Página 1 dos resultados de 6807 itens digitais encontrados em 0.057 segundos

Da Relação ao Trabalho, do Trabalho ao Contrato Social

Santana, Vera; Centro de Estudos do Género
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Relatório Formato: 22157 bytes; application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.71%
Revista Lusófona de Ciências Sociais

Representação da violência de gênero contra a mulher nos jornais de Cabo Verde : uma análise de conteúdo de A Semana, A Nação e Expresso das Ilhas

Fernandes, Isis Cleide da Cunha
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.93%
Este estudo situa-se na interface de duas áreas específicas: a comunicação, concretamente do jornalismo, e os estudos de gênero. O principal objetivo nesta pesquisa foi analisar como os jornais de Cabo Verde representam a violência de gênero contra as mulheres, no intuito de se perceber a importância e o destaque que atribuem ao tema. Para tanto, foram analisadas 134 matérias jornalísticas, publicadas nos jornais A Semana, Expresso das Ilhas e A Nação no período compreendido entre 2000 e 2010. O referencial teórico que suportou as discussões feitas sobre o tema assentam nas teorias construcionistas do jornalismo, designadamente na teoria do agendamento, bem como nos estudos de gênero e ainda em alguns estudos análogos sobre violência de gênero na mídia. Utilizou-se a análise de conteúdo como metodologia de pesquisa de forma a alcançar os objetivos específicos propostos: mapear a frequência (ou a ocorrência) da cobertura jornalística sobre violência de gênero contra as mulheres nos jornais cabo-verdianos - jornais A Semana, Expresso das Ilhas e A Nação - ao longo do período de 2000 e 2010; descrever as características da cobertura jornalística feita por esses jornais sobre a violência de gênero contra as mulheres; analisar a importância (ou prioridade) e o destaque atribuídos ao tema no período entre 2000 e 2010; refletir sobre o papel dos jornais de Cabo Verde no agendamento de discussões sobre o tema junto da sociedade cabo-verdiana. Da análise feita...

Mito e gênero: Pandora e Eva em perspectiva histórica comparada

Silva,Andréia Cristina Lopes Frazão da; Andrade,Marta Mega de
Fonte: Núcleo de Estudos de Gênero - Pagu Publicador: Núcleo de Estudos de Gênero - Pagu
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
75.85%
Neste artigo, discutimos as potencialidades teórico-metodológicas dos estudos de gênero na perspectiva da História Comparada. A partir da análise de enunciações dos mitos de Pandora e Eva, focalizamos uma problemática do gênero associada à tematização do corpo e do casamento na Atenas Clássica (apropriações das narrativas do mito de Pandora por Hesíodo) e no Reino de Portugal em fins do medievo, analisando como a diferença é significada, questionada e legitimada nestes dois contextos históricos distintos.

A senhora da casa ou a dona da casa? Construções sobre gênero e alimentação no Egito Antigo

Silva,Thais Rocha da
Fonte: Núcleo de Estudos de Gênero - Pagu Publicador: Núcleo de Estudos de Gênero - Pagu
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
65.89%
A proposta deste artigo é apresentar um breve histórico sobre a produção acadêmica relativa aos estudos da alimentação no Egito antigo, com suas articulações no campo de gênero. Egiptólogos investigaram as práticas alimentares desarticuladas dos estudos de gênero e do papel das mulheres, privilegiando a religião e os estudos funerários. No entanto, os estudos de gênero articularam a produção dos alimentos, o âmbito doméstico e o papel das mulheres na egiptologia. Descobertas arqueológicas e o desenvolvimento de uma atitude crítica por parte dos egiptólogos têm contribuído para desconstruir os modelos teóricos anacrônicos para as mulheres e as relações de gênero, bem como tirar a egiptologia do seu próprio isolamento.

A narrativa oral, a análise de discurso e os estudos de gênero

Rocha-Coutinho,Maria Lúcia
Fonte: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Publicador: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
75.85%
Neste trabalho desenvolvemos a idéia de que os Estudos de Gênero inserem-se na nova tradição em ciência, que alguns autores denominam pós-empírica, que questiona a objetividade do conhecimento e a impessoalidade do pesquisador e que toma como importante a dimensão interpretativa da realidade social. Dentro dessa tradição, acreditamos que o uso da narrativa oral e da análise de discurso pode ser um rico e poderoso instrumento para uma melhor compreensão de mulheres e homens e, assim, em muito pode contribuir para os Estudos de Gênero nas Ciências Humanas e Sociais, em geral, e na Psicologia, em particular.

Efeito de organismos incrustantes sobre o crescimento e a sobrevivência de ostras nativas do gênero Crassostrea em um cultivo suspenso na Baía de Guaratuba (Paraná - Brasil)

Pinto, Francis Mara Vieira Schuster; Absher, Theresinha Monteiro
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Monografia Graduação Formato: 50f. : il. grafs., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
75.79%
Orientadora: Theresinha Monteiro Absher; Monografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Centro de Estudos do Mar, Curso de Graduação em Oceanografia com Habilitação em Pesquisa Oceanográfica; Resumo: Ostras do gênero Crassostrea foram alocadas em um cultivo do tipo "long-line" na Baía de Guaratuba, Paraná, Brasil (25° 52’ S, 48° 39’ W); a fim de quantificar e identificar o "fouling" (organismos incrustantes) presentes sobre as conchas. O efeito do "fouling" na sobrevivência, crescimento, índice de condição e rendimento da carne das ostras foram também avaliados. Além disso, foi feita uma comparação desses parâmetros em relação aos diferentes regimes de limpeza de ostras empregados: ostras limpas a cada 2, 4, 8 e após 16 semanas (controle). As biometrias iniciais (n=480) e finais das ostras foram avaliadas e os organismos componentes do "fouling" foram identificados e quantificados a cada manejo. A sobrevivência entre todos os tratamentos foi bastante similar, em torno de 87%. Uma análise de variância univariada foi utilizada para analisar cada fator (altura, comprimento, largura, índice de condição e rendimento). Após as 16 semanas, o "fouling" não apresentou nenhum efeito significativo (p > 0.05) em nenhum dos tratamentos utilizados. Houve uma certa tendência de crescimento em ostras limpas a cada 4 semanas. A largura foi o parâmetro que obteve os maiores percentuais de incremento. Foram encontradas 25 espécies de organismos incrustantes pertencentes a 8 taxa. Os mais abundantes foram às próprias sementes de Crassostrea sp. (39%)...

Ictiofauna associada às lanternas de cultivo de ostras do gênero Cassostrea na baía de Guaratuba - PR - Brasil.

Bot Neto, Renato Luiz
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Monografia Graduação Formato: 51 f. : il., grafs., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
75.64%
Orientador : Prof. Dr. Marco Fábio Maia Corrêa; Monografia (graduação) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Centro de Estudos do Mar, Curso de Oceanografia; Resumo: Os cultivos de moluscos são uma ótima opção para, sem comprometer os estoques naturais, incrementar a oferta de pescados. Além disso, suas estruturas artificiais funcionam como dispositivos agregadores de peixes (DAPs) que podem ter impacto positivo na comunidade biótica local aumentando a complexidade do ambiente. Fazendas de moluscos podem agir como DAPs. Em muitas partes do mundo as fazendas de moluscos, frequentemente localizadas próximas a costa em ambientes relativamente protegidos, proveem substrato complexo e tridimensional composto por cordas e moluscos. O presente trabalho procurou identificar a ictiofauna associada às lanternas em um cultivo de ostras. Para a realização do experimento foi montado um cultivo experimental com 18 lanternas, com a retirada mensal e exame total de 3 lanternas entre janeiro e junho de 2009. As diferenças observadas nos parâmetros ambientais nos meses do experimento não foram significativas. Contudo pudemos verificar diferenças na composição, padrão de agregação da comunidade e acompanhar a sucessão em relação a fatores relacionados com o tempo de submersão. O experimento nos ajudou a compreender melhor os processos de sucessão em um hábitat introduzido e colonizado por espécies crípticas...

A recepção do gênero romance na escola: práticas de leitura e formas do trabalho docente

Bentes, Rita de Nazareth Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.89%
Ce travail se propose de discuter, dans les domaines de la linguistique appliquée, focalisés dans l enseignement-apprentissage de la langue maternelle, les processus didactique-pédagogique avec lesquels se construisent, interactivement, et s organisent les pratiques de lecture et d écoute du genre roman, en tant qu objet enseigné, dans le contexte du cours de langue portugaise. On cherche ici, spécifiquement, à décrire et à interpréter les différentes manières utilisées par l enseignante pour apprendre la lecture et l écoute du roman Le Petit Prince, d Antoine de Saint-Exupéry, et, par conséquent, la réception de ce genre du discours par les apprenants, résultat des échanges interactifs entre l enseignante et les apprenants pris dans le processus de transposition de savoirs à propos de ce genre. La condition d existence de ces échanges se trouve dans les procédures didactiques de l enseignant lorsqu il propose aux apprenants des activités de la lecture et de l écoute des textes. Dans ce contexte, le corpus dont nous nous occupons se constitue des enregistrements en vidéo, audio et prises de notes dans les carnets de classe des cours de Portugais, pour la période scolaire de 2005, avec un groupe de 5ème année de la formation fondamentale d une école publique fédérale de Belém (PA). Du point de vue théorique-methodologique...

O gênero crônica na sala de aula do ensino médio

Santos, José Milson dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.91%
In this work we present the results of a research that aims to study the chronicle gender produced in a class of native language. The texts were written by students of a high-school class, under the orientation of the teacher who conducted a didactic sequence in order to explore this gender. In our analysis we observed aspect such as the structure of the general structure of the texts, types of speech and linguistic sequences, some mechanisms of textualization and the characteristics of the gender. In order to attain that, we adopted the theoretical presuppositions of Textual Linguistics and of the Socio-discursive Interactionism, grounding the study of texts and gender in Bronckart (2003; 2006) and Koch (2002; 2004). As a background of the Chronicle Gender we used the studies of Coutinho (1987); Moisés (2003); Sá (2005); Bender; Laurito (1993); Melo (1994); Cândido et al. (1992) among others. The corpus, made up of 15 texts, showed that the narrative is the most used linguistic sequence in the producing of the texts, the discursive world prevailing in the narrative and some instances of the world of exposing. As for the gender characteristics, the daily life was used in order to amuse the reader and make him to reflect upon the daily life. Humor...

A produção do gênero monografia em discursos de professores e alunos do curso de letras

Pereira, Crígina Cibelle
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.85%
A current worry in the teaching process at the university these days is text production process and genres produced there, especially those kind of writing that is concerned to course conclusion such as monograph, dissertation and thesis. From this perspective and considering our aims at understanding discursive process involved in the production of monograph genre at the university we want to analyze teachers and students discourses about the productive process of monograph in Letras Course, considering the guide, writing and specific aspects of that genre. To get the aims, we took as background theory the studies by Bakhtin linked to Utterance Linguistics with foundation concepts in Discourse Text Analysis by Adam (2010), and finally the studies developed about text production at college. This way, this work is based on a qualitative research and in data ethnographic procedures, they are: the observation in locus, as well as the application of questionnaires with opened questions to ten students and six teachers from Letras Course. The discourse analysis from the subjects reveal us that: i) the monograph production and the guidance are form of act by language, that need take into account in its development: students free chose as a principle in writing monograph...

Manual do professor, muito prazer em (re)conhecê-lo! Uma análise sociorretorica do gênero

Nogueira, Ayres Charles de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.88%
Esta pesquisa de natureza documental e etnográfica se insere no campo da Linguística Aplicada, tendo por objeto de estudo o Manual do Professor, que acompanha o livro didático de Língua Portuguesa, e por objetivo geral (re)conhecer os aspectos sociorretóricos do gênero Manual do Professor. O interesse desta tese está concentrado no uso situado desse gênero, a partir do qual se observam seus aspectos sociorretóricos, a saber: o que está posto no produto, o ambiente de interação onde é encontrado e como é visto por seus usuários em potencial. Em um primeiro momento, produzimos um quadro epistemológico que nos permitiu, dentre outros reparos, (i) compreender gênero textual como ação retórica tipificada baseada numa situação retórica recorrente e (ii) obter um panorama dos programas de governo voltados para a avaliação de coletâneas didáticas, nos quais encontramos aspectos indispensáveis a um Manual do Professor. Os aportes teóricos adotados neste estudo referem-se à concepção sociorretórica dos estudos de gênero textual à luz, sobretudo, de Johns et al. (2006), Bazerman (2011) e Miller (2011). Em um segundo momento, sob o viés da abordagem sociorretórica, procuramos definir o Manual do Professor como gênero textual e apresentamos os aspectos retóricos encontrados nas amostras que analisamos...

Masculino Feminino: um contributo para os estudos de género nas bibliotecas em Portugal

Nunes, Manuela Barreto; Universidade Portucalense, CIDEHUS/UÉ; Cardoso, Sílvia; Escola Superior de Enfermagem Santa Maria
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article
Publicado em 16/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
75.82%
Tradicionalmente, a profissão de bibliotecário é considerada uma profissão feminina, sendo efectivamente predominante o peso das mulheres no exercício do mester. No entanto, nem sempre foi assim e, nos países do Sul da Europa, nomeadamente em Portugal, até bem entrado o séc. XX o peso do sexo masculino era bem maior do que hoje em dia, contrastando com a distinta evolução que se verificou nos países anglo-saxónicos, onde o desenvolvimento das bibliotecas públicas e académicas a partir de meados do séc. XIX deu origem desde mais cedo a um exército de “operárias” dos serviços técnicos biblioteconómicos.Ao mesmo tempo, os dados históricos relativos aos lugares de chefia das grandes bibliotecas revelam que, se bem que a maior parte dos bibliotecários fosse do sexo feminino, os directores de bibliotecas foram até um período recente, na sua maioria, homens.Procurando contribuir para o desenvolvimento dos estudos de mulheres na área das bibliotecas em Portugal, nesta comunicação apresentam-se os casos de cinco grandes bibliotecas, analisadas do ponto de vista do género das chefias e numa perspectiva diacrónica, visando compreender o fenómeno da relação entre sexo e poder nas bibliotecas portuguesas.

A questão do género em Moçambique: contributo para uma análise da sua problemática

Fulane, Helena Gonçalves Machatine
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
75.74%
RESUMO:O desenvolvimento entendido como um processo político, económico e social, visando uma melhoria constante do bem-estar de toda a população, requer a alocação e utilização de recursos para benefício social e económico da sociedade. Porém, em Moçambique, neste processo, o crescimento e progressão dos grupos sociais ainda é desigual, ocorrendo uma certa marginalização e menor participação nos processos de tomada de decisão, das mulheres e dos grupos desfavorecidos. O presente estudo, subordinado ao tema: “A Questão do Género em Moçambique: Contributo para uma análise da sua problemática”, procurou compreender a importância e o contributo das mulheres moçambicanas inseridas em diferentes áreas de desenvolvimento e o seu empoderamento. O estudo foi centrado nas diversas formas de luta e de intervenção contra a pobreza e a exclusão social. A metodologia do presente trabalho consistiu numa pesquisa empírica através da observação participante, onde foram feitas entrevistas, utilizando guiões pré-elaborados que permitiram recolher os perfis sociológicos das ONGs que trabalham directamente com as questões de género. Foram entrevistadas mulheres que ocupam lugares-chave nas instituições governamentais e algumas parlamentares. Foi igualmente consultada a documentação oficial bem como os dados estatísticos que abordam questões ligadas ao género. As observações feitas indicam-nos que a mulher em Moçambique busca gradualmente o seu espaço no desenvolvimento da sociedade...

Comunicação e sociedade : género e heterossexualidade - discursos e imagens na publicidade e nos media [21, 2012]

Universidade do Minho. Instituto de Ciências Sociais. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade
Fonte: CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho Publicador: CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, Universidade do Minho
Tipo: Outros
Publicado em /06/2012 ENG
Relevância na Pesquisa
65.89%
Trabalhos recentes sobre teorias do género sugerem que o género e a sexualidade constituem realidades dinâmicas, relacionadas com as práticas sociais, em detrimento de uma perspetiva que as identificava como conceitos imutáveis, estáticos (Connell, 1987; Butler, 1990). Por um lado, a sexualidade é a expressão central de envolvimento e aquisição do feminismo, tal como na própria masculinidade (e.g. Potts, 2002). Por outro, a representação tradicional sobre o que significa ser 'homem' ou 'mulher', potenciada pela sociedade ocidental, assenta em crenças, atitudes e valores francamente arraigados sobre a sexualidade. Como se estabelece, portanto, esta relação ideológica entre os media (e os novos média) no discurso e nas imagens publicitárias? Algumas pesquisas levadas a cabo neste contexto sugerem que a cultura ocidental identifica a presença feminina nos anúncios publicitários de acordo com um desejo heterossexual (Puustinen, 2000; Rossi, 2005; Vänska, 2005). Estudos sobre o discurso sobre o género nos média (e.g. Gill, 2009; Lazar, 2009), a linguagem e sexualidade (Bucholtz and Hall, 2004; Cameron and Kullic, 2003; Kitzinger, 2005) indicam que o género e a sexualidade apresentam uma caráter particular de dependência mútua que necessita de ser convenientemente explorado. Para desafiar esta hegemonia de discurso nas sociedades ocidentais...

A(in)visibilidade do gênero na psicologia acadêmica : onde os discursos fazem(se) política

Narvaz, Martha Giudice
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.9%
Esta Tese foi construída com base na pesquisa documental com o objetivo de investigar as possibilidades de enunciação, os lugares ocupados e as filiações dos discursos de gênero na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e, em particular, no Instituto de Psicologia desta Universidade. Esta pesquisa emergiu do diálogo entre a Análise de Discurso Francesa de Michel Pêcheux, os Estudos Feministas e de Gênero e a Arqueogenealogia de Michel Foucault. Conceituando gênero como a forma de organização sócio-histórica e política da diferença (sexual), analisamos a inscrição do indexador „gênero‟ em Linhas de Pesquisa, Projetos de Pesquisa e Teses e Dissertações disponíveis na base de dados digital da UFRGS. A análise do corpus investigado revelou a (in)visibilidade dos discursos de gênero na universidade, na qual ocupa posição periférica de enunciação. Conceito politizado que desvela as hierarquias sobre as quais a ordem social e a própria universidade brasileira estão assentadas, gênero resiste à tentativa de silenciamento que lhe é imposta e se enuncia, embora sitiado em alguns poucos campos do saber. Associados aos Grupos e Núcleos de Estudos de Gênero existentes na UFRGS, dentre eles, na Educação...

O gênero profissional como multiplicidade

Zamboni, Jésio; Universidade Federal do Espírito Santo
Fonte: ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade; ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade Publicador: ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade; ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade
Tipo: ; ensaio teórico crítico Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
75.84%
Partindo da indagação sobre como abordar os mundos do trabalho de maneira a considerar os processos de gestão pelos próprios trabalhadores, tomamos o conceito de gênero profissional a fim de desenvolvê-lo como instrumento de análise da atividade pela intercessão da clínica da atividade com a esquizoanálise. Afirmamos o gênero de atividade como multiplicidade de emoções, regras, sentimentos e normas compartilhadas pelos trabalhadores num corpo coletivo como sistema aberto e variante, inscrito numa história viva. Abordamos a atividade produtiva como plano de imanência do trabalho. Discutimos o problema do recorte do gênero de situação durante a intervenção clínica do trabalho, a distinção entre gêneros discursivos e gêneros técnicos como agenciamentos maquínicos e expressivos, a dimensão ética do gênero profissional. Por fim, aponta-se, pela breve discussão de Clot com Deleuze algumas pistas para prosseguir este trabalho.

Gender and Feminist Studies in Brazil: An Analysis of Revista Estudos Feministas; Gênero e feminismo no Brasil uma análise da Re3vista Estudos Feministas

Diniz, Debora; Universidade de Brasília; Foltran, Paula; ANIS: Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2004 POR
Relevância na Pesquisa
65.95%
Revista Estudos Feministas (REF) is one of the most important gender and feminist journals in Brazil. This article describes the author background and the subjects of the articles published in REF from 1992 to 2002. It was analysed the title, abstracts and keywords of the articles and the topics of the dossier, totalising 20 editorials, 105 articles and 20 dossiers. The classification and indexation of the material was guided by the controlled vocabulary of the “Tesauro para Estudos de Gênero e sobre Mulheres”, from Fundação Carlos Chagas. The results show that 95% of the authors are women, and that 54% are from Socials Sciences. There are articles in all thematic areas suggested by the Tesauro except on “Science and Technology” and “Education”, with a concentration on the following thematic areas: “Socials Sciences and Culture” (26%), “Language, Literature, Religion and Philosophy” (17%) and “History and Social Transformation” (17%). The most discussed topics were in this order: sexual division of work, literary analysis, reproduction, and feminist theory. The analysis of REF suggests that gender and feminist research is a solitary activity, with a few number of articles published in partnership. There is a strong preference for qualitative methodologies (92%). This article aims to facilitate the process of identification some marginal areas in the gender and feminist studies in Brazil...

Revistas científicas e a contituição de campo de estudos de gênero: um olhar desde as "margens"; Scientific Journals and The Construction of “Gender Studies”: a “Peripheral” Look

Lopes, Maria Margaret; Núcleo de Estudos de Gênero-PAGU/UNICAMP; Piscitelli, Adriana; Núcleo de Estudos de Gênero-PAGU/UNICAMP
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2004 POR
Relevância na Pesquisa
85.92%
http://dx.doi.org/10.1590/S0104-026X2004000300013Este artigo trata do papel das revistas científicas na construção do campo de estudos de gênero. A partir da sociologia da ciência, da história da ciência e da experiência das autoras na publicação dos CADERNOS PAGU, examina-se a interação desta com a agenda feminista. Busca-se discutir o efeito das tensões e “negociações” na publicação de revistas científicas, além da constituição do campo de estudos de gênero. As ações políticas, as tensões, as negociações, o processo de “peer-review”, o “controle” do conhecimento científico e as normas editoriais são analisadas no quadro das publicações cientificas – a formação de um campo de pesquisa e a reprodução de centralidade/periferia no Brasil. Finalmente, aponta-se para questões relativas ao aumento da visibilidade da Revista, da diversificação do seu conteúdo e da cooperação com pesquisadores latino-americanos e de outras partes do mundo.; This paper deals with the role of scientific journals on the constitution of the field of gender studies in a peripheral country, Brazil. Studies in sociology of science, the role played in the fields of history of science and R&D policy by scientific papers and the author’s experience as editors of CADERNOS PAGU constitute the tools to analyze the interaction of publishing and feminist agency in the production of knowledge. Our aim is to discuss the effect of tensions and “negotiations” in the publication of scientific journals and in the constitution of the field of gender studies. The political agency...

Estudos de Gênero na América Latina: dinâmicas epistêmicas e emancipações plurais

Dutra, Delia; Bandeira, Lourdes Maria
Fonte: Revista de Estudos e Pesquisas sobre as Américas; Journal of Study and Research on the Americas Publicador: Revista de Estudos e Pesquisas sobre as Américas; Journal of Study and Research on the Americas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
75.97%
Resumo:O presente artigo busca apontar algumas singularidades do debate contemporâneo sobre os Estudos de Gênero na América Latina, sempre reconhecendo a interdependência desses com aqueles que acontecem em outras regiões do mundo. Partimos do entendimento de que os estudos de gênero de forma geral foram e continuam sendo pautados por uma agenda de ação política que luta pelos direitos humanos daqueles grupos que historicamente foram marginalizados dos processos de tomadas de decisões e dos espaços institucionalizados de produção científica. Reconhecer parte das especificidades dos debates sobre a questão gênero na região permite entender quais as contribuições que aportam para o estudo e compreensão das problemáticas próprias a esses países. Identificamos pontos de (des)encontros entre correntes de pensamento feminista provenientes do denominado mundo ocidental, incluído nisso também pesquisadoras do Brasil e países da região, e a proposta de deslocamento político-epistêmico levada adiante por pensadoras feministas comunitárias indígenas. Instâncias que desafiam a troca de saberes entre cosmovisões diversas que permitem interpretações plurais da sociedade. Concluímos apresentando de forma sucinta os textos que conformam a sessão temática sobre o debate contemporâneo nos Estudos de Gênero na América Latina.Palavra-chave: Estudos de Gênero...

Fazendo género na escola: uma análise performativa da negociação do género entre jovens

Pereira,Maria do Mar
Fonte: Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres - APEM Publicador: Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres - APEM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
75.85%
Em Portugal não tem havido uma problematização teórica e empírica alargada da dimensão performativa do género, isto é, dos modos como diferenças, semelhanças e desigualdades de género vão sendo (re)construídas e negociadas quotidianamente na interacção. Com este artigo, pretende-se contribuir para aprofundar essa reflexão através da discussão de uma etnografia realizada com jovens de uma turma de 8º ano de uma escola em Lisboa. Partindo de dois estudos de caso (a gestão do acesso a espaços do recreio e o carácter heteronormativo e homofóbico da regulação das masculinidades), argumenta-se que uma abordagem performativa é um útil e pertinente instrumento de problematização do género e de análise crítica dos modelos teóricos actualmente usados para estudar género na investigação sociológica mainstream no nosso país.