Página 1 dos resultados de 667 itens digitais encontrados em 0.038 segundos

Traços florais e filogenia em espécies lenhosas do cerrado

Gonçalves, Carolina Stella
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 69 f.
POR
Relevância na Pesquisa
76.17%
Pós-graduação em Ciências Biológicas (Botânica) - IBB; Conjuntos de traços refletindo adaptações a certos polinizadores são conhecidos como síndromes de polinização. Estudos sobre morfologia floral e síndromes de polinização fundamentaram o nosso conhecimento sobre as interações planta-polinizador, mas ainda sabemos pouco sobre como as formas florais mudaram na evolução, lacuna esta que pode ser preenchida com abordagens filogenéticas. Estudamos traços florais, síndromes de polinização, e filogenia de espécies lenhosas de cerrado respondendo às perguntas: (1) As síndromes de polinização são consistente?; (2) Quais as características associadas a cada síndrome?; (3) Os traços florais apresentam sinal filogenético?; (4) Há padrões globais e locais na filogenia?; (5) A diversidade de traços está expressa em um ou em poucos nós da filogenia?; (6) A diversidade de traços está agrupada perto da raiz ou das folhas da árvore? Respondendo às primeira e segunda perguntas, corroboramos a existência de duas síndromes de polinização mais frequentes: abelhas, associada aos maiores diâmetros da base da corola, e insetos pequenos, associada às maiores concentrações de néctar. À terceira pergunta...

Ecologia de riachos em áreas de Cerrado: composição, estrutura e conservação

Romero, Renato de Mei
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 141 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Biologia Animal - IBILCE; A estrutura da comunidade de peixes foi analisada, em 19 riachos da bacia do alto Paraguai (PG), Paraná (PN) e São Francisco (SF), com o objetivo de identificar diferenças sazonais (períodos seco e chuvoso), conservacionistas (áreas mais e menos preservadas) e a influência de fatores ambientais (hidrológicos, físicos e químicos, meso+hábitat, características da estrutura interna e do ecótono água+terra). Foi observada baixa similaridade entre as composições de espécies nas bacias (CBSPG+ PN=0,14, CBSPN+SF=0,23, CBSSF+PG=0,11). A abundância na bacia do PG (x=389,5) foi maior do que no PN (x = 177,5) e SF (x = 167); ANOVA, p=0,01. Nesta bacia, a abundância também foi maior no período seco do que no chuvoso (ANOVA p=0,01). A riqueza de espécies foi maior na bacia do PN do que nas demais. Análises da estrutura da comunidade (NMDS com agrupamento e ANOSIM) identificaram a formação de quatro grupos de riachos (p=0,001, R=0,819), sendo três deles explicados pelas diferenças entre bacias; o quarto grupo engloba riachos associados a uma fitofisionomia particular do Cerrado (buritizal). Não foram registradas diferenças significativas na riqueza e abundancia...

Restauração do cerrado: a influência das técnicas e de fatores ecológicos sobre o desenvolvimento inicial da comunidade lenhosa

Cava, Mário Guilherme de Biagi
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xi, 78 f. : ils. color., grafs., tabs
POR
Relevância na Pesquisa
76.21%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciência Florestal - FCA; A restauração da vegetação de cerrado é um desafio aos cientistas e restauradores, familiarizados com os obstáculos e processos peculiares da restauração florestal, mas que não se adequam ao ecossistema savânico. A técnica mais utilizada tem sido o plantio de mudas, que pode apresentar elevados custos, principalmente para restauração em larga escala. A semeadura direta de espécies lenhosas e técnicas de indução da regeneração natural têm sido recomendadas como alternativas ao plantio de mudas visando à restauração do Cerrado. Implantamos experimento em blocos ao acaso, com cinco tratamentos (técnicas de restauração) e quatro repetições, em uma pastagem abandonada, em área de cerradão, na região do Alto Xingu, Mato Grosso, Brasil. As técnicas envolveram a semeadura direta mecanizada em linhas e a lanço, plantio de mudas, regeneração natural assistida (aplicação de herbicida para controle de gramíneas invasoras) e controle (área sem intervenção). Amostramos a vegetação da área aos 22 meses após a implantação do experimento. Contabilizamos e identificamos todos os indivíduos de espécies lenhosas que ocorreram nas parcelas de amostragem...

Padrão filogenético de comunidades do cerrado : evolução e biogeografia = Phylogenetic pattern of cerrado communities: evolution and biogeography; Phylogenetic pattern of cerrado communities : evolution and biogeography

Bruno Almozara Aranha
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
76.14%
Investigamos o padrão filogenético de comunidades silvestres do cerrado sensu lato. No primeiro capítulo utilizamos o padrão filogenético para investigar se há maior influência do tipo de solo ou do regime de fogo sobre a organização de algumas comunidades silvestres do cerrado. No município de Itirapina, estados de São Paulo amostraram espécies silvestres de cinco comunidades de cerrado com diferentes fitofisionomias, classificadas em protegidas e desprotegidas do fogo em solos arenosos e solo argiloso. Levantamos os dados florísticos de cerrados da região de Itirapina para compor um pool de espécies silvestres e construir a mega-árvore filogenética. Com dados da espessura da casca para todas as espécies do pool, calculamos se esse atributo ecológico ligado à tolerância ao fogo é convergente ou filogeneticamente conservado. Testamos se a distribuição dos valores da espessura de casca nas espécies amostradas nas cinco comunidades é independente da proteção contra o fogo e do tipo de solo e se nas comunidades de solo arenoso é independente da proteção contra o fogo. Por fim, calculamos o padrão filogenético das comunidades e a distância filogenética entre elas. Encontramos que a espessura de casca é um atributo convergente e que a distribuição de seus valores é mais dependente do tipo de solo do que da proteção contra o fogo. As comunidades silvestres apresentaram padrão filogenético aleatório...

Estrutura de comunidades e biogeografia de lagartos em matas de galeria do cerrado

Ledo, Roger Maia Dias
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.24%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2009.; O presente trabalho estudou a estruturação de comunidades de lagartos de duas matas-degaleria pertencentes a uma mesma micro-bacia no Brasil Central. Especificamente, se avaliou (a) a existência de diferenças nos parâmetros das comunidades (riqueza e equidade) entre matas muito próximas, (b) a existência de estruturação das comunidades relacionadas a parâmetros climáticos e de estrutura do hábitat, analisando quais variáveis são as mais importantes nessa estruturação, (c) a importância das matas-de-galeria em aumentar a riqueza local de espécies no Cerrado e (d) se as hipóteses que afirmam que as matas-de-galeria funcionam como refúgios mésicos para espécies de áreas abertas se aplicam para lagartos. O estudo ocorreu na APA Gama - Cabeça de Veado, Distrito Federal. Armadilhas de interceptação e queda foram instaladas em cada uma das mata-de-galeria, permanecendo abertas durante 14 meses e sendo revisadas duas vezes por semana. Lagartos capturados foram identificados e marcados de forma individual. Mensalmente, foram registrados valores de 10 variáveis de estrutura hábitat em cada armadilha. Obtiveram-se ainda dados climatológicos mensais da estação meteorológica da Reserva do IBGE. Curvas de acumulação de espécies indicaram a possibilidade de espécies não coletadas...

Estrutura de comunidades e biogeografia de lagartos em matas de galeria do cerrado

Ledo, Roger Maia Dias
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.24%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2009.; O presente trabalho estudou a estruturação de comunidades de lagartos de duas matas-degaleria pertencentes a uma mesma micro-bacia no Brasil Central. Especificamente, se avaliou (a) a existência de diferenças nos parâmetros das comunidades (riqueza e equidade) entre matas muito próximas, (b) a existência de estruturação das comunidades relacionadas a parâmetros climáticos e de estrutura do hábitat, analisando quais variáveis são as mais importantes nessa estruturação, (c) a importância das matas-de-galeria em aumentar a riqueza local de espécies no Cerrado e (d) se as hipóteses que afirmam que as matas-de-galeria funcionam como refúgios mésicos para espécies de áreas abertas se aplicam para lagartos. O estudo ocorreu na APA Gama - Cabeça de Veado, Distrito Federal. Armadilhas de interceptação e queda foram instaladas em cada uma das mata-de-galeria, permanecendo abertas durante 14 meses e sendo revisadas duas vezes por semana. Lagartos capturados foram identificados e marcados de forma individual. Mensalmente, foram registrados valores de 10 variáveis de estrutura hábitat em cada armadilha. Obtiveram-se ainda dados climatológicos mensais da estação meteorológica da Reserva do IBGE. Curvas de acumulação de espécies indicaram a possibilidade de espécies não coletadas...

Diversidade de comunidades de pequenos mamíferos de três fitofisonomias [sic] do Cerrado no Brasil Central : partição da diversidade regional em componentes alfa e beta

Silva, Anderson Paz da
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.22%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2013.; A diversidade de grupos animais pode estar relacionada à heterogeneidade e/ou à complexidade do ambiente. No domínio vegetacional Cerrado, a alta diversidade de pequenos mamíferos tem sido atribuída à heterogeneidade ambiental e a influência da complexidade ainda é uma questão aberta. O objetivo deste trabalho foi avaliar a partição da diversidade de pequenos mamíferos de uma região de Cerrado do Brasil Central em áreas de vegetação savânica típica – cerrado sensu stricto (cerrado s.s.) – e de formações florestais – cerradão e mata de galeria – considerando os efeitos da complexidade ambiental. A riqueza de espécies e os índices de diversidade “verdadeira” de Shannon e Simpson foram as métricas de diversidade usadas. Amostrei quatro áreas de cada fitofisionomia dispondo armadilhas no solo e sub-bosque nas três formações e também no dossel em cerradão e mata. Com esforço amostral total de 15744 armadilhas-noite em todo o estudo, capturei 348 indivíduos de 14 espécies. A amostragem de dossel em mata e cerradão incrementou suas riquezas de espécies...

Ecologia dos insetos associados aos frutos de leguminosas do Parque Estadual do Cerrado, Jaguariaiva, Paraná

Sari, Lisiane Taiatella
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 217f. : il. algumas color., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
86.34%
Orientadora : Cibele Stamare Ribeiro-Costa; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciencias Biológicas (Entomologia). Defesa: Curitiba, 2007; Inclui bibliografia; Área de concentração: Entomologia; O Parque Estadual do Cerrado, em Jaguariaíva, Paraná, constitui-se um dos últimos remanescentes da vegetação de cerrado do Estado. No Parque são observadas duas formas quanto à vegetação, uma savânica que varia desde campo sujo, campo cerrado, cerrado sensu stricto até cerradão e outra florestal, formada por floresta ciliar e estacional semidecidual, também denominada zona ecotonal. Neste local, assim como em outros cerrados brasileiros, não foram realizados estudos da entomofauna endofítica associada aos frutos, e, especificamente, às sementes. Insetos relacionados a essas estruturas, atuam na ecologia e evolução das populações de plantas, sendo de relevância estudos direcionados a esse sistema. Leguminosas são abundantes nesse bioma, registradas comumente em vários levantamentos. Com o objetivo de identificar os insetos relacionados aos frutos deste grupo e compreender a ecologia das interações, foram realizadas coletas de frutos de 12 espécies...

Ecologia e evolução da paisagem do Parque Estadual do Cerrado (Jaguariaíva - PR) e de sua zona de amortecimento

Goulart, Adriano Ávila
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 149f. : il. algumas color., tabs., grafs., maps.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
76.3%
Orientador : Prof. Dr. Everton Passos; Co-orientador : Prof. Dr. João Carlos Nucci; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Geografia. Defesa: Curitiba, 15/05/2014; Inclui referências; Resumo: O Cerrado, formação vegetal que já ocupou cerca de 24% de todo o território brasileiro, atualmente se encontra em um quadro de grande fragmentação. Este contexto deve-se a expansão, incentivada pelo governo federal após 1950, das fronteiras agrícolas do país em direção ao planalto central brasileiro. Atualmente, o seu grau de fragmentação é grande, principalmente porque a vegetação nativa é cada vez mais substituída pelas lavouras de soja (Glycine max), no planalto central, e cana-de-açucar (Saccharum officinarum), na região sudeste e sul, além da introdução comercial de espécies exóticas, como o crescente "reflorestamento" de eucalipto (Eucaliptus spp.) e de pinus (Pinus spp.). Elementos que contribuem para a caracterização e expansão desta que é a maior fronteira agrícola do mundo localizada no interior do Brasil. Contudo, as políticas de proteção do Cerrado historicamente não foram tão relevantes para o quadro de conservação da natureza no país. As primeiras Unidades de Conservação do Cerrado são criadas apenas em meados de 1960...

Anuros do Cerrado em um mundo em mudança: fatores de vulnerabilidade; Cerrado anurans in a changing world: vulnerability factors

PACÍFICO, Eduardo dos Santos
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ecologia e Evolução; Ciências Biológicas - Biologia Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ecologia e Evolução; Ciências Biológicas - Biologia
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
Endemic species have higher risk of extinction and are the focus of conservation efforts because they are confined to specific areas. Evidently, extinction vulnerability variation among endemic species should be mainly explained by their range distribution. Because they have specific eco-physiological traits, anurans are particularly sensitive to global climate change (GCC). Thus, the goals of this study are to present a new anuran endemic species list of Cerrado, to discuss issues related to endemism and to determine if the current potential distribution is able to predict the species extinction vulnerability in GCC. We analyze anuran species that were considered endemic in previous studies plus recently described species. We used two modeling procedures (Maxent and Mahalanobis distance method), three climate models (CCCma, CSIRO and HadCM3) and two carbon emissions scenarios (A2 and B2). Analyses were performed separately for each set of conditions (method, model and scenario) and then we analyzed the emergent pattern. There are 33 Cerrado endemic anuran species, belonging to ten families, representing 20.4% of Cerrado s anurans and 3.8% of Brazilian anurans. Most species have few occurrence points (mean ± standard deviation: 4.9 ± 4.6). Twelve endemic species have all their occurence points near to the boundaries of Cerrado and twelve have all their occurence points in the center of the biome. Small changes in biome boundaries alter the number of endemic species. Therefore...

Estrutura hierárquica na resposta das distribuições geográficas de plantas do Cerrado à mudanças climáticas; Hierarchical structure in the response of geographic distributions of Cerrado plants to climate change

SOUSA, Nayara Pereira Rezende de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ecologia e Evolução; Ciências Biológicas - Biologia Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ecologia e Evolução; Ciências Biológicas - Biologia
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.19%
The climate can be considered an extremely important factor in vegetation distribution and its characteristics in a global context. Climate changes affect the global distribution of vegetation in the distant past and probably will affect in the future. Spatial distribution models of species (SDMs), also known as niche models are one of the best current tools for predicting climate-induced changes on the distribution of species. In general, studies of the consequences of climate changes on the distribution of biomes include only the geographic distribution of the biome or the species are analyzed individually. The availability of climatic and ecological data on a large scale, in addition to more efficient procedures for obtaining data from geographic information systems, optimization programs and greater computing power favor the process of modeling the potential distribution, and broaden the effectiveness of results available by the SDMS. The main objective of this study is to evaluate whether there is a shift in the hierarchical structure of future distributions of biome, phytoeeological regions and plants species of the biome under the effect of climate changes. Consequently, we evaluate some effects of climate changes on the pattern of species richness and pattern of future distributions of the biome...

Modelagem de nicho em espécies de plantas do Cerrado e distribuição espacial da variabilidade genética; Niche modeling of plants species from the Cerrado and spatial distribution of genetic variability

CAVALCANTI, Fábio André Gomes S
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ecologia e Evolução; Ciências Biológicas - Biologia Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ecologia e Evolução; Ciências Biológicas - Biologia
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.26%
Ecological and evolutionary factors may explain the patterns of intrapopulation variability across the geographic distribution of a species. More suitable habitats, in ecological terms, allow the survival of greater number of individuals, which increases the genetic variability in the population, while in less suitable habitats, because of smaller population size, individuals have lower reproductive rate and higher mortality rate, these populations may lead to loss of genetic variability and extinction. In this context, the goal of this study was to use meta-analysis techniques to relate the genetic variables (observed and expected heterozygosity and inbreeding) with the models of potential geographical distribution of nine species of Cerrado plants. In addition, genetic variables were correlated with human occupation at sites where plant species occurred. For this work were used 11 studies, in which genetic data were obtained from literature and the points of occurrence in databases and also the literature. Five species distribution models (Maxent, Mahalanobis, Euclidian, Domain and Bioclim) were used and then superimposed on a combined basis (i.e Ensemble forecasting). Were performed Pearson correlations between genetic variables and environmental and human occupation. The coefficients of these correlations were matched using a meta-analysis to find a general correlation studies. The correlations between genetic variables with the ecological variable (i.e environmental suitability) and human occupation tended to zero. Although significant values have been obtained with studies of isozymes for the human index (r = 0.57 P = 0.01) related...

Ecologia de insetos aquáticos em córregos do Cerrado: do nicho hutchinsoniano ao distúrbio intermediário; Cerrado stream insect quatic ecology: from Hutchinsoniano to intermediary disturbance

GODOY, Bruno Spacek
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ecologia e Evolucao; Ciencias Biologicas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ecologia e Evolucao; Ciencias Biologicas
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.23%
The Cerrado region is the second largest biome in Brazil, covering nearly 22% of the national territory. Due to a facility provided this biome for handling and cultivating the soil, the Cerrado has been suffering an intense change in its landscape, increasing the impact in all it s natural systems. Thru a systemized sampling of 101 streams in the Rio das Almas River Basin region, center of Goias, it was observed how such change in landscape changes the community of benthonic water insects. Initially it was not observed changes in the number of genres for different river sizes. Impact raise, especially in the riparian zone leads to a reduction in the number of genres of Ephemeroptera, Plecoptera and Trichoptera. The communities in impacted streams are subsets of communities in pristine localities, showed a nestedness pattern. Despite the number of genres reduction in impacted locations, the expected richness expressed by the sum of the probability of genre occurrence in certain integrity value, is larger in preserved and degraded locations. Therefore, the genre substitution rate tends to be larger in very impacted and well preserved areas. The environmental matrix of the Cerrado is composed largely of already impacted areas, which explains this large number or genres that live in degraded locations thru simple area effect. Ultimately...

Reserva legal: limites e perspectivas para a conservação do cerrado

Alves, Alexandre Luiz
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
76.08%
O tema proposto neste trabalho é a conservação da biodiversidade do cerrado, por meio do estudo das suas Reservas Legais (RLs). O problema de pesquisa surgiu da discussão sobre a viabilidade dos fragmentos representados pelas áreas de Reservas Legais no cerrado, bem como dos Corredores Ecológicos para a conservação da biodiversidade do cerrado. Desse modo, delimitou-se como objetivo geral demonstrar a importância da Reserva Legal para a conservação da biodiversidade do cerrado, para cujo alcance, subsidiaram-se os objetivos específicos: contextualizar historicamente a devastação da vegetação, com ênfase na vegetação do cerrado; explicitar a dinâmica e heterogeneidade do cerrado, por meio da análise dos seus constitutivos tipos fitofisionômicos; realizar criticamente análise multidisciplinar, geográfico-jurídica, do Código Florestal brasileiro vigente, bem como do Projeto de Lei 1876/99 que está prestes a revogar o Código, quanto às suas prescrições referentes aos limites impostos para a implementação das Reservas Legais no cerrado. A metodologia da pesquisa constitui-se de natureza bibliográfica. Destaca-se, ainda, que esse trabalho considerou que o cerrado é um patrimônio ambiental que agrega múltiplas e singulares espécies de fauna e flora...

TESTE Efeito da fragmentação de habitat sobre a riqueza de espécies arbustivo – arbóreas do cerrado sensu stricto, no município de Uberlândia, Minas Gerais; TESTE The effect of habitat fragmentation on shrub-woody species richness in the sensu stricto cerrado of the Uberlândia region, southeaster Brazil

Carmo, Adenilza Borges do
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
O objetivo deste estudo foi investigar como a riqueza de espécies arbustivo–arbóreas pode ser afetada pelo efeito da fragmentação do cerrado sentido restrito. Nossa hipótese é que a riqueza de espécies pode ser influenciada pelo tamanho, a forma do fragmento e o grau de isolamento, sendo as espécies zoocóricas mais afetada pela fragmentação. Fez-se uso de imagens de satélite Landsat 7 (11/out./2002) para construir mapas digitalizados de cada fragmento. O mapa de uso e cobertura do solo das áreas de cada fragmento foi produzido através do programa SPRING 4.1. e os índices, área, perímetro, forma, distância ao vizinho mais próximo e isolamento foram determinados para cada fragmento estudado. Os inventários florísticos foram realizados em nove fragmentos de cerrado. Em cada fragmento foram instaladas 50 parcelas de 10 x 10m e todos os indivíduos vivos das espécies arbustivoarbóreas com CAP > 15cm foram identificados e tiveram a circunferência do tronco e altura medidos.Para as espécies arbustivo-arbóreas com CAP <15cm e > 1m de altura as parcelas de 10 x 10m foram subdivididas em parcelas menores de 10 x 5m e todos os indivíduos foram identificados e contados. Um total de 16.714 indivíduos distribuídos em 170 espécies...

Efeito da fragmentação de habitat sobre a riqueza de espécies arbustivo – arbóreas do cerrado sensu stricto, no município de Uberlândia, Minas Gerais; The effect of habitat fragmentation on shrub-woody species richness in the sensu stricto cerrado of the Uberlândia region, southeaster Brazil

Carmo, Adenilza Borges do
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.33%
O objetivo deste estudo foi investigar como a riqueza de espécies arbustivo–arbóreas pode ser afetada pelo efeito da fragmentação do cerrado sentido restrito. Nossa hipótese é que a riqueza de espécies pode ser influenciada pelo tamanho, a forma do fragmento e o grau de isolamento, sendo as espécies zoocóricas mais afetada pela fragmentação. Fez-se uso de imagens de satélite Landsat 7 (11/out./2002) para construir mapas digitalizados de cada fragmento. O mapa de uso e cobertura do solo das áreas de cada fragmento foi produzido através do programa SPRING 4.1. e os índices, área, perímetro, forma, distância ao vizinho mais próximo e isolamento foram determinados para cada fragmento estudado. Os inventários florísticos foram realizados em nove fragmentos de cerrado. Em cada fragmento foram instaladas 50 parcelas de 10 x 10m e todos os indivíduos vivos das espécies arbustivoarbóreas com CAP > 15cm foram identificados e tiveram a circunferência do tronco e altura medidos.Para as espécies arbustivo-arbóreas com CAP <15cm e > 1m de altura as parcelas de 10 x 10m foram subdivididas em parcelas menores de 10 x 5m e todos os indivíduos foram identificados e contados. Um total de 16.714 indivíduos distribuídos em 170 espécies...

Diversidade e sazonalidade de abelhas Euglossina Latreille (Hymenoptera: Apidae) em duas áreas de mata estacional semidecidual no domínio do cerrado no Triângulo Mineiro.; The fauna of euglossine bees Latreille (Hymenoptera: Apidae) in two areas of Semidecidual Seasonal Forest in the Cerrado domain in Uberlândia, MG

Silveira, Guilherme do Carmo
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.22%
O objetivo deste estudo foi avaliar aspectos ecológicos relacionados às abelhas da subtribo Euglossina em duas áreas de Mata Estacional Semidecidual presentes no município de Uberlândia-MG, bem como fornecer novas informações relacionadas aos padrões de distribuição biogeográfica do grupo. Os dados foram coletados entre julho de 2008 a junho de 2009. Foram avaliados os padrões de riqueza, diversidade, abundância e sazonalidade dessas abelhas nas áreas estudadas, além da preferência por iscas aromáticas. Os dados obtidos também foram relacionados com outros estudos realizados em fitofisionomias de Cerrado no Triângulo Mineiro, além de dados de trabalhos realizados em outras áreas de mata semidecídua de diferentes regiões brasileiras. No total foram amostrados 249 machos de Euglossina de três gêneros e onze espécies. Destaca-se neste estudo o registro de Euglossa amazonica, mais uma espécie até então considerada endêmica da bacia amazônica coletada no domínio do Cerrado. A isca mais eficiente tanto para abundância quanto riqueza de espécies foi eucaliptol, no entanto algumas espécies não foram atraídas por esse composto aromático. O período de maior abundância ocorreu entre setembro de 2008 e fevereiro de 2009. As análises de similaridade revelaram que ocorre maior similaridade da fauna entre fitofisionomias mais semelhantes e que ocorre uma tendência de que áreas geograficamente mais próximas apresentem comunidades de Euglossina mais similares. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The aim of this study was evaluate ecologic aspects related to euglossine bees in two areas of Semidecidual Seasonal Forest in the municipality of Uberlândia-MG...

Padrões de germinação dos diásporos e emergência das plântulas de espécies arbóreas do cerrado, do Vale do Rio Araguari, MG

Dorneles, Marieta Caixeta
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
76.12%
Diásporos de espécies arbóreas apresentam características peculiares que, em conjunto com as condições do ambiente, os faz responder de maneira distinta para a germinação e emergência. Em função disso, objetivou-se estudar a germinação dos diásporos e a emergência das plântulas de 19 espécies arbóreas do Cerrado ocorrentes do Vale do Rio Araguari, MG, em condições controladas e de campo, na tentativa de encontrar padrões que permitam agrupálas. Os diásporos foram submetidos aos testes de germinação ou de emergência, sob condições controladas ou em condições de campo. As medidas de germinação e de emergência analisadas nos experimentos sob condições controladas permitiram reunir as espécies em dois grupos, um com as espécies rápidas e o outro com as lentas. De maneira geral, as espécies foram heterogêneas em relação ao tempo para a ocorrência dos processos e assíncronas, apresentando também variabilidade entre os indivíduos. Anadenanthera colubrina, Astronium fraxinifolium, Ceiba speciosa, Dipteryx alata, Myracrodruon urundeuva e Tapirira guianensis foram as mais rápidas e apresentaram porcentagem de germinação entre 68 e 100% e de emergência entre 26 e 100%. Na germinação, A. fraxilifolium e T. guianensis tiveram o menor tempo e a maior velocidade (to = 3 e 2; tf = 15 e 5; t = 4 e 3 dias e v = 0...

Efeitos de diferentes regimes de fogo na comunidade de formigas do cerrado; Effects of different fire regimes in the Cerrado ant community

Maravalhas, Jonas
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
Distúrbios têm recebido crescente reconhecimento como importantes fatores estruturantes da natureza. O fogo é importante em ambientes xéricos e sazonais, mantendo a estrutura do habitat e as populações locais. O Cerrado é uma savana Neotropical sujeita a queimadas freqüentes, porém mudanças no regime de fogo ameaçam a conservação deste bioma. A exclusão do fogo beneficia árvores e eventualmente transforma a vegetação numa floresta. Por outro lado, a intensificação das queimadas beneficia gramíneas e pode ser danoso a espécies adaptadas a regimes mais brandos. Portanto é fundamental desenvolver estratégias apropriadas de manejo do fogo, porém a falta de informação sobre os efeitos do fogo são um empecilho. Formigas são importantes em ambientes tropicais e respondem a mudanças no habitat, ideais para o estudo de impactos ambientais. Nós registramos mudanças na comunidade de formigas entre áreas de Cerrado submetidas a diferentes regimes de fogo. Os efeitos da freqüência de queimadas foram testados entre parcelas protegidas do fogo (C0) e parcelas queimadas no meio da estação seca a cada quatro (M4) ou dois (M2) anos. Este último foi também comparado com parcelas bianuais queimadas no início (E2) ou fim da estação seca (L2)...

Sistema reprodutivo, distilia e graus de reciprocidade em rubiaceae arbustivas do sub-bosque de formações florestais do cerrado; Breeding systems, levels reciprocity and distyly in shrub Rubiaceae in forest fragmentation in Cerrado

Coelho, Christiano Peres
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
76.16%
A heterostilia é um polimorfismo floral geneticamente controlado onde populações de plantas apresentam dois ou três morfos, que em áreas naturais em equilíbrio, espera-se encontrar uma razão igual entre os morfos (isopletia). Esses morfos se mostram com peças reprodutivas em alturas diferentes dentro da flor, ou seja, com uma separação espacial entre antera/estigma, denominada hercogamia. Na maioria das espécies distílicas, a hercogamia, geralmente se mostra de forma recíproca. Quanto maior a hercogamia intrafloral menor a interferência direta entre as peças sexuais, e menor a deposição de auto pólen no estigma, reduzindo o conflito entre os gêneros, em flores hermafroditas. A heterostilia é uma das características mais estudadas em flores de angiospermas, isso devido a grande variação que se pode observar em diversas populações, principalmente na família Rubiaceae, que apresenta maior número de espécies distílicas, comparado com todas as demais famílias botânicas. Essas variações em formas distílicas, formando populações monomórficas e/ou homostílicas, pode ter uma relação direta com a perda de habitat e as diferentes pressões de seleção impostas em fragmentos florestais isolados. O objetivo do estudo foi avaliar a riqueza de Psychotria e Palicourea em 20 fragmentos florestais na região sul do estado de Goiás...