Página 1 dos resultados de 35 itens digitais encontrados em 0.051 segundos

Aplicação dos indicadores ethos de responsabilidade social empresarial: estudo de caso com uma empresa da economia de comunhão; Application of indices from Ethos Institute for Business and Social Responsibility: a case study with an economy of sharing enterprise

Silveira, Natani Carolina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
106.29%
Diante do atual cenário político, econômico e social, permeado pela intensa competitividade, novas propostas de estilos de gestão estão emergindo no meio empresarial. No âmbito social, essas propostas tornam-se cada vez mais importantes e as organizações assumem o papel de resgatar os valores humanitários e as condições sociais do indivíduo. Desta forma, as organizações se tornam agentes de mudança e co-responsáveis pela reconstrução da cidadania e do bem-estar social. Este trabalho visa identificar e caracterizar dois tipos de propostas de gestão social: a Responsabilidade Social Empresarial e a Economia de Comunhão. Ambas surgem no contexto de amenizar a exclusão social, erradicar a pobreza e diminuir a disparidade presente no cenário contemporâneo. O objetivo deste trabalho é aplicar os Indicadores Ethos de Responsabilidade Social Empresarial em uma empresa que adotou um novo estilo de abordagem social: a Economia de Comunhão. A partir da aplicação dos indicadores, será possível mensurar e identificar as ações desenvolvidas por esta empresa e também avaliar se a prática dessas ações sociais atendem os preceitos da Responsabilidade Social Empresarial.; According to the current social, politic, and economic scenario...

Comunicação organizacional integrada: alicerce intrínseco da economia de comunhão; Comunicação organizacional integrada: alicerce intrínseco da economia de comunhão

Medrano, Jorge Arturo Villena
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2007 PT
Relevância na Pesquisa
106.42%
Este trabalho tem por objetivo analisar as formas e relações de comunicação organizacional integrada dentro da perspectiva da Economia de Comunhão numa empresa brasileira. A Economia de Comunhão (EdC), é um projeto de caráter sócio-econômico que nasce a partir da experiência do Movimento dos Focolares, um movimento civil e eclesial. Hoje a EdC encontra-se dispersa por cerca de 40 países envolvendo quase 800 empresas. A comunicação organizacional integrada no contexto da Economia de Comunhão apresenta características peculiares. Analisar as formas e relações de comunicação em que se desenvolvem na prática nos permite enxergar a importância dessa nova maneira de agir no campo econômico e social. A partir do método fenomenológico e do estudo de caso penetramos na realidade da empresa com essa filosofia para constatar na prática aquilo que na concepção ideológica da proposta é apresentada. O estudo envolve conceitos ainda pouco abordados pela academia como Cultura do Dar, homem novo e outros, que aprofundados nos revelam uma praxe comunicacional baseada na partilha.; The purpose of this study is to analyze forms and relations of integrated organizational communication into the Economy of Communion perspective...

O sentido do trabalho na economia de comunhão

Santos, Heliani Berlato Dos
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
96.44%
O tema sentido do trabalho é algo que vem sendo estudado por vários autores, internacionais e nacionais. Essa atenção a ele dedicada decorre das importantes transformações que têm ocorrido no mundo do trabalho, onde novas formas de organização surgem, atreladas a modificações em sua natureza. Diante disso, entender o sentido que trabalhadores contemporâneos atribuem ao seu trabalho é algo relevante, mormente se considerado que estes trabalhadores desenvolvem suas atividades produtivas em empresas que apresentam alguns aspectos peculiares dentro do contexto capitalista. Trata-se de empresas que buscam uma alternativa ao modelo administrativo vigente na maioria das organizações, que propõem um estilo de agir econômico com as características da gratuidade, da abertura ao outro e da solidariedade, apesar de atuarem, principalmente, em setores econômicos com fins lucrativos. São elas conhecidas como empresas participantes da proposta de economia de comunhão, a qual visa ao oferecimento de uma resposta ao drama da extrema pobreza das populações, que estão privadas dos direitos humanos mais fundamentais, e constitui-se, ainda, em um esforço de integração entre a gestão de empresas e os princípios contidos em uma base religiosa para transformar o modelo econômico dominante. Não se confunde a proposta da economia de comunhão...

Explorando relações entre economia de comunhão e desenvolvimento local : estudo de caso de duas empresas instaladas no Pólo Spartaco, região metropolitana de São Paulo

Biehl, Caroline
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.35%
O presente trabalho teve como principal objetivo analisar a relação entre a experiência de Economia de Comunhão no Pólo empresarial Spártaco, localizado na região de Cotia/SP e o Desenvolvimento Local na região. A pesquisa desenvolveuse a partir de uma abordagem qualitativa de caráter exploratório através de Estudo de Caso. Além da análise de referencial teórico a respeito do tema e coleta de dados secundários, foram feitas 3 (três) entrevistas semiestruturadas em profundidade com os responsáveis pelas empresas e com uma funcionária participante da Associação de Funcionários do Pólo Spartaco. Para a interpretação dos dados coletados, utilizou-se a análise de conteúdo. Os resultados encontrados revelam que os impactos gerados através da inserção destas empresas no Projeto Economia de Comunhão transformam a vida dos atores envolvidos, entretanto não se pode concluir que exista uma relação direta entre Economia de Comunhão e Desenvolvimento Local na forma como é conceituado pelos principais autores.

A partilha do lucro nas empresas de economia de comunhão

Salgueiro, William Braathen
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.35%
Em 1991, foi fundado o projeto Economia de Comunhão com o objetivo de erradicar a pobreza e as injustiças sociais através de uma nova forma econômicosocial que liga a empresa (o motor do desenvolvimento econômico) e a miséria (aqueles excluídos do desenvolvimento). Para isto foi criado uma rede de empresas que entre outros aspectos são convidadas a partilhar livremente seu lucro em três partes: uma parte para os mais pobres, outra para a promoção de “homens novos” e uma terceira parte a ser reinvestida na própria empresa. Este trabalho teve o objetivo de examinar a práxis da partilha dos lucros como fundamento de empresas de Economia de Comunhão. Para isso foram analisados relatórios da Economia de Comunhão (EdC) e elaborado um questionário base que foi enviado para alguns empresários de EdC. Cinco deles aceitaram participar do estudo respondendo o questionário e eventuais dúvidas que surgiram ao longo do contato. Através da análise da partilha dos lucros nas empresas de EdC e de uma análise mais aprofundada nas empresas estudadas foi identificado que é necessário rever a partilha dos lucros como distintivo destas empresas ou se outras características destas empresas possuem um maior relevo.; The Economy of Communion project first began in 1991...

Tensão ética entre racionalidades : uma abordagem a partir da experiência da economia de comunhão

Barros, Silvia Marti
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.21%
O presente trabalho teve como principal objetivo compreender de que modo os membros (administradores e administrados) de uma empresa vinculada ao projeto Economia de Comunhão (EdC) enfrentam a ordinária tensão ética oriunda de modos distintos de racionalidade (instrumental e substancial) enquanto realizam as suas atividades de trabalho. Trata-se de uma pesquisa exploratória, de caráter qualitativo, realizada com ênfase no estudo de caso, e a etapa de coleta de dados efetivada com recurso a entrevistas semi-estruturadas (realizadas com representantes de todos os níveis hierárquicos da Metalsul - uma indústria do setor-metalmecânico situada em Joinville, Santa Catarina), à observação participante e à análise documental. Para a interpretação dos dados coletados, utilizou-se a análise de conteúdo, centrada nas categorias presentes no quadro teórico referencial. Os resultados da pesquisa dão conta de que, ao adotar a EdC como modelo de referência para o agir pessoal e para o agir econômico, a empresa rompe com a primazia da lógica instrumental, permitindo aos membros da organização conduzirse como um sujeito ético, e à empresa ser reconhecida, no mercado, como uma empresa ética. Consequentemente, admite-se...

Interferência da economia de comunhão nas evidenciações de responsabilidade social das empresas

Chiarello, Rosicler Fátima
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: f.; 75 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.42%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Curso de Ciências Contábeis; A conscientização da sociedade com relação ao comportamento dos gestores das empresas diante do meio ambiente, das relações com os colaboradores e com o bem-estar da população faz com que as organizações busquem mudar o estilo de gestão, incorporando valores e ações antes não consideradas. A contabilidade, preocupada com a divulgação das informações úteis aos gestores e aos usuários internos e externos, utiliza-se do Balanço Social, demonstrativo que evidencia os indicadores sociais das empresas. Numa perspectiva de solidariedade, comunhão de bens e liberdade, surgiu o projeto Economia de Comunhão. O projeto entra no âmago da responsabilidade social, vai além, difundindo uma cultura de partilha. Empresas envolvidas com o projeto mudam o modo de agir, partilham as próprias receitas e os próprios recursos com o próximo que se encontra necessitado, num relacionamento de igual dignidade. Explorando esses temas, aborda-se o seguinte problema: como as empresas podem evidenciar a economia de comunhão nas demonstrações contábeis? Em face dessa discussão, enfatiza-se o objetivo geral e os específicos para o desenvolvimento desta monografia. O método utilizado para a pesquisa adotou a abordagem qualitativa...

Economia de Comunhão: uma forma socialmente responsável de distribuição do lucro

Giacomini, Andréia de Melo
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: f.; 62 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.45%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Curso de Ciências Contábeis; A Contabilidade é uma ciência social que tem como objetivo prestar informações aos seus usuários. Desta forma, a crescente preocupação em evidenciar ações sociais e ambientais desenvolvidas pelas empresas deu origem à publicação do Balanço Social, demonstração na qual se pode visualizar a responsabilidade social empresarial. O projeto de Economia de Comunhão, que tem como sigla EdC, segue uma maneira responsável de viver a atividade corporativa, uma vez que se baseia na comunhão dos bens e na luta por uma sociedade com menos desigualdades sociais. Defende uma cultura voltada a partilha dos lucros, onde além de garantir a continuidade da organização, os lucros são empregados em ajuda das pessoas necessitadas e na formação de “homens novos”. Assim, este trabalho busca evidenciar o desenvolvimento do projeto de Economia de Comunhão – EdC no Brasil e no mundo, seguindo a trajetória metodológica que é dividida em três fases: a primeira compreende a fundamentação teórica; a segunda é constituída pela análise parcial dos dados estatísticos da Economia de Comunhão – EdC no Brasil e no mundo relativo ao número de empresas e de trabalhos acadêmicos nesta área; a terceira e última fase é composta por um estudo de caso de uma empresa que faz parte do projeto e a apresentação de algumas modificações em um modelo de Balanço Social utilizado no Brasil. No final verificou-se a participação expressiva do Brasil no projeto de Economia de Comunhão – EdC...

Economia de comunhão contributos de uma proposta para pensar a economia, reflectir o agir económico e ponderar o desenvolvimento

Lemos, Sandra Arson de Sousa
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
116.4%
Mestrado em Desenvolvimento, Diversidades Locais e Desafios Mundiais: Análise e Gestão; A presente dissertação de mestrado tem como ponto de partida o projecto Economia de Comunhão, fundado por Chiara Lubich e nascido no Brasil em 1991. Por ser uma proposta que desafia a ciência económica a revisitar alguns dos seus tradicionais postulados e porque essa abordagem tem implicações no actual debate sobre os conceitos de Desenvolvimento, este trabalho lança pistas de análise a estes dois níveis, sem deixar de apresentar as principais características e filosofia da Economia de Comunhão. Insere-se na linha de uma cultura de humanização da Economia, trazendo a esta ciência a possibilidade de encarar conceitos como Comunhão, Reciprocidade e Fraternidade.; The following master‟s dissertation has, as starting point, the Project Economy of Cmmunion, founded by Chiara Lubich in Brasil in 1991. As a proposal that challenges economic science to re-visit some of its traditional postulates and because that boarding has implications in the present debate about Development concepts, this work launches ways of analysis at both levels, but presenting also the main characteristics and Economy Communion philosophy. It is part of an Economy humanization culture...

Economia de comunhão e organizações de aprendizagem: compatibilidades conceituais

Sampaio,Marcelo Alves Lopes; Leitão,Sergio Proença
Fonte: Fundação Getulio Vargas Publicador: Fundação Getulio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
96.21%
RESUMO Com base em estudo anterior que sugeriu serem as empresas do projeto de economia de comunhão orientadas para a aprendizagem, principalmente pela qualidade de seus relacionamentos interpessoais e interorganizacionais, este artigo compara a prática daquelas empresas com o conceito de organizações de aprendizagem. Foram testadas 14 características conceituais de organizações de aprendizagem junto a funcionários e gerentes de quatro empresas do projeto, concluindo-se pela existência de considerável similaridade entre as duas concepções de organização.

Economia de comunhão e aprendizagem: uma perspectiva epistêmica

Villlardi,Beatriz Quiroz; Leitão,Sergio Proença; Marques,Deise
Fonte: Fundação Getulio Vargas Publicador: Fundação Getulio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
96.2%
Este artigo compara e analisa epistemologias pertinentes para orientar a teorização sobre as práticas do projeto de economia de comunhão (EdC). Considera estudos acadêmicos já publicados no Brasil sobre aquele projeto empresarial e econômico de orientação espiritual cristã. Para isso também considera a vocação de suas pequenas e médias empresas para a aprendizagem coletiva e examina os pressupostos subjacentes aos paradigmas de pesquisa em administração. Seu propósito é contribuir para a formulação de uma teoria sobre EdC.

Economia de comunhão no Brasil: a produção acadêmica em administração de 1991 a 2006

Leitão,Sergio Proença; Spinelli,Renée Assayag
Fonte: Fundação Getulio Vargas Publicador: Fundação Getulio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
96.2%
Este artigo, resultado de uma pesquisa bibliográfica, avalia a produção acadêmica em administração pública e de empresas, no Brasil, nos 15 anos de existência do Projeto de economia de comunhão. Observa que esta produção está concentrada, aqui e no exterior, em dissertações e teses, mas com temática dispersa. E discute visões teóricas e práticas que emergem dessa produção em crescimento contínuo.

Economia de comunhão: responsabilidade social, ideología e representações sociais

Carvalho,Maria Luisa; Guareschi,Pedrinho
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
106.21%
O artigo analisa um caso particular de responsabilidade social - a Economia de Comunhão (EdC) - buscando identificar as representações sociais (Moscovici, 2003) que a constituem e se as mesmas possuem ou não um caráter ideológico (Thompson, 1995). Os dados foram coletados através de visitas a empresas, participação em congressos, pesquisas documental e bibliográfica e a análise realizada a partir da hermenêutica da profundidade (Thompson, 1995). Os resultados indicaram que, através de representações de origem religiosa (lucro como benção divina), de outras já sedimentadas pelo capitalismo (ex. lucro como fruto da competência empresarial) e de representações emergentes (ex. empresário como modelo de ética e competência) a EdC cumpre, ideologicamente, a função de legitimar as mudanças nas relações de trabalho requeridas pelos modelos flexíveis de gestão e suprimir as contradições e conflitos sociais à medida que apresenta o empresário como o grande pai, capaz de oferecer sustento, proteção e afeto a pobres e trabalhadores

As práticas de gestão de pessoas nas empresas de economia de comunhão: estudo de caso no Polo Spartaco

Ladain,Maria Célia Vieira; Costa,Isabel de Sá Affonso da; Salles,Denise Medeiros Ribeiro
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
116.3%
Para que uma firma seja considerada empresa de economia de comunhão (EEdC), ela deve seguir princípios específicos, fundamentados nos valores da cultura da partilha, expressos na Carta de Princípios da Empresa de Economia de Comunhão (EdC). Este estudo teve por objetivo verificar se as empresas do Polo Spartaco coadunam os princípios expostos nessa carta, na prática cotidiana da gestão de pessoas, por meio de um estudo de caso descritivo, com abordagem qualiquantitativa, utilizando-se de entrevistas semiestruturadas com os gestores, aplicação de questionário aos funcionários, observação direta e evidências documentais. Os resultados apontam que as práticas de gestão de pessoas das empresas vinculadas ao Polo Spartaco, de fato, coadunam o discurso expresso na Carta de Princípios da EdC. Observou-se que suas práticas de gestão de pessoas, ainda que de forma pouco estruturada, são bem-sucedidas para gerar produtividade, engajamento, participação e consolidação de valores.

A difusão de empresas de economia de comunhão no mercado sob a ótica da teoria dos jogos

Lucas, Andreza Daniela Pontes; Ramos, Francisco de Sousa (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.21%
Gerir uma empresa em um ambiente dinâmico e de mudanças rápidas é uma tarefa desafiadora. No cenário atual a cada dia surgem novas empresas, enquanto que outras vão à falência. Em paralelo a este fato, percebe-se o agravamento das desigualdades sociais, e que a grande maioria das inovações tecnológicas contribuiu para melhorar a qualidade de vida de um grupo bastante restrito de pessoas, enquanto que a maior parte delas encontra-se em condições desfavoráveis. Neste contexto, em 1991 surgiu a Economia de Comunhão (EdC), formada por empresas que, dentre outras características, utilizam seus lucros para diminuir as desigualdades sociais, através da ajuda e formação de pessoas necessitadas. Neste trabalho se faz um estudo do ponto de vista de Teoria dos Jogos de como tem sido a inserção destas empresas no mercado com relação aos seus concorrentes e clientes, no sentido de se compreender se o processo de adesão à EdC tem sido favorável ou desfavorável ao desenvolvimento da empresa, para deste modo se analisar as perspectivas futuras do projeto. Nele é feita uma revisão da literatura existente sobre o assunto, posteriormente é analisado o que é o projeto e quais suas características. A seguir são estudados incentivos que podem levar empresários a optarem por este sistema de gestão...

Economia de comunhão: um estudo sociodiscursivo da intereção entre superior e subordinado

Cordeiro Galindo, Adelmo; Chambliss Hoffnagel, Judith (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.21%
O trabalho desenvolvido aqui consiste num estudo das relações entre pessoas que exercem funções diferentes em duas empresas ligadas à Economia de Comunhão (EdC), sediadas no estado de São Paulo. A EdC surgiu no âmbito de um movimento social cristão, o Movimento dos Focolares, e propõe um modelo de gestão econômica e de pessoas baseado no princípio da fraternidade. O estudo apresentado nesta dissertação analisa como se constituem as relações entre pessoas que exercem cargos de diferentes níveis hierárquicos, a partir dos estudos da Sociolinguística Interacional, com base nos conceitos de enquadre (Goffman, 1974; Tannen & Wallat, 1987/2002), alinhamento (Goffman, 1979/2002), face (Goffman, 1967/1980) e polidez (Brown e Levinson, 1987). É um estudo qualitativo interpretativo, realizado numa perspectiva etnográfica de observação participante. O corpus da pesquisa consiste em gravações de reuniões, entrevistas, anotações de campo e documentos escritos. A seleção dos dados analisados foi feita conforme os objetivos da pesquisa, para dar maior visibilidade às interações entre os participantes. O estudo demonstra que as duas empresas têm características peculiares que propiciam abertura na interação entre superior e subordinado...

Uma abordagem da economia de comunhão como estratégia para o desenvolvimento local : o caso das empresas instaladas na Região Metropolitana do Recife

José Ferreira dos Santos, Alexandre; Raimundo Oliveira Vergolino, Jose (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.36%
O TCM Uma abordagem da Economia de Comunhão como estratégia para o desenvolvimento local: O caso das empresas instaladas na Região Metropolitana do Recife tem o objetivo de investigar a possibilidade do funcionamento de empresas organizadas segundo os princípios da Economia de Comunhão (EdC) dar base a um programa de Desenvolvimento Local e, assim, oferecer novas alternativas aos gestores públicos. O método utilizado foi verificar o enquadramento das empresas da EdC instaladas na cidade do Recife e Região Metropolitana nas preocupações alimentadas pelo chamado Desenvolvimento Local, enfatizando o tipo de contribuição por elas oferecido. Para atingir o objetivo, após conceituar e descrever a Economia de Comunhão e as empresas que atuam segundo seus princípios e definir o conceito de Desenvolvimento Local, dados levantados junto a empresas da EdC que atuam na Região Metropolitana do Recife foram analisados e interpretados, apurando o tipo de contribuição dado por elas ao desenvolvimento local, com inferência sobre a possibilidade do funcionamento desse tipo de empresa dar base a um programa de desenvolvimento local

A reciprocidade na economia de comunhão (EdC): uma perspectiva de economia solidária

Faia, Rui Filipe Sardinha
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
116.31%
Mestrado em Economia Social e Solidária; O presente trabalho tem como objectivo a apresentação da Economia de Comunhão (EdC) procurando evidenciar dois aspectos relacionados entre si: i) a importância de uma alternativa ao ‘interesse próprio’ nas formas de vivência e de reflexão sobre a Economia; ii) a articulação entre a EdC e a Economia Solidária, considerando as respectivas propostas de pensamento e de acção económicos. Procura-se deste modo avaliar a importância dos relacionamentos em economia, e de forma particular como é que a reciprocidade, vivida no seio da EdC, pode contribuir para a Economia Solidária. Após a apresentação da EdC, será exposta uma breve síntese da história do pensamento económico, focando a problemática que envolve a noção de ‘interesse’ (‘próprio’ e ‘comum’). Segue-se a análise dos valores presentes na EdC, partindo-se da convicção de que os mesmos, de características éticas e morais, estão impregnados na nossa matriz humana, independentemente das convicções e ideais de cada um. A defesa de que a EdC pode ser integrada no paradigma da Economia Solidária, no âmbito da qual a importância dos valores na esfera social e económica é expressa num movimento de renovação...

O projeto de economia de comunhão e a psicodinâmica do trabalho

Mendonça, Elisa Rodrigues
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.29%
O trabalho e a saúde mental do trabalhador são assuntos muito importantes, já que estão interligados entre si, e proporcionam impactos e benefícios para o sujeito. No mundo capitalista que envolve o ambiente de trabalho encontrou-se um projeto econômico inovador: o projeto de Economia de Comunhão. Este projeto da EdC se destaca por apresentar uma forma de gestão em princípios cristãos, que visam a cultura da partilha e a unidade. Dentre várias outras características está a valorização de seus relacionamentos interpessoais e interorganizacionais. Assim, partindo da visão da EdC e da psicodinâmica do trabalho, o presente estudo visa esclarecer e conhecer o novo modelo econômico associando-o com a saúde do trabalhador. Ou seja, pretende-se investigar o quão benéfico é este projeto para o profissional; identificar qual a relação entre esse modelo e a qualidade de vida do trabalho, e os impactos do projeto de Economia de Comunhão para a saúde mental do trabalhador. Para isto, foi utilizado uma metodologia mista e participativa, que envolve questionários e entrevistas a funcionários de uma empresa representante da EdC no DF. A análise dos resultados se deu por meio de uma avaliação estatística simples e pela análise dos núcleos de sentido. Os resultados foram favoráveis à hipótese...

The Rationality of Communion Economy and Socio-Environmental Responsibility: The Organizational Management Influenced by Spiritual Values; A racionalidade da economia de comunhão e responsabilidade socioambiental: a gestão organizacional influenciada por valores espirituais

Fernandes, Valdir; FAE - Centro Universitário Franciscano; Sant'Anna, Fernando Soares Pinto; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
96.11%
This paper discusses the influence of spiritual values in the insertion of socio-environmental dimensionsin management processes. A critical analysis of the socio-economic experience named Communion Economyis presented, which highlights the spiritual, ethical and moral values in this economy as inherentmotivators of social and environmental considerations. It is a sui generis experience, born within thelimits of a religious movement, the Movement of Focolares. It is currently active in 735 companies,mostly small ones, located in several countries, which operate in various economic activities and aggregate a dimension of solidarity to their formal market activity. The considerations presented here reveala management form based not only on criteria of instrumental rationality (effectiveness, income andperformance) but also on dimensions of substantive rationality (ethical, aesthetic and moral).; Este artigo discute a inserção das dimensões social e ambiental nos processos de gestão por influência devalores espirituais. Esta discussão é feita a partir da análise crítica da experiência socioeconômica denominadaEconomia de Comunhão (EdC), destacando seus fundamentos valorativos em termos espirituais...