Página 1 dos resultados de 14916 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Encontros e desencontros entre ecologia e educação ambiental - uma análise da produção científica; A crossroads between Environmental Education and Ecology: an analysis of the academic production

Santiago, Rodrigo Girardi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.8%
Não há dúvidas de que os campos da Ecologia e da Educação Ambiental estão intimamente relacionados. No entanto, a epistemologia destes dois campos tem mostrado algumas imprecisões na forma e no entendimento de como a Ecologia vem sendo apropriada pela Educação Ambiental, tornando esta relação menos direta do que uma visão superficial possa sugerir. Este trabalho teve como objetivo central compreender as relações entre esses dois campos do conhecimento, por meio de uma análise das pesquisas - teses e dissertações - em EA no Brasil. A partir da questão central "Em que medida e extensão as pesquisas em EA incorporam e se apropriam de aspectos e conhecimentos da Ecologia", esta pesquisa propôs-se a: a) Identificar, por meio de uma perspectiva histórica da Ecologia, a evolução dos principais conceitos e questões deste campo científico; b) Analisar as teses e dissertações em EA relacionadas ao campo da Ecologia, tendo como referencial teórico a perspectiva histórica construída anteriormente e referenciais do campo da EA e c) Discutir as implicações pedagógicas dos aspectos da Ecologia presentes nestas teses e dissertações em EA, apontando possíveis contribuições da área da Ecologia para estas pesquisas. Este trabalho insere-se num projeto de pesquisa maior intitulado "A Educação Ambiental no Brasil: análise da produção acadêmica (teses e dissertações)"...

Ecologia humana e ecologia profunda na práxis de educação ambiental da escola da natureza

Soria, Edward Conrado Rodriguez
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.74%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação, 2012.; Este trabalho investiga as relações estabelecidas entre os fundamentos das Ecologias Humana e Profunda nas atividades desenvolvidas na Escola da Natureza situada na cidade de Brasília. Faz um levantamento das visões que os professores e a direção da mesma têm quanto às implicações dessas ecologias em suas práticas pedagógicas. Realiza também um analise documental sobre elementos presentes nos dois últimos Projetos Político Pedagógicos da Escola. A metodologia tem como procedimento um estudo de caso abordado a partir dos referenciais da etnopesquisa. A observação participante teve como foco as atividades pedagógicas desenvolvidas pela Escola, nos atendimentos a estudantes e cursos de formação de professores da rede pública e reuniões de coordenação e eventos pedagógicos realizados. Durante a investigação percebemos que a educação ambiental é realizada na perspectiva da ecopedagogia e a visão tácita de ecologia humana aproxima-se dos princípios da ecologia profunda. Nas práticas educativas observou-se, ainda, a aproximação dessas práticas com os fundamentos de Educação Integral...

Ecologismo, ambientalismo e ecologia política: diferentes visões da sustentabilidade e do território

Jatobá,Sérgio Ulisses Silva; Cidade,Lúcia Cony Faria; Vargas,Glória Maria
Fonte: Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília Publicador: Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.74%
No quadro da evolução histórica do que se entende por sustentabilidade, e considerando as potenciais implicações desse processo sobre os usos do território, o objetivo do texto é investigar como diferentes perspectivas tratam a temática territorial. Com o apoio de contextualizações, busca-se compreender permanências, mudanças e tendências. A análise acompanha a criação da ecologia como ramo científico, passa pelo surgimento do ambientalismo moderado, e segue até enfoques mais recentes, como o da ecologia política. A primeira parte do texto argumenta que a visão da sustentabilidade começa a ser moldada a partir das idéias da ecologia radical, relacionadas com o protecionismo e com o conservacionismo; ela adquire características mais moderadas quando se apresenta na forma conciliatória do ambientalismo, desdobrando-se na proposta de desenvolvimento sustentável; e acaba por transformar-se em instrumento de crítica social, quando enfocado sob o prisma da ecologia política. A segunda parte do texto argumenta que a ecologia radical, o ambientalismo moderado e a ecologia política encaram a sustentabilidade territorial em sintonia com distintos contextos históricos e ambientais e diferenciadas visões de natureza. Conclui que as propostas variam também em função das escalas geográficas em que atuam e dos interesses envolvidos. Diante da crise ambiental atual...

Ecología y taxonomía de las lombrices de tierra en Latinoamérica: El primer Encuentro Latino-Americano de Ecología y Taxomía de Oligoquetos (ELAETAO1).

FRAGOSO, C.; BROWN, G. G.
Fonte: In: BROWN, G. G.; FRAGOSO, C. (Ed.). Minhocas na América Latina: biodiversidade e ecologia. Londrina: Embrapa Soja, 2007. Publicador: In: BROWN, G. G.; FRAGOSO, C. (Ed.). Minhocas na América Latina: biodiversidade e ecologia. Londrina: Embrapa Soja, 2007.
Tipo: Capítulo em livro técnico-científico (ALICE) Formato: p. 33-46.
ES
Relevância na Pesquisa
46.69%
En América Latina (AL), existen relativamente pocos trabajos sobre la biología, ecología y distribución de lombrices de tierra, siendo el conocimiento de sus interacciones ecológicas y de su importancia en diferentes ecosistemas (especialmente en vegetación nativa) muy reducido. Consecuentemente, el potencial en AL de estos organismos como recurso natural noha sido totalmente explotado. Actualmente se conocen para AL 960 especies de lombrices, pertenecientes a 125 géneros repartidos en 12 familias. De estas especies, 93% son nativas,y al menos dos familias y muchos géneros son endémicos para alguna zona de estga región. Brasil tiene la mayor diversidad (305 spp.), seguido de Ecuador y Colombia (139 spp), México (135 spp.), las islas del Caribe (128 spp.), Chile, Argentina y Venezuela (80, 79 y 74 spp. respectivamente). Glossoscolecidae es la familia mejor representada (56% de total de especies), seguida de Acanthodrilidae (28%) y Ocnerodrilidae (9%), todas ellas con proporción importante (>95%) de especies nativas. Varias especies exóticas (66 spp.), especialmente de las familias Megascolecidae, Acanthodrilidae (Benhamiinae) y Lumbricidae, han invadido áreas agrícolas (principalmente) y ambientes naturales; sin embargo hay poca información de sus efectos en el suelo y sobre las poblaciones de nativas. La oligoquetofauna de extensas áreas del continente continúa todavía desconocida...

Ecologia alimentar de peixes

Braga, Raul Rennó
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.59%
Resumo: O impacto da atividade humana é evidente na depleção das populações de peixes em todo o mundo. O conhecimento da ecologia alimentar contribui para a compreensão de temas como preferências de habitat, seleção de presas, predação, e transferência de energia dentro e entre ecossistemas. Esta dissertação tem dois objetivos: primeiro, revisar onde a maioria dos estudos sobre ecologia alimentar de peixes foram realizados, para identificar regiões e/ou ambientes prioritários para futuros estudos; segundo avaliar a aplicação da técnica de lavagem gástrica (LG) para espécies de pequeno porte representativas de riachos neotropicais, uma vez que os métodos tradicionais exigem o sacrifício de um grande número de exemplares. Detectamos uma falta de dados para: espécies ameaçadas; habitats de água doce, especialmente dentro dos reinos da região Neotropical, Etíope e Oriental, em países em desenvolvimento com alta riqueza, e para peixes marinhos, o leste do Indo-Pacífico. No experimento de sobrevivência, Rhamdia quelen e Geophagus brasiliensis não foram afetados pela LG. Já a eficiência em remover o conteúdo ingerido por Pimelodella pappenheimi foi de 71% enquanto que por G. brasiliensis foi de 13%. A LG associada ao óleo de cravo como anestésico...

Ecologia alimentar do Boto-Cinza, Sotalia Guianensis (Cetacea, Delphinidae), no Estado do Ceará, Brasil

Campos, Thaís Moura
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.52%
Resumo: Este trabalho visa entender sobre a ecologia alimentar do boto-cinza no Estado do Ceará, procurando identificar as presas que compõe sua dieta, caracterizar o hábito alimentar da espécie, e verificar se existem estratégias de partição de nicho entre os sexos e as classes etárias que possam minimizar a competição entre os indivíduos por mesmo recurso. Para o estudo, foram coletados os estômagos de botos-cinza encontrados mortos no litoral do Ceará entre 2007 e 2011. O conteúdo estomacal foi lavado para a coleta de otólitos e bicos de cefalópodes, utilizados na identificação das presas. O estudo revelou que a dieta do boto-cinza no Ceará é composta por pelo menos três espécies de cefalópodes e 32 espécies de teleósteos, com predominância de quatro presas que juntas compõem 77,35% da dieta - Haemulon plumieri, Pomadasys corvinaeformis, Loligo plei e Lutjanus synagris. Com base no hábito destas presas, pressupôs-se que o boto-cinza se alimenta predominantemente próximo ao fundo marinho. Os resultados de variação da dieta revelaram que existe certa partição de nicho entre machos e fêmeas em relação às presas preferenciais e ao tamanho das presas, e que adultos e juvenis compartilham os mesmos recursos...

Auto-ecologia de Epinephelus morio e Mycteroperca bonaci

Freitas, Matheus Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.52%
Resumo: A auto-ecologia da garoupa (Epinephelus morio) e do badejo (Mycteroperca bonaci) foram avaliadas no Banco dos Abrolhos entre maio de 2005 e setembro de 2012. Exemplares foram comprados nos desembarques pesqueiros das cidades de Prado, Alcobaça, Caravelas e Nova Viçosa informações morfométricas de comprimento e peso foram mensurados. A coleta, fixação e processamento de estômagos, gônadas e otólitos seguiram rotinas descritas em literaturas específicas. Em virtude da falta de informações dos aspectos ecológicos básicos destes dois Epinefelídeos mais explorados pela pesca no Banco dos Abrolhos, foi estruturada esta tese, dividida em três capítulos. No capítulo 1 avaliamos e comparamos a dieta das espécies em relação aos estágios de desenvolvimento, estações do ano e habitats ao longo do Banco dos Abrolhos. No capítulo 2 os aspectos da biologia reprodutiva foram avaliados, com ênfase na caracterização das épocas de desova, localização dos sítios potenciais de desova, levantamento do conhecimento ecológico local e relação dos fatores climáticos com os picos de reprodução. No capítulo 3 os parâmetros de idade e crescimento de E. morio e M. bonaci foram avaliados, para a amostra total das populações e entre sexos. Resultados da dieta evidenciaram que ambas as espécies ingerem principalmente decápodes e peixes (E. morio: decápodes 59...

Ecologia de capivaras (Hydrochoerus hydrochaeris, Linnaeus, 1766) em região alterada pela formação de um reservatório hidrelétrico.

Rinaldi, Alcides Ricieri
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.74%
Resumo: A capivara é o maior roedor herbívoro e possui larga distribuição pela América do Sul. Devido a sua alta capacidade reprodutiva, ecologia e a adaptabilidade a ambientes antropizados, algumas populações desta espécie causam danos as atividade humanas. Os estudos sobre a ecologia circadiana e de uso de habitat da capivara são restritos ao período diurno, e assim pouco se sabe sobre ela no período noturno. No entanto, estas informações são de fundamental importância, uma vez que auxiliam no planejamento do manejo desta espécie na natureza ou no cativeiro. Desta forma, neste trabalho se descreve quantitativamente o perfil circadiano da capivara, avaliando possíveis diferenças sazonais e a influência de variáveis extrínsecas e intrínsecas sobre a atividade circadiana da capivara. Além disto, desenvolveu-se um estudo da ecologia espacial com o uso de colares GPS que permitiram monitorar nove exemplares de capivara, pertencentes a grupos sociais distintos. No capítulo 1 deste trabalho, é possível verificar que capivaras apresentam um padrão circadiano catemeral do ritmo circadiano, com atividade, em menor ou maior intensidade, ao longo do período diurno, crepuscular e noturno. A atividade foi alterada pela variação sazonal...

Ecologia trófica de anfíbios anuros: relações filogenéticas em diferentes escalas

Amado, Talita Ferreira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ecologia; Bioecologia Aquática Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ecologia; Bioecologia Aquática
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.65%
Understand the origin, maintenance and the mechanisms that operate in the current biodiversity is the major goal of ecology. Species ecology can be influenced by different factors at different scales. There are three approaches about the ecological differences between species: the first brings that differences result from current processes on niche characteristics (e.g. diet, time, space); the second that species differences are explained by random patterns of speciation, extinction and dispersion, the third that historical events explain the formation and composition of species in communities. This study aims to evaluate the influence of phylogenetic relationships in determining ecological characteristics in amphibians (globally) and test with that, if ecological differences between species of frogs are the result of ancient pre-existing differences or as result of current interactions. Another objective of this study is to verify if ecological, historical or current characteristics determine the size of species geographical distribution. The diet data for analysis of trophic ecology were collected from published literature. We performed a non-parametric MANOVA to test the existence of phylogenetic effects in diet shifts on frogs history. Thus...

Ecologia reprodutiva de duas espécies de Leptodactylus e a evolução de caracteres morfológicos, comportamentais e ecológicos no grupo de L. pentadactylus (Anura, Leptodactylidae); Reproductive ecology of two species of Leptodactylus and the evolution of morphological, behavioural and ecological characters in the L. pentadactylus species group (Anura, Leptodactylidae)

Silva, Wagner Rodrigues da
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.74%
A Ecologia Histórica unifica conceitos em ecologia, comportamento e filogenia. Na presente tese, descrevi a ecologia reprodutiva de duas espécies-chave, L. labyrinthicus e L. syphax (Anura, Leptodactylidae), a fim de determinar o contexto evolutivo de caracteres reprodutivos no grupo de Leptodactylus pentadactylus e também explorar questões como a predação e seleção de hábitat. As observações de campo e experimentais (2004–2008) foram realizadas em áreas de Cerrado nas regiões central e sudeste do Brasil. As condições ecológicas dos sítios de oviposição foram caracterizadas em relação ao entorno (pontos aleatórios). Conduzi experimentos com girinos para descrever o horário de atividade, comportamento de refúgio e susceptibilidade à predação por aves. Para determinar se desovas de L. syphax possuem ovos tróficos (alimento para girinos), analisei a proporção de ovos/embriões em ninhos recentes. Testei se girinos de ambas as espécies conseguem predar ovos de ninhos de espuma heteroespecíficos. Leptodactylus labyrinthicus (140 mm tamanho) reproduz em poças temporárias ou permanentes em ambientes brejosos enquanto que L. syphax (70 mm) utiliza regatos rochosos e sazonais. Ambas as espécies depositam seus ovos em ninho de espuma formado pelo casal durante o amplexo; os machos batem a espuma com suas pernas/pés executando movimentos laterais na região cloacal da fêmea. Os ninhos foram encontrados próximos à água...

Ecología y conservación de murciélagos en ambientes mediterráneos semiáridos= Bat ecology and conservation in semiarid mediterranean ladscapes

Lisón Gil, Fulgencio
Fonte: Universidade de Múrcia Publicador: Universidade de Múrcia
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
SPA; ENG
Relevância na Pesquisa
46.59%
Esta tesis doctoral está compuesta por cuatro artículos que han sido publicados en revistas científicas internacionales, los cuales tratan de resolver cuestiones relacionadas con la biología, ecología y conservación de los murciélagos en ambientes mediterráneos semiáridos (SE España). La investigación está enfocada a aspectos fundamentales de la biología de los murciélagos, teniendo en consideración que se tratan de estudios preliminares en áreas en las cuales existe muy poca información y donde deben aplicarse medidas de conservación. El primer artículo es un estudio biométrico de las medidas alares de Myotis myotis. Los objetivos eran: 1) la presencia de dimorfismo sexual (SSD) en las medidas alares y determinar qué medidas son más discriminantes, 2) estudiar sí existen diferencias entre machos emparejados y solitarios en los refugios de cópula, y 3) discutir las implicaciones del SSD en esta especie. La longitud del antebrazo y del tercer dedo eran las medidas más discriminantes. No se encontraron diferencias entre machos emparejados y solitarios, siendo los segundos mucho más pesados y con una mejor condición física. El estudio muestra que no existe selección sexual por los machos más pequeños. El segundo artículo estudia la actividad de los murciélagos y la riqueza de especies en una zona cercana a un área protegida. Se utilizó puntos de escuchas y detectores de ultrasonidos para estudiar el uso del hábitat y el papel de los elemento hidráulicos. Los resultados muestran que la actividad era significativamente mayor en el trasvase Tajo-Segura y en las balsas de irrigación en comparación con otros hábitats (bosque...

Ecología del guanaco (Lama guanicoe) en el Monte hiperárido argentino: uso del espacio, selección de hábitat e interacciones con ungulados exóticos y turistas

Acebes Vives, Pablo
Fonte: Universidade Autônoma de Madrid Publicador: Universidade Autônoma de Madrid
Tipo: Tese de Doutorado
SPA; ENG
Relevância na Pesquisa
46.52%
Tesis doctoral inédita leída en la Universidad Autónoma de Madrid, Facultad de Ciencias, Departamento de Ecología; Fecha de lectura: 23/07/2010

Aspectos de la ecología conductual del delfín nariz de botella común, Tursiops truncatus (Montagu 1821), presente en la región de Valparaíso, Chile Central

Díaz Aguirre, Fernando M.
Fonte: Universidad Andrés Bello Publicador: Universidad Andrés Bello
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
46.59%
Tesis (Magíster en Biología Marina); RESUMEN: En la actualidad numerosas poblaciones de cetáceos son afectadas directa e indirectamente por los efectos dañinos producto de las actividades humanas. Estos efectos son particularmente relevantes en ecosistemas costeros cercanos a áreas de alta densidad poblacional humana. Obtener información sobre la ecología de las poblaciones que habitan estos ambientes es de gran importancia para la planificación de estrategias de manejo. El delfin nariz de botella común (Tursiops truncatus) habita una amplia variedad de ambientes en los océanos tropicales y templados de todo el mundo. A pesar de ser uno de los cetáceos mas estudiados, el conocimiento sobre esta especie en ambientes costeros abiertos es escaso. En el presente trabajo se entrega información sobre la ecología conductual del delfin nariz de botella presentes en las aguas costeras de la región de Valparaíso, Chile central. Desde Noviembre de 2004 hasta Diciembre de 2009 se realizaron 117 días de observación, completando 537h de esfuerzo y avistando 182 grupos de delfines. La especie estuvo presente durante todo el año, encontrándose en un 80% de las visitas realizadas al área de estudio. La profundidad, distancia de la costa y temperatura donde los grupos de delfmes fueron observados vario entre 10131m...

Ecología, cultura y comunicación; Cultura verde. Volumen I, Ecología, cultura y comunicación

Contreras, F.R.
Fonte: Sevilla : Consejería de Medio Ambiente, Junta de Andalucía, Dir. General de Participación e Información Ambiental, 2007. Publicador: Sevilla : Consejería de Medio Ambiente, Junta de Andalucía, Dir. General de Participación e Información Ambiental, 2007.
Tipo: Livro Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
36.9%
373 p. : il., gráf. ; 24 cm.; Libro Electrónico; Cultura Verde es un proyecto de investigación social orientado a la sensibilización ambiental de la ciudadanía. En este primer volumen, encontramos estudios sobre la ecología como una ideología moderna y global, el tratamiento mediático de las noticias medio ambientales, la nueva relación del hombre con su entorno natural, o la discriminación sectorial en nuestras sociedades frente a la falta de acceso a las riquezas naturales.; Prólogo. 13 Fuensanta Coves Introducción 17 [Filosofía Moral y Ecología] ¿Cómo cambiar hacia sociedades sostenibles? Reflexiones sobre biomímesis y autolimitación 21 Jorge Riechmann [Teoría de la Cultura y Ecología] Cultura de vida. Lógicas (ideo)culturales sobre la ecología43 Fernando R. Contreras [Televisión y Ecología] Análisis de experiencias mediáticas sobre medio ambiente. Información ambiental en televisión65 José María Montero Sandoval [Geografía y Ecología] Innovación tecnológica y espacio litoral en Latinoamérica. Argentina en la red mundial de las telecomunicaciones. 79 Eleonora E. Verón [Semiótica de Medios y Ecología] La desertización del discurso. Análisis sociosemiótico de la información sobre el agua en la prensa (El País...

Ecologia histórica de espécies de Gyrodactylus (Monogenoides, Platyhelminthes) compartilhadas por Corydoras spp. do Alto rio Iguaçu, Paraná, Brasil

Razzolini, Emanuel Luis
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 76 f. : il.(algumas color.) ; 31 cm.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.59%
Orientador : Prof. Dr. Walter Antonio Pereira Boeger; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação. Defesa: Curitiba, 26/02/2015; Inclui bibliografia; Área de concentração : Ecologia; Resumo: Os Gyrodactylidae vivíparos pertencem ao clado com maior número de espécies dentro da família (Boeger e Kritsky, 1997; Boeger et al. 2003; Bueno-Silva et al. 2011). De acordo com Boeger et al. (2003), uma característica com fundamental importância na diversificação dos girodactilídeos vivíparos é a capacidade de transmissão quando adultos. Essa inovação chave é responsabilizada pela alta proporção de especiações adaptativas no grupo, incluindo troca de hospedeiros e dispersão geográfica. O modelo de estudo utilizado nesse trabalho é composto por espécies de Corydoras do alto rio Iguaçu e seus parasitos Gyrodactylus. Cerca de 4 espécies de Gyrodactylus são compartilhadas por esses hospedeiros e a origem dos componentes da comunidade desses monogenóideos deve envolver processos de dispersão e históricos. Bueno- Silva et al. (2011) sugerem, por exemplo, uma associação histórica de Gyrodactylus corydori com espécies de C. ehrhardti e uma colonização secundária dessa espécie em C. paleatus. Resultados obtidos nesse estudo sugerem que a utilização de pequenos fragmentos de mtDNA para identificação de espécies pode levar a erros quando existem organismos híbridos na população...

Biogeografia, ecologia e prioridades espaciais para a conservação de vertebrados marinhos brasileiros

Araujo, Ciro Colodetti Vilar de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 125f. : ., algumas color., maps., grafs., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.59%
Orientador : Prof. Dr. Henry Louis Spach; Orientador : Prof. Dr. Jean-Christophe Joyeux; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação. Defesa: Curitiba, 17/03/2014; Inclui referências; Resumo: Nesse estudo, foram investigadas as mudanças na estrutura da ictiofauna estuarina em diferentes escalas geográficas, os processos ecológicos subjacentes a essas mudanças, bem como a localização de áreas prioritárias para a conservação na zona marinha brasileira. No Capítulo 1, um desenho de amostragem hierárquico foi usado para comparar a variação na estrutura das assembleias de peixes entre duas escalas espaciais e para estimar os efeitos individuais e sinergéticos de alguns parâmetros ambientais e da distância geográfica na estruturação da fauna. Para isso, foram amostradas oito áreas separadas por 0,7-25 km (escala local) dentro de cada um dos cinco estuários separados por 970-600 km (escala regional). As análises revelaram diferenças significativas na estrutura das assembleias (em termos de biomassa relativa e presença/ausência das espécies) para ambas as escalas e que a variação regional foi comparativamente maior do que a variação local. Porém...

Filogenia, biogeografia e ecologia de ácaros Opilioacarida With 1904 (Acari: Parasitiformes)

Bernardi, Leopoldo Ferreira de Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aplicada; UFLA; brasil; Departamento de Biologia Publicador: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aplicada; UFLA; brasil; Departamento de Biologia
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 07/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.52%
The order Opilioacarida (Arachnida; Parasitiformes) is considered by many acarologists to be a rare group that retains primitive features, which can be an important point for understanding the evolution of the entire line of Parasitiformes. Despite the relevance of the order, there are few studies aimed at understanding more about their phylogeny and ecology. This thesis presents, for the first time, a phylogeny for the 9 genera of order (Salfacarus, Panchaetes, Indiacarus, Phalangiacarus, Opilioacarus, Amazonacarus, Caribeacarus, Brasilacarus and Neocarus) and for as yet undescribed species from Australia and Brazil. These analyzes were based on parsimony criteria of morphological data. With the results it was observed that genera Neocarus, Caribeacarus and Brasilacarus are paraphyletic in relation to Amazonacarus; Salfacarus has no unique features, so it can be considered a separate genus of Panchaetes; Indiacarus and Phalangiacarus were considered synonymous with Opilioacarus. Thus, only Panchaetes, Opilioacarus and Neocarus were considered valid genera. Furthermore, for some undescribed Brazilian species, a new genus is proposed (Tupiniacarus gen. nov.)...

Ecologia política: onde está a ecologia?

Walker, Peter W.; bernúncia editora
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.76%
RESUMOEnquanto a ecologia política avançou, sua coerência como campo de estudo e suas contribuições intelectuais centrais permanecem tema de debates por vezes controversos. Uma das questões recorrentes e não resolvidas tem sido a seguinte: ‘Onde está a ecologia na ecologia política?’. Na verdade, a controvérsia surgiu sobre se, de fato, o campo havia se tornado ‘política sem ecologia’ (BASSETT e ZIMMERER, 2004: 103). Este breve artigo examina essa questão e argumenta que, apesar das afirmações dos críticos, há uma grande quantidade de pesquisas na ecologia política que se ocupa da ecologia biofísica como uma preocupação central.

The city planet and the ecology of urban ecosystems; El planeta ciudad y la ecología de los ecosistemas urbanos; El planeta ciudad y la ecología de los ecosistemas urbanos

Angeoletto, Fabio; Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, MT; da Silva, Frederico Fonseca; Instituto Federal do Paraná, Curitiba, PR; Albertin, Ricardo Massulo; Universidade Estadual de Maringá, Maringá, PR
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2015 SPA
Relevância na Pesquisa
36.78%
http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2015v12n2p141The global and massive urbanization of territories is the most important ecological phenomenon nowadays. The standards of urban growth are crucial for the conservation of biological diversity, and also to the degree of quality of life of urban populations. Contrary to the perception of biologists and other academics, of cities as sterile environments and opposite to the nature, the recent development of urban ecology, a necessarily interdisciplinary science, shows that cities are heterotrophic ecosystems that need to be planned in a manner that their impacts on the biosphere is diminished, and that in parallel their ability to sustain biodiversity is increased. ; http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2015v12n2p141La urbanización global y masiva de los territorios es el más importante fenómeno ecológico de la actualidad. Los estándares de crecimiento urbano son determinantes para la conservación de la diversidad biológica, y asimismo para el grado de calidad de vida de las poblaciones urbanas. Contrariamente a la percepción de los biólogos y de otros académicos, de las ciudades como ambientes estériles y opuestos a la naturaleza, el reciente desarrollo de la ecología urbana...

Ecología térmica de una población de la lagartija Sceloporus grammicus (Iguanidae: Phrynosomatinae) que ocurre en la zona Centro-Oriente de la Ciudad de México

Woolrich-Piña,G. A.; Lemos-Espinal,J. A.; Oliver-López,L.; Calderón Méndez,M. E.; González-Espinoza,J. E.; Correa-Sánchez,F.; Montoya Ayala,R.
Fonte: Instituto de Ecología A.C. Publicador: Instituto de Ecología A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 ES
Relevância na Pesquisa
46.52%
Estudiamos la ecología térmica de la lagartija Sceloporus grammicus que habita en la región central de la Ciudad de México. La temperatura corporal (Tc) promedio para estos organismos fue de 31.43 ± 0.1 °C. La Tc de Sceloporus grammicus estuvo positiva y significativamente correlacionada con la temperatura del aire [Ta] (n = 147, r = 0.451, P < 0.001; Tc 27.529 + 0.195 Ta) y con la temperatura del sustrato [Ts] (n = 147, r = 0.482, P < 0.001; Tc = 27.315 + 0.199 Ts) donde se encontraban. Observamos diferencias significativas entre la temperatura corporal de machos y hembras (ANCOVA con la Ts como covariable F1,146 = 8.71, P = 0.003), así como en la temperatura corporal presentada entre hembras preñadas y no preñadas (ANCOVA con la Ts como covariable F1,91 = 18.81 P < 0.001). Estos resultados sugieren que S. grammicus presenta una tendencia hacia la termorregulación activa y que el estadio reproductivo de las hembras puede influir su estrategia termorreguladora.