is to provide the young good conditions to stay in the farm with quality of life. The FFS are associated with the pedagogy of alternation...

Efeitos da comunicação alternativa na interação professor-aluno com paralisia cerebral não-falante

Silva, Rafael Luiz Morais Da; Silva, Simone Souza Da Costa; Pontes, Fernando Augusto Ramos; Oliveira, Ana Irene Alves De; Deliberato, Débora
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE Publicador: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 25-42
POR
Relevância na Pesquisa
46.13%
Speech has been regarded as a social communicative modality required for building relationships in different contexts and cultures. Nevertheless, this is not always a readily available resource, especially for those who have developmental disorders. In this sense, Augmentative and Alternative Communication resources and strategies have been used by nonspeaking students with disabilities as useful tools to achieve greater social participation in different environments. Therefore, the present study examined the interaction between teachers and a student with cerebral palsy before and after the use of Alternative Communication strategies in the classroom. The study had a quantitative and qualitative nature and was designed as an intervention study. There were four main stages: 1) filming before the introduction of the resources in the classroom, 2) training the school teachers 3) providing technical assistance regarding the use of alternative communication to the child's teacher 4) filming teacher-student interactions using these technological resources. The interactions were transcribed and grouped into links. In this research, a link means the initiator's behavior directed to the exchange partner and the response in sequence from the interlocutor back to the initiator. It was found that the established interactions presented a maximum of four links...

Avaliação assistida e comunicação alternativa: procedimentos para a educação inclusiva

Paula,Kely Maria Pereira de; Enumo,Sônia Regina Fiorim
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE Publicador: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.1%
As pesquisas sobre a avaliação assistida vêm delineando um campo promissor dada as suas características inovadoras que a distinguem de uma avaliação tradicional, favorecendo a população que apresenta dificuldades no processo de aprendizagem ou em situação de desvantagem social. Crianças que necessitam de recursos alternativos para a linguagem expressiva constituem um significativo grupo que pode se beneficiar de uma avaliação diferenciada. Neste estudo, participaram sete crianças com necessidades especiais em situação de avaliação assistida, utilizando o Children's Analogical Thinking Modifiability Test-CATM, acrescida da avaliação psicométrica, realizada pelos testes Raven, Columbia e Peabody, estes últimos em versão computadorizada, antes e após intervenção com sistema de Comunicação Alternativa e Ampliada-CAA. Além dos processos de pensamento, foram considerados aspectos não estritamente cognitivos, mas de grande importância: reação da criança ao contexto de avaliação e ao tipo de tarefa, variáveis pessoais e situacionais como motivação e fadiga, além da acessibilidade à mediação. Tais variáveis foram sistematizadas em categorias cognitivas, comportamentais e afetivo-motivacionais nos contextos de ensino e intervenção...

AGRICULTURA GERAIZEIRA, IDENTIDADE E EDUCAÇÃO / Geraizera agriculture, identity and education

Carlos Alberto Dayrell; entro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/force-download
Publicado em 07/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
55.9%
Na contramão do modelo agrário/agrícola que avançou sobre os cerrados brasileiros com base na monocultura empresarial persistem ainda, em diversos recantos, povos e comunidades que mantêm vivos sistemas diferenciados de produção e de relações com a natureza mediada por outros padrões. É o caso da agricultura geraizeira que se desenvolveu nos altiplanos dominados pelos cerrados no Norte de Minas Gerais cujos circuitos econômicos repercutem de forma significativa na vida de milhares de famílias camponesas e com incidência nos mercados com uma diversidade de produtos, in natura ou beneficiados, que são consumidos por outros tantos consumidores. Circuitos econômicos que se mantêm na invisibilidade em um contexto de encurralamento e de apagamento a que vem sendo submetidas estas comunidades. A resistência que empreendem é de luta por direitos territoriais e pelo reconhecimento da sua contribuição como formadores do patrimônio cultural da nação brasileira e pela valorização do saber tradicional no manejo sustentável dos cerrados. A agroecologia tem sido um dos instrumentos destes povos, em confronto com as políticas públicas de educação e extensão rural que considera o publico rural como um público que precisa de "assistência" técnica. Acionam a perspectiva da docência camponesa onde...

A linguagem do corpo e o lugar do educadorThe body language and the place of the educator

Revah, Daniel
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 26/11/2008 POR
Relevância na Pesquisa
56.21%
Na década de 1970, nos discursos educacionais que no Brasil constituem o campo da educação alternativa, a palavra postura torna-se um dos significantes que demarcam o lugar do educador, de todos talvez o mais incisivo. Esse significante, que desde então reúne traços e articulações discursivas que procedem do campo alternativo, em fins da década seguinte fica sob a injunção do discurso pedagógico que se configura nesse período: o construtivismo. A postura continua como um elemento importante, mas ela não mais se configura assentada no largo registro das experiências alternativas que haviam surgido alicerçadas pelos questionamentos de natureza política e cultural. A postura, agora do professor, é concebida como algo que resulta da compreensão e assimilação de uma teoria que surge sob a marca da ciência. Em meados da década de 1990, quando o construtivismo adquire um claro viés tecnicista, o lugar do professor sofre uma nova inflexão, esvanecendo-se o que era da ordem da sua postura. Este artigo recupera alguns elementos desse percurso para nele situar o lugar do educador ou professor, que aqui será pensado a partir dos traços e significantes que o definem e que concernem ao corpo e a sua linguagem. Palavras-chave Educador; Corpo; Discursos educacionais; Educação alternativa; Construtivismo Abstract In the seventies...