Página 1 dos resultados de 490 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Descrição da estrutura anatômica do lenho e sua aplicação na identificação de espécies arbóreas do cerrado e da Mata Atlântica do Estado de São Paulo.; Description of the anatomical structure of the log and its application in the identification of arboreal species from the cerrado and the mata atlântica of the state of São Paulo.

Cury, Graziela
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/07/2002 PT
Relevância na Pesquisa
46.71%
A biodiversidade do Brasil é assunto que vem cada vez mais sendo discutido no sentido da sua preservação, conservação e uso sustentável. A anatomia da madeira, importante ramo da dendrologia, é uma ferramenta essencial para a determinação da composição florística, porque a identificação taxonômica é restringida e limitada pela dificuldade de se encontrar material reprodutivo ou flores nas espécies arbóreas, além da falta de informações sobre a verdadeira identidade das árvores quando jovens e o acesso difícil em campo. Pelo exposto, este projeto de pesquisa tem como objetivos relacionar as espécies florestais mais importantes do cerrado e mata atlântica do Estado de São Paulo, coletar amostras de lenho para a caracterização anatômica macro e microscópica, desenvolver uma chave de identificação dessas espécies e proporcionar um melhor conhecimento dos ecossistemas florestais que ocorrem no Estado de São Paulo. Na Estação Ecológica de Ibicatu, na Reserva Estadual de Porto Ferreira, no Arboreto Experimental da Duratex, na Estação Experimental de Tupi na Estação Experimental de Santa Rita do Passa Quatro, na Reserva Florestal de Santa Genebra e na área do Sítio São Luiz (Jundiaí – SP) foram coletados materiais botânicos e amostras de madeira por método não destrutivo...

Macrofauna edáfica em ecossistemas preservados e degradados de araucária no Parque Estadual de Campos do Jordão, SP.; Soil macrofauna in preserved and degraded araucaria ecosystems in the State Park of Campos do Jordão, SP, Brazil.

Merlim, Analy de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/03/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.5%
A Araucaria angustifolia (Bertoloni) O. Ktze. é uma espécie de elevado valor sócio-econômico e ambiental, característica da floresta subtropical brasileira. Por sua excelente qualidade e ampla utilização de sua madeira ela tem sido uma das espécies nativas mais exploradas no Brasil. Atualmente, encontra-se presente na lista oficial de espécies da flora brasileira ameaçadas de extinção, exigindo emprego imediato de tecnologias visando sua manutenção e recuperação. O objetivo desse trabalho foi estabelecer as alterações da comunidade da macrofauna edáfica decorrentes do manejo e da ação do fogo em ecossistemas com araucária nativa e ecossistemas com araucária introduzida, no município de Campos do Jordão (SP). A macrofauna foi coletada em superfície amostral de 25 x 25 cm, nas profundidades do solo de 0-10, 10-20 e 20-30 cm e na serapilheira. Os pontos de amostragens ficaram distanciados 10 metros entre si, ao longo de um transecto determinado ao acaso. Foram coletadas dez amostras por ecossistema, nos meses de outubro de 2002 e março de 2003, caracterizados como sendo de período seco e período chuvoso, respectivamente. Alterações na densidade e diversidade da macrofauna do solo foram observadas nos ecossistemas que sofreram intervenção na sua cobertura vegetal. A ocorrência do fogo acarretou em baixa qualidade da serapilheira...

O processo de regeneração natural e a restauração de ecossistemas em antigas áreas de produção florestal; The process of natural regeneration and ecosystem restoration in former forest production areas

Martins, Andreza Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/05/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.6%
Em empresas florestais que plantam florestas de rápido crescimento voltadas ao abastecimento industrial, é comum, hoje em dia, a existência de áreas de plantios comerciais que devem ser revertidos para áreas de vegetação natural. Entretanto, dependendo das condições locais e do contexto da paisagem, nem sempre os processos naturais de regeneração são suficientes para garantir que a vegetação natural se desenvolva e se auto-sustente nessas áreas. Este estudo avaliou os processos de regeneração natural e a efetividade de algumas técnicas de restauração florestal para indicar a melhor estratégia aplicável em larga escala, em áreas anteriormente manejadas com as culturas de Eucalyptus sp e Pinus sp, que foram abandonadas com o intuito de serem incorporadas como reservas legais. O projeto foi desenvolvido no município de Borebi, SP, em duas fazendas, sendo uma em ecossistema de cerrado latu sensu e outra de floresta estacional semidecidual. Em cada área foi instalado um experimento em blocos ao acaso, com cinco repetições e cinco tratamentos, com parcelas de 30 x 30m. Os tratamentos foram: T1: controle, T2: semeadura direta de dez espécies florestais de rápido crescimento; T3: plantio convencional de 19 espécies florestais de crescimento lento...

Estimativas de biomassa e carbono e indicadores para restauração de florestas secundárias em Paragominas, Pará; Biomass and cabon estimations and ecological indicators for secondary forest restoration in Paragominas, Pará

Nunes, Sâmia do Socorro Serra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.64%
Os ecossistemas florestais são considerados reservatórios de carbono e têm sido apontados como alternativas para redução de gases do efeito estufa, principais responsáveis pelas mudanças climáticas globais, devido ao acúmulo de biomassa em seus tecidos durante seu desenvolvimento. Assim, surgiu uma grande demanda por pesquisas que quantifiquem o potencial dos ecossistemas florestais - principalmente as florestas secundárias - em sequestrar carbono da atmosfera e por investimentos em recuperação de áreas degradadas. Desta forma, este estudo tem como objetivo comparar florestas do município de Paragominas, Pará, em seis diferentes estágios de desenvolvimento: uma floresta primária e florestas secundárias com 4, 10, 15, 20 e 25 anos de abandono. A comparação entre as florestas se deu por meio da estimativa de carbono e biomassa, de indicadores ecológicos para fins de restauração florestal e de análises espectrais usando imagens de satélite Landsat. Para isso foi realizado um inventário florestal nas regiões de interesse, utilizando 32 parcelas experimentais. Os dados de DAP e altura coletados no inventário foram utilizados no cálculo de biomassa e carbono por meio de equações alométricas. Dados do inventário também foram utilizados para a elaboração dos indicadores para fins de restauração florestal...

Fatores abióticos definidores da distribuição dos diferentes tipos florestais (floresta paludícula, floresta estacional semidecídua ribeirinha e cerradão), nos municípios de Batatais e Restinga, SP; Abiotic factors determining the distribution of different types of forests (swamp forest, semi-deciduous riverine forest and forested savanna) in the cities of Batatais and Restinga, northeast of São Paulo State, in Brazil.

Korman, Vânia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.49%
Com o objetivo de compreender quais fatores abióticos determinam a ocorrência das diferentes formações florestais na região de Batatais, entre as coordenadas 20038S e 20058S e 47037W e 47028W, foram escolhidas três propriedades agrícolas (Fazenda Monte Belo, em Restinga, SP e Fazenda Magnólia e Sítio Pratinha, em Batatais, SP), que apresentavam remanescentes florestais representativos da região (floresta ribeirinha paludícula, floresta estacional semidecídua ribeirinha e cerradão). Para descrever a composição florística e a estrutura da comunidade arbórea foram amostradas 05 parcelas de 10 x 10 m ao redor de cada estação tensiométrica. Para o estudo dos fatores abióticos foram determinados os parâmetros físicos e químicos dos solos e as curvas de retenção de água nos solos e piezometria. A discriminação das variáveis abióticas e de vegetação foi feita através da análise de componentes principais (PCA) e, na correlação entre a abundância de espécies e fatores abióticos, foram feitas análises diretas de gradiente por meio de Análise de Correlação Canônica (CCA). A textura dos solos (teores de argila, silte e areia) e a posição no terreno (cota), foram as variáveis ambientais mais importantes na distribuição das espécies e nas variações das fisionomias florestais...

Engenheiros dos ecossistemas em plantas: modificações arquiteturais de folhas por largatas de Lepidoptera influenciam a estrutura de comunidades de artrópodes

Vieira, Camila
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 85 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Biologia Animal - IBILCE; Engenharia dos ecossistemas é um processo em que organismos modificam a distribuição de recursos (i.e, disponibilizando novos habitats) para outras espécies via interação não trófica. Lagartas de Lepidoptera enroladoras de folhas podem atuar como engenheiros dos ecossistemas florestais, uma vez que são capazes de modular interações entre comunidade artrópode – planta fornecendo aos colonizadores secundários diversos tipos de benefícios. Essas lagartas quando engenheiras influenciam o padrão de distribuição e abundância de outras espécies facilitando indiretamente a ocorrência de novas espécies, bem como aumentam a diversidade de artrópodes sobre planta. Apesar de estudos terem demonstrado que lagartas engenheiras ampliam a diversidade de artrópodes sobre folhas (efeito local), apenas um estudo avaliou o efeito na planta por inteiro (efeito regional), mas apenas para guildas específicas (i.e., herbívoros); nenhum estudo até agora avaliou como comunidades diversificadas, de regiões tropicais, respondem aos impactos de lagartas engenheiras. Nesse estudo reportamos a influência das lagartas enroladoras sobre comunidades de artrópodes em grande escala espacial (i.e....

O estado da arte da ecologia da restauração e sua relação com a restauração de ecossistemas florestais no bioma Mata Atlântica

Oliveira, Renata Evangelista de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xix, 241 f. : il. color., gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.79%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciência Florestal - FCA; O presente trabalho teve como objetivos (i) Levantar e analisar as pesquisas desenvolvidas em ecologia da restauração, com foco nos pressupostos para o desenvolvimento da restauração ecológica; (ii) Analisar o estado da arte da restauração florestal no Brasil, tendo como foco principal as publicações e ações de restauração de ecossistemas florestais no Bioma Mata Atlântica. Para isso, foi realizada (i) uma investigação teórico-conceitual, análise documental e cronológica com foco na restauração ecológica e na restauração florestal no Brasil, (ii) uma análise comparativa entre o arcabouço bibliográfico existente para a Ecologia da Restauração, em diferentes regiões no mundo e as publicações e ações realizadas no Brasil; (iii) uma análise da evolução histórica da pesquisa em restauração florestal no Brasil, com foco no Bioma Mata Atlântica; (iv) o desenvolvimento de uma metodologia para análise situacional de estudos de caso (projetos e ações em restauração florestal); (v) o levantamento de indicadores de monitoramento e avaliação, para discussão sobre os atributos de ecossistemas restaurados e de características de uma boa restauração ecológica. No Capítulo I foram analisados 617 artigos e 76 textos editoriais...

Valoração de danos ambientais em ecossistemas florestais

Vieira, João Pedro Pinheiro
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 115 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
46.44%
Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Perícias Criminais Ambientais, Florianópolis, 2013.; A perícia criminal ambiental é a etapa do processo de apuração de delitos contra o meio ambiente responsável por avaliar os danos ambientais e as consequências para o ecossistema. Uma das grandes dificuldades enfrentadas pelos peritos é a valoração dos danos ambientais. Apesar da diversidade de métodos disponíveis, a maioria deles é demorada e dispendiosa, exigindo extensos levantamentos de campo e análises de dados, o que inviabiliza sua aplicação no cotidiano dos órgãos oficiais de perícia no País, que, de forma geral, contam com um quadro reduzido de profissionais e com recursos materiais limitados. Nos casos de exames periciais envolvendo supressão de vegetação (desmatamentos), o método do custo de reposição é atualmente um dos mais utilizados por peritos em diversas regiões do País, por sua simplicidade e rapidez de aplicação. Este método consiste em levantar os custos necessários para a reposição da vegetação na área degradada, atribuindo estes custos ao valor do dano ambiental. No entanto, os resultados obtidos tendem a ser subestimativas...

Grandes incêndios florestais em Portugal Continental como resultado das perturbações nos regimes de fogo no mundo mediterrâneo; Large forest fires in Portugal Mainland as a result of fire disturbances in fire regime in mediterranean world

Leite, Flora Ferreira; Gonçalves, António Bento; Lourenço, Luciano; Úbeda, Xavier; Vieira, António A. B.
Fonte: Unidade de Silvicultura e Produtos Florestais Publicador: Unidade de Silvicultura e Produtos Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.44%
Embora o fogo tenha moldado os ecossistemas Mediterrâneos, os regimes de ocorrência de fogo, isto é, a sua frequência e intensidade, modificaram-se, tendo contribuído para um cenário onde os incêndios se tornaram não só mais prováveis de ocorrer, mas também mais difíceis de extinguir. Em Portugal, o número dos grandes incêndios florestais (≥100ha), ainda que seja estatisticamente irrelevante quando comparado com o total de ocorrências (0,8% no período entre 1981 e 2010), é, no entanto, o responsável pela maioria da área ardida anualmente, ou seja, por 73% da referida área ardida, no mesmo período. Apesar de, nos últimos anos, não haver um aumento, estatisticamente significativo, do seu número, verifica-se, ainda assim, uma ligeira tendência para o aumento da dimensão dos grandes incêndios florestais de maior extensão, tanto mais vincada quanto maior a sua grandeza.; Although the fire has shaped the Mediterranean ecosystems, the occurrence of fire regimes, i.e., their frequency and intensity, have changed, and contributed to a scenario where fires have become not only more likely to occur, but also more difficult to extinguish. In Portugal, the number of large fires (≥100ha), although statistically irrelevant when compared with the total occurrences representing the past 3 decades only 0.8% of cases...

Post-fire vegetation regeneration in Portugal : implications for management; Regeneração da vegetação após o fogo em Portugal : implicações para a gestão

Maia, Paula Alexandra Aquino
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
ENG
Relevância na Pesquisa
46.71%
This thesis aims at improving the knowledge on the post-fire vegetation regeneration. For that, forests and shrublands were studied, after forest fires and experimental fires. Maritime Pine (Pinus pinaster) recruitment after fire was studied. Fire severity was evidenced as a major effect on this process. High crown fire severity can combust the pines, destroying the seed bank and impeding post fire pine recruitment. However, crown combustion also influences the post-fire conditions on the soil surface, since high crown combustion (HCC) will decrease the postfire needle cast. After low crown combustion (LCC) (scorched rather than torched crowns), a considerable needle cover was observed, along with a higher density of pine seedlings. The overall trends of post-fire recruitment among LCC and HCC areas could be significantly attributed to cover by needles, as well by the estimation of fire severity using the diameters of the burned twigs (TSI). Fire increased the germination from the soil seed bank of a Pinus pinaster forest, and the effects were also related with fire severity. The densities of seedlings of the dominant taxa (genus Erica and Calluna vulgaris) were contrastingly affected in relation to the unburned situation, depending on fire severity...

Os Fungos no Funcionamento dos Ecossistemas Florestais

Santos-Silva, Celeste; Machado, Helena
Fonte: Associação de Defesa do Património de Mértola Publicador: Associação de Defesa do Património de Mértola
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
46.44%
Os fungos no funcionamento dos ecossistemas Florestais: Papel dos fungos sapróbios na degradação da matériaorgânica Papel dos fungos micorrízicos na nutrição e saúde das árvores Diversidade fúngica e estabilidade das florestas Relações entre os fungos e os animais Doenças radiculares associadas ao declínio do montado de sobro e azinho

O impacto da agricultura itinerante no bem-estar das populações rurais e nos ecossistemas naturais e semi-naturais de Timor-Leste

Jesus, Maria; Henriques, Pedro; Laranjeira, Pedro; Narciso, Vanda
Fonte: Hawthorn: Swinburne Press Publicador: Hawthorn: Swinburne Press
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
56.86%
Assiste-se todos os anos à destruição de milhares de hectares da floresta em consequência da prática de agricultura itinerante de “slush and burn”ou “desmatamento e queima”. Esta actividade causa alterações nos ecossistemas florestais devido à destruição do coberto vegetal e consequentes alterações na fertilidade do solo. Em Timor-Leste, a agricultura itinerante ainda é hoje praticada como forma de agricultura de subsistência, em que se efectua essencialmente a plantação de culturas anuais. Com base na caracterização da agricultura itinerante em dois sucos do distrito de Bobonaro, Timor-Leste, reflecte-se sobre o impacto dessa prática no desenvolvimento sustentável dos ecossistemas florestais de Timor-Leste. A recolha da informação primária foi realizada através de inquérito por questionário aos agricultores praticantes de agricultura itinerante. O questionário caracterizou o método de agricultura itinerante, ouviu a opinião dos agricultores sobre o derrube e queima das áreas florestais e sobre a importância da floresta. Palavras-chave: agricultura itinerante; ecossistemas florestais; sustentabilidade; Timor-Leste

Modelos e sistemas de decisão em análise de cenários florestais no Alentejo

Borges, Paulo Jorge de Almeida
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.61%
Tese de mestrado, Investigação Operacional, Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2010; Os ecossistemas de sobreiro (Quercus suber L.) e azinheira (Quercus rotundifolia) são característicos da floresta mediterrânica portuguesa e o seu principal produto, a cortiça, é um dos mais valiosos produtos no sector florestal português. Este trabalho irá focar-se nas técnicas usadas para este tipo de ecossistemas. Tanto o modelo de programação linear como a arquitectura do sistema de apoio à decisão (SAD) serão abordados. O modelo matemático inclui objectivos como por exemplo, o valor actual líquido (VAL), fluxos de cortiça e madeira e ainda armazenamento de carbono. O SAD, engloba uma estrutura modular, composto por um sistema de base de dados (INfLOR2.1), gerador de prescrições, um módulo de análise de cenários e uma interface gráfica. Os resultados são discutidos para uma aplicação de larga escala envolvendo mais de 1 milhão de hectares de sobreiro e azinheira, ecossistemas florestais no Sul de Portugal. Esta abordagem demonstra a utilidade e relevância das plataformas tecnológicas para a integração efectiva dos dados, informações e modelos, fornecendo simulações e resultados que os decisores podem usar para orientar as suas decisões.; Cork oak (Quercus suber L.) and holm oak (Quercus rotundifolia ) ecosystems are characteristic of Mediterranean forestry in Portugal...

Variabilidade genética de Genipa americana L. pertencente ao baixo curso do rio São Francisco

Rabbani,Allívia Rouse Carregosa; Silva-Mann,Renata; Ferreira,Robério Anastácio
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.44%
A utilização de marcadores genéticos em estudos de caracterização de ecossistemas florestais permite avanços no entendimento genético das populações naturais, bem como auxilia na definição de estratégias de recuperação ou restauração florestal. Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a diversidade genética entre 18 indivíduos de Jenipapo (Genipa americana L.) procedentes da região do Baixo São Francisco sergipano por meio de marcadores RAPD. Para a amplificação do material genético foram utilizados 12 oligonucleotídeos para análise da diversidade. Pelo índice de Jaccard, a similaridade genética média (Sgm) entre os indivíduos foi de 60,4% sendo que, a maior obtida foi identificada entre os indivíduos G11 e G12 (83,6%±0,03) e a menor entre os indivíduos G4 e G18 (36,5%, ±0,02). Com base na Sgm (78,4%), sete pares indivíduos foram considerados geneticamente semelhantes. A partir destas análises, os indivíduos podem ser utilizados como matrizes fornecedoras de sementes em combinação com outros indivíduos em programas de restauração de áreas degradadas, porém devem compor áreas distantes.

Distribuição espacial de microrganismos e fertilidade em solos de dois ecossistemas florestais

Osaki, Flora
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
56.77%
Este trabalho contempla o solo como substrato e não somente como fonte nutricional, mas com vida, portanto dinâmico em seu ambiente, oportunizando uma discussão da microbiologia e suas interações com o meio. O objetivo do trabalho foi avaliar a distribuição vertical e horizontal da fertilidade química e da população de microrganismos de solo em dois ecossistemas florestais: Floresta Ombrófila Mista e povoamento florestal com Pinus taeda L., em Tijucas do Sul/PR. Foram estudadas: umidade, populações de bactérias, fungos, actinomicetos, solubilizadores de fosfato, celulolíticos e biomassa microbiana, sob condições de inverno e de verão e em três profundidades (serapilheira, zona de transição e solo). A condição nutricional da serapilheira, a fertilidade na zona de transição e no solo foram estudadas no verão. A toposequência da Floresta Ombrófila Mista foi dividida em plana, meia encosta e topo e em cada uma delas foi alocado um bloco de 10.000 m2, subdividido em cem unidades. Foram sorteadas aleatoriamente cinco unidades amostrais que compuseram as amostras simples, sendo homogeneizadas e formaram uma unidade amostral composta por bloco e encaminhadas ao laboratório. O relevo da área do povoamento florestal com pinus caracterizou-se como plano...

CARACTERIZAÇÃO MORFOLÓGICA DE FRUTOS, SEMENTES, PLÂNTULAS E MUDAS DE PAU-BRASIL (Caesalpinia echinataLAMARCK)1

Ferreira,Robério Anastacio; Barretto,Soraia Stefane Barbosa
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
46.39%
RESUMOEstudos relacionados à morfologia vegetal com espécies florestais nativas têm sido ampliados nos últimos anos, em face da sua importância sob os aspectos taxonômicos ou por serem de grande utilidade na identificação de frutos, sementes, plântulas e mudas, em laboratórios de análises de sementes, em viveiros de produção de mudas ou em estudos que avaliem a regeneração natural em ecossistemas florestais. Porém, diante da grande diversidade de espécies, ainda não é possível encontrar informações suficientes para subsidiar tais estudos e nem coleções em herbários para um grande número de espécies nativas. Assim, este trabalho foi realizado com o objetivo de caracterizar morfologicamente frutos, sementes, plântulas e mudas de pau-brasil (Caesalpinia echinata Lam.) – Fabaceae, Subfamília Caesalpinioideae. Foram realizadas, inicialmente, avaliações das características morfométricas e morfológicas externas e internas dos frutos e sementes. Em seguida, foram realizadas descrições do desenvolvimento inicial de plântulas e mudas. Considerando-se as análises descritivas da espécie, as informações de frutos, sementes, plântulas e mudas podem ser empregadas com segurança em trabalhos de identificação das espécies...

Regeneração natural visando á restauração de matas ciliares

Carvalho, Roberta Von Dollinger de Melo
Fonte: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal; UFLA; brasil; Departamento de Ciências Florestais Publicador: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal; UFLA; brasil; Departamento de Ciências Florestais
Tipo: Dissertação
Publicado em 06/11/2015 POR
Relevância na Pesquisa
56.64%
The restoration of altered areas using natural regeneration is an important process for establishing and developing a forest ecosystem. Therefore, studies regarding the evaluation of the success of adopted practices using natural regeneration are needed. The present work was developed in four demonstrative restoration units of plant coverage from the PIDF-SF project denominated “Surubim”. The work was conducted in pasture areas exposed to disturbances caused by extensive livestock farming in the municipalities of Arcos and Pains, within center-west Minas Gerais, Brazil. The municipalities are a part of the Cerrado and Atlantic Forest biomes, presenting a Semideciduous Seasonal Forest phytophisiognomy. The objective of this work was to analyze the development of the demonstrative units of the natural regeneration models, and indicate if the model is capable of stimulating the restauration process of plant coverage in altered pasture areas. The demonstrative units of plant coverage restauration were implanted in 2007. The evaluations of natural regeneration and arboreal extract were performed in 2010, 2011 and 2014, using the permanent plot method. The individuals were marked with numbered aluminum platelets, identified and classified according to ecological group and dispersion syndromes. For each individual...

Different forest coverings influence in the soil fauna at Flona Mário Xavier municipality of Seropédica-RJ; INFLUÊNCIA DE DIFERENTES COBERTURAS FLORESTAIS NA FAUNA DO SOLO NA FLONA MÁRIO XAVIER, NO MUNICÍPIO DE SEROPÉDICA, RJ

Fernandes, Milton Marques; Magalhães, Luis Mauro Sampaio; Pereira, Marcos Gervasio; Correia, Maria Elizabeth Fernandes; Brito, Roberto Josino de; Moura, Márcia Rodrigues de
Fonte: FUPEF DO PARANÁ Publicador: FUPEF DO PARANÁ
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 22/09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.6%
This study aims to develop a seasonal evaluation of different forest covering influence (secondary forest, sabiá and andiroba manmade forest) on soil fauna of a Haplic Albaqualf. The soil fauna was collected with pitt fall traps along 7 days and randomly distributed. Temperature and soil wet was observed with a geothermomether and by gravimetric method respectively right in the day of traps setting. Litter intake reduction at autumn promotes a microclimatic stress in soil interface – soil-litter and food for soil fauna, adversely affecting the activity and the Shannon & Pileau index. Andiroba and Sabiá manmade forest had been similar and the secondary forest presented little similarity, which reflects diversity of the floristic areas. Formicidae and Collembola were the dominant taxonomic groups in the evaluated areas.; Este trabalho objetiva avaliar a influência de diferentes coberturas florestais (floresta secundária, plantio de sabiá e plantio de andiroba) sazonalmente na fauna edáfica de um Planossolo Háplico. A fauna do solo foi coletada através de armadilhas do tipo pitt fall durante 7 dias, distribuídas aleatoriamente. Foi monitorada a temperatura do solo com um geotermômetro e a umidade do solo pelo método gravimétrico no dia da instalação das armadilhas. A redução do aporte de serapilheira no outono promove um estresse na condição microclimática na interface solo-serapilheira e de alimento para a fauna edáfica...

APLICAÇÃO DE K-NEAREST NEIGHBOR EM IMAGENS MULTISPECTRAIS PARA A ESTIMATIVA DE PARÂMETROS FLORESTAIS; Application of k-nearest neighbor on multispectral images to estimate forest parameters

Alves, Marcos Vinicius Giongo; Università del Molise; Chiavetta, Ugo; Università del Molise; Koehler, Henrique Soares; Universidade Federal do Paraná; Machado, Sebastião do Amaral; Universidade Federal do Paraná; Kirchner, Flávio Felipe; Universidad
Fonte: FUPEF DO PARANÁ Publicador: FUPEF DO PARANÁ
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 13/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.47%
Natural resources management requires several parameters estimate in order to support the identification of the best alternatives to  forest areas management. In particular, forest ecosystems require a complex and increasing set of descriptive information, where forest inventories put up important information, however not in a continuous spatial way. Lately, several scientific researches have been focusing on establishing methodologies to relate data from field to those obtained from multispectral images. Modeling these relations can extend the estimates of forest inventory data to not sampled areas. This research evaluated performance of non-parametric analysis using the K-Nearest Neighbor (k-NN) on SPOT 5 images. It evaluated the results obtained from the spatialization of some forest attributes in a forest area located at Molise, Italy. Among several methodologies for spatial distance calculations, the use of multiregressive non-parametric distances revealed the best results. Density and number of species on the ground revealed a Pearson correlation coefficient of r = 0.58 as compared to data obtained from multispectral images, lightly lower than the obtained for basal area and volume, which were r = 0.62 and 0.71, respectively.; A gestão dos recursos naturais requer a estimativa de uma série de parâmetros para o apoio da identificação de alternativas mais adequadas para a gestão e manejo das áreas florestais. Em particular...

Grandes Incêndios Florestais em Portugal Continental como Resultado das Perturbações nos Regimes de Fogo no Mundo Mediterrâneo

Ferreira-Leite,Flora; Bento-Gonçalves,António; Lourenço,Luciano; Úbeda,Xavier; Vieira,António
Fonte: Unidade de Silvicultura e Produtos Florestais Publicador: Unidade de Silvicultura e Produtos Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.44%
Embora o fogo tenha moldado os ecossistemas Mediterrâneos, os regimes de ocorrência de fogo, isto é, a sua frequência e intensidade, modificaram-se, tendo contribuído para um cenário onde os incêndios se tornaram não só mais prováveis de ocorrer, mas também mais difíceis de extinguir. Em Portugal, o número dos grandes incêndios florestais (=100ha), ainda que seja estatisticamente irrelevante quando comparado com o total de ocorrências (0,8% no período entre 1981 e 2010), é, no entanto, o responsável pela maioria da área ardida anualmente, ou seja, por 73% da referida área ardida, no mesmo período. Apesar de, nos últimos anos, não haver um aumento, estatisticamente significativo, do seu número, verifica-se, ainda assim, uma ligeira tendência para o aumento da dimensão dos grandes incêndios florestais de maior extensão, tanto mais vincada quanto maior a sua grandeza.