Página 1 dos resultados de 2622 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Economia, Sociologia e Desenvolvimento Rural

Carvalho, Maria Leonor da Silva; Santos, Marcos Olímpio Gomes dos
Fonte: Comissão Executiva do 1º Encontro Luso-Angolano em Economia, Sociologia e Desenvolvimento Rural/Universidade de Évora Publicador: Comissão Executiva do 1º Encontro Luso-Angolano em Economia, Sociologia e Desenvolvimento Rural/Universidade de Évora
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
46.26%
Com este evento procurou-se por um lado, dinamizar acções de cooperação e parceria entre instituições públicas e empresas privadas, de Angola e de Portugal, no âmbito da Economia, Sociologia e Desenvolvimento Rural e, por outro lado, reunir técnicos dos dois países para que, em conjunto e de uma forma integrada, reflectissem e debatessem os problemas actuais e perspectivas a curto e longo prazo naquelas áreas, tendo em vista encontrar formas eficazes de cooperação entre os dois países, nos domínios referidos. Neste âmbito decorreu o I Encontro que se pretende venha a ter continuidade com alguma periodicidade, em locais de Angola ou de Portugal. Tendo como pano de fundo as linhas orientadoras referidas, a iniciativa foi estruturada através dos seguintes momentos: Sessões Plenárias, Mesas Redondas e Sessões Paralelas. As Mesas Redondas debateram o Ensino e Investigação, o Desenvolvimento Rural, e o Estado Actual da Cooperação e Perspectivas Futuras. No âmbito da visita técnica, os participantes do Encontro deslocaram-se à Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos e à Central Fotovoltaica da Amareleja, proporcionando-lhes o conhecimento de experiências relacionadas com cada um dos empreendimentos. Na sessão de encerramento foram sintetizadas as principais conclusões do Encontro: Dar continuidade ao Encontro através de uma nova iniciativa a decorrer em Angola dentro de dois 2 anos; Apostar nas culturas energéticas e no aproveitamento do biogás de origem pecuária; Fomentar iniciativas que promovam o desenvolvimento em geral e...

Economia, Sociologia, Ambiente e Desenvolvimento Rural – Actas do 2.º Encontro Luso-Angolano na Universidade Metodista de Angola

Carvalho, Maria Leonor da Silva; Santos, Marcos Olímpio Gomes dos; Caeiro, Joaquim
Fonte: Universidade de Évora / Comissão Executiva do 2.º Encontro Luso-Angolano em Economia, Sociologia, Ambiente e Desenvolvimento Rural / Universidade Metodista de Angola Publicador: Universidade de Évora / Comissão Executiva do 2.º Encontro Luso-Angolano em Economia, Sociologia, Ambiente e Desenvolvimento Rural / Universidade Metodista de Angola
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
46.24%
Na sequência do 1º Encontro Luso-Angolano em Economia, Sociologia e Desenvolvimento Rural, realizado na Universidade de Évora, em Évora, de 16 a 18 de Outubro de 2008, realizou-se em Luanda, na Universidade Metodista de Angola, o 2º Encontro Luso-Angolano naquelas temáticas, de 6 a 8 de Outubro de 2011 Tal como o 1º Encontro, este também foi muito participado, tendo contado com cerca de 100 participantes, sendo de salientar as presenças de 14 portugueses e 2 brasileiros. Contou ainda com uma ampla cobertura mediática, a nível de televisão - Televisão Pública de Angola, TV Zimbo e RTP África, de semanários - Sol-Angola e REGISTO-Évora, e ainda da Angola Press. OBJECTIVOS Com este evento procurou-se por um lado contribuir para fortalecer o relacionamento entre Angola e Portugal no interesse comum dos povos em relação ao desenvolvimento sustentável, no qual a agricultura desempenhará um papel determinante e, por outro lado, contribuir para a criação de iniciativas que promovam o desenvolvimento rural, bem como a troca de informação sobre experiências bem sucedidas ou boas práticas que conduzam a uma estratégia de desenvolvimento sustentável no eixo agro-industrial. Este 2º Encontro veio consolidar e ampliar as relações de parceria existentes entre as Universidades Metodista de Angola e a Universidade de Évora...

Dinâmica da agricultura e desenvolvimento no Rio Grande do Sul

Silva Neto,Benedito; Frantz,Telmo Rudi
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
46.16%
O papel fundamental desempenhado pelas atividades econômicas não-agrícolas no desenvolvimento rural brasileiro tem sido evidenciado por vários estudos. O presente trabalho tem como objetivo analisar a hipótese de que uma parte importante das atividades não-agrícolas presentes no meio rural da maioria dos municípios do Rio Grande do Sul foi originada pela demanda de bens e serviços da própria população destes municípios. Uma análise da formação dos municípios ao longo da história do Rio Grande do Sul indicou que a densidade demográfica, assim como o nível e a distribuição da renda dos agricultores são variáveis importantes para explicar o seu desenvolvimento. A partir destas constatações elaborou-se um modelo matemático analítico que permitisse explicitar as relações destas variáveis (população rural, nível e distribuição da renda) com a demanda de bens e serviços locais. Os resultados obtidos no trabalho, especialmente as implicações formais dos modelos formulados, indicam que a manutenção da população no campo, a ampliação da renda dos agricultores e a promoção de uma melhor distribuição desta renda, podem ser elementos importantes de uma política de estímulo a atividades não­agrícolas no meio rural...

Análise do impacto econômico do crédito rural na microrregião de Pirapora

Capobiango,Ronan Pereira; Braga,Marcelo José; Silveira,Suely de Fátima Ramos; Costa,Caio César Medeiros
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.26%
O crédito é um instrumento que fornece aos empreendedores os meios para desempenhar um papel ativo na economia. O presente trabalho tem o objetivo de analisar os impactos econômicos do crédito rural na microrregião de Pirapora, sendo esta uma das sete microrregiões do norte de Minas Gerais. Os impactos das operações de crédito rural em relação ao PIB Total per capita e aos PIBs setoriais per capita foram identificados e analisados, além do seu possível efeito sobre o índice Mineiro de Responsabilidade Social (IMRS). Para tanto, foi utilizada a metodologia de dados em painel, considerando-se o período de 2000 a 2004. Foi possível perceber os impactos positivos do crédito rural sobre as atividades econômicas do setor agropecuário, principal beneficiado pelo crédito rural. Dado que o crédito rural proporciona liquidez na economia local, foi possível observar, ainda, os efeitos do crédito rural sobre outros setores. Os resultados indicam possível restrição no acesso ao crédito, ao serem verificados os efeitos diretos do crédito rural sobre o IMRS.

Uma perspectiva evolucionária da economia agrícola: o caso da produção ovina no Brasil e Uruguai

Viana,João Garibaldi Almeida; Waquil,Paulo Dabdab
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
56.12%
O objetivo do artigo é desenvolver conceitos institucionais e evolucionários a fim de subsidiar a análise de mercados agrícolas. A construção teórica e analítica foi aplicada no caso da evolução da ovinocultura para responder à questão: variáveis institucionais e evolucionárias são determinantes para o aumento da produção de ovinos no Brasil e no Uruguai? A hipótese da pesquisa reside na importância das variáveis institucionais e evolucionárias no processo produtivo, sendo decisivo o papel das regras informais e da dinâmica econômica para o desenvolvimento futuro da atividade. Os dados do caso empírico foram analisados por meio de testes de hipóteses paramétricos e análise de regressão logística. Os resultados encontrados demonstram que fatores institucionais foram determinantes, tanto na manutenção de ovinocultores após um processo de mudança estrutural, como na pretensão futura de aumento da produção ovina nas duas regiões estudadas, apontando um papel decisivo para as regras informais da sociedade (costumes, tradições etc.) e modos não econômicos de pensar na dinâmica econômica da atividade após períodos de desequilíbrios. A pesquisa demonstrou a possibilidade da aplicação de pressupostos econômicos evolucionários...

Agroecologia na perspectiva da economia ecológica: contribuições para a promoção do desenvolvimento ruarl sustentável.

MANGABEIRA, J. A. de C.; ROMEIRO, A. R.
Fonte: In: ENCONTRO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA ECOLÓGICA, 7., 2007, Fortaleza. Anais... Campinas: UNICAMP, 2007. Publicador: In: ENCONTRO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA ECOLÓGICA, 7., 2007, Fortaleza. Anais... Campinas: UNICAMP, 2007.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 8 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.28%
O presente artigo procura mostrar sucintamente a contribuição para a promoção do Desenvolvimento Rural Sustentável a partir dos princípios agroecológicos pela perspectiva da Economia Ecológica. Dentro desse contexto, este trabalho procura analisar a ilusão do crescimento sem limites da agricultura convencional no contexto da Economia Ecológica, os impactos ambientais decorrentes deste tipo de agricultura, as contribuições da Agroecologia para o Desenvolvimento Rural Sustentável, as dificuldades de implementação em larga escala dos sistemas agrícolas sustentáveis e definições de alguns parâmetros possíveis para aceitação deste modelo alternativo de produção agropecuária. Este artigo tem como objetivo elaborar um inventário, ainda que parcial e provisório de elementos teóricos e metodológicos que informem análises consistentes, implicações e limitações para aplicações do desenvolvimento rural sustentável via os princípios agroecológicos. A parte metodológica é baseada no levantamento bibliográfico de vários trabalhos isolados da vasta literatura sobre o tema. Assim, o presente artigo foi organizado no sentido de contribuir para o debate sobre os caminhos a serem seguidos na busca da sustentabilidade dos sistemas de produção agropecuários. Não se trata de proposta de validação de um conceito...

Instituições, agricultura familiar e crédito rural: avaliação de resultados do Pronaf B nos territórios rurais do Rio Grande do Norte

Holanda, Gilderlanio Alves
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.23%
Broadly anchored on Institutionalist literature this dissertation seeks to answer: Why rural credit granted to farming families in Rio Grande do Norte, Pronaf group B, has shown positive results in some territories while in others the same results are insatisfactory? Considering formal rules are the same, then why such results are so distinguished? This research supports the fact that these results are a direct consequence of the quality of institutions defined as longstanding social rules established and built in social interactions. For institutions one understands; organizational structures, formal and non-formal rules, social trust, thinking behaviors and its evolution as well as routines. Using Pronaf Rural Credit as a background this study measures and compares results obtained in the rural areas of Seridó, Sertão do Apodi, Mato Grande, Assú-Mossoró, Trairi, Potengi and Alto Oeste. The dimensions of measurement considered were: economics, social and guarantee of transparency. The study considers a sample of 402 Group B farming families. It also elaborates a socio-economic profile of these families in the considered areas and underlines the main causes for defaulted loans, difficulties to improve family income and results of access to Pronaf B credit line...

A elasticidade da pobreza em relação ao crescimento e à desigualdade de renda no nordeste rural brasileiro de 1995 a 2009: uma análise comparativa

Lopes, Elinete Luisa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.28%
This work aims to analyze how the growth in average income and the change in inequality in income distribution have impacted rural poverty in the Northeast in the period 1995 to 2009. Under the approach in Kakwani (1993) e Duclos and Araar (2006), and under the assumption of log-normality of income per capita, exposed in Bourguignon (2002) and Hoffmann (2005), are calculated growth and inequality elasticities of poverty to FGT poverty measures in order to observe the behavior of the sensitivity of poverty to changes in average household income and the change in income distribution / Gini index. Concurrently, decomposes the changes in measures of poverty (proportion of poor) between growth and distribution components (first proposed by Datt and Ravallion, 1992) to assess the effect of weight change and the effect of income inequality change change on poverty. Regarding the estimation of elasticities of poverty and growth and inequality elasticities of the two methodologies used in this work - under the assumption of lognormal distribution of income and FGT measures under the by Kakwani (1993) andDuclos e Araar (2006) - though do not result in identical values, to corroborate same results, ie the long-term decline in rural poverty from 1995 to 2009 the Northeast and the greater sensitivity of the Northeast Rural Poverty...

Podem os programas sociais e de transferência de renda influenciar a oferta de trabalho em atividades não agrícolas? uma análise para as famílias em condição de pobreza no meio rural do nordeste; Can social programs and cash transfers affect labor supply in non-agricultural activities? an analysis for families in poverty in rural areas of the Northeast

Souza, José Antônio Nunes de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.24%
This study aims to analyze the main effect of social programs and cash transfers on the labor supply of non-farm family members in poverty in rural areas of the Northeast. Among the specific objectives, we sought to investigate the effects of these programs and individual characteristics on the decision of participation and allocation of working hours of parents and children in non-agricultural activities. It was assumed, as a theoretical basis, the model of neoclassical labor supply as well as the principle that the decision of allocation of working hours, non-agricultural, is subject to the initial choice of the worker devote or not the non-agricultural employment . The hypothesis assumes that access to social programs and income transfer contributes to the dismay of rural workers, in poverty, in its decision to participate and offer hours of work in non-agricultural activities. To achieve this objective, we applied the models of Heckman (1979) and Double Hurdle, of Cragg (1971), consisting of associating the decision to participate in the labor market with the decision on the amount of hours allocated. The database used was the National Survey by Household Sampling (PNAD) of 2006. The results of the heads of households showed that transfers of income...

Mudanças no rural nordestino: uma análise dos determinantes da pluriatividade nas famílias rurais nordestinas, no ano de 2011

Cruz, Monica Soares
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.22%
This study aims to the evaluate the determinants for rural households northeastern be pluriactive, in 2011. For this, at first, we conducted a review of national and international literature in order to get beyond the theoretical part which refers to the study of pluriactivity identify possible determinants of the phenomenon. In this rescue, it was the observed determinants could be macroeconomic in nature and / or microeconomics. Therefore, it became necessary to describe the characteristics of the region under study, the Northeast. In order to identify the determinants were two estimated Probit models, one based on the literature review and the second with a variable characteristic of the Northeast, the transfers. For this, we used the PNAD in 2011. The results indicate both the microeconomic determinants are : gender, race, age, years of education, hours worked, number of family members, per capita income, transfer the macroeconomic in nature: living conditions (water, energy, sanitation ), housing location. In addition to identifying the determinants, the Econometric model allows to know the probability of each variable on the dependent variable, which stood out: the transfer variable, gender, per capita income, number of family members...

Cambios y permanencias en los espacios rurales de la Montaña Cantábrica Oriental: El caso de la comarca del alto Asón (Cantabria); Changes and permanences in rural areas of the Eastern Cantabrian Mountains:The case of the high Ason (Cantabria)

Fernández Liaño, María José
Fonte: Universidade de Cantabria Publicador: Universidade de Cantabria
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
SPA
Relevância na Pesquisa
46.2%
RESUMEN Los espacios rurales de la Montaña Cantábrica Oriental se caracterizan en la actualidad por haber experimentado una serie de cambios en sus aspectos más tradicionales, producidos a partir de la segunda mitad del siglo pasado. Sin embargo, junto a estas transformaciones perviven algunas de las características que dotan a estos lugares de su identidad tradicional. El análisis de estos cambios y permanencias es el objetivo de este trabajo, concretando los municipios de Ruesga y Arredondo dentro de la comarca del Alto Asón, elegidos por presentar unas características geográficas y una evolución muy similares, además de por su proximidad. La zona del Alto Asón, ha estado marcada por un continuo decrecimiento poblacional que unido a otros condicionantes han provocado cambios en las últimas décadas. Una de las mayores transformaciones es el caso de la actividad agropecuaria. Esta actividad ha sido una de sus señas de identidad, una actividad fundamentalmente ganadera lechera, que aprovechaba las condiciones de ricos pastos del valle aprovechando las características hidrológicas del río Asón, así como el relieve y el clima. Sin embargo, en las últimas décadas se ha producido un declive del sector, uniéndose también a un cambio y modernización con la entrada de las Políticas Europeas...

Una medición de la economía rural de Buenos Aires en la época de Rosas: Expansión ganadera y diferencias regionales

Gelman, Jorge Daniel; Santilli, Daniel
Fonte: Marcial Pons : Centro de Estudios Constitucionales : Fundación Fomento de la Historia Económica Publicador: Marcial Pons : Centro de Estudios Constitucionales : Fundación Fomento de la Historia Económica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2002 SPA
Relevância na Pesquisa
56.16%
Los historiadores han considerado en general de poca utilidad los documentos relativos al pago de la Contribución Directa, como fuente para estudiar la economía de Buenos Aires. En este trabajo se evaluó la calidad de la fuente para el año 1839. Se constató que, al menos en este caso, la fuente contiene una valiosa información que puede ser utilizada con provecho para acercarse a diversos aspectos de la economía rural de Buenos Aires en un período para el cual carecemos de fuentes estadísticas alternativas de calidad. Esta información alcanza a más de 5.000 propietarios, lo que significa una alta proporción de los existentes en ese momento en la campaña. Una vez hecho el trabajo de crítica de las fuentes se presentan las primeras conclusiones utilizando la base de datos construida con la información.; Historians have generally considered the fiscal documents relative to the payment of Direct Contribution not very useful as a source to study the Buenos Aires economy. In this paper the quality of these documents for the year 1839 is evaluated. It was verified that, at least for this year, fiscal statements contain valuable information that can be employed to approach different aspects of the rural economy of Buenos Aires in a period for which we lack alternative statistical sources. In the paper we also offer some conclusions for the Argentine economy using a new set of data gathered from the information included in the documents of the Direct Contribution.; Editada en la Fundación Empresa Pública

Políticas Económicas y Desarrollo Rural: en el territorio de la Provincia de Misiones. 16H281

Oviedo, Alejandro Daniel, dir.; Gortari, Javier, codir.; Rosenfeld, Víctor Alfredo; Garrido, Cristian Andres; Sena, Jorge Aníbal; Cazzaniga, Hernán Augusto; Vidal, Matías; Ibarguren, Martín; Simonetti, Eduardo; Bistocco, Oscar; Reutemann, Guillermo;
Fonte: Universidad Nacional de Misiones. Facultad de Humanidades y Ciencias Sociales. Secretaría de Investigación y postgrado. Publicador: Universidad Nacional de Misiones. Facultad de Humanidades y Ciencias Sociales. Secretaría de Investigación y postgrado.
Tipo: info:ar-repo/semantics/documento de trabajo; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion; info:eu-repo/semantics/report Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
56.23%
Actividades desarrolladas durante el período: aportes al debate conceptual sobre economía rural: Continuamos trabajando en el debate teórico sobre economía rural, políticas públicas, en especial las políticas alimentarias, para recuperar y adecuar conceptos desarrollados por las ciencias sociales para realidades análogas a la investigada. Miembros del equipo de investigación participaron de instancias de formación de posgrado vinculadas directamente al tema de investigación; análisis de las políticas de regulación del mercado: “Propuesta de Formulación Participativa de un Plan Estratégico para Yerba Mate”. Varios integrantes del equipo de investigación Participaron en la preparación de una propuesta para la discusión de una metodología para formular en forma colectiva un Plan Estratégico, con la participación activa de los actores y organizaciones que forman parte de la cadena económica de la yerba mate en Argentina. Participación en las reuniones preparatorias y con integrantes del INTA, del gobierno Provincial, Cámara de Diputados, y representantes sectoriales; estudio de estrategias de desarrollo rural, soberanía alimentaria y agroecología: En esta segunda etapa avanzamos en el análisis de estrategias más específicas de desarrollo rural implementadas en la Provincia de Misiones.;vinculación y transferencia: Se desarrollaron numerosas actividades en vinculación y transferencia con otros proyectos de investigación y extensión...

Políticas Económicas y Desarrollo Rural: en el territorio de la Provincia de Misiones. 16H281

Oviedo, Alejandro Daniel, dir.; Gortari, Javier, codir.; Rosenfeld, Víctor Alfredo; Garrido, Cristian Andres; Sena, Jorge Aníbal; Cazzaniga, Hernán Augusto; Vidal, Matías; Ibarguren, Martín; Simonetti, Eduardo; Bistocco, Oscar; Reutemann, Guillermo;
Fonte: Universidad Nacional de Misiones. Facultad de Humanidades y Ciencias Sociales. Secretaría de Investigación y Posgrado Publicador: Universidad Nacional de Misiones. Facultad de Humanidades y Ciencias Sociales. Secretaría de Investigación y Posgrado
Tipo: info:eu-repo/semantics/report; info:ar-repo/semantics/documento de trabajo; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2011 SPA
Relevância na Pesquisa
56.38%
I) Aportes al debate conceptual sobre economía rural: Con diferentes documentos aportamos al debate teórico sobre economía rural, políticas públicas, en especial las políticas alimentarias, recuperando y adecuando conceptos desarrollados por las ciencias sociales para realidades análogas a la investigada. Participamos de instancias de formación de posgrado vinculadas directamente al tema de investigación, como docentes de posgrado de la Maestría de Políticas Sociales, y de la Maestría en Desarrollo Rural, además de numerosas cátedras de grado. Los resultados de la investigación se transfirieron con ponencias presentadas y expuestas en diversos eventos académicos como las VII Jornadas Interdisciplinarias de Estudios Agrarios y Agroindustriales 2011 del Centro Interdisciplinario de Estudios Agrarios (CIEA) de la Facultad de Ciencias Económicas de la UBA y el VIII Congresso Latinoamericano de Sociologia Rural: América Latina, realineamientos políticos y proyectos en disputa llevado a cabo en Recife, Pernambuco – Brasil en 2010, las que se adjuntan como parte de la producción del proyecto. II) Análisis de las políticas de regulación del mercado: preparación de una “Propuesta de Formulación Participativa de un Plan Estratégico para Yerba Mate”...

Rural Migrants in the Urban Labor Market in Brazil: An Empirical Analysis of the Role of Informal and Formal Sectors; A Inserção do Migrante Rural no Mercado de Trabalho Urbano no Brasil: Uma Análise Empírica da Importância dos Setores Informal e Formal

Ramalho, Hilton Martins de Brito; Neto, Raul da Mota Silveira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.19%
This paper provides an empirical analysis of the insertion of the rural-urban migrant into the urban labor market in Brazil. Three different aspects are specifically considered. First, it provides evidence for the importance of human capital to the insertion of Brazilian rural-urban migrants between formal and informal sector. Second, it investigates if the Brazilian informal sector can be considered as a transitory stage for the migrant who intends to work in the formal sector. Finally, it analyses if the observed insertion of Brazilian rural-urban migrant in the labor market reflects his best possible choice given expected returns to his individual characteristics. The results indicate that the migrant human capital is positively associated to the chance of being allocated to formal sector and that there are barriers to entry in some sectors. The set of evidence is also consistent with the idea that urban informal sector represent a temporary stage for the migrant who intends to work in the formal sector.; Este artigo analisa a inserção do migrante rural-urbano no mercado de trabalho urbano no Brasil. Primeiro, fornece evidências sobre a importância do capital humano para a inserção do migrante brasileiro entre setores formal e informal. Em segundo lugar...

Apropriação da renda por empreendedores rurais: três experiências na produção de café no Brasil; Apropiación de los ingresos por empresarios rurales: tres experiencias en la producción de café en Brasil; Rent appropriation among rural entrepreneurs: three experiences in coffee production in Brazil

Saes, Maria Sylvia Macchione
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2010 ENG
Relevância na Pesquisa
46.23%
A questão que norteia esse trabalho é se existem estratégias factíveis e sustentáveis que possibilitem reverter a queda da renda agrícola dos produtores de pequena escala. Para respondê-la, analisa-se como os empresários escolhem estratégias que criam e capturam valor, com o objetivo de apresentar um modelo de análise de diferenciação no segmento. Quatro perspectivas teóricas são apresentadas: Posicionamento Estratégico, Visão Baseada em Recursos, Economia dos Custos de Transação e Teoria do Lucro de Knight. Baseadas no modelo, três experiências estratégicas do sistema agroindustrial do café brasileiro são examinadas, divididas em três categorias: interdependência conjunta, que apresenta o foco estratégico de criação de valor por meio da exportação direta de café de boa qualidade adotado pela Cooperativa Regional de Produtores de Café (Cooxupé); interdependência sequencial, que examina a estratégia de marca de qualidade da torrefadora illycaffè; interdependência mútua, na qual a experiência dos produtores de Poço Fundo é analisada, visando agregar valor ao café com base no mercado de café sustentável. Observa-se que a estratégia mais bem-sucedida em termos de representação (número de produtores envolvidos) é aquela que enfoca escala e escopo na comercialização de cafés especiais. Outro achado interessante diz respeito ao novo paradigma na relação entre o setor rural e o segmento à jusante...

Spatial patterns of rural poverty: an exploratory analysis in the São Francisco River Basin, Brazil

Torres, Marcelo de Oliveira; Vosti, Stephen A.; Maneta, Marco P.; Wallender, Wesley W.; Rodrigues, Lineu N.; Bassoi, Luis H.; Young, Julie A.
Fonte: Nova Economia; Nova Economia Publicador: Nova Economia; Nova Economia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 12/07/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.16%
A caracterização e a análise da distribuição espacial da pobreza podem ser úteis na apli-cação de programas voltados para a redução de pobreza já que possibilitam a identificação de áreas onde a incidência é maior e cuja ex-tensão muitas vezes ultrapassa as linhas ter-ritoriais oficiais. Nesse contexto, este artigo usa os mais recentes dados sobre pobreza rural municipal no Brasil para identificar os padrões espaciais de pobreza rural na Bacia do Rio São Francisco (BRSF). Indicadores de autocorrelação espacial I de Moran são gera-dos e usados para a construção de um mapa de clusters de pobreza rural. Os resultados indicam que a pobreza rural é espacialmen-te autocorrelacionada em algumas áreas da BRSF, nas quais municípios mais (menos) pobres tendem a se localizar perto de municí-pios mais (menos) pobres. Mais importante, talvez, os resultados sugerem a necessidade de se usar metodologias de análise que consi-derem explicitamente a localização como um fator explanatório da pobreza rural na bacia, como, por exemplo, econometria espacial.

Meio Ambiente e Desenvolvimento na Região Metropolitana de Porto Alegre: uma abordagem a partir do espaço rural

Souza, Osmar Tomaz de; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Programa de Pós-graduação em Economia.; Alvim, Augusto Mussi; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Programa de Pós-graduação em Economia.; Hoppe, Let
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 03/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.16%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7984.2013v12n23p137  A gestão do meio ambiente em regiões metropolitanas representa um grande desafio à política ambiental, pois a elevada aglomeração de pessoas e atividades nas metrópoles cria um cenário propício ao aprofundamento dos problemas ambientais. Em especial, as áreas rurais das áreas metropolitanas que tem sido relegado ao plano secundário, embora representem a maior parte da área física dessas regiões e possuam grande diversidade de funções. O objetivo neste trabalho é refletir sobre estes temas com base na Região Metropolitana de Porto Alegre, RS. Para tanto, são analisados: (a) a dinâmica e as funções do seu rural; (b) as principais políticas de desenvolvimento e ambientais que nele incidem; c) os embates sobre as políticas de desenvolvimento regional neste contexto.

Matriz de contabilidad social y análisis estructural de una economía rural: el ejido Los Lirios, municipio de Arteaga, Coahuila, México

Núñez Rodríguez,Gaspar; Mendoza Meza,Valentín
Fonte: UAM, Unidad Iztapalapa, Departamento de Economía Publicador: UAM, Unidad Iztapalapa, Departamento de Economía
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 ES
Relevância na Pesquisa
76.16%
El diseño de políticas de desarrollo regional requiere tanto del conocimiento de la región como de instrumentos analíticos apropiados. Las matrices de contabilidad social regionales cumplen con suficiencia ambos requerimientos, pues además de proporcionar un perfil detallado de la región estudiada, sirven de base a una amplia gama de modelos del análisis estructural, y de modelos multisectoriales en general. Este artículo tiene dos objetivos principales: primero, presentar una matriz de contabilidad social para una economía rural, documentando la metodología utilizada para su construcción, la cual abarca desde la obtención de la base de datos por medio de encuestas directas, hasta la forma de cuadrar la matriz. El segundo objetivo es realizar un análisis estructural básico, utilizando el conocido modelo de multiplicadores generalizados, para analizar los efectos de impactos exógenos seleccionados.

ORGANIZAÇÃO INICIAL DO ENSINO PROFISSIONALIZANTE FEMININO EM UBERABA/MG: ECONOMIA RURAL DOMÉSTICA (1953-1962)

Ferreira, Nilce Vieira Campos; Gonçalves Neto, Wenceslau
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.28%
Objetivamos registrar e analisar o percurso inicial da Escola de Economia Rural Doméstica de Uberaba, como registro histórico e como memória social específica. Temos como fontes documentais relatórios, iconografia e imprensa local e como fontes orais testemunhos de suas protagonistas. Idealizado como Centro de Treinamento em Economia Doméstica, em agosto de 1953, a instituição foi o primeiro estabelecimento federal de ensino profissionalizante, nível secundário, em Uberaba/MG. Desde sua fundação, recebeu múltiplas denominações: Centro de Treinamento em Economia Rural Doméstica, Escola de Magistério em Economia Rural Doméstica “Licurgo Leite”, Escola Agrotécnica Federal de Uberaba, Centro Federal de Educação Tecnológica e, por último, Instituto Federal de educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro – IFTM/Campus Uberaba. No texto, discutimos medidas legais emitidas pelo Governo Brasileiro para quem a formação profissionalizante, no período delimitado, representava um instrumento para a formação das massas, sendo preciso incluir a formação das mulheres. Apresentamos, dessa forma, uma análise dos modelos de formação feminina e a relação entre a história do hoje IFTM/Campus Uberaba e o ensino profissional agrícola no Estado de Minas Gerais.